• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'psicofonia'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 7 results

  1. Sei que parece absurdo o que vou contar mas preciso compartilhar pois não encontrei nada relacionado. Costumo receber mensagens extrafísicas desde 2012 e de 2017 para cá, o fenômeno tem se intensificado. Não tenho mais medo e já consigo perceber as ocasiões propícias para que a comunicação se estabeleça. Normalmente recebo insights na forma de vozes "na cabeça", vozes reais que podem ser ouvidas por outros, na hipnagogia e, nos casos mais complexos, surge a psicofonia. Essa psicofonia é mais comum fazendo uso da minha esposa como mecanismo transmissor mas já aconteceu comigo também. Depende do alvo da mensagem. Adotamos um protocolo de atuação a tratamento das mensagens para que as consciências que nos contatam sintam confiança e construtivismo da nossa parte. Não revelamos o conteúdo geral, a não ser que seja dirigida a alguém. Em outras palavras, estamos refinando o canal de comunicação para um melhor entendimento das realidades ocultas e para a nossa expansão consciencial. Há 2 semanas surgiram em cima de nossa pia no banheiro do quarto um par de alianças estranho com os nossos nomes gravados. Detalhe interessante é que ninguém comprou, nos presenteou ou deixou ali sem querer. Tanto eu quanto minha esposa achávamos que o outro havia feito uma surpresa. Ficou uma situação estranha. Elas são feitas de material valioso e seriam caras se fossem compradas. Passamos por alguns dias de extrema estranheza mas passamos a utilizá-las. Os tamanhos são perfeitos e precisariam de provas para poder confeccionar com tanta precisão. Numa recente psicofonia, dentre os assuntos tratados, comentei sobre o par de alianças e a consciência comunicadora explicou que não foi dada por ela mas que não tinha procedência "terrena". Esse foi o termo utilizado. Disse que ganhamos de presente dos nossos irmãos e que é para pensarmos positivo para colhermos positivo. Apesar de querer saber mais detalhes preferi agradecer e não extrapolar a comunicação. Despedi-me e ouvi um leve e sincero "Estamos sempre com vocês. Sempre por perto. Às ordens.". Estou começando a gerar um arquivo gravado com as comunicações mas prefiro manter em sigilo, servindo para a nossa pesquisa pessoal e para garantir a confiabilidade com os comunicadores. Alguém já soube de algum caso similar de "materialização" ou similar? Muita paz e luz a todos!
  2. Olá Viajantes! Este será meu último relato. Aprendi algumas coisas que são alcançadas olhando para o seu universo interior e que antes procurava no universo exterior numa busca desconexa. Fiz minhas técnicas e pouco antes de adormecer fiz algumas perguntas sem verbalizá-las e as mantive na mente até onde foi possível. Algumas questões sobre saúde de pessoas amadas, sentido da vida física e sobre a busca desordenada de conhecimento de diversas fontes. De repente, quando me dei conta, estava andando numa espécie de veículo com um senhor e uma moça passando por algumas ruas aqui do meu bairro. Estavam completamente vazias. Levaram-me até uma praça grande aqui perto e perdi parte da rememoração. Lembro apenas de reconhecer bem o local, de ver as casas e edifícios ao lado mas de estar preso com uma mulher "bonita" grudada em mim tentando me beijar a todo custo. Foi uma luta difícil vencendo estímulos e mantendo a ética em respeito a pessoas que são nossas parceiras de vida. Consegui me livrar daquilo e acordei no físico. Fui ao banheiro e na volta fiz um pouco de OLVE. Iniciou-se um evento de toques nas minhas costas que a princípio pensei serem da minha esposa. Era uma massagem que arrepiava o corpo todo e tinha toques suaves em diversos pontos da coluna. Em seguida, um súbito evento de psicofonia iniciou-se e recebi um grande volume de conhecimento que é apenas dirigido a mim e minha esposa. No final da comunicação perguntei sobre essa minha recente projeção semi-lúcida. Recebo a mensagem de que devo me positivar mais no plano físico e que esse evento não passou de uma percepção motora sequencial dentro de um conjunto de acúmulos no subconsciente. Não negou a projeção mas disse que as autênticas são muito mais expressivas e facilmente distinguíveis. Lembrei de apenas umas 3 nesse nível de consciência. De resto, devo beber muita água, eliminar mídia de desinformação, limpar meu subconsciente e focar apenas em pensamentos positivos. Muita água, paz e luz a todos! /\
  3. Tentei me segurar para não postar sobre este evento mas não consigo. Sinto que preciso compartilhar a experiência mesmo sem detalhar o conteúdo da mensagem em si recebida. De uns tempos para cá, tenho me comunicado com uma pessoa em inglês que faz parte da história da Guerra Civil americana. A consciência se identifica como Albert Gallatin Jenkins. A comunicação acontece em partes e de formas diferentes, incluindo: Psicofonia direta (em mim mesmo ouvindo) consciente, psicofonia baixa (resmungos via minha esposa), conversas complexas em hipnagogia (ou não) e rememorações de locais e eventos desconexos. O inglês que ele utiliza é bem difícil de entender pois difere do atual e sinto que a consciência perde a paciência em alguns momentos por precisar falar bem devagar para que eu entenda. Ele me mostra situações como lápides, campos com cavalos, plantações, cristaleira, jogos de chá e o mais comum: diversos mapas. A sensação é que ele precisa me transmitir algo relacionado a uma região mas que eu não estou captando corretamente pelo excesso de informação. Dá para sentir a ansiedade dele em passar tudo rápido. Quando pergunto qual a minha ligação com isso tudo ele apenas responde palavras soltas como "comunhão", "Alexandre ou Alexander" e "misericórdia. Vejo alguns templos maçônicos e fachadas de prédios antigos. Sinceramente não sei como proceder e devo ser o receptor errado.
  4. Olá, Existe alguma explicação científica (alternativa) para o fenômeno da psicofonia durante o sono? Gostaria de saber se seria possível o fenômeno ser uma interpretação errônea de uma resposta de informação acumulada no subconsciente do indivíduo e/ou manifestação de micro personalidades presentes no próprio cérebro, gerando uma precipitada conclusão de mensagem do oculto. Pesquisando pela web só encontro pontos de vista 100% sim ou 100% não.
  5. Gostaria de saber se devo (ou não), e a quem / qual grupo ou entidade, comunicar a identificação e mensagem recebida de personalidade histórica de outro país. Acredito ser muito insignificante para ser detentor desse tipo de informação.
  6. Estou precisando muito de uma luz... Vi um video sobre mediunidade em 2014 quando comecei um processo de desobsessão, em meio a vício alcoolico , sindrome do panico , bipolaridade e mudança de personalidade, principalmente quando bebia e tinha apagões do que havia ocorrido, sendo agressivo e nao me recordando mesmo de nada. Queria saber se eu teria que fazer algum trabalho e onde eu poderia ver se tenho algo a desenvolver nesse lado mediunico... Vou resumir bastante minha historia desde que tudo comecou a desmoronar , mas antes vou um pouco mais atras. Aos 5 anos de idade tinha decorrentes pavores , medos e pesadelos, passava noites em claro com vontade de suicidio, de pular da janela de qualquer forma... Isto durou um bom tempo, minha avó ajudava muito benzendo e essas coisas. Somente em 2011 aos 20 anos fui ter sindrome do panico, ate entao eu era pra cima , brincalhao, sempre fui honesto, ajudando os outros e tentando ser uma pessoa boa e de carater na medida do possivel. Me tratei com psiquiatra pois queria estudar música em los angeles em 2012 que era meu sonho. Fui pra lá já sem medicação e após 8 meses comecei a ter sufocamento quando estava quase caindo no sono, urticária ao frio ( boca e maos inchavam e garganta fechava, eu achava que era panico mas nao era ) , fui caindo na bebida pra poder dormir. Tive que voltar ao brasil pra me cuidar, mas com uma depressao severa fiquei me apoiando erroneamente na bebida e com a tolerancia fui aumentando cada vez mais a quantidade. Não tinha sintomas maiores da bebedeira, até ter crise de ansiedade e fobia social ... tudo foi se agravando até 2013 . Neste ano tentei ir a centros espiritas por sugestao de minha mae , já que fiz todos os exames possiveis médicos e minha saúde fisica estava 100% por incrivel que parecesse. Acabaava brigando com ela no caminho... com minha namorada que tanto me apoiava e ajudava e desistia do tratamento. Em 2014 fui em outro centro pra mais uma tentativa e estava com tratamento medicamentoso ( antidepressivos e ansioliticos , que pouco adiantavam ) . Tive 2 anos de tratamento , confesso que melhorei muito , se tratava de uma legiao de obsessores segundo a casa, mas nao puderam revelar mais sobre. Hoje em 2016 fiz avaliacao neuropsiquiatrica e fui diagnosticado com bipolaridade , asperguer e forte depressao. Dentre 2011 e 2016 tive enormes angustias , fobia social , tentativas de suicidio e tambem o fato da psicofonia acontecer , principalmente quando bebia ( hoje nao bebo mais e estou com 5 medicamentos pra segurar um pouco a barra ) . Tem sido extremamente dificil mas nao estou disposto a desistir, e eu tive um estalo nas ideias de que poderia ser para eu desenvolver algo... Sinto minha vida travada , com enormes melancolias e angustias severas... Muito obrigado a quem puder me dar esclarecimento... Patrick
  7. Galera, boa tarde! Vocês já ouviram falar em incorporação no astral, em sonho lúcido? É a segunda vez que acontece comigo, em sonho lúcido, e é claro que pode ser apenas onirismo, mas não custa nada entender melhor o assunto.