Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'projeçao'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


  1. Boa tarde irmãos, meu último relatório projetivo foi no começo do mês de Setembro. Depois disso não tenho lembrança de uma projeção lúcida efetiva. Talvez por conta de um concurso que fiz. Estudava de dia para esse concurso e a noite para projeção. A noite assistia vídeos, Lia artigos e ouvia mantras. Porém não lembro se me projetei. Enfim este fim de semana foi a prova. A fiz e ontem fui tentar mover minhas energias a noite com a técnica 3. Mas não senti. Quase nada. Parece que perdeu aquele efeito que tinha sobre mim. Tentei no decorrer desses 2 meses essa técnica. Mas não consegui. Vi um outro vídeo onde usamos as mãos, e também não senti a movimentação. Parece que virei uma tábua de mármore.Rsrs. Tenho levado o evangelho para dentro de casa. Não perdi o foco do meu lado espiritual. Sempre tentando elevar os pensamentos. Enfim parece que estagnei. Alguém pode me ajudar? Sobre a movimentação energética. A OLVE fica toda estranha quando faço parece que virei um balde e a água quase transporta. Não sinto mais formigar os braços ou pés. E nem o EV. Gente será que perdi o jeito??
  2. Vi um post de um amigo no fórum, em que ele compartilha musicas que ajudaram ele a se projetar. E eu tenho duas duvidas, a primeira é relacionada aos fones e a musica, isso pode interferir a experiência de alguma forma ? No sentido de que enquanto estamos tentando apagar o nosso corpo e manter a consistência acordada a musica ficaria rolando . Não sei como funciona esse processo de transição de consciência em relação a audição, já que não experimentei ainda. A outra é em relação a aparelhos eletrônicos próximo do corpo enquanto tenta a projeção, se não me engano foi aqui no fórum mesmo que eu vi relatos de pessoas que ficaram presas por conta de aparelhos próximos, mais especificamente o celular. No caso meu celular fica na cama mesmo, próximo de mim.
  3. Minha primeira vez no plano astral ou sonho lúcido Primeiro eu usei uma técnica com as mãos que inventei, eu acho, e fiquei realizando o EV, logo depois de um tempo meditando com essas duas tecnicas, eu fiquei de lado na cama, na posição que sempre durmo, e então somente deixei meu cérebro em vigília, bastou isso. Então depois de muito tempo veio uma imagem de um lugar na minha mente, era a frente de uma casa, a entrada era cercado por um muro de diâmetro bem pequeno somente com uma pequena entrada que dava acesso à rua e sem portão, e tinha uns rasbiscos e desenhos na parede da casa, muito realistas. Eu estava achando engraçado um, então fiquei analisando ele, era um desenho da cabeça menina, bem colorido, só que a parte do pescoço e da cabeça parecia um pênis rsrs, por isso achei engraçado, enfim, eu decidi entrar na casa. A porta para mim, estava aberta(ou fechada, acho que estava fechada mais imaginei estar aberta, depois, foi meio confuso.), era aquelas portas que se dividem na parte superior e inferior, a parte de cima estava aberta mas a parte de baixo estava fechada, com um ferrolho. Eu abri ela normalmente e fechei depois. Nessa parte, eu não me sentia controlando o corpo, me sentia mas como um observador somente com a visão, mas quando eu cheguei no que parecia a sala, que estava totalmente vazia, eu vi um quarto, sem porta, e lá tinham SOMENTE duas redes, uma vermelha com uns detalhes e uma rosa, eu acho, então quando estava me aproximando, do nada eu conseguir tomar controle dos meus movimentos. Eu estava andando como que "estivesse nas nuvens", dando uns saltinhos, e ia descendo, planando, suavemente, e estava andando dessa forma. Quando estava bem perto da reede vermelha eu comecei a me sentir diminuindo, perdendo altura, ao ponto de ficar em baixo da rede, somente com a visão de cima, olhando para cima, meu objetivo era subir na rede e ficar junto da pessoa, então fiquei pulando e assim eu estava me aproximando cada vez mais, então no quarto ou terceiro pulo eu me agarrei a rede e deitei nela. Foi bem do nada, tipo, como que se eu tivesse deitado no automático, e sem esforço. Me senti uma alma, eu estava junto com a pessoa, que estava totalmente coberta, eu sentia uma energia por todo meu corpo, e também sentia que o meu braço na parte do bíceps estava junto a cara da pessoa, e eu sentir, no meu bíceps o sussurro da pessoa, e escutei claramente ela sussurrando "mamãe", logo depois sentir muita vibração e sentia que não ia conseguir continuar e voltei pro meu corpo, só me arrependi por não ter me lembrado de tentar voar, queria muito saber como era, mas pelos pulos que dei deu pra ter uma ideia, porquê eu estava, como falei, como se estivesse nas "nuvens". Tenho outro relato que aconteceu essa manhã Mas dessa vez tenho certeza que foi uma projeção, eu fiz do mesmo modo, técnica, de ontem a noite, e também deu certo, depois de muitooo tempo mano, mas conseguir, sou muito paciente e tranquilo, depois de muito tempo tentando manter meu cérebro em vigília, com respiração lenta e controlada, eu comecei a pensar na casa do meu tio, porém estava pensando logo na parte de dentro da casa, na entrada, e eu do nada, me senti lá. Eu estava lá, mas dessa vez eu tinha controle muito bem dos meu movimentos, mas uma visão muito fixa, minha visão também estava muito fixa no primeiro relato, eu então comecei a andar até o quarto da minha tia, que ficava bem perto da entrada, eu caminhava dessa vez como que flutuando mas mechendo as pernas, estava muito pleno. Quando cheguei ao quarto senti muitaaa, mas muita vibração no meu corpo, e sentia que ia perder o controle, mas me mantive calmo, quando minha visão começou a ficar turva eu só conseguir pensar, c******** tenho que voar, e então dei um salto e senti que atravessei o teto. A casa tem dois andares, mas minha visão ficou preta e só conseguia escutar um barulho muito alto de ventania e sentia como que estivesse sendo puxado pra cima por uma força como que a gravidade, sentia uma forte vibração por todo meu corpo, mas não via nada, então eu simplesmente voltei ao meu corpo. A posição de mãos que eu usei foi cruzar os meu dedos e fazer um triângulo com os dedões e deixei minhas mãos entre o umbigo e os peitos, no meio deles. Esses dias eu venho praticando meditação, e treinando minha concentração com exercícios de visão. Também tento absorver toda energia positiva do ambiente, eu sinto realmente que estou repleto de boa energia, e tento exalar essa energia para as pessoas e para o ambiente, talvez isso tenha colaborado.
  4. Fui para um hotel com uma namorada, a noite foi calma, jantamos, passeamos e depois voltamos para o quarto. Fizemos muito sexo, foi uma delicia e relaxante. Antes de adormecer, pensei: "externalizei muitas energias com os orgamos e a atividade sexual, hoje saio do corpo com facilidade", fiz um pouco de olve, relaxei e adormeci. Às três da manha, comecei a adormecer e quando percebi olhei para o lado e vi minha namorada e outro cara na cama, ela estava entre nós, o cara estava deitado, nu. Me levantei da cama e falei: "cara, que p***** é essa?, ti falei que não topo essas coisas de menage, nem essas putarias, quem é esse veado?", eu estava muito p***** com a situação, o cara só me olhava e ela também. Ela respondeu: "ele é meu amigo, o que que tem demais?" Fui saindo para a sacada do quarto e falei "manda este trouxa embora agora", sai estava muito p*****, olhei para a paisagem, vi umas cenas estranhas, vi mulheres nuas dançando em uma sacada de outro quarto e um cara no apartamento de cima, tentava alcança-las, ou algo assim, mas não me toquei que estava projetado, embora tudo estivesse muito nítido, a visão do quarto, da sacada, a penumbra da noite, tudo era real. Voltei para o quarto e o cara estava com a cabeça encostada na barriga da minha namorada, não tinha ido embora, fiquei mais p***** ainda e gritei, "p*****, manda este idiota embora agora, caramba", o cara se levantou olhando para mim, saiu andando e o vi indo em direção a porta. Continuei discutindo com minha namorada, enquanto ela se vestia, e ela me falava "poxa, você é antigo, tem que se modernizar, tudo é natural", enquanto ela se vestia eu olhava para ela, e notei que ela estava diferente, bem mais baixa do que o normal, tinha no máximo 1,60, enquanto minha namorada tem 1,80, um pouco mais alta que eu, fiquei olhando para ela e percebi que não era ela, então despertei no corpo. Fiquei parado, rememorei tudo, e as conclusões são obvias, eu saí do corpo, vi espíritos na minha cama e conclui, fiz uma associação mental que eram minha namorada e outro cara. Comecei a discutir com eles, e eles entraram na brincadeira, me observaram e levaram essa situação até eu despertar. Eles estavam deitados e relaxados quando os vi pela primeira vez, portanto, devem ter participado de nossas relações sexuais, "fomos um lanchinho, ou na verdade, um banquete, por o sexo durou um bom tempo". O espirito que se fez passar por minha namorada, ou melhor, ela não se fez passar, era muito mais baixa, o cabelo diferente e tudo mais, ela deixou que eu falasse tudo que queria, me observava, com paciência, eu que fiz a associação mental, ela não fez plasmagem para pelo menos ficar parecida com minha namorada. Foi uma projeção muito lúcida com relação a riqueza de detalhes em que vi o quarto, a penumbra da noite, a cama, a sacada e tudo mais. Eu vi somente os espíritos ao olhar para a cama, meu corpo e da minha namorada não foram percebidos por mim. Muitas pessoas passam por quartos de hóteis, diariamente, e muitos vão somente para terem relações sexuais, portanto creio que sucubus e incubus devem abundar esses lugares.
  5. Olá Viajantes! Este será meu último relato. Aprendi algumas coisas que são alcançadas olhando para o seu universo interior e que antes procurava no universo exterior numa busca desconexa. Fiz minhas técnicas e pouco antes de adormecer fiz algumas perguntas sem verbalizá-las e as mantive na mente até onde foi possível. Algumas questões sobre saúde de pessoas amadas, sentido da vida física e sobre a busca desordenada de conhecimento de diversas fontes. De repente, quando me dei conta, estava andando numa espécie de veículo com um senhor e uma moça passando por algumas ruas aqui do meu bairro. Estavam completamente vazias. Levaram-me até uma praça grande aqui perto e perdi parte da rememoração. Lembro apenas de reconhecer bem o local, de ver as casas e edifícios ao lado mas de estar preso com uma mulher "bonita" grudada em mim tentando me beijar a todo custo. Foi uma luta difícil vencendo estímulos e mantendo a ética em respeito a pessoas que são nossas parceiras de vida. Consegui me livrar daquilo e acordei no físico. Fui ao banheiro e na volta fiz um pouco de OLVE. Iniciou-se um evento de toques nas minhas costas que a princípio pensei serem da minha esposa. Era uma massagem que arrepiava o corpo todo e tinha toques suaves em diversos pontos da coluna. Em seguida, um súbito evento de psicofonia iniciou-se e recebi um grande volume de conhecimento que é apenas dirigido a mim e minha esposa. No final da comunicação perguntei sobre essa minha recente projeção semi-lúcida. Recebo a mensagem de que devo me positivar mais no plano físico e que esse evento não passou de uma percepção motora sequencial dentro de um conjunto de acúmulos no subconsciente. Não negou a projeção mas disse que as autênticas são muito mais expressivas e facilmente distinguíveis. Lembrei de apenas umas 3 nesse nível de consciência. De resto, devo beber muita água, eliminar mídia de desinformação, limpar meu subconsciente e focar apenas em pensamentos positivos. Muita água, paz e luz a todos! /\
  6. Ontem tive a minha primeira projeção consciente, deitei virada pra cima e com as mãos entrelaçadas no abdômen, fiquei imaginando que ia conseguir me desdobrar e relaxei, tempos depois despertei com a consciência fora do corpo físico (não lembro quanto tempo foi, mas não foi muito). Fiquei muito perto do corpo, não cheguei a virar para vê-lo, porque logo fui perturbada por um espírito que começou a jogar cobertores em mim, a princípio pensei que fosse meu noivo que dormia próximo, a estatura era parecida, ainda falei, "paraaa amor, paraaa de jogar coisas em mim", mas quando olhei pro rosto, vi que não era ele.. era outro cara.. o quarto estava mais amplo, os móveis físicos não estavam nessa dimensão. O danado do Espírito não me deixou em paz, não consegui me mover, ele jogava coisas incessantemente.. aí voltei pro corpo. Lembrei de tudo quando voltei. Fiquei feliz por ter conseguido, na próxima estarei mais preparada
  7. Sou ainda iniciante na prática da projeção astral e, umas semanas atrás, tive, creio eu, uma projeção astral consciente. Acredito que tenha sido porquê eu lembro de levantar da cama e estar tudo muito mais claro do que o comum. Okay, levantei e fique sentada na cama (o.b.s. : eu não sabia que estava em uma projeção). Comecei a cantarolar uma música que meu vizinho tava escutando e, de repente, na porta do meu quarto começou a surgir uma luz muito forte e que transmitia tanto amor que eu comecei a fechar os olhos e ficar com sono novamente. Não lembro de ver nenhuma silhueta ou algo parecido. Era só uma luz que ia ficando cada vez mais forte e transmitindo muito amor cada vez mais que ia surgindo. Então, eu acordei. E realmente meu vizinho estava tocando a música que eu ouvia na projeção. E eu fiquei me perguntando depois será que era meu/minha mentor espiritual ou alguém com uma maior evolução espiritual que estava no meu quarto? O que vocês acham??
  8. Olá Projetores! Consegui projetar com lucidez algumas vezes desde o ano passado quando iniciei a prática das técnicas do Saulo/GVA mas nunca havia passado pela situação de ficar "preso" no estado de catalepsia projetiva. Apesar de já ter feito algumas experiências lúcidas fora do corpo, o máximo que senti foram algumas situações de intensa vibração do corpo e a posterior saída já em Astral. Dia desses, após fazer as técnicas, senti meu corpo extremamente pesado e vibrando muito. Parecia que estava sendo eletrocutado. Meu corpo não respondia e não conseguia me "descolar" para sair no Astral. Não sei se comi demais naquela noite ou estava negativado mas foi assustador como nunca antes. Agora entendo o medo que alguns relatam e mesmo sabendo que não deve ter nada por ali (espero), a sensação é de que estamos desprotegidos, sem controle e à mercê do que possa estar por perto. Fiz um esforço gigante para conseguir sair daquele estado (parecia que meu corpo fisico pesava umas 5 toneladas e o psicossoma apenas algumas gramas) e dei apenas alguns passos exaustos no Astral até acordar num intenso salto na cama. Com certeza estava com muito "sebo" astral. Vou comer apenas coisas leves antes de tentar as técnicas pois acredito que alimentação pesada é tão ruim e sebosa quanto álcool e outros vícios grudando o psicossoma no corpo físico. Dá para sentir o conflito de densidades. Espero que isso não se repita! Abs e luz a todos!
  9. Ola Viajantes! Semana de grande aprendizado para mim e minha família. Início difícil e posterior aprendizado "na marra". Não vou postar detalhes pessoais nem mensagens, as quais acredito serem alcançadas naturalmente de acordo com o seu grau de evolução/expansão, mas relatarei alguns detalhes "técnicos" que podem ajudar outros interessados em se aprofundar nos estudos. Acho que algo mudou na minha experiência de umas duas semanas para cá. É como se fosse sendo poupado menos e exposto mais a situações que acabam por elevar a nossa compreensão e sempre acompanhado por consciências-guia. O meu ritual diário começou a resultar em saídas de formas diferentes e acredito que alguns fatores as tornaram até mais fáceis. Não sei nem como começar... Descobri que procurava respostas da forma mais difícil e pouco prestava atenção a pequenos sinais diários e pontuais que, se unidos e colocados em sequência, resultam nas respostas. Uma mensagem que se tornou repetitiva nessas duas últimas semanas foi a de que é preciso chamar 3 vezes tudo aquilo que almeja nos planos mais elevados. Tem muita lógica pois se você pronuncia 1 vez pode ser uma citação, 2 uma coincidência, mas 3 já indica solicitação. Claro que é preciso pedir com profundidade e seriedade. Não se deve pedir algo absurdo ou sem algum tipo de conexão com a sua realidade atual. Também é preciso criar o maior número de conexões possíveis para que o universo possa ter mais chances de te responder. Passei por algumas situações de bloqueio no estado de catalepsia projetiva e levei alguns sustos mas agora entendo que estava sendo treinado para dominar mais as técnicas. Num dos "sustos" lembrei de chamar por meu guia/mentor e do esquema das 3 vezes. Na noite seguinte, após as técnicas, me vi sentado numa cadeira simples de madeira com uma mesa quadrada igualmente simples e numa sala vazia. Vi o rosto de um ser que me fez lembrar de que já o conhecia há muito tempo. Não era uma feição 100% humana mas tinha alguns traços semelhantes. Um cara ruivo com olhos gigantes e na cor ocre brilhante e luminescente. Impressionante. Ele disse: "Vi que você me chamou.". Ficamos um tempo conversando e ele me mostrava coisas da minha infância na forma de imagens numa espécie de tela. Vi algo como uma casa que não existe mais e outras coisas. O tempo inteiro senti como se ouvisse um som suave distante e muito relaxante. Parecia que estava sendo purificado. Sei que vi mais coisas mas não me recordo. Mudei de sala e fui apresentado a uma mulher com o mesmo aspecto só que com os olhos azuis e igualmente luminescentes. Dessa vez notei que ela era muito maior do que eu, acredito que com mais de 2 metros e meio de altura, mas muito delicada e com movimentos muito precisos. Senti uma energia muito boa e ela queria saber qual era o meu problema. Expliquei algumas coisas que acontecem na família e sobre o que tento pesquisar e falei que não sabia como resolver um problema ligado a uma consciência enferma. Ela tocou com sua mão gigante na minha cabeça e disse que eu já sabia como fazer e que era para aplicar agora mesmo. Num piscar de olhos estava em meio a uma catalepsia moderada (não tão assustadora como uma que relatei) e pensei em ficar calmo. Fiquei ali por alguns minutos enfrentando o medo e pensando que era só eu ali. Em dado momento consegui levantar e passei direto pela porta indo para o cômodo "afetado" e cheguei de surpresa assustando a tal consciência. Ficou apavorado. Não sei como, me elevei do chão, coloquei a mão esquerda sobre o umbigo e apontei a mão direita para ele. Nem precisei fazer nada pois a consciência disparou fugindo como se fosse um tiro. Incrível. Repito, não cheguei a fazer nada efetivamente. Voltei para o corpo tranquilamente ouvindo uma espécie de "Viu?" na minha mente. Depois disso, projetei com facilidade nas demais noites e chego a acreditar que o consumo de glicose (doces) sem excesso ajuda no processo. Água mineral também parece exercer uma força incrível no "descolamento" e o principal, é você se aceitar bem e na condição em que vive. Senti que me libertei de algumas amarras ao conversar com o primeiro ser amigo. Isso deixa a alma mais leve. Aprendi que tudo o que precisa bancar forte e poderoso na verdade esconde uma falta de evolução e que não deve ser enfrentado como um inimigo e sim como uma consciência enferma. Descobri que "morrem" de medo da gente e que na maioria das vezes são apenas consciências com baixíssima lucidez precisando de amparo. Quanto maior for a necessidade de força e poder, menor é o nível evolutivo e consciencial do ser. Precisamos nos concentrar em sermos mais seres das estrelas e ligados ao avanço tecnológico do que presos a conformidade animalesca de suprir necessidades fisiológicas presas ao solo. É duro mas seria melhor pensarmos menos em esfregar carnes para expelir substâncias e mais na busca de conhecimentos, curas e formas de expandir a consciência geral. Paz e luz a todos!
  10. É uma duvida bem simples e direta. A masturbação pode interferir de alguma forma a projeção? Principalmente se for feita antes da projeção? Aparentemente após a masturbação temos um certo tipo de relaxamento, isso é a liberação da energia sexual ou apenas estimula esse tipo de energia que teoricamente pode atrapalhar a projeção com algum tipo de assédio e etc ?
  11. Boa tarde pessoal, meu nome é Fernando, tenho 31 anos, sou novo aqui no fórum. Eu venho realizando as técnicas completas e compactas do Saulo Calderon, quase todos os dias, e tenho conseguido algumas projeções, quero me melhorar quero superar minhas dificuldades na Vida, como todo. Parece que o reequilíbrio de chacras tem me feito bem, me sinto mais em paz. Desde 2007 que conheço os vídeos do Saulo, na época tentei me projetar mas tive apenas alguns sonhos lúcidos. Mas a mais ou menos um mês atrás, tive uma primeira projecao que foi involuntária, e foi fantástica no sentido de "cara agora eu sei que a Vida não acaba aqui" creio o mentor me fez ter a experiência para começar a estudar novamente o assunto, e para me ajudar. Após isso comecei a realizar as técnicas, e ter mais experiências, umas 3 a mais fora essa de hoje, mas vou contar aqui a que ocorreu hoje dia 26/08/2018. Hoje, voltei a dormir após levantar de manhã, deitei para retentar uma projeção, e coloquei um áudio binaural que encontrei na internet, comecei a sonhar coisas diversas, depois derrepente eu comecei a me sentir mais consciente, olhei o céu pela janela do quarto (no astral estava aberta). O céu era um azul diferente, mais forte e muito bonito, fiquei maravilhado com aquela cor. Eu quis então sair e voar naquele céu. E meio que pulei (pulei?) a janela, muito mais leve do que em corpo, tipo como se passasse ao outro lado só ao pensar, mas ao mesmo tempo foi pela janela(não atravessei nenhuma parede). Então minha visão tipo ficou como tudo "cinza" enchergando apenas alguns relevos do quarto, relevos de móveis(linhas dos móveis no cinza da visão), enxergando isso já pelo lado de fora da casa, após "pular" a janela, onde tem então um pequeno espaço como um corredor e logo o muro de outra casa. Pensei firme em ver e sabia que estava em projeção, então minha visão voltou. Tentei voar, mas não consegui (meio que fiquei acima do solo mas encostei na parede da casa e não conseguia subir. Entrei pela porta do salão (antigo salão de cabeleireiro de meu já falecido avô) meu tio estava ali no computador, mas eu não olhei para onde ele estava quando passei, sabia que tinha alguém ali, mas não sabia quem era. Continuei indo agora passei pela sala, e fui até a cozinha, nesse meio caminho vi um gato todo branco ( na casa temos uma gata preta e branca) tentei alisar ele mas ele não me viu, meio que somente sentiu algo ( já houve muito antigamente um gato branco na casa mas desapareceu a muito tempo, há anos). Fui até a cozinha e vi minha avó com a roupa exata que, confirmei depois que ela estava, e estava arrumando cozinha. E escutei ela pensar "minha nona". Fui até o quarto em que durmo olhei a cama e meu corpo não estava la inclusive a cama tinha lençóis diferentes e não tinha cobertor. Fui até o quarto de meu tio, estava escuro (janela fechada) o vi deitado, mas sabia que não era ele, ele me cumprimentou como de costume, mas olhei nos olhos e sabia não ser ele, depois prestando mais atenção o vi com pele mais branca, mais gordo, com cabelo diferente e aparência diferente do que é (um espírito se plasmou assim para me enganar?). Vim para meu quarto, pela janela do quarto, o mesmo que eu estava dormindo, vi pela fresta da janela entreaberta, um espírito de um homem do lado de fora da casa, e quando me viu ele saiu e achei que viesse me atacar, mas não veio, só não gostou que eu o vi. Pensei em voltar para confirmar os fatos. Acordei. Fui até o quarto de meu tio, ele estava no salão e não no quarto, e o quarto estava claro com a janela aberta, e não fechada como vi. Perguntei a minha avó se ela tinha pensado as palavras "minha nona". E sim ela me confirmou que havia pensado, pois pensou em um texto que escreveu no Facebook, e que deveria ter colocado a palavra "minha nona" ao invés de "minha avó", e estava arrumando a cozinha como vi, e também com a roupa que vi. Desta vez eu não estava com medo como das outras, mas estava como eufórico, de modo que percorria rápido os ambientes, observava as coisas muito rapidamente, na maioria das vezes. Me pergunto: Há como escutar o pensamento de um encarnado como ocorreu comigo, sem ela direcionar pensamento a mim? Pois ela só pensou, não falou nada O gato branco, há muitos anos sumiu, poderia até agora estar aqui? Poderia ser um outro animal projetado aqui dentro? Há uma gata inteira branca aqui no vizinho Obrigado meus amigos! Gratidão Abraço
  12. Você lembra de ter tido uma experiência durante a noite. Foi sonho ou projeção? REGRAS BÁSICAS PARA FACILITAR A COMUNICAÇÃO: 1-Se DURANTE a experiência aconteceu você SABIA estar fora do corpo, chame de projeção. Se NÃO SABIA, chame de sonho. 2-Se uma coisa ou outra indicava que você parecia saber, mas isso não gerou um despertar maior, chame de EXPERIÊNCIA SEMI-LÚCIDA. --------Exemplo: você estava conversando na sala com uns amigos, então toca o telefone e você atende. Ao atender a cena muda e a pessoa com quem você falaria aparece na sua frente e você acha normal e a convida para sentar ali com você e seus amigos. Achar normal alguém se materializar na sua frente mostra que você sabia, de uma maneira vaga, que estava numa experiência NÃO FÍSICA (caso contrario talvez acordasse, pelo susto) mas essa percepção não foi suficiente para ativar a lucidez completamente. Mas não temos como saber se foi projeção ou sonho, já que isso pode acontecer em ambas as experiências, só dá para saber que foi ou “projeção semi-lúcida”, ou “sonho semi-lúcido”. 3- Se havia problemas energéticos (dificuldade de visão, dificuldades para ver letras e números, pernas pesadas, dificuldade de movimento, ter fraqueza repentina) foi projeção, mesmo que não tenha havido lucidez. Sonhos não costumam apresentar esses problemas, porque são imitação das experiências do físico, onde nunca acontecem problemas energéticos de nenhum tipo. 4- Se você voou, atravessou paredes, tinha outra aparência.... Caso você seja adulto e não fique enchendo a cabeça de lixo mental, como games, desenhos, similares ao que aconteceu, é bem provável que tenha sido projeção, pois usou as habilidades astrais normais. Nesses casos a gente não pensa , durante a experiência, “ah, meu corpo físico está lá deitado e quando acordar vou lá relatar no gva”. Você fica totalmente imerso no que está fazendo em astral, há apenas uma percepção vaga de que você está encarnado, assim como quando você está no trabalho não está com a mente no que estaria acontecendo na sua casa. Você apenas sabe que tem uma casa para onde voltar, no final do expediente. Você sabe mas não pensa nisso, não fica lembrando. Mas por usar as muitas habilidades astrais disponíveis, isso mostra que você estava lúcido, pois estava tomando decisões em perfeita sintonia com as possibilidades do plano em que estava e do corpo que estava usando. Porém, essas habilidades astrais também estão acessíveis se você conseguir gerar um sonho lúcido, porque nesse caso você tem controle do ambiente que te cerca, já que é tudo plasmado. Mas aí a dúvida seria outra: “foi sonho lúcido ou projeção lúcida”? ALGUMAS DEFINIÇÕES: SONHO= criação mental que acontece enquanto seu corpo astral: -----(1) está deitado na cama, perto do corpo físico, ou ----(2) PODE ACONTECER ENQUANTO VOCÊ VAGA SONÂMBULO PELO ASTRAL. Mas nesse caso você pode estar em astral andando pela rua, mas estar sonhando que está digitando no PC do seu quarto. O SONHO, a criação mental propriamente dita, seria o "digitar no PC do seu quarto", enquanto que vagar sonâmbulo pela rua astral, sem percebê-la, seria uma projeção INCONSCIENTE, acontecendo ao mesmo tempo que o sonho.(vejam exemplo no relato do Muldoon, aqui: http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/18568-sono-leve-é-sinal-de-estar-dormindo-perto-do-corpo/&do=findComment&comment=84281) SONHO LÚCIDO= quando você desperta a lucidez dentro das ilusões citadas acima. A fantasia mental pode continuar, ou se dissipar. Se ela continuar, você segue fazendo o que fazia antes, ou opta por tentar outras coisas, esse sim é o sonho lúcido propriamente dito. Mas se ela se romper, acabou o sonho lúcido e assim , no caso 1, você acordará na cama ou flutuando pouco acima do corpo, mas no caso 2 você acordará na rua, em seu corpo astral, e a partir disso estamos falando em projeção PROJEÇÃO ASTRAL= estar fora do seu corpo físico, em corpo astral, podendo: (1)estar lúcido (projeção lúcida) ou (2) sem lucidez ("sonho"), ou (3) com alguma vaga sensação de lucidez (projeção semi-lúcida, "sonho lúcido"). A confusão com sonho surge porque se você está sem lucidez, não pode saber se está preso na ilusão, ou vivendo um evento astral. Já a confusão com sonho lúcido surge porque não estando totalmente lúcido a mente pode seguir plasmando muitas fantasias mesmo que seu ambiente astral seja real, um ambiente não plasmado. Essas fantasias farão com que toda a projeção ser contaminada com muitas distorções e assim vai parecer sonho.
  13. Lembro de ter projeções desde criança mas sem saber do que realmente se tratava. Morava perto de um parque que tem um grande lago e me via voando e fazendo piruetas sobre as aguas. Era bem comum me ver testando a leveza do corpo no quintal da minha casa e sair flutuando. Difícil era ficar no chão. Agora, depois de muitos anos, mesmo depois de praticar várias técnicas e fazer o possível para manter minha vibração elevada num ramo estressante e vivendo numa cidade terrivelmente materialista, são raras as vezes quando consigo volitar nas minhas projeções. Nunca mais consegui "voar" sozinho, sempre acompanhado e amparado e fazendo uso das famosas "capsulas" de ascenção. Quando consigo uma projeção bem estruturada e planejada, saio do corpo mas tudo parece como aqui no físico, e, tirando o fato de que posso atravessar superfícies, preciso andar e o ambiente se manifesta com quase a mesma gravidade daqui. Quando tenho experiências interessantes que transformo em relatos, noto que normalmente estou sendo amparado e conduzido por outras consciências amigas. Sou/estou muito denso? Pode ser kármico? Como reverto isso?
  14. Boa tarde irmãos, hoje tive um projeção muito intrigante. Fiz a técnica completa 3 e parei no momento da gangorra. Pois estava com sono. E não conseguia me concentrar. Pois bem, senti que estava saindo( incrível como começamos a nos conhecer e perceber as reações), notei que algo me puxava pela boca e pescoço e eu sentia dizer vc não vai. Eu me sacudi e consegui sair. Quando abri os olhos vi várias pessoas andando sem rumo , falei alto que estava lúcida e que queria ajudar. Não se meu erro foi aí, não chamei meu mentor. Logo vi um cara que tentou plasmar em meu filho, depois meu irmão e por último meu pai. O cabra tentava me abraçar levantei às mãos e fiz um Olve e disse não toca em mim. Mandei luz pra ele. Nessa situação de mandar luz pra consciência notei o semblante dele, era muito pálido e sem camisa, quando enviei luz parecia que aquecia o corpo dele. Mas o ser vinha pra cima de mim e esbarrei em uma parede e não andava mais. Fiquei apreensiva de repente algo pós a mão no meu rosto e ficou escuro e disse pra mim, " mostra quem vc é de verdade", sei lá o que aconteceu . Apareceu algo perto de mim, ou era eu ou estava mesclado a mim, o Arcanjo Miguel. Uma voz alta ecoava e falava sou mensageiro do Arcanjo Miguel, e o pau rolou. Foi luta , eu lutava tipo Jiraya , mistura de Sheena, gladiador com um bichão preto de capa, sei lá o que era aquilo. Mas todo o momento eu ouvia vc está lúcida, isso é real. Bicho, acordei me tremendo do pé a cabeça. Com um medo danado de abrir os olhos e ver aquele vulto preto que lutou comigo. Mas não teve jeito fiquei com vontade de ir no banheiro. Levantei e fui. Ao deitar não conseguia dormir com medo. E acredito que meu mentor falou comigo por intuição. Ele disse ouça a técnica de relaxamento do mar. Dormi e acordei menos cansada hj. Mas com essa dúvida enorme sobre os anjos se eles aparecem assim pra nós ajudar. Detalhe eu ascendi uma vela para os anjos da guarda dos meus filhos e para mim. Oramos sobre a vela consagrando-a aos anjos pedindo proteção. A princípio achei que podia ser uma lombra minha( Brinks) , mas o fato de eu repetir que estava lúcida e que era real. Sei lá... Alguém já teve contato com anjos? E possível? Ou fiquei sugestionada pela vela?
  15. Boa tarde irmãos, não sei se este é o local correto para escrever, mas vamos lá. Eu sou nova no GVA, Já estou muito feliz por ter conseguido o Despertar, porém venho pedir auxílio dos mais experientes. Recentemente meu esposo faleceu. Estou muito dedicada ao lado espiritual, pois ele ao fim de sua jornada fez uma projeção e conversou com sua mãe. Tranquilizando-a que estava bem e que sua missão na Terra havia acabado. Em minhas pesquisas por esse fenômeno cheguei até aqui com vocês. Até aí vamos caminhando, a questão é meu sogro. Ele sofre muito e chama pelo filho. Eu e minha sogra crêemos muito na vida após a morte. Mas ele não. A minha dúvida posso eu conversar com o meu Mentor e pedir amparo para meu sogro. ( Detalhes ele é diabético e teve a perna amputada, está acamado, não moro no mesmo Estado que eles,por conta disso não estou presente na vida dele, é ele se sente solitário), e se é possível fazer projeção para ajudar pessoas encarnadas? Outra dúvida não sei porque não consigo mais projeção consciente. Durmo e nem lembro de ter sonhado. Seria possível outro projetor ir lá. Fazer o amparo? Agradeço se puderem esclarecer essas dúvidas.
  16. Dormi sem pretensão nenhuma de projeção após um dia normalmente corrido. O único detalhe diferente é que jantei bem pouco, quase nada. Acabei dormindo sem fazer técnica nenhuma e deitei de lado. De repente me vejo num forte estado vibracional (coisa que não é comum para mim pois fico lúcido já de pé) e forço para me descolar do corpo físico. Sento na cama, levanto e dessa vez pensei: vou para o outro lado (sempre saio pela janela). Não sei porque abri a porta pela maçaneta mesmo (esqueci de atravessar), aumentei a claridade do ambiente e vasculhei a casa toda na procura de alguma consciência. Sem nenhum medo. Enquanto andava, ficava fazendo testes de lucidez como cálculos e conferi várias diferenças na minha casa. Desci as escadas e dei de cara com o meu filho maior sentado no sofá da sala. Lembrei dos relatos que vocês contam e pensei que não deveria ser ele mesmo. A pessoa me pedia para dar uma olhada na rua em frente a janela. Olhei e vi uma fila de pessoas! Elas estavam esperando para entrar em minha casa. Achei aquilo muito estranho mas todas as pessoas me trataram muito bem e cheguei até mesmo a cumprimentar algumas. Lembro de uma moça oriental e um senhor bem pálido. A rua estava diferente também apesar de lembrar bastante a aqui do físico. Não soube o que fazer e fiquei ali andando até que a minha bateria astral acabou e acordei no físico. Acho que ando exteriorizando energias e atraindo consciências para amparo. Minha esposa, mesmo sem rememorar, já está começando a amparar também mas acorda fraca e com dor de cabeça. Acredito que ela vai despertar em breve.
  17. Saudações a todos os membros desse grupo!! bom atualmente tenho 18 anos e o mundo astral veio simplesmente de atropelo a minha vida desde o inicio do ano, so tenho a agradecer ao mundo por ter me dado este caminho pois cada dia venho amadurecendo e melhorando como pessoa, ser etc. eu tenho minhas experiências com meditação, ja fiz uma regressiva, sei meus defeitos os quais devo focar, e tive constantes contatos e sonhos lucidos nas ultimas semanas(recebi algumas coisas no espiritual), porém ainda procuro sobre projeção pois isso me é necessario(em teoria para entrar com a egrégora qual pertenço, que aparentemente e a fraternidade branca, ao menos tenho algumas provas que na minha cabeça julgo como suficientes), gostaria de pedir algumas ideias e dicas sempre são bem vindas(mesmo que eu sou quem julgo meu caminho e trilho ele, sempre e bom ter um pouco de apoio externo para aprender a andar com as proprias pernas e iniciar a jornada). agradeço por toda atenção e sermão desde ja
  18. Oi bom dia Me chamo isis tenho 17 anos e recentemente eu comecei me interessa muito por viagem astral, sonhos lúcidos. Eu comecei tentar fazer viagem astral faz um tempo mas sempre dormia quando fazia, eu chegava a nível de não sentir meu corpo estar muito relaxada e não sentir os braços sabe e acabava dormindo sem querer porém hoje essa madrugada houve algo diferente. Eu estava tentando fazer e dormi novamente, porém foi um sonho diferente eu estava em uma praia maravilhosa um lugar lindo e lá eu conhecia algumas pessoa e fiz amizade com pessoas diferentes porém tempo todo eu estava conversando e falando sobre viagem astral e conheci duas pessoas maravilhosas pareciam me ajudar, eu sabia tava estranho eu olhei para pessoa que tava conversando e falei: eu tô sonhando. eu entendi aquilo não era verdade e aí do nada eu tentei fazê uma viagem no sonho e senti uma sensação muito gostosa diferente eu senti como tivesse saindo do corpo cheguei sair um pouco mas fiquei muito empolgada acelerada e apavorei e voltei pro corpo e na mesma hora acordei, eu acho foi sonho lúcido não sei dizer oq foi, queria ajuda para entender mais sobre assuntos e se alguém tem dicas para mim.
  19. Boa tarde à todos! Bom, hoje eu consegui tentar a minha saída para o astral de forma lúcida, eu estava no meio de um sonho e me dei conta que estava consciente, então resolvi tentar minha saída, foram diversas vezes sem sucesso, sempre voltando ao corpo, e nas vezes que consegui me afastar um pouco ou não enxergava nada, ou enxergava muito pouco, e notei que também as vezes a porta parecia rígida, e as vezes eu passava por ela como se fosse uma gelatina. Quando eu acordei ficou parecendo sonho, achei estranho. É normal isso por ser a primeira experiência lúcido fora do corpo? (ps: fiz os trabalhos energéticos todos, os novos, que o saulo passou ontem 18/07/18 no faq 421).
  20. Companheiros, gostaria de tirar uma duvida sobre certo ocasião. Determinada noite acordei em uma certa paralisia, consciente senti o meu corpo totalmente paralisado (o que já aconteceu em outro momento), mas desta vez senti todo meu corpo esquentar muito, principalmente a o lóbulo da orelha direita, onde senti uma temperatura ainda maior. Outro fato que agrega ao relato é que estava com olhos fechados (não conseguia abrir) mais sentia uma aura circular laranja que surgia como um ponto e aumentava envolvendo todo o corpo, como se fosse ondas De certo modo, mesmo sentido o corpo quente não gerou incomodo, pelo contrário, me senti reconfortado. mas pelo medo do desconhecido e somada ao desespero de não conseguir mover o corpo, não quis me manter nesse estado . Minha duvida é o seguinte. O que pode ter acontecido? poderia esta em uma situação de ser amparado por mentores ou de algum contato com plano astral? ou pode ter sido apenas uma alucinação? sou inexperiente no assunto espiritual como um todo e por isso não soube interpretar e entender a situação ocorrida.
  21. Hoje passei por uma experiência que foi no mínimo educativa. Acordei as 5:20 e lembrei de tentar projeção. Parecia que não conseguia prestar muito a atenção na OLVE, parei e fiquei simplesmente tentando manter minha consciência ligada. Curiosamente, ouvi meu próprio ronco e pensei em deitar de lado para dormir melhor. Virei e já entrei em estado vibracional bem forte e rápido. Em poucos segundos já sentei na cama no Astral, respirei bem fundo e pedi para clarear o ambiente. Deu certo. Era meu quarto só que a cama estava sem nenhuma coberta, lençóis, etc., e a janela estava sem cortina. Consegui sentir a gravidade do Astral e fui bem leve semi-volitando até o lado onde estaria minha esposa. Não consegui acordar ela e resolvi voltar para a janela. Vi meu reflexo no vidro e atravessei a parede sentindo que estava fazendo um certo frio lá fora. Fiquei com frio e pensei em andar pela casa mesmo mas acho que fiz algo errado e fui atraído para o físico. Nessa "viagem" entre o plano Astral (leve e sutil) minha consciência passou por outro plano antes de chegar no físico. Senti que estava deitado na cama mas tinha uma mulher encostada em mim falando coisas para me "agradar", eu relutava mas estava super pesado e grudado na cama. Ela subiu em mim e começou a se "esfregar" em partes do meu corpo. Era uma moça e parecia uma baladeira drogada. Dessa vez não fiquei assustado mas sim com raiva e consegui acordar no físico. Eu tinha feito Belilim + Circulo mas acho que não da maneira correta. A experiência serviu para me mostrar que existe essa camada entre o físico e o Astral onde habitam essas consciências que violam nossos corpos sem nossa permissão. Ou alguém preparou o ambiente para que eu notasse o assédio...
  22. Seria possível algum ser te tirar do corpo?, tenho um relato de que um ser prateado sem feição ''rosto', corpo bastante alongado todo prateado cromado..', mas tinha o universo representado por ele(no rosto).., me tirou do corpo, senti todos os meus pontos de chakra.. me senti pleno'' rs', esse ser queria me mostrar algo mas não fui por medo.. pois não entendia na época.. porém me senti muito bem quando ele me tirou do corpo.. deu uma vontade de chorar de felicidade e tive uma visão panorâmica do quarto..
  23. Eu estava de folga, mas acabei acordando por volta de 5 horas da manhã por ainda estar no ritmo de trabalho e aproveitei o horário para algumas práticas energéticas, então lancei mão do seguinte ritual: levantei, fui no banheiro, bebi água, voltei para a cama e fiz algumas orações. Também aproveitei para pedir aos meus Guias e aos Amparadores que me levassem para algum trabalho de caridade, me coloquei à disposição para ajudar. Então coloquei uma "brainwave" (tipo de som que estimula o cérebro) no celular dedicada a induzir a mente à projeção astral e comecei a minha meditação que consiste em não pensar em absolutamente nada. Eu tinha grande dificuldade em chegar a esse ponto de não pensar em nada, já que só em se esforçar em não pensar em nada, você já está formando um pensamento. A maneira que eu encontrei para abstrair é bem simples: basta focar na respiração... Inspirando e expirando... Sem pressa... Daí, depois de alguns minutos de prática meditativa, eu já começo a sentir o corpo formigando e as vibrações cada vez mais fortes. Na sequência vieram as visões hipnagógicas e eu desliguei o celular e me acomodei, confiante de que estava pronto para mais uma experiência. Então eu "acordei" em um lugar desconhecido, pessoas que nunca vi pareciam bem tranquilas e, para a minha surpresa, eu via tudo do alto. Eu me dei conta que estava voando e fiquei muito feliz, não tinha lá muito controle, mas achei muito boa a experiência. Eu fiquei voando sobre o lugar e olhando detalhadamente o local onde algumas pessoas viviam, vi algumas ruínas que pareciam uma fábrica antiga e notei que umas pessoas se abrigavam ali. Eu estava muito lúcido e me bateu a curiosidade em saber onde era aquele lugar, então eu me vi no solo e perguntei a uma mulher qual era o nome daquele lugar onde eu estava, então ela respondeu com bastante naturalidade: "o nome desse bairro é Vitale". Ainda curioso, perguntei em que lugar do Brasil eu estava e mais uma vez obtive a resposta: "Estamos no estado de São Paulo". Agradeci à mulher e pensei em ver se esse local existia mesmo, eu tinha em mente que precisava guardar o nome do lugar. Então voltei ao corpo e tratei de anotar o nome do bairro e a parte do país onde ficava. Ao acordar, procurei pela cidade e primeiramente achei no ES, depois vi que existe um bairro chamado Vitalle (com duas letra L) em Jaboticabal, no interior de São Paulo… Eu acabei criando um blog para registrar as minhas experiências e compartilhar algumas técnicas: https://viagemastral.weebly.com
  24. Olá. Me cadastrei agora na página. Sempre que deito pra dormir, imagens começam a se formar em questão de segundos. Eu apenas observava, até dormir. Sabia que não se tratavam de sonhos, pois o sonho demora alguns minutos para ocorrer, na fase REM do sono. Ontem, curioso, pesquisei com a ajuda da minha namorada no Google a respeito e encontramos o termo hipnagogia, até então estranho para nós. Li sobre o controle dessas imagens e ao deitar, tentei controlar. Não consigo controlar a imagem que vai se formar, mas após formada, consigo controlar por alguns momentos o que faço com ela, até ela mudar. E foi assim até finalmente dormir. Tentei a projeção, mas sentia como se fosse muito pesado pra "sair". Achei muito interessante a experiência e vou tentar trabalhar nisso. Vou procurar relatos nesse site para me auxiliar. Se alguém puder contribuir com algo, agradeço.
  25. Era de manha, um sábado, estava deitado relaxando, não tinha levantando ainda, e me havia projetado em uma floresta, estando cercado por muitos lobos, a medida que me cercavam, eu jogava energia em cada um com imposição de mãos, e eles desapareciam, sumiam do meu raio de visão. Me lembro de acordar com um EV gigante, e com a respiração meio ofegante, acabará de ouvir um rosnado muito grande, monstruoso em meu ouvido esquerdo, eu estava deitado virado para direita, foi tão alto, tão poderoso, que o susto foi tremendo. Ja tinha ouvido falar sobre rosnados e gritos, e ouvir o meu nome sendo chamado é bem comum, mas um rosnado de um lobo daquela altura e ferocidade me pegou desprevenido, e perdi a projeção instantaneamente e me vi deitado e com um EV muito gigante em andamento.
×
×
  • Create New...