• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'despersonificação'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 1 result

  1. Essa noite tive uma experiência estranha. Ganhei lucidez no meio de um sonho. Eu era eu, mas não era eu. Sou solteiro e sem filhos. No sonho eu tinha dois filhos: um menino com uns sete anos e um bebê. Estávamos presos em algo como uma fábrica fugindo através de corredores vazios. Num dado momento, precisávamos passar por um corredor que estava iluminado (tudo estava escuro), meu menino maior foi na frete e foi capturado por dois rapazes (lembro muito bem da feição de um deles. Eles mataram o meu filho na minha frente e jogaram o meu bebê no andar debaixo. Pulei e peguei meu bebê ainda vivo. E corri muito. A consciência era a minha de hoje, mas eu amava as crianças (muito louco isso). Então, enquanto eu estava dentro da fábrica, eu queria sair e tinha certeza que estava no Rio de Janeiro. Em um momento, sai pelo telhado e me assustei pois a paisagem não era nada carioca. O prédio era rodeado por uma floresta de pinheiros muito densa. E havia casas antigas (uma pequena vila) próximo à estrutura. Voltei a entrar por uma porta e fui surpreendido por um homem que me matou (ou atirou em mim) e eu despertei. Observações: sounegro e no sonho: eu e meus filhos éramos branquinhos. O grandinho era loirinho. Tô angustiado até agora.