• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
kzuza

Como lidar com obsessores (demônios) ?

Recommended Posts

caramba erivelto, vc encheu o topico, alias eu nunca vi vc postar nada com suas palavras aqui, todos seus posts são exclusivamente textos espiritas.

só que esse forum não é um forum espirita e a maioria nao terá interesse em ler todas essas paginas que vc posta, eu acho que sua intenção seria melhor aproveitada se vc falasse com suas palavras e no final postasse o link do texto. assim aqueles que lerem o que vc falou acerca do tema e se interessarem irão ler a fonte.

foi só uma sugestão, abraço.

Na base sua crítica é boa, mas vamos lá, não precisa de tanta dureza rsrs. Aliás, não há como negar que seu trabalho é substancial, resultando em grande contribuição (mesmo que apenas espírita).

já que vcs estão falando de Deus, eu vou dar minha opinião apenas, mas não vou entrar nessa discussão pois eu já entrei em discussoes assim dezenas de vezes e o resultado é sempre o mesmo.

esse assunto de Deus na minha visão é mateologia, e não tem utilidade pratica, o que importa é fazer o possivel para melhorar a cada dia, se Deus existe ele vai me ajudar pq minha intenção é boa, se não existe não tem problema, eu não estava contando com ajuda mesmo.

Resumiu toda a discussão, excelente. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

foi mais uma sugestão do que uma critica, eu não tenho duvidas de que os posts dele contribuem positivamente, eu só dei uma sugestão para tornar os posts mais "simpaticos" a todos os variados tipos de pessoas que tem aqui, usando as proprias palavras para resumir e fazer os outros se interessarem para ler a fonte. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

quando vc falou que não precisava de tanta dureza, eu não entendi pq vc falou isso, eu pensei que tivesse sido bem suave.

aí eu fui reler o que escrevi e entendi xD

minhas palavras foram mais pesadas do que eu queria e nem percebi. xD

desculpa aí erivelto, foi só uma sugestão inocente, sem maldade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gangrelrj, interessante esta informação. Pode dar umas referências pra pesquisa sobre isso? Tenho interesse em dar uma lida.

Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

n sou muito estudado segundo varios metodos de ver Deus e seus planos mais n precisa ser genio pra ser ver q Deus n criou o Mal. As Trevas são Ausencia de Luz como o Mal é Ausencia de Amor na verdade o Mal é a Ausencia de Deus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gangrelrj, interessante esta informação. Pode dar umas referências pra pesquisa sobre isso? Tenho interesse em dar uma lida.

Obrigado

Não aconselho se aprofundar muito na coisa, pois para isso seria necessário "colocar a mão na massa", mas se quiser informações interessantes a respeito, pode ler alguns livros:

Dogma e Ritual da Alta Magia - Eliphas Levi

O Grande Arcano - Eliphas Levi

Tratato Elementar de Magia Prática - Papus

Alguns livros do Aleister Crowley (Com muita cautela e discernimento)

As Clavículas de Salomão

E etc...

Tem vários, mas todos devem ser lidos com bastante cautela.

n sou muito estudado segundo varios metodos de ver Deus e seus planos mais n precisa ser genio pra ser ver q Deus n criou o Mal. As Trevas são Ausencia de Luz como o Mal é Ausencia de Amor na verdade o Mal é a Ausencia de Deus.

Então seu conceito de genialidade precisa urgentemente ser revisto. De onde se originou o NADA? O Espaço vazio? O Mal? As trevas? Então o Mal já existia antes de DEUS? Então há algo maior que DEUS que deu origem a isso?

O Mal é ativo, mais uma vez repito. Nós somos 100% criação Divina, desde a bestialidade até a sabedoria.

Pode ter certeza que tem mais DEUS na maldade do que você imagina...

Não que o MAL seja um caminho louvável, mas ele é necessário para o equilíbrio da criação, tem sua função, sua missão, seu papel. Não que esteja consciente disso, mas é usado pela Sabedoria Divina para realização da Grande Obra. Mas a Meta é o Bem, sem dúvida.

Deus criou inclusive o espaço vazio. É algo abstrato demais, e muito longe do nosso alcance, mas tudo o que conhecemos dentro da nossa limitada percepção, e o que iremos conhecer um dia com nossa faculdades superiores, foi criação Divina. Senão o conceito de DEUS seria NULO, pois então deveria existir algo maior que Ele para dar origem ao NADA, e então DEUS seria autor somente da METADE da criação...

Share this post


Link to post
Share on other sites
n sou muito estudado segundo varios metodos de ver Deus e seus planos mais n precisa ser genio pra ser ver q Deus n criou o Mal. As Trevas são Ausencia de Luz como o Mal é Ausencia de Amor na verdade o Mal é a Ausencia de Deus.

Então seu conceito de genialidade precisa urgentemente ser revisto. De onde se originou o NADA? O Espaço vazio? O Mal? As trevas? Então o Mal já existia antes de DEUS? Então há algo maior que DEUS que deu origem a isso?

nunk houve e nem havera um espaço tempo livre da existencia de Deus da ai em tão o mal nunk podera ser mais antigo que Deus n disse isso. O mal é a ausencia do sentimento que Deus tem conosco. Ausencia de; auto-conhecimento, amor, compaixão, amizade, carrinho afeto. O mal n é algo criado por alguem mais a falta de pureza de pensamento se vc n considera seu proximo e n o ama automaticamente vc n cuida dele e consequentemente o prejudica e o faz mal.

Bom respeito seu ponto de vista este é o meu :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Este assunto sempre será polêmico e sem solução, mas eu gostaria de acrescentar algumas coisas. Sobre o problema do Mal, vejo a coisa da mesma maneira que o Dave Feitosa, só que isso é mais um conceito, e a vezes a gente quer a coisa um pouco mais aplicada. Por exemplo: creio que todo mundo que não for ateu acredita que o universo e regido pela ordem, logo, tudo que acontece nele tem uma causa, uma “relação equilibrante” com outros fenômenos e forças, pois se não fosse assim, o caos geraria uma reação em cadeia, tipo “radicais livres”, e tudo se desintegraria.

Mas sejam quais forem as causas e mecanismo envolvidos, para que se manifestem, são necessários AGENTES , porque suponho que apenas os materialistas que o universo é mantido pela ação de forças cegas. E AGENTES PODEM EXISTIR em muito maior variedade do que qualquer doutrina isolada poderia conceber.

As diferentes culturas tem diferentes nomes para os diversos seres que elas identificaram, e esses seres podem não ser os mesmos! O fato é que todo produto cultural é resultado da mente de quem o cria, que é condicionada pelas suas experiências, valores culturais de época, e o que será considerado “aceitável” para quem receber a informação. Me parece que nenhuma “doutrina” falará de tudo, mas apenas daquilo que pretende, em função de seus PRÓPRIOS objetivos, e esperar que uma abordagem explique as demais é esperar muito do que qualquer Ser pode fazer, em termos de esclarecimento.

Então as diferentes tradições falam de espíritos, elementais, elementares, djins, demônios, anjos, eguns, orixás, gouls, ETs e sei lá mais o quê. Tentar sistematizar isso tudo em uma única abordagem explicativa seria muito ambicioso. O melhor, a meu ver, é tentar conhecer um pouco de tudo, pois cada uma pode conhecer detalhes que as outras ignoram, porque quando elas forma criadas não estavam focadas nisso.

Então, saindo um pouco do abstrato e botando um pouco o pés no chão:

-temos humanos encarnados,

-temos humanos desencarnados que influenciam os encarnados,

- temos humanos desencarnados que lideram grupos de humanos desencarnados para seus próprios fins,

- etc.

Quanto mais avançamos nessa linha, menos humano o AGENTE se parece, tanto no lado do bem quanto no lado do mal. Isso ocorre DE FATO com humanos, e surge o problema: tudo aquilo que PARECE não ser humano de fato não será?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não creio que alguém possa responder isso, mas sabemos que existem obsessores HUMANOS cuja forma é, em todos os sentidos, deformada, e em nada diferente de uma APARÊNCIA demoníaca, assim como humanos muito evoluídos são cegantes para os que lhes estão muito abaixo, e precisam restringir sua manifestação, para que sua manifestação seja suportável.

Agora, fora do espiritualismo tem gente que também procura investigar isso, e as vezes relata a existência de seres que parecem, de fato, pertencer a outra ordem. Enquanto bastam maus pensamentos para ter um obsessor ao seu lado, não se pode entrar em contato com esses outros seres sem muito trabalho, que geralmente requer meses de preparação . A julgar pelos relatos de alguns pesquisadores práticos dessa área, esses seres não querem nenhum contato com os humanos, precisam ser trazidos a força pelo mago, numa operação que beira o seqüestro, o que sugere que exista uma forte barreira impedindo o convívio comum entre certa “raças” de seres, que podem sim ser AGENTES de forças do universo que desconhecemos, e exatamente por isso não se pode concluir que esse esses seres não tenham sua evolução, ou mesmo que não migrem de uma evolução “racial”para outra, a medida que atinjam os limites da sua.

Então creio que obsessor é um termo que pertence a um sistema de crenças muito específico, cuja referência é a espécie humana e que tem, portanto, características muito diferentes desses outros seres, chamados pelas tradições mais antigas, de demônios. Eu já cruzei, em diferentes situações, com várias classes de humanos dedicados ao mal, mas apenas uma vez com algo que me pareceu totalmente estranho ao gênero humano.

Era algo difícil de definir, porque não pude vê-lo completamente, mas a impressão que tive dele foi de uma força selvagem, mas altamente polarizada ( um animal salvagem não me passa essa impressão, e mesmo um leão me parece ter algo humano, num certo grau) no sentido da destruição cega, mas impessoal. Não parecia ser movido por vingança ou sentimentos menores, mas por simples animosidade generalizada.

Apesar de, nos trabalhos de desobsessão, já ter cruzado com seres que eram apenas troncos decepados que fugiam caminhando com os braços e arrastando as tripas pelo chão, outros do tipo insetóides com 3m de altura, parecendo louva-deu bípedes, ou outros ainda , mais com cara de Ets com cabeças de polvo e pele verde, morando em gigantescos castelos do umbral, aquela foi a única vez em que eu pensei: “Bom...talvez existam demônios mesmo”. Esse ser que vi lembrava o “Alien, o 8° passageiro” , inclusive com aquela cauda ossuda, mas as partes que vi eram recobertas de pele.

De qualquer forma, me parece que não é possível cruzar com esses seres por acaso, que parecem viver bem trancafiados numa área inacessível, em tese.... se eles são de fato o que parecem ser, não teríamos defesa alguma, teríamos que apelar para os “administradores” mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Se eu "saio do corpo" e de cara encontro um obsessor, faço o quê ? Se eu encarar o "cara", repelindo-o pela fé, o que acontece ?

Pelas descrições de tais seres, obsessor = demônio. Qual a procedência de tais seres ? São anjos caídos ? São pessoas desencarnadas ? Lidar com tais seres só na base do "amor" (entre aspas) não resolve.

Grato.

Obssesore não são “demônios” ate por que na concepção da palavra “demônios” não existem, são Espíritos como eu e você (desencarnados) presos na maioria das vezes na ideia de vingança, a melhor maneira de se lidar com eles é mudar nossas atitudes, e pensamentos, um obssesor so consegue nós acessar se vibrar-mos na mesma frequencia dele, se mantemos bons pensamentos, atitudes,(vigilancia e oração), nossa vibração vai ser diferente que a dele e ele não podera nós acessar.

:DPAZ :D

Share this post


Link to post
Share on other sites
Obssesore não são “demônios” ate por que na concepção da palavra “demônios” não existem, são Espíritos como eu e você (desencarnados) presos na maioria das vezes na ideia de vingança, a melhor maneira de se lidar com eles é mudar nossas atitudes, e pensamentos, um obssesor so consegue nós acessar se vibrar-mos na mesma frequencia dele, se mantemos bons pensamentos, atitudes,(vigilancia e oração), nossa vibração vai ser diferente que a dele e ele não podera nós acessar.

Aí é a SUA crença Erivelto. Você parece ser espírita, então realmente fica complicado qualquer informação sobre demônios dentro da doutrina, já que ela se limita ao plano astral.

Para mim, existem outras inúmeras linhas evolutivas fora da linha HUMANA, inclusive a linha "Angelical".

Existem sim esses seres que você relatou, mas duvido muito que o universo se limite a eles.

Não acredito no demônio oposto a Deus, mas acredito sim em uma força controladora do mal sob o controle divino, um centro relativamente consciente como os anjos. Anjos inspiram o bem, demônios inspiram o mal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acredito na existência de anjos ou demônios, pelo menos não na concepção tradicional. Não acho que haveria seres já criados perfeitos, e outros criados para o mal.

Enfim, há várias visões sobre o assunto. Algumas linhas ocultistas falam dos elementais, que têm uma linha evolutiva paralela à humana e que alcançarão o grau de perfeição sem nunca terem sido humanos. Já outras linhas espiritualistas, como o Espiritismo, dizem que todos os seres (aqui na Terra) evoluirão para um dia serem humanos, e que humanos um dia serão perfeitos, ou "anjos".

Tem material pra caramba para ler e estudar, defendendo essas e outras teorias. E, honestamente, não acho que seja fácil saber qual é a certa. Se é que uma delas está certa.

Por uma mera questão de identificação pessoal, creio, nesse aspecto eu acredito mais na visão espírita.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.