• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Neto

B-Membros
  • Content Count

    3
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Neto last won the day on April 15 2016

Neto had the most liked content!

Community Reputation

6 Neutral

About Neto

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Alexandre, eu era uma mulher negra tentando fugir de algum pais da africa. Não sei exatamente a época, mas a pobreza, dor e sofrimento eram muito grandes. Até agora estou tentando processar o ocorrido...
  2. Albaman, foi bem emocionante mesmo. Que bom que você é um "coração mole", precisamos de mais pessoas assim. (:
  3. Vim aqui da um relato do que vivi dois dias atrás. A uma semana fui para uma oficina que tratava sobre meditação entre vários outros assuntos. E lá tivemos uma vivencia que sentávamos em frente a outra pessoa, olhando em seus olhos, tentávamos sentir-la e imaginarmos que já nos conhecíamos em outra vida. Tentávamos recordar de situações boas e ruins que tínhamos passados juntos, entre varias outras coisas. Fiz essa vivencia com uma senhora, estava certo que iria vê-la como sendo minha avó ou algum parente mais velho, cuidando de mim. Só que o que aconteceu, foi totalmente o oposto. Na minha experiencia eu era uma mulher e ela era minha filha. Estávamos passando por muito sofrimento, fugindo em uma balsa pelo mar. E a sensação de querer proteger, cuidar daquela criança, era algo que não consigo expressar, acredito que só posso expressar em palavras da seguinte forma: Consegui sentir mesmo não sendo mãe(e sendo homem), o amor de uma mãe por um filho, na realidade, foi além disso, consegui sentir uma mãe querendo proteger uma filha, com todas as suas forças, indo totalmente contra o mundo e todos os sofrimentos que ali estavam sendo proporcionados. Essa foi minha vivencia, até ai tudo bem, foi um pouco diferente daquilo que eu imaginava mas nada tão fora do normal. Terminou o dia e fui me despedir de todas as pessoas que ali estavam. Ao chegar na vez dessa senhora, que fez a vivencia comigo, abri os braços e falei: Tchau "seu nome" e logo em seguida ela falou: Tchau mamãe. Minha reação foi de espanto, arregalando os olhos, falei: Não acredito que você disse isso! E ela me respondeu com um olhar sereno e profundo: Muito obrigado por ter cuidado de mim da forma que você cuidou. Naquele momento eu senti o peso da gratidão de um ser com toda sua existência. Naquele momento, eu era aquela mulher negra recebendo esse agradecimento. Ela sorriu para mim e saiu. Gostaria de saber a frequência que existem tipos de experiencias como essa, será que se realizarmos esse tipo de experiencia com uma certa quantidade de pessoas, a chance das 2 passarem pela mesma experiência tem uma probabilidade boa? Muito obrigado!