• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'auto-conhecimento'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 1 result

  1. Prezados salve! Eu gostaria de saber qual técnica você usa para o auto-conhecimento ou auto-domínio, sabendo que só se domina quem se conhece. Bem, para estimular sua contribuição eu vou colocar aqui como eu faço, já há dois anos. Tenho obtido bons resultados, mas gostaria de conhecer outras técnicas/práticas/formas que são usadas efetivamente pelos colegas. Peço que você relate o que você usa, não o que você leu, ouviu ou soube de alguma forma; pois o mais interessante são os resultados. Segue a minha participação nessa pesquisa: O que é? Bem, na antiguidade no frontispício do templo de Delphos havia uma inscrição que dizia: "Conhece-te a ti mesmo.". Curiosos sobre como obter esse domínio alguns buscadores foram ao encontro de Santo Tomás de Aquino e a ele perguntaram como era possível aquilo. Tomás de Aquino já havia passado pela transição, dessomado, morrido..., como queira. Tomás de Aquino lhes falou que todos os dias, à noite, quando chegava em casa, fazia um balanço de como tinha sido seu dia. Avaliava cada conversa, detalhe e criava conceitos, preceitos para usar em futuras necessidades. Esse foi o resumo que Tomás de Aquino deu a seus buscadores. A Técnica Eu li essa história e já não lembro mais aonde, mas pensei alguns dias na resposta que Tomás de Aquino havia dado. Considerei que um dia é pouco para se avaliar qualquer coisa. As vezes uma conversa, que seja, se desenrola ao longo de vários dias ou mesmo semanas. Então, pensei em fazer uma pequena alteração do que foi proposto por Tomás de Aquino. A técnica é a seguinte: Todos os dias eu paro durante uma hora (exata) e reflito sobre fatos que ocorreram em minha vida. Faço isso em voz alta. Não simplesmente revendo o fato, mas contando ele como se eu falasse com alguém presente (na verdade eu próprio), ou seja, como se eu contasse uma história: "Quando eu tinha 6 anos, uma tia disse-me que...." A partir daí segue um completo relato do que houve, conforme a minha interpretação. Nesse momento, não faço juízo de valor algum; apenas conto uma história. Num segundo momento, ajo como se eu fosse aquele que ouviu a história e passo a fazer considerações; tudo em voz alta. Óbvio que é adequado estar absolutamente sozinho nessa hora. Bem, como se fosse uma seção de psicoterapia, psicanálise ou psicologia; ao completar uma hora eu paro o processo e anoto onde cheguei. Comecei a fazer isso, lembrando de fatos de minha infância mais tenra; pois é na infância que são plantados os principais fantasmas que nos acompanham. Comecei lembrando algo dos 10 anos, depois consegui chegar aos 7 anos, depois aos 6. Antes disso não consegui, lembre isso não é auto-hipnose, é auto-análise. Então eu não queria ser muito rigoroso na cronologia, mas queria separar idades da infância das idades da adolescência, jovem, adulto e assim por diante. Resultados Me surpreendi com os resultados. Relembrei de fatos que minha mente tinha simplesmente apagado em momentos da minha vida. Esses momentos voltaram como que num flash. cheguei a lembrar de nomes de pessoas que não vejo a décadas. Dá uma lucidez incrível isso. No começo houve um certo marasmo, mas passados umas 6 ou 7 semanas eu tinha muito daquele período claro em minha mente. Ao relembrar de alguns fatos, de décadas atrás, pude procurar algumas pessoas e isso ensejou que conversássemos sobre o assunto, ajudando a colocar uma pedra sobre o fato. Consegui fazer algumas profundas análises a partir unicamente da lembrança desses fatos. Minha consciência passou a ser mais seletiva nos atos que seriam praticados no âmbito do plano físico e isso por si só foi muito legal. É isso. Conte como você faz? Gostaria de saber sobre isso, pois é um dos assuntos que mais pesquiso no momento além do OLVE e EV. Prometo colocar um resumão sobre essas técnicas e dispor à todos. P.S. Sandro, espero que isso não seja contra os princípios do fórum, se for me fale e pode retirar. No problema. Abração. Ernani Medeiros