• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
junior.jag

Segunda experiência do dia.

Recommended Posts

De novo por aqui hehe.

Esta é a segunda experiência que tive no dia 07/05/12.

Eu cheguei do trabalho após as 18h mas sem me sentir muito cansado, entretanto eu resolvi me deitar mais um pouco. No fundo eu desejava que tivesse outra experiência, mas não achava que de fato fosse acontecer pois sempre existiu um bom espaço de tempo entre uma experiência e outra.

Depois de deitar, percebi que apesar de não me sentir muito cansado, de fato eu ainda estava, pois adormeci bem rápido. Tive novamente alguns sonhos, até mais detalhados do que na hora do almoço e acordei bem no meio de um deles. Logo que acordei, não deu tempo nem de me tocar que estava naquele estado; já senti a formigação no corpo ao mesmo tempo em que comecei ouvir uma voz.

Eu ja tinha ouvido uma voz assim antes. Tinha sido uma voz feminina tagarelando algo que eu não conseguia compreender, como se estivesse falando perto do meu ouvido tapando a boca com a mão. Dessa vez, aconteceu do mesmo jeito, mas ao invéz de uma voz feminina falando, era uma voz masculina e bem brava. Mas de algum jeito não me amedrontei, mesmo porque eu não entendi uma única palavra.

Esse "monólogo" durou apenas alguns instantes e logo em seguida eu nem lembrei mais disso porque eu só queria aproveitar essa segunda oportunidade que me era dada e novamente comecei a me concentrar para subir. Não demorou nada e eu comecei a decolar, mas dessa vez, ao invéz de girar no ar, eu subi na posição que eu estava (deitado de lado) e desci de pé bem ao lado da minha cama. Fiquei observando a porta, estava bem escuro nesse horario e ali, nesse estado, parecia que estava ainda mais escuro, de modo que eu só divisava pequenos sinais de luz atravéz da cortina que cobre o vidro da porta.

Depois de um instante ali parado, eu comecei a tombar para trás sem conseguir me mecher para evitar a queda. Embora eu acreditasse que um tombo ali não seria tão feio quanto no físico, eu me preparei para me esborrachar no chão. A surpresa foi que ao invéz disso, eu continuei caindo, como se existisse um buraco bem ali no meio do meu chão.

Caí por um tempinho tantando observar em volta, mas a escuridão ainda predominava, fazendo com que eu mal conseguisse enchergar as paredes ao meu redor (parecia que era um poço ou caverna, mas não pude ter certeza). Então comecei a me concentrar para flutuar e assim fui desacelerando a queda até parar. Quando parei, comecei a me concentrar para subir de volta, mas isso não aconteceu. Eu comecei a ir na direção para onde apontava minha cabeça, inclusive acelerando bastante. Por um tempo tentei me concentrar para desacelerar, sem sucesso algum.

Depois de perceber que não conseguiria, eu me deixei levar e me concentrei em tentar mecher as mãos como fizera na experiência da hora do almoço, mas antes que eu conseguisse, eu senti algo encostando na minha lateral, abaixo da costela e logo em seguida no meu rosto também. tentei mover a cabeça para descobrir o que era aquilo e percebi que era meu travesseiro.

Na hora eu pensei: "não acredito que eu acordei!", mas ainda sentia o corpo formigando um pouco. Abri os ohos e espiei em volta. Tudo normal. O cochilo depois foi bem tranquilo.

Tudo de bom pra vocês!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito legais suas duas experiencias.

Depois de ter caído, vc começou andar pra frente por baixo da terra sem ver absolutamente nada?

Acho que ja fui em baixo da terra uma vez, era como um "mar de escuridão".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade eu não cheguei a pensar nisso.

Enquanto eu caía, e também depois enquanto era puxado para frente, eu tinha a impressão de estar em uma espécie de túnel ou poço, me parecia vez ou outra que eu conseguia reparar em relances de paredes.

Mas isso é só de acordo com o que me lembro pois como a cabeça da gente prega peças devido aos tais onirismos não consigo ter certeza.

Mas passar por debaixo da terra deve ser tenso né.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Na verdade eu não cheguei a pensar nisso.

Enquanto eu caía, e também depois enquanto era puxado para frente, eu tinha a impressão de estar em uma espécie de túnel ou poço, me parecia vez ou outra que eu conseguia reparar em relances de paredes.

Mas isso é só de acordo com o que me lembro pois como a cabeça da gente prega peças devido aos tais onirismos não consigo ter certeza.

Mas passar por debaixo da terra deve ser tenso né.

Junior a queda que você teve, eu acredito ser a volta, muitas vezes não conseguimos controlar para não cair, já estive muitas vezes nesta situação de estar caindo e não conseguir parar e então depois disto acordar, o que faço agora é o seguinte, quando estou caindo e percebo que não consigo parar tento me transportar para outro lugar, bom conseguir isto foram muitas tentativas, mas hoje já consigo, quando estiver caindo e perceber que irá acordar imagine estar indo para um outro cenário, como se fosse mudar de sonho, não é tão fácil mais funciona, se você conseguir depois me conta como foi....Bjs.... ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.