• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'catalepsia'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Calendars

  • Community Calendar

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 25 results

  1. 17032019 às 8:30 Basilia/DF, acordei fui ao banheiro, bebi água, e deitei em decúbito dorsal, já fiz projeção astral, deitado de lado, ambos os lados, mas em finais de semana, depois de ter dormido a noite toda, e levantar de manhã, eu volto a deitar e deitado em decúbito porque o relaxamento vem muito rápido, as ondas cerebrais baixam rapidamente novamente, e em um breve cochilo, eu desperto com o corpo todo adormecido. Se estava em catalepsia projetiva não posso afirmar, por que não tento me mover, eu tentei rolar para um lado, não houve reação, para o outro e nada, me imaginar em outro cômodo nada, e começo a mover as energias, uma sensação boa das energias percorre meu corpo de cima para baixo, em cada parte do corpo. Logo me vem a mente, para escorregar o corpo no sentido de baixo para cima, como se fosse sair sendo puxado pela cabeça, deitado mesmo, e funciona, começo a descolar, quando sinto que a cabeça saiu e o peito também, sinto falta de ar, mantenho a calma, e faço uma inspiração bem lenta,lembrando que o corpo astral não precisa respirar, e então eu saio completamente. Começo a ver tudo meio borrado, muito claro, e me senti deitado em relação ao solo, me oriento e fico ereto, e dou o comando para a visão se ajustar, e logo estou enxergando tudo claramente, olho para a casa do vizinho, e me parece que estão fazendo uma festa, e me vem a mente “vou dar uma volta nessa festa no meu vizinho, e servirá como comprovação”, sobrevoei a festa, tinha umas 50 pessoas, adultos, idosos e crianças. Vejo crianças brincando em cima de um brinquedo, umas quatro ou cinco, como se fosse um cavalinho, minha lucidez é total, e me vem a mente para atravessar por entre as crianças, por entre seus corpos, e me desloco e atravesso, por entre elas, durante esse momento, ouço um som, como que de energias, que passam umas pelas outras, de eletricidade, e olho para as crianças e elas em nada se abalaram ou pararam de brincar. A festa é no jardim da casa, tem brinquedos de escorrega, aqueles que são infláveis e bem grandes. Vejo muitas pessoas sentadas, muitos idosos, e tenho a impressão de ver uma jovem com véu de noiva, e outras duas pessoas ao seu redor e ela estava cabisbaixa, meio triste. Ando na lateral da casa, observando tudo os detalhes e sempre dando o comando, “quero lucidez”, e continuo muito lucido e dono de minhas ações Tinha uma moça dentro de uma cabine, como se ela fosse a atendente que vendia ou entregava doces, e outras coisas, eu fiquei olhando para ela, bem de perto, um metro de distância, era branca, cabelos castanhos, olhos claros, e ela dá um sorriso, e eu penso, “uai, ela olhou para mim?”, e então eu lavanto a mão, em frente ao seu rosto, e aceno, ela continua sorrindo, eu tenho a impressão que ela vê algo de minhas ações, mas seus olhos já não olhavam em minha direção, então muito provavelmente em uma festa, alguém chamou, ela olhou, sorriu, e eu achei que era comigo. Olho a lateral da casa, mas não reconheço como sendo a casa do meu vizinho, me viro em outro direção e vejo o brilho do sol pela manhã, que me desorienta um pouco, e começo a perder a lucidez, eu tento manter a lucidez mas não adianta, eu volto para o corpo e desperto, eu não vi a volta ao corpo, não notei o encaixe. O brilho do sol que vi, veio de um lado que não poderia ser a casa do meu vizinho, portanto eu não estava do lado da minha casa, e ja confirmei que não tem festa lá agora rsrs. O dia esta muito nublado, portanto não poderia ver os raios solares, e a verdade é que não sei onde foi a projeção. A experiência de atravessar corpos físicos foi muito interessante e fazia parte de objetivos meus para projeção.
  2. Tive minha primeira experiencia ''fora'' do corpo hoje (''catalepsia'' projetiva) (tentativa propositalmente frustrada pelo desconforto) Sonhava que estava em casa, e que queria tomar um suco, fui preparar esse suco... eu não costumo beber sucos, (aqueles em pó) peguei as coisas, pra prepara-lo, (Foi a 1° indicação que eu estava sonhando) água e tudo mais, quando eu fui faze-lo, eu fiz de uma forma muito diferente de uma pessoa normal (2° indicação que estava num sonho inconsciente), invés de eu botar o pó e a água num jarro, e mistura-los, coloquei o pó dentro da garrafa d'água e agitei tudo dentro, o suco tinha ficado uma porcaria aparentemente, pois ficou muito ''aguado'' mesmo sem ter tomado, só de olhar ele estava assim, mas ainda não estava lúcido, eu em seguida fui pra sala, quando eu fui pra sala, eu notei a terceira indicação, eu estava em total controle do corpo (sonho lúcido?), conseguia andar e reagir, fazer qualquer coisa, quando de repente, meu pai, que foi soltar um barroso ''sonhal'' no banheiro me pediu o papel higiênico pra ele, só que o raio do papel higiênico, estava guardado na estante da sala do lado da TV, lugar SUPER COMUM, não é gente?, eu peguei o papel higiênico, e fui levar pra ele, quando de repente, eu tomei de conhecimento disso, e consciência que tudo estava errado, e que eu estava lúcido no sonho. Foi ai que meu corpo travou, eu fiquei levitando no ar, com as pernas parcialmente dobradas, (conchinha levitante) não conseguia me mexer, fiquei com o papel higiênico na mão, levitando, com as pernas dobradas, ai meu pai disse ''CUIDADO COM VAMPIRISMO'' pra minha irmã, AI PENSEI, TO NO SONHO. (É só falar de algo do tema e tudo mais que eu imediatamente penso na viagem astral) Imediatamente, eu fui teleportado pro meu corpo em catalepsia, estava na casa, na cama, ''travado'', (na mesma posição que eu travei no sonho, só que deitado de lado, eu estava com a perna dobrada, de lado (dormindo de conchinha sozinho) (sad) não conseguia me mexer, fazia de tudo, sair da zona de atuação do corpo, mas não saia de jeito nenhum era muito difícil, comecei a sentir a tremedeira, o corpo astral tentava descolar, mas voltava, eu olhei pro lado, eu estava de frente pra uma parede, forcei a vista, olhei que tinha um ventilador, que eu nunca vi na vida do lado da cama, onde não tinha como ter um ventilador, eu senti que eu apesar de estar em catalepsia, interessante que eu já estava numa outra frequência, era uma ventilador branco, estranho que aqui em casa só tem um preto, como não consegui sair do corpo, eu pensei, vou desistir, pensei no corpo, imediatamente consegui me mexer, e acordar, fiquei um pouco com desconforto na hora, mas fiquei feliz ao mesmo tempo, to no caminho certo pra projeção, e fui correndo relatar isso, Gratidão. Eu tenho uma dúvida com essa experiencia, é possível já estar numa frequência especifica, com o espaço ''alterado'' (móveis diferentes, e em lugares errados) antes de sequer eu ter saído do estado de catalepsia? ou aquele móvel alterado, no caso do ventilador, era uma alteração causal do sonho lúcido meu? como no caso do papel higiênico e outra pergunta, eu tenho miopia, eu tava em catalepsia, sem o óculos, e não precisa de muita distância pra perder o ''foco'' da visão, se eu sair da zona de atuação do corpo, a minha vista melhora? ou eu vou ter que plasmar sempre um óculos quando eu tiver no umbral (kkkkkk rindo aqui) NÃO QUERO SER CEGUINHO NO ASTRAL, PLEASE. Relato ocorrido em 10/03/2019 - 22:50h
  3. Oi, sou novo no forum, sou umbandista e conheci o site pelo canal do Saulo. Há uns meses venho estudando a projeçao astral e tenho praticado a tecnica completa q o saulo postou, que dura 1 hora. Tive algumas experiencias involuntarias mas o motivo do meu topico é o seguinte: Depois das tecnicas, tenho feito uma pratica de respiraçao ritmada e acelerada pela boca junto com a MBE. Consigo em alguns minutos atingir o EV. Quanto mais eu mantenho a pratica, mais aumenta a vibraçao e só vai aliviando a sensação um tempo depois que eu paro. Sinto uma eletricidade muito forte pelo corpo, somada a uma sensaçao de anestesia geral q começa nas extremidades, que eu acho ser a catalepsia projetiva. Sinto alguns musculos se enrigecerem (uma sensaçao de atrofia) nas maos, braços, pescoço e labios. Isso ainda acordado. A questão é que depois que fica muito forte, eu relaxo a respiraçao e a mente, aí um tempo depois é como se eu adormecesse e poucos minutos depois, acordo com tipo um sufocamento e uma tontura muito forte. Parece q eu to num turbilhão e nao consigo respirar. Parece uma sensaçao de esmagamento, pressurizaçao, sei la. Não sei se isso é uma saída e as sensaçoes sao a confusao da area de atuaçao do cordao de prata ou se eu to descendo pro 5° dos infernos. Só sei que com o desespero de nao estar respirando, consigo ter força pra dar um tranco e levantar com o corpo bem rigido ainda. Podem me ajudar a saber o q é isso, se é normal? Ja sentiram? Obrigado
  4. Tivemos um dia conturbado e dormi cedo. Acredito que lá pelas 4h da madrugada acordei e senti que meu braço estava formigando. Mudei de posição para dormir melhor ficando deitado de lado. Lembrei de fazer a proteção da casa e apaguei. De repente, estou paralisado e vibrando muito forte. Parecia que estava sendo eletrocutado. Consigo ver o ambiente e noto uma pessoa pequena bem branca logo ao meu lado estendendo a mão e me chamando para levantar. Tentei mas estava preso naquele estado vibratório. Pedi para que a pessoa me puxasse e ela me tirou daquele estado com um puxão. Acho que era um ser similar a um "Grey". Ele me levou segurando pela mão até atravessarmos a porta do quarto. Depois disso, fica tudo muito confuso. Lembro de ter visto um grupo de pessoas vestidas de macacão azul sentadas ao redor de uma mesa e de depois caminhar num corredor até chegar a uma sala/consultório. Todos ficavam me olhando e eu ficava como um bobo perguntando onde estava o meu Mentor. Respondiam "logo alí". Lembro só de eventos desconexos como pessoas falando bem na minha cara, computadores, uma moça nua, um espelho onde me vi como se fosse outra pessoa, transporte como se fosse um trem, ruas e pontes velhas onde já existem avenidas e viadutos... Uma confusão que ainda não consegui ordenar. Lembro de em algum momento ficar super lúcido e ver um relógio no meu pulso. Deu para prestar muito a atenção e comecei a olhar o ambiente. Cheguei a lembrar aqui do fórum para depois relatar. Era um tipo de auditório pequeno e eu estava sozinho lá sentado numa das poltronas. Acho que aguardava algo para me trazer de volta. Acordei bem mas com uma substancia grudenta um pouco escura (parecia hematoma) na sola do meu pé direito. Parecia uma cola mas saiu fácil no banho. Paz e luz a todos! /\
  5. Boa tarde, amigos! Tive uma experiência curiosa nesta noite. Tentarei ser breve no relato. Meu dia começou com sintonia meio negativa, já que eu tinha me desentendido com uma pessoa próxima e essa situação estava rondando meus pensamentos. Fui limpando os pensamentos durante a manhã e me acertei com a pessoa, resolvendo o problema e cessando os pensamentos repetitivos. O resto do dia foi tranquilo e com a sintonia boa, sem pensamentos negativos. Por voltar das 18h30, assisti um vídeo do Waldo Vieira sobre controle de bioenergias. Fiquei pensando naquilo, em como chegar nesse ponto de ter total ciência de como as bioenergias funcionam, sobre como seria a sensação de ser alvo de uma exteriorização ou quando alguém tenta interiorizar a nossa energia e etc. Ao me deitar, as 22h, minha nova estava assistindo uma série que tinhas umas bruxas lá, com aparência clássica das bruxas de contos de fadas. Não me importei com isto, até pq é uma série boba... E tenho exercitado para não ficar impressionados com formas distorcidas ou dantescas. Após ela terminar de assistir, eu passei a assistir uma série que aborda o culto do Osho nos EUA. Ou seja, bem diferente do que o que ela estava assistindo. Pois bem, enquanto eu assistia, fiz uma MBE curta, de uns 5 minutos e, logo após, fui dormir. Ao acordar pela manhã, lembro-me de ter tido uma experiência peculiar. Acordei em catalepsia, sentindo o EV no corpo e vi uma velha ao meu lado, quase debruçada no meu corpo. Eu estava em decúbito dorsal. Ela tinha a aparência da bruxa da série que minha noiva assistia. Assim que a percebi, me assustei. Ela percebeu e imediatamente me acalmou dizendo "calma, não precisa ter medo". Rapidamente, a visão de uma velha bruxa se desfez, mas eu não conseguia mais focar nos detalhes do rosto dela. Então ela me disse "você não queria saber como funciona as energias? Vou te mostrar" e então ela impôs as duas mãos sobre mim. Perguntou se eu estava sentindo algo, e eu disse que não. Ela pediu para eu prestar atenção. Então senti como se as mãos dela fossem um ímã e meu corpo também, mas de polos iguais, dando aquela sensação de repelimento magnético. Confirmei que senti isso e ela disse "agora vou mudar". Senti como se fôssemos imãs de polos diferentes, sentindo uma atração magnética. Após isso, ela disse "pronto, agora você sabe. Vou tirar você daí, vamos dar uma volta". Não tenho nenhuma rememoração do resto. Quando penso nessa experiência e nessa mulher, sinto uns arrepios que acredito ser sinalética energética. Não sei se era assediador algum tipo de amigo espiritual. Fiquei receoso, apesar de que na hora, depois que ela me acalmou, não senti medo dela. As questões são: as sensações energéticas quando nos somos alvo de uma exteriorização/interiozacao se assemelham ao que relatei? Será que era um assediador ou um amigo espiritual? Obrigado!
  6. Ola Viajantes! Semana de grande aprendizado para mim e minha família. Início difícil e posterior aprendizado "na marra". Não vou postar detalhes pessoais nem mensagens, as quais acredito serem alcançadas naturalmente de acordo com o seu grau de evolução/expansão, mas relatarei alguns detalhes "técnicos" que podem ajudar outros interessados em se aprofundar nos estudos. Acho que algo mudou na minha experiência de umas duas semanas para cá. É como se fosse sendo poupado menos e exposto mais a situações que acabam por elevar a nossa compreensão e sempre acompanhado por consciências-guia. O meu ritual diário começou a resultar em saídas de formas diferentes e acredito que alguns fatores as tornaram até mais fáceis. Não sei nem como começar... Descobri que procurava respostas da forma mais difícil e pouco prestava atenção a pequenos sinais diários e pontuais que, se unidos e colocados em sequência, resultam nas respostas. Uma mensagem que se tornou repetitiva nessas duas últimas semanas foi a de que é preciso chamar 3 vezes tudo aquilo que almeja nos planos mais elevados. Tem muita lógica pois se você pronuncia 1 vez pode ser uma citação, 2 uma coincidência, mas 3 já indica solicitação. Claro que é preciso pedir com profundidade e seriedade. Não se deve pedir algo absurdo ou sem algum tipo de conexão com a sua realidade atual. Também é preciso criar o maior número de conexões possíveis para que o universo possa ter mais chances de te responder. Passei por algumas situações de bloqueio no estado de catalepsia projetiva e levei alguns sustos mas agora entendo que estava sendo treinado para dominar mais as técnicas. Num dos "sustos" lembrei de chamar por meu guia/mentor e do esquema das 3 vezes. Na noite seguinte, após as técnicas, me vi sentado numa cadeira simples de madeira com uma mesa quadrada igualmente simples e numa sala vazia. Vi o rosto de um ser que me fez lembrar de que já o conhecia há muito tempo. Não era uma feição 100% humana mas tinha alguns traços semelhantes. Um cara ruivo com olhos gigantes e na cor ocre brilhante e luminescente. Impressionante. Ele disse: "Vi que você me chamou.". Ficamos um tempo conversando e ele me mostrava coisas da minha infância na forma de imagens numa espécie de tela. Vi algo como uma casa que não existe mais e outras coisas. O tempo inteiro senti como se ouvisse um som suave distante e muito relaxante. Parecia que estava sendo purificado. Sei que vi mais coisas mas não me recordo. Mudei de sala e fui apresentado a uma mulher com o mesmo aspecto só que com os olhos azuis e igualmente luminescentes. Dessa vez notei que ela era muito maior do que eu, acredito que com mais de 2 metros e meio de altura, mas muito delicada e com movimentos muito precisos. Senti uma energia muito boa e ela queria saber qual era o meu problema. Expliquei algumas coisas que acontecem na família e sobre o que tento pesquisar e falei que não sabia como resolver um problema ligado a uma consciência enferma. Ela tocou com sua mão gigante na minha cabeça e disse que eu já sabia como fazer e que era para aplicar agora mesmo. Num piscar de olhos estava em meio a uma catalepsia moderada (não tão assustadora como uma que relatei) e pensei em ficar calmo. Fiquei ali por alguns minutos enfrentando o medo e pensando que era só eu ali. Em dado momento consegui levantar e passei direto pela porta indo para o cômodo "afetado" e cheguei de surpresa assustando a tal consciência. Ficou apavorado. Não sei como, me elevei do chão, coloquei a mão esquerda sobre o umbigo e apontei a mão direita para ele. Nem precisei fazer nada pois a consciência disparou fugindo como se fosse um tiro. Incrível. Repito, não cheguei a fazer nada efetivamente. Voltei para o corpo tranquilamente ouvindo uma espécie de "Viu?" na minha mente. Depois disso, projetei com facilidade nas demais noites e chego a acreditar que o consumo de glicose (doces) sem excesso ajuda no processo. Água mineral também parece exercer uma força incrível no "descolamento" e o principal, é você se aceitar bem e na condição em que vive. Senti que me libertei de algumas amarras ao conversar com o primeiro ser amigo. Isso deixa a alma mais leve. Aprendi que tudo o que precisa bancar forte e poderoso na verdade esconde uma falta de evolução e que não deve ser enfrentado como um inimigo e sim como uma consciência enferma. Descobri que "morrem" de medo da gente e que na maioria das vezes são apenas consciências com baixíssima lucidez precisando de amparo. Quanto maior for a necessidade de força e poder, menor é o nível evolutivo e consciencial do ser. Precisamos nos concentrar em sermos mais seres das estrelas e ligados ao avanço tecnológico do que presos a conformidade animalesca de suprir necessidades fisiológicas presas ao solo. É duro mas seria melhor pensarmos menos em esfregar carnes para expelir substâncias e mais na busca de conhecimentos, curas e formas de expandir a consciência geral. Paz e luz a todos!
  7. Olá Projetores! Consegui projetar com lucidez algumas vezes desde o ano passado quando iniciei a prática das técnicas do Saulo/GVA mas nunca havia passado pela situação de ficar "preso" no estado de catalepsia projetiva. Apesar de já ter feito algumas experiências lúcidas fora do corpo, o máximo que senti foram algumas situações de intensa vibração do corpo e a posterior saída já em Astral. Dia desses, após fazer as técnicas, senti meu corpo extremamente pesado e vibrando muito. Parecia que estava sendo eletrocutado. Meu corpo não respondia e não conseguia me "descolar" para sair no Astral. Não sei se comi demais naquela noite ou estava negativado mas foi assustador como nunca antes. Agora entendo o medo que alguns relatam e mesmo sabendo que não deve ter nada por ali (espero), a sensação é de que estamos desprotegidos, sem controle e à mercê do que possa estar por perto. Fiz um esforço gigante para conseguir sair daquele estado (parecia que meu corpo fisico pesava umas 5 toneladas e o psicossoma apenas algumas gramas) e dei apenas alguns passos exaustos no Astral até acordar num intenso salto na cama. Com certeza estava com muito "sebo" astral. Vou comer apenas coisas leves antes de tentar as técnicas pois acredito que alimentação pesada é tão ruim e sebosa quanto álcool e outros vícios grudando o psicossoma no corpo físico. Dá para sentir o conflito de densidades. Espero que isso não se repita! Abs e luz a todos!
  8. Boa tarde galera, já venho acompanhando o fórum faz 3 meses e nesses 3 meses aprendi muita coisa referente a projeção astral, mas venho hoje com uma pequena dúvida, não sei se chamo de dúvida, mas então, vamos lá. Tive frequentemente catalepsia projetiva que até então consigo me induzir facilmente a ela(nesses últimos meses em que venho praticando a projeção astral), mas sem sucesso de sair do corpo físico, tem vezes em que minha cabeça fica presa e meu corpo astral inteiro fica flutuando, tento de tudo, rolar para o lado para vê se me desprendo, tento mentalizar que estou saindo do corpo físico de olhos abertos e fechados, mas sem sucesso, a única coisa em mentalizar saindo com os olhos fechados é sentir o corpo flutuar para o lado e as vezes para cima. Durmo de lado para fazer a catalepsia, pois é o único lado que consigo se sentir confortado. Bom, hoje a tarde estava meditando como sempre faço, 1 hora no máximo e sempre chego a um relaxamento do corpo físico em que me sinto um só, (já cheguei a me sentir flutuar conscientemente, mas sempre me assustei e meu coração batia muito, pois estava começando meus estudos na projeção e isso não era normal para mim), até que então estava na meditação e me senti sair do corpo, deixei sair e senti uma sensação muito boa, mas ai eu abro os olhos e estou la na cama deitado (kkkkkkkkk) Acabada a meditação eu fui ao banheiro, tomei água, pedi proteção nessa minha jornada espiritual e deitei na cama para entrar em catalepsia, então me acordei já em catalepsia, tentei sair, mas estava muito pesado, ai voltei e tentei de novo, acho que tentei umas 6 vezes sair, tentei rolar, tentei mentalizar meu corpo astral saindo, fiz um EV e melhorou um pouco mas parece que tem um imã me puxando, tentei me levantar, mas sempre fico preso por algo, ou muito pesado, e pedi uma pequena ajuda aos mentores e fui tentar novamente, fui tentando, ate que então vem uma voz na minha mente de uma mulher, dizendo todas a formas que eu tinha tentado para sair do corpo, ( o mais engraçado é que era uma voz bem compreensível e muito bonita, até me assustei ao ouvir essa voz em minha mente), eu não sei mas ela falava todas as formas que eu tentei sair, (não consigo lembrar bem oque falava) como se ela conhecesse e falava o nome das formas, mas foi muito rápido e eu me assustei e sai de catalepsia. Galera não estou conseguindo sair de forma alguma em catalepsia, gostaria de pedir a ajuda de vocês para ver se estou fazendo algo errado, eu tenho cuidado muito bem das minhas energias nesses meses. Obrigado a todos que leram, muita paz !
  9. Sou iniciante em viagem astral porem sou um cara bem espiritualizado, pesquiso muito sobre o assunto , durante a catalepsia eu imovel no corpo senti como se alguem afundasse minha cama mas so em um ponto como se fosse alguem se deitando ao meu lado, porem nao foram movimentos sequenciais, como por exemplo vc subindo na cama , primeiro coloca o joelho e depois vai se deitando , nao foi como se fosse penas o joelho bem ao meu lado, isso é normal? qual a explicação para isso? Esse fato aconteceu comigo algumas vezes ao longo da minha vida , mas nao tinha conhecimento na epoca e sempre agi com medo, porem agora quero aprender e coompreender a situação. Desde ja agradeço a ajuda de todos, Obrigado.
  10. Olá pessoal! Hoje tive minha primeira experiência de saída do corpo, porém eu nunca tentei nenhuma técnica, aconteceu extremamente sem querer. Sempre assisti os vídeos do Saulo com meu marido, mas até então nunca tinha vivenciado nada parecido. Fui dormir 5hrs da manhã, o ocorrido aconteceu por volta das 7hrs. Tudo começou em um sonho onde eu não estava lúcida, no meio dele minha mãe que mora em outro estado falou sobre a filha da vizinha dela e citou o nome completo da menina (menina essa que conheço da cidade onde moro hj em dia) na hora pensei “To sonhando”, nesse momento eu senti como se meu corpo estivesse se desprendendo, como um imã me puxando para cima. Na hora eu me preparei pra abrir os olhos e pensei: “estou saindo do corpo, é só não ter medo.” EXATAMENTE nesse momento, ainda de olhos fechados senti uma sensação ruim e inexplicavel no meu ouvido em alto e bom tom falando: “Eu Quero Você. Confesso, acreditem se quiser que eu “falei/pensei” Vai se f..... Fiquei aterrorizada, senti muito medo! Nisso eu voltei para o corpo e entrei direto em estado de catalepsia, tive a sorte de não ver ou ouvir nada, abri os olhos e vi meu quarto exatamente como era, tentei mexer os dedos e não consegui, fiquei calma, pois sabia que estava em catalepsia, meu medo era acabar saindo do corpo novamente, comecei a orar para voltar ao normal e a tentar emanar bons sentimentos. Quando acordei eu estrava tremendo muito e com bastante frio, acordei meu marido que me acalmou, mas não consegui dormir mais. Sei que dizem que saímos na vibração que estamos, mas eu não me sentia em uma má vibração, estava me sentindo tão bem com tudo e feliz, sem estresse ou preocupações. Agora pretendo buscar mais informações pra saberá lidar melhor em situações como essa, quero voltar a sair (daqui um tempo só) embora eu nunca tenha sentido tanto medo assim. Não posso deixar isso atrapalhar nessa busca pela evolução, depois de ter vivenciado isso e ter certeza de que é real. O que poderia ser? Encosto? Um espírito zombeteiro? Desequilíbrio no ambiente, meu ou do meu marido? Carma? Obrigada pela atenção.
  11. olá, é possível que desencarnados ou outros seres espirituais sejam donos de algumas pessoas encarnados? tive esta duvida porque minga mãe teve segundo a ela "pesadelos" mas como ela me descreveu me parecia mais catalepsia projetiva, ela viu um ser com olhos vermelhos e a cara meio disforme ele era meio como sombra e nas mãos tinha garras longas e ele foi em direção a meu pai e disse que meu pai pertencia a ele ele falou tipo "ele é um dos nossos" algo assim e depois ele cravava as suas garras no peito dele, segundo a minha mãe esse ser apareceu algumas vezes nas catalepsias dela a noite e sempre fazendo a mesma coisa só não sei quantas vezes ele apareceu, (a minha mãe não acredita muito nisso, para ela foi pesadelos repetitivos). é possível que esse ser consiga causar danos físicos também?
  12. Bom dia. Tenho tido Catalepsia quase todos os dias. Embora já tenha visto vários tópicos e vídeos a respeito, quando me encontro na situação sinto um terror muito grande, e tenho demorado muito a voltar pro corpo. Tenho a sensação que não durmo a noite, estou sempre com essa sensação de estar acordada sem conseguir me mexer. Normalmente acordo, volto a dormir e tenho novamente... Gostaria de saber se alguém já passou por isso, pq tenho tido isso praticamente todos os dias. Quando tenho sinto tanto medo que acabo não conseguindo sair do corpo. Não me recordo de ter conseguido uma projeção consciente. Antes de ontem eu até tive alguma coisa, mas a visão estava tão ruim que não consegui sequer sair da cama. Desde já agradeço a quem puder me ajudar.
  13. Olá a todos! Finalmente consegui minha primeira projeção com saída consciente, um pouco mais 2 meses após minha primeira catalepsia, que foi relatada nesse forum. Bom, a projeção foi ontem (10/11/17). No dia anterior fui dormir cansado, em reflexo do dia que tive, e não fiz nenhuma técnica energética em especial. Ao deitar na cama, coloquei o despertador para às 3 horas e apenas procurei relaxar e ficar fazendo a técnica da gangorra, mas acabei dormindo mesmo. O despertador tocou às 3 horas, mas como na maioria das vezes, apenas levantei, desliguei e voltei a dormir rsrsrs. Acordei as 7 da manhã, mas não levantei da cama, fiquei naquele estado de sonolência por um tempo e comecei a entrar em catalepsia. Essas catalepsias estavam durando mais do que normalmente acontece, mas ainda sim, eu entrava e saia dela. Entrei em catalepsia umas 3 vezes, até que deu 8 horas. Porém ainda com sono, apenas desliguei o ventilador e insisti em ficar deitado, tão bom era o grau de relaxamento. Foi quando entrei em catalepsia novamente, mas dessa vez decidi aplicar uma técnica indireta. Tentei focalizar em um cômodo da casa, mas não funcionou. Então eu tentei simplesmente levantar! Claro que me concentrei um pouco pra fazer isso, sem mexer o corpo físico, mas deu certo. Comecei a sentir as "pernas astrais" se deslocando e com isso as vibrações da catalepsia se intensificaram. Depois meu corpo astral foi se levantando e finalmente consegui realizar a saída consciente. Lembro que naquela hora eu pensava a todo momento "estou conseguindo!", porém sem euforia para não perder a experiência. No início a visão estava escura, mas quando eu quis enxergar, ela simplesmente abriu. Então comecei a andar em direção a sala, sem olhar para trás, e podia perceber a nitidez incrível durante uma projeção consciente. Fui andando até a entrada da sala, embora tivesse dificuldade de locomoção (eu andava como se tivesse pernas de madeira, sem flexibilidade). Consegui chegar até a entrada da sala e nesse momento comecei a questionar a experiência, tamanha era a lucidez e nitidez, achei que estava no corpo físico. Então na mesma hora, tentei tocar a porta e para minha surpresa, eu consegui, era palpável. E aí, como outras vezes que consegui abrir, brevemente, a lucidez em sonho, tive medo de estar no físico, como um sonâmbulo (o que me impede de desbravar os lugares rsrsrs). Decidi então voltar para o quarto, e no momento vi minha irmã andando no corredor, em direção a cozinha, e isso da pra ver pelo meu quarto. Foi quando, já retomando a ideia que eu estava projetado, tentei acordar no corpo físico e observar ela do meu quarto, já no físico. De fato acordei no corpo, mas não consegui a comprovação. Ela estava em outro cômodo mesmo. Ficou um pouco da frustração de que poderia ter durado mais, porém para mim já estava de muito bom tamanho. Fiquei simplesmente maravilhado com a experiência. Não quero estender, mas vou deixar aqui dicas e impressões que tive, o que pode ajudar outros iniciantes, como eu. 1 - Tente atingir esse estado de relaxamento e sonolência. Eu não conseguia entender esse estado, mas de fato, é o ponto em que seu corpo não está adormecido, pois você pode sentir ele sobre a cama, mas não totalmente acordado. A catalepsia projetiva ajuda a indicar que você chegou nesse ponto, muito embora nem todos sintam esse estado. 2 - Ao chegar nesse ponto, tente levantar. Não é bem mentalizar, mas também não é pra levantar no físico rsrsrs. Se concentre e tente levantar, sem se mover. Pode ser que você não sinta nada, mas quando conseguir, saberá. Vai sentir o corpo físico deitado (não concentre muito nele), mas também vai sentir, como se fosse uma extensão dele, ou uma cópia, sei la kkk, se deslocando. 3 - Deseje abrir os olhos, que sua visão vai abrir. E não, não é como um sonho. Além do nível de lucidez, questionamento e raciocínio, pois você sente a saída, e logo está com a consciência ali "fora", pensando (muito interessante), existe também a nitidez incrível. 4 - Não fique eufórico. É muito difícil falar isso, até porque sofro com ansiedade alta. Mas é importante que essas sensações sentidas, sejam naturais para você. Ou seja, ainda que 2 meses estudando o assunto e praticando, tenha sido muito pouco tempo, foi o suficiente para eu sentir algumas catalepsias e EVs e me acostumasse com essas sensações, não ficando ansioso e com o coração acelerado durante o processo. Até porque, sei que nas próximas projeções vou me deparar com situações diferentes e vou precisar ter calma e prática pra lidar com elas... Finalmente, numa boa, queria agradecer ao Sandro pelo acolhimento no meu primeiro relato de catalepsia e por ter indicado os estudos necessários para que eu chegasse até a primeira projeção com saída consciente. Agora tenho uma vida inteira de projeções pela frente e, claro, muito mais estudo. Muito obrigado.
  14. Olá, Desejo um ótimo dia a todos. Então, eu já me projetei antes. Porém o maior obstáculo que encontro é justamente fazer o corpo adormecer enquanto a consciência não perde a lucidez, causando a catalepsia. Eu sei que muitos projetores, não passam pela paralisia do sono, mas eu só consigo assim: Adormece o corpo>catalepsia> viagem astral, sem perder a consciência. Nunca consegui pular esse processo. É o meu jeito. Existem algumas vezes que eu tenho que ficar quase a noite inteira acordado para entrar em catalepsia, isso se eu consigo fazer o milagre de não dormir. Vocês tem alguma dica? Quando o barulho da pineal fica muito forte, ou quando acordo de madrugada( tenho a tendência de acordar às 3:00) a viagem astral é muito facilitada. E isso porque a paralisia do sono fica bem mais fácil. Mas acho que isso é uma muleta,certo? Conheci um amigo, que pratica bastante, ele consegue se concentrar e entrar em catalepsia em uns 15 minutos. Eu não consigo me concentrar nem relaxar o suficiente eu acho... O que vocês fazem para entrar em catalepsia? É só a pratica ou tem alguma dica?
  15. Oi gente sou Marcos moriael fiz 18 hoje e tô com umas dúvidas. Eu comecei a tentar viajem astral a uns meses dps parei um tempo e voltei agr dnv ( até por isso achei esse fórum que gostei muito) . Então, eu tô tentando a técnica que li nesse site e num livro ( dormir 6 horas beber água e dormir dnv e acorda sozinho em intervalos e tentar sair ) ontem quando acordei abri o olho e tipo por 1 segundo tudo ficou escuro e volto dnv, tipo como se eu entrasse embaixo da água. Sabe que tipo até pensei que ia ver alguma coisa mas não apareceu nada, eu sentia uma pressão enorme como um pano super fino por cima de mim fazendo pressão forte e eu não mexia nada. Já passei por isso, então só tentei sair rolando e tentando mexer o corpo espiritual ( há nisso minha cabeça fazia barulho de estralos tipo eletricidade, provavelmente a glândula pineal trabalhando no máximo) e tbm ouvia 2 pessoas mascuilas conversando na hora. Até pensei que era um vídeo do meu celular e bom dps parou e não consegui nada. Hoje dnv aconteceu isso só que diferente não deu efeito de como entrar na água só deu a paralisia e tinha muito barulho parecia que eu tava dentro de uma turbina de avião muito barulho estralando na cabeça e tentei sair com as mesmas técnicas e nada daí tentei flutuar mas acabou e não consegui dnv . Na primeira vez que tive paralisia eu sentia muita dor e minha cabeça ficava tipo como tivesse sendo chaqualhada muito forte e tinha um cara falando muito alto no meu ouvido ( língua estranha não entendi o que falava e não lembro mas só sei que era uma palavra repetida sem parar) daí acordei e sentia um pouco desse chaqualhada . Enfim alguém sabe pq aconteceu isso na primeira vez ? E alguém sabe pq nas outras vezes não consigo sair ? Alguém sabe como sair em catalepsia ?. O que era esse homem falando no ouvido?. Desculpa o texto grande mas preciso contar os detalhes. Quem puder me ajudar agradeço desde já .
  16. Pela primeira vez eu acho que entrei em catalepsia projetiva com consciência de que era isso. Ontem eu pratiquei alinhamento dos chakras durante uns 40 minutos pela parte da tarde e já um pouco antes de dormir fiz um chá bem forte de artemísia, que dizem que provoca sonhos proféticos/lúcidos etc, fiz uma oração bem forte e de coração pedindo auxilio para um maior esclarecimento quanto as questões do universo, que eu pudesse decifrar os simbolismos dos meus sonhos, desenvolver e saber controlar a vidência nos sonhos, tudo voltado a área dos >sonhos< etc Ai fui dormir ne, eu ~despertei~ em catalepsia projetiva, meus olhos estavam fechados e eu não conseguia abri-los (mas tb nem lembro de tentar fazer isso), mas estava consciente do meu estado de vigília misturada com sono, mas enfim eu sentia meu corpo vibrando forte, uns estampidos bem altos no ouvindo, arrepios, e uma forte presença... quando tudo acabou não parecia que eu tava consciente tudo parecia um sonho, mas eu estava sim pq na hora que comecei a sentir a "presença" eu comecei a falar desesperada Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth kkkkk pedindo que se ali tivesse espíritos ruins que eles fossem mandados embora e só as energias divinas pudessem estar presente, e as sensações não paravam, confesso que fiquei meio assustado e com medo, e acho que isso atrapalhou tudo mas eu sabia racionalmente que não devia ter esse medo, sabem? mas na hora eu fui mais pro sentimento mesmo... Vocês já passaram por isso? Sentiram muito medo? O que fizeram pra lidar com ele? O que eu devo fazer pra conseguir sair desse estado?
  17. Fiz os exercicios propostos durante sete dias. Após fazer a técnica de clarividencia as três horas da madrugada senti uma energia forte no corpo e pressão nos ouvidos e cabeça que fez o coração acelerar!. Durante o sono em estado semi-consciente senti a presença de um espirito sexolatra( já tive outras experiencias desse tipo) como sou "ixpertinho" queria ter certeza de qual sexo se tratava o espirito por meio de sensações fisicas sem poder enxergar, logo percebi que se tratava do "tonhão pé de mesa" e sai jogando luz no quarto em seguida acordo no corpo em paralisia. Penso estar refém do espirito e fico nesse estado tentando sair durante um bom tempo, temeroso de virar escravo sexual kkk. Clamo por ajuda, tento chamar mentor, rezo até em aramaico kkkkk. Quando percebo que estou em catalepsia tento movimentar as energias mas acabo acordando Em algum momento durante essa experiencia, sonho estar voando (como sendo carregado) e vejo minha aura na cor amarela (não tenho certeza da cor) quando posiciono minha mão em frente a lua. Vejo uma cidade muito bonita lá de cima com prédios pequenos e largos e imensas praças em frente a eles que ao inves de grama parecia ser água. Desculpem se tem erros de português, espero que tenham gostado do relato
  18. Boa noite! Sou novo aqui no fórum então queria começar contando um pouco das minhas experiências. Tenho hj 21 anos, mas desde os 11/12, eu comecei a ter episódios de "paralisia do sono", que fui entender o que era só aos 15/16 assistindo um episódio de Arquivos Extraterrestres. Desde então já tive centenas de vezes, aquela sensação de terror e desespero, quando vc acorda e tá paralisado na cama, então eu começo a sentir um choque ou vibração pelo corpo, vejo uns flashes com imagens aleatórias (com olho fechado) e escuto coisas bizarras. Algumas dessas experiências foram assustadoras, pq já ouvi gritos, já senti presenças, já escutei um "ser" gritando comigo muito bravo em uma língua q eu não entendia nada, e ele chegou bem perto de mim. Mas nunca cheguei a "ver" nada, só barulhos e sensações (acho q pq tenho MUITO medo, já vi quando era criança uma menina azul brilhante na porta do meu quarto). Tive outras experiências menos intensas, mais quietas, algumas em q eu sentia meus braços, pernas, cabeça meio "soltos" como se não houvesse gravidade, já senti uma mão segurar na minha, já me senti afundando na cama. Teve tb algumas poucas vezes em q realmente tive uma experiência fora do corpo e q consegui me lembrar. Uma vez foi no natal de 2013, já era umas 9 da manhã, eu ainda tava na cama daquele jeito meio dormindo/acordado, quando eu senti um leve choque subindo na nuca. Fiquei esperando pra ver oq acontecia, e então escutei dentro da minha cabeça um agudo como se fosse som de metal vibrando, "piimmmmmm", e me senti muito estranho. Nessa hora meus braços e tronco pareciam estar levitando, e quando vi estava em pé no quarto. Olhei pra cama e me vi deitado, na hora já entendi oq tinha acontecido, mas fiquei bem eufórico. O quarto tava meio escuro, mas dava pra ver a luz vindo debaixo da porta, e a primeira coisa q eu tentei fazer foi atravessar a porta. Dps disso eu acordei, lembrando do episódio como se fosse um sonho. Agora começa minha dúvida, o grande problema disso tudo é q sempre acontece de forma involuntária e inesperada. Já tentei algumas vezes meditações guiadas e áudios pra viagem astral, mas sempre perco a paciência depois de meia hora ou acabo dormindo. Também sou péssimo com aquelas técnicas de "imaginar uma bola de luz etc", sempre acho q estou fazendo errado e nunca vai dar certo. Gostaria da ajuda de alguém q talvez passou pelo mesmo q eu e conseguiu sair do corpo de forma voluntária e consciente, qualquer ajuda que seja. Já tentei me acalmar e esperar pra ver oq acontecia, ou me imaginar girando ou flutundo durante as paralisias mas nunca tive sucesso, nunca sinto q estou no controle do q tá acontecendo. Tb já notei q quando acordo muito cedo, levanto pra fazer alguma coisa e depois volto a dormir facilita um pouco pra acontecer a paralisia. Obrigado!
  19. Olá a todos, bom eu tenho paralisia do sono há um tempo já (com uma frequência mediana). E recentemente tive paralisia durante um sono da tarde (ainda não consegui a projeção consciente), então tentei aproveitar a paralisia pra tentar forçar uma possivel saida (eu até acho que deu certo mas não estava querendo abrir os olhos) e foi quando ouvi uma falando meu nome várias vezes e me cutucando (senti até uma cosquinha) e não era ninguém de casa! E quando abri o olho vi tipo uma fumaça branca e a visão distorcida, eu consegui sair do corpo e não me dei conta talvez, enfim. O que isso pode significar? Mentor tentando comunicação? Algum tipo de espirito?
  20. Olá, eu sou iniciante e estou praticando técnicas para projeção. E nessas 4 tentativas, uma delas eu senti o estado vibracional (só que depois um barulho me tirou a atenção e fodeu tudo.) E nessa hora senti como se estivesse saindo mas voltei logo em seguida devido ao barulho. Tenho tido essas sensações de quase projeção nas tentativas, estou no caminho certo? Obs: Antes de ter conhecimento da projeção já tive várias paralisias do sono, e tenho tentado fazer experiencias com ela.
  21. Boa noite, Gostaria de relatar que ja fui atacado 55 vezes estando em catalepsia, e dentro de todas minhas tentativas de defesa que tentei , somente duas coisas que fez afastar a entidade de mim.. Bem ja tentei de tudo pra me defender lá, usei mantras, clamei o nome de jesus, imaginei energia ao redor de mim, tentei passar energia boa ao agressor, ja fiz circulos magicos, sinais e nada deu certo. Em exceto os pedidos aos amparadores que ja me ajudaram algumas vezes. Uma vez fui deitar com a intenção de que se alguem me atacasse eu iria parti pra cima ou no minimo nao iria ficar com medo. A 1º vez acordei e tinha um vulto preto agachado la no pe do colchao, começou a falar coisas a fim de me assustar, quando percebi que tinha tempo antes dele me ataca, eu tomei a coraje do mundo e pulei pra fora do corpo, e logo unica coisa que lembro e que sai nos socos com ele. Mais enfim a 2º vez foi ja bem diferente e repensei muito de falar isso, pois nao sabia se isso realmente fazia sentido. Ontem acabei lendo um relato e assimilei com essa minha experiencia. Quando a entidade me atacacou eu nao fiquei com medo e comecei a gritar com ela falando que nao ia desisti de sair e tals, e quando ela me atacou eu gritei com toda a força o som RRRRAAAAAAAAAAAAAAAA foi por impulso mesmo. Na mesma hora a entiade se afastou e ficou parada me olhando, ai ela começou a andar par um lado e para o outro. Ela parecia que se espantou ou ficou inquieta me olhando por um tempo. Do nada ela parou de andar para um lada e para o outro e simplesmente deu um giro no ar e sumiu, e logo em seguida acordei. Bem eu nao sei oq houve só sei que a entidade parou de me atacar e se afastou. Foi a unica vez dentro tds esses ataques que vi algo assim. E dps que vi alguem ja relatando isso pensei em falar o que ocorreu comigo tambem.
  22. Oi pessoal, esses dias atrás eu tive uma dúvida sobre relaxamento e catalepsia projetiva, é o seguinte: Quando relaxamos o corpo, ele dorme, veja este relato do sandrofabres: "No curso do IIPC, aula prática, fiquei deitado ao lado de uma amiga, que ficou roncando ao meu lado. Mais adiante, duas pessoas para o lado, outro sujeito roncou o tempo todo. Ambos começaram a roncar quase imediatamente após o relaxamento. A pratica durou 1he meia. Quando o instrutor deu o sinal para acabar a pratica, todos se moveram e sentaram, inclusive, esses depois que estavam roncando. E quando falamos que eles estavam roncando, eles disseram "Não, imagina! Eu não consegui me projetar exatamente porque não relaxei o suficiente, não tive nem sonolência". Inclusive esse carinha do outro lado disse que não conseguiu exatamente porque a amiga do lado dele estava roncando muito alto, mas não era a amiga o lado, era ele!! Ele só acreditou nisso porque vários de nós ali perto confirmaram para ele. Eu próprio não sei se ronquei, mas achei que tinham deixado uma luz acesa na sala e que aquilo estava me deixando muito desperto. Mas quando precisei levantar e ir no banheiro, cerca de 1h depois, ao abrir os olhos notei que a sala estava bem escura! Então provavelmente eu estava ali deitado já pronto para levantar em astral, mas não percebi, rque ali deitado de olhos fechados num sala escura era como se eu estivesse deitado embaixo da lampada da sala, pela luz que notava vindo através das pálpebras, eheeeh. Mas ao abrir os olhos, estava tudo escuro, então a luz que eu via nao podia ser física." então, a minha dúvida é a seguinte: por que quando relaxamos nosso corpo dorme e depois se quisermos nos mover, simplesmente nos movemos tranquilamente, mas quando temos uma catalepsia não conseguimos? desculpe se eu estiver enganado, mas pelo que eu saiba temos a catalepsia quando acordamos mas o corpo está dormindo, então não conseguimos nos mover.
  23. Olá pessoal, acabei de entrar no grupo, com intuito de compartilhar e trocar experiências neste universo que é a Projeção Astral. Tenho 25 anos, "sofro" de catalepsia projetiva, desde (até onde eu tenho lembranças dela) os meus 12 anos. Aos 16, estudei um pouco sobre o fenômeno e cheguei a tal da "Paralisia do Sono". Constatei que era algo natural, fenômeno considerado comum. Fiquei mais tranquilo e a partir dai já conseguia em algumas vezes sair deste estado, apenas movendo pequenos membros como os dedos dos pés, apenas este movimento já me fazia despertar. Quando descobri como sair, achei o máximo. A sensação ERA horrível, quem já teve essa experiência poderá confirmar. Pois bem, apenas neste ano de 2016 eu encontrei (por orientação do plano espiritual ou não) ou termos Projeciologia e Conscienciologia. Realmente eu senti um despertar da consciência após estudar sobre a projeção astral. Conheci os trabalhos dos principais nomes destes estudos na país e fiquei cada vez mais encantado. Vamos lá, vou começar com a minha primeira experiência que tive entre 6 e 7 anos de idade, não me lembro exatamente o ano, e que narrei a vida toda como se fosse um "Sonhei que eu estava dormindo" "Entre 1996 e 1997 Sempre tive muito medo quando criança, do escuro, um medo incontrolável de qualquer local escuro. Até que um belo dia, estava dormindo, quando acordei me vi flutuando no quarto e pensei: "Estou sonhando que eu estou dormindo, legal" senti algo me levantar e me empurrar até o teto e gritei: - Pode me pegar escuro, eu não tenho medo de você. Após dizer isso senti uma sensação de queda e acordei BEM assustado. O interessante de tudo isso é que eu nunca mais tive medo do escuro" E sempre contei isso como se fosse um sonho que me fez perder medo do escuro desde então." Minha segunda experiência: " Minha avó desencarnou no ano de 2005, meses após o ocorrido, "sonhei" com ela, me vi em uma casa que tinha morado com ela a anos atrás, fui para a varanda e lá estava ela de costas para mim. Dei a volta, fiquei de frente a ela e perguntei: - Ué vó, mas a senhora não morreu? Ele levantou o rosto, me olhou com um sorriso no rosto e disse: - Quem disse que eu morri filho! Neste momento acordei, com um sensação de paz e felicidade, foi tudo tão real, a expressão dela, os olhos, o sorriso, me passou essa sensação de bem estar, além do fato de ela estar com um aparência muito mais saudável do que antigamente e sem os seus óculos (e que ela não fazia nada sem eles) " Continuando... Após estudar um pouquinho, constatei que estas duas experiências foram duas projeções, pelo menos são apenas essas duas que me recordo. Voltando a 2016, Tenho praticado constantemente técnicas de relaxamento, meditação, controle das energias e indução ao Estado Vibracional, sempre com muita calma, paciência e SEM CRIAR EXPECTATIVAS (acho que isso é importante frisar). Descobri que tenho facilidade em sentir minhas vibrações e vibrações externas. Consegui minha primeira projeção consciente na madrugada do dia 21/05 Me deitei, como faço geralmente, em uma posição confortável, procurei relaxar ao máximo todos meus membros, começando da ponta dos dedos dos pés até o topo da cabeça, lentamente, sem pressa. Comecei a estimular as energias começando dos pés até a cabeça (pensando sempre em luzes piscando e aumentando estes flashs gradativamente), em pouco tempo (5 ou 6 minutos) consegui atingir o Estado Vibracional. Percebi até uma sensação de deslocamento, foi quando eu percebi que me coração acelerou e que eu estava fazendo força em algumas partes do corpo sem perceber, partes como pés, pescoço, barriga e mãos. Acredito ser reações naturais a sensação de deslocamento que estava sentindo. No momento que percebi que eu estava assim, me soltei novamente e voltei ao controle da respiração para acalmar os batimentos cardíacos. Após alguns minutos de respiração controlada, "apaguei" e quando acordei me vi lúcido flutuando em direção ao solo, na lateral do meu prédio. Na hora eu pensei: - Que legal ! Será que estou conseguindo me projetar ou estou sonhando? Vou descer até o solo, desci e olhem que interessante, fiquei curioso por não conseguir sentir o solo em que eu estava pisando (que inocência né). Foi quando me veio a cabeça em testar se eu estava projetado, pensando em voltar ao corpo. Foi batata, quando me veio o pensamento eu já me vi no meu corpo, desta vez em estado de catalepsia, que pela primeira vez foi uma sensação boa rsrs. Apenas movimentei os dedos dos meus pés e despertei. Sai correndo e fui anotar tudo, acredito que foi uma experiência muito gratificante e totalmente real. Considerações: Na projeção, pelo pouco tempo que presenciei o fato, você se sente livre, leve, até porque o peso nós só sentimos aqui, na matéria. A visão é muito clara, nítida, não há dúvidas. E faz todo sentido eu me recordar apenas da parte em que eu estava descendo em direção ao solo e não a parte em que eu sai do corpo e pulei para fora, até porque estas foram experiencias vividas fora do corpo físico, o cérebro apenas recebeu essas informação na volta ao corpo. Talvez futuramente eu me lembre desde o início, Por enquanto é isso pessoal, Abraços a todos E vamos estudar !
  24. Bom, primeiramente quero dizer que sou muito leiga no assunto, então me perdoem se falar alguma besteira. Bom é o seguinte, de uns 5 anos mais ou menos pra cá comecei a ter a catalepsia mais não sabia o que era achava que era paralisia do sono ou algum distúrbio, só depois de muito tempo fui descobrir que era catalepsia. Depois de descobrir o que era fui procurar ajuda, conversei com algumas pessoas do centro espírita que trabalho mais todos me disseram pra rezar, pedir que aquilo parasse de acontecer, pois não sabiam como lidar e não tinham conhecimento sobre isso. Ai fiz o que me disseram pois não sabia (e ainda não sei) como lidar e não tinha instrução e todos me falando que não era muito bom, mais mesmo assim sem fazer qualquer processo de energia as catalepsias continuavam, ai achei algumas coisas sobre o assunto e vi que pra sair do corpo havia alguns processos , que tinha que trabalhar energia e tals, só que eu apesar de ler não pratiquei e mesmo assim continua a ter catalepsia, ai me acalmei durante a catalepsia e sai só que sempre me deparava com alguém me olhando. Uma vez acordei no meio da madrugada com varias entidades envolta da minha cama tentando me puxar pra fora do corpo mais não sai, sentia um calor nas costas e uma pressão muito forte em cima do corpo sentia a cama afundando mais mesmo assim não conseguiram me tirar do corpo. Gostaria de saber se há alguma maneira de saber quando a catalepsia é patrocinada ou quando é algo que seu inconsciente esteja fazendo com você e se isso é possível!?Enfim preciso de ajuda com esta questão. Se alguém puder me responder agradeço desde já. Obrigada.
  25. Diferenças entre saídas guuiiza setembro 18 Ja ouvi o Saulo falando que se não mexer as energias não vai sair do corpo... Mas não seria mais fácil simplesmente treinar na hora de dormir, sua consciência ficar acordada? henriquearaujo Mesmo que a consciência fique acordada você terá dificuldades na saída... Provavelmente ficará preza no corpo... É importante mexer as energias pra soltar o corpo astral...