• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Daniel Azevedo

É preciso ser espírita ou ter alguma religião para projeção?

Recommended Posts

Vejo muito o tema "viagem astral" ser abordado em uma perspectiva bastante religiosa, etc.

Gostaria de saber, por exemplo, se um ateu tem chances de se projetar. Não sou ateu, mas essa é uma curiosidade que tenho desde muito tempo.

Abçs!

Share this post


Link to post
Share on other sites

nao eh preciso ter religiao. Mas e preciso acreditar que isso eh possivel, e acreditando que isso eh possivel eh preciso acreditar em um plano espiritual. Afinal de contas e impossivel fazer algo que voce nao acredita que eh possivel.

E um ateu nao costuma acreditar em nada que exista alem do plano fisico, entao um ateu acreditar em viagem astral ja nao pode ser mais considerado ateu .

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que a pessoa precisa é aceitar a possibilidade de que nossa consciência pode obter informações ou mesmo se manifestar sem obrigatoriamente utilizar o corpo físico como ferramenta. Essa ligação entre projeção astral e espiritualidade é mais comum nas culturas influenciadas pelo espiritualismo.

Se você comparar os relatos de experiências de projetores brasileiros com as de projetores estrangeiros verá que aqui o pessoal tende a estabelecer uma estreita relação entre projeção e inteligências desencarnadas, trabalhando em conjunto em prol de algum trabalho de “assistência” espiritual. Eu mesmo acho essa abordagem mais rica de possibilidades e dá um sentido maior para a projeção astral. Mas ao ver as obras de projetores estrangeiros você nota a ausência ou raridade dessa visão, alguns mesmo chegam a alegar que nunca foram ajudados por nenhuma inteligência desencarnada e consideram os relatos de outros projetores que alegam isso como ilusão da mente...e mesmo pensando assim eles se projetam.

Tem autores mesmo que consideram que isso sequer demonstra a existência de um espírito. Para eles a consciência é algo produzido pelo cérebro, porém pode atuar além dos limites do corpo, porque a consciência individual teria a habilidade inata de estar em contato com uma consciência universal, que permeia todas as coisas. Nesse tipo de visão, uma projeção seria apenas uma mudança de foco: a consciência deixaria de focar no corpo físico e focaria em outra posição na matriz consciencial universal, obtendo informações de outros lugares ou épocas, sem limites. A sensação de estar em um “corpo astral” seria apenas uma ilusão da mente, devido ao apego a sua forma corporal e o cordão de prata apenas uma criação mental para satisfazer a necessidade de sentir-se ligado ao corpo ( tanto que muitos projetores jamais detectam o cordão de prata), e no caso de o projetor supostamente encontrar outras consciências, essas seriam apenas resultado de sua expectativa nesse sentido, ilusões, pois a projeção precisa de um certo nível de transe, e no transe hipnótico a mente é altamente sugestionável.

Note que a metodologia prática da projeção até contribui para esse ponto de vista, pois com o relaxamento vamos perdendo a sensação corporal, e com a busca de um estado mental mais estático, através da concentração estamos, de certa forma, desligando a fixação da nossa consciência ao objeto físico de referência (corpo+ mente individual) para podermos no conectar com outro ponto de referência (algo mental, outros planos ou outro momento no tempo).

Para esses autores, obviamente materialistas, quando o cérebro morre a consciência também morreria, logo, a projeção astral apenas demonstraria uma das possibilidades consciência cerebral, mas não garante nem a existência do espírito nem a sobrevivência da consciência após a morte do cérebro.

Então veja: até um materialista pode acreditar e praticar a projeção...

Apesar de admitir que essa abordagem tem lá sua lógica, me parece apenas desculpa de quem insiste em negar a existência do espírito, e faz qualquer malabarismo interpretativo para justificar sua posição, apenas para não dar o braço a torcer. Parece uma atitude crítica num primeiro momento, mas no fundo acho que é gerada pelo medo arraigado de espíritos, ou medo de serem considerados ingênuos por acreditarem em “superstiçoes espirituais”

Mas se acreditando nisso eles também conseguem se projetar, que bom para eles.

A vantagem talvez, dessa abordagem, é que você pode vir a testar mais profundamente suas experiências, procurar mais confirmações, ao invés de entrar de cabeça em qualquer interpretação doutrinária sobre esta ou aquela experiência projetiva.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não, nem acreditar.

Dificulta e parece a lógica de ser um sonho.

Isso é um fato, todos tem espíritos e o mesmo se afasta do corpo ao dormir.

Indepente se acredita em qualquer coisa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this