• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'visualização'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 3 results

  1. Estava em minha casa - onde moro sozinha - olhando pela janela. Uma Van branca entra no jardim. Sai um homem vestido de preto e tenho a impressão de que ele está mexendo nas minhas coisas. Vou questionar o que ele faz ali, mas antes que pudesse chegar na porta de casa ele entra com um acompanhante. Ambos armados com coisas improvisadas, ele com um caco de vidro enorme e o outro com algo como um bastão. Na hora persebi que eles iam me atacar, pensei em estupro. Subiu-me um medo, mas percebendo que seria inevitável relaxei"se for pra ser vai ser, não vou resistir pra sofrer menos, é só um corpo físico, vou confiar em Deus e passar por isso".. Ao relaxar o homem com o caco de vidro falou "preferia quando você era agressiva". (aqui percebo se tratar de uma projeção) No jardim surge um filhote de cachorro.. E outro.. E pensei "quando acordar vou procurar o significado de sonhar com filhotes de cachorro". Ando na direção dos filhotes que começaram a rosnar, não pra mim, mas pros homens me seguindo. Me viro e o líder começa a me erguer no ar com sua energia. Imediatamente projeto um pensamento em Deus na mente dele, dizendo "DEUS ESTÁ EM TUDO, DEUS ESTÁ EM MIM". Ele me larga e entra em estado de confusão mental. Ergo a cabeça dele e olho bem dentro dos seus olhos: "Deus está em tudo, Deus está em mim". Ele resiste por 1 mili segundo, mas é vencido (e aqui venho relatar q lembro de já ter testado força mental com ele e ter falhado em outras saídas). Passam duas pessoas por mim e eu fico confusa, quando olho pro lado está o outro cara de joelhos no chão, como que arrependido, cobrindo o rosto como se estivesse chorando. Uma moça e um homem o consolam. Percebo serem aparadores. A moça me olha e sorri. Devolvo o sorriso e volto a focar no atacante principal. Ergo ele no ar e pergunto o que ele quer comigo, mas a luta e confusão mental não permitem que ele responda. Mentaliso mentores e entrego o homem pra eles. (acredito que o destino desse será alguma prisão, pois não há arrependimento). Volto pro corpo ainda desconectada, saio de novo. Minha gata pula da cama como se eu tivesse levantando no físico. Me disponibilizo pra outra assistência mas sei que não consigo manter a consciência por muito mais tempo. Ao invés disso sou puxada pra uma casa onde o meu celular toca: Um email falando "obrigada por fazer parte da ong anjos... (não lembro o resto do nome da ONG, era anjos de algum lugar.. Tipo anjos do astral.. Não lembro). Volto pro corpo repetindo "Deus está em tudo, Deus está em mim". E a minha gata estava onde? Exatamente no lugar pra onde vi ela indo na projeção: sua caixa de areia.
  2. Olá Viajantes, Que bom que o fórum voltou. Estava com saudades. 😊 Passei um período fora e durante a minha estadia numa casa lá, consegui uma breve projeção semi-lúcida. Tive alguns problemas inesperados relacionados a aluguel de veículo e acabei tendo um dia que precisou de bastante controle para não se tornar negativo. Só sei que cheguei "em casa" exausto e só conseguia pensar em desmaiar na cama. Fazia muito frio lá fora e dentro da casa estava, digamos, meio calor demais. Tomei banho e me joguei na cama (por sinal bem confortável). Cheguei a pensar em projetar mas fiquei meio receoso por se tratar de um local muito antigo. Como de costume, movimentei as energias, virei de lado e apaguei. Logo percebo que estou fora do corpo e tem um cara chateado com o que aconteceu comigo durante o dia e disse que era melhor devolver o carro e usar Uber! hehehe. Era uma consciência nativa mas me recebeu super bem e deu para perceber que estava preocupado com a minha primeira impressão da cidade. Comentei que sabia que isso não tinha nada a ver e que estava adorando. Ficamos batendo papo na frente da casa e notei que não sentia mais frio. Estava agradável. Tentei caminhar pela rua mas acabei perdendo a sintonia. No dia seguinte, devolvi o carro e passei a usar apenas Uber. Economizei um monte! Dois dias depois, caminhando com minha família no centro da cidade, noto um senhor cadeirante bem mal vestido e com roupas não compatíveis com o frio que estava fazendo no momento somado a uma garoa virando quase neve. Frio de arder. Cheguei perto do senhor para tentar ajudar pois ninguém dava bola. Ainda pensei: "Nossa, isso justo num local que se diz super materialmente evoluído, se promove bastante, etc,...". Perguntei se precisava de ajuda e ele me olhou bem nos olhos e perguntou se eu poderia pagar um café quente para ele. Disse que sim e depois de agradecer disse se eu não poderia empurrar ele até uma ruazinha logo acima onde tinha um local da preferência dele. Concordei e fui levando enquanto minha família ficou olhando lá embaixo. Notei que deveria ser veterano de guerra pelo tipo de vestimenta mas preferi não perguntar. Viramos a esquina e ele disse que ali já estava bom. Olhei bem e não vi nenhum café por perto. Ele agradeceu, eu desejei boa sorte e notei que segui sendo observado. Voltei para a minha família e continuamos o passeio. Depois, ao rever as fotos que tirei do local incluindo o ponto onde deveria estar o cadeirante, notei que não tinha ninguém. Não sei se foi coincidência ou não mas foi mais um dos meus eventos que geram aquela sensação de estranheza. Paz e luz a todos! /\
  3. olá a todos q estiverem lendo, novamente estive longe do fórum por uns tempos por falta de tempo por causa da escola e etc. Porém sempre q eu puder estarei lendo ou procurando tirar minhas dúvidas por aqui. bom, vamos ao que interessa, minha duvida está relacionada ao relaxamento corporal eu não consigo relaxar completamente meu corpo fora o fato de sempre que eu tente meditar ou fazer alguma técnica projetiva sinto logo de cara como se meu corpo estivesse numa espécie de terremoto não sei explicar direito eu so sei que eu sinto ele balançando em varias direções de forma aleatória, mas eu continuo sentindo meu corpo normal a única diferença é que meu corpo fica tendo espasmos, minhas mãos principalmente, se mexendo de vez em quando (tipo um réptil q continua tendo reflexos nervosos depois de morrer, dependendo da morte é claro kkkkk, sim esse foi o único exemplo no qual eu pensei) enfim minha dúvida é se acontece algo parecido com vocês e se vocês conhecem alguma técnica de relaxamento físico. outra dificuldade que eu tenho é em relação á imaginar, em questão da OLVE por exemplo, eu não consigo criar uma imagem na minha mente da energias se acumulando em certa parte do meu corpo, eu ate crio a imagem mas ela é "picotada" e incerta fora que não aparece por muito tempo ela passa como um flash na minha mente, ultimamente eu ando tentando "dar comandos" mas continuo tentando criar a imagem na minha mente mas não sei se da certo, minha duvida aqui é será que eu posso mover minha energia(por exemplo) com comandos (numa OLVE por exemplo se eu pensar "todas as minhas energias agora estão acumuladas no topo da minha cabeça) será que assim eu consigo controlar as energias ? bom me desculpem pelo texto grande e obrigado por terem parado para ler e tentar me ajudar