• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Lucas Oliveira

B-Membros
  • Content Count

    604
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    14

Lucas Oliveira last won the day on August 9

Lucas Oliveira had the most liked content!

Community Reputation

116 Excellent

1 Follower

About Lucas Oliveira

  • Rank
    Em Corpo Astral (600+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Espiritualidade deve ser assunto nas consultas, diz novo documento médico Orientação inédita pertence à nova diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia https://veja.abril.com.br/saude/espiritualidade-deve-ser-assunto-nas-consultas-diz-novo-documento-medico/
  2. Samyutta Nikaya LVI.31 Simsapa Sutta As Folhas de Simsapa Certa ocasião, o Abençoado estava em Kosambi numa floresta de Simsapa. Então, o Abençoado pegou algumas folhas de simsapa com a mão e perguntou aos Bhikkhus: “ O que vocês pensam, bhikkhus: o que é mais numeroso, as poucas folhas de Simsapa que peguei com a minha mão ou aquelas acima de nossas cabeças na floresta de Simsapa?” “Venerável senhor, as folhas que o Abençoado pegou com a mão são poucas, mas aquelas sobre as nossas cabeças na floresta são numerosas.” “Assim também, bhikkhus, as coisas que aprendi através do conhecimento direto, e que não ensinei são numerosas, enquanto as coisas que ensinei para vocês são poucas. E porque, bhikkhus, não ensinei essas muitas coisas? Porque elas não trazem benefícios, são irrelevantes para os fundamentos da vida santa e não conduzem ao desencantamento, ao desapego, à cessação, à paz, ao conhecimento direto, à iluminação, a Nibbana. Por conseguinte, eu não as ensinei. “E o que, bhikkhus, eu ensinei? ‘ Isto é sofrimento ... Esta é a origem do sofrimento ... Esta é a cessação do sofrimento ... Esse é o caminho que conduz à cessação do sofrimento’: Isso foi o que ensinei. E porque, bhikkhus, ensinei isso? Porque isso traz benefícios, é relevante para os fundamentos da vida santa e conduz ao desencantamento, ao desapego, à cessação, à paz, ao conhecimento direto, à iluminação, a Nibbana. Por conseguinte, eu ensinei isso. “Portanto, bhikkhus, um esforço deve ser feito para compreender: ‘Isto é sofrimento.’ Um esforço deve ser feito para compreender: ‘Esta é a origem do sofrimento.’ Um esforço deve ser feito para compreender: ‘Esta é a cessação do sofrimento.’ Um esforço deve ser feito para compreender: ‘Este é o caminho que conduz à cessação do sofrimento.’” Fonte: http://www.acessoaoinsight.net/sutta/SNLVI.31.php
  3. Estudo recomenda a prática de yoga para quem sofre com problemas cardíacos Pacientes que sofreram ataques cardíacos e passaram por procedimentos cirúrgicos podem aderir à prática de yoga como parte do tratamento de recuperação, diz estudo https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Bem-Estar/noticia/2019/09/estudo-recomenda-pratica-de-yoga-para-individuos-que-sofrem-com-problemas-cardiacos.html
  4. Gratidão Sandro por este Livro! O Caminho da Energia [Lam Kam Chuen].pdf
  5. O ex-monge budista que criou empresa de meditação de US$ 100 milhões https://www.bbc.com/portuguese/geral-49549016
  6. HOMEOPATIA NA UNIVERSIDADE PÚBLICA Bate-papo com a professora Dra Edazima Bulhões, especialista em homeopatia, sobre a criação da disciplina obrigatória Homeopatia e Práticas Integrativas da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). https://www.youtube.com/watch?v=Qj9IpJckyXQ
  7. Doctor Strange’s first class https://www.youtube.com/watch?v=eT5VSjGmELM The Ancient One: The language of the mystic arts is as old as civilization. The sorcerers of antiquity called the use of this language spells. But if that word offends your modern sensibilities you can call it a program, the source code that shapes reality. We harness energy drawn from other dimensions of the Multiverse to cast spells to conjure shields and weapons to make magic. Dr. Stephen Strange: But even if my fingers could do that my hands would just be waving in the air. How do I get from here to there? The Ancient One: How did you get to reattach severed nerves and put a human spine back together bone by bone? Dr. Stephen Strange: Study and practice, years of it. https://www.moviequotesandmore.com/doctor-strange-best-quotes/ https://translate.google.com.br/
  8. O kamma pode ser apagado? Certa vez o Buda disse: "Bhikkhus, para qualquer um que diga, ‘Qualquer que seja a forma pela qual uma pessoa faça kamma, é desse modo que ele será experimentado,’ não há como viver a vida santa, não há oportunidade para o correto fim do sofrimento. [11] Mas para qualquer um que diga, ‘Quando uma pessoa faz kamma para ser sentido de tal e tal forma, assim é como o seu resultado é experimentado,’ há como viver a vida santa, há oportunidade para o correto fim do sofrimento. Há o caso em que um ato insignificante cometido por um certo indivíduo o conduz ao inferno. Há o caso em que o mesmo tipo de ato insignificante cometido por outro indivíduo é experimentado no aqui e agora e aparece apenas por um momento. "Agora um ato insignificante cometido por qual tipo de indivíduo o conduz ao inferno? É o caso em que um certo indivíduo não desenvolve a atenção plena no corpo, não desenvolve a virtude, não desenvolve a mente, não desenvolve a sabedoria: limitado, mesquinho, permanece com o sofrimento. Um ato insignificante cometido por este tipo de indivíduo o conduz ao inferno. "Agora, um ato insignificante cometido por qual tipo de indivíduo é experimentado no aqui e agora e aparece apenas por um momento? É o caso em que um certo indivíduo desenvolve a atenção plena no corpo, desenvolve a virtude, desenvolve a mente, desenvolve a sabedoria: ilimitado, generoso, permanece com o imensurável. Um ato insignificante cometido por esse tipo de indivíduo é experimentado no aqui e agora e aparece apenas por um momento.. [ AN.I.249] (AN.III.99) * * * "Aqui, chefe tribal, um determinado mestre tem uma doutrina e entendimento assim: 'Qualquer um que mate seres vivos ... que tome aquilo que não for dado ... pratique a conduta sexual imprópria ... fale mentiras está destinado a um estado de privação, ao inferno.' Então um discípulo tem plena convicção naquele mestre. Ele pensa: 'Meu mestre tem uma doutrina e entendimento assim: "Qualquer um que mate seres vivos está destinado a um estado de privação, ao inferno." Agora, eu matei seres vivos, então eu também estou destinado a um estado de privação, ao inferno.' Assim ele obtém esse entendimento. Se ele não abandonar essa asserção e esse estado mental, e se ele não abandonar esse entendimento, então de acordo com o seu merecimento ele será, como se fosse, soltado no inferno. "Ele pensa: 'Meu mestre tem uma doutrina e entendimento assim: "Qualquer um que tome aquilo que não for dado ... pratique a conduta sexual imprópria ... fale mentiras está destinado a um estado de privação, ao inferno." Agora, eu menti, então eu também estou destinado a um estado de privação, ao inferno.' Assim ele obtém esse entendimento. Se ele não abandonar essa asserção e esse estado mental, e se ele não abandonar esse entendimento, então de acordo com o seu merecimento ele será, como se fosse, soltado no inferno. "Mas aqui, um Tathagata surge no mundo, um arahant perfeitamente iluminado, consumado no verdadeiro conhecimento e conduta, bem-aventurado, conhecedor dos mundos, um líder insuperável de pessoas preparadas para serem treinadas, mestre de devas e humanos, desperto, sublime. De muitas formas ele critica e censura matar seres vivos, e ele diz: 'Abstenham-se de matar seres vivos.' Ele critica e censura tomar aquilo que não for dado, e ele diz: 'Abstenham-se de tomar aquilo que não for dado.' Ele critica e censura a conduta sexual imprópria, e ele diz: 'Abstenham-se da conduta sexual imprópria.' Ele critica e censura a linguagem mentirosa, e ele diz: 'Abstenham-se de falar mentiras.' "Então um discípulo tem plena convicção naquele mestre. Ele pensa: 'Meu mestre tem uma doutrina e entendimento assim: De muitas formas o Abençoado critica e censura matar seres vivos, e ele diz: 'Abstenham-se de matar seres vivos.' Agora, eu matei seres vivos. Isso não foi apropriado; isso não foi bom. Mas embora eu me arrependa disso, essa minha ação ruim não pode ser desfeita.' Tendo refletido dessa forma, ele abandona matar seres vivos e se abstém de matar seres vivos no futuro. Assim ocorre o abandono daquela ação ruim, assim ocorre a transcendência daquela ação ruim. "Ele pensa: 'Meu mestre tem uma doutrina e entendimento assim: "De muitas formas o Abençoado critica e censura tomar aquilo que não for dado ... praticar a conduta sexual imprópria ... falar mentiras, e ele diz: 'Abstenham-se de falar mentiras.' Agora, eu falei mentiras. Isso não foi apropriado; isso não foi bom. Mas embora eu me arrependa disso, essa minha ação ruim não pode ser desfeita.' Tendo refletido dessa forma, ele abandona falar mentiras e se abstém falar mentiras no futuro. Assim ocorre o abandono daquela ação ruim, assim ocorre a transcendência daquela ação ruim. "Tendo abandonado matar seres vivos, ele se abstém de matar seres vivos, tendo abandonado tomar aquilo que não for dado, ele se abstém de tomar aquilo que não for dado, tendo abandonado a conduta sexual imprópria, ele se abstém da conduta sexual imprópria, tendo abandonado falar mentiras, ele se abstém de falar mentiras, tendo abandonado a linguagem maliciosa, ele se abstém da linguagem maliciosa, tendo abandonado a linguagem grosseira, ele se abstém da linguagem grosseira, tendo abandonado a linguagem frívola, ele se abstém da linguagem frívola, tendo abandonado a cobiça, ele não tem cobiça, tendo abandonado a má vontade, ele tem uma mente sem má vontade, tendo abandonado o entendimento incorreto, ele tem o entendimento correto. "Então, chefe tribal, aquele nobre discípulo - que assim está desprovido de cobiça, desprovido de má vontade, não confuso, com plena consciência, sempre plenamente atento - permanece permeando o primeiro quadrante com a mente imbuída de amor bondade, da mesma forma o segundo, da mesma forma o terceiro, da mesma forma o quarto; assim acima, abaixo, em volta e em todos os lugares, para todos bem como para si mesmo, ele permanece permeando o mundo todo com a mente imbuída de amor bondade, abundante, transcendente, imensurável, sem hostilidade e sem má vontade. Como se um poderoso trompetista fizesse com pouca dificuldade uma proclamação aos quatro quadrantes, da mesma forma através desta libertação da mente através do amor bondade, qualquer kamma limitante que tenha sido feito ali não permanece, não persiste." [SN.IV.319] (SN XLII.8) As palavras acima foram mencionadas de forma a prevenir mal-entendidos em relação à fruição de kamma. Esta síntese é apenas uma pequena parcela do material disponível, para apresentá-lo todo ocuparia espaço demasiado. http://www.acessoaoinsight.net/arquivo_textos_theravada/kamma_6.php
  9. Kamma nos ensinamentos do Buda, por Venerável P.A.Payutto Um texto abrangente que explica em detalhes todos os aspectos de kamma de acordo com os ensinamentos do Buda, dissipando muitos entendimentos equivocados. Um verdadeiro guia de estudo que responde a todas as perguntas sobre kamma. http://www.acessoaoinsight.net/arquivo_textos_theravada/kamma_1.php 5. O Kamma que dá fim ao Kamma http://www.acessoaoinsight.net/arquivo_textos_theravada/kamma_5.php Quem substitui as ações ruins com ações benéficas ilumina o mundo como a lua liberta das nuvens. Dhp 173 [Nota 5 - Verso 173] katam papam kammam kusalena pithiyati: substitui as ações ruins com ações benéficas. Cada um colhe os frutos de kamma. Mas não todos os futos de todas ações (kamma) serão colhidos no curso de samsara. Se assim fosse a escapatória de samsara seria impossível. O kamma prejudicial pode ser minimizado através da purificação da mente. Veja o Lonaphala Sutta. http://www.acessoaoinsight.net/dhp/dhp13.php Lonaphala Sutta (AN III.99) – O Punhado de Sal. Usando vários similes memoráveis, o Buda explica porque as conseqüências de ações inábeis podem parecer severas para uma pessoa e suaves para uma outra. Moral da estória: reforce a sua virtude! http://www.acessoaoinsight.net/sutta/ANIII.99.php “Bhikkhus, este corpo não lhes pertence, nem pertence a um outro. Vocês devem vê-lo como kamma passado, formado por condições, nascido das volições, a base para as sensações.” [SN.II.64] (SN XII.37)
  10. Gigapixels de Andrômeda [4K] https://www.youtube.com/watch?v=udAL48P5NJU
  11. The Disclosure Project (2001) Martyn Stubbs (1999) Moon Rising (2009) LunaCognita (2008)
  12. O número de jovens que renunciaram a vida em família para serem monges no Jainismo estão aumentando.. então em outras Religiões como o Budismo e o Hinduísmo esse movimento deve ser bem maior.. ja que tem mais seguidores.. A População da Índia tem mais de 1 bilhão de pessoas.. comunidade jainista, minoria religiosa de cerca de 4,5 milhões de fiéis...
  13. Mahakaccanabhaddekaratta Sutta (MN 133) - Maha Kaccana e Uma Única Noite Excelente Um sutta simples, porém com um ensinamento poderoso sobre como praticar o Dhamma. Para ouvir a palestra (27 minutos). Audio: http://www.acessoaoinsight.net/podcast/PS133.mp3 Texto: http://www.acessoaoinsight.net/podcast/PS133.php *Mais Podcast http://www.acessoaoinsight.net/podcast.php
  14. no Budismo Theravada, é utilizado os termos Hábil e Inábil.. é importante ser bom com sabedoria.. kusala: benéfico, hábil, bom. São todas as intenções (kamma-cetana, s. cetana) e os fatores mentais a elas associados que são acompanhados por duas ou três raízes (mula), isto é, ausência de cobiça/desejo (alobha) e ausência de raiva/aversão (adosa) e em alguns casos também ausência de delusão (amoha: sabedoria). Tais estados de consciência são considerados como kamma benéfico pois são as causas de resultados kammicos favoráveis e contêm a semente de um renascimento feliz. Veja seu oposto akusala. Veja kamma. [Mais] http://www.acessoaoinsight.net/glossario.php#K
  15. Por que cada vez mais jovens abandonam família e tecnologia para viverem de esmola como monges Centenas de jovens na Índia, membros de comunidades que seguem o jainismo, começaram a "renunciar ao mundo material" para virarem monges que caminham descalços, comem apenas o que recebem de esmola, não tomam banho nem usam tecnologia moderna. A repórter de religião da BBC News, Priyanka Pathak, foi investigar o porquê. https://www.bbc.com/portuguese/internacional-48916558