Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'projeçao'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


  1. Olá caros colegas, tudo bem com vocês? Gostaria de compartilhar uma experiência que tive a poucos dias e que ainda me deixa um pouco em dúvida. Sei que essa dúvida deve aparecer milhares de vezes por semana, mas eu gostaria de compartilhar com vocês. Primeiramente gostaria de dizer que não sou muito religioso, nem praticamente (ir em centros). Porém, a religião que mais tenho conhecimento é a espírita e tenho certeza (experiências reais) sobre muitas coisas que a mesma se refere, não tenho a menor dúvida dentro de mim. Enfim, tenho ouvido quando possível o curso sobre projeção astral (ouvi todos os áudios do curso básico e atualmente estou no último áudio do intermediário) e venho praticando a limpeza energética sempre que possível. Faz algum tempo que venho fazendo a mesma e ontem tive a primeira experiência que me pareceu ser um indício de viagem astral, porém, sei que também pode ter sido obra do meu cérebro devido a minha vontade e mentalização. Na noite de ontem, fiz o processo de limpeza energética e cai no sono, como na maioria das vezes. Durante a madrugada, acordei com uma sensação estranha (calor, frio, calor, frio, calor ....) e como não consegui dormir, comecei o processo de limpeza energética novamente. Eis que surge minha dúvida, em um determinado momento eu vi uma espécie de luz com a mesma forma do meu corpo saindo para cima de mim. Depois disso, lembro vagarosamente de ter visto o meu quarto e então ter pensado que deveria sair de perto do meu corpo, seguindo os conselhos dos áudios. Também lembro de ter pensado em verificar de alguma forma se eu estava em uma viagem astral, mas como não lembrei de nenhuma rapidamente me afastei. Então, lembro também de ter passado pelo corredor do meu prédio e ter ido em direção a porta dos meus vizinhos (eu moro em um dormitório onde são vários quartos em um corredor). Essas são minhas únicas lembranças da noite de ontem, o que me deixou pensando se o mesmo se tratou de um sonho ou se foi uma pequena manifestação de viagem astral. Também há pouco tempo atrás, lembro que "sonhei" estar voando, coisa que nunca me aconteceu durante meus 25 anos de vida. Enfim, este é meu relato sobre o ocorrido que eu achei muito curioso. Um grande abraço a todos!
  2. Hoje pela manhã, apliquei a tecnica indireta tentando a separação imediata logo após acordar e funcionou 20% podemos dizer, por que consegui separar o meu pé esquerdo, eu senti ele descolar do meu pé físico e a minha mão esquerda também, fiquei um bom tempo assim mais não consegui separar totalmente o corpo, gostaria muito que me dessem dicas de como conseguir separar a outra parte. Fico muito grato.
  3. No início desse ano de 2017, ao final das férias de ano novo, meu professor de matemática do ensino médio, estava internado em estado grave. Nesse mesmo período de tempo eu tive uma projeção astral lúcida, lembrei cada detalhe. A minha escola tem 2 andares, as salas de aula ficam no segundo andar, exceto uma sala que fica no primeiro, e o segundo andar é somente um corredor que liga todas as salas. Minha projeção começou, eu estava no segundo andar, era de manhã, por volta de umas 8/9 horas da manhã, lembro de cada detalhe, as folhas das árvores balançando, as sombras de cada objeto, entre outras percepções. À minha frente, cerca de uns 2-3 metros de distância estava meu professor de matemática bem feliz e acenando para mim, e então acordei com o meu celular vibrando, por conta das várias notificações de mensagem no WhatsApp, abri meu Whats e as mensagens eram do grupo da minha sala, e estava todo mundo comentando que nosso professor de matemática tinha acabado de morrer. No começo eu acreditava que esse ocorrido era apenas um sonho lúcido, mas hoje em dia acredito que eu realmente estava fora do corpo, pois ele jamais esteve em algum sonho meu, e aconteceu em tempo real, quando eu acordei o clima do tempo era o mesmo da projeção. Essa foi uma projeção simples e bem rápida, mas foi o pontapé inicial dessa minha jornada de estudos e pesquisas, e essa experiência foi muito importante para mim, tanto para o meu desenvolvimento intelectual, quanto espiritual. Espero que tenham gostado deste relato
  4. Olá, pessoal. Sou novo no fórum, tenho 33 anos e a 5 meses estou na Umbanda. Aos meus 16 anos tive minha primeira projeção. Foi assustador um barulho horrível de batidas e um "zuuuuuuuuuummmm" contínuo. Me vi deitado na cama fui até a cozinha e não conseguia mais me mexer. Eu só caia lentamente, lentamente, até tocar no chão e voltei para o corpo. Tive essa experiência 2 vezes bem parecidas daí não tive mais. Voltei a tê-las agora, aos 33. Recentemente tive uma projeção curta porém interessante. Deitei pra dormir e meu corpo começou a vibrar, meus ouvidos começam a zumbir e a intensidade desse zumbido vai crescendo até deixar de ser um zumbido e se transformar num "apito" único, linear. Nesse momento eu saio do corpo. Dessa vez eu tenho mais controle, consigo andar pelo quarto e pela casa mas são projeções mais curtas e num curto espaço de tempo eu volto ao corpo(ou perco a consciência). A penúltima eu pedi para que o meu erê (crianças da Umbanda) me ajudassem a ter a projeção. Foi muito parecido com o relato anterior mas com um agravante. Apareceu uma criança no quarto. Aí que eu começo a me questionar sobre o raciocínio pois em meu estado "normal/físico" eu daria um "oi" e perguntaria quem era ela (sei que não era o meu erê) mas o que fiz foi horrível. Eu fui em cima dessa criança agarrei o pescoço dela e perguntei: "–Quem é você?". Daí voltei pro corpo. Mas eu jamais seria tão agressivo assim. Isso me preocupa. Tive apenas uma incorporação do meu erê no terreiro e a minha conexão mental com ele ainda é pequena. Quando acordei meu erê me perguntou mentalmente: –Gostou, tio? e eu agradeci. A última foi nessa noite. Dessa vez não ouvi os zumbidos nem nada. Só senti a sensação de estar sendo levado por um ser meio azulado (só vi o rosto dele pois ele me segurava) numa velocidade surreal para algum lugar e depois começar a descer e ter a sensação de que eu estava descendo, descendo, descendo pro fundo do mar. Fiquei apavorado e esse ser me intuiu para que eu confiasse. Eu confiei e ele me deu uma "dedada". kkkkkkkkk. Constrangedor mas foi isso mesmo. Enquanto descíamos ele fez alguma coisa no meu chakra base que foi breve mas muito desconfortável. Quando chegamos ao fundo do mar (isso tudo aconteceu em segundos) haviam outras pessoas ali esperando. Parecia uma missão mas não lembro mais do que isso. Sou de Umbanda mas não consegui identificar aquele ser, nunca senti aquela energia. Estou só há 5 meses na Umbanda e nem todos os guias se apresentaram ainda. Nessa mesma noite eu fui na casa da minha vizinha (dessa vez sozinho), passei por dentro da porta (foi uma sensação diferente), e quando cheguei lá tinha um monte de gente acordada, inclusive a minha vizinha, numa espécie de reunião informal de família. O ambiente tava bem animado, todos felizes. Tive a intuição que nem todos daquela familia eram encarnados. Vi uma menina bonita num canto e fui na direção dela e tentei beija-la. Ela se afastou mas eu fiquei sexualmente atraído. Cara, eu sou casado, tenho 2 filhos, jamais faria isso. Pq eu não consigo raciocinar direito nas projeções? Depois, nessa mesma noite, eu fui para um lugar muito sujo, com bares, prostíbulos e muita gente curtindo drogas e álcool. Lembro que tinham pessoas conhecidas comigo mas não sei quem eram. Eu me sentia agressivo e sexualmente excitado. Entrei num bar e tinha uma menina lá bêbada e eu transava com ela e acabei machucando ela sem querer. Foi quando eu acordei. Pessoal, o que está acontecendo? Porque eu não consigo raciocinar direito? Eu, quando acordado, tenho vontade de visitar parentes, curar pessoas, dar passes, Reiki e etc. Quando eu entro na projeção me sinto diferente. Não sei pensar direito... A sensação da projeção é muito gostosa e divertida mas de repente eu fico agressivo ou excitado.... Ajudem.
  5. "Havia deitado no colchão ao quarto ao lado após almoçar. A casa estava agitada, meus pais estavam almoçando e a conversa tomava conta da casa. Durante o descanso comecei a sentir os efeitos da catalepsia projetiva, aproveitei para tentar me projetar. Comecei a fazer o exercício da contagem, e não demorou muito para os primeiros efeitos virem a tona. Sentia medo, algo que sabia que devia controlar para me projetar, controlei-o. A seguir senti o vórtex de energia como um vento muito forte zunindo em meus ouvidos, portanto, comecei o exercício da entrada lenta na piscina de água, exercício este que foi a porta para a projeção. Comecei a sentir que o exercício estava surtindo efeito, sentia minha alma se levantando, e devido a minha posição na cama, senti meu corpo astral girando na horizontal para que eu ficasse virado para cima. Senti então minha alma ser levantado pelos pés (os pés iam pra cima guiando o resto do corpo). Quando vi estava projetado (ou em um sonho lúcido, não sei ao certo). Flutuava pelo universo, vários letreiros passavam por mim, assim como no inicio de filmes, porém não conseguia lê-los completamente, o único que consegui ler e me impactou foi o seguinte: “Até quando você ira se importar tanto com o que pensam de você?”. Após isso estava flutuando pelo universo, passando por vários planetas, um deles um planeta alaranjado, muito parecido com marte, foi onde estacionei. Um professor me explicava sobre composição da matéria, descrevendo os componentes que precediam o tetraedro formado por carbono e hidrogênio, e também exemplificava como funcionava a eletrolise. Nesse momento minha atenção se desviava, devido ao barulho presente dentro de casa, fato este que dificultava o mestre a me passar os conhecimentos, que percebia os momentos nos quais eu me distraia e parava a explicação esperando a volta da minha atenção. Não demorou muito para minha mãe entrar no quarto e foi então que voltei ao corpo e acordei." Queria saber se isso foi realmente uma projeção, pois não me vi andando dentro de casa, não estava com 100% de minha lucidez, e não controlava muito o que fazia, apenas assistia as aulas desse professor. Não foi esta a primeira vez que tive experiencias assim, onde algum guia, ou mestre, não sei, me ensinava coisas. E sempre são no universo, ou em planetas ou no espaço.
  6. Hoje de manhã logo que acordei tentei me projetar, fiz as tecnicas energéticas e logo após fiz uma tecnica de separação, eu senti ambas mãos ficarem acima do normal, elas estavam subindo e antes disso tive alguns espasmos, tipo meu corpo se mexia sozinho, as vezes minha cabeça.. Daí não passei dessa fase, minhas mãos flutuaram um pouco, continuei fazendo a tecnica mais não veio nenhum resultado, poderia me explicar esses sintomas ?
  7. Olá, gostaria de tirar uma dúvida.. Sempre que tento me projetar, faço as tecnicas energeticas não passo de tonturas, flash de luzes brancas, leve formigamento , e isso vem muito rápido, coisa de 1 á 5 minutos todos esses sintomas começam á aparecer, mais nunca me projeto. Já senti minha mão acima um pouco do normal, já tive uma projeção involuntária que durou pouco, mais nunca tive uma projeção consciente. O que devo fazer ?
  8. Ainda hoje, nestante tentei a tecnica do alvo e meu ouvido começou a ouvir barulhos estranhos, parecendo uma abelha.. E flash de luz branca. Me explica esses sintomas. Não consegui prossegui por que me chamaram e não pude continuar.
  9. Um tempo atrás eu dormi como qualquer outro dia.. Mais tive uma pequena experiência.. Eu acordei e estava completamente imóvel, falei algo.. Chamei alguém. Daí eu me vi no meu quarto, andei pelo corredor da minha casa, vi alguém, parecia com minha irmã.. Daí eu olhei para o espelho e me vi, estava meio borrado e distorcido mais eu me vi completamente como eu durmo, sem meus óculos, sem minha camisa.. Percebi também que estava pouco lúcido por que não tinha controle do meu corpo. Eu gostaria de saber se foi uma projeção..
  10. Faz algum tempo que estou com esse problema, não recordo os meus sonhos ! Seja ele lúcido ou inconsciente eu não me lembro, o que pode ser ?
  11. juliana Oliveira: Eu estava no meu quarto era todo diferente. Eu saia do corpo e estava em uma beliche. Na hora q saio do corpo e tinha guarda roupa, comodas uns utensílios dai na beliche comigo apareceu um cara (bonito plasmado) querendo me beijar dai falava que não queria. Ele insistia, dai eu sentei na cama com as pernas para fora e esse cara puxou meu cabelo pra trás tipo arrumando senti o arrepio e pegou no meu ombro e não queria soltar. Eu falei solta ele disse q nao, consegui desci da beliche e comecei a lutar com ele (ele queria me atacar) dai ele se transformou, era um esqueleto com corpo preto acinzentado dai falei para ele: " eu nao quero confusão se vc quer ajuda te ajudo mas se não quiser deixa eu fica aqui sossegada, quero me divertir conhecer lugares (nao podia falar que eu iria sair ajudar "pessoas" )". Ele se retirou e voltei pro corpo. O mentor queria eu la de novo, dai ele teve que me concertar quando voltei nao sei oq houve nao conseguia nem descer da beliche. Sei q fez umas luz la e me concertou voltei ao corpo pra retorna q ele me pediu isso era no mesmo lugar do mesmo jeito (na minha casa mas era antiga e diferente moveis e outras coisas). Orei la falando que estava disposta a ajudar e tal (e perguntei mentor vc está ai ) e estava indo pro outro quarto cheguei no corredor o mentor me falou: -pára, não vá la tem algo ruim la. Parei, e ele falou -vire e volte agora. Ele pegou meu corpo e girou dai voltei ele falou: -agora vá para outro lugar, pro curso. - pro curso? - é pro curso, vc tem q terminar, vai fazer o curso agora -mas não sei chegar la (pensei q eu iria fazer um curso no astral ) como chega? - se desligue e vá. - mas como q vou? eu nao sei ir - para de fala isso, se desligue agora Dai q entendi era pra mim volta pro corpo e termina o curso que tenho q terminar. Acho q preciso ouvir algo q nao escutei sobre o assunto pra esta preparado pro "negócio" do corredor (Deis desse dia não consigo ter uma projeção por qual motivo não sei mas estou trabalhando minhas energias todos os dias e estudando talvez tenha algo que me impede de conseguir ..) Se alguém passou por algo parecido comente aqui por favor.
  12. Boa tarde Ontem a noite de quarta pra quinta dia 02/11/2017 fui atacada por uma plasmagem (eu acho que seja isso) de mariposa ou borboleta pesquisei pra ver se achava uma igual a que vi mas não achei as asas batiam bem rápido ela era de uma cor cinza esbranquiçada, eu estava dormindo quando escuto um barulho de algo vindo era barulho de "energia quando tomamos um choque" foi aumentando e bateu na minha testa e entrou no meu cabelo depois disso levantei assustada fiquei olhando ... acendi a luz não vi mas nada depois, eu ficava acordando toda hora meu cérebro parecia conciente e era algo confuso ficava alterando entre dormindo e acordado e conciente Ja aconteceu com mais alguém algo parecido ?
  13. Olá pessoal! Acabo de cair de paraquedas aqui no Fórum, e estou gostando muito dos tópicos! Gostaria de saber se é comum com vocês projetar sem ter a intenção. Eu nunca fiz técnica para projeção ou quis tentar, mas desde mais nova acontece comigo e até então eu nem sabia o que era, mas sempre tive muito medo, porque sentia que era algo diferente de estar em um sonho. Então sempre que acontece eu meio que me desespero e tento acordar. Dá ultima vez que me ocorreu, tinham várias pessoas por perto, diferente do que ocorria antes onde eu via/falava com bem poucas.
  14. Olá pessoal! Quero deixar claro desde o início que ainda possuo pouca prática e lucidez. Portanto, ainda não tenho certeza do que realmente aconteceu. Esses foram os principais motivos de relatar isso, pois me deixou bastante dúvidas. Se alguém já passou por algo similar, ou tem maior conhecimento do assunto para me ajudar eu agradeço. Então vamos ao relato. No sábado, dia 26/8/17, fui dormir na casa de uma tia. Fiquei no quarto de hóspedes, no térreo da casa, que possui duas camas de solteiro (cama 1 à frente da porta e, cama 2 rente à mesma parede da porta), uma TV na parede acima da cama 1, condicionador de ar e, uma mobília de escritório que percorre a parede em que fica a janela e a restante, esta última com estante de livros. Minha tia me fez companhia até que eu dormisse - ela na cama 1 e eu na 2 - mas em algum momento da noite ela se dirigiu ao seu quarto que fica no piso superior da casa, mas eu só soube no dia seguinte. Isto porque, após alguns sonhos "normais" (como se existisse), acordei na madrugada, sem qualquer noção de hora, com uma sensação de EV muito forte da cabeça aos pés (mix de dormência, formigamento, choque). Eu estava deitada de lado, de frente para a parede, e, a princípio, pensei que aquilo fosse reação ao frio. Não sei se por sono, medo, ou por ter condicionado a minha mente a aproveitar este tipo de ocasião para projeção, não tentei me mover. Tentei ficar o mais clama possível, exercitei algumas técnicas de respiração e disse a mim mesma para ter confiança pois, de qualquer forma, a morte de fato não existe. Após isso, lembro-me de ver o quarto e, embora eu soubesse que ele deveria estar completamente escuro, a sensação era de penumbra. Ao que parece, fui guiada por um senhor de idade um pouco avançada, pele morena ou negra e que vestia algo como uma túnica branca. Ele me falou algo relacionado a eu ter que acompanhá-lo e sair logo do quarto, ou porque os outros não deixariam, ou porque a criança em mim era mais fácil de aceitar. Eu não entendi, mas acho que ele me prometeu que explicaria depois. Ele me guiou para fora do quarto e, para isso, tive que atravessar a janela de vidro como um fantasma, e embora tenha sentido alguma pressão, não senti qualquer dor. Chegando ao outro lado, deparei-me com o corredor da casa tal qual ele é no plano físico, naves luminosas sobrevoando o local num céu que não estava escuro e, em seguida, fiz comunicação com seres, aparentemente de outro planeta, com aparência similar aos greys ou raça parecida. Senti algo como um mix de medo e euforia, que apontavam, inclusive durante o ocorrido, despreparo de minha parte para aquele contato. Fiquei tentando me controlar, inclusive lembrei do que o Saulo falou sobre levar as coisas com bom humor. Os seres, pelo que lembro, me disseram que eu precisava voltar para a Lua, que era de onde eu vinha (na hora pensei na Lua da Terra, após acordar pensei que meu cérebro estava me trolando). Então, vi um desses seres muito próximo à minha frente e veio uma intuição forte de que aquele não era outro ser e sim eu mesma "refletida num espelho". Ele tinha as mesmas características pessoais do meu rosto, porém adequadas àquele corpo específico. O meu mix de medo e euforia aumentou bastante e eu queria quebrar aquilo de qualquer forma para conseguir prosseguir com a experiência e fiz algo ridículo mas de algum resultado positivo: comecei a dançar (óbvio, kkkkkk). O mais engraçado é que o outro ser repetia instantaneamente meus movimentos o que reafirmava a sensação daquilo ser meu reflexo. Foi aí que pude me acalmar mais. Controlei meus movimentos, disse que não iria agora pois, se era verdade que eu tinha família na Lua, também era que eu tenho outra na Terra. Respondi isso porque havia entendido o convite como para uma viagem sem retorno e não quis me desligar de tudo aqui. Os seres não me atacaram nem responderam com palavras, mas entendi que haviam respeitado minha decisão. A impressão era ao mesmo tempo que via o que relatei, via a face de outro à minha frente todo o tempo. Após isso, o primeiro guia me levou para que eu pudesse voltar ao quarto sem que me perdesse (algo que não aconteceria no plano físico) e me senti segura para ir com ele. Ainda lembro de ter passado por uma sala com vários trabalhadores humanos, que pareciam estar ligados a este assunto e ao governo dos EUA (?) e de ter conversado alegremente com eles. Então acordei e fui anotar um rascunho de tudo já sentindo que alguma coisa se perdeu na volta. Estava próximo das 5 am quando terminei de anotar e minha tia não estava no quarto. Informações adicionais que podem ser relevantes para isso: Minha tia disse que foi pro quarto dela porque teve um pesadelo muito ruim do qual não se lembra. Segundo relatos de prima que ali reside, o local tem algum histórico de acontecimentos no mínimo estranhos. Ela mesma tem convicção de que já foi abduzida. Eles tem costume de realizar encontros de orações e reflexões com base no evangelho segundo o espiritismo na cozinha que fica bem próxima ao local em que eu estava. Já tive alguns sonhos lúcidos/ projeções/ contatos antes disso em outros lugares. OBS: sei a diferença teórica das três palavras e o que cada representaria na prática, mas não tenho, pessoalmente, muita experiência prática para discernir exatamente o que foi cada uma das experiências que tive com exatidão, por isso as coloquei assim. Antes deste caso, já havia lido alguns livros básicos de assunto espírita, exotérico, projetivo e até de contato, e após li o livro do Leadbeater (Manual de teosofia), mas minha biblioteca mental ainda é pequena. Ou seja, tenho algum conhecimento básico e tento ser objetiva, sem fé cega, mas sei que comparada a vários membros da comunidade meu conhecimento é igual ao de um bebê que acabou de aprender a contar até 10 assim: 1... 3...4...10...7... Algumas dúvidas: O que diabos foi isso mesmo? Projeção? Auto-sugestão? Meu inconsciente me trolando? Aconteceu mesmo? Se essa lua é uma lua de verdade, que lua seria? Lua da Terra? Lua de outro planeta? Greys estão ligados a alguma Lua? Essa Lua pode se referir à encarnação planetária citada no Leadbeater (encarnação lunar)? O cara que me guiou pode ser um mentor? Quem eram os trabalhadores mano? PS1: O que vocês tiverem entendido que possa me ajudar a entender o ocorrido dentro ou fora do âmbito das perguntas é de grande ajuda. PS2: Não fiquem "mangando" (sorrindo) só por causa da dancinha de nervoso! kkkk ATÉ A PRÓXIMA!
  15. Na maioria das vezes em que leio sobre projeção, há uma relação entre a facilidade em sair do corpo e a evolução espiritual - evolução sempre num sentido de "moral cristã". Digo "moral cristã", pois, quem se interessa por filosofia, moral, Nietzsche, já deve ter lido os conceitos sobre a genealogia da moral, moral do senhor x moral do escravo etc. Em suma, Nietzsche alega que as religiões pré cristãs (politeísmo grego, germânico, romano etc) eram pautados em valores como força, beleza, honra, coragem, justiça; enquanto o cristianismo passou a valorizar a fraqueza ("bem aventurados os que choram", "se te agredirem, dê a outra face"), a pobreza ("ricos não irão para o céu"), ao passo que valores como a beleza, força e coragem perderam a importância. A "moral do escravo" seria basicamente a moral dos perdedores, imposta pelos primeiros cristãos. Portanto, uma pessoa evoluída/abençoada para um politeísta espartano seria um cara forte, bonito, atlético, rico, inteligente... Enquanto um cristão evoluído poderia ser feio, burro, ignorante, desde que fosse caridoso, bondoso e cheio de fé. Fechando esses parêntesis, sem entrar no mérito (a proposta não é definir a melhor moral), só para explicar porque falei em "evolução segundo a moral cristã" (ligada, normalmente à morte/diminuição do ego), gostaria de saber de vocês se essa relação entre projeção e "evolução" realmente existe. Pois, há ordens iniciáticas de mão esquerda, por exemplo, que vêem a evolução com base em uma moral quase oposta à cristã (mais semelhante ao paganismo antigo que já expliquei resumidamente) e ensinam a projeção também. Em suma, a projeção é algo simplesmente biológico como transar e urinar (bons e maus o fazem igualmente), de forma que apenas os encontros astrais seriam diversos (iguais atraindo iguais), ou realmente há uma facilidade dos "bons" e "evoluídos" se manterem lúcidos fora do corpo, como ensina o pessoal da conscienciologia e espiritualistas em geral? Obrigado.
  16. Olá pessoal vou deixa aqui pra vcs o link do meu blog a onde eu coloquei a minha primeira experiencia com a projeção http://espiritualzen.blogspot.com.br/2017/07/minha-primeira-projecao-astral.html
  17. Bom... olá! Eu ainda sou nova e tenho pouco contato com a espiritualidade, tenho apenas 13 anos eu acho que quase me projetei. Eu fui dormir por volta das 04:00 e depois de um tempo eu senti que parecia que eu tinha acordado mas eu não estava por isso eu não me dessesperei ou fiquei assustada então depois de um tempo eu senti todo meu corpo relaxar e minha perna estava um pouco levantada então quando eu relxei senti ela bater na parede e depois disso eu apaguei. A outra experiência foi hoje eu conseguia ver meus olhos por dentro e quando eu tentei abrir os olhos eu vi um lugar branco não consegui abrir meus olhos totalmente pq eles estavam muito pesados então eu fiquei assustada e apaguei. Vcs acham pederia ter sido uma quase prpjeção? Por favor me respondam pq eu estou com muita dúvida. Desde já, obrigada ?
  18. Ontem fiz a minha primeira tentativa de v.a. e usei um vídeo recomendado no Youtube para isso https://www.youtube.com/watch?v=2RkjZaA_GGw Segui o que se falava no vídeo porém eu não estava conseguindo sair pois o meu coração batia muito rapidamente e eu sentia a necessidade de respirar, isso me "prendeu" mas mesmo assim terminei de ver o vídeo sentindo o corpo totalmente relaxado e eu estava paralisado (mas não era catalepsia pq se eu quisesse eu poderia me mexer). E então o youtube selecionou um vídeo do Saulo para tocar em seguida: https://www.youtube.com/watch?v=ZRYEmJJrfwE&t=106s Quando o vídeo iniciou (eu percebi mas pensei "ah o vídeo deve ajudar a relaxar mais, então nem vai atrapalhar mesmo") e eu continuei na tentativa mesmo com o coração acelerado, e a introdução do vídeo fez que o meus ouvidos vibrassem muito fortemente e isso passou pro corpo inteiro, e uma luz azul clara muito forte veio a minha visão e o primeiro pensamento foi "MINHA NOSSA SENHORA, ANJO DO SENHOR!" (pq o corpo vibrava muito) kkkk, e eu pensava que estava conseguindo, mas aí o Saulo começa a falar (e de certa forma eu estava com uma certa sensibilidade na audição) "PRIMEIRAMENTEEE... LIMPE TOTALMENTE... A MENTE" e nessa hora pensei "isso acabou de sujar a mente kk" e o coração começa a disparar ainda mais, e quando ele fala "SÓ IMPORTA O EXERCÍCIO Q VC FARÁ" a luz azul já tinha saído da mente e eu senti o corpo normal, e despertei. Depois da experiência e de estar acordado e sem as sensações da tentativa de v.a. eu fui assistir o bendito vídeo do Saulo, e não senti as mesmas vibrações e a voz dele estava normal. E agora nunca mais esquecerei de desligar a reprodução automática no Youtube kkk (Obs.: partes em caps lock para representar voz alta)
  19. Gostaria de deixar aqui registrado minha primeira experiência. Venho me utilizando das técnicas apresentadas no site e no youtube, porém já estava desanimado, ontem, 21 jul 2017, realizei a técnica de clarevidência e posteriormente a técnica completa 3, tive um monte de problemas, fui interrompido por vontade de ir ao banheiro duas vezes, fui atacado por um mosquito que devorou minhas pernas, mas retornei a cama e continuei, chegou um momento que já tinha desistido, resolvi virar de lado e dormir. Pois é, derrepente me vi de pé tentando colocar algumas coisas, pareciam cigarros, no bolso, no entanto eles caiam e passavam direto na camisa, por um momento despertei e percebi que estava projetado, lembrei da instrução de sair de perto de meu corpo, assim apesar de não o ver, tentei sair correndo do local, porém parecia que algo me segurava e não conseguia abrir a porta, derrepente fui lançado para fora e caí na rua em local o qual alguma coisa acontecia, tinha vários carros e pessoas, não sei se era um acidente ou algo parecido, eu estava sem o controle total do meu corpo, estava meio abaixado, tentando me posicionar de pé, vi próximo um homem escuro, bem arrumado, o qual me olhava com um ar de sorriso, parecia que ele sabia da minha condição naquele momento, perguntei-lhe o que ocorria naquele local, ele começou a falar porém parecia que eu não o ouvia, no entanto comecei a conseguir ficar de pé fui crescendo e percebi que havia saído do chão, aquilo me deixou meio bobão e fiquei muito exitado por estar projetado, o local era meio escuro, não conseguia identificar, porém estava muito lúcido. Comecei a voar, puxava o ar na tentativa de sair do lugar e tentar ir ha algum lugar conhecido, estava igual a uma criança em um brinquedo, foi quando comecei a cair e despertei. Confesso que me perdi por excesso de felicidade! Bom, essa foi a minha primeira experiência, não sei se estava no umbral ou em um local para fazer alguma assistência, o real é que aconteceu e eu não tive medo. Espero que que outras experiências ocorram e que me torne dono da situação! Fiquem com Deus!
  20. acho que seria muito injusto a pessoa treinar uma vida inteira pra se projetar e ter que começar tudo do zero... e sobre as pessoas que nascem com facilidade de se projetar, seria reflexo de vidas anteriores?
  21. Olá pessoal. Relato aqui um evento que aconteceu comigo no final do ano de 2016. Na época eu estava de férias da Universidade na casa da minha tia. O local é bastante pacífico e relaxante, pois é um sítio que fica numa cidade próxima ao litoral. Só estou falando isso porque acho que o lugar provavelmente tenha influência quanto ao acontecido. Na época eu achei que se tratasse de um sonho bem louco e foi um dos motivos de eu ter pesquisado mais sobre espiritualidade, UFO e ter encontrado esta comunidade da qual humildemente me considero parte. O sonho (provável projeção ou, no mínimo, sonho lúcido) começou com algumas besteiras normais sem muito sentido até ele mudar. Era como se eu tivesse numa pequena área circular coberta no centro de um campo aberto, assemelhado a campos de plantação ou clareiras em meio a uma floresta. Lembro que ventava bastante e o céu estava sem nuvens, mas a sensação era de um final de tarde sem sol se destacando ou o raiar do dia logo antes do Sol aparecer. Eu sentia a presença de familiares próximos e tudo era bastante agradável até que vi três naves de forma triangular, cor cinza escuro e prováveis luzes vermelhas próximas aos seus vértices se aproximarem voando em direção ao lugar em que eu estava. Faziam o trajeto circulando o local e voavam cada vez mais baixo como se nos cercassem. Tive a sensação de que as luzes escaniavam o local e o que ou quem nele estava, inclusive eu, e o medo daquilo que a mim era desconhecido foi quase que instantâneo. Em seguida o local se transformou na área interna de uma casa (ou era isso ou eu fui para lá não me lembro como). Então vi meu pai vindo de encontro a mim como uma mochila nas costas, estilo mochila de trilha, que ele não possui em realidade, e me falou que iria com eles e que queria que eu fosse. Eu não queria que ele fosse, nem eu ou qualquer outro de minha família. Tinha a sensação de que sabia quem eram eles, embora não soubesse de fato, e que não era algo bom. A cena mudou novamente pois estava em frente à porta do quarto dos meus pais, ainda que nossa casa fique em outra cidade distante à cidade da minha tia. A porta estava aberta e, à primeira vista, estranhei perceber uma enorme quantidade de bonecos em pé que preenchiam o quarto deles. Logo vi que os "bonecos" eram seres bem pequenos que se assemelhavam ao formato dos grays, mas eram bem menores (acho que na altura do joelho), cor de terra (aquela terra vermelha de deserto), com a cabeça que aparentava ser grande mas era proporcional ao corpo. Os olhos era grandes, mas porque pareciam preencher toda a cavidade ocular, sem pálpebras perceptíveis ou sobrancelha, e não pareciam ter uma única cor, mas sim uma íris grande, acho que verde e possível pupila (não lembro bem). Não lembro de pelos, mas a pele ou era escamada ou tinha rugas profundas se assemelhando ao chão de um deserto ou terra do semi-árido no período seco. Eu não lembro de ter caminhado ou me mexido mas lembro de ter me aproximado cada vez mais do quarto até estar dentro dele com esses seres. Um deles veio até mim, e perguntou se já estávamos indo. Eu disse que meu pai foi, mas que eu e minha irmã não iríamos (não sei se falamos ou se foi em pensamento). Então ele fez uma expressão como se estivesse zangado. Meu medo estava absurdo neste momento. Não sei de onde tirei forças pra me mexer e o ataquei, coitado, o segurei acho que pelo pescoço. Perguntei o que queriam e quantos eram e ele falou coisas que na hora entendi mas quando acordei só lembrava que a última palavra da frase era com D e do número 91 e de ter associao a palavra ao número ainda no sonho. Quando acordei, estava deitada na rede em que havia ido dormir, de barriga pra cima, embora não tivesse muito costume de dormir assim na época (mas era rede né). Estava tudo escuro óbvio, mas tive a impressão de visualizar algo como aqueles acessórios que cirurgiões usam acima de uma maca de cirurgia. Minhas costas/barriga na altura acho que do rim esquerdo estava doendo, como se tivesse câimbra, ou dormência ou formigação forte. Não era dor comum. Tentei me levantar e não movi um músculo. Quando consegui e ficou de fato tudo escuro, comecei a chorar, a chamar minha mãe, e aquela dor. Terrível. Depois disso me inspirei muito pra pesquisar sobre. Achei quem fale sobre abdução, projeção, sonho lúcido, etc. Mas ainda não achei algo igual ou bastante similar a este relato e gostaria que os amigos me ajudassem dando sua opinião sobre o que pode ter sido de acordo com seus estudos e até contassem se houve algo parecido com vocês. Agradeço desde já!
  22. Olá pessoal do Fórum faz um tempo que não escrevo aqui, mas aqui estou eu novamente com uma dúvida e uma questão muito estranha. Comecei um relacionamento já há um ano. Agora depois de um tempo de namoro, tenho passado mais tempo na casa dele. Esses dias que estou de férias, tenho ficado sozinha na casa dele. Quando ele sai de manhã pra trabalhar eu fico dormindo mais um tempo. E eu tenho conseguido projeção de tudo que é jeito. Consigo instalar E.V., consigo sair com lucidez ainda que não totalmente plena, mas tenho avançado muito nas experiencias. Vejo muitos espíritos lá. Alguns pedindo auxilio até. Alguns que tentam me atacar, mas tenho conseguido me defender com as energias muito bem. Nunca tive tanta facilidade e estou sem entender. Na minha casa eu nunca consegui um EV. Consegui apenas 2 projeções consciente, mas eu ja estava fora quando abri a lucidez. Na minha casa foi sempre um grande sacrifício qualquer experiência e lá na casa dele é muito muito fácil. O que eu não consigo entender é que ele mora num lugar super agitado e movimentando, um centro urbano e eu moro no interior, num lugar calmo com muita natureza ao redor, perto de sítios e tudo. Será a energia do meu namorado está me ajudando? Eu é um médium muito forte pra doação de energia. Ele não estuda sobre nada, e não tem religião, mas é muito consciente das próprias energias e acredita na projeção astral, enfim tem uma mente aberta. Já fizemos testes juntos, ele num momento qualquer concentrar energia em mim, nas mãos por exemplo, os músculos chegam a contrair. Ele fez isso em mim enquanto eu dormia e foi a mesma coisa, minhas mãos tiveram espasmos. Poderia eu estar usando essas energias dele pra me ajudar na projeção de uma maneira inconsciente? Ou o lugar onde eu moro pode ter algum bloqueio energético? Meu pai era espírita e lembro de ele fazer algumas coisas nos cômodos da casa, algo como uma egrégora, um campo protetor. Mas isso foi há muitos anos e ele já é falecido. Será que isso permanece no ambiente? Obrigada!!!!
  23. Boa noite à todos, tenho uma dúvida que está me deixando encabulado. Hoje à noite tive um sonho um tanto curioso. Sonhei que estava namorando, e nunca tinha visto ela na minha vida, mas quando eu acordei parecia que já nos conhecíamos à anos. Fui muito forte mesmo. Acordei e pedi que sonhasse o mesmo sonho de novo e aconteceu, duas vezes. Não concegui saber o nome dela e agora to MUITO curioso . Seria ela uma namorada que tive na vida passada ou é só coisa da minha imaginação? Como faço pra descobrir? Muito Obrigado!!
  24. Olá, Ontem (Dia 18) Fui dormir 01:30, Então acordei do nada 06:40...Resolvi tentar me projetar, não consegui então não liguei e voltei a dormir, comecei a sonhar que era um macaco e outro macaco me pegou no colo e começou a me balançar, mas eu sentia que estava balançando, o sonho ''sumiu'' e a sensação de balançar ficou cada vez mais rapida, até que comecei a ouvir um zumbido, tentei abrir os olhos e não conseguia, só abri umas 4 tentativas depois e minha visão estava chuviscada, alguém sabe me dizer oque aconteceu ? Foi minha primeira experiência deste tipo pois nunca tinha ao menos chegado perto de me projetar.
  25. Boa tarde a todos! Tudo começou em uma tarde bonita e calorosa, nessa época eu tinha uma namorada que tinha ido embora da Bahia pro Espírito Santo pra uma cidade chamada guarapari, e já fazia alguns dias já que ela tinha ido tava com um pouco de saudades e eu já tinha me projetado algumas vezes e pensei sera que consigo ir até ela?. Na maioria das vezes minhas projeções eu sempre ficava na minha cidade eram muito rápidas então em um conversa online eu a disse, ''eu vou ir ai te ver agora'' ela sem entender respondeu com uma interrogação, assim encerrei a conversa e fui me deitar. Na primeira tentativa logo após eu sair eu me deparei com um ser de luz que me fez se dobrar ao chão e de alguma maneira eu não conseguia olhar em seu rosto aquela luz forte que brilhava, assim eu voltei pro corpo. E fui tentar de novo dessa vez consegui sair até a rua e pedi muito para meu guia que me levasse até ela, e em questão de segundos eu viajei numa velocidade da luz que só parou quando eu estava de frente uma casa com um pequeno jardim e uma estrada bem pequena até a casa. Entrando lá eu vi um piano,poltrona,relógio de parede daqueles antigos, puff e um homem sentando, continuei andando e vi uma cozinha com uma mesa daquelas de granizo, até que me deparei com um quarto e resolvi entrar, e lá estava ela sentada de frente pro computador com os cabelos cacheados que na hora achei estranho porque ela sempre andava com cabelos escovados, ai depois fui entender que as vezes podemos ver as pessoas da forma que elas veio ao mundo, tentei falar com ela mais ela não me ouvia e fiquei um tempo observando ela fui tentar toca-la e nisso voltei ao corpo. Quando voltei fui louco pro computador iniciei uma conversa online e disse a ela tudo que tinha visto a roupa que ela estava e o homem. Ela ficou assustada disse que o padrasto dela que estava sentando e me perguntou: Você e macumbeiro? Eu dei risada e disse não ta louca! Logo após uns meses fui morar no ES em Vila-velha e marquei de ir em sua casa. Me lembro como se fosse ontem quando cheguei na porta de sua casa eu fiquei tremulo e paralisei e disse nossa agora eu tenho certeza, assim que entrei em sua casa vi o piano o relógio, estava tudo igualzinho menos o padrasto dela que não estava ''ainda bem''. Nisso eu tive certeza de como a projeção astral e tão real. Desculpem pelos erros ortográficos.
×
×
  • Create New...