• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

daimonds

B-Membros
  • Content Count

    10
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

daimonds last won the day on March 23 2016

daimonds had the most liked content!

Community Reputation

5 Neutral

About daimonds

  • Rank
    Member

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Desde criança noto que tenho capacidade para absorver energias, principalmente de pessoas que sofrem ou já sofreram em algum momento da vida. Quando pessoas me contam histórias de sofrimento, pobreza, de grande perda, de doenças que deixaram-nas muito abatidas, eu absorvo aquela tristeza como se ela estivesse presente e fosse minha, e fico com aquilo na cabeça durante dias, semanas, meses... Estou fazendo um curso na area da saúde e semana passada me deparei com uma paciente com muito sofrimento e quase nao consegui ficar no quarto em que ela se encontrava. Era como se eu sentisse toda a angústia e medo que ela estava sentindo, pois a morte parecia estar mais próxima do que longe. A vontade que eu tive é que chegar até aquela mulher, pegar gentilmente em suas mãos e avisá-la para nao ter medo da morte, para não ter medo de nada, mas obviamente eu nao posso fazer isso! Como vocês lidam com isso? Estou tentando maneiras de tentar bloquear isso para não me prejudicar muito (tenho depressão, atualmente leve e controlada). Enfim.. se alguém puder me dar dicas de como aliviar isso, serei eternamente grata. Abçs
  2. Pior que não pratico nenhum esporte do tipo não. Sinto que geralmente é sempre essa parte de membros inferiores está mais presa e nao consigo soltá-la. Tentei relaxar mas acabei voltando pro corpo físico. Tentarei fazer EV na proxima! obrigada!
  3. Saudações amigos, tive algumas vastas experiências no inicio do ano em que eu consegui me projetar sem tecnica. essa noite estava dormindo normalmente quando percebi que estava me desconectando do meu corpo. Eu estava calma e não estava assustada como das outras vezes, fiquei um tempo percebendo meu corpo dormindo e eu me levantando, mas chegou num ponto que eu nao consegui mais me desligar. Sentia que a parte das pernas pra baixo estavam presas e eu nao conseguia soltar (será por causa do cordão de prata???) Enfim, gostaria de receber orientação sobre o que fazer nesse caso. Tentei relaxar mas não deu certo... geralmente eu sempre paro nessa fase, nao consigo sair disso. Agradeço imensamente!!!
  4. comigo aconteceu espontaneamente, mas se vc procurar elevar seus pensamentos e ações todos os dias e sempre tentar mante-los perto de vc facilita o contato.
  5. Eu também não consigo ver meu corpo, mas tenho consciência que estou na forma astral dele. E ainda não consigo ter uma visão 360 graus do ambiente quando estou lúcida, o que me incomoda um pouco. Minha sensação tátil também é preservada, o que é bem interessante. Bem legal sua experiência!
  6. Dionne, saiba que médium não é só a pessoa que consegue ver desencarnados. Existem vários tipos de mediunidade e pelo fato que vc ter conseguido se comunicar e receber a resposta do espírito que estava com vc naquele momento já demonstra que vc tem sim uma mediunidade. Cabe a vc querer desenvolve-la ou não. Belo relato!
  7. Aline! Eu tinha o mesmo tipo de sono quando era criança. Só agora vim a descobrir a minha mediunidade, mas desde criança eu apresentava traços. Eu morava numa casa antiga com meus pais quando era criança, e eu sempre tinha um sonho muito estranho. Nesse sonho, estava tudo escuro, eu estava parada na cozinha da casa e de repente eu vi alguém saindo do meu quarto. Geralmente essa pessoa era a minha vó ou o meu pai, que são pessoas muito próximas de mim, principalmente meu pai que eu era apegada demais quando criança. Só que a medida que essa pessoa se aproximava, eu sentia que ela não era de fato minha avó ou meu pai, e sim alguém ruim tentando me enganar, e então eu saía correndo e o sono acabava. Anos depois, já adolescente, contei esse sonho pro meu pai e ele disse que naquela casa, mais precisamente no meu quarto (que eu odiava, nao dormia lá nunca, dormia com meus pais todos os dias) um tio dele havia falecido e que esse tio não era lá a melhor pessoa do mundo. Voltei a ter esse sonho mais uma vez quando era adolescente, mas dessa vez já sabia me defender e comecei a rezar e senti esse ser se afastando de mim. Nunca mais apareceu e nem vai aparecer, graças a Deus.
  8. Até hoje só tive contato direto com um. Ele se apresentou pra mim e nós temos uma ligação muito lógica. Prefiro não falar sobre quem ele é... hehe mas é uma outra história incrível.
  9. Foi espontanea, Caroline. Eu estava passando por um momento de muito desespero e, quando fui numa igreja Católica implorar ajuda pra Deus, ele entrou em contato comigo pela primeira vez e dpois não parou mais... Agora que estou frequentando uma casa espirita semanalmente e fazendo fluidoterapia nossa comunicação tem ficado melhor.
  10. Em 2014 tive o meu primeiro contato mediunico com um dos meus mentores e desde então converso com ele diariamente. Esse ano as coisas ficaram mais intensas pra mim no ambito espiritual e tenho tido muitas projeções astrais. Em todas as projeções que tive até hoje, morri de medo, pois sempre tinha algum ser de vibração negativa tentando me assustar quando eu estava ainda me desligando do meu corpo. Nessa segunda feira tive uma experiência extremamente bizarra. Tomei um banho as 20h mais ou menos e iria estudar depois disso, mas estava muito cansada e resolvi tirar um cochilo de 40 min pra acordar mais disposta pra estudar até lá pelas 1,2h da manhã. Inclusive deixei a luz do meu quarto acesa pro meu despertar ser mais fácil. Até aí, estava tudo normal...(depois me dei conta que eu havia visto muitos números repetidos durante o dia e principalmente antes do banho, o que costuma me indicar que algo está pra acontecer, mas geralmente não são viagens). Enfim, acabei dormindo demais. Acordei de repente e percebi que já era mais tarde do que eu já tinha programado. Nesse momento percebi também que a luz do meu quarto estava desligada, o que é muito estranho pois ninguém tinha ido até o meu quarto, a porta estava fechada, e tudo mais. Mas pensei que poderia ter dado uma de sonambula e apagado a luz e voltado a dormir e me esqueci disso. Aceitei isso na minha cabeça. Tive a idéia de ir até a sala pegar o meu celular que estava carregando para ver que horas eram, e andando pelo corredor me ocorreu o seguinte pensamento: "Que coisa estranha... só falta eu olhar no celular e ser 3h da manhã!". BINGO! Assim que apertei a tela do celular, era exatamente 03:00 da manhã. Nem um minuto a mais e nem um minuto a menos. A partir desse momento eu sabia que eu não havia acordado a toa, que algo estava acontecendo comigo. Mas não me sinto preparada para ter essas viagens por conta dos sustos que tomo, então deitei na cama e tentei permanecer acordada, pois minha intuição dizia que se eu dormisse ainda no horário de 3:30, 3:40, algo iria acontecer. Fiquei esperando dar 4:00 da manhã para voltar ao sono mas... dormi de repente de novo. E foi aí que as coisas começaram. Comecei a sonhar que alguém estava segurando um celular igual ao meu ou bem parecido, e que alguem estava tentando me passar uma mensagem pela tela dele, como se posse um post de facebook. Só que eu não estava conseguindo entender nada que estava escrito, os caracteres estavam estranhos e eu simplesmente não conseguia ler. Então desisti de ler e pensei "ah, desisto, nao consigo ler". Estava todo mundo dormindo em casa, mas eu ouvi a porta do guarda-roupa do quarto do lado mexer. Imaginei que poderia ser a menina que mora comigo pegando alguma coisa e continuei "dormindo". De repente, uma voz masculina começa a chamar meu nome... imaginei que fosse um outro amigo que também mora comigo tentando me assustar. Mas na mesma hora pensei que isso não é da personalidade dele, e que ele estava dormindo e não ia fazer algo assim do nada. Foi entao que eu percebi que eu estava no outro plano, e não nesse. A voz vinha se aproximando, chamando o meu nome. Era uma voz grave e ela falava como se estivesse cantando.. falava um pouco diferente do normal. Mas eu estava assustada demais. A atmosfera criada pra aquilo tudo não tinha favorecido em nada, e então eu comecei a rezar e pedir pra voltar ao meu corpo e voltei muito assustada e chorando. Depois conversei com meu mentor e ele disse que isso não vai parar, pois é algo que eu preciso aprender a lidar e esse é o melhor jeito. Então desde segunda-feira venho pedindo aos meus amigos espirituais para que criem uma atmosfera mais amigável para me levar para essas viagens... para não usar vozes muito graves que possam me assustar, para afastar de mim qualquer ser de baixa vibração que tente me assustar... Eis que hoje mais cedo cheguei da faculdade um pouco mal com alergia e com muito sono. Fui tirar um cochilo e algo incrível aconteceu. Comecei a dormir e sonhar 'normalmente', num outro ambiente, sem perceber que estava fora do meu corpo. De repente eles me trouxeram para o apartamento onde eu moro e eu tomei consciência de que eram os meus amigos e mentores espirituais me levando pra aquilo. Por incrível que pareça não senti medo nenhum dessa vez. Enquanto eu estava vindo para a sala, no corredor, vieram um bando de gatinhos miando desesperadamente até mim para eu lhes fazer carinho (eu gosto muito de gatos!) e eles me acompanharam até a sala. Quando cheguei na sala, comecei a pedir para meus amigos espirituais não me abandonarem naquela viagem e continuarem comigo. Foi então que senti eles me "pegando" pela mão e me fazendo voar. Foi incrível. Eu realmente me senti voando. Fui até o teto da sala e voltei ao chão. Quando voltei ao chão perguntei onde estavamos gatinhos que me trouxeram até a sala, e um deles voltou pra eu fazer um último carinho. Um fato curioso é que eu não consigo ter ainda uma visão 360 graus nas minhas viagens, e isso me incomoda um pouco, então disse aos meus amigos que já estava bom por hoje, que eles tiraram o meu medo, e que eu queria voltar pro meu corpo. De repente eu estava de volta e emocionada pela boa vontade dos meus amigos em retirar todo o meu medo para que eu avance no meu conhecimento espiritual. Muita gratidão aos meus amigos por terem me dado essa pequena experiência incrível! Espero que vocês tenham gostado do relato e qualquer sugestão para aprender a lidar com isso melhor será muito bem-vinda. Boas energias a todos.