• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'relatos'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 5 results

  1. Após práticas diárias da técnica completa 3 eu notei mudanças muito interessantes no meu dia a dia que eu achei que valeria a pena compartilhar. Eu notei que não só as minhas energias melhoraram como também o meu relacionamento com as pessoas. Eu sou uma pessoa muito estressada e temperamental, mas depois das práticas eu fui tomado por uma calma e uma sensação de paz que tem me ajudado na minha vida pessoal, por que isso ocorre? Já fazem dias que eu não me estresso com nada e isso é extremamente gratificante já que sentimentos como raiva são tóxicos. Outra coisa que gostaria de compartilhar é que eu também tenho tido muitas paralisias do sono, muitas mesmo. Só esse ano eu tive quatro e elas são bem demoradas. Durante uma de minhas práticas energéticas eu me senti tão leve que parecia que eu iria voar. Enquanto eu caminhava pela casa após a prática parecia que eu iria sair do chão a cada passo. Foi uma sensação maravilhosa, pena que isso só aconteceu uma vez, depois disso eu só tive sensações de grande alivio energético e bem estar, mais nada tão profundo como isso que relatei. Embora eu ainda não tenha me projetado eu continuo praticando apenas para cuidar das energias mesmo pois isso tem me ajudado muito como no caso do estress por exemplo. Enfim pessoal, é isso, se puderem me tirar essas dúvidas eu agradeço muito. Feliz ano novo super atrasado.
  2. Olá, Boa Tarde! Eu não sei exatamente como contar este sonho. Bom, não sei se foi um sonho. Fui dormir mais ou menos umas 13:30 do horário de verão. Adormeci e "despertei" sentado no meu quarto. Escutei vozes vindo do lado de baixo (na sala), mas não desci para ver quem eram. Resolvo me levantar para ir ao banheiro, quando saio, percebo que meus avós estão mostrando a casa para as visitas. Ao me verem, rapidamente eu os cumprimento e também sou apresentado a alguns que não conhecia. Percebi que uma dessas pessoas era meu tio, outra era minha prima que até então não conhecia, meus outros tios e algumas crianças que eu também não sabia quem eram. Essas crianças eram sete: — Dois meninos, um deles era bem levado, ficava virando meu colchão ao contrário kk. — Duas gêmeas ruivas que pareciam querer imitar a outra, pois estavam vestidas iguais com roupas pretas e falavam rimando e gesticulando. Tinha cara de mimadas. — E três meninas que pareciam mais simples e simpáticas. Elas falavam que iriam mudar para perto da minha casa e estudar em uma escola que também ficava próximo daqui. — Outro detalhe era que todos estavam indo para a escola. O clima do lado de fora, era totalmente amarelado, como um pôr do sol. Muito bonito por sinal! Eu não conhecia essas pessoas, mas sentia que tinha algum tipo de afinidade com elas.
  3. Olá a todos.. Quando eu era criança na idade por volta de uns 05-07 anos, me lembro claramente que quando chegava a noite e eu ia dormir eu chamava meu pai por estar com medo rs, pois eu claramente enxergava uns fantasminhas meio na cor verde rodeando o teto de meu quarto.. Naquela época meus pais deviam pensar " É coisa de sua cabeça, coisa de criança, se acalme.." Mas para mim não era, lembro daquilo como se fosse hoje! Eles rodeavam o teto de meu quarto devagar , e com meu pai as vezes la junto comigo eu apontava pra cima dizendo que eles estavam lá, mas dizia q não era nada e me faziam me acalmar rs.. E também sonhava com uns treco me puxando para não andar em sonhos, ficava tipo agarrado até uma vez no sonho eu chapei e mandei me largar , mais lembro que parece que não tinha força lá pra isso.. mais isso parou depois de um tempo! (achei interessante fazer este relato para vocês e saber se é comum isso).. O mais recente que eu também lembro é alguns sons que eu ouvia durante a noite em meu ouvido, fazia um som de grilo, não de pineal e sim de grilo, igualzinho, bem lúcido no dia a dia eu ouvia isso tbm, mas parou.. E uma única vez na idade de uns 12 anos acordei numa madrugada depois de um pesadelo e passou alguns segundos e senti um tapa rápido dado em minha perna, logo chamei meu pai depois disso, gritei ele alto que nem louco, rsrsr. Fiquei com muito medo, me deram um tapa, era como se tivesse alguem em baixo da cama, mais não. Seria sensação da minha perna do astral ou física ? Tenho certeza q eu não estava sonhando, eu já havia acordado e fiquei em vigia antes disso. Depois desse ocorrido do tapa, quando tenho algum pesadelo e acabo acordando durante a noite, eu pego e se movo um pouco ou me belisco ksk. Comum isso galera ou não ? Deixe sua resposta e argumento sobre isso por favor. Depois desta fase, não tive mais essas coisas.. Decidi contar este relato, achei interessante por aqui todas coisas estranhas que eu tinha e me lembrava.. Obrigadão, é só!
  4. Olá, pessoal. Pouco escrevo no fórum, mas leio e aprendo bastante com o que é postado. Tenho algumas experiências que gostaria de relatar. Geralmente elas ocorrem aos finais de semana, pois vou dormir mais tranquila, sem compromissos para o dia seguinte. Pois bem, era uma noite de sexta para sábado. Fui dormir cansada da correria da semana, mas fiz meus exercícios energéticos e meditação. Nada muito complicado, mesmo porque com o cansaço eu fatalmente caio no sono... Fiquei lúcida no meio de um "sonho comum". De repente eu comecei a voar e decidi voar verticalmente, direto para cima, tipo um foguete. A velocidade era alta. Em dado momento, porque eu me via cada vez mais longe da superfície, senti medo. Não sei vcs, mas o medo é uma espécie de "gatilho" para mim, é o que me faz recuperar a lucidez em muitos sonhos comuns. De repente, me dei conta de que estava fora do corpo, e isso me deu uma coragem extra. Decidi continuar com o voo vertical pra ver no que ia dar. Tudo à minha volta havia ficado escuro, e eu só sentia o deslocamento. Em dado momento, o voo parou e cheguei nos fundos de uma construção grande. Entrei ainda voando (só que agora bem mais suavemente). A lucidez estava presente, e eu queria ver o que havia dentro do local. Cheguei em uma espécie de salão, onde havia uma mesa retangular grande. Várias pessoas, vestidas com roupas de seda, estavam sentadas à mesa, em uma espécie de reunião. O curioso é que cada vestimenta era de uma única cor, e cada um vestia uma cor diferente. Vi um senhor de roupa de seda dourada, outro meio azulada, e aí vai. Me viram passar voando, mas reagiram com naturalidade, como se minha presença não fosse novidade. Achei estranho. Passei pelo salão, e havia outra sala ao lado, com uma mesa retangular bem menor, onde havia duas pessoas. Fui convidada a me sentar, e um homem mulato, magro, de semblante pacífico, sábio, vestido com uma roupa de seda cinza claro, que estava já à mesa, falava algumas coisas que não pude recordar. Lembro de ter comentado que naquele momento eu estava fora do corpo, e ele parecia ter mais consciência daquilo do que eu Este homem me passou uma caneca e pedia para eu beber um pouco do que havia lá. Olhei desconfiada, mas bebi um gole do líquido. Tinha um gosto totalmente diferente de tudo o que eu já bebi, de forma que não consigo descrever bem o que era. Não era doce, nem amargo, nem gostoso, nem ruim... a temperatura era ambiente. Bem esquisito. Depois disso minha lucidez variou um pouco. Lembro de estar em outra sala do local, e conversar com algumas pessoas. O interessante é que pareciam me conhecer. O local era bem grande, parecia um palácio, e tudo era muito iluminado. Sempre que eu dizia que estava fora do corpo, a reação deles era neutra, de compreensão de meu estado, onde é difícil manter alguma lucidez. Este relato foi importante para mim, pois aconteceu após um longo recesso projetivo. Agradeço a oportunidade de compartilhar.
  5. Boa tarde a todos! Tudo começou em uma tarde bonita e calorosa, nessa época eu tinha uma namorada que tinha ido embora da Bahia pro Espírito Santo pra uma cidade chamada guarapari, e já fazia alguns dias já que ela tinha ido tava com um pouco de saudades e eu já tinha me projetado algumas vezes e pensei sera que consigo ir até ela?. Na maioria das vezes minhas projeções eu sempre ficava na minha cidade eram muito rápidas então em um conversa online eu a disse, ''eu vou ir ai te ver agora'' ela sem entender respondeu com uma interrogação, assim encerrei a conversa e fui me deitar. Na primeira tentativa logo após eu sair eu me deparei com um ser de luz que me fez se dobrar ao chão e de alguma maneira eu não conseguia olhar em seu rosto aquela luz forte que brilhava, assim eu voltei pro corpo. E fui tentar de novo dessa vez consegui sair até a rua e pedi muito para meu guia que me levasse até ela, e em questão de segundos eu viajei numa velocidade da luz que só parou quando eu estava de frente uma casa com um pequeno jardim e uma estrada bem pequena até a casa. Entrando lá eu vi um piano,poltrona,relógio de parede daqueles antigos, puff e um homem sentando, continuei andando e vi uma cozinha com uma mesa daquelas de granizo, até que me deparei com um quarto e resolvi entrar, e lá estava ela sentada de frente pro computador com os cabelos cacheados que na hora achei estranho porque ela sempre andava com cabelos escovados, ai depois fui entender que as vezes podemos ver as pessoas da forma que elas veio ao mundo, tentei falar com ela mais ela não me ouvia e fiquei um tempo observando ela fui tentar toca-la e nisso voltei ao corpo. Quando voltei fui louco pro computador iniciei uma conversa online e disse a ela tudo que tinha visto a roupa que ela estava e o homem. Ela ficou assustada disse que o padrasto dela que estava sentando e me perguntou: Você e macumbeiro? Eu dei risada e disse não ta louca! Logo após uns meses fui morar no ES em Vila-velha e marquei de ir em sua casa. Me lembro como se fosse ontem quando cheguei na porta de sua casa eu fiquei tremulo e paralisei e disse nossa agora eu tenho certeza, assim que entrei em sua casa vi o piano o relógio, estava tudo igualzinho menos o padrasto dela que não estava ''ainda bem''. Nisso eu tive certeza de como a projeção astral e tão real. Desculpem pelos erros ortográficos.