• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'densidade'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 2 results

  1. Dia 1 Noite de terça para quarta: após um dia tranquilo vou me deitar ali pelas 11 e acabo dormindo facilmente. Acordei as 4h e resolvi movimentar as energias. Meio que quase dormindo levo um susto ao ouvir a minha própria voz. Acho que era algo do tipo "se prepare". Fiquei tranquilo e virei de lado. Durmo e já vejo uma textura diferente de parede. Falha na rememoração. Estou num transporte público numa "highway" de uma cidade imensa sem prédios. Um mar habitacional com grandes sistemas de transporte formando setores. Lembro de prestar atenção a detalhes de acabamento da cidade e das vias. Usam algo parecido com concreto e tem cruzamentos bem complexos. Falha na rememoração. Estou numa sala grande com algumas pessoas vestidas de azul (inclusive eu) e estamos todos descontraídos brincando, contando piadas e jogando um tipo de fliperama com corrida de pequenos animais (esquisito). Sei que teve bem mais coisas antes pois lembro algo a ver com mais outras pessoas. É um ambiente moderno e eu ainda brinco com um dos participantes atrapalhando um pouco a jogada dele no "fliperama". Logo chega um "supervisor" e avisa que tanto a equipe verde quanto a azul já devem se preparar para a volta. Falha na rememoração. Estou numa espécie de trem com janelas grandes e vejo toda a saída da construção na qual estava com detalhes e lucidez. Foi incrível. Vi a janela da sala onde estava antes e pude notar o estilo da construção gigantesca. Era um prédio retangular com cantos curvos de uns 300x200m e uns 50 andares. Telhado prata e paredes na cor do solo da cidade, que era semi-desértica mas com muita vegetação luminosa. Incrível. Fiquei muito triste de ir embora e fiquei prestando atenção na cidade e lembrando que logo iria acordar aqui no físico... Antes de voltarmos definitivamente, o trem parou perto de uma montanha baixa onde várias pessoas admiravam o nascer do sol. Era violeta com laranja e o mar era algo entre água e gel. Lindo demais. Notei alguns seres diferentes, com o corpo todo escuro e o topo das cabeças brancos como se fosse "vitiligo" (não sei explicar melhor). Uma moça chega ao meu lado e diz: "Sei que está triste por voltar mas pense que logo tudo passa." (Ou algo do tipo). Fui gradualmente perdendo a lucidez e voltando ao físico. Acordei super bem mas saudoso daquele lugar. Dia 2 Noite de quarta para quinta: dormi cansado pois o dia foi corrido para colocar tudo em dia. Acordei ali pelas 3 com dor de cabeça e sensação de febre. Tentei relaxar e movimentar as energias. Acabei apagando e já vendo uns corredores estranhos com muita gente pra cá e pra lá. Noto que parece ser um tipo de açougue. Local ruim. Vejo um tipo de mortadela meio esquisita sendo cortada em fatias e embalada. Pessoal fica me estranhando ali mas não fazem nada. Tento fazer OLVE ali mesmo para ver se elevo a vibração. Vou parar numa espécie de terminal de transporte gigante que, apesar de moderno e organizado, deve pertencer a uma zona densa. Não sei explicar. Tento volitar e noto que é bem difícil controlar. Ou grudo no chão ou no teto do local. Não consigo atravessar. Falha na rememoração. Penso estar no meu quarto de volta mas noto que ainda é zona real-time. Tem umas 8 pessoas no meu quarto meio como se formassem um coral e outra bem ao meu lado mas com uma aparência estranha. Não deu tempo para verificar se o grupo de pessoas me protegia ou não mas precisei agir logo pois fui atacado pelo ser estranho. Fiz uns sinais que nem sei de onde vieram e consegui segurar o ser a força. Fui apertando até que ele foi se transformando num tipo de ovo feito de carne. Apertei mais até que parou de se mexer e larguei aquilo ali. Falha na rememoração. Estou em outro local com pessoas estranhas tentando me explicar o que tinha acontecido. Perguntei que plano era aquele e uma mulher primeiro tentou me agredir e depois se acalmou e disse era apenas um local onde estavam sendo testados. Ela tinha a noção que ia sair dali. O local tinha um clima pesado e esquisito. Nunca tinha passado por esse tipo de situação. Não sei como saí dalí. Acordei cansado e febril. Espero que tenha feito algum tipo radical de amparo... Não sei se o fato de ser quarta-feira de cinzas tenha algo a ver. Muita luz e paz a todos. /\
  2. Sempre tive alguns pensamentos e opiniões conflitantes com algumas informações sobre ocultismo e recentemente ouvi uma entrevista com o produtor de teatro e cinema Richard Martini. Vale a pena dar uma pesquisada sobre o material dele pois avança sobre os estudos da geração anterior sobre o assunto. Vamos primeiramente pensar em alguns fenômenos que são amplamente relatados mas igualmente negados na maioria dos centros de estudos estéricos: • Aparição de vultos nos quartos • Seres não confirmados pela ciência (Sasquatch, Chupa-Cabras, Lobisomen, etc.) • Projeções astrais em locais estranhos desconexos com a nossa realidade • Fenômenos erroneamente ligados a ufologia • Relatos folclóricos Estou longe de ser e ter o conhecimento do Saulo e do Sandro mas acredito que já tenha passado por algumas situações bem extraordinárias. Como não tenho uma aptidão para rituais exagerados e toda uma representação teatral, sempre foquei na busca do que realmente tem nos bastidores. Apesar de ser um buscador aprendiz, já faço alguns trabalhos de amparo regularmente e acredito estar numa espécie de treinamento. Questiono muito e duvido de muita coisa gerando alguns atritos até mesmo com consciências lá do oculto. Depois ficamos todos "de bem" novamente. hehehe Nas minhas experiências eu já percebi umas tentativas de algumas consciências de plasmarem formas que sabidamente nos assustam para obterem algum benefício energético (ou algo do tipo) mas que não funcionam comigo. Não sei qual a razão mas fico parado olhando, imagino uma energia construtiva agindo sobre aquela consciência e eles somem. Acredito até que existam grupos de consciências organizados para extrair energia dos nossos corpos fazendo uso do nosso imaginário contra nós mesmos. Fora os casos de pessoas que acreditam piamente possuirem assediadores e na verdade passam apenas por momentos de instabilidade emocional. Aonde eu quero chegar? Nas minhas experiências notei a existência de um plano quase igual ao nosso mas com diferenças evolutivas. Relatei uma experiência recentemente onde não conseguia ficar acordado aqui no físico e lutava para não projetar pois seguidamente apareci num apartamento estranho com pessoas estranhas mas com a mesma gravidade e física daqui. Não tem as características gerais do ambiente do plano Astral. É como se fosse um universo paralelo, com humanos, cidades grandes, comércio, indústria, etc., só que uns 50-100 anos atrasados tecnologicamente a nós e com uma atmosfera sensivelmente mais escura. Digo que não tem nada a ver com o Umbral. É um plano logo abaixo do nosso. Juntei esta experiência do relato acima com mais outras que vivenciei recentemente e uma forma ainda desconexa surgiu em minha mente: Existe um plano existencial completo, gigante, complexo, dinâmico mas sensivelmente inferior, mais denso e menos evoluído do que o nosso. Uma vibração da matéria mais densa do que a nossa. Para eles, nós somos de um plano superior mais avançado e iluminado. Muitos deles tentam estudos e as vezes conseguem nos acessar mas a geografia/urbanização deles não bate com a nossa e gera muita confusão e erros de interpretação. Um ser desse plano ao se projetar, aparece de repente no quarto de alguém e, esperando encontrar um guia espiritual, vê apenas um adolescente quase dormindo que leva um susto. Depois relatam lá que viram seres semelhantes a eles mas com telas que passam imagens e aparelhos avançados que nem sonham. A maioria lá não acredita e tocam a vida. O Iogui me apresentou uma teoria sobre o "Local 3" do Robert Monroe que adiciona elementos nessa hipótese. Se eu juntar fragmentos de rememorações consigo montar um leve e pequeno cenário hipotético da existência desse local. Imaginem uma realidade paralela onde tudo evoluiu sensivelmente diferente. Para exemplificar vou pegar a região entre SP, PR e SC, onde acredito ter percebido algumas nuances dessa realidade. Imaginem que a cidade de São Paulo é incrivelmente maior do que a já enorme aqui do físico. Imagine ela com uns 50 milhões de habitantes, quase se aproximando de uma exagerada Curitiba com uns 15 milhões. Os interiores dos estados citados quase não tem cidades, como se a população se aglomerasse somente nas capitais e existisse muita mata fechada. As serras existentes entre SP e CWB estão tomadas por favelas e a tecnologia geral deles é como se fosse a nossa dos anos 20. Tudo na base do carvão, vapor, trem, bicicletas estranhas e ainda não tem tecnologia de comunicação a distância. Nesse plano, algumas espécies de animais evoluíram de maneira diferente também e isso deve afastar os habitantes das matas e forçar a criação dessas mega cidades. O estado de SC está praticamente vazio. Não consigo imaginar outras regiões. Não diria que é um lugar horrível. Tem regiões boas e outras ruins. A alimentação é muito similar a nossa e falam a mesma língua. A moda do vestuário é diferente e as cidades são meio escurecidas não sei se pelo material utilizado ou pelo céu que não é tão claro quanto aqui. Eles tem uma sociedade complexa, formam famílias, estudam, tem apartamentos com quartos, elas de estar, cozinhas e chuveiros. Muito parecido mas mais escurinho e atrasado do que aqui. Se uma consciência de lá andar por aqui não seria notada pois é possível manter um diálogo praticamente no mesmo nível. A minha teoria é: que tal a hipótese de tratarmos melhor esses vultos, seres, etc., que aparecem em nossos ambientes com mais respeito e paciência tendo em mente que podem apenas serem consciências projetando para planos mais sutis e, no caso, o nosso está logo acima deles? Eles devem achar que somos todos mentores e sábios mas acho que mesmo assim podemos transmitir algum conhecimento e conforto para eles. Imagino um buscador de conhecimento de lá, depois de muito estudo, tentando projetar e aparece no quarto de uma pessoa aqui que já leva um susto, xinga, acende umas velas e toca ele dali. O que iria pensar? Será que ele iria adotar essa experiência como referencial geral sobre o ocultismo dele? Fiquei pensativo se lá os buscadores de conhecimento oculto acreditam que existe um plano mais sutil do que o deles, onde o céu é azul, as cidades são mais coloridas, tem prédios de vidro, shopping centers, máquinas que voam e atravessam continentes, tecnologia avançada, vão a lua, tem internet, telas finas sensíveis ao toque onde se comunicam com o planeta inteiro, parques temáticos incríveis, carruagens de ferro que as pessoas podem usar para irem aonde quiserem e equipadas com música e ajustam até a temperatura! Com certeza devem ser consciências muito evoluídas e avançadas. Precisamos elevar a vibração e tentar nos projetar para esse tal plano "físico" e ver como os seres de lá nos tratam...