• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'vampiros'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 3 results

  1. Olá, pessoal. Como vão todos? Lembrei de uma coisa que eu havia esquecido completamente. Aconteceu há umas 2 semanas. Eu estava dormindo e me senti incomodado. Acordei e vi um vulto em cima de mim mexendo no meu chakra base. Ele enfiava a mão e, de alguma forma, sugava as energias do meu chakra base. Não sei ao certo se era o chakra base, parecia ser na minha genitalia. A minha reação foi tomar um susto e colocar a mão em cima do meu chakra mas, estranhamente, voltei a dormir. Eu havia esquecido completamente disso e agora a lembrança voltou. Tentei buscar em outros tópicos mas não achei algo que me ajudasse ou não soube buscar direito. Estou fazendo OLVE diariamente com a tecnica 3 (às vezes a compacta, às vezes a completa) e não tem acontecido mais. A OLVE já é uma proteção? Eu posso fazer algo a mais para me proteger? E pra proteger minha familia? Obrigado, pessoal!
  2. Então, a história começa assim.... Sexta-feira à noite, como de costume vou ao terreiro que frequento e só saio de lá por volta das 00:30 quando tudo termina. Era trabalho de Preto Velho e na sequência as crianças são chamadas. Estava eu lá quieta no meu canto, arrumando as coisas da Vovó que acabara de "subir" quando um desses espíritos em forma de criança me cumprimentou e começou a conversar: -Tia, tudo bem? respondi que sim! (crianças sempre nos tratam de tia/tio, independente de nossa idade) conversamos um pouco e o espírito me disse que eu estava com uma aparência muito cansada...eu respondi que estava com muitas questões pra resolver e isso estava me esgotando, e emendei: Ah, mas nada como uma boa noite de sono pra melhorar...hum, pra que fui falar isso...ele me olhou e emendou: -Tia, eu não sei se dormir vai resolver esse cansaço....a tia sabe né, que quando vcs dormem aqui na Terra, o espírito de vcs se desprende a saí por aí...por isso o povo acorda cansado, mas a tia já sabe disso né? respondi que sim e emendei: Ah, mas se a gente sai por aí pra fazer algo de bom tá tudo certo né?! e ouvi: - Hum, sei não Tia, as vezes são coisas boas, outras não, nem sempre vc faz coisas muito boas Tia...mas...é por isso que vcs precisam elevar o pensamento ao se deitar e pensar nele Tia (apontou uma imagem enorme de Jesus Cristo que temos lá no terreiro) eleve seus pensamentos e sentimentos antes de dormir Tia...e se foi...fiquei ali pensativa. Pois bem, dia seguinte cheguei tarde de um compromisso e ao dormir me lembrei das palavras do espírito...adormeci e como já era provável acordei de madrugada, levantei para tomar água e ao deitar senti a dita da catalepsia, comecei a fazer o EV e adormeci... Despertei num campo, não era um lugar feio de fato, mas também não era bonito, tinha algo estranho no ar...em alguns momentos perdi a lucidez e apenas vi os fatos acontecerem, em outros eu atuava consciente...vi um homem montado em um cavalo próximo à um lago e vi uma criatura esquisita sair do lago e devorá-lo... Quando despertei novamente ouvi alguém me dizer: Você foi trazida aqui para ajudar a exterminar essa praga...pensei comigo...eu? exterminar? Que praga? Ehehehe Vi meu abdome todo marcado por sinais. Alguns deles lembro nitidamente e ainda lembrei que o pessoal daqui do GVA abriu um tópico recentemente para falar desses sinais de nascença...eram sinais bem estranhos e alguém me disse: Vc não se lembra? Não consegue lembrar quem vc é? Olhe bem esses sinais... Gente eu sabia que estava acompanhada, mas não via ninguém comigo...aliás via sim, algo que me assustou muito! Quando tive a impressão de conhecer aqueles sinais, olhei para o meu corpo e me vi toda vestida de preto, parecia um “Long John” eu não sabia onde começava e onde terminava a bota que eu usava, quando ouvi novamente: - Você foi trazida aqui para ajudar a exterminar essa praga. Quando olhei para as minhas pernas, estava com um coldre de cada lado, uma pistola de cada lado...e na cintura vi um negócio que eu nem sei o que é, parecia um dardo, só que maior e perfurocortante...eu tinha um cinto repleto desses “dardos”. Meus cabelos estavam, presos, só ficava minha cabeça e minhas mãos de fora daquela roupa. Me vi vasculhando uma casa, vi janelas arrombadas e de repente estava caminhando naquele campo estranho e macabro, vi vultos e quando percebi vi um bicho estranho com dentes enormes....me vi rodeada de vampiros, isso mesmo vampiros...puts, daí apaguei, só me lembro de flashes e mais flashes...quando tive um lapso de lucidez me vi perseguindo uma criatura que carregava alguém presa em seus braços como se fosse um refém...essa “vampira” me acusava, corria e subia um morro e eu atrás...me desvencilhando de uma chuva de dardos, iguais aos que eu trazia no cinturão. Lembro que a criatura deixou o refém, veio pra cima de mim...foi aquela loucura e quando caímos, lembro que levantei rápido e ter dito: Que Deus me perdoe, e atirei duas vezes em sua cabeça...desci o morro me perguntando que lugar era aquele...vi vários bichos daqueles no chão, acordei um pouco assustada, mas não muito...confesso. Lucidez zero né, eu jamais atiraria sem entender o que estava acontecendo ali... Não sei que experiência estranha foi essa, mas foi muito real...não assisti nenhum filme do gênero, não tenho medo de vampiros...não manuseei nenhuma arma de fogo, ou seja...nada que pudesse ter me sugestionado a “sonhar” com aquilo tudo. Se é que tudo isso faz algum sentido, acho que entendo o porquê de tanto cansaço.
  3. Saudações Gvanianos! Não sei se é algo comum tal coisa, mas quando vocês se projetam pra praticar a tenepes vocês conseguem enxergar os desencarnados que estão recebendo as energias? Pois essa semana fui fazer a doação de "energia" para os "necessitados", não conseguia enxergar nada só o comodo vazio, mas sentia a presença das entidades. O engraçado é que senti eles "tocando" no meu corpo. Na verdade parecia umas mulas estupidas, uma hora eu tava lá jogado na cama e sentia dois pés no meu peito e corpo paralisado e minhas energias sendo drenadas. Parece que foi alguma descoincidências entre os corpos, senti o corpo físico sendo drenado e o astral de boa sem ver nenhum ser. O interessante é que um amigo parapsicólogo fala que geralmente tem 5 a 6 entidade por casa e só uma é benevolente. Pelo menos matou minhas dúvidas de entidades presente na casa. Acontece direto tal coisa de sentir a presença mas não enxergar os seres só o ambiente. Seria um tipo de cegueira ou poder de invisibilidade das entidades? Ou cada corpo possuir vibrações muito diferentes o corpo muito mais denso e astral mais leve e acontecer essa diferença de percepção?