• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Deivison Oliveira

B-Membros
  • Content Count

    12
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

5 Neutral

1 Follower

About Deivison Oliveira

  • Rank
    Member
  • Birthday 09/01/1989

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. É possivel sim. Pq no insconciente o significado das coisas é misturado, se você não sabe o significado da outbreak, pelo menos de out ou de break vc sabia, certo? Além do mais não necessariamente precisa ter um significado, o inconsciente é assim. Para mais informações recomento que leia a interpretação dos sonhos, de sigmund freud
  2. é, se vc viu essa palavra uma vez, mesmo que tenha visto e não tenha lido, ela já fica registrada no seu inconsciente. Então se torna passível de sonhar com isso. A questão aí não é o significado da palavra, mas sim a imagem dela como simbolo de algo( no caso o yugioh). Se vc joga esse jogo e lá existe essa palavra. O seu inconsciente vai usa-la, de alguma forma, querendo referir-se não a palavra si ou seu significado, mas ao seu objeto de desejo, que é o jogo. E como postulava o bom e velho Freud: ''O sonho é a realização de um desejo''
  3. Essa palavra faz algum sentido pra você? Te traz alguma outra memoria? Outro dia estava sonhando, e disse para uma pessoa que um amigo meu foi viajar para escutar os ensinamentos do mestre Rama. Nunca tinha ouvido falar em nenhum mestre rama. Mas fui pesquisar na internet e ele realmente existiu. O que acontece é que tudo que fazemos, tudo o que sentimos, todas as palavras que ouvimos, todas as memorias que temos, dessa vida e de outras, são armazenadas em algum lugar dos nossos corpos, o se chama holomemória: http://www.consciencialucida.com.br/2010/09/holomemoria-memoria-integral.html Nossos sonhos são uma grande mistura daquilo que fazemos no dia em que temos o sonho, somados ao que vimos em algum outro momento qualquer. Então, você deve ter ouvido essa palavra em algum filme, alguma coisa que leu, um outdoor, qualquer coisa, e ela ficou armazena, seja em seu cérebro, pois ele também guarda tudo o que você viu na vida, seja em sua holomemória. Eu diria que é isso, mas nunca vai dar pra saber com certeza a não ser que você se recorde
  4. Olha, essa questão do medo não tem jeito, só duas coisas podem ser feitas nesse sentido: 1 - Verificar qual as causas pessoais do seu medo de espíritos. 2 - Todos tem medo do que não conhecem, então é importante se acostumar, pois só o conhecimento liberta. Se acostumar com as situações é como andar num labirinto. No começo você não conhece nada, então você teme. Depois de estar habituado, você passa a dominar o processo. das duas acredito, que se acostumar seja até mais importante, pois você estará agindo diretamente sobre a situação. Embora, caso seja um medo muito grande, identificar a causa seja importante antes de poder dar inicio ao processo de agir diretamente (se acostumar). Faça isso: caso, vc se veja em astral, ao ver um espirito, se ficar com medo, pense no corpo e volte, se não ficar, tente bater um papo sincero, sem tentar enforcar ninguém, pois isso só fara com que fique com mais medo. Na natureza, os animais mais violentos, são os que mais sofrem com sentimentos de medo ao serem atacados. Com isso, tu irá se acostumar com ideia de ver espíritos. Com o tempo, até os feiosos não te causaram tanto incomodo assim, embora eu ache que nesses casos, perder o medo total seja MUITO difícil, a questão mesmo, nessas situações é se acostumar a temer. Caso você for tentar uma saída consciente, vá apenas até onde o seu medo deixa, e logo em seguida interrompa o processo e dê um passo atras, pode até tentar no outro dia, quando se sentir confortável, vá mais adiante. Não se vence o medo de um dia para o outro, pois ele é algo natural, e a natureza não dá saltos. Quantos milhões de anos não levamos pra andar somente com as pernas? pois então.
  5. Ontem eu passei o dia todo fazendo mais ou menos isso de prestar atenção exatamente no momento presente, sem automatismos, como uma meditação, só que o tempo todo. Logico que toda hora minha mente ''voava'', kkkkkk. Resultado: já em estado de sono, me percebi que estava no sonho e minha namorada, que estava tmb estava no sonho, escondeu o rosto quando eu despertei, depois disso já me vi em catalepsia, não consegui sair, mas achei sensacional. ou seja: Resultados rápidos, kkkk Vou voltar a praticar a meditação iogui, mesmo com 20 min por dia já da pra perceber as diferenças, fica mais fácil manter-se focado no resto do dia.
  6. Nossa, sofri muito com essa questão aqui, pq o tema da lucidez é tratado nos áudios do Saulo como uma questão de percepção, de tipo ''eu sei que estou aqui'' e tals. Realmente essa questão da consciência plena é uma meta e tanto, da vida toda mesmo, pratiquei meditação durante 2 anos, e não consegui chegar naquele famoso ''silêncie a mente'', que é a instrução mal dada pelos professores. Só lendo muito é que fui percebendo que a mente se silencia com concentração, e da concentração, se ganha nível de consciência, e apesar de não ter ido longe nisso, percebia que os sonhos ficavam ''mais vivos'', mas nessa época ainda nem sabia o que era projeção. Na gnose, o pessoal deve treinar bastante isso né? pq uma vez conheci um cara da gnose, perguntei a ele se lá estudavam projeção, que eu lembro ele disse que bem pouco, mas que saia todo dia. Perguntei como ele fazia e, realmente, estudando hj aqui, parece que ele de fato saia do corpo, mas com a facilidade que ele me explicou, parecia algo bem simples, tentei varias vezes do modo dele e nunca consegui, ai desisti. Quando descobri o GVA, em pouco tempo já tive resultados. Nossa sociedade parece ter uma dificuldade abissal nessa questão de lucidez, isso por que temos diversos sabotadores de vigilância, coisas que fazem a gente ''deixar a mente agindo solta''. Por exemplo, TV, Computador, Celular. Eu mesmo passo o dia inteiro na frente de telas, principalmente pq trabalho o dia inteiro na frente do pc. Até uns 07 anos de idade, 90% dos meus sonhos eram lúcidos, depois que ganhei um computador, parei até de sonhar, kkkkkk. Isso talvez deva acontecer pq quando a gente é criança tudo é novo, então prestamos atenção em tudo. O tempo passa até mais devagar. Ai quando crescemos dizemos que o tempo está passando mais rápido, hahahaha. Na vdd é a nossa mente que se dispersou. Vou ler os textos Sandro, muito obrigado pelas respostas.
  7. Olá a todos! Já percebi que muitas vezes quando percebemos estar sonhando algumas possibilidades que podem acontecer: Os sonhos finalizam e nós acordamos no corpo físico, Continuamos no sonho, mas com pouca lúcidez e alto grau onirismo, o famoso sonho lúcido Ou o sonho se desfaz e nos percebemos em corpo astral, seja lá onde for, as vezes em catalepsia Tenho reparado que os sonhos se assemelham muito com o discurso mental mental em vigília, ou seja, não tem correlação direta com o que fazemos, não tem coerência, é gerado automaticamente sem ação direta da consciência. Falo porque outro dia estava em cochilando no horário de almoço, comecei a pensar em algo e virou um sonho, só percebi o que estava rolando já meia hora depois. Outra vez me percebi projetado, fechei os olhos e mentalizei mentalmente ser transportado para algum lugar onde fosse necessário para amparo (foi a primeira vez que fiz isso e a terceira que me percebi em projeção). Fui direcionado a uma casa, quando cheguei no quintal havia uma mãe dando comida para um bebê. Dai comecei a pensar: ''Se eu estou aqui, é por alguma coisa vai acontecer''. Bom, eu fiquei pensando que ia rolar algum assalto, alguma invasão e tals. Quase que imediatamente, e sem eu perceber, não haviam mais paredes no quintal, e eu vi um monte de viaturas da policia entrando. Imaginei que era pra proteger da invasão. Fiquei esperando os caras e jogando energia nos guardas, que nesse momento, se postavam olhando pra fora, protegendo a casa. Ou seja, da projeção, virou um sonho, um onirismo lascado (mas só percebi isso depois da projeção vinda em seguida) Imediatamente, ao acordar, tentei dormir de novo e voltar para o mesmo local. O que aconteceu foi que despertei em uma cama, em outro local, assim que me percebi projetado, um rapaz negro, de uns 50 anos, começou a falar, ''quando você estiver em projeção...'' Não lembro nada das palavras dele, mas eram sobre nível de consciência, lembro dele dizer que o nosso nível de consciência é de mais ou menos 20%, ele falava também manter-se atento. Bom, é bem difícil eu perceber que estou sonhando, mas tenho reparado que a percepção do aqui-agora, quando estamos dormindo parece ser essencial para a percepção de que estamos projetados ou em sonho, de modo que isso só pode ser treinado no dia-a-dia, no corpo físico, agindo com atenção e consciência do que se faz, sem divagações mentais e sem automatismos, pois o sonho, de certa forma, é um automatismo. Será que estou certo? o que se pode fazer pra despertar nos sonhos? Obs: desculpe pelo tópico extenso
  8. É isso mesmo. É sempre bom ver que alguém sente o mesmo, ou pelo menos parecido, porque mostra que é de fato, real. Fiquei muito feliz! Obrigado!
  9. Obrigado pelas respostas! Realmente o questionamento era sobre como sentir a energia das coisas e pessoas. Fiz essa pergunta pq ontem peguei uma ametista na mão, e não senti nenhuma vibração como dizem que tem, mas quando coloquei a outra mão em cima, senti como houvesse algo ''denso'', fazendo oposição a minha mão postada logo acima, 4, 5 centímetros. Não sei se foi minha imaginação ou se realmente senti. Vejo também o Saulo falando nos videos sobre ele sentir presenças extrafísicas, inclusive um enquanto ele estava gravando, não lembro em qual FAQ. Isso parece bem difícil, mas necessário pra saber quando algo é nosso e dos outros. Quando alguém está tentando de acessar, etc
  10. Boa noite pessoal, Como funciona a sensibilidade energética dirigida a outras pessoas? falando melhor, como da pra sentir/ perceber as energia das outras pessoas, plantas, objetos, etc? será uma questão consciencial? ou seja, não percebemos simplesmente por que não damos atenção a isso, ou uma questão de sensibilidade energética pessoal, ou seja, trabalhando as suas próprias energias você passa a perceber a dos outros? Obrigado
  11. Olá pessoal, Me chamo David, Conheci o fórum pelos videos do Saulo no youtube, gostaria de agradecer por todo o conhecimento que somos convidados a adquirir através do GVA.