• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'plano'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 2 results

  1. Bom dia a todos! Eu ia postar como um relato mas acredito que tenha mais dúvidas do que coisas para contar: Ontem foi um sábado preparado para ser leve e para eu tentar me projetar lucidamente. Tentei fazer tudo o mais certo possível mas acredito que uma ligeira soneca a tarde abalou o procedimento posterior. Fui tentar dormir a noite mas sinto que não estava com sono suficiente. Fiquei um tempão movimentando as energias mas muitos pensamentos negativos ficavam invadindo minha mente. Estava fora do normal. Eram pensamentos sem relação alguma comigo e era nítida a interferência de alguém. Tentei bloquear imaginando X vermelho na tela mental mas a invasão permanecia. Cheguei ao ponto de partir para o Belilin e logo após o primeiro bloco, minha mente já desviava para algo diferente. Precisei tentar repetidas vezes para conseguir finalizar. Acabei dormindo leve. Acordei as 3:25 com a sensação de que não dormi. Parece que fiquei a noite inteira remoendo pensamentos. Bem estranho. Fui ao banheiro e voltei para tentar as técnicas. Parecia que não ia de jeito nenhum até que "desisti" e apaguei. De repente, fiquei razoavelmente lúcido num local que parecia uma lateral de uma casa com umas mesinhas equipadas com computadores e muitos fios. Tinha bastante gente ali e ouvia uns cochichos "olha, um projetor..." que as vezes soavam respeitosos e outras vezes algo do tipo "Agora tá na moda aparecer esses projetores. Era só o que faltava!". Tinha uma moça baixinha de cabelos curtos e claros que me puxou pela mão para me tirar dali e dizia para os outros: "Deixe ele. Como se vocês nunca tivessem passado por isso!". Ela queria que eu ajudasse em algo que parecia ser uma habilidade minha. Deixei a área de trabalho mais organizada. O pessoal da equipe agradeceu mas eu não entendia direito o que estava acontecendo. Num momento a moça baixinha comentou que eu estava a poucas quadras da minha casa no físico e eu já tinha começado a notar isso. Moro num bairro bem movimentado com casas, prédios e sobrados bem concentrados. Depois que senti que já tinha feito a minha tarefa ali me despedi e saí caminhando pelo bairro em direção a minha casa. Embora seja um bairro denso, as calçadas são normalmente vazias no físico (o pessoal só anda de carro aqui na minha cidade) mas, nesse plano, apesar de ser certamente Umbral, tudo era muito limpo (melhor até do que aqui) e repleto de pessoas! Vi pela primeira vez carros estranhos mas o que me chamou a atenção é que numa rua aqui perto que é sempre vazia de pedestres, havia um monte de barraquinhas vendendo coisas. Parecia a feirinha de Balneário Camboriú com vários produtos sendo vendidos! Tinha um monte de aparelhinhos de música, jogos, roupas, doces, etc., tudo numa estética consideravelmente diferente da moda atual aqui. Tinha música dos anos 80 tocando e muitas pessoas tentavam falar comigo mas eu estava meio grogue. Tinha um cara que bancava o meu "amigão" ali mas achei meio estranho e não deixava ninguém me tocar. A maioria das pessoas era bem intencionada e o ambiente parecia bem limpo e organizado. Acho que esse "amigão" estava pregando uma peça em mim pois em dado momento, quase chegando na esquina da minha rua, as pessoas começaram a me olhar diferente e um vendedor de uma das barraquinhas me perguntou se já ia embora. Soou estranho mas continuei até chegar na minha residência. Precisei pedir licença para conseguir entrar, já estava cansado de andar e notei que minhas pernas estavam mais compridas do que o normal e eu usava umas botas altas! Pensei que estava perdendo a sintonia e já sentia a vontade de urinar do meu corpo físico. Numa bobeira de lucidez tentei ir no banheiro no astral mesmo e levei um susto ao me ver no espelho. Eu era uma mulher alta, de cabelo preto e usava roupa sensual demais e depois o meu visual atual retornou. Alguém estava tirando sarro da minha cara esse tempo todo! Até que acordei bem mas com raiva da zoação que fizeram comigo. O bairro parece vazio agora no físico. Dúvidas: • É possível plasmarem um visual para que zombem da gente? • Tem dinheiro no Astral? Como funcionam essas lojas? • Como é possível ter a gravação das músicas do físico lá nesse plano? • O Umbral é assim tão mais povoado do que o físico? • Esses "amigões" são assediadores? • Esse escritório com a moça baixa era uma operação de amparo? • Dá para confiar em espelhos no Astral? Dessa vez foi no mínimo curiosa e minha experiência... Paz e luz a todos!
  2. lendo várias experiencias projetivas percebi que numa projeção astral a pessoa só vê o astral do lugar em que ela está, não existe uma forma de ver só o plano físico ? " Clarividência viajora. Percepção visual à distância, que permite à pessoa a captação de cenas e imagens de um local físico distante ou de outras dimensões. " bom, na clarividência viajora a pessoa pode enxergar outro lugar físico com o chakra frontal então teria como uma pessoa usa-la para ver especificamente o físico?