• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'reencarnação'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 13 results

  1. Olá pessoal, este é meu primeiro post aqui. Minha dúvida é a seguinte: a muito, muito tempo que eu tenho tido sonhos em que eu estou viajando de avião. As vezes as pessoas presentes mudam, as vezes o destino da viagem muda, mas eu sempre estou em um avião e estou muito apavorado. Foram inúmeras vezes sonhando com isso. Seria isso uma memória de como eu morri em uma vida passada ?
  2. A peça no ciclo da vida, das vidas. A muito tempo, muito mais tempo do que possamos lembrar, e em lugares e galáxias, planetas dos quais a muito não lembramos, vivemos em uma grande peça de teatro, em que interpretamos com nossas vidas, vários papéis. Sendo que os primeiros papéis geralmente são os vilões, assassinos, e personagens deploráveis, mas necessários ao desenvolvimento da peça. Ao longo do tempo, vamos ganhando papéis diferentes, de mocinhas, rapazes de boa índole, bom coração e por vezes interpretamos o mesmo papel, com pequenas variações por longo tempo. Não tenhamos dúvidas quanto a isso, iremos interpretar todos os papéis possíveis e inimagináveis. Como em uma tragédia grega, em algumas peças de nossas vidas, existe muita dor, tristeza e desespero, a traição e falta de amor é o sentimento interpretado por nós em muitas centenas de anos. Ás vezes ficamos na coxia e bastidores por mais tempo ainda, e mesmo nos bastidores interpretamos papéis, alguns de nós em belas cidades, e outros muitos outros na erraticidade e nos umbrais, mesmo assim vivemos esses papéis como nossas vidas. Mas logo chega o tempo de voltar para a peça de nossas vidas. Mas porque não lembramos dos papéis que interpretamos? Ou no máximo lembramos tão pouco? Será que poderíamos viver com essas lembranças? Um dia sim, mas enquanto interpretarmos papéis, não lembraremos. Geralmente seguimos com os mesmos atores e atrizes ao longo do tempo, das eras, e dos universos, para juntos melhorarmos o desempenho e a atuação da peça, mas ás vezes somos separados no tempo e no espaço, e por outras galáxias. Um dia, e após centenas ou até milhares de papéis, não seremos mais atores, não interpretaremos mais nessa grande peça, seremos então diretores, auxiliares, professores, guardas, e todos as demais funções necessárias para que a peça continue e prossiga por eras, porque não começamos nessa companhia de teatro como porteiros, costureiras, começamos como os atores, e cada um é o ator principal da história da sua vida. No final, e a um final na peça de cada um, na história de cada um, nesse final todos e sem exceção seremos premiados e seremos um. a vida segue como arte, ou a arte é a própria vida? Autor: atualmente interpreto o Carlos Meneses.
  3. Sou evangélico e acredito na reencarnação,porque? porque esta escrito: "antes que o corpo volte ao pó que o era e o espirito volte a Deus que o deu" hora é bem fácil de entender este texto pois para o espirito voltar a Deus ele só podia ter estado antes com Deus. Minha tese é que projeção astral vai contra os princípios da reencarnação e sua lei maior, a lei do karma (lei do esquecimento), meu argumento consiste no fato de que nós espíritos estamos encarnados para experienciar vivencias temporais e transitórias, enclausurados neste corpo físico cujo cérebro é o responsável por limpar nossa memoria astral todos os dias antes de amanhecer o dia. Hora se um dos objetivos da reencarnação é o esquecimento da memoria astral, obviamente sair do corpo em projeção e lembrar das ações fora do corpo vai contra os objetivos da reencarnação. Logo isso explica a grande dificuldade de muitas pessoas em realizar projeção astral pois tal pratica contraria uma lei espiritual maior, quando a pessoa não é digna de lembrar das ações realizadas pelo espirito fora do corpo o "céu" definitivamente boicota as tentativas de projeção astral consciente e lucida. ( meu caso )
  4. Olá É possível dois espíritos reencarnarem em um mesmo corpo? Eu sinto como se eu mesma fosse a soma de duas pessoas totalmente opostas, não como a bipolaridade quando a pessoa muda de uma hora para outra, eu sinto como se a minha mente e alma fossem divididas em duas partes opostas, literalmente: com um lado bom (pensamentos bons) e outro mau (pensamentos até mesmo assassinos), é como se eu estivesse exatamente no meio e tivesse que a toda hora equilibrar esses pensamentos e emoções, essa divisão não se limita a minha mente, mas também ao meu corpo físico, uma metade do meu rosto é diferente da outra e no olho esquerdo eu posso ver a energias das pessoas/coisas, não colorida como a aura, mas uma luz branca que as pessoas/coisas irradiam, esse olho também consegue (com um pouco de concentração) ver o Miasma (acho, para mim se manifesta como uma fumacinha preta- o lugar em que mais vi isso foi em um hospital de urgência/emergência), meu mapa astral também é muito confuso, apontando vários pontos que são literalmente os opostos um do outro como energias fortes e determinantes. seria possível que dois espíritos tivessem de alguma forma se fundido? e reencarnado em um só corpo?
  5. REENCARNAÇÃO NO HINDUÍSMO http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2003/10/reencarnacao_hinduismo.html
  6. Bom dia, confrades. Planejava fazer esse post ontem mas como meu dia laboral foi complicado, não deu tempo... Vou procurar ser o mais conciso possível. Venho praticando algumas técnicas para desbloqueio do chakra frontal (além de frequentar sessões de desenvolvimento mediúnio, como participante da mesa, no centro espírita que frequento - até agora foram umas cinco ou seis sessões). Todos os dias, depois de chegar do trabalho pratico uns 40 minutos de técnicas variadas, como aquela que o Saulo Calderon disponibilizou no YouTube, uma que o Wagner Borges citou em um de seus programas ou então fico apenas me concentrando no chakra frontal, juntamente ao mantra "OM". E assim tenho feito já há um mês. Logo nas primeiras vezes já senti alguns sintomas mais imediatos e discretos como: coceira dentro do ouvido durante a técnica, sensação de vibração dentro da cabeça, e depois de bem relaxados, trancos bem firmes. Porém, um sintoma inesperado tem me chamado bastante atenção. Depois da primeira semana comecei a vivenciar memórias da minha infância, até então escondidas no subconsciente. E já agora, na quarta semana, tive dois sonhos lúcidos em que me vejo no espelho de meu quarto e minha aparência vai mudando. De alguma maneira eu sei que sou eu, mas com outra aparência. Até agora vi como se eu fosse um militar alemão, vestido bem no estilo Wehrmacht, mas com um jaleco braco de médico e um outro "cara" (que era eu) mas já em outra época, com um chapéu fedora mas com uma puta aba grande e esquisita. Algum de vocês já vivenciou experiências de retrocognição durante ou depois de práticas relativas à terceira visão ? Por algum motivo, eu pensava que experiências de retrocognição eram mais relacionadas ao chakra cardíaco.
  7. Provas Científicas da Reencarnação - Jim Tucker Jim Tucker é director médico da Clínica de Psiquiatria Infantil e Familiar, e Professor Associado de Psiquiatria e Ciências Neurocomportamentales da Universidade de Virginia.[1] Seu principal interesse investigador são as crianças que parecem recordar vidas anteriores, e as lembranças pré-natais e do nascimento.[2] É autor de Life Before Life: A Scientific Investigation of Children’s Memories of Previous Lives (que foi traduzido ao português como Vida Antes da Vida), que apresenta uma visão de mais de 40 anos de investigação sobre a reencarnação no Setor de Estudos da Percepção da Universidade de Virginia.[3]
  8. acho que seria muito injusto a pessoa treinar uma vida inteira pra se projetar e ter que começar tudo do zero... e sobre as pessoas que nascem com facilidade de se projetar, seria reflexo de vidas anteriores?
  9. Escrevi hipótese no título apenas para respeitar a variedade de concepções sobre o tema que podemos ter aqui no fórum, mas para mim, a questão de reencarnação/ressoma/vidas em série e grupocarma já é certeza, não tenho dúvidas quanto a esse mecanismo, apenas não tenho lucidez suficiente para compreende-lo completamente. Então, meu questionamento aqui é em relação ao funcionamento dessa engrenagem. No caso, estive pensando no por que de hoje, estar renascido aqui no Brasil, especificamente em minha cidade natal, pequena cidade do Paraná, com essa família e nesse momento. Afinal, quando começamos a estudar a pluralidade existencial, compreendemos que pouco tempo atrás estivemos na europa, na china, seja onde for. O Brasil é muito novo, e dado nosso nível, evolutivo (o meu, pelo menos, preciso ter a ambição e coragem de admitir) sei que sou uma consciência pelo menos mais velha que o descobrimento do Brasil, e dado a cultura e história indígena, sei que minhas origens conscienciais não vieram daí. Tenho algumas suposições de vidas mais marcantes: - Europa na época feudal; - Índia, em um período que não estudei ainda; -Japão, provavelmente feudal, antigo. -E alguma vida com um contexto mais xamânico, da floresta, mesmo. Comecei a pensar sobre esse mecânismo que envolve a região e a famíla ao mesmo tempo, por que entende-se que o grupo carma (o seu grupo evolutivo, que vai e vem em mandalas circulares de encarne e desencarne, num sistema cíclico de aprendizados e relacionamentos, agradáveis e desagradáveis, de gente já irmã, limpa, onde só existe ajuda e ainda gente que nos causa mal estar, problemas e angustias, porém são muito próximos a nós e que de alguma forma ainda estamos atados). Pensei então sobre o fato de meu sobrenome Nadolny e Blum trazerem rastros Italianos, poloneses e Alemão. Tenho uma forte ligação com a ideia alemã, e na época do porão consciencial, onde nossa adolescência traz a tona inúmeras sujeiras ainda não totalmente superadas, eu tinha uma fascinação descomunal com a ideia nazista, inclusive desenhava suásticas no meu braço. Isso com doze, treze anos, conhecendo claramente a ideia nazista, porém sem a maturidade racional para entender toda a atrocidade por trás. Pergunto-me, e pergunto a vocês, se mesmo os sobrenomes, são de alguma forma um conector provável para mantermos o fio da meada, onde a família teve vivencias na Europa, onde já vivi outros momentos com os mesmos, e nesse ciclo de indas e vindas, passaram-se algumas gerações (por exemplo, dos que estavam imigrando para cá), enquanto nessa rodada posso ter estado na França, ou Índia por exemplo, para depois, já com o sistema do grupocarma acentado aqui, voltei a nascer junto a parte dos familiares que estava com os débitos mais atrasados e num contexto onde pudesse então trabalhar melhor as pendências e utilizar também melhor minhas qualidades... É algo bem complicado de expressar, sinto que ficou um emaranhado. Mas quem sabe possamos trabalhar melhor essa ideia. O que pensam disso?
  10. Pessoal, vocês teriam alguma explicação com relação aos Psicopatas e Sociopatas o porque deles serem assim,nascerem assim, tipo alguns espiritas não sei sé são todos, dizem que suicidas quando reencarnam eles reencarna como Pessoas especiais (deficientes) ex: paralitico. e os psicopatas? oque eles seriam? antes da reencarnação?.
  11. Manika Manika agosto 2015 em .................................... Sinopse: A reencarnação é possível? Ninguém no pequeno vilarejo indiano onde vive a menina Manika diria que sim. Muito menos o padre irlandês Daniel, recém-chegado ao local. Mas a menina não se cansa de contar histórias sobre sua vida passada, que teria ocorrido em uma cidadezinha no Nepal. As histórias são tão cheias de detalhes que o padre decide levá-la até lá. A viagem será uma descoberta para os dois. Seu roteirista, François Villiers (França, 1989) se baseou em um dos casos pesquisados pelo dr. Ian Stevenson(vide "20 casos sugestivos de reencarnação"), sob o nome "Shanti Devi". A menina Manika vivia em um pequeno vilarejo de pescadores da Índia, em meio a católicos.Ninguém era adepto de crenças reencarnatórias, mas a garota não se cansa de contar histórias sobre uma outra vida, de riqueza, vivida por ela no Nepal. Seus pais constantemente a recriminam por isto. Confusa, foge de casa e o padre de seu colégio, Daniel, promete a seus pais encontra-la e traze-la de volta. Suas histórias são tão ricas em detalhes que o padre decide levá-la ao Nepal. A viagem será uma descoberta para ambos: para Manika, o encontro de seu próprio destino; para Daniel, o encontro das bases de sua fé. ........................................ Caso real. http://misteriosdomundo.org/reencarnacao-o-misterioso-caso-de-shanti-devi/ Parte 1:
  12. Sinopse: Pela primeira vez na história, um filme retrata, com fidelidade, lógica e respeito, a reencarnação, tema de interesse de milhões de pessoas em todo o mundo. Baseado em fatos reais relatos no livro autobiográfico de Jenny Cockell, Minha Vida na Outra Vida http://www.livrariacultura.com.br/p/minha-vida-em-outra-vida-2223316 Ele conta a história de Jenny, uma mulher do interior dos Estados Unidos, que tem visões, sonhos e lembranças de sua última encarnação, como Mary, uma mulher irlandesa que faleceu na década de 30. Intrigada, Jenny sai em busca de seus filhos da vida passada. Tem início uma jornada emocionante. Jenny é magistralmente interpretada pela renomada atriz Jane Seymour, de Em Algum Lugar do Passado. Só, que desta vez, não se trata de ficção, mas de realidade. lepacheco Filme Maravilhoso, super recomendo! pedrobraga Muito bom mesmo o filme, tbm recomendo. AlcidesJr Acabei de ver, muito bom!!
  13. O idéia popular da Reencarnação está mal concebida Bom pessoal, na história do mistico humano há diversas interpretações, deixo aqui um video que explana do por que a reencarnação é uma ideia e/ou interpretação errôneamente divulgada por certos grupos religiosos (propositalmente ou não). Fonte: Professor Luiz Gonzaga de Carvalho