Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Reencarnação: a dúvida que não quer calar.


Recommended Posts

Olá,

Pelo que observei, a reencarnação é um meio de se pagar os karmas e de evoluir a moral, o intelecto, o caráter e outras coisas. Sendo assim, parece ser, essencialmente, esse mundo um pequeno inferno destinado ao pagamento de dívidas espirituais e aprendizado com o sofrimento.

Observem o mundo e seus problemas. A violência é decorrente de vários motivos, mas um em especial, do financeiro, alguém que perdeu o emprego na crise e se encontra falido, endividado, sem dinheiro para comprar comida, possivelmente optará pelo roubo.

1) Se esse homem roubar, estará sujeito à lei do karma? Se sim, a lei do karma segue as leis humanas? Roubar um pão para matar seu sofrimento físico é auto-defesa ou um ato contra sua própria moral e contra às leis humanas, meramente humanas, que ocasionará mais dívidas em seu karma?

Outra coisa: a economia é essencialmente instável, pois o valor, a riqueza e a pobreza depende tão somente da oferta e procura. O valor é uma medida social de troca: algo vale mais ou menos dependendo da capacidade que esse tem de ser incarcabiável e da sua procura. A crise mundial é um exemplo da instabilidade do sistema econômico que temos.

2) Até que grau o karma afeta as condições de vida da humanidade? Se, por exemplo, houver uma crise mundial que leve a um colapso e todos os homens fiquem na miséria (uma guerra nuclear tem tal poder), nesse caso, parece que o próprio homem é o causador do seu sofrimento e não o karma, todos vão sofrer nesse cenário independentemente do karma. Aqueles que dizem que o sofrimento é sempre merecido, o que dizem diante de tal cenário que não é impossível de ocorrer?

Link to comment
Share on other sites

A biblia diz: tudo que o homem plantar, isso ele ceifara.

Ou seja tudo que o homem faz tem uma consequencia, não existe atos sem consequencia.

Se um homem esta com fome, ele não precisa roubar nem matar nem traficar para isso, ele pode pedir comida de casa em casa por exemplo, como os mendigos fazem.

pode ofereçer emprego por comida, ofereçer lavar seu carro e etc, semppre existe outras alternativas, nos seres humanos que somos inclinados as mais faceis maneiras de se conseguir oque quer.

Porem se ele viver em um pais onde realmente não há comida e for necessario roubar para sobreviver ai e outro caso, e nós temos de entender que a justiça divi na não e cega, e os juizes do karma são seres de amor consciente e sabem oque fazem, eles não são como nós.

devido ao nivel consciencial das pessoas do planeta, poderia se dizer que o planeta e quasi um "inferninho" como você disse, pois as pessoas não se interessam em evoluir espiritualmente e consciencialmente, apenas se interessam pelo carro do ano, celular do ano, roupa do ano, status, prestigios, poder e etc.

Agora para falar em karmas mundiais e dificil, podemos citar as consequencias normais que essas ações trariam como milhares de mortes, fome, doenças, sofrimento, perdas de pessoas queridas criminalidade, mortalidade infantil, natalidade, e todas essas taixas que não me lembro a niveis mais altos devido a falta de controle do governo sobre a sociedade. e mais outras milhares de consequencias.

Como o Mestre Samael diz: Se a humanidade tivesse 10% de consciencia desperta, ja não existiria mais guerras.

Eu por exemplo prefiro ser preso do que ir a guerra, Sé todos pensasem como eu o governo não poderia prender a todos e não haveria guerra.

Link to comment
Share on other sites

Texto tirado do livro MAGIA ELEMENTAL

“Princípios e Práticas de Elementoterapia”

Coleção Michael

Alma Sã, Corpo São e Vice-Versa

É do mundo das emoções e da mente onde se origina a maioria das enfermidades,

loucuras e doenças existentes hoje. Acredita-se que as grandes guerras mundiais, as

pavorosas epidemias, as grandes obsessões e taras que infestam ciclicamente o mundo são

unicamente as conseqüências materiais dos estados interiores, resultados de uma série de

poluições mentais que vemos na atualidade: falsa educação, músicas desarmônicas,

mensagens subliminares absurdas, manchetes negativistas, sexualidade desenfreada,

programas de tevê infestados de violência, gerando entre outras coisas o desrespeito a

valores universalmente aceitos, como a família, a fraternidade, o livre-arbítrio etc. Sem

dogmatismos ou falso moralismo, acreditamos sinceramente que os atributos espirituais do

ser humano são os verdadeiros alimentos para uma sociedade mais justa e equilibrada.

Afirma-se que quando se gera coletivamente um estado emocional negativo, essa

vibração é recolhida pelas superiores dimensões da natureza. E quando as circunstâncias

cósmicas e telúricas permitirem, essa energia armazenada retorna inexoravelmente aos que

a geraram, criando assim os chamados Karmas individuais, coletivos, nacionais e até

mesmo os planetários.

Quando o ser humano viola as leis das causas naturais, essa violação é devolvida na

forma de catástrofes, enfermidades, terremotos, morte e desolação. Por isso dissemos que o

homem é um Deus em potencial. Ele tem o poder de criar ou destruir a si mesmo e a seu

ambiente.

No mundo interior do homem ocorre o mesmo que no exterior. Quando leis são

violadas, formas de agir e sentir são erroneamente manifestadas, ocorrem as chamadas

enfermidades kármicas(desta e/ou de vidas anteriores). Aclaramos:

Graves danos no corpo causal(ou da Vontade) podem produzir o Karmaduro, o

chamado karma inegociável, além de enfermidades como a Aids, a arterosclerose, gota,

males cardíacos e outros desequilíbrios da sociedade contemporânea.

Um corpo mental mal trabalhado e em desequilíbrio pode gerar desde loucuras,

cretinices, idiotias e outras doenças mentais, até insônias, anemias, cistites, ciática,

raquitismo etc.

O corpo astral normalmente é o campeão na produção e distribuição de

enfermidades. Ali podem ser gerados desde os simples abcessos às bronquites, o bócio,

alguns problemas cardíacos, câncer, diabetes, nefrites(rins), gangrenas, gastrites e úlceras

gástricas, gripes, malária, hemorróidas, tuberculoses etc.

Já as doenças originárias no corpo etérico (vital) são bastante interessantes de se

analisar. Por ser contraparte energética do corpo físico, o etérico atua principalmente nos

sistemas nervoso e imunológico: Irritações, alergias diversas, calvície, convulsões,

conjuntivites, epilepsia, diarréia, varizes etc...

Quanto às doenças eminentemente kármicas, ou seja, geradas por atos e/ou emoções

negativas em passadas encarnações, podemos citar:

19

A ira desenfreada gera a cegueira; a mentira contumaz cria deformidades físicas

horríveis; o abuso da maravilhosa energia sexual é um dos causadores do câncer e da

difteria; o medo e a insegurança geram rins e corações débeis; a ansiedade descontrolada e

o ateismo afetam os pulmões, além de induzir à malária, ao raquitismo e à tuberculose. Isso

se deve a que nossos pensamentos, emoções e atitudes atraem átomos e energias inferiores

que danificam nossos corpos internos, repercutindo no corpo físico futuro. Significa que na

outra vida o código genético terá mais ou menos dificuldades em responder às ordens

harmonizantes dos átomos divinos do Íntimo.

Enfim, demos uma pequena mostra de como nossa vida “moderna” e sedentária tem

nos levado ao aumento dos volumes dos livros de catalogação de doenças das faculdades de

medicina. Graças a Deus não existem doenças incuráveis, pois negar qualquer possibilidade

de cura é negar a misericórdia do próprio Deus, fonte do princípio universal da Vida. A

grande mensagem dos grandes mestres-magos é da urgente necessidade de nosso retorno ao

Jardim do Éden primordial, a Mãe Natureza. Ali, com certeza, seremos agraciados com

seus mais belos frutos, como a saúde, a prosperidade verdadeira, a singeleza. Quando

retornarmos ao “suave jugo” e à simplicidade dos seres espirituais que nos rodeiam,

teremos então encontrado a verdadeira fonte da eterna juventude e felicidade.

Com as práticas e dicas ensinadas neste livro, realizaremos verdadeiros trabalhos de

cura, harmonia e magia para nós mesmos e para nossos semelhantes. Tudo isso baseados na

simples observação dos rituais vivos e dinâmicos do Cosmos vivo.

Link to comment
Share on other sites

Irmãos, isso é opnião minha, baseada na minha experiencia, Sempre fui uma pessoa pacata nunca quis o mal de ninguem, porém passei por muitos maus bocados e o sofrimento não me tornou uma pessoa melhor, talvez no somatorio da minha existencia eterna, possa eu ter pontos positivos, mais se tivesse só uma vida, poderia dizer que eu não evolui nada.

è como tivesse sido jogado num mundo hostil, e que para sobreviver nem sempre são tomadas atitudes mais corretas ou seja (nunha guerra ou voçe mata ou morre).

Desculpe, sempre que alguem toca no assunto de mundo eu tenho que expor minha insatisfação.

Marcius

Link to comment
Share on other sites

E ai Marcius.

Quando eu era um pouco mais novo, eu tinha um pequeno conhecimento sobre a doutrina espirita,e repito oque me foi dito por um espirita:O espiritismo diz que te tanto reêncarnarmos algum dia depois de milhares de vidas nos tornaremos perfeitos.

Nunca concordei com isso, sera que de tanto você viver você vai se tornar perfeito?

Se nos ja não tivemos milhares de vidas porque continuamos a cometer erros tao idiotas.

eu acredito na visão gnostica que nos so evoluiremos no dia em que fizermos uma evolução consciente em nossa vida, despertando a nossa consciencia, e criando os nossos corpos de ouro.

A gnose nos ensina tambem a lei do retorno e recorrencia: Que diz que a cada novo retorno, ou novo corpo fisico que ganhamos entramos em um pequeno corpo bebe, que ainda não tem nem um ego (ou eu pisicologico), apenas 3% de consciencia, por isso as crianças são puras, e de acordo com que vamos envelhecendo os mesmo eus de vidas passadas vão voltando para nos, e tudo que fizeram em vidas passadas eles vao querer repetir.

Se aos 25 anos você brigou com alguem na sua festa de aniversario em uma vida passada, este mesmo eu vai querer brigar de novo aos 25 anos na mesma festa contra o mesmo inimigo, pois estes "eus" se procuram telepaticamente para repetir as mesmas cenas de vidas passadas.

"Existem vidas de exatissima repetição; recorrentes existencias que nunca se modificam"

Resumindo nos somos a mesma coisa que fomos em vidas passadas e pouco mudamos as veses nem mudamos.

Só eliminando os "eus" pisicologicos poderemos acabar com a lei da recorrencia que nos faz repetir mecanicamente as nossas existencias aqui na terra, e realmente evoluir.

Link to comment
Share on other sites

Porém algo estranho na teoria da reencarnação é o fato de não lembrarmos de nada em cada nova encarnação. Por que não lembramos de nada? Aqueles que apoiam a reencarnação podem dizer que a lembrança atrapalharia o propósito da pessoa na vida atual. Aqueles que não apoiam, diriam que não há nada para lembrar porque não existe reencarnação.

Como podemos pagar por algum "pecado" nas vidas seguintes se não sabemos porque estamos sendo punidos? Seria como castigar um filho sem avisá-lo do porquê do castigo. Talvez sejam proveitosas tais lições ao longo de muitas vidas se a pessoa puder comparar suas vidas e tirar alguma conclusão de tudo que fez e passou.

Outra coisa: cada vez que alguém reencarna, estará criando novas dívidas que serão acrescentadas ao seu Karma, pois, afinal, ninguém é santo! Então pelo jeito, uma pessoa parará de reencarnar só quando virar um santo!

No último post encontrei isto: "Existem vidas de exatissima repetição; recorrentes existencias que nunca se modificam". Isso também é estranho pois dá impressão que as coisas não mudam, nem mesmo o ambiente. O que nos garante que o mundo existirá até, por exemplo, 2100? Se ocorrer uma guerra atômica e eliminar a vida no planeta? Ficarão os humanos sem poder reencarnar mais. Estranho não? A evolução então para por aí mesmo? Mesmo existindo os planetas iguais ao nosso, se todos eles sumirem do "mapa" ficaram todos (até mesmo os alienígenas) sem poderem se reencarnar.

A destruição do mundo e o fim das coisas são naturais, perfeitamente compreensíveis, mas a existência da reencarnação com o fim na evolução dos seres requer necessariamente que tudo permaneça existindo sempre! É aquilo que eu perguntei acima, quem garante que as coisas continuarão existindo? Pois pode o homem destruir o planeta quando quiser.

Link to comment
Share on other sites

Bons Amigos,

Em certo ponto da minha vida, por não compreender os acontecimentos que caiam sobre mim, descidir não ter mais nenhum conceito pre-deterninado como verdade absoluta, deletei tudo que aprendi, limpei minha mente, e comecei aprender pelas minha proprias experiencia, sigo o que meu coração manda, dentro de um codigo de honra que eu proprio creiei para mim, aguardo o dia que aprenderei a verdade. (isso do outro lado da vida)

Link to comment
Share on other sites

E ai Marcius.

Quando eu era um pouco mais novo, eu tinha um pequeno conhecimento sobre a doutrina espirita,e repito oque me foi dito por um espirita:O espiritismo diz que te tanto reêncarnarmos algum dia depois de milhares de vidas nos tornaremos perfeitos.

Nunca concordei com isso, sera que de tanto você viver você vai se tornar perfeito?

Se nos ja não tivemos milhares de vidas porque continuamos a cometer erros tao idiotas.

eu acredito na visão gnostica que nos so evoluiremos no dia em que fizermos uma evolução consciente em nossa vida, despertando a nossa consciencia, e criando os nossos corpos de ouro.

A gnose nos ensina tambem a lei do retorno e recorrencia: Que diz que a cada novo retorno, ou novo corpo fisico que ganhamos entramos em um pequeno corpo bebe, que ainda não tem nem um ego (ou eu pisicologico), apenas 3% de consciencia, por isso as crianças são puras, e de acordo com que vamos envelhecendo os mesmo eus de vidas passadas vão voltando para nos, e tudo que fizeram em vidas passadas eles vao querer repetir.

Se aos 25 anos você brigou com alguem na sua festa de aniversario em uma vida passada, este mesmo eu vai querer brigar de novo aos 25 anos na mesma festa contra o mesmo inimigo, pois estes "eus" se procuram telepaticamente para repetir as mesmas cenas de vidas passadas.

"Existem vidas de exatissima repetição; recorrentes existencias que nunca se modificam"

Resumindo nos somos a mesma coisa que fomos em vidas passadas e pouco mudamos as veses nem mudamos.

Só eliminando os "eus" pisicologicos poderemos acabar com a lei da recorrencia que nos faz repetir mecanicamente as nossas existencias aqui na terra, e realmente evoluir.

Me desculpe caro Israelmrm, más devo discordar de vc. O espiritismo não está errado! O q acontece, é q ele é desenvolvido para uma média mais abrangente, ou seja, não exige muita dedicação nem capacidades. É tipo "deixa a vida me levar", porém não deixa de ser uma forma de evolução! Mesmo q seja bem menor a forma para despertar a conciência.

Agora sobre Gnose, ainda não a conheço muito, más prometo analisar melhor estudo sobre o mesmo. Tbm tenho uma grande discordância aqui, não posso aceitar nem compreender essa ideia de repetições de vidas, afinal onde ficaria o livre-arbítrio? Como gnóstico vc deve saber q anjos existem, e q tbm tem muita influência em nossas vidas, más q para agirem devemos usar o livre-arbítrio, e somente aqueles q não obedecem as leis divinas podem agir sem q tenhamos de usar nosso presente mais precioso. Estou citando apenas duas de várias razões, para não aceitar nem crer em parte dessa sua ideia. Ainda poderia citar tbm outras ideis contraditórias contidas no hermetismo, más é isso!

Fiquem na Paz Celeste!

Link to comment
Share on other sites

Porém algo estranho na teoria da reencarnação é o fato de não lembrarmos de nada em cada nova encarnação. Por que não lembramos de nada? Aqueles que apoiam a reencarnação podem dizer que a lembrança atrapalharia o propósito da pessoa na vida atual. Aqueles que não apoiam, diriam que não há nada para lembrar porque não existe reencarnação.

Como podemos pagar por algum "pecado" nas vidas seguintes se não sabemos porque estamos sendo punidos? Seria como castigar um filho sem avisá-lo do porquê do castigo. Talvez sejam proveitosas tais lições ao longo de muitas vidas se a pessoa puder comparar suas vidas e tirar alguma conclusão de tudo que fez e passou.

Outra coisa: cada vez que alguém reencarna, estará criando novas dívidas que serão acrescentadas ao seu Karma, pois, afinal, ninguém é santo! Então pelo jeito, uma pessoa parará de reencarnar só quando virar um santo!

No último post encontrei isto: "Existem vidas de exatissima repetição; recorrentes existencias que nunca se modificam". Isso também é estranho pois dá impressão que as coisas não mudam, nem mesmo o ambiente. O que nos garante que o mundo existirá até, por exemplo, 2100? Se ocorrer uma guerra atômica e eliminar a vida no planeta? Ficarão os humanos sem poder reencarnar mais. Estranho não? A evolução então para por aí mesmo? Mesmo existindo os planetas iguais ao nosso, se todos eles sumirem do "mapa" ficaram todos (até mesmo os alienígenas) sem poderem se reencarnar.

A destruição do mundo e o fim das coisas são naturais, perfeitamente compreensíveis, mas a existência da reencarnação com o fim na evolução dos seres requer necessariamente que tudo permaneça existindo sempre! É aquilo que eu perguntei acima, quem garante que as coisas continuarão existindo? Pois pode o homem destruir o planeta quando quiser.

Amigo Astralnauta, eu mesmo poderia contar acontecimentos de vidas passadas, no entanto conheço alguns motivos para não fazer isso, além de q essas minhas memórias estão fragmentadas, então não seria muito útil mesmo contando.

Uma pessoa para de reencarnar se conseguir total conciência, e para isso essa pessoa deverá vencer seu EGO, livrar-se dele não é tarefa fácil! Isso ocasiona na aniquilação do karma, pagando todas as dívidas. Saiba q eu falo de uma forma teórica, pois se eu tivesse total prática talvez não estivesse mais aqui, ou viria de formas diferentes, como o acontecido com vários outros q se elevaram.

É assim q se torna um santo, livrando-se do EGO! Para tal façanha, alguns conhecem segredos antigos, outros lêem a bíblia, outros praticam a Kundalini, outros constroem fórmulas diversas,etc.

Já ouviu falar ou leu algo sobre novos espíritos nascendo na terra? Várias espécies se mudando para cá, alguns para ajudar outros sem lar natal, outros por outros moivos... Se podem eles vir aqui, pq não poderemos ir lá? E o mais importante! Quem disse q somos os únicos seres "inteligentes" do universo??? Se fossemos realmente inteligentes, estaríamos cuidando da Divina Mãe! E não a consumindo!

O único ser q pode garantir a existência da evolução é Deus! E pode ter a certeza de q ele não está dentro somente de nós!!!

Link to comment
Share on other sites

Bons Amigos,

Em certo ponto da minha vida, por não compreender os acontecimentos que caiam sobre mim, descidir não ter mais nenhum conceito pre-deterninado como verdade absoluta, deletei tudo que aprendi, limpei minha mente, e comecei aprender pelas minha proprias experiencia, sigo o que meu coração manda, dentro de um codigo de honra que eu proprio creiei para mim, aguardo o dia que aprenderei a verdade. (isso do outro lado da vida)

Marcius, vc está muito certo! Confie sempre em sua intuição! Ela é seu maior guia!

Más não haja por instinto, haja com conciência! Saiba diferenciar Intuição de Instinto! Pois a intuição nada mais é do q a voz da sua conciência! Enquanto o instinto é agir por emoções, ideias impostas em sua mente por influências negativas!

Sempre viva o hj! O agora! Não deixe para depois, pois deixar para depois é contar com o amanhã no sentido de ontem, e não podemos voltar no tempo!

Muita Luz e Paz a Todos!!!

Link to comment
Share on other sites

Olá pessoal!

MInha opinião é que as pessoas encaram o Karma como eventos ruins que incidem sobres suas vidas e na maioria deles as pessoas se fazem de vítimas. Uma coisa eu tenho certeza e que todos podem confiar: "somos os causadores de tudo o que ocorre em nossas vidas, seja bem ou mal". Esta frase pode ser interpretada como: somos responsáveis por tudo na nossa vida. E já ouvi uma grande Mestra dizer que definição de liberdade é RESPONSABILIDADE e por isto que poucos a tem, preferem fugir de seus problemas.

Do ponto de vista de transformação do nosso Karma ou seja transformá-lo no Dharma (recompensa) trata-se de um processo semelhante ao que fez gerá-lo. Tentarei explicar melhor: você reconhece a amargura que Karma. Muitos porém vivem sem saber que gosto tem esta falta, esta ausencia, esta sua situação. Você a gerou a medida que depositou valor cada vez maior a este obejto. Votando ao tempo a posse do mesmo fazia voce desenvolver o gosto, você sacia a curiosidade e experimentava in loco a doce ilusão, índole do Ego (melhor expressado assim neste contexto). O karma já existe. Uma vez que se perde o objeto os canais de ausenica e amargura estarão acessíveis. Só se conhece o amargo apenas se foi previamente experimentado o doce de algo. Será possível então atrair esta amargura, que poderá fzr parte da sua vida no tmepo que voce decidir que deverá ficar.

Seguindo esta linha de compreensão para os que já vivenciaram e refletiram sobre isto, para transformar Karmas e desconhecer a amargura de algo seria então apenas perder o gosto por algo, reconhecendo que existe um motivo maior do que esta realidade ilusória criada direta e indiretamente por nós mesmos; pois podem ter sido por influências, mas somos os responsáveis uma vez que temos o poder de escolha, faculdade do livre arbítrio. As vezes poderá ser sofrível e difícil de se aceitar determindas condições mas é de nossa reponsabilidade mitigá-las. Temos os nossos inimigos, não só o ego produto criado por nós mesmos, espíritos negativos, sofredores, vidas passadas atraidos ou não por nós e que não aceitam nosso sucesso ou que atuam nos prejudicando ou dificultando nosso domínio próprio.

Do ponto de vista Gnóstico a consciência pura do Bebe e que continua em determindados graus de nossa infância, é de vasta vantagem para evolução da alma. Não se reconhece nada, e portanto não se sofre. Acho que não sou o único que as vezes tenho vontade de dizer que "as coisas tendem a piorar" ou que no passado "as coisas pareciam melhores". Mas acreditamos ter crescido, passado por fases da vida e que compreendemos bem as situações. Infelizmente influenciada pelos padrôes culturais , sociais, pólíticos e economicos, etc a individualidade vai tomando parte da vida desta consciencia até que um dia chegaremos ao ponto de percever que perdemos o senso de sentido de vida.

Muitas pessoas dizem que são boas ou fazem o bem. Isto não siginifica, porém, que estajam fazendo por amor ou por compaixão sem desejar algo em troca.

Para finalizar a minha resposta eu deixo uma simples pergunta, uma forma de resumir o tema e para refletirmos mais sobre Karma e a recorrência: Você faz o bem a algo/alguém desejando para si retorno reciprocamente ou, ainda, voce é do tipo que acha males lhe acontecem mesmo voce não fazendo o mal? Esta questão fará muitos refletirem e até mesmo entender por que coisas ruins acontecem com pessoas que se julgam boas.

Compartilhei um pouco de minhas experincias. :D

Um grande abraço.

GAbriel

Link to comment
Share on other sites

Olha eu costumo falar que o mais importante para o desenvolvimento de alguem é a meditação.

Não apenas meditar quando estiver sentado tranquilo meditando, mais viver num estado meditativo ser consciente de si mesmo.

Eu digo que não tenho certeza a respeito de muitas coisas gnosticas na qual acredito.

Acredito pela razão, por muitos estudos que fiz, por achar ser mais coerente.

E outras tenho certeza pois ja comprovei.

Oque eu aconselho mesmo e as pessoas lutarem mais lutarem com todo coração, para despertar a consciencia e assim comprovarem as verdades por si proprio que e o mais importante.

Um amigo ali em cima fez um questionamento, que parariamos de reêncarnar so quando virarmos santos.

E exatamente isso que a gnose o budismo o despertar da consciencia ensina, você se tornar santo, ou um iluminado, ou um desperto. varias palavras diferentes para uma mesma coisa, porem não gosto da palavra santo pois ele pareçe ser muito impossivel devido a nossa cultura e as religioes aqui presentes, sendo que o estado desperto e o estado natural de um homem.

Link to comment
Share on other sites

O importante aqui é q cada um acredita no q quiser! Debatendo com naturalidade, sem ofender as crenças uns dos outros! Isso tudo nos facilita uma grande capacidade para aprendermos e evoluirmos!

Não existe verdade absoluta!

O Hermetismo diz q todas as verdades são meia-verdades, más acredite aquele q quiser, pois ninguém é forçado a nada!

Paz! E Muita Luz!!!

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Reencarnação é uma teoria interessante que explica o sentido da existência dos seres desse universo.

1) Diz o livro dos espíritos que as coisas evoluem desde um simples átomo até um "arcanjo" ou qualquer coisa do mesmo nível. Nesta afirmação está um problema: se tudo começa a evoluir à partir de um átomo até o último grau de evolução, então literalmente tudo no universo irá se tornar um dia arcanjos (ou equivalentes). Pensem como isso é ridículo! Se, por exemplo, um único átoma faltar para se evoluir, não terá meios para seguir adiante, pois ele sozinho não terá condições no universo para existir senão como átomo.

2) A teoria da reencarnação é quase igual à crença de gigantes habitando as pontas de uma Terra quadrada, cujos ventos são causados pelos mesmos gigantes, como se acreditava na idade média. "O amparador diz a você que está na hora de reencarnar e o faz encarnar em alguma pessoa"... Foi o que eu li (ou escutei) aqui no site, pensem como isso é primitivo, pois dá a impressão que o universo não funciona por si só, mas que precisa de "gigantes nas pontas da Terra fazendo o vento circular" e seres fazendo as coisas funcionarem. Isso é ridículo! Tudo que acontece no universo tem causas materiais, o universo não precisa de amparadores, espíritos etc para funcionar.

3) Karma é uma tentativa esfarrapada para tentar explicar as diferenças no mundo e o sofrimento dos seres vivos no mesmo. Esse conceito é semelhante ao item 2), pois dá impressão que nossa sorte é regida por seres do outro mundo e não pelas causas naturais de atos passados. Tudo isso está errado! Não existe ninguém controlando a sorte minha ou sua, não há karma, nem reencarnação. Quem diz o contrário está com segundas intenções.

4) Sobre reencarnação, quando se apresentam argumentos lógicos em desfavor dessa teoria, usam-se de explicações fajutas: a população explodindo, dobrando de quantidade 4 vezes no úiltimo século, de onde vieram as alminhas dos infelizes que aqui encarnaram? De outros planetas é a resposta. Tudo bem que deve mesmo existir outras vidas em outros lugares, mas como isso soa estranho e anti-natural. É como se ouvesse uma empresa no outro mundo administrando essas reencarnações pelo universo... É o mesmo caso do item 2). Completamente sem sentido.

5) Espíritos estão ao redor de todo mundo o tempo todo e sua privacidade é ilusão. Discordo, nunca vi ou senti espíritos... Isso parece um meio de condicionar as pessoas a inibirem seus pensamentos e ajustarem seus comportamentos para evitar críticas, zombaria, desprezo etc por parte dos seres que observam.

Bom, a lista vai longe. É só pensar em uma afirmação da teoria de reencarnação, que aparecem várias estranhezas que se defrontam com a lógica e a razão. Pensem a respeito.

Link to comment
Share on other sites

Uma dúvida que tenho e ninguém nunca me sanou ... Vou postar aqui neste tópico ...

As vezes as pessoas dizem que estamos sofrendo por isso ou aquilo, porquê estamos carregando um karma de outras vidas. Eu fico a pensar, eu creio em Deus e creio que Deus é amor, sabedoria, justiça e mais uma infinidade de maravilhas que as palavras não podem descrever, então voltando a questão, Deus sendo tudo isso permitiria que apanhassemos sem saber o porquê? Que tipo de aprendizado é este? Eu creio que tudo ou quase tudo na nossa vida é aprendizado, um pai justo, sábio, amoroso, não bateria num filho sem dizer o motivo pelo qual o filho está apanhando, a intenção é aprender ou só sentir dor? Não creio que Deus agiria assim conosco. A questão é, realmente levamos Karma para outras vidas?

Abraços a todos.

Link to comment
Share on other sites

Bom dia pessoal!

Acho que o que estou escrevendo aqui responde a Lua e do pessoal que disse não acreditar na reencarnação e também a algumas perguntas do astralnauta. O ideal mesmo acho que é todos nós ouvirmos o audio do Saulo.

Sou uma pessoa com poucos conhecimentos e experiências espirituais, então tudo que estou dizendo aqui são apenas crenças pessoais baseadas em coisas que li e ouvi.

Eu acredito que Deus não "castiga", nós todos somos impuros e estamos aqui graças a Deus, numa oportunidade maravilhosa de aprendizado!

Acredito que quando fazemos algo errado, isso vai acabar voltando para nós, mas não para nos castigar! É por que precisamos aprender, precisamos nos lapidar. Se acontecer um raro caso em que a pessoa não só se arrepende verdadeiramente como também aprende realmente a lição sem precisar de "receber o retorno do mal que ela fez", ela não terá que "pagar" por que o objetivo é o aprendizado e não o castigo.

Então, acredito na reencarnação sim, como uma oportunidade de aprendizado!

Não é algo do tipo "Estamos pagando por algo que nem sabemos!", mas estamos recebendo a cada vida uma nova oportunidade de aprender, e isso é algo lindo!

Precisamos às vezes passar por situações difíceis, até pelas mesmas situações que fizemos alguém sofrer para compreendermos em nossos corações por que não devemos agir dessa ou daquela forma.

E por que esquecemos? Por que seria difícil recomeçar lembrando de todo o mal que fizemos, sentindo toda a culpa, o ódio, a mágoa, com os mesmos sentimentos... Não é mais difícil aprender a amar um irmão lembrando por exemplo, que ele matou sua famíilia e ainda sentindo o mesmo ódio e a mesma tristeza?

Muitas vezes na nossa vida já passamos por coisas tão difícieis que às vezes tinhamos vontade de conseguir "apagar" certas coisas da memória e poder recomeçar tudo... Pois então! É mais ou menos a mesma idéia.

Ah, mas se reencarnamos e não lembramos o que aprendemos, o que adianta? Adianta muito! O que aprendemos de verdade, o aprendizado real não se perde, ele se mantém em nosso espírito!

Um exemplo simples, porque ás vezes dois irmãos que vivem com os mesmos pais, estudam na mesma escola podendo ter até os mesmos amigos e são tão diferentes um do outro? Por causa das vidas que eles já tiveram, do aprendizado que eles trazem consigo, cada um teve aprendizados diferentes!

Em relação a população explodindo, acredito que Deus não tinha por que parar de criar espíritos.

Muita paz para nós todos!

Link to comment
Share on other sites

Oi pessoal!!

Este é um tema interessante e como existem várias respostas a respeito, vou começar expressando minha opnião sobre o primeiro post.

Pergunta: "Pelo que observei, a reencarnação é um meio de se pagar os karmas e de evoluir a moral, o intelecto, o caráter e outras coisas. Sendo assim, parece ser, essencialmente, esse mundo um pequeno inferno destinado ao pagamento de dívidas espirituais e aprendizado com o sofrimento."

Resposta: é mais ou menos o que chamamos de escola. Atraves de algum sacrifício vc adquire algum aprendizado.

Pergunta: "Observem o mundo e seus problemas. A violência é decorrente de vários motivos, mas um em especial, do financeiro, alguém que perdeu o emprego na crise e se encontra falido, endividado, sem dinheiro para comprar comida, possivelmente optará pelo roubo."

Resposta: okay, o financeiro pode ser um dos problemas da violência, mas não acredito que seja o mais relevante. Mas continue...

Pergunta: "1) Se esse homem roubar, estará sujeito à lei do karma?"

Resposta: Sim. Toda ação resulta em uma reação.

Pergunta: "Se sim, a lei do karma segue as leis humanas?

Resposta: Não, as leis karmicas(imutáveis) independem das leis humanas(mutáveis)

Pergunta: "Roubar um pão para matar seu sofrimento físico é auto-defesa ou um ato contra sua própria moral e contra às leis humanas, meramente humanas, que ocasionará mais dívidas em seu karma?"

Resposta: Este tipo de roubo, que é um crime pelas leis humanas, também gera reações karmicas por que vc está se apropriando de algo que nao lhe pertence e principalmente: tem conciencia disso. No entanto, são aliviadas de acordo com as situações em que ocorrem. Exemplo: o roubo de um pão é diferente do roubo de um diamante. ;)

Pergunta: "2) Até que grau o karma afeta as condições de vida da humanidade? Se, por exemplo, houver uma crise mundial que leve a um colapso e todos os homens fiquem na miséria (uma guerra nuclear tem tal poder), nesse caso, parece que o próprio homem é o causador do seu sofrimento e não o karma, todos vão sofrer nesse cenário independentemente do karma."

Resposta: Pense o seguinte, o homem é causador das ações. Toda ação gera karma, sendo assim, ações boas geram karmas bons e naturamente, ações "não-boas" geram karmas "não-bons".

Pergunta: "Aqueles que dizem que o sofrimento é sempre merecido, o que dizem diante de tal cenário que não é impossível de ocorrer?"

Resposta: o sofrimento ou a recompensa são resultados das suas atitudes. Assim como temos karmas individuais, também temos karmas coletivos. Desta forma se algo tão grande acontecer será em resposta as nossas próprias atitudes. E vamos "pagar" estes karmas de acordo com nosso merecimento.

Nunca se esqueça de que Deus é justo e oniciente. E sendo assim não há injustiça.

Se ainda não compreendemos algo é por que ainda não temos conhecimento sobre todos os fatos que o envolvem.

Estas respostas são baseadas no conhecimento que adquirí atraves de leitura e pesquisa sobre assuntos espirituais.

Em momento nenhum tenho a intensão de "pregar a verdade", isso é apenas mais uma opnião de um irmão que está no caminho do aprendizado.

Abraços,

Azeitona

Link to comment
Share on other sites

O pecado foi inventado pelo homem, para colocar um limite nele, e não por Deus.

Se uma pessoa roubou para matar a fome de alguém, ela cometeu um erro, mas fez uma coisa boa em troca, salvou uma vida. Isso não justifica que devemos fazer tudo errado com boas intenções, mas às vezes é preciso errar para acertar.

E é assim que funciona, quando erramos, reconhecemos o erro, e tentamos concertar, recebemos uma chance de começar tudo de novo.

É o caso da reencarnação, nós voltamos porque recebemos uma chance de nos aperfeiçoar. E não para pagar pelos erros do passado.

Passamos por determinada situação, por que nós escolhemos isso, com o intuito de melhorar. Se lembrássemos dos nossos erros, seria mais fácil de nos aperfeiçoar, mas não é assim que acontece.

A base do espiritismo é o amor e a caridade. Fazendo o bem, ajudando o próximo e não prejudicando ninguém, nós já estamos evoluindo.

Um abraço.

Paz e Luz!

Link to comment
Share on other sites

Simone, Rodrigo e Azeitona, vcs tem uma boa consciência! Estão no caminho certo amigos!!

Eu ia acrescentar algo sobre o assunto, más não será necessário pq vcs já disseram tudo!!!

Abraços Paz e Luz!!!

Reencarnação é uma teoria interessante que explica o sentido da existência dos seres desse universo.

1) Diz o livro dos espíritos que as coisas evoluem desde um simples átomo até um "arcanjo" ou qualquer coisa do mesmo nível. Nesta afirmação está um problema: se tudo começa a evoluir à partir de um átomo até o último grau de evolução, então literalmente tudo no universo irá se tornar um dia arcanjos (ou equivalentes). Pensem como isso é ridículo! Se, por exemplo, um único átoma faltar para se evoluir, não terá meios para seguir adiante, pois ele sozinho não terá condições no universo para existir senão como átomo.

2) A teoria da reencarnação é quase igual à crença de gigantes habitando as pontas de uma Terra quadrada, cujos ventos são causados pelos mesmos gigantes, como se acreditava na idade média. "O amparador diz a você que está na hora de reencarnar e o faz encarnar em alguma pessoa"... Foi o que eu li (ou escutei) aqui no site, pensem como isso é primitivo, pois dá a impressão que o universo não funciona por si só, mas que precisa de "gigantes nas pontas da Terra fazendo o vento circular" e seres fazendo as coisas funcionarem. Isso é ridículo! Tudo que acontece no universo tem causas materiais, o universo não precisa de amparadores, espíritos etc para funcionar.

3) Karma é uma tentativa esfarrapada para tentar explicar as diferenças no mundo e o sofrimento dos seres vivos no mesmo. Esse conceito é semelhante ao item 2), pois dá impressão que nossa sorte é regida por seres do outro mundo e não pelas causas naturais de atos passados. Tudo isso está errado! Não existe ninguém controlando a sorte minha ou sua, não há karma, nem reencarnação. Quem diz o contrário está com segundas intenções.

4) Sobre reencarnação, quando se apresentam argumentos lógicos em desfavor dessa teoria, usam-se de explicações fajutas: a população explodindo, dobrando de quantidade 4 vezes no úiltimo século, de onde vieram as alminhas dos infelizes que aqui encarnaram? De outros planetas é a resposta. Tudo bem que deve mesmo existir outras vidas em outros lugares, mas como isso soa estranho e anti-natural. É como se ouvesse uma empresa no outro mundo administrando essas reencarnações pelo universo... É o mesmo caso do item 2). Completamente sem sentido.

5) Espíritos estão ao redor de todo mundo o tempo todo e sua privacidade é ilusão. Discordo, nunca vi ou senti espíritos... Isso parece um meio de condicionar as pessoas a inibirem seus pensamentos e ajustarem seus comportamentos para evitar críticas, zombaria, desprezo etc por parte dos seres que observam.

Bom, a lista vai longe. É só pensar em uma afirmação da teoria de reencarnação, que aparecem várias estranhezas que se defrontam com a lógica e a razão. Pensem a respeito.

Astralnauta, pq vc não faz uma regressão de vidas passadas?! Não uma hipinose, mas sim uma ligação direta com suas memórias akashicas, sua memória genética!!

Aí vc acaba de vez com sues questionamentos sobre isso! Pq vai ver a verdade!!

Link to comment
Share on other sites

Até entendo a utilidade de aprendizado com o sofrimento, pois ele nos faz entender, na prática, como as coisas são. Por exemplo, não dá para alguém que nunca se machucou enteder o que é dor. A prática é fundamental para o entendimento.

E por que esquecemos? Por que seria difícil recomeçar lembrando de todo o mal que fizemos, sentindo toda a culpa, o ódio, a mágoa, com os mesmos sentimentos... Não é mais difícil aprender a amar um irmão lembrando por exemplo, que ele matou sua famíilia e ainda sentindo o mesmo ódio e a mesma tristeza?

Mas o fato de não lembrarmos de nada de nossas vidas anteriores para nos poupar de sofrimentos (culpa, rancor, etc) é uma explicação que contradiz um dos próprios sentidos da reencarnação, pois, uma vez que é justamente o sofrimento que "nos lapida", que nos faz crescer, por que nos poupar do aprendizado com o sofrimento das lembranças das vidas passadas?

Ah, mas se reencarnamos e não lembramos o que aprendemos, o que adianta? Adianta muito! O que aprendemos de verdade, o aprendizado real não se perde, ele se mantém em nosso espírito!

Como pode ter aprendizado daquilo que não se lembra?? Issó é tão louco quanto aqueles que dizem ser o sofrimento é maravilhoso, quem acha sofimento maravilhoso, não está sofrendo... quem aprendeu e esqueceu, não sabe...

Resposta: Pense o seguinte, o homem é causador das ações. Toda ação gera karma, sendo assim, ações boas geram karmas bons e naturamente, ações "não-boas" geram karmas "não-bons".

Como é estranho o karma... Se um homem mata outro, o assassino gerou karma para si mesmo e morre assassinado, por sua vez, o assassino do assassino gerou seu karma e também morre assassinado. Segundo sua resposta, o ciclo dos assassinatos não pode ter fim, se tiver, o último homem não vai receber sua "reação", aí a lei do karma encontra suas falhas...

Resposta: o sofrimento ou a recompensa são resultados das suas atitudes. Assim como temos karmas individuais, também temos karmas coletivos. Desta forma se algo tão grande acontecer será em resposta as nossas próprias atitudes. E vamos "pagar" estes karmas de acordo com nosso merecimento.

O conceito da reencarnação unida ao karma é uma tentativa de justificar as difentes sortes da humanidade, mas ela falha em vários pontos se observados com cuidado, talvez porque aqueles que a defendem não tomam cuidado com suas afirmações e se deixam cair em contradições... ou talvez porque é mesmo uma teoria mal formulada... dentre todas as explicações, prefiro a mais simples: reencarnação não existe até que se prove o contrário.

Link to comment
Share on other sites

Astralnauta,

"Mas o fato de não lembrarmos de nada de nossas vidas anteriores para nos poupar de sofrimentos (culpa, rancor, etc) é uma explicação que contradiz um dos próprios sentidos da reencarnação, pois, uma vez que é justamente o sofrimento que "nos lapida", que nos faz crescer, por que nos poupar do aprendizado com o sofrimento das lembranças das vidas passadas?"

É pq não é vc (elemental) quem deve lembrar desse tipo de coisa! E sim o seu Self!! Ele sim sabe de tudo q vc já passou, nessa vida, ou nas outras!

"Como pode ter aprendizado daquilo que não se lembra?? Issó é tão louco quanto aqueles que dizem ser o sofrimento é maravilhoso, quem acha sofimento maravilhoso, não está sofrendo... quem aprendeu e esqueceu, não sabe..."

Seu Self sabe! Pois é ele quem detem todo o seu aprendizado!

"Como é estranho o karma... Se um homem mata outro, o assassino gerou karma para si mesmo e morre assassinado, por sua vez, o assassino do assassino gerou seu karma e também morre assassinado. Segundo sua resposta, o ciclo dos assassinatos não pode ter fim, se tiver, o último homem não vai receber sua "reação", aí a lei do karma encontra suas falhas..."

A lei do Karma não tem flahas, ela é universal! E a escolha de um homem, pode comprometer a todos! Ou seja, a escolha de um PODE gerar karma coletivo!

A reação do Karma acaba quando todas as ações tiverem sua reação! Se um número X de pessoas tem ações más então um número X de pessoas terão suas reações más em resposta!

"O conceito da reencarnação unida ao karma é uma tentativa de justificar as difentes sortes da humanidade, mas ela falha em vários pontos se observados com cuidado, talvez porque aqueles que a defendem não tomam cuidado com suas afirmações e se deixam cair em contradições... ou talvez porque é mesmo uma teoria mal formulada... dentre todas as explicações, prefiro a mais simples: reencarnação não existe até que se prove o contrário."

Meu amigo, suas palavras parecem a de um cético!

Quem disse q reencarnação e/ou Karma são teorias???

Acredita na vida após o desencarne? Nunca viu um espírito? Já se projetou?

Quer q a reencarnação/ou/Karma sejam comprovados como? Com a ciência paralítica q temos?

Já disse um grande homem; "A ciência sem a fé é aleijada; a fé sem a ciência é cega" (Albert Einstein).

E eu digo, "O q não pode ser comprovado pela ciência, não quer dizer q não exista, e sim q está oculta!"

Pense nisso amigo!

Muita Luz a vc!!!

Link to comment
Share on other sites

Astralnalta,

Concordo com o Thiago. Talvez você precise é de mais experiências, de se projetar, conversar com amparadores, ampliar sua mediunidade e ir descobrindo as coisas por experiência própria e tirando suas próprias concluões... Até por que, na nossa inferioriadade humana, não acredito que exista alguém totalmente certo sobre um assunto tão profundo!

Tive a impressão que você criou um tópico mais com um objetivo de tentar nos convencer de que a reencarnação não existe do que para discutir o assunto estando aberto para receber idéias diferentes ( me desculpe se tive a impressão errada ).

Por exemplo, em relação ao seu comentário:

Mas o fato de não lembrarmos de nada de nossas vidas anteriores para nos poupar de sofrimentos (culpa, rancor, etc) é uma explicação que contradiz um dos próprios sentidos da reencarnação, pois, uma vez que é justamente o sofrimento que "nos lapida", que nos faz crescer, por que nos poupar do aprendizado com o sofrimento das lembranças das vidas passadas?

Não foi isso que eu quis dizer, eu não disse que não nos lembramos de nada para sermos poupados de sofrimentos e sim que não nos lembramos para não atrapalhar o nosso crescimento e o aprendizado... Como eu havia dito, é muito mais difícil aprender a amar alguém sentindo o mesmo ódio e mágoa pela pessoa, tendo em mente tudo o que aconteceu...

Uma pessoa muito amargurada que às vezes endureceu o coração pela vida que teve, se fechando para crescer talvez vá poder aprender muito mais nascendo denovo como um bebêzinho! Sem aquela amargura que acumlou, mais aberta para os aprendizados que a vida proporciona!

Como pode ter aprendizado daquilo que não se lembra?? Issó é tão louco quanto aqueles que dizem ser o sofrimento é maravilhoso, quem acha sofimento maravilhoso, não está sofrendo... quem aprendeu e esqueceu, não sabe...

Acho que essa parte o Thiago esclareceu, vou só complementar lembrando o exemplo que eu havia dado, às vezes dois irmãos, na mesma família, tendo inclusive os mesmos amigos ( gêmeos por exemplo ), são pessoas tão diferentes! Eu acredito que isso não é simplesmente um "DNA" diferente, acredito que as diferenças se devem aos aprendizados que ambos já tiveram!

Outro exemplo é que há tantos casos incríveis de crianças pequenas que tocam piano divinamente sem que ninguém as tenha ensinado... Enfim... Seriam apenas "gênios" como a ciência tenta explicar?

Quando já se tem uma idéia muito fixa é difícil abrir a mente para entender, nem digo concordar, apenas entender as outras... Às vezes ao ler já lemos procurando por coisas absurdas para poder contestar.. Eu mesma procuro me esforçar pois já fui muito "cabeça dura" e tento na medida do possível, ser um pouco mais aberta ^^

Estou falando tudo numa boa ok? :)

Abraços e muita paz!

Link to comment
Share on other sites

Simone,

Eu entendo a teoria da reencarnação, não estou fechado às suas idéias. O que fiz aqui foi questionar a fim de aprofundar mais nesse arquétipo e tentar descobrir, pela lógica, a verdade.

A impressão que eu tive em relação à teoria da reencarnação é que ela é antroporfizada (imagem e aparência do homem) demais, parece muito com as lendas dessas religiões bestas do mundo, que inventaram (inspirados em reis e cia) a idéia de um deus poderoso sentado num trono controlando tudo à sua vontade.

Veja que na natureza, ninguém precisa, por exemplo, fazer as coisas cairem no chão, pois ninguém controla a força da gravidade, ou seja, o universo funciona por si só sem a necessidade de um deus ou qualquer coisa do tipo. A reincarnação controlada por amparadores, deus, empresa extra-física de controle de reencarnações, ou sei lá o quê... parece muito com aquela crença da idade média em que se acreditavam que os ventos eram causados por gigantes que assopravam dos cantos da Terra, hoje se sabe que os ventos não precisam de "gigantes assopradores" para circular. O mesmo acontece concosco, somos resultados tão somente das leis materiais da natureza...

Poder ir e vir em várias encarnações parece uma idéia de alguém que acha a morte e o fim das coisas triste demais para suportá-la: é mais consolador pensar que a morte é apenas uma "mudança de roupa" (eu também queria acreditar nisso, mas temos de ter senso crítico para evitar ilusões). Também é mais consolador para a vaidade pessoal imaginar que uma pessoa em melhor condição de nascimento nasceu assim por merecer, pois, afinal de contas, há sempre a oportunidade de nascer em condições melhores nas próximas vidas... apesar de que a vida é sempre instável e a qualquer hora, muitos infortúneos podem nos aparecer...

Quanto aos argumentos do último parágrafo, eles são menos relevantes, já que não passam do caráter psicológico, apesar de que também poderiam ser causas dessa teoria da reencarnação... Mas os argumentos do penúltimo, são mais objetivos e implicam num arquétipo de universo contrários aos da ciência, do paradigma do racionalismo. Um arquétipo que admite reencarnações, amparadores controlando os carmas ou sei lá é parecido com a visão da idade média quanto a realidade das coisas, uma visão não muito racional.

Mas, em todo caso, eu abri esse tópico para discutirmos idéias e não para eu impor minha visão das coisas... Acho que o que está acontece é o contrário. E, Simone, sei o que é "degustar" um conceito novo e contraditório ao que eu acreditava ser real, por isso que abri o fórum... E vc já teve experiências? já conversou com amparadores? já ampliou sua mediunidade? já descobriu tudo isso que lhe pergunto pelas suas experiências?

Thiago M,

Vc já teve contato com seu Self (sua essência pelo que entendi) para poder saber mesmo do que está falando? Vc tem lembranças de suas vidas passadas?

Luan,

À propósito, não sou católico muito menos evangélico, não tenho religião graças a deus. Li nesse site do seu link uma reportagem interessnte sobre o um pediatra (esqueci seu nome) que fala com bebês recém nascidos e eles respondem com sinais pedidos pelo pediatra. "Se vc está me entendendo, mexa o braço esquerdo" e o bebê realmente mexia o braço esquerdo. Como uma criança recém-nascida sabe o que é braço, esquerda ou direita??? Tirando a hipótese de fraude, isso é uma evidência muito forte a favor da reencarnação.

Li também outra reportagem (http://www.alphalumen.com.br/pages/paginas/aura.php) sobre foto de Kirlian, que fotografa a aura. Fantástico e intrigante!

Link to comment
Share on other sites

Olha eu não vou entrar muito nesses assuntos de reêncarnação mas achei interessante esse questionamento:

"Como é estranho o karma... Se um homem mata outro, o assassino gerou karma para si mesmo e morre assassinado, por sua vez, o assassino do assassino gerou seu karma e também morre assassinado. Segundo sua resposta, o ciclo dos assassinatos não pode ter fim, se tiver, o último homem não vai receber sua "reação", aí a lei do karma encontra suas falhas..."

Primeira coisa: A lei do Karma e acompanhada pelos juizes do karma, ou seja eles tem uma balança com todos suas boas e más ações pesadas nela. se o lado das más ações estiver mais pesado você tera que pagar com sofrimento, se o lado das boas ações estiver mais leve você esta com saldo cosmico positivo, ou seja não precisa pagar nada com sofrimento.

Então vamos supor que uma pessoa com Saldo cosmico positivo cometa um assasinato, que talves gaste todo seu saldo positivo e o saldo fique negativo, então essa pessoa terá que pagar com sofrimento, mas como esta apenas um pouco negativo e essa pessoa e uma pessoa muito boa faz muitas boas ações ele recupera o seu saldo positivo de novo.

Pronto ela não deve mais nada não terá que sofrer ou ser assasinada, oque significa que não tem falhas nesta lei, entendeu?

Como tambem o caso de um pai de familia (pode ser um policial no caso) que chega em casa a noite e flagra um estruprador estuprando sua filha com uma faca na garganta dela, ele se vê obrigado a dar um tiro na cabeça do estuprador para que ele não mate sua filha.

Você acha que os juizes do karma seres de amor consciente, dariam uma karma pesado a esse homem por ter salvo sua filha? e claro que não eles sabem oque fazem melhor do que nós, não temos que nos preocupar com essas coisas.

Eu não sei se você conheçe a gnose ou o budismo ou algumas linhas do Huinduismo, mas são religioes que nos ensinam a nos Auto-realizar, ou seja nos tornamos perfeitos um com o Pai e não necessitarmos mais reêncarnar oque e o meu objetivo e estou buscando isso.

Pois de acordo com algumas doutrinas vamos ficar reêncarnando ate não se sabe quando para irmos evoluindo, oque é um erro muito grande, pois o ser humano não vai evoluir de tanto reêncarnar.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...