• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'espíritos'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 7 results

  1. 03032019 as 8:30 Guará/DF, acordei ás 8:30, continuei deitado, ouvi minha mãe e meu irmão conversando na casa ao lado, ela ainda não tinha saído para ir a sua igreja, mas lembro que logo depois ouvi ela saindo. Tive um falso despertar, levantei com o corpo astral, e me dirigi como se fosse na casa ao lado na casa da minha mãe, iria tomar café, eu sai do meu quarto, atravessei minha sala, o corredor e quando ía entrar na casa da minha mãe, eu vi com o canto do olho, um animal bem pequeno, estava em cima da vassoura que estava pendurada do lado de fora, era como se fosse um esquilinho bem pequeno, com rabo vermelho, e ele era todo verdinho, achei muito bonitinho o bichinho e chamei por meu irmão, para que ele visse também, eu sabia que ele estava na sala, mas não o vi, na verdade, não procurei por ele com os olhos na sala, acho que o teria visto sentado no sofá, que é onde ele estava depois que despertei no físico e fui a casa da minha minha mãe. Quando chamava por minha mãe, uma voz feminina que era muito parecida com a da minha mãe, respondeu, “o que foi carlinhos?”, eu disse “nada não mãe, eu vi um esquilinho muito lindo aqui fora, venha ver”, a voz que ouvi não era da minha mãe, porque ela tinha saído para a igreja, e não estava no astral, portanto foi a voz de alguma outra consciência, que respondeu no lugar da minha mãe, e me chamou pelo meu apelido, Carlinhos. Sai procurando o esquilinho e dei a volta na casa, e um corredor, comecei a ver diversos pequenos animais, pássaros, esquilos, uma tartaruga bem diferente que lembrava um dinossauro, mas tinha o tamanho normal de uma tartaruga, mas tinha várias camadas de casco, que se sobrepunham. pensei ter visto uma animalzinho dentro de um buraco de terra, e os outros o olhavam, observavam, na verdade, olhando com mais cuidado e calma, e até peguei o celular e filmei os bichinhos, eles eram diferentes dos que temos aqui na dimensão física, mas eram todos muitos calmos, dóceis, e foi uma experiência muito gostosa e despertei no físico muito feliz, porque gosto muito do reino animal. Ontem caminhando próximo da minha casa, próximo a linha do trem, tem muitas árvores, pista de cooper e uma ciclovia, por não passar carros, é uma área que tem muitos pássaros, macaquinhos, gatos e cachorros, e muitas pessoas passeiam com seus pets por ali, todos os dias, e eu tenho treinado a lucidez ao ouvir o canto dos pássaros, a corrida dos pets, os macaquinhos. O que é treinar a lucidez? parar de viver olhando para um celular, uma tv ou notebook, e observar o mundo com assombro, como se fosse a primeira vez. Por isso acredito que tenha tido várias experiências com a fauna e flora em outras dimensões, que é diferente e muito vasta, e muito pouco pesquisada, a lucidez na vigília, traz lucidez em outras dimensões, se você observa e vê tudo ao seu redor, verá tudo ao seu redor no astral, também. Bom passeio.
  2. Esta noite tive pela primeira vez um sonho que posso dizer com quase certeza que me encontrei num plano tanto inferior como superior. Me lembro de estar numa regiao muito escura e inóspita com um grupo de pessoas que vagavam como que sobreviventes em uma ilha deserta. Procuravam por alimento e abrigo, além de existir uma tensao constante como se a qualquer momento alguma situacao perigosa pudesse acontecer. No grupo se encontravam pelo menos 2 mulheres jovens e um rapaz além de mim. Percorremos muitos locais diferentes, porém sempre como que dureante a noite , com diversos morros e locais inabitados. Lembro que chegamos por fim no alto de um morro onde exisitam casas bem pobres onde estavam uma mulher e 2 homens. Essas pessoas estavam em um estado bem precário e os homens agiam de forma violenta um contra o outro com atos homicidas. Em algum momento um dos homens ateou fogo no outro o que deixou a mulher desesperada. Ela já estava deprimida e muito triste. De alguma forma senti que deveria tirar a mulher do local, tomei-a pelas Maos e pedi que orasse comigo e imaginasse que estivesse rodeada por luz e paz. Lembro que logo tudo se envolveu em luz e a realidade a nossa volta mudou rapidamente. Como se tudo estivessemos Agora à luz do dia, pude ver as feicoes da mulher e também que ela trazia um lenco na cabeca como pessoas de regioes rurais. Indiquei o caminho que dava para saída do morro e a pedi que continuasse em pensamento com luz e paz ate o fim do caminho. Continuei observando porém ela nao conseguia manter essa mentalizacao por algum motivo. Fui até a Senhora.. (me lembro que ela apesar de estar naquele local insalubre, ela sempre mantinha suas roupas limpas e ofereceu as mesmas à nós recém chegados) ..e e segurei-a pelas Maos outra vez. Autmaticamente fomos transportados pra um local onde inúmeras pessoas estavam num imenso gramado como se esperando por algo e olhavam para o mar em frente. O céu era de um azul muito Bonito e enquanto observava isso lembro de ter sido tomado de surpresa pela certeza de que Espíritos estavam chegando e surgindo de toda parte. Nesse momento uma múlher, avó de um grande amigo meu e mae da minha madrinha, já falecida ha muitos anos, apareceu numa forma que é difícil descrever aqui. Ela estava jovem, por volta dos seus 40 e poucos anos (ela faleceu por volta dos seus 80, 90 anos) e com uma roupa que irradiava luzes que iam de um verde com tons azuis e isso reverberava numa energia que eu só posso conceber como mais evoluída. Ela sorria e estava muito alegre em estar ali comigo. Usava ornamentos no cabelo e um colar com uma pedra muito bonita. Eu me senti muito honrado de estar em sua presenca. Tenho que dizer que as sensacoes de positividade, alegria , paz e acolhimento emanados por essa mulher sao difíceis de por em palavras aqui. Dalí em diante fui levado para observar um local que eu espero que quem esteja lendo essa mensagem já tenha visto em alguma viagem astral ou sonho etc. Ela me levou...(nao mais a via somente ouvia sua voz enquanto eu vizualizava o local).. para um especie de Horizonte onde acima da água estava um portao ou Portal com tres entradas que lembravam aqueles portoes de locais sagrados da antiga mesopotamia ou egito, de arquitetura retangular e muito altos. Atraves das 3 molduras dos portoes puder ver uma paisagem fantastica , como se fosse Sem fim onde montanhas ao fundo tornavam tudo magnífico. As palavras que vinham a minha mente eram de um local divino concebido para seres muito evoluídos. POrém a mae da minha madrinha neste momento ainda falou, se esforce um pouco mais para ver a grandiosidade da montanha criada também por Deus. Quando ela disse isso enquanto caminhavamos uma paisagem ainda mais ao fundo da primeira se formou; uma montanha gigantesca. Incocebivel em tamanho em comparacao ao que vi aqui no mundo material. A sensacao era de que essa montanha era do tamanho de um país inteiro. Nao sei descrever bem, porém o poder e o gigantismo eram coisas que emocionavam. A Senhora me levou mais adiante e me mostrou uma cena, onde estavam uma mulher dentro de um veículo com sua filha no transito em meio a um engarrafamento. Ela me disse: -vamos observar se ela manteve sua meta que se propós. A mulher esbravejava e estava muito brava. Senti um impulso de mandar pensamentos positivos e que ela mantesse a fé e lembrasse do que tinha se proposto . Ela se acalmou e vi quantas outras pessoas nos outros veiculos estavam nessa mesma vibracao negativa e de desespero. Por último (desculpem se o relato ficou muito longo) fui deixado com outras pessoas (acho que algumas do primeiro cenario inospito) numa especie de veículo em forma de esfera transparente, que se encheu de água muito rapidamente e apesar da sensacao de sufoco nao entrei em panico. A agua se foi e me encontrei num gramado em frente à uma residencia como se um Resort de ferias onde pessoas conversavam. Uma mulher veio até a mim e me deu algo para beber. De imediado minhas roupas se secaram, me senti muito bem , em paz e a sensacao de sufocamento foi embora. Me lembro de surgir o símbolo da Flor da Vida em minha mente enquanto o liquido fazia efeito no meu corpo. Algo muito interessante. Entao olhei em volta e pude ver algo sendo contruído bem ao alto , uma estrutura metálica em forma de meia-lua com esferas. A estrutura tentava se completar a minha frente poém eu ja estava quase acordando e sentia que nao poderia ver tudo. Acordei com lágrimas nos olhos com a certeza de que foi algo especial e unico na minha vida. Obrigado por ter Lido esse relato. Se voce ja visualizou algo similar, por favor comente. Especialmente a questao das 3 molduras dos portoes com a paisagem "divina" atras me interessa bastante em saber se alguém ja viu algo assim. Abracos !
  3. Então, a um tempo tenho sentido uma "presença", tanto durante o dia, quanto a noite. Nesta última noite, quando estava sonolenta tentando pegar total no sono, me senti ser observada, acordei rapidamente, não notei nada e voltei a dormir; logo depois de pegar no sono, acordei como se alguém estivesse me chacoalhando para acordar, também não notei nada, apenas sinto a presença de algo ou alguém (tenho isso de sentir presença ou alguém se aproximando). Anteriormente havia sonhado com uma mulher, qual me sussurrava por ajuda e eu a procurava, enquanto ela se escondia pude ver ela de costas, uma mulher com cabelos longos, lisos e negros, com uma roupa branca. Parecia que ao ela notar meu desespero ao procurá-la, a mesma ria. E no dia a dia foi a terceira fez que escuto dentro de casa esse sussurro de ajuda. Além de tudo, vejo vultos negros, principalmente em meu quarto. Já vi algo similar a um vulto negro similar a um "bicho" , muito estranho, algo anormal. Mas os vultos frequentes tem sido dessa figura feminina a qual não reconheço de forma alguma e só agora começa a se manifestar. Hoje pela manhã por exemplo, ao calçar meus sapatos sentada na sala de estar (qual me da visão ao meu quarto e banheiro), vi um vulto negro feminino entrar em meu quarto. Sinto como se algo lá dentro ocorresse. É a primeira vez que sinto essas coisas e essa concentração específicamente em meu quarto. Gostaria de alguma ajuda ou conselho e agradeceria muito, pois isso anda me perturbando, tirando meu sono, me deixando nervosa, ansiosa, me deixando compulsória em comida (por conta do nervosismo).
  4. olá, é possível que desencarnados ou outros seres espirituais sejam donos de algumas pessoas encarnados? tive esta duvida porque minga mãe teve segundo a ela "pesadelos" mas como ela me descreveu me parecia mais catalepsia projetiva, ela viu um ser com olhos vermelhos e a cara meio disforme ele era meio como sombra e nas mãos tinha garras longas e ele foi em direção a meu pai e disse que meu pai pertencia a ele ele falou tipo "ele é um dos nossos" algo assim e depois ele cravava as suas garras no peito dele, segundo a minha mãe esse ser apareceu algumas vezes nas catalepsias dela a noite e sempre fazendo a mesma coisa só não sei quantas vezes ele apareceu, (a minha mãe não acredita muito nisso, para ela foi pesadelos repetitivos). é possível que esse ser consiga causar danos físicos também?
  5. Boa tarde a todos, Mesmo antes de eu ter a minha primeira projeção, esse foi o primeiro e certamente marcante contato consciente que eu tive com o plano extrafísico. De certa forma sempre acreditei na espiritualidade, porem, de uma forma muito simplista e ignorante, considerando que esse tipo de coisa eu só tomaria conhecimento, no dia do meu desencarne, quando na verdade a espiritualidade estava, sempre esteve e sempre estará em nossas vidas, a diferença é que alguns a ignoram, e outros sequer a percebem. Pois bem, esse acontecimento foi em meados de 2015, e a partir desse dia , eu nunca mais vi a vida da mesma forma, desde então venho estudando e pesquisando diversos fenômenos extrafisicos e aspectos morais, sociológicos e psicológicos da vida em geral, e aos poucos tentando entender o que aconteceu e o porque disto... Contextualização: Sempre tive uma vida muito organizada disciplinada e focada no meu futuro como pessoa, estudei, pratiquei esportes de alto desempenho e comecei minha carreira profissional muito cedo. Porem, mais para frente, durante alguns anos, senti a necessidade de viver coisas que ainda não tinha vivido enquanto adolescente, já que não tinha tempo para isso. Passei por um período de experiências onde levava uma vida fútil e afundada apenas em festas e bebidas e sem propósito algum. Me relacionei com pessoas também problematicas e em situações similares, basicamente foi um período de muito desequilíbrio e confusão. Ápice: O ápice da minha decadência foi em 2015, na época eu vivia um relacionamento profundamente desequilibrado repleto de brigas e agressões verbais(de ambos os lados), um relacionamento que frequentemente eu tentava sair(não havia um compromisso sério, mas certamente existia um laço, que na cabeça dela permitia cobranças), pois não achava saudável viver em contato com os sentimentos de posse, controle, ciumes e dominação da pessoa(eu tinha que ser DELA de qualquer jeito, e em todos os aspectos) mas não conseguia por diversos motivos, um deles é que a pessoa não aceitava o "fim" e ia atrás de mim, descobrindo sempre onde eu estava, e criando brigas, confusão e ameaçando qualquer outra menina que ousasse chegar perto de mim. Dona de um carisma e capacidade manipulação incríveis, ela se enraizava em todos os meus círculos sociais me cercando por todos os lados, passando uma imagem simpática e tendo sempre a sensibilização e colaboração das pessoas em pró de seus interesses, enquanto eu, passava por uma espécie de sofrimento silencioso, pois não conseguia me ver livre daquilo, estava com auto estima baixa, e me sentindo culpado por qualquer coisa que fazia(eu era frequentemente julgado e reprimido com moralismo e hipocrisia, sendo induzido que eu era uma pessoa suja, nojenta e imoral), e meus desabafos e "pedidos de ajuda" não condiziam com a imagem que ela introjetava nas pessoas do meio externo, fora que frequentemente ela denegria e inventava histórias para as pessoas a meu respeito ou contava contextualizando a seu próprio favor(normalmente todos fazem isso, mas a forma que ela fazia era muito distante do permitido pela ponderação e o bom senso). Outro ponto é que eu estava bebendo mais do que nunca, frequentemente passando mal e indo a lugares bem densos pesados, afim de fugir e esquecer um pouco dos problemas e me libertar da repressão que eu sofria ate então...Mais tarde fui demitido do meu emprego, e por fim fiquei doente duas vezes seguidas(uma vez foi gripe e febre, e outra foi zica vírus). Resumindo, eu estava doente, fugindo de uma pessoa que eu considerava um obsessor vivo(sentia como se essa pessoa drenasse minhas forças para me enfraquecer e exercer domínio total sobre mim e a minha vida), desempregado, bebendo mais do que nunca(com ressacas fortíssimas), estava neurótico e isolado(não podia confiar em mais ninguém pois todos tentavam ajudar ela a voltar comigo, inclusive contavam a ela coisas da minha vida etc) e basicamente trocando o dia pela noite(dormia 2, 3 horas da madrugada e as vezes não conseguia dormir de ansiedade...nunca passado por isso). Relato: Fazia por volta de 1 mês que estava em casa desempregado e com dificuldades em dormir, entretanto após ficar um tempo isolado dos meus círculos sociais, a ansiedade devagar foi passando e fui voltando a conseguir dormir, porém, volta e meia um fenômeno muito estranho vinha acontecendo, eu ia dormir la pras 1 ou 2 da manhã e derrepente acordava de madrugada, e esse evento vinha acompanhado de uma EXTREMA vontade de abrir os olhos e verificar o ambiente ao redor, pensava eu em minha cabeça: "Não vou ver nada como sempre, mas vou olhar porque não tenho medo"...E durante umas 2 semanas, alguns dias isso continuou acontecendo, eu acordava de madrugada, olhava o quarto, via apenas ele vazio e voltava a dormir. Até que houve um dia que eu dormi virado para a parede, e nesse dia aconteceu a mesma coisa após ir deitar, acordei de madrugada, e pensei: "droga denovo, mas que saco, vou olhar o quarto", e assim fiz me virei na cama e devagar abri os olhos, ENTRETANTO, dessa vez foi BEM DIFERENTE, para minha surpresa vi NITIDAMENTE que havia UMA MULHER ao lado da minha cama! Parada! Me observando fixamente! Com os braços encostados no corpo e as mãos cruzadas para frente! Era uma figura BEM AMEDRONTADORA, Tinha os olhos azuis esbranquiçados como se fosse cega, aparentava ter uns 50 - 60 anos, estava toda de branco, com uma espécie de vestido/roupão longo e tinha cabelos longos loiros e cacheados, por de trás dela conseguia ver o meu quarto em meio a escuridão, que alias estava BEM mais escuro do que o normal, parecia ser mais amplo, e não era exatamente quadrado como originalmente, estava com as dimensões deformadas e irregulares...meu coração disparou, eu senti um medo, um pavor absurdo ao ver aquela figura na minha frente dentro do meu quarto me encarando(quase tive um ataque, fiquei desesperado, É SÉRIO), e adivinhem o que eu fiz??? Peguei o cobertor me cobri até a cabeça me virando para o outro lado e rezei ate num pode mais, implorando para que alguma coisa me fizesse dormir e aquele momento acabasse logo! Minhas preces foram atendidas, dormi em questão de segundos depois...e em "segundos depois" me dei conta que já estava acordado novamente...e fiquei pensando comigo mesmo: "MEU DEUS, que pesadelo horrível! Será que isso foi real??"....Para minha surpresa quando abri os olhos eu estava todo suado DEBAIXO DA COBERTA, com o sol entrando pela janela, virado exatamente para o lado que eu havia virado e me coberto durante a madrugada! Eu parei por um segundo e pensei, eu não posso...não tenho como fingir que isso não aconteceu...preciso fazer algo a respeito. Desde então a minha vida nunca mais foi a mesma, eu comecei a estudar o assunto, parei de beber(não eu não havia bebido no dia), mudei minhas condutas e minha forma de conduzir minha vida, conheci pessoas novas, arrumei um emprego novo e cá estou, sempre aprendendo mais hahaha Era algo mais o menos parecido com isso, só que bem pior: Os olhos dela eram como esses: E o cabelo algo como isso: Conclusões e Possíveis hipoteses: Pelas minhas lembranças, e estudos relacionados, existem algumas possibilidades que eu descarto, uma delas é a que eu acordei fora do corpo vendo o plano astral.. Se eu estivesse mesmo fora do corpo, acredito que não teria conseguido me cobrir no plano físico, ou seria puxado para o corpo após a descarga de adrenalina que eu tive. A segunda é uma possível materialização do espírito no meu quarto....porem pelo que eu sei, isso é um fenômeno muito raro e complexo, fora que aquele parecia ser uma "versão vibracional" diferente do meu quarto, acredito que aquele era meu quarto em outro plano. A hipótese mais palpável que tive ate agora, é que por algum motivo eu tenha aberto uma espécie de clarividência temporária por algum motivo, e através desta, eu tenha tido acesso a ver quem estava no meu quarto dentro daquele determinado plano vibracional... uma evidencia disso, é a escuridão excessiva oriunda do campo energético que envolve o corpo físico(geralmente quando se abre o olho após dormir, mesmo no escuro, a visão esta adaptada e funciona razoavelmente), e outra evidencia é o fato de que o lugar que eu vi, não era meu quarto, e sim um local parecido e equivalente. Agora, de fato isso me parece ter sido uma experiência patrocinada, considerando que nunca tive sensibilidade alguma a essas coisas, pelo menos não a esse nível(enxergar). O mistério nisso é entender o motivo disso ter acontecido. Bem é isso.. se alguem tiver alguma opinião a respeito, por favor não deixe de se manifestar! Abraços!
  6. Ouija ou brincadeira do copo onírico dezembro 2015 Olá pessoal! Hoje me lembrei do Ouija e da brincadeira do copo e gostaria de saber o que vocês pensam ao respeito. Pode ser perigoso o uso?
  7. Sobre inicio da saida do corpo e experiencia semi consicente com vampirizadores tgodecoladorhaule setembro 2015 Tives duas experiências de tentativa de saída do corpo : 1-Tentei sai do corpo, más não conseguia me afastar pois nesse dia não fiz nenhuma técnica e acordei com susto . 2-Fazendo a técnica técnica energética e lutando para não dormir ,do nada não escuto mais som , abro os olhos e vejo uma luz branca na minha frente com a visão embaçada meio que tento levantar e do uma saída leve , mas não sabendo se tava totalmente acordado ou com o corpo dormindo dou um '' pulo da cama'' . Uma outra experiência que eu tive não estava lucido mas acredito estar no astral . -Me deparo em uma casa com algumas pessoas e umas cadeiras como se fosse um centro espirita , que tem as palestras. Uma mulher fala para ajudar a fazer um trabalho e doar energias, eu com boa vontade comecei a dor bastante energias quando acabo de doar, vejo que não era um centro espirita aquilo e sim pessoas que estavam se aproveitando das minhas energias , depois acordo parecendo que levei uma surra .