• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'olve'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 11 results

  1. Acordei pela manha, eram 7:30, fui ao banheiro e voltei a deitar, deitei do lado esquerdo, me vi em um ónibus muito cheio, eu vi um lugar antes do lugar do cobrador, mas pensei em passar, as pessoas abriram um pouco o caminho, e de repente me vi no corpo novamente, bem relaxado, e continuei com o relaxamento. Me vi em pé, e uma moça com camiseta e calça branca, não lembro de olhar para o rosto dela, ela examinava meus olhos, e falava com outra jovem, e passou algo como um colírio nos meus olhos, e falou algo para manter o asseio diário, senti que fui deitando, me sentindo mais leve, e me vi dentro de um auditório, como se fosse no acoplamentarium(CEAEC em Foz), muitas pessoas sentadas e se ajeitando alí, todos jovens, homens e mulheres, eu sentei, não haviam cadeiras, somente a arquibancada. Sentei e cruzei as pernas, vi que estava de jeans e de tennis ou sapato preto, me afastei e um rapaz ao meu lado meu olhou, meio desconfiado, eu pedi a mochila que estava ao lado dele, que era minha, ou pelo menos eu achava que era minha. Nesse momento não sei se me toquei que estava no corpo novamente, eu me senti deitado de lado, e comecei a fazer a MBE, e foi aumentando e senti o deslocamento do corpo e sai perpendicularmente em relação ao corpo, sai e volitei ao lado esquerdo, dentro do acomplamentarium(olhei fotos no ceaec), sai lucido e olhei para todos logo abaixo, volitei para frente de todos e olhei aquela grande quantidade de pessoas, volitei pelo lado esquerdo e cheguei a um corredor que fica atráz das arquibancadas, como se fosse um auditorio, para umas 100 pessoas, e vi pessoas no corredor. Entrei em uma sala, tinha umas cinco pessoas, vi algumas jovens, todos de branco, e estavam em atividade, ou íriam estudar, volitei por sobre suas cabeças, e sai no corredor novamente, tinha muita gente, entrei em outra sala, e uma jovem ruiva, olhou em minha direção como se pudesse me ver, e falou,"olha, eu acho que temos companhia", eu toquei no rosto dela, e dei um beijo na face dela, e continuei volitando, sai pela porta, pelo corredor, e estando no corredor, eu vi um rapaz, mais velho, vindo em minha direção, alto, cabelos negros, de branco, roupa social, gordinho, muito simpático, me pareceu que ele olhou diretamente para mim. Me virei e pensei em atravessar o teto do auditorio e ver oque tinha acima, Comecei a volitar, e subi, e fui atravessando o teto, me pareceu demorar mais do que seria necessário para atravessar uma laje, via cores escuras, e tons de verdes escuros. Ao sair logo acima, me deparei com uma construção inacabada, com mato para todo lado, pelas paredes e pelo chão, estava muito claro, muita luz, essa projeção que relato foi pela manha, aqui no intrafisico, e lembro dois cachorrinhos, dois pinchers pretos, brincaram comigo, fizeram festa, porque me perceberam. Olhei para uma escada, e vi que quatro jovens estavam vindo de uma escada, dera a volta e subiram nessa outra escada, essa construção não vi janelas,me pareciam faltar algumas paredes e tudo era muito iluminado pelo sol, e muito mato e verde para todo lado. Eles subiram a escada, e eu volitei para um espaço aberto, onde percebi que dava em um grande salão, e olhei para a frente do salão e podia perceber que os quatro jovens, continuavam subindo, eram todos morenos e negros, de bermudas, e tinha as camisetas enroladas na cabeça, como os traficantes de favelas fazem, e continuavam a subir, me senti em uma igreja, fui volitando e olhando para os rapazes, e ao subri alguns metros eu voltei para o corpo. Durante a projeção, desde o início, quando a lucidez começava a falhar, a visão borrava, ou a mente começa a ficar como que com sono, eu focava em algo, um objeto, eu narrava o que via, ou tocava em paredes. Acordei, rememorei tudo com calma, pensei em sari de novo, mas senti de levantar e gravar tudo que vivi.
  2. Galera, boa noite! Não consegui encontrar nada no fórum acerca disso, ao menos nada diretamente. Em resumo: Estou praticando a técnica da olve + meditação há algum tempo, mas com a técnica da olve estou há alguns dias tendo um sintoma físico um tanto quanto peculiar e estranho. Ao movimentar as energias, após alguns minutos, eu começo a sentir náuseas e uma aparente vontade de vomitar (digo a aparente pois parece algo criado pela mente). Algumas pistas adicionais que creio que pode estar relacionada, mas não tenho certeza, é uma aparente sensação de sentir a sensação quando a energia passa no chakra cardíaco e plexo solar, pouquíssimas vezes no laríngeo também. Ai que surgiu minha dúvida, se fosse algo que passasse após alguns dias, levaria como algo bem normal, uma vez que a olve vai colocando as energias no seu devido lugar e equilibrando os chakras, mas o que achei estranho é que já fazem quase duas semanas com a mesma sensação e a impressão de vinculação com os mesmos chakras supramencionados. Pelo que pesquisei até agora (no fórum, google e alguns vídeos), pode ser um vínculo direto com o plexo solar, um processo de quebra de bloqueios ou vínculos com obsessores, ou atração de entidades negativas (não entendo o motivo) e acabar sentindo justamente pelo aumento de sensibilidade derivado do trabalho de energias. Alguém já teve sensações similares ao trabalhar as energias e conseguiu encontrar alguma resposta para a origem delas?
  3. De uns tempos para cá tenho meditado bastante e treino técnicas energéticas de respiração positiva e negativa. Após alguns minutos, já em estado de relaxamento, sinto umas alfinetadas suaves na região dos gânglios cervicais. Estou fazendo algo de errado, é reflexo direto de algum tipo de ativação ou resposta de assédio? Muita paz e luz a todos!
  4. Bom dia pessoal do Forum! estou vendo os cursos aqui do site, baixei as tecnicas OLVE (8h de curso), to seguindo. o q aconteceu ontem foi, o meus ouvido sempre teve aquele zumbinho a noite, uns falam que é atividade da pineal, mas ontem parece aquele helicóptero de turbina, tava quase decolando... senti até a coberta sendo puxada, resumo, consegui uma projeção, o quarto tava no breu, qdo sai não vi nada, ainda fui acender a lux, mas como era minha projeção, não rolou..rs fiz um role básico aqui no meu bairro.. nada demais minha dúvida é sobre a turbinada que deu nos meus ouvidos, alguém ja sentiu algo parecido? ´seria normal? agradeço a atenção!!!
  5. Bom dia pessoal! baixei os cursos, estou ouvindo, mas não to achando sobre a técnica OLVE, vi diversos comentarios acerca dela, mas não consegui localizar, se alguem tiver o link, ou explicar, sei que é um EV avançado... obrigado
  6. Pessoal, posso prativar OLVE sentado no banheiro? Sei que parece meio idiota a pergunta mas existem muitas crenças sobre o banheiro ser um lugar aonde as energias densas são despejadas ou que é o ladrão de energia da casa/ambiente. Estou perguntando isso pois não consigo praticar muito bem de olhos abertos e tem horas que eu queria fazer aqui no trabalho. Não tem como eu fechar os olhos aqui na minha mesa.O banheiro seria o lugar ideal pra fazer isso.
  7. Sempre que faço as tecnicas energeticas para tentar me separar, minha mão fica estranha, tipo como se tivesse outra cópia da minha mão, ela fica pesada, parece que está solta mais não consigo mexer-la, queria saber o que é essa sensação.
  8. Quando eu vou executar a olve, eu vou passando a energia pra baixo pelo corpo com facilidade, mas na hora de fazer a energia subir pelo corpo eu sinto dificuldade, parece que a energia não consegue subir ou que eu tenho dificuldade de fazê-la subir, é normal isso? outra dúvida, durante a olve, quando a energia passa pelo 2° chakra(Swadhisthana) eu sinto uma tontura e sensação como se meu corpo começasse a girar(isso sem relaxamento físico), alguém mais já percebeu isso?
  9. Faço a circulação fechada com intenção de atingir o EV, não é o mesmo que OLVE? OLVE é mais eficiente? Ou só muda por ser pesquisadores diferentes? *não sei como funciona a OLVE.
  10. Guest

    Despertando na madrugada

    Comecei a aproveitar os diários despertares repentinos na madrugada para tentar o olve, ontem tentei porem senti um calor terrível, desisti pois achei que fosse um calor proveniente d o cobertor, esta madrugada com ar condicionado ligado e bem frio, tirei a coberta e tentei, senti novamente um calor terrível na região pélvica, muitos "estalos" começaram a ocorrer em vários cômodos do apartamento, inclusive o teto do meu quarto que é de laje, próxima madrugada vou usar meu gravador de áudio e gravar estes estalos que atrapalham bastante minha concentração e acabam com minha experiencia.