Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Buzzo na Aldeia do Pinhar


Buzzo
 Share

Recommended Posts

Não me lembro como!Mas eu estava em uma mata .O ar estava fresco e ao longe eu ouvia o barulho de água percorrendo o lento de um rio.Senti vondade de sequir rumo ao som e por intuito eu fui.Chequei proximo ao leito e fiquei maravilhado com a paissagem do ambiente e até mesmo da claresa das águas que desciam rumo ao desconhecido.Tirei o maço de cigarros do bolso e ascenti um .Me sentei em uma enorme pedra que estava no leito e fiquei contemplando a maravilha que estava á minha volta.Ouvi o som de uma mulher que vinha em minha direção cantando uma musica cuja letra eu desconhecia.Ao se aprôximar de mim ela parou e me complimentou.

-Olá! Tudo bem com o sinho?

Olhei aquela figura feminina.Ela era de estatura mediana,morena clara queimada pelo Sol,olhos castanhos e seus cabelos soltos escorriam pelos ombros rumo a cintura._Caragas!Que mulheraço!disse com meus pensamentos.

_Sim... Estou bem.Instintivamente eu apanhei o meu maço de cigarros e ao retirar fiquei puto da vida!Eles estavam molhados.A mulher riu e me respondeu:_Cê queria o que sò!Deixou o cigar na beira do rir.Tonho...Vem cá que tem um forasteiro qui parece perdido.Assim foi as palavras dela aos berros chamando um tal de Tónho .

A figura de um homem macro vestido como uma caipira de festas juninas se fez aprôximar.

_Não fique assustado que Tónho é meu irmão e não é brabo não.Assim disse ela.

Tònho ao me observar dos pês a cabeça pergunta a irmã:Qui foi muie?O homi está perdido?

-Parece qui é?.Te onde ocê é moço?Perguntou-me ela.

_Sou de São Paulo,Capital.Respondi.

_XIIIII...Logo si vê pelo surtaqui e pele braquinha comu leite.Vem cum nós qui vamos vê si te ajudamu.Ao mesmo tempo que caminhavamos o Tònho com as duas mão começara a enrolar uma cigarro de palha._Que um ?Disse-me oferecento o tabago enrolado ao qual eu pequei e me pus a baforar.

_Diga Tònho...Onde estou?

Ocê está na ardeia do Pinhar.Respondeu-me .

_Nunca ouvi falar.respondi

_Num si preocurpe qui dispois di discançar i cume argo vamu vêr si resorvermos seu poblema.

Andamos por um bom tempo em uma rilha pela mata.Reparei que a linda mulher me observava com certa timides e simpatia e isso me levou a pensar que ela estava me pagando pau.Chegamos em frente a uma casebre de pau-a-pique.Apesar de ser bem simples ele era bem arejado e os seus poucos moveis se costituiam de uma mesa feita manualmente de tronco de árvores,Um armario antigo,fogão a lenha e duas redes espostas no comodo ao lado onde os dois irmãos dormiam.

_Me diga Tónho...Como se chama a sua irmã?Ainda não sei o nome dela.

_Háaaa!Mi discurpe.Ela chama Alairde só!respondeu-me.Ela ao me vêr perguntando o seu nome ficou com a face vermelha como pimenta.

_Por que aqui se chama “Aldeia do Pinhal”?Onde fica isso.

_Ardeia do Pinhar fica na Ardeia do Pinhar uê!Essa foi a resposta a minha ignorante pergunta.

_Aqui na ardeia mora poucas pessoas .Quando ela começou foi com apena cinco familha e dispois foi crescendo e hoje já samu mais de cem familia e cada um tem seu pedacinho di chão pra planta.

_Vocês vendem na cidade o que é colhido?

_Qui nada so!Nóis cumemos.

_Ue! Como vc faz para comprar roupa e outras coisas que vocês precisam?

_Nóis trocamus com os vizim.O que eu tenho serve pro outro e o que o outro tem si servi pra eu eu troco. Cum outro, outro e assim vai indo.

Nesse momento eu já estava sentindo a catalepcia e acabei por retornar ao corpo.eu tinha vinte e dois anos quando escrevi esse relato.Após alguns anos eu voltei novamente para a Aldeia do Pinhal.Eu estava com trinta e cinco anos de idade.A terceira foi ontem e digo a vocês que a Alayde estava a minha espera.

Link to comment
Share on other sites

Olá Buzzo!

Queria avisar, (e saber), se você esteve por aqui de repente, em um dia que algo parecia não estar bem. Digo de repente assim: agindo rápido como quem me colocava alguns caracteres (disfarce) mentais em mim, para uma incursão no umbral. Achei a atitude estranha porque apesar de saber que algo não estava bem, espero em preparo durante uma hora de meditação para algo. Ante ontem eu (não sei por que), coloquei um caractere de defunto nada atrativo! Mas foi em meditação!

E também, (aproveitando a narração caipira)! Estudei na ocasião, e parece que costuma aparecer um doido que obseda os gvianos, o último tava fazendo o n° 2 na pineal de todos, e aquela confusão geral! Não entendi a persistência! Daí a dúvida e preocupação sobre a sua atitude na ocasião!

Achei o seu relato bem original!

Surgiu uma questão interessante: Você fuma ou fumava durante o dia ainda com os estudos? Ou seria um médium de alguma especialidade, curas, etc.? É difícil encontrar um Vale ou Aldeia pelo nome! Conheço Espírito Santo do Pinhal! Quando era boy eu sempre comprava passagem pra este lugar!

Link to comment
Share on other sites

Oi Reginaldo!Na sua primeira pergunta eu não sei lhe disse se estive por ai.Mas inconcientemente pode ate ser.Já estive com menbros em astral e esse encontro foi confirmado por aqui no forum!Mas ainda não consequi ir p/Noronha :| .Na epoca desse relato eu já era fumante e ainda sou.Tenho tentado parar com o fumo e todas as vezes que faço isso eu acabo por me projetar e sair a procura de cigarros :cry::drinks

Link to comment
Share on other sites

Ola Galaico!Sim meu amigo,eles são espiritos que me acompanham deste reencarnações passadas.O Tônho me disse isso no nosso segundo encontro na aldeia do Pinhal.Logo mais estarei postando o segundo encontro. :hug

Ok, quando poder poste o relato. :)

Muita luz, e bons estudos.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...