• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
elopes

Pelo fim da masturbação.

Recommended Posts

Não acredito que li de um membro que tem vergonha de falar que se masturba, e ainda afirma que é um erro.

Poha...

Masturbação é bom e natural, é muita viagem falar que é um erro.

haa cara é oq a sociedade sempre nos impôs,preconceito,historinhas,zuação,é oq a sociedade diz ser errado,mas nem por isso deichei de fazer,por isso aproveitei o assunto para tirar minha duvida,pois quando tem masturbação pensamos coisas banais,,não sei,por isso a minh duvida se afetiria espiritualmente,pois pela parte da sociedade não precisa nem falar,desde crianças ouvimos zuações sobre esse assunto,somos pressionados por isso mas etc etc e etc

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu quero chegar no seguinte ponto,no momento q estamos praticando o ato :J e vendo por algum sit,pelos nossos pensamentos e atos atraimos obsessores? se for SIM então não é uma coisa boa.

E uma forma correta de ver eu diria, mas dentro de um contexto geral.

Não adianta o cara andar pela rua e olhar uma mulher e pensar silenciosamente "gostooosa", e depois sair para arranjar um ser humano fêmea para agir como receptáculo de "lixo orgânico", e achar que isso é melhor o que se masturbar. Você atrairá obsessores, nos dois casos.

Quem procurar mantér seus pensamentos e emoções sobre estrito equilíbrio pode ver a masturbação como algo negativo sim,pois estará procurando refinar sua psique aparando todas as arestas, mas quem vive no caos mental e emocional da maioria, vai só trocar 6 por meia dúzia.

Em certo momentos da vida, procurando fazer o melhor, a gente só corrige o superficial, reforçando os preconceitos antigos, sem corrigir o principal.

Outras vezes, achando que "não dá nada porque todo mundo faz", deixamos de aperfeiçoar algum aspecto qeu poderia ser facilmente corrigido. Creio que é importante você saber do seu momento, e como isso lhe favorece ou não.

É como a qeustão do vegetariansimo ou do veganismo: para viciados em carne é radicalismo, para outros... é apenas "o próximo passo", e flui com naturalidade, e por isso o fazem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

GRANDE TOPICO, pude aprender bastante esta noite :D

Ajudando a "dinamizar" o post,

Entedi que existem(abstraindo MUITO) dois tipos de pessoa.

Aquelas que quando estão feridas no braço por um caco de vidro por exemplo,depois de reunir coragem conseguem retirar o caco de uma vez, e aquelas que precisam ir tirando de pouco a pouco, colocando remédio e deixando sair por si mesmo.

Através da reforma intima(santificação,elevação,"crisitficação"). Eu aprendi a retirar da minha vida o que ficasse fazendo peso desnecessário.

Exemplo:O alcool faz mal, então para de toma alcool. Ansiedade/Aflição/Nervosismo faz mal, então aprende a ficar calmo e a confiar em deus.Comer carne vermelha faz mal, então para e aprende a comer peixe e frango,Inquietação faz mal,então confia em teu coração e segue em frente com fé !!

Hoje com ajuda do evangelho e dos grandes irmãos espirituais to firme e forte voando mais leve que passarinho novo !!

"Os Genes,os astros,o ambiente,os hábitos todos influenciam,mas só o seu livre arbítrio determina aquilo que você quer ser."

Como assim falou jesus :“Em verdade vos digo: se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta montanha: ‘Vai daqui para lá’, e ela irá. Nada vos será impossível.” (Mt 17,20)

Fé significa: Fidelidade,Certeza/Convicção.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou aqui corrigindo os erros de escaneamento do Projeciologia, e cruzei com um trecho que pode interessar a este topico:

....................

Miniobsessão. A influência extrafísica pode se manifestar ao modo de miniobsessão, ou obsessão efêmera, vigente durante alguns minutos, ou poucas horas, somente até se obter o alí¬vio recíproco, seja logo após um sonho, ou pesadelo, ou mesmo num sofisticado ato de mas¬turbação, solitário e silencioso, em circunstâncias de completo isolamento físico do homem ou da mulher, no estado da vigília física ordinária. As inocentes poluções noturnas podem atrair as entidades extrafísicas comumente chamadas por súcubos.

Isca. Não se pode deixar de acrescentar, aqui, um aspecto positivo de difícil entendi¬mento humano do congressus subtilis. Os amparadores, às vezes, para ajudar a ambas as enti¬dades, a encarnada e a desencarnada — agentes ou vítimas recíprocas do orgasmo comparti¬lhado — aproveitam o período pós-orgásmico do alívio mútuo para intervir e encaminhar a entidade desencarnada enferma para outro paradeiro extrafísico e que quase sempre se desliga definitivamente do encarnado, homem ou mulher, que no caso funcionou como isca psicofísica (V. cap. 323). Tal fato demonstra que existem, por mais incrível que possa parecer à primeira vista, essas entidades extrafísicas chamadas tanto por súcubos quanto por íncubos, atuan¬do numa condição semiconsciente, porém, de algum modo positivo e bom.

Compreensão. Julgo que as afirmações do tópico anterior, evidenciadas pelas experiências extrafísicas do projetor veterano, somente podem ser compreendidas pela consciência encarna¬da, lúcida e despreconceituosa, a respeito de quatro aspectos:

260.1. Moral. As disparidades, às vezes chocantes, existentes entre a moral cósmica e a moral humana convencional. Exemplos: ocorrem uniões energéticas invisíveis sem maldade ou má intenção; um casal humano normal pode ter a união invisível além da união física rotineira.

260.2. Improdutividade. As diferenças igualmente existentes entre o sexo extrafísico, improdutivo, natural, e sem maldade, ou seja, sem resultados como processo de reprodução e suas conseqüências físicas, e o sexo físico e seus resultados imediatos.

260.3. Rapport. A necessidade de se estabelecer profundo rapport consciencial entre quem assiste e quem deve ser assistido extrafísicamente, em certos casos de parapsicoses post¬mortem, tanto de homens quanto de mulheres desencarnados.

260.4. Universalismo. O entendimento universalista, sem preconceitos nem tabus, das necessidades das consciências ainda apegadas parapsicologicamente aos instintos humanos. Obvi¬amente, sem concessões aos excessos das permissividades de costumes e das promiscuidades sexuais humanas.

Conscientização. Infelizmente muitas voltas planetárias ainda dará a Terra, com o surgimento de inúmeras gerações humanas, e igual número de reencarnações conscienciais neste planeta, para que pelo menos a metade da humanidade terrestre venha a se conscientizar destes e de outros fenômenos de igual significação, a fim de serem feitas as profilaxias dos parasitismos e vampirizações de energias interconscienciais. Isso tendo em vista o fato de que a média dos seres humanos ainda estabelece evidente supervalorização, errônea, na cotação da sexualidade dentre os seus re¬cursos, afazeres e passatempos existenciais.

PROJECIOLOGIA. 1a Ed. p401-402

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem,em meu ponto de vista,o sexo,a masturbação são coisas difíceis de lidar,é algo muito forte e que mexe com o equilíbrio espiritual das pessoas,deve-se compreender que realmente é algo natural e poxa,pense só,se todos fizessem esta abstinência seria o fim da raça humana e não haveria reencarnação e não viríamos mais aqui evoluir,porém,como disse,é algo forte e se você acha que o seu equilíbrio será afetado,que não te faz bem,então você tomou a decisão correta,mas se as pessoas conseguirem fazer isso de uma forma em que sintam um prazer limpo,você relaxa,às vezes retira as tensões do dia a dia,pois também é possível trazer boas energias disso,então saiba que não há problemas,no curso básico áudio 8 o Saulo comenta que existem técnicas projetivas que são feitas durante o sexo,se à dois não é prejudicial,sozinho creio que seja menos ainda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim martyn,compreendo,oq eu quis dizer é q na minha visão os dois são praticamente iguais,tendo a mudança do número de integrantes,a parte do relaxamento,das boas sintonias se aplicam nos dois,a questão é exatamente essa,você pensar q um é bom porém o outro é prejudicial,a masturbação é poderosa também e pode mexer com seu equilíbrio,se você estiver ciente que aquilo não vai prejudicá-lo,vai depender de como suas energias,sua consciência fica depois desse ato.Se você consegue não prejudicar a si mesmo e ao companheiro(a)durante o sexo,a masturbação que é sozinho tem menos risco de prejudicar

Share this post


Link to post
Share on other sites
Giovani...

o tópico é pelo fim da masturbação e não pelo fim do sexo... o elopes deixou claro q pra ele foi muita facil e muito natural não ser dependente de masturbação...

De fato Martyn. No entanto, não digo que é láá tão fácil realizar isso, depende muito da vontade e dos erros pretéritos. Digo que eu não deixei de ser dependente, mas percebo que é uma coisa progressiva, com o tempo os hábitos se fortalecem.

Vale ressaltar, também, que mudar, em muitos casos, requer longo tempo de reforma íntima e vontade de mudar, pois muitas vezes acrisolamos esse ou aquele vício no decorrer das vivências físicas. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assuntos que envolvem práticas sexuais nunca são simples.

Aqui a proposta de não masturbação, foi proposta a todos, como se todos nós vivêssemos em pé de igualdade

quanto a questão sexual, e isto está muuuuito longe de ser uma verdade!!

Percebi que a masturbação foi colocada aqui como origem, como ponto de partida, e isto também não é uma verdade.

A masturbação é a consequência de algo, então se algo deve ser avaliado, este algo é a intenção que levou

a pessoa a praticar esse ato. E de acordo com a intenção da pessoa, isto poderá ser ou não saudável para o praticante.

Existem inúmeras pessoas com problemas ligados a sexualidade, problemas estes que as impossibilitam que vivenciem a sexualidade em sua plenitude, isto não significa que estas pessoas devem abrir mão de viver a sexualidade da forma como lhes é possivel, pois ainda assim podem se expressar sexualmente de forma saudável.

Entretando, muitas pessoas que não podem viver a sexualidade em sua plenitude, ou da forma que gostariam, acabam por desenvolver psicoses em relação ao sexo,ou tentam criar uma imagem negativa relacionada ao mesmo na tentativa de minimizar suas frustações pessoais nesse campo, com isto podem estar apenas agravando uma situação, ao invés de tirar dela o que a vida pode

querer te ensinar em relação a sua realização pessoal, e ao seu ego.

As ilusões sempre serão desfeitas!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Assuntos que envolvem práticas sexuais nunca são simples.

Aqui a proposta de não masturbação, foi proposta a todos, como se todos nós vivêssemos em pé de igualdade

quanto a questão sexual, e isto está muuuuito longe de ser uma verdade!!

Percebi que a masturbação foi colocada aqui como origem, como ponto de partida, e isto também não é uma verdade.

A masturbação é a consequência de algo, então se algo deve ser avaliado, este algo é a intenção que levou

a pessoa a praticar esse ato. E de acordo com a intenção da pessoa, isto poderá ser ou não saudável para o praticante.

Existem inúmeras pessoas com problemas ligados a sexualidade, problemas estes que as impossibilitam que vivenciem a sexualidade em sua plenitude, isto não significa que estas pessoas devem abrir mão de viver a sexualidade da forma como lhes é possivel, pois ainda assim podem se expressar sexualmente de forma saudável.

Entretando, muitas pessoas que não podem viver a sexualidade em sua plenitude, ou da forma que gostariam, acabam por desenvolver psicoses em relação ao sexo,ou tentam criar uma imagem negativa relacionada ao mesmo na tentativa de minimizar suas frustações pessoais nesse campo, com isto podem estar apenas agravando uma situação, ao invés de tirar dela o que a vida pode

querer te ensinar em relação a sua realização pessoal, e ao seu ego.

As ilusões sempre serão desfeitas!!

Inteligente seu comentário, porém levanto alguns pontos (pontos de concordância ;) ).

foi proposta a todos, como se todos nós vivêssemos em pé de igualdade quanto a questão sexual, e isto está muuuuito longe de ser uma verdade!!

Está longe mesmo. Mas o fato de eu propô-la a todos não quer dizer que todos estão em pé de igualdade nessa questão complexa. Isso seria, inclusive, um contrassenso. Antes, é mera sugestão que cada um ajusta nos seus conceitos e necessidades.

Percebi que a masturbação foi colocada aqui como origem, como ponto de partida, e isto também não é uma verdade. A masturbação é a consequência de algo, então se algo deve ser avaliado, este algo é a intenção que levou a pessoa a praticar esse ato.

Concordo. Mas a masturbação, aqui, é o começo do RACIOCÍNIO, como TEMA CENTRAL, mas nunca seria a origem da problemática sexual, que começa dentro do próprio indivíduo. Fora essa interpretação diferente do ponto de partida, concordamos em tudo. ;)

Existem inúmeras pessoas com problemas ligados a sexualidade, problemas estes que as impossibilitam que vivenciem a sexualidade em sua plenitude, isto não significa que estas pessoas devem abrir mão de viver a sexualidade da forma como lhes é possivel, pois ainda assim podem se expressar sexualmente de forma saudável.

Entretando, muitas pessoas que não podem viver a sexualidade em sua plenitude, ou da forma que gostariam, acabam por desenvolver psicoses em relação ao sexo,ou tentam criar uma imagem negativa relacionada ao mesmo na tentativa de minimizar suas frustações pessoais nesse campo, com isto podem estar apenas agravando uma situação, ao invés de tirar dela o que a vida pode

querer te ensinar em relação a sua realização pessoal, e ao seu ego.

Concordo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

achei um comentário interessante no site Saindo da Matrix, http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2012/12/cobertura_do_fim.html vale pra quem se masturba ou não!

...

"Sobre o papo de "energia sexual" acima: pra mim, esse negócio de ficar amarrando gozo deixa vocês pensando só nisso! Vira uma obsessão, porque essa p*rra toda sobe e o sexo vai pra cabeça, deixando a pessoa doida e cheia de conflitos, ao invés de descer de vez e tornar a vida menos neurótica."

Gustavo, voce confunde GOZO com EJACULAÇÃO. Não é preciso ejacular para ter orgasmo. Por exemplo, hj sabe-se que mulheres com danos na coluna podem ter orgasmos, pois é via o nervo vagus e não via a 'coluna'. O mesmo pode ocorrer com o homem que aprende ter orgasmo via o vagus (e sistema parassimpático) em vez do 'normal' orgasmo via ejaculação (sistema simpático. método q produz cortisol depois, além de roubar energia do cérebro).

"Acredito que por trás da tentativa de contenção do gozo existe sempre um grande medo de tudo que diz respeito à morte, e uma ambição por poderes extraordinários, etc. Posso estar errado, mas vejo a abstinência como possível consequência de uma vida vivida plenamente, e não como o caminho em si. A gente vê os "sintomas" de uma pessoa realizada e acaba tentando imitá-la, o que é uma bobagem."

Como a pessoa aprende a ter orgasmo via o nervo vagus, e multiplos, ao não ejacular, ela não só curte mais o próprio corpo, como dá mais prazer à parceira/parceiro.

E não é um sintoma de pessoa realizada. Há casos e casos registrados, desde os anos 40, de homens que têm orgasmo sem a necessidade de ejacular naturalmente, e nem por isso são 'realizadas', nem tem poderes extraordinários. Não ejacular não te torna automaticamente um Jedi! :D

Agora, tente forçar não ejacular e verá que não conseguirá. Por outro lado começe a meditar seriamente, mapear sua mente EM seu corpo, respirar conscientemente, e NATURALMENTE você irá começar a ter orgasmos via o nervo vagus, em vez de apenas ao ejacular. É um tesão dermatofílico indiscritível. Não sem razão o grego lá que virou mulher falou que o orgasmo feminino (Via o vagus) é muito melhor que o tradicional masculino (ejaculação)! :D :D

...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.