• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for 'mediunidade'.


Didn't find what you were looking for? Try searching for:


More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 1,027 results

  1. É... a pratica mediúnica foi evoluindo e também adquiriu contornos diferentes de acordo com o grupo. A mediunidade é orientada de uma forma diferente na Umbanda e no espiritismo Kardecista, por exemplo. É como a obtenção de Samadhi nos diversos tipos de Yoga. No Raja Yoga se procura chegar lá por meio principalmente de meditação, já no tantra yoga, principalmente por exercícios que estimulam diretamente os chakras. Aqui no Brasil, acho que nós acabamos evoluindo bastante a prática mediúnica porque esse é um país onde as religiões espíritas ou espiritualistas são muito difundidas e possuem um aspecto prático muito importante girando em torno da mediunidade. Acho importante notar que a mediunidade é uma parte de um todo maior que é o parapsiquismo. Dentre as práticas parapsíquicas, podemos separar, de forma geral, em dois grandes grupos: O grupo das práticas mediúnicas propriamente ditas. Onde a faculdade parapsíquica é desenvolvida visando principalmente a comunicação onde o indíviduo que utiliza seu parapsiquismo o utiliza como um meio. Neste tipo de prática, chamamos este indivíduo de médium que é uma palavra do latim cujo significado é "meio", ou seja o indivíduo serve de meio para uma comunicação entre dimensões onde normalmente teremos pelo menos três pessoas: o interlocutor de uma dimensão, o médium propriamente dito, e o interlocutor de outra dimensão. O grupo das práticas anímicas. Onde a faculdade é desenvolvida para que o individuo possa desfrutar de capacidades interdimensionais, de expansão consciencial ou energética. Ao compararmos ocultistas e espiritualistas no quesito "desenvolvimento parapsíquico" (estou fazendo a distinção aqui porque ela já foi mencionada na conversa mas existem aí muitos tons de cinza e não é assim tão preto no branco a separação entre ocultistas e espiritualistas, mas apenas a título didático, estou fazendo a distinção sem considerar as intersecções) podemos dizer que os ocultistas se esforçam por ficar apenas no segundo grupo de desenvolvimento parapsíquico, o grupo das práticas anímicas e os espiritualistas focam nos dois grupos sem restrições mas possuem um foco maior nas práticas mediúnicas por essas se prestarem mais ao assistencialismo que é mais incentivado nas comunidades espiritualistas de uma forma geral do que nas comunidades ocultistas. Não existe mais certo ou mais errado nisso. São apenas formas diferentes de lidar com o parapsiquismo.
  2. Sim, mas estou falando especificamente do treino mediúnico, mesmo. Estou tentando mostrar de onde vem essa idéia que o Samael e outras ordens em geral possuem sobre mediunidade, o porquê de ela ser mal vista. Se eles estao certos ou não é outro papo. Me parece que as orientacoes do kardec visavam justamente corrigir esse problema estrutural, que você vê ainda na mentalidade das pessoas " ai gente, mas nao fui eu, foi o espírito que disse!". E a prática da mediunidade mudou do início do século xx para cé né? Ate talvez metade do seculo xx , que foi quando o samael teve as experiencias que ele relata ali no livro, a mediunidade consciente nao era a regra. Óbvio que com médiuns conscientes a tal passividade é de se questionar se de fato existe, e por consequencia se essa avaliacao que a gnose faz disso teria fundamento.
  3. Não concordo com esta afirmação. Acho que você está pegando aí um conceito exclusivamente mediunista (isto é que se aplica tão e somente para a comunicação mediúnica) e expandindo para a espiritualidade como um todo. Allan Kardec recomendava, a respeito das comunicações dos espíritos obtidas por meio mediúnico, que não se acredite nelas sem antes analisá-las com cuidado empenhando o "crivo da razão". Podemos dizer que essa recomendação não remete à passividade de forma alguma, é justamente o oposto, atividade pura e atitude para não se ver enganado. Mesmo se pararmos para analisar o mediunismo, veremos que o mediunismo mais seguro é um mediunismo mais "equilibrado" onde o médium não é totalmente "passivo". Ele emprega passividade tão somente no intuito de possibilitar a comunicação mas é bastante ativo no sentido de tolher abusos e essa é uma das principais recomendações efetuadas na instrução competente do desenvolvimento mediúnico sadio. Principalmente para o médium que vai atuar em sessões de desobsessão. E ainda devo lembrar que "espiritualidade" é algo muito mais amplo que simplesmente as questões concernentes à mediunidade tão somente. Até onde sei (e posso estar enganado sobre isso) o Chico Xavier nunca veio a público falar sobre esse lance de data limite. Isso foi um tal de Geraldo Lemos Neto que veio dizer, em uma entrevista que deu, onde falou coisas sobre uma conversa informal que Chico teve com um grupo de amigos e, teoricamente, foi nessa conversa que ele falou sobre isso. Então já começam outras questões aí. Tem que ver se o que o Chico falou foi exatamente o que o Geraldo expos depois. Além disso, essa coisa de data limite não é assim uma data fechada não. Pelo que entendi, seria uma data aproximada, na verdade um período de 50 anos que, se passasse disso sem ter uma terceira guerra, a terra passaria a ser aceita como um planeta de "regeneração" ao invés de "expiação e provas". Esse negócio de falar "data limite" já tem a tendência a fazer a pessoa pensar nessa coisa catastrófica de previsão apocalíptica. Na minha opinião, isso não passa de uma má interpretação do que foi dito. Interessante essa visão. Pessoalmente, não acredito nessas teorias apocalípticas extremistas que, vira e mexe, aparecem por aí. Acho que muitas delas são só baboseira e outras são apenas má interpretação.
  4. Primeiro você precisa descobrir se possui mediunidade ostensiva. Caso possua, precisa desenvolver para poder ter controle e equilíbrio. Esse tipo de coisa é sempre melhor procurar orientação pessoalmente em alguma instituição que trabalhe com desenvolvimento mediúnico. No Brasil, em geral, isso é feito em casas espíritas. Caso não possua mediunidade ostensiva, não tem o que fazer. Isso requer predisposição natural do organismo.
  5. Meditação e uma mediunidade saudável abre as portas da auto percepção, dos véus de Maya e um estudo sério sobre filosofia, metafísica etc não deixa seus praticamente serem enganados por esses papos conspiracionistas.
  6. Não, tamto que em tudo quanto se fala nessa área sempre se destaca a importancia sa gratidao. Eu me referia a energia mesmo. Um sujeito pode trabalhar de graça por uma causa, mas fazendo de tal forma que ele alimente admiracao, veneração. Entao pode-se criar estampas desse ser ( encarnado ou desencarnado), e as pessoas ficaroa lanolhandi aora a estampa, admirando, rezando para ela. Isso acaba sendo vampirismo, porque quem se focar nisso acaba direcionando suas energias para o sujeito retratado. Entao ele acaba se alimentando disso. Em casos mais bizarroa a moeda pode ser só alimentar o senso de auto importancia . As vezes o cara foi uma criança com sérias dificuldades escolares que ate abandonou a escola, naonteve estudo,, nem profissoa. Seu destino seria uma vida miserável, sem importancia. Mas tendo algum deswquilibrio mental o confunde com mediunidade, acha que canaliza estes ou aqueles seres, e assim deixa de ser o zé ninguém que ninguém da importwncia, para ser o Guru da cidadezinha do interior. Essa mudança da status ja seria algo que o sujeito poderia desejar mais do.que dinheiro, porque em geral os " humildes santarróes" sofrem de um enorme orgulho e gostam muito de serem vistos como celebridade. E isso vai fqcilitar sua vida material em muitos aspectos, mesmo que ele nao cobre um centavo por nada. Até sexo ele terá em maior quantidade do que teria se fosse um simples trabalhador braçal que sobrevive de bico em bico.
  7. Eu estava indo a um velório na igreja do meu bairro eu conhecia a pessoa e senti tipo meio triste mas então lembrei que todos nós somos imortais e não morremos de verdade e ele estaria lá então eu senti uma dor ao lado do segundo chakra de baixo pra cima abaixo do umbigo, e quando eu cheguei lá na igreja senti tipo tristeza mas não sei se era de min pq eu só estava meio desanimado mas não triste e então eu decidi sair dali pois eu sei que os mentores não gostam que vamos a lugares com energias vibracionais baixas!, então eu disse ao meu pai que eu não gostava de ficar ali e disse que eu iria ir para casa, então sai da igreja e fui para casa, então eu fiquei pensando sobre aquele momento da dor do lado no chakra mas isso seria um sinal de mediunidade ou não, só tinha espíritos tristes lá e então eu senti essa dor ?
  8. queria saber se o centro espirita ajuda em alguma coisa no desenvolvimento da mediunidade? so que aqui na minha cidade nao tem nenhum centro espirita eu ja procurei na web, com professores, no youtube no facebook e nao tem e tipo nao tenho muito dinheiro para ficar comprando muito livro, entao sobre o espiritismo e espiritualidade eu aprendo no youtube ou em materias mas nao acho nada que possa me ajudar a desenvolver a mediunidade! So vou conseguir comprar o livro dos espiritos, livro dos mediuns e o livro do evangelho de acordo com o espiritismo tipo na realidade eu quero aprender sobre todas as religioes mas a qual esta me ajudando ainda mais é a espirita entao eu tento aprender. So queria que alguem me desse dicas pq aqui na minha cidade nao tem centro espirita, entao nao tenho lugar para me auxiliar entende? OBS: tento pegar os livros na biblioteca da escola mais nao tem muitos sobre esses assuntos no maximo uns 2 ou 3 mas nao é o que eu procuro! Alguem poderia me ajudar??? OBS: Desculpem se eu ja fiz essa pergunta ou ela parece repetitiva Me desculpem
  9. Mediunidade x Chakras carlos400 agosto 22 Boa tarde galera Eu tenho uma dúvida..... Fazendo exercício para abrir o frontal e o coronário eu consigo desenvolver mediunidade ou só desenvolve quem já tem pré disposição (Ou seja, já nasceu com o dom da mediunidade)??? Carlos
  10. Tanto faz em que vocêe se concentre. Mas de fato a concentraçao na respiração faz a gente entrar num estado de sonolencia mais rápido, porque quando mais voce relaxa, mais curta será sua respiração. e quando mais curta for, mais sutil ela fica, aí ovce tem que prestar mais atenção,..e isso vai aprofundando o transe, e pode apagar sim. Por isso lea é boa para te levar ao ponto certo, que é de quase apagar. Quando nota que pode começar a ratear, pode trocar pela OLVE. Por isso eu já descrevi esse tipo de sequência lá no POR ONDE COMEÇAR . Mas quanto eu não estou com saco de fazer nada disso, faço só a olve e fim, e passo a noite fazendo, vou parar,? vou. Mas cada vz que acorda segue fazendo. Vai apagar de novo? Vai, mas cada vez que acordar segue fazendo.... porque uma hora vai sentir o EV começando. Eu só ensino aqui o que mais funciona. Tive sucesso mas trinta técnias diferentes mas só ensino aqui as que mais funcionaram. É por isso que eu digo que todas as técnicas são iguais, todas utilizam sempre os mesmos fundamentos, porque sem isos não acontece a projeção. Mas algumas nao detalham os fundamento e o pessoal que nunca conseguiu entender como funciona ainda fica discutindo achando que esta técnica é diferente daquela outra. Não são, mas não dá para abrir a cabeça do sujeito e enfiar a compreensão dentro, o dia que a pessoa tiver mais prática ela entende. Eu também achava tudo complicado no início, mas a complicaçaõ é da mente, que gera mil dúvidas e impedimentos. A gente só supera esses falsos impedimentos DEPOIS que conseguiu fazer a coisa de muitas formas diferentes. Agora, cada pessoa é diferente, cada um tem que descobri as técnicas que funcinam melhor para si, porque algusn são bons com visualização, outros com sensações corporais, então uma técnica que funciona muito bem com uma pessoa pode não funcionar bem com outra. Nesse tipo de técnica precisa foco total, é diferente. Numa tecnica de relaxamento, focar co muutia força impede seu relaxamento, porque a energia vai para onde você foca. Se voce usar muita atenção numa parte do corpo, para relaxá-la, voce vai acabar energizando ela. Focar no corpo com muita atençao pode ser usado para autocura, porque via direcionar elerngia para a a´rea doente. Mas para relaxamento não é bom, porque vai estimular essa parte, foca um poucp ara poder comandar aqueles micro tendoes e musculos para que relaxem e parte para a área seguinte . Depois de percorrer o corpo todo, ain entoa volta e repete ,para atingir o próximo grua de relaxamento, e vai fazendo isso. Também clarividência: se você quiser tentar obter uma resposta por clarividência, ou ver algo ppor visão remota, não focar com mutia atençao no alvo programado ou não deixará surgir nada na tela mental, o próprio foco excessivo impedirá que surjam OUTRAS coisas lai, que estão relacionadas com o seu alvo, e que são a resposta que você procura. PORÉM...na projeção é diferente, porque quando você usa isso como técnica de separaçaõ ,você precisa se forçar a acreditar que aquilo está de fato acontecendo. Lembre-se que esse estado que permite a projeção é um estado de sugestionabilidade hipnótica. Entoa você quer se convencer que está de fato se puxando por uma corda. Essa idéia te que ser mais forte, mais convincente do que a sensação de estar deitado numa cama macia. Então para conseguir isso seu foco tem que ser bem maior, o que não pode demorar, ou vai estragar o relaxamento se ele não tiver atingir um bom nível. Por isso voce tenta um pouco, e entoa volta a reforçar o relaxamento, porque ao se imaginar se puxando pela corda, se os musculos nao estiverem relaxados os suficiente eles vao começar a ter contrações, reagindo a sua imaginaçao, e isso vai te tirar do relaxamento.Entoa tem que aprender a fazer isso com o máximo de realismo mas sem que seus músculos do tronco e braços comecem a acordar. Tem que "pegar o jeito", não é algo que seja possivel explicar. No alvo mental também, precisa o máximo realismo, mas aí não afeta os músuclos do corpo. Voce se imagina estando presente em outro local da casa, vendo, tocando objetos, examinado detalhes, pode imaginar que chega perto da tv para olhar bem de perto e ver o pó que estaria ali. O foco da técnica nesse caso é fazer sua mente esquecer do corpo físico que está deitado , e focar num objeto ou local FORA do seu corpo. Essa atenção máxima no FORA...arrasta sua cosnciencia para lá, sme que ela sequer perceba o processo de separaçaõ, sem perceber EV nem nenhum dos problemas (em geral imaginários), que fazem uma pessoa ficar "presa" no corpo. Ou seja, nesse caso o que faz funcionar a projeção é apenas o foco no que está FORA do corpo, Você para de tenta interferir no processo de separação ,e ele acontece no automático como acontece todas as noites sem ninguém precisar entrar naquelas neuras típicas: "Oh meu deus eu nao sei mover as energias,será que estou mexendo rápido demais? será que estou sentindo as energias? será que se eu engolir a saliva vai me atrapalhar? será que meu corpo vai parar de respirar? etc". Você apenas foca onde quer estar e esquece o resto. Mas para que não se repita o ERRO do outro tópico: Isso NÃO significa "técnica de projeçao sem relaxamento nem transe". Significa "técnica de projeçao sem usar TÉCNICAS SEPARADAS PARA relaxamento e transe". O risco dessa simplificação é uma menor taxa de sucesso, porque a todo o tempo que a pessoa perderia fazendo relaxamento e transe ela ainda vai perder fazendo a técnica projetiva. Sem falar que o treino de cada coisa pode ser transferido para outras atividades. Quem treina relaxamento e transe, depois pode usar essa habilidade acumulada para meditaçaõ, para mediunidade, para autohipnose.... os meses qu a pessoa levaria para ter os primeiros resultados serão encurtados porque os fundamentos são sempre os mesmos em todas essas áreas. Agora, se a pessoa usa só a técnica de projeção para dela obter relaxamento e transe, o dia que ela quiser se dedicar a outra atividade desse tipo, não pode aproveitar nada do que obteve do treino proejtivo, porque o corpo e mente dela estarão condicionados para relaxar e entrar em transe APENAS quando ele usar aquela "técnica de sempre". Se suas "´tecnicas de sempre" são relaxamento, concentraçao ,transe".. você acelera o aprendizado de outras habilidades que queira adquririr mais adiante e que precisem desse treino. Até magia precisa,ninguém vai ver nada dentro de um círculo mágico sem estar em leve transe, até o Eliphas Levi já sabia disso em plena metade do século 19. Por isso o pessoal que pega técnicas de projeção que saíram de livros de ocultistas fracassa repetidamente, porque esquece que quem escreveu o livro tem anos de treino em relaxamento e concentraçaõ. Um novato, que ainda não tem isso, não vai pegar uma técnica dessas no meio de um livro e consegui resultados exceto por acidente, apenas resultados esporádicos, enquanto está empolgado pela novidade da descoberta. Os poucos ocultistas que escreveram manuais botam essas técnicas no meio ou no fim das lições, enquanto que os capítulos iniciais sempre envolvem treino de relaxamento, concentraçao e transe. Mas o vivemos numa época que o pessoal acha que só porque o leite vem na caixinha, não precisou ter uma vaca antes dele. Mas apesar do risco de uma menor taxa de sucesso, para pessoas que tem uma tendência a complicar demais e achar mil dificuldades porque quer fazer tudo perfeito, "chutar o balde" pode ser mais efetivo porque nesse caso o obstáculo `projeção é sua mente complicadora, não a prática em si. Sempre é bom recordar que todo mundo se projeta quando dorme. Todo mundo vai relaxar em poucos minutos após deitar, odo mundo entrando numa fase pré projetia via quando começa a sentir sonolência. Temos pratica diária em tudo isso desde que nascemos. Mas temo prática em perder a consciência rapidamente também. O único desafio real é não perder a consciencia , o resto todo mundo já sabe fazer, é como respirar. -Ou escolhemos deixar fluir tudo no automático, mas mantendo a consciência sem apagar para detectar o momento em que a separaçaõ ocorre ao natural, e só então levantamos da cama, mas o desafio será não apagar, e ter que esperar um tempo desconhecido a cada dia, até que seja possível sair - ou escolhemos controlar cada etapa do processo, correndo o risco de cometer vários erros em cada etapa desse controle, tendo erros no relaxamento, na concentraçao, no nível de transe, no manejo das energia,s na técnica de separaçaõ Cada um escolhe o que mais eh apetece, ambos vão funcionar. Mas um funciona melhor com um tipo de personalidade, outro funciona melhor com outro tipo de personalidade. Exato, é como na técnica da corda, sem relaxamento adequado seu corpo vai reagir aos estímulos da imaginação, viusaçização etc. Se você desativá-lo em grau suficiente com o relaxamento ele já não te atrapalha.
  11. Sim,é uma aproximação que facilita a compreensão. Mas convém lembrar que o Samael afirma categoricamente que o Eu superior é apenas o ego também, https://gnosisbrasil.com/artigos/psicologia/o-eu-e-o-ser/ Só que acho que isso não ajuda em nada a quem não é gnóstico entender a coisa. Acontece que em geral a pessoa pensa em parte humana, bem terrena, adaptação da nossa psique ao mundo em que vivemos, e chamam isso de ego ou "Eu inferior". Já a nossa parte divina, original, que "BROTOU DE DEUS", é aquela vista como "PURA", e chamam isso de 'Eu superior". Importa é que a pessoa entenda que a parte da psique que é adaptação terrena só tem como destino a extinção, porque como ela não veio da Fonte então não volta à fonte, fim de papo. É um obstáculo que deve ser descartado para que algum progresso do Espírito possa ser feito. É mais ou menos como alguém achar que uma pessoa cheia de crendices e superstições pode evoluir ao seguir uma carreira na ciência. Evoluir, para essa pessoa, significa ELIMINAR as crendices e superstições não significa "aperfeiçoá-las". Quando uma pessoa "evolui" suas crendices e superstições ela as torna "supercrendices" e "super-superstições", seu estado na verdade fica pior, como vemos no caso das pessoas que acreditam em teorias conspiratórias, que são uma agravamento do domínio da fantasia sobre a psique da pessoa, tanto que essas idéias conspiratórias são comuns em esquizofrênicos. Quanto ao que o Infinite falou, acontece que como essa pergunta se refere a um livro do Saamel e suas explicações, que só farão sentido dentro da doutrina gnóstica. Portanto a única versão que cabe aqui para esclarecer a dúvida que surgiu de um livro gnóstico é aquela que sai da doutrina gnóstica. Outras visões entendem logos e todo o processo evolutivo de forma diferente, (anjos e animais serima outras evoluções, or exemplo) então resta saber se alguém que defende essa outra visão diria ser o Logos de algum planeta. Não né? Porque esse tipo de visão o Logos não encarna e o que o Samael fala não teria sentido. Se ele defendesse esse tipo de visão ele não falaria isso. Mas na visão gnóstica não existe essa divisão entre "deuses" e homens, ou mesmo animais ou elementais, são todos uma só espécie de criatura, mas em estágios diferentes da evolução nessa trajetória de saída da fonte e retorno à fonte. Portanto todos os anjos, arcanjos, logos já encarnaram ou encarnarão como habitante de um planeta físico, neste ou noutro universo, em algum estágio de sua trajetória. Acontece que no momento da criação de um Mahavantara os seres mais antigos que ja percorreram sua evolução em outros mahavantaras, exercem essa função de "deuses criadores" neste universo mais jovem, para uqe as essências ainda inexperientes posam povoá-lo e iniciar seu percurso. Mas tdo ser que saiu da fonte percorre a mesma trajetória pelos reinos, do mais abstrato ao mais denso, e depois retornando em direção aos mais abstratos até retornar à Fonte. A diferença entre o grosso dos seres e esses que se tornam "deuses" é que eles ascenderam a um nivel que lhes permite preservar a autoconsciencia ao retornar para o absoluto, enquanto que os demais se fundem na massa amorfa da Fonte. Num novo Mahavantara, quando um novo universo é criado, esses seres que preservaram a autoconsciênia devido a um processo evolutivo anterior agem como "deuses", colaborando na plasmagem dos diversos reinos. É esse "ponto de corte", o big bang, que faz criarem doutrinas que alegam que esses seres são deuses e nunca encarnaram, pelo simples fato que eles o fizeram em big bangs anteriores. A gnose considera todo o processo da criação, infinitos big bangs, enquanto que a maioria das doutrinas segue uma visão bíblica condierando apenas o momento da criação deste universo que conhecemos, surgido do último big bang, o atual mahavantara. É como ovcê chegar em casa, acender a luz ao ver alguém deitado no sofá achar que ele brotou do nada ali, não levar em conta que ele nasceu, cresceu, estudou trabalhou e em algum momento deitou naquele sofá, antes que você acendesse a luz 1- É o mesmo ser, a alteração do nome é "jeitinho". Como diria o Samael, o Mestre nunca cai, quem cai é o "cavalo". Pense nisso como se fosse mediunidade. Imagina lá o Chico Xavier psicografando ou até incorporando o Emanuel. Se o chico faz bobagem e se atira uma nida desregrada, ele perde contato com o Emmanuel, que seguirá lá no mundo espirital fazendo suas tarefas, até que o Chico se recupere moralmente e volte a ser capaz de se EXPRESSAR o Emmanuel. É análogo à questão do Samael/Kamael, ou à questão de Jesus/Cristo. O encarnado pode ser apenas um animal intelectual ou pode ser um "vaso" para expressar sua divindade interior. Se o vaso está cheio de lixo, não consegue expressar a luz, mas a luz ainda está lá onde reside. E não esqueça dos atributos da divindade, onipresença, onisciência... Entoa o fato de alguém estar podendo expressar sua parte divina não significa que essa parte SAIU de lá, de Marte, deixando seu cargo vago, e veio até aqui falar ou escrever um livro, é como a comunicaçao da torneira da sua casa com a caixa dágua da cidade, você abre ou fecha a torneira, mas a água ainda está lá na caixa d´água da cidade, alimentando todas as casas que precisam dela. 2- Não, que eu saiba cada planeta só tem um, cada sistema solar só tem um, e assim por diante. Ninguém falou em vários neste tópico. Mas há substituição, porque a medida que um desse logos subir de nível, a função de Logos daquele planeta precisará ser assumida por outro. 3- A idéia é mais ou menos essa, assim como um elemental mineral ou vegetal não fica preso no seu corpo, apenas o administra. Jesus, por exemplo,segundo a gnose, seria a manifestação humana do Cristo Cósmico, o Logos solar, cujo corpo físico seria o Sol, mas que se manifestou em foma humana como Jesus. Por isso a "história" de Jesus segue o percurso Solar, "nascimento" no solstício e ressurreição no equinócio, ter 12 apóstolos (12 signos, )...´independente do que possa ter acontecido DE FATO, a fábula bíblia segue uma estrutura para expressar a trajetória de um "deus solar" 4- E com o que se ocupa em seu trabalho um cidadão terreno que não for servidor público? Provavelmente as opçoes são infinitas. Aqueles que tem a função de servir à administração do universo é que devem ter ocupações bem definidas né? O resto deve fazer o que julga adequado a seu projeto evolutivo individual, ou ajudando os demais no que pode.
  12. Olá a todos! Venho pedir a vossa ajuda para me ensinarem como eu posso desenvolver a minha mediunidade. Pois eu frequento o centro espirita bezerra de meneses e lá eu sou paciente do dr José Tavares. Acontece que de junho passado ate agora eu estou entrando em panico e com crises de ansiedade constantemente ao ponto de que eu não estou conseguindo fazer nada, e esses sintomas físicos em sua maioria começa no meu psicológico, surge esse pensamento e dele tenho a emoção nada agradável, quando eu consigo controlar meus pensamentos isso some. O dr Tavares me falou que eu tenho a mediunidade forte e por isso eu estou passando por isso, preciso dizer também que quando pratico as técnicas de hermetismo que eu descrevi um pouco abaixo eu me sinto muito mau depois, me forçando a interromper, e, os passes que eu recebo no centro espirita, foi me passado 13 passes em corrente com 3 médiuns, nos primeiros eu sentia as energias e me sentia bem zem depois, mais agora que estou terminando não sinto nada, mais porque eu acho que isto se deve porque as energias estão mais equilibradas, o problema é que me sinto mau dias depois como se minhas ansiedade e panico piorasse. Um pouco sobre mim: Comecei meus estudos esotéricos pelo satanismo em meados de 2008, porque naquele tempo de ignorância minha, para mim o lado esotérico era isso, abandonei meses depois porque sentia a presença de seres no meu quarto e as vezes chegava a ver umas sombras enormes de olhos vermelhos. Depois iniciei meu estudo no Hermetismo de Frans bardom ( o caminho do adepto ), onde fiquei 2 anos praticando os graus e buscando mais conhecimento nessa areá, as experiências mais gratificantes eu tive nesse tempo, como o segundo contato com o que eu acho ser o meu espirito, expanção da consciência, felicidade indescritível e uma verdadeira sensação de estar fora da terra, mais ao mesmo tempo unido com todos...Depois iniciei na bruxaria onde aprendi a ter um contato maior com a natureza e as egregoras. Depois o gnosticismo de samael aun weor onde aprendi a importância do feminino e da kundalini. Depois conheci esse blog onde passei um bom tempo praticando as técnicas e estudando sobre viajem astral, mais eu não consegui sair do corpo consciente. Agora voltei para o espiritismo, porque sinto vontade de ajudar as pessoas, voltei a frequentar o centro espirita que eu ia com minha mãe quando tinha 5 anos. Também tenho sonhos apocalípticos desde pequeno, que quase semanalmente sonho com coisas ou situações que vão acontecer comigo no futuro; as vezes outras situações como tsunamis, guerras, muitas mortes, fumaça por todo lado, tudo destruído. premonições, Guerras espirituais que parecem coisa de filme de ficção com seres que parecem muito elevados. projeções involuntárias, quando to saindo ou entrando no corpo as vezes vejo espíritos no meu quarto ou em cima de mim... Então, é isso, apesar de eu ter um pouco de conhecimento, achava eu que iria controlar a situação, só que não. Paz a todos, Obrigado!
  13. Foi o que eu postei para ele ali no link do googledrive ." Na clarividência foram 8 meses pra primeira e única (mas creio que porque parei de fazer a técnica)." O saco é isso. Até o Alberto Cabral conta ali que se ele para d efazer vai diminuindo. Na gnose também se falava isso, por isso o Samale fala ali que é para vocalizar a vida toda... É o priblema dessas habilidades que se obtem por treino. É difeente de uma pessoa que ja nasce com o corpo etérico modificado, com os chackraa ja otimizados para isso ( mediunidade ostensiva) e por isso se elas não dão uma utikidade positiva, acabam tendo seu equipamento usado pelos assediadores. Nasceram com a chave na ignição. Nós temoa que ficar dando manivela todo o dia, ehehe
  14. Acho que você não enxerga o que todos enxergam nos seus posts. Quase todos eles só fazem queixas da sua condição MATERIAL. Portanto, você tem que buscar a solução MATERIAL. E por isso foi o que te sugerimos até agora. Você só fala do quanto é pobre, que mora num bairro muito pobre, cheio de gente miserável viciada em drogas, bláblábla. Ok, então se mexe para sair disso! Já era para ter saído aliás. O que você estava fazendo na idade em que jovens da classe trabalhadora estavam estudando, ou trabalhando de dia e estudando à noite? Trabalhava de dia e também de noite? Porque tem escola pública para todos há muitas décadas, e tem ensino noturno no ensino médio. Tem universidade pública por tudo quanto é canto, também com vários cursos noturnos a disposição. Só que trabalha de dia e também de noite não consegue fazer. O que você esteve fezendo até os 25 anos que não estava estudando para ter condições de sair disso ainda jovem? Não fez o que precisava fazer quando era jovem e agora está aí com 50 ainda parado na mesma situação de alguém de 18-20 anos . E isso vai durar para sempre se não elaborar um projeto MATERIAL para solucionar seus problemas MATERIAIS. . Só terá CHANCE de amenizá-los adotando estratégias MATERIAIS. Talvez você tivesse esperança que chegaria aqui e alguém te empurraria estratégias espirituais para resolver seus problemas materiais, mas só faz isso quem é pilantra. Razões espirituais para sua situação certamente existem, porque elas são as razões por tras da vida de cada pessoa, independente da situação. Você quer achar que não é sua culpa só porque gostaria que não fosse. Seja como for, se é ou não, arranjar razões para explicar isso não muda nada. Não interessam as explicações para um furacão, interessa é como minimizar os danos. O que está dado, está dado, o carma te pega quando determina suas condições de nascimento, e até que seja esgotado, ele não vai mudar. As única coisas que estão ao seu alcance em mudar é jogar com as regras do mundo material, para mudar sua situação econômica, e mudar sua atitude interior em relação à vida. Obviamente mudar a atitude interior é impossível para quem acha que o destino que vive é injusto, que queria ter o que outros tem, e por aí vai. Atitudes mentais tóxicas só pioram tudo. Só consegue mudar quem enxerga o próprio erro. Enquanto você achar que é algum fator externo a você (entidades sacanas , demiurgo, azar) o responsável pela sua vida, sua vida vai ser isso aí. Atitude mental errada gera um círculo vicioso, e argumentos não te farão mudar. Sugiro algo mais radical: alimentação. Alimentação muda as energias, o que afeta a forma como percebe o mundo, sem que ninguém precise ficar argumentando nada. A primeira opção pode ser virar vegetariano ou investir em jejuns.Escolha um como primeira opção e após uns seis meses adote o outro TAMBÉM. Vegetarianismo não precisa explicação, esqueça aquelas bobagens sobre soja, aquilo é estratégia de mercado, coisa de americano. Latinos, que comem arroz e feijão, não precisam de soja: Basta cortar tudo que é feito de cadáveres, da sua dieta. Pode comer ovo, leite e derivados. Mas nada que contenha carne ou extrato de carne na composição, nem gelatina (gelatina na composição de remédios não parece ter efeito algum, então não tem problema) . Tem que ler os rótulos. Jejum. Comece fazendo jejum um dia por semana apenas. Se você é gordo pode ter dificuldades com isso, então deixe para fazer num dia que não trabalha. Jante na véspera, e no dia seguinte não coma nada, beba apenas muita água, e jante normalmente. Depois que estiver habituado (se não tem quedas de açúcar por causa disso durante o dia), pode fazer um dia no meio da semana, como quarta feira, e um dia do final de semana. Você deverá notar que sua atitude, sua visão de mundo, é uma durante os dias de jejum, e outra quando come. Mas fique uns seis meses nisso antes de pensar se vale a pena passar para dois dias de jejum no fim de semana. Pode fazer o dia 1 com jejum completo, tomando só água, e o segundo dia comendo só coisas cruas, como frutas ou legumes crus, salada verde, cenoura e beterraba cruas, raladas, alem de tomate, alface...essas coisas. Outra opçao é eliminar o açúcar e coisas doces. A carne é o que mais baixa a frequência de uma pessoa, Depois são o álcool e o açúcar. Então se puder se livrar dos três, é melhor. Após um ano fazendo isso (tendo embutido o vegetarianismo nesse plano, como primeiro ou como segundo passo) acho difícil que você não se sinta melhor em relaçâo a tudo na sua vida. Ela ainda não terá mudado, mas é bem provável que seu desconforto com ela seja reduzido num grau suficiente para te fazer ver as coisas de uma forma menos deprimente, e isso sozinho melhora sua qualidade de vida mesmo sem mudar nada nas condições materiais Mas agora você vem com esta novidade: Ok, vai lá, divirta-se: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17075-mediunidade-x-chakras-autor-carlos400/&tab=comments#comment-74304 Tem isto também(a técnica começa a partir de 2h e 02min): https://drive.google.com/open?id=0ByXGi2vq5-wsNWNZeUYxekM4Sm8 E não esqueça da projeção, que É O FOCO DESTE FÓRUM, e tem bastante coisa ensinando como fazer. O problema de tudo isso é que exige tempo e disciplina. Ou você nasce médium, ou vai ter que quebrar pedra para obter alguns resultados.
  15. Boa tarde a todos, Não costumo postar nada aqui mas acompanho as discussões de longa data. Segundo as casas espiritas e centros de umbanda, e mediuns que encontrei pelo caminho, tenho mediunidade ostensiva e posso desenvolver inúmeras habilidades. Gostaria de trabalhar mas não me identifico com nenhuma das casas (umbanda e espírita), assim integralmente, pois admiro o trabalho de ambas. Comecei a estudar viagem astral há alguns anos, com algumas pausas, quando eu foco no estudo minha saída é facilitada e algumas vezes tenho lucidez sobre estar "ajudando" no astral mas ainda há muito ruído. No momento faço yoga, pratico meditação e tento levar meu dia a dia com consciência. Gostaria de saber de vocês novos caminhos para praticar a mediunidade ostensiva fora as "casas comuns". As vezes eu sinto que tenho repercusões negativas por não praticar aqui no físico. Obrigada! Lelê
  16. Eu sei que tem alguns médiuns que só deles verem traços, textos e roupas eles já sabem mais ou menos as informações energéticas das pessoas que os criaram ou os usam. As vezes eu tenho algo parecido ao entrar naquelas lojas de móveis com perfume forte da Teodoro Sampaio , o perfume é tão forte que quase viajo e saio do corpo, fico meio tonto, imagino que a mediunidade ostensiva seja assim. Bom gente, a minha pergunta é: tenho alguma coisa com o NAZISMO? Por que eu pergunto isso? É uma longa história que eu vou procurar resumir: Eu sou gay, minha mãe é 'mulher da vida', quando eu tinha 11 anos, coincidência ou não, uma amiga da minha mãe que havia conseguido comprar um apartamento havia chamado a minha mãe para para ir se prostituir na Alemanha, minha mãe me preparou e até acertou com quem me deixaria, ela disse que iria comprar muitos brinquedos para mim, sabe como é criança né? Elas ficam todas felizes quando a vida material ameaça ficar tão boa a ponto de poder comprar todos os brinquedos idiotas que elas tanto querem! Minha mãe me preparou bastante, disse para eu não desobedecer aos adultos, não bagunçar e ir bem na escola. No fim, para a minha frustração minha mãe não quis ir, afinal a sua amiga disse lá na 'casa de tolerância' alemã , não tinha descanso: toda hora você tinha que beber junto com o cliente e convencê-lo a beber mais, para muitas pessoas, esse seria o trabalho dos sonhos mas pra minha mãe não era, ela nunca teve dependencia química em nada, minha mãe disse que as amigas delas que iam pra lá, acabavam ficando viciadas em drogas para aguentar o trabalho, afinal, segundo a amiga dela, não havia hora de descanso, aparecia um cliente, tinha que ir lá atendê-lo ! Sem falar que os primeiros 'salários' seriam para pagar a passagem subsidiada pela dona do cabaré. Minha mãe acabou não querendo ir por sentir que na verdade não queria viajar para lugar nenhum, a amiga dela acabou fugindo de lá por ter roubado a dona do cabaré e acabou adoecendo e morreu. Fiquei então com a tal Alemanha na cabeça. Bem, desde pequeno eu sempre gostei de mocinhos loiros, se bem que eu acredito que todo mundo tenha uma tara por gente loira, afinal no Brasil gente assim é novidade. Teve um tempo onde por causa da minha mãe não ter querido viajar pra lá para obter dinheiro, fomos morar num malocão abandonado cheio de bandidos, era a época do comecinho do Plano Collor, com essas privações nos rondando, era comum valorizarmos mais as coisas achadas nos lixos por aí, eu então achei um monte de livrinhos que estavam jogados no lixo perto de casa, peguei alguns por curiosidade e aí me interessei por um onde mostrava-se coisas sobre guerras, nele tinha muitas fotos em preto e branco da segunda guerra mundial e da Alemanha de novo, eu ficava olhando aquilo sempre com sede de ver mais e mais, sentia uma certa nostalgia, sei lá, eu curtia ficar vendo foto de gente envolvida nas forças nazistas e tal. Bom, passaram-se muitos anos, eu já estava com 19 anos, então eu na rua consolação em São Paulo iria me declarar a um cara que estudava no Mackenzie cujo o ônibus que pegávamos era o mesmo, era a primeira vez na minha existência humana que eu iria me aventurar a me declarar a alguém, coitado de mim, levei um fora DAQUELES! Fiquei até tonto, tive que procurar um tratamento psicológico no outro dia pois eu havia ficado muito triste, ao ir para a rua do psicólogo passando pela rua Maria Antonia, ali perto do Pão de Açúcar, por mais uma coincidência safada da vida eu vi o 'dito cujo' que havia me magoado, ambos baixamos a cabeça e não nos falamos, aquilo me doeu muito. E por que eu falo desse cara? Ele era bem alemãozão: meio vermelho e albino, olhos grandes e bem azuis, classe média alta e eu um lixo... Passaram-se alguns anos , uns seis, e lá estava eu apaixonado novamente por um cara loirão e de olhos claros, esse era mais simpático mas também me fez mal quando me falou que só me queria como amigo mas queria minha amiga como mulher... Enfim, fiquei chorando muito com isso. Depois larguei de mão, prometi a mim mesmo não me declarar a desgraçado nenhum mais, cansei! Aí oito anos depois, teve aquela copa do mundo onde a o Brasil perdeu pra Alemanha por 7x1, um infeliz amigo meu veio ,por mais uma coincidência porca da vida, me zoar pedindo para eu dar uma olhadinha no poster da seleção da Alemanha, esse meu amigo ficou zoando um jogador particular que tinha um topetinho engraçado, pronto, aquilo mexeu comigo, olhei o cara do tal topetinho e me interessei por ele na hora, mas algo me fazia sentir que tal cara havia sido indiferente e me prejudicado por alguma coisa no passado, tipo como se ele tivesse me entregado friamente à policia ou me condenado sem nenhum tipo de compaixão, era estranho pois eu nunca havia visto aquele jogado, sem falar que ele é uma estrela e eu um reles mortal. Me eu sentindo que esse cara havia me prejudicado, eu havia ficado apaixonado loucamente por ele, mandei até uma carta, descobri o telefone do pai dele, até liguei para o seu pai, depois descobri até o endereço da namorada dele em Berlin. Também eu tenho que contar uma coisa, não sei se todo mundo é assim, suspeito que seja, é o seguinte, eu sempre gostei de ver filmes e discursos de Hitler, adoro ficar fuçando a vida de Hitler, adoro pesquisar sobre Hitler, eu me sensibilizo com a morte dos judeus que ele mandou matar mas eu gosto de saber de histórias de nazismo por mais cruéis que elas sejam. Adoro o tema de segunda guerra mundial, vejo muita gente espiritualista fascinada pelo antigo Egito, comigo é diferente, eu sou fascinado pela Alemanha nazista. Bem, de tanto eu estar apaixonado pelo jogador alemão que me foi mostrado e por eu ter curiosidade sobre a Alemanha, decidi ir lá dar uma xeretada em 2016, fui mesmo! Fui para Berlin, fiquei morrendo de medo do racismo dos outros lá, fui sem saber nenhum idioma a não ser o meu nativo, ao chegar, desci antes do ponto, me perdi e fiquei umas cinco horas pra me achar, ao chegar perto do local onde eu iria ficar, lá perto do Reichstag, Moabit, comecei ter caimbras fortíssimas, creio que tenha sido por eu ter andado muito, ao deitar, nem quase consegui me mexer de tanta caimbra, pensei com os meus botões: será que isso é porque eu andei muito ou é uma avalanche de espíritos me batendo????? Passada as dores, fui descobrir Berlin, me senti mais adulto, mais respeitado, mais amado, eu sentia nas ruas uma certa tristeza gostosa daquele local nos finais de tardes de domingo, uma paz. Fui conhecer a casa da namorada do jogador que eu queria, fui conhecer os locais onde ele ia, me senti feito uma menina adolescente conhecendo o primeiro namorado mesmo sem te-lo visto. Teve um lugar, perto da chancelaria, ali onde fica a Angela Merkel , em cima do rio Spree que ao passar eu me senti tão bem, me senti como se estivesse na colonia espiritual NOSSO LAR, sabe quando um lugar lhe faz se sentir bem e bem quisto mesmo você não falando com ninguém? Foi o que eu senti! Era algo espiritual! Quando eu fui de manhãzinha a um lugar desse mesmo rio onde o jogador que eu gosto havia feito um ensaio fotográfico para uma marca de tênis anteriormente, mesmo sem ele estar lá eu me senti tão bem, se eu fosse médium e ele estivesse morto, certamente eu iria dizer que eu estava sentindo a presença dele naquele local, me senti como se eu estivesse indo encontrar de forma pura e respeitosa ao meu primeiro namorado na minha existência, fiquei lá pegando um solzinho, também senti uma tristeza longe e gostosa por não te-lo visto ali pessoalmente, mas enfim... Pois bem, será que a julgar pela energia das coisas que eu vos contei aqui, será que eu tenho alguma relação com alemães, nazistas ou homens loiros ligados a uma hipotética outra vida ou é apenas sugestão minha? Gente, me desculpem mas eu sou assim mesmo, eu tenho uma mente fértil, adoro imaginar coisas, sou um sonhador safado que não aprende nunca.
  17. Quase tudo que você aprenderá na vida sobre ciência também cai nessa categoria, logo, todos nós estamos habituados com esse problema, o trein começa na escola, em que te ensinam milhares de coisas que você apenas acreditará. A ciência, tal como a mediunidade, só pode ser comprovada por quem tem o equipamento necessário para fazer suas próprias experiências. Quanto ao resto, são detalhes, o que você deveria ter entendido é a regra geral: a Europa tem muto mais historia de guerras que as américas, portanto, goste ou não, o carma coletivo lá é maior que aqui, por simples questão de passagem de tempo. Não precisa muito para ver isso, pegue só a história do século XX e compare a mortandade lá e nas américas, as guerras lá e nas américas. E se pegar mais que o século XX, a coisa só piora. Quanto a carma de regiões, na verdade o que as regiões (locais), tem é vibração característica em função das emoções, pensamentos e atos humanos cometidos naquela região. Mesmo que você tire todos os moradores dali e troque por outros, esses novos moradores irão acabar sofrendo o efeito da frequência desse lugar, durante um bom tempo o que os induzirá a repetir os mesmos comportamentos dos antigos moradores, a menso que todos se esforcem por evitá-los. Então com o tempo a frequência do local muda. Mas pode demorar séculos, motivo pelo qual templos sagrados de antigas religiões podem ainda ter boas ou más energias, dependendo do que foi feito ali. O que agrava o problema é o apego dos desencarnados ao lugares em que viveram, reforçando a psicosfera do local. Apego que pode ser por moradias, ou por territorialismo mesmo. Aí você pensa na história da europa e imagina o que rola naquelas terras, na parte astral. Mas carma mesmo é das pessoas, não dos locais. São os carmas individuais que atraem as diversas pessoas para morarem numa dada região com certa vibração de origem, formarem famílias, atraírem espíritos afins para nascerem como seus filhos lá, e isso interage com a energia da região toda, podendo atraindo guerras, desastres, doenças... ou ficando com menores ocorrências desses fatores do que em outro lugares. Cada grupamento humano tem seu carma coletivo, a começar pelo primeiro núcleo, a família, o bairro, a cidade, o estado, o país o continente , o planeta. Apenas a gravidade de cada caso é que varia. Então se é chegada a hora de dar uma chance melhor a um certo grupo humano, para que tenha menso dificuldade de acertar desta vez, o melhor é removê-los do habitat já intoxicado com as energias grupais dos habitantes daquela região, porque isso torna mais difícil para eles evitarem repetir os mesmo erros que repetem vida após vida. Será que preciso citar judeus x muçulmanos ? Os que vivem em outros países não tem a enorme vantagem de viver longe daqueles conflitos de lá? Mas não é porque uma pessoa conseguiu um "respiro" que vai cair num paraíso, afinal ela tem as "contas" dela para acertar. Tem gente que não consegue se desvencilhar da família em que nasceu, surgem N fatores que sempre o prendem. Nesse caso ocarma familiar não lhe perite ainda separar-se daquele núcleo. Outros lutam para sair da cidade em que vivem, mas diversos fatores os trazem de volta repetidamente. Já outros nascem numa situação bem ruim e conseguem se afastar das condições iniciais, familiares, de região, de classe social, e viram "histórias de sucesso". Porém a dificuldade que os 99,9% dos outros tem para obter o mesmo desempenho mostra que só saiu porque havia ali algum fator muito fora das estatísticas, e então temos que atribuir ao carma diferente, não à um suposta meritocracia, porque em geral pode-se encontrar lado a lado com esse que saiu, vários amigos, parentes, colegas e vizinhos, que trabalharam até mais duro e por mais tempo, mas nunca saíram do atoleiro. Assim como tem gente que nasce me berço de ouro e opta pro virar criminoso, ou morador de rua né?
  18. Bom dia amigos do GVA. Conheço uma pessoa que tem fibromialgia (uma síndrome que faz a pessoa sentir dores inexplicáveis por todo o corpo) e transtorno bipolar. É uma pessoa insuportável de conviver; não consegue manter um relacionamento estável com ninguém porque é de difícil trato. Lembro que esta pessoa me falou de algumas experiências sobrenaturais que teve; vozes soprando no seu ouvido, vultos saindo de um cômodo de sua casa para outra. Assisti a um vídeo do Saulo sobre mediunidade ostensiva e me lembrei dessa minha conhecida. Nele, Saulo diz que o médium ostensivo sofre muito em vida se não desenvolver sua mediunidade, porque é muito mais assediado do que as outras pessoas comuns. E geralmente termina a vida sozinho. Eu estava querendo dar um toque a essa pessoa, mas não sei nem por onde começar. O que vocês acham? É possível que a fibromialgia seja originada de uma mediunidade ostensiva não trabalhada? Energias acumuladas em excesso, que fazem mal ao corpo físico? Obrigada a quem responder.
  19. Olá! Esquizofrenia seria um tipo de mediunidade , ou é de fato uma doença psiquiátrica ? Pelo que li na net me parece ser uma doença de alta desordem neurológica ...Quando alguém passa por um estresse emocional profundo , passa-se a contrair esta doença , porque essa pessoa já continha esse potencial distúrbio - só foi ativado. Mas se uma pessoa possui , por exemplo, repetições mentais constantes na mente ( sem conseguir controlar pela força de vontade ) também poderia ser considerado um esquizofrênico ? Exemplo, vem mentalmente a palavra "mané" , por repetidas vezes na mente sem autocontrole . ...não é meu caso , estou sou querendo saber como o problema é visto espiritualmente.
  20. Olá amigos sou novato aqui !!!! Tenho 40 anos sou de são paulo, e ultimamente passando alguns perrengues espirituais (risos). Com 18 anos frequentava o centro espirita Vicente de Paula em São Paulo na Zona Leste, e desde então o meu "orientador" dizia que mais do que nunca meu grau de mediunidade era muito alto que deveria o quanto antes desenvolver sem deixar para depois... Pois bem deixei para depois, frequentei outros centros, mas a preguiça de ler o evangelho e toda a doutrina que levaria dois anos ou até 8 anos pela federação fui deixando tudo para depois, em 2014 para 2015 fui diagnosticado com síndrome do panico, fiz tratamento tanto espiritual como com remédios, e continuei com as mesmas respostas, mediunidade aflorada, e muita mas muita legião de obsessores a minha volta. estou em tratamento num centro espirita próximo da minha casa pois não suportava as visões, escutas e pensamentos negativos, hora suicídio entre outras formas como alcoolismo, drogas e tudo. conforme estou vencendo as barreira a coisa está piorando e ficando mais forte as vozes e visões. Ai pergunto será que um dia tem fim essa obsessão toda ? O centro que frequento digamos que não trabalha com apometria ou transporte (método usado na qual o médium é seu guia e o espirito que esta te obsediado entre em contato tipo um telefone rss) hoje não acho centro com essa pegada mais forte e que alivia esses pensamentos mais rapidamente. Queria saber dos amigos se alguém já passou por esta situação e quais dicas você podem dizer.
  21. Bem lembrado. O problema da confirmação é quem esta encarnado, emboea quem desencarna as vezes fica impedido de se aproximar do fisico( na verdade esse é o estado natural dos mortos que se deram bem. Quem zanzeia por aqui é porque esta desviado do.caminho e precisa ser encaminhado ao seu rumo correto) Basta ver a projeção: a gente pode , com muita dificuldade e mentor ajudando, obrer alguma informação do plano FÍSICO via projecão, e confirmá-la depois. Por que isso é difícil? Porque um corpo astral nao tem.oŕgãos dos sentidos para captar sinais do físico, mao tem olhos, ouvidos. Ele tem visao e audicao, mas é óbvio que o que ele capta nao sao registros de luz e som fisicos. Entoa o que ele capta nao vai bater certinho com o que os olhos fisicos e ouvidos fisicos captam. Mas ainda assim as vezes dá para obter algo. Agora, se esse mesmo projetor, que ja obtevw comprovações da projecao, visitar um amigo encarnado, que esta em vigília, na sala vendo tv por exemplo, e tentar se comunicar com ele, vai dar problema. Porque além da questão que ele só vai conseguir ser visto e conversar com o corpo astral do amigo, embutido no fisico, essa informacao nao passará do corpo aayral do amigo para a percepçao consciente dele, poruqe nao sendo o amigo claeividente nem clariaudiente, nao ha MEIOS que o contato com o projetor/espirito seja percebido. A única alterativa seria o espiriito gerar efeitos fisicos, derrubar coisas, gerar batidas... mas isso é ainda mais difícil: manifeatações físicas sao mais raraas ainda do que mediunidade. Conheço três médiuns clarividentes de que quase 60 anos que nunca viram uma manifestaço fisica sequer de um espirito. O pessoal gosta de achar que qualquwr estalo na madeira ou falha eletrica deve ser espirito, mas não é bem assim. https://youtu.be/0CjRWQJwH0w
  22. Oi galera, É possível trancar a mediunidade mesmo que tenha sido aberta , de forma consciente ? Digamos , pedindo para um pai- de-santo , por exemplo, para bloquear as sensações extrafísicas . Tenho amigos que conseguiram travar ; por exemplo, bons clarividentes já bloquearam o processo por não aguentar o tranco . Ao ativar o sistema chakras estaremos nos conectando com o universo espiritual , certo ? O que potencializa todo o tipo de interação com outros seres ? Ouvir de outras fontes que trancar de forma forçada pode gerar doenças como autismo ou esquizofrenia , mas nunca entendi o porquê.
  23. Oi turma ! O que vocês poderiam comentar sobre o desenvolvimento da mediunidade sensitiva ? Pelas informações gerais , o médium tem uma característica de vidência muito acentuada , e isso é bacana - porque lhe permite fazer previsões . Além de ver as coisas de uma maneira mais ampla, etc. Porém, existem aspectos negativos de desenvolver né , como assimilar energias que não são suas , ou se deparar com situações de desconforto . Para quem é médium sensitivo , vale a pena desenvolver essa faculdade para se autoconhecer melhor , e promover assistências ? Valeu ! xD
  24. Esse som foi desenvolvido ao longo de um ano pelo espanhol Joaquin Piquer, com o auxilio de um engenheiro e músicos mexicanos. Método semelhante ao usado por médicos no tratamento de pessoas com pedras nos rins, através da vibração do som. Essa é uma das três entrevistas e a mais importante: Podem acessar o restante das entrevistas buscando por RIMBEL35 no youtube e fazer o download do som acessando o seguinte endereço: https://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&rct=j&url=http://elblogdejoaquinpiquer.blogspot.com/&ved=0ahUKEwiFuc7vvaXTAhUBCpAKHSSCCF4QFggbMAA&usg=AFQjCNFIUzklOQhgpKvDHG5kJsrOoz8Vkg&sig2=n9O9kZGj7zr3M9OheuXwBw Em determinado momento dessa entrevista Joaquin cita os efeitos após algum tempo de uso. Me chamou a atenção o som semelhante a musica clássica que as pessoas relatam ter ouvido, inclusive ele e sua mulher, me lembro de ter ouvido o mesmo som, mas antes de fazer uso desse aúdio. Estava sentado na cama e do nada, durante alguns segundos, passo a escutar um som muito bonito que lembrava a música clássica, mas não sabia de onde vinha (onde eu moro as pessoas só escutam funk e sertanejo, quem iria escutar musica clássica e no "último" volume!). Bem espero que gostem, após algum tempo de uso, poste aqui sua experiencia. Até..
  25. Bom dia sou Rafael Souza de São José do Rio Preto..primeiramente gostaria de agradecer agradecer mesmo de coração pois pra escrever essa alto biografia fiquei pensando três dias porque sou muito envergonhado até por esse canal de comunicação kkkkkk... Mas vamos lá quando criança sofria muito com o sonambulismo hoje é um pouco mais controlado mas acontece sempre é até engraçado mas sempre converso muito e gesticulo muito e todos os dias quase as 3.3:30 eu acordo.. Aos 15 anos começou acontecer alguns fenômenos com luz piscando portas batendo aí mas só quando estava sozinho aí começei a ir no kardec para assistir palestras e tal e a coisa foi melhorando..casei novo com 18 e dei uma distânciada porque pra mim tudo já tinha acabado rsrsrsr Certo errado aí piorou kkkkkk até que não aguentava mais minha esposa teve a idéia de ir ne uma apometria logo na semana que estava pior a coisa as luzes piscando aquela coisa porta batendo e eu entrei no clima né queria dar porrada xingava muito parecia um doido mesmo. E durante a noite via muitas coisas as vezes boas como hospitais uma movimentação muito grande de espíritos enfermeiros médicos atendendo muitos pacientes achava o máximo. Outras vezes me via em várias guerras e me mostravam eu naquelas guerras participando daquilo tudo. Até que fui nesse centro, tinha um senhor lá dentro eu estava com o corpo gelado muito gelado e as mãos e a testa enxarcados. Quando me sentei o senhor que estava do lado virou e falou com uma voz muito estranha como se fosse um senhor muito muito velhinho aí piorou porque morria de medo sabia o que era que era um espírito de preto velho e me falou que era chegada a hora. Aaí eles me limparam lá tudo fui embora com aquela coisa pensando porque ele falou que não adiantava eu querer fugir kkkkkk eu novo né falei isso não pega não só que começou a ficar mais intenso as viagens astrais e a dona lá do centro no mesmo dia tinha feito um convite para participar daquele grupo e ai não tinha como correr. Fiquei 2 anos mas chegava muitos doentes na casa e a cirurgia era feita no astral não podia colocar a mão e eu sempre muito angustiado porque a vontade era de por às mãos nas feridas e até então eu não via nada só dava alguns conselhos, algo desse tipo mas por dentro era doloroso pois pra mim. Eu não fazia nada o sentimento era de troca na verdade se eu ficar aqui nada vai voltar só que após sair do centro a noite eu visitava cada uma daquelas pessoas eu junto acredito com meu mentor ajuda nas cirurgias..e no centro tinha um casal de amigos que ia na umbanda e me chamaram para conhecer eu fui. Gostei, começei a participar do centro achei interessante as manifestações das entidades e no 4 mês tive a primeira encorporação veio um amigo espiritual um preto velho pai Joaquim e logo na outra semana veio um caboclo e esse de fato deixou bem explicado que o trabalho dele era de cura. No começo estava com aquela felicidade mas com o tempo fui ficando um pouco triste com algumas pessoas do centro e acabei me desligando de tudo aí a novela começou novamente kkkkkk mas eu sabia já o porque de tudo . Então resolvi voltar depois de um tempo calado e esse caboclo voltou fazendo cirurgias mesmo como se fosse no kardec agora entrou a quaresma o centro não trabalha e hoje faço visitas nas casas das pessoas que precisam de cirurgias. Ele atende nas casas mesmo e dessa última vez ele falou que a espiritualidade está trabalhando numa coisa maior que é de eu abrir uma casa e as cirurgias acontecerem nesta casa que já me mostraram só que eu no momento fiquei um pouco assustado né e estou hoje trabalhando para que isso realmente aconteça e que Deus continue iluminando seus passos o da Meire j.costa que bateu muita coisa que vi na nos vídeos dela e agora estou nessa empreitada com esses mentores maravilhosos e ansioso pra que Deus põe a mão e sai do jeito que espiritualidade está trabalhando gostaria de registrar que seus vídeos me ajudaram muito o da Meire j.costa também e de tantos outros que acompanho muito obrigado muita luz e muito paz ????. O nome do cirurgião é Pena Verde ? ? ? ? ?..