O Moises Esagui conta um caso em que ele andava pela rua e um obsessor diza “olha aquela la”. Procurando manipula-lo para ele olhar e sentir desejo pelas mulheres em estado de vigília. Veja que o caso nem era masturbação, era cotidiano mesmo. E bem conhecido, na literatura esotérica, que há seres sim que te induzem a praticar atos dos quais eles se alimentam. O caso do cigarro e do álcool são exemplos que todo mundo adora citar, mas o caso sexual ( ou mesmo violência, fofocas, enfim, qualqu