• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

ViniA.

B-Membros
  • Content Count

    4
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

2 Neutral

About ViniA.

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

107 profile views
  1. ViniA.

    Catalepsia projetiva perturbadora

    Eu penso isso mesmo. Creio que é questão de costume também! Obrigado, paz e luz!
  2. ViniA.

    Catalepsia projetiva perturbadora

    Então, por ser a primeira vez que tenho uma catalepsia onde escuto sons e algo me puxando, fiquei bem assustado, logo não passou uma boa impressão KKK. Não acho que teve MÁ intenção, mas sei que também não foi boa. Acho que pode ter sido um tipo de zombar, fazendo o barulho das sacolas e tal.
  3. Olé, tive uma noite um pouco estressante. Como eu dormi durante a tarde, acabei ficando sem sono. Deitei umas 23:30hs e consegui cochilar até 00:30, até que algumas gatas no cio aqui na vizinhança começaram a gritar e consequentemente, me acordar. Depois disso, eu não consegui pegar no sono e tentei relaxar, tentei não pensar em nada, até que por volta de umas 03:30hs eu dormi. Meu despertador estava programado para tocar as 05:10hs e 05:17hs. Pelo fato de eu ter dormido bem pouco, quando o primeiro tocou, eu apenas desliguei e voltei a dormir. Comecei a sonhar com uma amiga e que resolvemos tentar voltar no tempo (não sei como) e nisso, o segundo alarme tocou. Eu fiquei estressado e pelo fato de o sonho ter sido tão bom, me recusei a levantar e voltei a dormir (a preguiça me domina e.e), e consegui voltar ao mesmo sonho, porém minha amiga não estava mais lá e eu estava prestes a presenciar um fenômeno de viagem no tempo com outras pessoas. De repente, eu escutei uma voz bem alta, como se viesse de fora do sonho, dizendo "Mas na verdade, eu..." (não compreendi o restante). Só sei que nisso eu acordei e comecei a ouvir um barulho atrás da cabeceira da minha cama, como se tivesse alguém mexendo em várias sacolas de plástico e fazendo questão de ser bem barulhenta. Eu percebi então, que estava paralisado, conseguia mexer apenas os pés, mas o restante do meu corpo estava totalmente imóvel e minha boca, entreaberta. Senti algo puxando meu braço pra trás e tentei falar "sai", porém o som da minha voz não saia de jeito nenhum e minha boca não fechava e nem abria. Até que resolvi rezar o Pai Nosso e, logo assim que comecei a oração, eu consegui me mexer e realmente acordei, levantando bruscamente da cama. Depois desse relato, queria ressaltar que: 1. Eu sabia que estava em catalepsia, assim que acordei com a voz da pessoa; 2. Eu sabia que poderia induzir alguma técnica para me afastar do corpo físico, porém estava tão assustado que não consegui pensar em nada; 3. Foi a primeira vez que houve manifestações assim em catalepsia, pois sempre que saio do corpo, entro em catalepsia primeiro e logo depois, a saída definitiva; 4. São extremamente raras as minhas saídas do corpo, coisa de 6 a 6 meses; 5. No dia anterior, não estava me sentindo bem dentro do ônibus e, movimentei energias, através da OLVE apenas para me sentir mais relaxado. Bom, eu gostaria de saber, se algo possa ter influenciado eu ter escutado esse barulho de sacolas ou sentido a puxação do meu braço? E o que poderia ser essa voz que escutei no sonho, mas pareceu ecoar de outro lugar? Enfim, obrigado. Paz e luz!
  4. Essa experiência aconteceu no fim do ano passado, eu realizava exercícios energéticos há mais de um ano e foi minha possível primeira projeção consciente. Me lembro que no dia eu conversei bastante sobre projeções astrais e técnicas energéticas com um amigo e de tarde escutei o áudio da técnica projetiva 4, pela primeira vez. Lembro que li sobre algumas técnicas para sair no astral e uma delas foi a técnica do alvo mental em que você imagina seu corpo astral se encaixando em um corpo imaginário, meio complicado de explicar aqui. Enfim, deitei-me e apenas pensei nessa técnica, n tinha pretençao de realiza-la. Na verdade, eu queria tentar sair usando a técnica do elevador, pensei "já realizei uma técnica energética a tarde, vou apenas exteriorizar e absorver". Fiz isso, comecei a prestar atenção na respiração e logo depois iniciei a técnica do elevador, nada demais aconteceu, só sei que adormeci. Mas aí Por volta das três horas da manhã, acordei involuntariamente e tentei nao abri os olhos e nao me mexer, então senti uma leveza no meu corpo, tentei a técnica de separação, imaginar que meu corpo astral incorporaria o meu corpo imaginário. Eu senti isto, senti uma leveza no meu corpo, e me senti caindo no corpo imaginário o qual não estava no meu quarto, mas sim na sala, porém dois segundos aproximadamente depois, me senti mais pesado e abri os olhos, havia voltado. Acho que algum movimento no meu corpo físico me trouxe de volta. Não sei exatamente se foi uma projeção, pra mim foi bem lúcido e como foi a primeira vez n tinha como saber se era a mesma sensação ou não. Já li sobre pré-decolagem que tb pode ter sido. Alguém já passou por essa experiência ou algo parecido? Obrigado e desculpa o texto enorme rs.