• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Fly.1978

B-Membros
  • Content Count

    151
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    4

Fly.1978 last won the day on November 27

Fly.1978 had the most liked content!

Community Reputation

59 Excellent

About Fly.1978

  • Rank
    Membro Iniciando (100+)

Recent Profile Visitors

879 profile views
  1. Conheci esse termo " NO FAP " recentemente. vi uns videos no youtube e vou deixar meus dois cents de contribuição sobre o que acho e o que vivi. primeiro, que eu acho certos estudos cientificos, especialmente nessa area de sexualidade, bastante questionaveis. Por experiencia propria eu tentei ficar um periodo sem me masturbar e nao consegui mais que 40 dias, e foi algo pra mim que nao funcionou - me senti mal, angustiado e ansioso. Pouquissimas pessoas atingem um grau de maturidade fisica e emocional para deixar completamente de lado a masturbaçao. Se estiver dentro de um contexto filosofico-religioso ok, agora se o cara é solteiro, jovem, nao namora dificilmente consegue levar isso adiante, eu encaro a masturbação como uma necessidade fisiologica. Obvio que tudo em excesso faz mal e gera dependencia, mas eu acho muito mais salutar se masturbar do que sair e fazer sexo com qualquer estranho ( ta ai outra coisa que poucos conseguem) Voce tem um gasto energetico sim, mas nao mistura sua energia com as de um estranho qualquer e nao fica a merce das companhias espirituais que acompanham esse parceiro(a) que mal conhece. Sexo casual nao é de todo ruim, mas ´e complicado achar gente bacana e se envolver sexualmente ( energeticamente) , vc fica impregnado com a aura da pessoa e vice-versa. Ja tive o desprazer de fazer sexo casual e a pessoa em questao era uma vampira energetica nao consciente, eu me senti sugado, fiquei umas 2 semanas derrubado, mas tbm nessa epoca eu nao tomava os cuidados necessarios com esse tipo de envolvimento. Eu seria hipocrita se dissesse que nao me masturbo, porem hoje com muito menos frequencia, ´por que meu corpo "pede" que eu extravase isso, encaro dessa maneira, como uma necessidade fisiologica. Nao critico quem participa desse movimento NO FAP, mas nao seria uma realidade para mim.
  2. Parabens pelo relato, bem interessante. Felizmente em minhas poucas projeções lucidas ou quase lucidas, nao encontrei "ninguem" pelo caminho, nao sei qual seria minha reaçao. Mesmo sabendo que nao passam de pessoas como nos, apenas nao tem mais a roupagem do físico. Mas vai explicar isso pro nosso cerebro ne ? rs so nao entendi muito bem essa questao desse SER querendo te puxar para o fisico, nao poderia ser um mentor tentando te proteger ? talvez aquele nao fosse o momento adequado para sair do corpo. Eu ja fui impedido muitas vezes e de uns tempos pra ca o maximo que tenho sao sonhos extremamente realistas , alguns premonitorios, mas projecao eu meio que deixei de lado. Desconfio, alias, tenho certeza, que meus mentores ME SEGURAM a onda um pouco nessa questao de sair do corpo, pq eles sabem que eu nao curto muito este plano fisico,rs Sei la, vai que eu tivesse um decimo das habilidades do Saulo, eu poderia ficar deslumbrado com o lado de lá, em detrimento com o lado DAQUI. ja que fora do corpo temos um universo infindável de possibilidades........aqui, nem tanto. ...
  3. pois é Bandeira, mas ta osso aguentar esses "colegas" de classe. Eu so me sinto bem SOZINHO, dentro do meu apto, no meu mundinho. Ja bastam meus pensamentos que me atormentam, que dira seres humanos. rapaz, eu to com 41, sei la , acho que nao me aguento mais uns 10 anos nao kkkkk . Ja nasci com alma velha e rabugenta. mas, meu problema é que nao ando vendo sentido em um monte de coisa, inclusive espirituais, entao vou pegar mais leve com minhas auto-cobranças e deixar a vida me levar...A real é que a gente especula demais sobre o outro lado, com pouquissimas respostas, eu acho que Deus fez questao de criar o caos na nossa mente, pq a espiritualidade é uma coisa bastante confusa, complexa e pouco acessivel. ( bem, é como ando me sentindo ultimamente. Que adianta eu ter premonicao , se nao posso mudar o rumo das coisas... que adianta fazer viagem astral, se na maioria das vezes nao passo do nivel umbralino ....que adianta pedir ajudar aos mentores, se na esmagadora maioria das vezes eu me fudi sozinho e nao tive apoio de ninguem (ok , eu tinha que aprender alguma licao rs ). Bem, sei que to meio down, nao costumo ser assim, tomara que eu tome uma injecao de animo, talvez essa transicao planetaria esteja me afetando, nao so a mim com a outros colegas espiritualistas. Tomara que isso passe logo.
  4. Todos temos, em menor ou maior grau, dificuldade em se manter aqui. Eu sinceramente acho que a ignorancia é uma bencao, e por infelicidade minha eu nao sou um ignorante. rs Tenho estado bem recluso e refletindo sobre varios porques da vida, no meu caso se nao fosse a minha consciencia de uma vida extra corporea e que essa porcaria aqui é passageira, eu ja teria e dado um tiro na cabeça. Porem mesmo essa minha consciencia da espiritualidade, energias, post mortem, nao tem me dado animo pra superar certas coisas aqui encarnado. Se ater ao fato de que eu sou um ser espirtual, que esta passando por um karma por MIM determinado, e que eu esperneando ou nao - ja passei e continuo passando por coisas que nao gosto, e nao ha muito o que se fazer, me deixa num estado misto de revolta com resignação. Enfim, vou ter que me f.... mesmo aqui ne ? entao..... nao tem pra onde correr. Ser excessivamente espiritual tambem enche o saco, afinal estamos presos na carne, que nos limita em praticamente tudo, achar o tal equilibrio é fundamental para nao surtar, a lição que eu tiro do que tenho passado é: fulano, por mais que vc seja um desperto ou espiritualista, ou seja la o que for, aproveite esta tosca passagem pela Terra e divirta-se tambem, se a gente se levar a serio demais a gente acaba ficando é doido, e eu estive bem perto disto. Entao nao vou me podar se eu quiser beber, sair, fazer sexo casual, dentre outros prazeres mundanos. Nao adianta, nao serei mesmo nenhuma especie de Buda e uma hora ou outra a gente precisa tocar o "foda-se espiritual" pq toda essa carga de cobrança excessiva sobre nos, é pesada demais. Talvez eu esteja me frustrando espiritualmente, talvez eu tenha estagnado espirtualmente, talvez faltem forças quando eu encaro a vida real....talvez meus mentores nao sejam competentes o suficiente . Acabei desabafando no seu post, me identifiquei com ele
  5. esse é um tema bastante espinhoso, como deixar para tras pessoas que gostamos? e quando ha um abismo de distancia cultural/ moral / espiritual ? complicado hein. Eu sou da opinião de que temos que manter um afastamento saudável. Nem se isolar demais, nem se envolver demais com quem quer que seja eu tento por isso em pratica, mas as vezes exagero por que AMO ficar sozinho lendo e estudando, e o tempo passou e a maioria dos meus poucos amigos se afastaram por questoes naturais da vida e cada um seguiu seu rumo. dificilmente vc vai encontrar pessoas da sua idade e do seu circulo social interessadas em evolucao espiritual, energias, ocultismo etc. A maioira esmagadora das pessoas so vive na paranoia desse mundinho aqui, pensando em dinheiro / trabalho / casa / prazeres futeis, etc Nao que isso seja de todo ruim, mas isso uma hora acaba e voltamos ao pó. E ai ? o que vc vai levar de bagagem ? rs. Tente manter o equilibrio, saia com sua galera, interaja, mas nao deixe de lado sua evolução nao. abraços.
  6. Eu acredito que haja sim muitas pessoas boas e que façam o bem, e ainda assim tenha uma "galerinha" colada , pra assediar. MInha mãe é um exemplo clássico. rs Voce nao citou as tecnicas que usa, enfim, acho que as que te falarei sao bem simples ,e ao menos comigo esta funcionando. Eu atualmente trabalho com um cara que é meu superior hierarquico. Pense num sujeito perturbado. Alem de bipolar, ele é RUIM, ruindade raiz mesmo, uma pessoa extremamente dificil, intempestiva e com pessimo astral, deixa o ambiente pesadissimo. Me gerava muito desconforto a presença dele ate chegar num ponto que fui pedir ajuda especializada pra "cortar" minha conexão com essa criatura, mesmo trabalhando com ele, so 3 x por semana ( juro, que se fosse todo dia, eu nao iria aguentar) comecei a fazer oraçoes especificas parar perdoar o mal que aquela pessoa me fazia ( ele é agressivo e chucro), e comecei a ir trabalhar com o umbigo tampado com um esparadrapo ( essa voce deve conhecer) nao sei se tentou essas coisas, ao menos pra mim esta ajudando um pouco, ja deu uma amenizada no clima, a baixa energia dele nao esta me "derrubando" como antes. mas o que me deixou mais em paz, foi fazer um ritual de " corte energetico" com a pessoa em questao. Achei no google em um site sobre espiritualidade, vou copiar e colar pra vc : Como fazer: Em primeiro lugar, é essencial que a nossa mente se encontre calma e segura, para conseguir agir com clareza e racionalidad, evitando que emoções negativas nos perturbem. Comece por expressar a intenção de se perdoar a si próprio e à outra pessoa, porque se não o fizer não conseguirá libertar-se dela, pois estará ainda preso ao ressentimento. Se tem dificuldade em perdoar, até porque há situações que de facto são imperdoáveis, pense que ao perdoá-la está a fazer um favor a si próprio, não a ela. Está a permitir-se A SI a seguir em frente. Nem todos os cordões energéticos estão localizados no chakra do coração ou no do plexo solar. É importante, por isso, identificar onde eles se encontram, para poder cortá-los. Deite-se de costas, feche os olhos e descontraia inspirando e expirando profundamente, durante alguns minutos. Concentre-se em cada parte do seu corpo, desde a ponta dos pés até à cabeça, devagar, e preste atenção ao que sente em cada uma delas. Faça este exercício sem pressa nem pressão, por vezes a urgência em obter um resultado impede-nos de o conseguir. Sinta-se a si próprio, simplesmente. A parte do seu corpo onde sente maior peso e densidade é aquela onde se encontra o maior cordão negativo que precisa de ser cortado. Preste atenção a uma sensação de cansaço numa área, um peso que pode ser maior ou mais ligeiro, uma espécie de sombra. Concentre-se nessa área e procure compreender que emoção ou crença nossa permitiu que aquele cordão ali fosse criado (por exemplo "Eu acreditei que ele era o homem da minha vida"). Uma dica para compreender quais são os cordões positivos e quais são negativos consiste em sentir, em cada área do seu corpo, se a energia entra ou se sai. Os cordões negativos "empurram" energia negativa para dentro de nós, fazendo-nos sentir como se algo estivesse a pesar, a forçar a entrada. Os cordões positivos emanam uma energia positiva a partir de nós, que irradia de uma forma leve e pura. Para além disso, normalmente os cordões negativos encontram-se no chakra do plexo solar, acima do estômago, já que é esse o nosso centro de poder e de controlo da nossa energia. Os cordões negativos são densos e nascem de emoções como o medo, a raiva, o controlo, a frustração, o desejo, o ressentimento, a insegurança, a rejeição, a procura de benefícios materiais, por exemplo. A sua vibração é densa. Quanto mais emoção, tempo e energia investimos numa relação com uma dada pessoa, mais forte será esse cordão, apresentando maior resistência. Quando conseguir detetar o cordão visualize-o e veja-se a cortá-lo com uma tesoura ou com uma faca, com um golpe seco, completamente. Depois, veja-se a enviar energia positiva, de amor, para o local onde o cordão foi cortado. Esta energia pode ser branca, luminosa, dourada, cor-de-rosa, sendo sempre leve e positiva. Não deixe a ferida aberta, para que ninguém possa tirar-lhe energia a partir dela. Pense naquilo que mais ama e envie essa energia. Repita este corte em todas as áreas do seu corpo onde sente que existem cordões emocionais negativos. Depois, peça ajuda ao seu Anjo da Guarda e ao Arcanjo Miguel para o libertar de todos os cordões negativos, dizendo em voz alta: Peço aos meus Anjos e Guias Espirituais que me ajudem a libertar para sempre de (dizer o nome da pessoa). Que vamos os dois em frente livres de amarras e da ligação que tivemos nos passado. Peço ajuda para seguir em frente. Agradeço as lições que aprendi e que dei, mas de hoje em diante já nada me liga a esta pessoa. Peço que neste momento todos os cordões energéticos e físicos sejam cortados, e que todos os laços entre nós sejam dissolvidos e libertados, e que toda a energia regresse ao sítio de onde veio. É minha vontade que não haja mais trocas energéticas entre mim e (dizer o nome da pessoa). Comperdão e paz peço que se afastem de mim e que eu me afaste dele/a. Invoco agora o Arcanjo Miguel para que com a sua espada sagrada corte todos os cordões que me prendiam e que limpe a minha energia com a energia pura do amor de Deus. Ámen. É natural que se sinta um pouco confuso, instável e inseguro depois de fazer estes cortes. Procure estabilizar, concentrando-se naquilo que mais importa na sua vida. Sinta-se ligado à energia do Céu e da Terra e sinta que faz parte do Universo, que tem um propósito e uma razão de existir, e que a sua vida importa mais do que todas as ligações que estabelece ao longo dela. Se não acredita que este ritual pode realmente resultar, pense que TUDO NO UNIVERSO É ENERGIA. Ao fazer um corte energético, ao visualizar-se a fazer esse corte, está a emitir essa energia. E é isso que se manifesta depois no plano físico, na sua vida. NOTA MUITO IMPORTANTE: Quando cortamos um cordão emocional negativo com outra pessoa, essa pessoa pode senti-lo energeticamente, porque deixa de conseguir retirar energia de si para se alimentar a si própria. Por isso, é possível que entre em contacto consigo e que procure uma reaproximação, para voltar a criar novos cordões energéticos. Tenha cuidado. Lembre-se que aquilo que não nos faz bem não tem razão de existir na nossa vida. Pode fazer este ritual em qualquer altura, mas ele é especialmente eficaz em períodos de viragem energética, tais como o início do ano, o início das estações, os equinócios e solstícios, a primeira noite de Lua Nova ou de Lua Cheia. Não acho que haja limites para a proteção, tudo depende do seu estado de espírito, voce nao pode deixar a vibração ruim da pessoa ter ressonancia em voce. use o maximo de tecnicas que forem necessarias, quanto mais seguro se sentir, menos influencia a pessoa terá sobre voce. Vou te falar que ha muitos anos eu nao me encontrava numa situacao tao dificil, lidando com uma pessoa tão trevosa e baixa energeticamente. Esta sendo um grande desafio para mim. Boa sorte para nos !
  7. Eu nao tenho absolutamente nenhum medo de "morrer " ( desencarnar) mas fico apavorado com uns relatos, principalmente do famoso e iconico livro "viagens fora do corpo", do Robert Monroe. Ele realmente ficou preso no astral em uma especie de armadilha e isso foi bastante assustador, deu trabalho sair daquela situaçao....Caso ele nao voltasse acho que ele ficaria em uma espécie de coma ou algo parecido.....Muita gente demora um tempo consideravel ate perceber que nao faz mais parte dessa dimensao. Principalmente aquelas com pouca ou nenhuma conscienca do lado espiritual. Ha alguns anos um colega de trabalho faleceu e ele era um cara que nao tinha nenhuma preocupacao com o outro lado, achava que so tinha esse mundinho aqui da materia..rs. sofreu um acidente grave e teve uma morte repentina. Adivinha quem ele veio "assombrar" ? eu. kkk Provavel que ele tenha me visto zanzando no astral e achou que eu estivesse na mesma situacao que ele......enfim......tenho pena desse povo viu. Eu olho pra esse mundo e vejo que cada dia que passa estou mais perto de voltar pra minha casa de verdade, que definitivamente nao é aqui !
  8. bem, ai é com eles ! Sei que meu irmao me detesta, porem eu nao sinto absolutamente nada em relacao a ele, ( nem de bom nem de ruim) a gente nao tem controle sobre como as outras pessoas agem. So sei que farei o possivel pra tentar diminuir o maximo de encarnações neste lugar, pq haja saco! rs
  9. Karma é karma, e temos que aceitar, concordo contigo Sandro, ao fazer um paralelo com a chuva; nao adianta espernear, a chuva só vai cessar no tempo devido. Por mais que tivesse feito de quase tudo para mudar as situações listadas, pouco exito tinha; ate eu ser vencido pelo cansaço. Mas hoje sinto muita PAZ em saber que esses ciclos estao se fechando e sim, aprendi minhas lições e perdoei quem eu deveria, ja fui devidamente humilhado / oprimido por aqueles que eu supostamente tinha alguns debitos. rs . Minha familia sempre foi uma bela porcaria, cresci num lar sem carinho/ amor atencao e ainda fui vitima de abusos dos mais variados. Nao tem como nao ficar nenhuma cicatriz disso; depressao , panico e ansiedade sempre me acompanharam. ( mas faco acompanhamento para controla-los). ja passei dos 40 e ( acho) que nao terei muito mais tempo aqui; @bandeirapvh tambem tive pouquissimos momentos de alegria, e estes foram relacionados a minha conexao com natureza / espiritualidade ; hoje me sinto liberto para me afastar de tudo que me oprime. é como se o universo estivesse me mandando um recado: Meu filho, va, segue teu rumo, ja ta com quase todas tuas dividas quitadas , tente ser um ( pouco) feliz com o ( imprevisivel) tempo que vos resta encarnado. e é isso que tentarei fazer.
  10. Ola Bem, tentarei ser suscinto; nao é bem um desabafo mas uma questao pra reflexao. Questoes karmicas - Quem nunca se cansou de viver em circulos, quando, por mais que lutassemos contra uma situacao, sempre estavamos ali, sendo oprimidos por ela ? Trabalho em algo que simplesmente nao me satisfaz e sempre me oprimiu. sempre me senti diminuido e reprimido; por mais que eu estudasse e tentasse me livrar, a coisa nunca andava. Agora que ja passei dos 40 e ja posso dizer que sou um pouco mais esclarecido nessas questoes de lei de causa e efeito, me sinto totalmente liberto pra quebrar esse paradigma do tal ciclo karmico. Mesmo meu trabalho sendo minha fonte de renda, é algo que nao desejo mais em minha vida. A questao familiar é outro karma bem pesado que carrego - mas tambem sinto que é chegada a hora de me desvencilhar e deixar minha familia para trás. São pessoas ( mae e irmao) que me trouxeram muito sofrimento e humilhação durante a vida, mas eu ja os perdoei, creio que posso seguir em paz, porem longe fisicamente deles. A vida é feita de ciclos, e por mais "karma" ruim que se tenha, nao é possivel que a gente fique preso sempre no mesmo rol de situaçoes, se fosse assim, como ficaria o nosso livre arbítrio? Como poderiamos evoluir ? Nao acham muito cruel simplesmente aceitar que " meu destino é esse" , abaixar a cabeça e se conformar com uma vida ruim e triste ?
  11. É @sandrofabres eu ja convivo com isso desde a adolescencia, pra nao dizer que 100 % das premonições foram de coisas ruins, consegui "saber" antecipadamente de 2 empregos que eu viria a ter na vida....um inclusive foi 2 dias antes de ser contratado. Mas em relacao ao ocorrido que tive agora ha pouco, eu estava temeroso e sabia que algo poderia ocorrer, orei, meditei, pedi auxilio dos mentores e.........nada. Vai ver eu tinha que passar por isso mesmo, enfim, como vc disse, a coisa é caótica. Uns tempos atras andei sonhando com acidente de moto, e como seguro morreu de velho, eu fique uns 10 dias andando de onibus.... é isso, a gente vai tentando vier no meio do caos. rs. Abraços..
  12. Ola a todos. Resolvi dividir com voces algo que nao gosto muito, e que ocorre com frequencia comigo, que é a precognição. Há cerca de 15 dias tive um problema serio na minha casa, devido à chuvas constantes, e um reparo mal feito numa estrutura (laje) me trouxe o caos, a ponto de ter que chamar um engenheiro para avaliar os riscos estruturais. Tive um grande prejuizo financeiro para fazer o reparo ( felizmente ficou ok), quase surto com o excesso de chuvas, adoeci mental e fisicamente. Nem tanto pelo dano material, mas por ficar impotente e vendo tudo estragar ( durante 7 dias consecutivos de muita chuva) Ocorre que ha cerca de 2 meses antes do ocorrido eu tive sonhos recorrentes envolvendo água, chuvas, trevas, e , num desses sonhos, (bastante nitido) vi minha casa envolta em trevas, nuvens negras pesadas, e um RIO passando por debaixo da casa. Eu sei que sonhos ruins geralmente se concretizem ( pelo menos aqui com este azarado que vos fala), mas e ai ? Que m*** de dom é esse, que eu fico prevendo eventos, nao posso fazer absolutamente nada para evita-los ou apazigua-los, e quando vem o "deja vu", eu fico com cara de tonto. Sinceramente eu nao faço um pingo de questao de ter precognição, isso parece que so aumenta meu sofrimento diante das adversidades da vida ( praticamente todas as pessoas proximas a mim que morreram, eu fiquei sabendo antes atraves de sonho, idem com acidentes, etc), Enfim, nao sei o que fazer, quando ocorrem estes sonhos premonitorios, eu oro, medito, peço protecao aos mentores, mas na esmagadora maioria das vezes, eu nao tenho auxilio nenhum e acabo me ferrando. Queria a opiniao dos senhores. Cobranças do invisivel ? admito ter deixado a espiritualidade um pouco de lado.....
  13. É sim bem real, mas nunca acredite em NADA e nem em NINGUEM, TESTE por si só e construa sua propria realidade ! só tome cuidado, nao se mete com isso apenas por curiosidade, o assunto é bastante complexo e delicado. Sair em astral nao é ir dar um rolê no shopping ou vaguear por ai a toa. Acho complicado pra gente que ja faz/ fez VA ficar demonstrando algo pra voce, isso é muito pessoal e alem do que, so vc sentindo na pele.. estude, tente, porem faça uma auto critica, vc tem maturidade e controle emocional pra lidar com coisas espirituais desse nivel ? Nao estou querendo te assustar, mas isso nao é como uma meditação ou uma pratica de yoga, é algo ....bem mais denso. reavalie, estude. O que nao falta é material aqui. Boa sorte e boa reflexão.
  14. nossa, esqueci de dizer algo importante ! Estou fazendo reprogramaçao mental atraves de audios subliminares, eu entrei em contato com a pessoa que me passou essas técnicas e falei tudo que descrevi acima, ela disse que a reprogramacao mental pode ter dado uma potencializada nos meus sintomas, ja que eu sou acelerado por natureza. Enfim, nao sei ao certo se tem relacao .....mas vou ficar atento, qualquer coisa eu interrompo.