• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

vinibiavatti

B-Membros
  • Content Count

    21
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

10 Good

About vinibiavatti

  • Rank
    Member

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Nossa sandro, que interessante. Eu sempre achei que a vista de lugares diferentes do fisico seria alguma perda de lucidez ou algo assim. Sempre acreditei que nossa lucidez oscilava, e nos picos baixos fazia a gente ver coisas oniricas. Quanto nos picos altos, veriamos o plano fisico como é. Muito interessante saber que as vezes o plano pode ficar tao diferente que nem se saiba onde esta. É exatamente como voce disse, quando estamos no astral, tudo parece estar certo e ok. Ao acordar percebemos que não tinha nada haver. Sabes porque? Sera que estamos tao conectados com o plano que nem conseguidos deduzir as diferenças em comparação ao plano fisico? Geralmente eu vejo a cama bagunçada, com a coverta e o lençol, sem meu corpo. Agora entendi. Vejo que algumas pessoas acabam tendo projeções sem saber, e quando acordam dizem ter visto seu proprio corpo na cama. Será que é real? Nao seria um corpo plasmado? Cara, vou voltar a estudar sobre isso. Este post me esclareceu muitas coisas. Vou fazer os cursos do saulo novamente. Sempre tem algo que a gente ouve, mas depois esquece. Você tem alguns recursos para me recomendar estudar? Apostilas, cursos, livros... Obrigado!
  2. Entendi. Eu e ela fomos dormir na sala portanto acredito que a segunda opção é mais válida. Ela estava todo o tempo do meu lado no plano físico. No astral não consegui me ver, nem ela ao meu lado. Ela estava passando dentro da casa e a vi. Ai fica uma duvida: é possível eu induzir uma projeção astral em alguém, se eu estiver projetado? Ja vi varias pessoas que conheço no astral e tentei falar a elas sobre a projeção para que elas saissem do sonho e acordassem no astral, mas toda vez as pessoas me ignoram, e eu me sinto um doido kkk. Geralmente elas estao andando normalmente, sem voar, e estao tranquilas. Eu tento msotrar eu voando para que talvez a pessoa perceba que não está no mundo fisico mas não funciona. U.a vez vi o zelador do meu antigo apartamento varrendo as folhas do chão, então cheguei a ele flutuando falando para ele parar de trabalhar e ir explorar, voar, etc. Ele simplesmente olhou pra mim e não respondeu nada. Não sei se são pessoas sonhando ou se são pessoas que minha mente criou. Eu tenho muita dificuldade de me ver nas minhas projeções. Varias vezes eu saio, olho para trás e vejo a cama bagunçada, mas sem ninguém. Sempre achei que poderíamos nos ver. Não sei se isso tem haver ao medo que tenho de voltar pro corpo, pois uma vez o Saulo disse que ao sair, devemos evitar ver nosso corpo para evitar voltar a ele. E exatamente Sandro, eu sai da casa dela e eu estava no quintal da minha casa da praia, ai veio a confusão de onde eu estava realmente. Aproveitando, ainda existe aqueles encontros astrais que o GVA fazia em Fernando de Noronha? Sempre sonhei em participar, ou ao menos tentar. Vlw Sandro!
  3. Hoje, dia 07/06/2020 as 15:00, fui dormir a tarde na casa de minha namorada. Geralmente durmo na sala e costumo ter experiencias de catalepsia. Eu estava sonhando normalmente até que acordei tendo quase certeza que eu estava projetado. Fui para o lado de fora, corri e voei. Voei para o alto e fiquei me afirmando estar projetado. Ficava pensando o quão lindo é um projeção e como é bom poder voar livremente. Voei pela área do condominio antigo que eu morava. Encontrei uma estrada que passava para dentro da floresta, e resolvi voar por ela. O local era lindo, com o sol e vento batendo nas arvores. Agradeci a Deus pela oportunidade que estava tendo. Achei duas senhoras caminhando na qual resolvi conversar e perguntar se elas precisavam de ajuda. Elas me disseram que não, que estavam bem, e que estavam levando o cachorro pra passear. Voltei para casa de minha namorada e fui tentar me ver dormindo na cama, porem sem sucesso. Eu observava a cama vazia, sem ninguém. Achei minha namorada andando pela casa então resolvi pedir para ela tentar se projetar. Levei ela até um quarto e pedi para ela deitar e tentar acordar para ver se de repente ela despertasse no astral. Ela disse q achava estar projetada mas percebi que não tive sucesso. Não sei se materializei ela na minha projeção ou se era ela de fato. Eu tive sensassões de estar voltando para o corpo, porém não tinha certeza. Isto me gerou um pouco de medo de ficar preso na projeção, mas eu foquei em deixar este medo de lado, afinal eu iria acordar a qualquer hora. Voltei para a sala onde edtavamos dormindo e vi o cachorro dela que veio pedir carinho pra mim, me assustei mas dei o carinho e me senti feliz. Resolvi ir para o mar, entao entendi que eu estava na minha casa da praia, na qual o leiaute é muito parecido com o da casa de minha namorada. Isto me confundiu bastante mas não fiz questão de me preocupar. Sera que o tempo todo eu estava na casa da praia, e não na casa de minha namorada? Afinal eu n me encontrei dormindo em lugar algum. Quando resolvi ir para o mar eu acordei, e fiquei muito orgulhoso pela experiencia. Agradeci a Deus por esta oportunidade. Eu mesmo estava publicando questionamentos no forum pois fazia tempo que não tinha uma experiência astral, e nesses dias tive duas projeções. Eu só tenho que agradecer, pois foi um pedido atendido. As projeções voltaram e pretendo usar-las para estudo, auto-conhecimento e até amparação. Obrigado a todos do forum, inclusive ao Sandro, por ter me ajudado a alcançar a realização deste desejo de projeção novamente.
  4. Ótimo Sandro! Entendi. Na realidade eu ate sabia as questões da posição, tanto é que nas minhas projeções eu iniciava deitado de lado, na qual sempre achei ser mais fácil de sair do corpo, pois basta fazer "força" para o lado. Até por isso sempre tive aquelas impressões de que eu iria cair da cama, sem ter certeza se realmente eu estava projetado ou não. Por incrível que pareça hoje mesmo 31/05 eu tive uma projeção. Foi bem no início do dia, quando eu estava acordando. Eu sonhei que precisava acordar pois viria visita em casa, e por conta disso a consciência despertou com o pensamento de querer acordar. Sabendo que não iria conseguir por conta da catalepsia, eu aproveitei para sair do corpo, e foi super fácil. Pena que durou pouco tempo. Descobri que na maioria das vezes eu faço a projeção por conta da catalepsia, então eu gostaria de saber se existem técnicas que favorecem isso. Outra questão é sobre o livro de projeção do IPPB. Gostaria de saber se a leitura é recomendada. Irei verificar o link que você enviou também. Obrigado mais uma vez Sandro, vc é o melhor!
  5. Boa noite a todos. Já pude me aventurar em varias projeções astrais que tive de forma natural nos anos anteriores. Nunca precisei utilizar tecnicas, nem um preparo muito intenso para que eu atingisse este estado. Ultimamente não tive mais experiências astrais, o que me causa um pouco de decepção e/ou medo de ter perdido a "essência" da coisa. Sinto falta destas experiencias, e gostaria de ter a possibilidade de realizar os desdobramentos novamente. Ja tentei utilizar as tecnicas diretas para me projetar, além da técnica completa do Saulo, porém acabo me cansando muito em certo ponto e me sinto desconfortavel, obrigando-me a mudar de posição. Gostaria de ver com vocês se alguem tem sugestões para que eu possa conseguir ter experiências naturais novamente, ou se vocês possuem dicas para me ajudar efetuar as técnicas. Procuro começar a me desenvolver mais nesta área e aprender cada vez mais com as experiências. Obrigado, e muito amor e luz para todos nós!
  6. Pois é. É justamente isto. Paredes eu não tenho dificuldades, até da para sentir a travessia, más o portão sim. De repente eu consegui passar a cabeça entre as grades, mas me senti preso, desconfortável e desisti.O negócio é voar por cima mesmo! kkkk Ótima ideia. Eu percebo muito que existem "truques" na projeção para se conseguir algo. Este é um por exemplo. Gostei muito da idéia. Eu já consegui me teletransportar pensando uma vez, mas foi de algum lugar distante até meu quarto. Outra vez consegui me teletransportar novamente, mas n foi bem onde eu queria estar. É complicado. O engraçado que as vezes eu acabo parecendo um doido no meio da rua, botando os dedos na cabeça e tentando me teletransportar kkkkk. Olha Sandro eu gosto muito de explorar e encontrar coisas deste tipo. É legal encontrar lugares diferentes da realidade no astral. É bonito, e geralmente eu acabo encontrando lugares mais limpos como casas sem cervas, gramados, flores. Tirando o dia da visita ao hospital escuro e sombrio é claro kkkk Valeu Sandro pelas dicas. Estou a disposição para quem quiser participar do tópico também.
  7. Interessante. Eu realmente nunca consegui realizar projeções diretas. Não sei se é por falta de paciência, mas vejo que você tem muita disciplina. Esta sua saída me fez lembrar minha primeira experiência, quando eu acordei durante a noite, forcei a saída com tanta força, que de repente eu sai voando rápido, atravessando paredes, sem controle. Fiz tipo uma rota circular 360 entre minha casa, voltando logo para o corpo e acordado. Eu não esperava nada disso, e fiquei orgulhoso da conquista. Acredito que você se sentiu assim também! Eu recomendo focar também em projeções indiretas, acordar a noite e tentar. Para mim, é mais fácil e já te da algo como "meio caminho andado". Eu sempre tinha isto ao tentar projeções diretas. Me da uma tontura forte, um batimento cardíaco acelerado. Isso realmente é interessante pois acontece simplesmente pela força da mente. Nunca descobri se isto ajuda na projeção ou atrapalha. Muitos dizem q é o EV intenso, outros que é falta de concentração. Eu realmente não sei. Abraço!
  8. Boa noite caros. Trago mais um relato de projeção astral para que possamos juntos analisar e tirar nossas conclusões. Na madrugada de hoje 10/03/2019 estava tendo sonhos esquisitos, oníricos, como qualquer sonho, até que de repente me veio a cabeça um despertar. Eu acordo na cama e já que tive outras experiências, percebi estar acordado com a consciência apenas. Fiz pouca força e sai voando pelo quarto, porém tudo escuro. Estava tentando me concentrar para ver algo pois ninguém gosta de ter uma projeção cega certo? Consegui, e me deparei estar no condomínio que eu morava antes de me mudar. Estava do lado de fora, em uma altura considerável, até que avistei o zelador do condomínio. Tentei falar para ele tentar perceber que estava sonhando e tentar levitar (típica vontade de levar os outros para o astral), más ele nem fez questão. Mostrei que conseguia voar, porém ele não demonstrou nenhum interesse. Era como se para todos, isto fosse algo normal, e para mim uma novidade. Desisti, e fui para o portão de entrada do condomínio. Tentei atravessar o portão mas sem sucesso. Lembro de fazer muita força, tentando atravessar as mãos, cabeça.. Más não dava. Eu sabia que isto dependia de concentração, porém quanto mais tentava mais difícil ficava. Decidi voar por cima do portão, indo para rua e lembrando neste mesmo momento que a um tempo, eu havia combinado em visitar a casa de algum amigo, para que quando acordasse pudesse falar sobre coisas que eu vi por la, podendo servir para uma prova sobre minha presença na residência. Tentei me imaginar na casa de alguém, más não consegui. Não saia do lugar, até que decidi ir voando mesmo. A casa que escolhi ficava em Palhoça / SC, e já que eu moro em Blumenau / SC, seria uma longa viagem. Comecei a voar até que do meu lado meu amigo aparece falando que iria comigo. Logo suspeitei ser ele mesmo, pois não faria sentido eu estar indo para casa dele em Palhoça e ele aparecendo ali do meu lado. Não me perguntei muito, pois para mim "tempo é projeção astral". Pois bem, vamos lá! Voamos em direção a BR 101 e voamos sobre a BR rumo a Florianópolis / SC. Eu podia ver os carros, caminhões, e o medo de cair do voo atrapalhava muito. As vezes perdia o controle do voo, me obrigando a tentar tomar o equilíbrio de volta. Passamos por vários lugares, e eu percebi que estava tendo uma experiência bem longa. Pedi para meu amigo que se fosse realmente ele, lembra-se dessa viagem para podermos conversar sobre ao acordar. Ele respondeu "É óbvio!". Cheguei a um lugar diferente do real, onde havia um gramado bem cuidado, com empresas de alta tecnologia e casas. Parecia um bairro muito nobre, e fiquei preocupado em estar perdendo a lucidez vendo diferenças do mundo material. No trajeto, uma mulher veio ao encontro da gente, e ela percebeu algumas dificuldades minhas em manter o voo. Ela falou para tentar "não estar tão conectado a matéria", e eu respondi que iria tentar mas sem sucesso do mesmo jeito, e a dificuldade se manteve. Resolvi ver a beleza do mundo, a natureza em si, e isto me deixou grato pela vida, me emocionei, e eu pude notar o valor que o planeta possui. Chegando perto de Florianópolis / SC a mulher aparece me oferecendo água. Assim respondi: "Não quero, pois beber água é algo material" com um tom de humor. Ela riu e me deu a água do mesmo jeito. Estava-mos chegando quando percebi um tom de sonho se aproximando. As coisas começaram a sair fora do padrão, e algo bizarro começara a acontecer. Fiquei um pouco desapontado pois depois de uma viagem tão longa, "morri na praia". Me preparei pois estava com certeza de estar voltando para o corpo. Acordei neste exato momento, e simplesmente agradeci pela bela experiência. Obrigado! Muito sucesso para todos nós! Att. Vinícius Reif Biavatti
  9. Hahahhaha muito bom sandro. Esse despertar falso é um tanto sinistro. Mas eu fui dormir sóbrio sim, porque as festas foram quinta, sexta e sabado. Domingo eu ja estava bem melhor. Confesso que bebi um pouco, mas nada que fizesse eu passar dos limites. Lembro que os espiritos sentados pareciam ser velhos sim, com mais ou menos 70 anos. Achei estranho, mas já q se tratava de um hospital, imaginei q pudesse ser algum lugar para ajuda a eles. Sim, eu tive um certo medo de ultrapassar o chao. Eu ja tinha pensado nisso algumas vezes. Na hora que cai da cama pensei nisso tbm. Achei estranho pq eu mesmo me sentia muito leve. Até demais, pq eu voava com facilidade. No meu ultimo relato tive dificildades, mas neste foi mais facil. Sera q eu conseguiria voar, ou flutuar tranquilamnte se eu tivesse pesado? Obrigado pelas respostas sandro!
  10. Eu mesmo teria mais dificuldades pois sei que tenho dificuldades para dormir a tarde. Geralmente consigo me projetar de madrugada, de forma natural. Se você tentar meditar e abrir seu chakra frontal, quem sabe pode melhorar essa questão de não conseguir enxergar. Já tive projeções cegar e sei que é chato kkk. Mas com o tempo as vezes as coisas melhoram tbm! Luz!
  11. Olá fórum GVA! Venho aqui para compartilhar com você mais um relato sobre projeção astral que tive nesta madrugada de segunda-feira, dia (22/08/2016). Confesso que este relato foi um pouco diferente dos outros, por ser um tanto "cabreiro" kkk. Espero que gostem! Vamos lá! Fui dormir tarde no domingo dia 21/08/2016. Estava com dificuldades para dormir porém consegui era umas 00:20 de segunda feira. Quando dormi sonhei algumas coisas bizarras o que é normal em nosso dia a dia. De repente eu estou deitado na cama. O corpo vibrava, parecia que estava formigando. Sabia que estava tendo uma projeção, por isto tentei cair da cama como na minha ultima projeção. O diferente foi que ao cair, eu ultrapassei o chão. Cai em um lugar escuro, preto. Eu cai para dentro da terra. E continuava caindo, e caindo. Parecia um limbo. Tentei parar de cair e voar até meu quarto novamente. Ao chegar, estava com uma sensação meio estranha, mas enfim, tive a ideia de sair do quarto e ir pra fora de casa. Ultrapassando a parede e indo para fora resolvi prestar atenção ao ultrapassar a parede e ver como era. Era muito interessante, eu pensava que a parede era algo material e não consegui ultrapassar. Ai resolvi pensar em ultrapassar e sucesso! Sentia meu braço passando pela parede. Quando sai do quarto, percebi que estava muito brusco. Eu voava de forma muito agonizante. Era como se eu estivesse sem paciência e sem controle. Ficava indo pra cima e pra baixo, más tentei me concentrar mais e boa. Já que moro num condomínio, fiquei voando entre os prédios mas desta vez não estava tão "prazeroso". Resolvi descer e andar um pouco. Andando, avistei um prédio bem alto, acho que deveria ter uns 80 andares. Um prédio que não tem no mundo material. Me estranhei e resolvi ir voando até aquele prédio para ver o que era. Quando voei, bati em uma arvore e senti as folhas batendo no meu corpo. A sensação de liberdade é incrível. Chegando perto do prédio, voando pois queria ir nos últimos andares, comecei a cair. Pensei de forma negativa e isso fez com que eu começasse a cair. Consegui me segurar em umas vigas de madeira que tinha nas varandas daquele prédio. Escalei até o andar que eu queria ir e quando entrei, notei umas pessoas sentadas aguardando algo, eram espíritos velhos. O lugar era cabreiro! Uma mulher olhou pra mim e disse "Estávamos te esperando". Ai sim eu comecei a ficar assustado. Perguntei pra essa mulher se ela era um espírito encarnado ou um espírito desencarnado. Ela olhou pra mim e deu uma risada como se estivesse debochando. Pediu para eu segui-la então segui, e nem me respondeu. Entrando em uma sala avistei macas, umas seringas em cima de prateleiras. Parecia ser um hospital, porém não era agradável e sim pelo contrário. O ambiente era escuro, e o pessoal era extremamente estranho. Resolvi sair daquele lugar e voei pra fora. Fui até o chão e tive a sessação que alguém estava me seguindo, e que estava louco tendo paranoias. Queria voltar pro corpo, e fiquei imaginando o corpo, más sem sucesso. Entrei um pouco em pânico porém tentei me acalmar e me beliscar pra acordar, más também sem sucesso. Pensei tanto no meu corpo que de repente apareci em meu quarto novamente. Vi eu deitado na cama dormindo, e lembro de ter ficado tocando meu corpo para ele acordar. Ficava tentando forçar a volta ao corpo más não conseguia! Será que era algo como catalepsia? Achei que estava morto. Que tinha morrido durante o sono. Do nada, acordei. Assustado sentei na cama e peguei meu celular para iluminar o local porque estava escuro, más o celular estava sem bateria. Fui ate o quarto dos meus pais e sentia que estava tudo muito estranho. Eu estava leve, e sem nenhuma preguiça de ter levantado da cama. Disse pra mim mesmo "Será que eu ainda estou na viagem astral?". Fui até o quarto dos meus pais e disse que não estava bem. Eles acordaram e conversaram. Eu falei que tive uma viagem astral e que não foi muito legal, então eles falaram que era pra eu tomar mais cuidado e etc. Más eu percebia que tinha algo de errado. Algumas coisas estavam diferentes. Pensei "Se eu tiver na viagem astral ainda, ou se eu tiver morrido, não tenho o que fazer.". De repente acordo. Lembro de abrir os olhos e olhar pro quarto. Sentei na cama e fiquei olhando para ver se eu estava no mundo astral ainda. Puxei até meu dedo da mão kkk. Peguei o celular e sim, tinha bateria. Eu tava assustado, pois tentar voltar pro corpo e não conseguir não é algo muito agradável kkkk. Não sei se estava com meus chakras desequilibrados por ter ido em 3 festas nesse fim de semana. Só sei que até agora, escrevendo este post eu estou na dúvida se estou acordado mesmo. Espero que tenham gostado pessoal. Sei que foi algo mais assustador, mas mesmo assim impressionante. Estou preocupado com aquele lugar, e não faço ideia do porquê que eles estavam me esperando. Nunca vi aquele pessoal antes. Se alguém tiver alguma explicação dos motivos que ocorreram, por favor compartilhem. Gostaria muito de receber a opinião de vocês. Aprendi neste desdobramento que nem todas as viagens podem ser agradáveis. Não sei porquê fui parar num lugar tão sombrio. Já rezei e pretendo ir no centro espírita para receber um passe. Pessoal, não quero que sintam medo, ou que deixem de tentar fazer a viagem astral por causa do meu relato. Claro que teve algum motivo para isto acontecer, e claro que leio e estudo o máximo para descobrir e tentar procurar alguma explicação. Nem todas as vezes a viagem é agradável é claro, mas mesmo assim, é algo incrível. Poder voar, se sentir livre é sem dúvida uma das melhores sensações que existe. Espero que tenham gostado! Obrigado pessoal e aguardo suas opiniões! Abraço!!!)
  12. Já tive momentos de carência elevados. Um pouco de depressão era gerada também, más são momentos. É facil achar alguém para dar uns "pegas", mas o problema é achar alguém do jeito que você quer achar. Cada um de nós tem preferências, e elas influenciam muito nesse assunto. Acho que isto gera a carência. Nós queremos algo, recebemos com algumas inconsistências sobre nossas preferências, e isto não é o bastante. Seres Humanos né. Muitos amigos meus frequentam zonas, outros olham para o lado "gostosa" da mulher. Eu sou do tipo que gosto da lado mais romântico da coisa. O problema é que o cada vez mais isto vai desaparecendo, e a gente está preso as preferências. Ou o desaparecimento pode não passar de ilusão minha, mas não acho que seja isto.
  13. Olá pessoal! Tudo certo com vocês? Surgiu uma dúvida tempos atrás e resolvi botar a disposição para poder obter respostas. Irei pesquisar mais sobre esta dúvida, mas já quero deixar ela aqui no forum para obter respostas e o quanto antes e ter mais sucesso em minhas pesquisas. Então vamos lá. Os chakras podem influenciar na atração, ou no amor? Se eu por exemplo tiver meus chakras bem energizados, isso pode gerar mais sentimentos as mulheres caso eu me aproximar? A atração pode ser controlada através de energias, meditação e etc? A masturbação influencia nas energias do chakra sexual? Eu posso dizer que se eu tiver meus chakras bem energizados e sincronizados, e eu chegar próximo de uma mulher, existirá mais chance de ter mais atração? Pergunto isso pois já percebi mudanças no comportamento das mulheres dependendo de meu humor, até mesmo disfarçando este, ou seja, fingir que estou bem quando na verdade estou um pouco triste.
  14. Opa cara, acho que este tópico deveria ficar lá nas perguntas e dúvidas sobre projeção astral. Mas enfim, eu já me enganei varias vezes também kkk No meu relato sobre meu primeiro voo eu encontrei um cachorro. Até cariciei ele. Foi muito real. Sentia ele passando pelas minhas pernas sabe, aquele pelo! Ele era preto com algumas manchas brancas, e com tamanho medio. Já ouvi muito falar que existem animais no plano astral, até mesmo aqui no forum. Sobre as cachorras no seu quarto, acho que pode atrapalhar sua concentração caso esteja usando técnicas para abertura dos Chacras ou relaxamento se eles ficarem latindo ou te incomodando querendo brincar com você kkkk. Já tentei fazer uma viagem astral tendo um cachorro no quarto, e senti as mesmas sensações. Acredito que não tem problema nenhum.
  15. Obrigado gente! Sinto que consegui realizar uma conquista! Agora praticar mais, pra sempre evoluir, e poder realizar mais voos como estes. Para aqueles que ainda não conseguiram, tente, se esforce, e nunca desista, porque a sensação é realmente maravilhosa! Sucesso para nós, para todos os membros do forum, e para todos que também querem ter esta experiência magnífica. Obrigado por tudo mesmo, pois foi graças a vocês que consegui realizar este sonho! Até os próximos relatos - (Se sentindo muito feliz, e agradecido pela ajuda de todos!)