• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Henzel

Viver de Prana duvida

Recommended Posts

Oi, gostaria de saber sobre aqueles que eram vegetarianos antes de viver de Prana, se estes vegetarianos comem Ovo? Digo, penso que tem pessoas que vivem de luz mas vez ou outra acabam comendo algo, de preferencia algo vegetariano, gostaria de saber se o Ovo é pode ser consumido por estas pessoas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não, vegetarianos em teoria não comem nada animal e tem muitas denominações, uns para apelar se dizem "ovolacto-vegetarianos" comendo ovos e derivados do leite, mas o vegetarianismo correto na minha opinião seria o "estrito", onde nada de origem animal passa pelo seu sistema digestivo. E agora surgiram com essa de "vegan" onde uns dizem ser a prática de não comer nada animal mas usar produtos da origem como couro, e outros dizem que é tanto não comer nada animal como não usar, ficando tudo muito confuso.

E depois que você vive de luz seu sistema digestivo atrofia, deixando o intestino e o ânus quase impermeáveis, não recomendo comer nada :lol:

Mas claro, quem sou eu pra falar? Tentei viver de luz mas não deu muito certo. Qualquer coisa fala com o Sandro Fabres aqui no fórum (ja ja ele responde rsrs) ou outros que conseguiram viver de prana.

Meu tópico sobre viver de luz viewtopic.php?f=2&t=17833

Meu diário viewtopic.php?f=9&t=17880

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ta aparecendo cada coisa nesse forum. Viver de luz, viver de prana...!

Eu quero é viver de renda! Tem? :lol:

Essa parte que falam sobre comprometer o corpo físico me incomoda muito! Já pensou? Ficar atrofiado! Os gurus da ìndia tinham muito essa consequência!

Por exemplo: E se a consequência for a pessoa deitada em uma cama vivendo do prana ver descendo, abraçando a Terra alguma entidade tipo Krshina, e nada mudar na sua vidinha?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pela resposta Toquinha... Olha, em troca vou compartilhar uma ideia... Sim, eu entendi que aqueles que vivem de luz tem seu sistema digestório atrofiado mas já pensou em não viver apenas do Prana?, Quero dizer, trocar 50% do consumo alimentar por Prana, isto permitiria ter um equilíbrio. Ainda preciso ler sobre Viver de Luz para tentar desenvolver essa ideia - se puder me recomendar algum livro...

Creio que se é possível viver de Prana, reprogramar o DNA, então não há barreiras para que possamos ter um equilíbrio entre os dois.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se você comer algo não estará vivendo de Luz (ou prana, chame como quiser). Viver de luz consiste em não comer absolutamente nada, não ter dependências de outros alimentos. Já vi gente que consome 500 calorias por dia e o resto complemente com prana, mas nesse caso não se está vivendo inteiramente de prana, está dependendo de frutas ou qualquer que seja o alimento.

Se me passar seu e-mail por MP te envio o livro que tenho sobre Viver de Luz. Leia todo antes de tentar o jejum dos 7 e 21 dias, não caia nessa que sabe tudo como eu, li até a página 29 e pensei já estar apta a fazer isso. Estude bem sobre o assunto antes ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi, obrigado pelo suporte. Então, por enquanto, minha ideia é encontrar um equilibro entre prana e alimentação. Seria uma dieta do tipo daquelas convencionais de comer apenas a quantidade necessária;Mas em uma quantidade um pouco menor e o resto complementado com Prana. Como você disse.

Por isto gostaria que me recomendasse algum livro, para eu me inteirar sobre como se "alimentar" de prana - para mim encontrar esse equilíbrio.

Em nosso mundo humano vivemos entre uma espécie de ying-yang e para atravessar este caminho, creio eu, temos que seguir pelo meio, pelo equilibro. A natureza torna-se muito bonita quando está equilibrada... Talvez, nós humanos devêssemos seguir o exemplo.

Obrigado e se puder me enviar o livro, agradeço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ao meu ver para fazer esse balance entre viver de alimento e prana ao mesmo tempo você precisa obrigatoriamente passar pelo processo dos 21 dias. Os 7 primeiros para os mentores fazerem a mudança no seu corpo, depois durante os 14 seguintes só agua e depois algum alimento (cujo qual nem seria necessário dependendo da estabilidade de seu peso).

Se você só diminuir a quantidade de alimento estaria simplesmente fazendo um jejum incompleto, ingerindo menos calorias que necessita pra viver. Vai perdendo gordura e depois músculo, até que uma hora o corpo consome parte do músculo do coração e você morre. Por isso recomendo ler bem o livro antes pra depois decidir o que fazer. Não diminua a quantidade de comida simplesmente, isso não é viver de luz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ok, entendi, muito origado

Só uma curiosidade... Vc quer tentar viver de prana? Mas... pq? Até o Sidarta Gautama disse que o ideal é o "caminho do meio", sem excessos demais em nada. Vc já assistiu ao filme "O Pequeno Buda"? Recomendo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ok, entendi, muito origado

Só uma curiosidade... Vc quer tentar viver de prana? Mas... pq? Até o Sidarta Gautama disse que o ideal é o "caminho do meio", sem excessos demais em nada. Vc já assistiu ao filme "O Pequeno Buda"? Recomendo.

Oi Drica, eu já vi o seguinte video:

http://www.youtube.com/watch?v=silggNYmvm0

Então, o objetivo da minha dúvida era arrumar um meio de viver com 50% em alimentação orgânica e 50% de energia cósmica. Digo, caminho do meio literalmente hehe.

Mas como a Toquinha me advertiu, para isto eu teria que fazer a dieta de 21 dias, o que na minha opinião já é algo radical (fora do caminho do meio), então já mudei de ideia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ok, entendi, muito origado

Só uma curiosidade... Vc quer tentar viver de prana? Mas... pq? Até o Sidarta Gautama disse que o ideal é o "caminho do meio", sem excessos demais em nada. Vc já assistiu ao filme "O Pequeno Buda"? Recomendo.

Oi Drica, eu já vi o seguinte video:

Então, o objetivo da minha dúvida era arrumar um meio de viver com 50% em alimentação orgânica e 50% de energia cósmica. Digo, caminho do meio literalmente hehe.

Mas como a Toquinha me advertiu, para isto eu teria que fazer a dieta de 21 dias, o que na minha opinião já é algo radical (fora do caminho do meio), então já mudei de ideia.

Olá Henzel! Sim, foi esta passagem da qual eu me lembrei! ;) Mas recomendo que vc assista ao filme inteiro, para que capte a mensagem por completo...

Eu sei que não seria capaz (e nem quero) de viver de "prana", mas estou tentando modificar minha alimentação no intuito de deixá-la mais saudável. Já cortei carne vermelha e estou tentando dar prioridade a peixe e frutos do mar. Acho que já é um bom começo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que entendi a visão da Toquinha, se a pessoa tentar se manter em uma dieta dupla pouca caloria + absorver prana...... além de correr o risco de não acionar o processo de absorver prana, internamente você acaba não sabendo se esta absorvendo prana ou não.... gerando uma descrença interna.

E como a Jasmudem (não sei escrever) e a galera que vive de luz fala.... mais importante do que viver de luz é a mudança interna decorrente da certeza de ter vencido a matéria, do poder da mente/espirito sobre o corpo....

não é opinião minha, só estou repassando o que li

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ok, entendi, muito origado

Só uma curiosidade... Vc quer tentar viver de prana? Mas... pq? Até o Sidarta Gautama disse que o ideal é o "caminho do meio", sem excessos demais em nada. Vc já assistiu ao filme "O Pequeno Buda"? Recomendo.

O pessoal adora citar o"caminho do meio" para evitar fazer mudancas concretas.

O que Budha se refere e a nao tentar conseguir uma meta atraves de sacrificios extremos (isso vale para trabalho, esportes, amor) , porque ele passou 6 anos comendo apenas um grao de arroz por dia e nao chegou a lugar algum.

Convenhamos, se essa estoria e verdade, e obvio que ele estava vivendo de luz ha seis anos! Dizer que ele "nao conseguiu", no aspecto "seobreviver assim" parece estranho.

Mas tenha em mente que ao fazer isso ele estava DENTRO DA MENTALIDADE ORIENTAL, QUE E: SACRIFICAR A PARTE INFERIOR PELA SUPERIOR, TORTURAR A CARNE PARA DESTACAR O ESPIRITO, QUE A' A VISAO DOMINANTE DOS FAQUIRES.

Ate o Gandhi e citado como tedno feito jejum de 40 dias e quase morrido, mas o objetivo do Gandhi era: ficar sem comer ate morrer se preciso for, para fazer os outros muderam de ideia. A mentalidade noa comer=morte e' o que moldava a experiencia dele, e portanto, era esse oresultado que ele obteria.

E dito que jesus jejuou 40 dias no deserto, e nao ha uma unica referencia a alguma fraqueza fisica.

O viver de luz nao tem nada a ver com sacrificios, com auto-tortura nem com "resistir a carne", porque a atitude com que voce busca o viver de luz e' OPOSTA A ISSO.

Assim como o cara que postou aquele topico sobre suicidio e desejo de morrer, eu nunca vi nada na encarnacao de muito atraente, desde crianca. Alias, nao conheco nenhuma pessoa com o minimo de interesse na espiritualidade que ache a vida fisica legal, a gente so vai levando e se divertindo nas horas vagas, enquanto procura fazer algo util. No entanto, durante o viver de luz eu nunca me senti tao vivo! As vezes eu sentava numa praca, observando o sol brilhar no ceu, as arvores floridas, e realemtne agradecia por estar tendo a oportunidade de compartilhar esse milagre da encarnacao material junto a nateruza, em toda a sua exuberancia. Voce acha tudo maravilhoso e muiot vivo, plantas, insetos, tudo parece um milagre divino e voce realemtne passa a adorar estar vivo, mesmo estando apenas sentado sem fazer nada.

ISSO NADA TEM A VER COM QUALQUER TIPO DE MENTALIDADE AUTO-SACRIFICANTE.

Budha jamais tentou o Viver de Luz, ele tentou atingir a iluminicao seguindo otradicional caminho daquela epoca, que era sacrificar o de corpo fisico. Concluiu que isso nao leva ao despertar espiritual, porque e obviamente um exagero, e por isso recomneda o caminho do meio: nao fazer esses sacrificios, pois eles nada somam ao espirito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Buda escolheu não viver de luz.

>

“Agora quando os devas me viram, alguns disseram, 'Gotama o contemplativo está morto.' Outros devas disseram, 'Ele não está morto, ele está morrendo.' E outros disseram, 'Ele não está morto, nem morrendo; ele é um arahant, pois é assim como praticam os arahants.'

"Eu pensei: 'E se eu praticasse cortando completamente a alimentação.' Então os devas vieram até mim e disseram, 'Estimado senhor, por favor não utilize a prática do corte completo da alimentação. Se você assim o fizer, nós infundiremos alimento divino através dos seus poros e você sobreviverá com isso.' Eu pensei, 'Se eu afirmar estar em jejum completo enquanto esses devas estiverem infundindo alimento divino através dos meus poros, eu estarei mentindo.' Assim eu os dispensei, dizendo, 'Não é necessário.'

http://www.acessoaoinsight.net/caminho_ ... e/buda.php

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hummmmm, eu desconhecia essa passagem. mas interessante que isso confirma o proprio processo do viver de luz mesmo, pois a jasmuheen comenta que para isso ser possivel, os mentores tem que mexer nos corpos sutis da gente, para que possamso absorver o prana. E por isso que e tecnicamente incorreto falar que quem Vive de Luz nao se alimenta. Como eu ja disse em outros pontos do GVA, voce tem mais eenrgia exatamente porque se alimenta 24h por dia, esta sempre absorvendo, e essa absorcao e localizada, ou seja, numa academia de musculacao, se voce estiver trabalhando os musculoas das pernas, esses musuclos estarao absorvendo prana diretamente. Quando voce muda para outros musculos, esses outros passam absorver. Pelo menso foi isso que o clarividente que ia comigo na academia observou acontecer enquanto a gente treinava.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ok, entendi, muito origado

Só uma curiosidade... Vc quer tentar viver de prana? Mas... pq? Até o Sidarta Gautama disse que o ideal é o "caminho do meio", sem excessos demais em nada. Vc já assistiu ao filme "O Pequeno Buda"? Recomendo.

O pessoal adora citar o"caminho do meio" para evitar fazer mudancas concretas.

O que Budha se refere e a nao tentar conseguir uma meta atraves de sacrificios extremos (isso vale para trabalho, esportes, amor) , porque ele passou 6 anos comendo apenas um grao de arroz por dia e nao chegou a lugar algum.

Convenhamos, se essa estoria e verdade, e obvio que ele estava vivendo de luz ha seis anos! Dizer que ele "nao conseguiu", no aspecto "seobreviver assim" parece estranho.

Mas tenha em mente que ao fazer isso ele estava DENTRO DA MENTALIDADE ORIENTAL, QUE E: SACRIFICAR A PARTE INFERIOR PELA SUPERIOR, TORTURAR A CARNE PARA DESTACAR O ESPIRITO, QUE A' A VISAO DOMINANTE DOS FAQUIRES.

Ate o Gandhi e citado como tedno feito jejum de 40 dias e quase morrido, mas o objetivo do Gandhi era: ficar sem comer ate morrer se preciso for, para fazer os outros muderam de ideia. A mentalidade noa comer=morte e' o que moldava a experiencia dele, e portanto, era esse oresultado que ele obteria.

E dito que jesus jejuou 40 dias no deserto, e nao ha uma unica referencia a alguma fraqueza fisica.

O viver de luz nao tem nada a ver com sacrificios, com auto-tortura nem com "resistir a carne", porque a atitude com que voce busca o viver de luz e' OPOSTA A ISSO.

Assim como o cara que postou aquele topico sobre suicidio e desejo de morrer, eu nunca vi nada na encarnacao de muito atraente, desde crianca. Alias, nao conheco nenhuma pessoa com o minimo de interesse na espiritualidade que ache a vida fisica legal, a gente so vai levando e se divertindo nas horas vagas, enquanto procura fazer algo util. No entanto, durante o viver de luz eu nunca me senti tao vivo! As vezes eu sentava numa praca, observando o sol brilhar no ceu, as arvores floridas, e realemtne agradecia por estar tendo a oportunidade de compartilhar esse milagre da encarnacao material junto a nateruza, em toda a sua exuberancia. Voce acha tudo maravilhoso e muiot vivo, plantas, insetos, tudo parece um milagre divino e voce realemtne passa a adorar estar vivo, mesmo estando apenas sentado sem fazer nada.

ISSO NADA TEM A VER COM QUALQUER TIPO DE MENTALIDADE AUTO-SACRIFICANTE.

Budha jamais tentou o Viver de Luz, ele tentou atingir a iluminicao seguindo otradicional caminho daquela epoca, que era sacrificar o de corpo fisico. Concluiu que isso nao leva ao despertar espiritual, porque e obviamente um exagero, e por isso recomneda o caminho do meio: nao fazer esses sacrificios, pois eles nada somam ao espirito.

Sandro, o que eu entendi dessa passagem é que é preciso equilíbrio em tudo na vida, e não para evitar fazer mudanças concretas. Pelo menos para mim "viver de luz" seria um sacrifício, porque eu adoro comer :lol::lol: e olha que não como muito. rs. Se nós nascemos com um sistema digestivo e td o mais, para processar os alimentos, naturalmente presumo que precisamos/fomos feitos para comer. Por isso que eu acho que é uma situação extrema (portanto desequilibrada) parar de se alimentar e beber água, pelo menos para a maioria das pessoas. Não digo todas porque você mesmo já teve uma experiência bem sucedida; mas creio que não é todo mundo que consegue, mesmo com alguma boa vontade. Eu por exemplo não sou disciplinada a esse ponto...

Entretanto, achei muito interessante o seu ponto de vista. Como sempre, acrescentou muito à minha compreensão. E não estou tentando, com esse comentário, atingir o seu ego; apenas acho válido o reconhecimento sincero de uma virtude, que lendo vários de seus comentários aqui, mesmo antes de participar do fórum, aprendi a admirar em vc.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sei Drica, e' s'o que essa saida e' de caminho do meio' e' usada por tanta gente, em tantas situacoes em que QUAQUER MUDANCA E' SUGERIDA, que chega mais a parecer um 'espasmo mental' A outra 'e "todo radicalimso e' mau". Mas geralmente essas frases surgem como resultado de uma compreensao equivocada da proposta da mudanca. Nao ha mudanca sem ABANDONAR O PONTO A E IR PARA O B. Quando a pessoa nao gosta de ideia, sempre enxergara radicalimso ou extremismo nesse abandono, mas quando e socialmnete comum e acitavel, ai a regra de extremismo nao vale: quem abandona uma dependecia de drogas nao e visto como um radical, quem e alcoolatra so consegue sucesso em se livrar do vicio se se recusar a voltar a beber qualquer gota de alccol que seja.

Toda mudanca real e, por definicao, radical, se olharmos a coisa dessa maneira.

Quanto a conseguir ou nao, realmente:

1) nao e para todos, nem sequer sabemos porque alguns conseguem

2) nao ha sentido em tentar se isso nao te parecer prazeroso, Nao e uma luta, nem sequer um desafio, e' um "abracar uma nova proposta com prazer". So esses tem ALGUMA CHANCE.

Eu mesmo fui repetir o processo em 2009 e nao estava sentindo isso, entao perdi o interesse e desisti apos 3 dias. Nao e uma queda de braco com seu corpo, e' natural e prazeroso, ou sera' impossivel.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gente eu tenho o livro Viver de luz em versão PDF "E Book"

se alguém quiser me manda um Email: klaysercarvalho@hotmail.com

E já li no site da Jasmuschem que ela recomenda a alguns que não conseguem aproveitamento 100% do prana a complementar com alimentação natural. Ainda não tive coragem de fazer o procedimento dos 21 dias, mas espero um dia faze-lo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Penso em iniciar o processo do Viver de Luz, descrito no livro da Jasmuheen, em breve e ver como o meu corpo se comporta ao final dos 7 dias e se devo continuar.

Alguém que já tenha passado pela experiência poderia relatar se houve alguma alteração em relação ao raciocínio? Se talvez ficou mais lento, mais rápido, mais alta ou mais baixa a concentração ou se simplesmente não alterou..

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A primeira semana é complicado para muitos, porque o sistema só é ativado apos essa primeira semana né? 

Falei sobre minha experiencia a partir deste post:

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que legal, Sandro! Já tinha lido seu relato mas li novamente..

Amanhã vou para o meu quarto dia, mas senti forte dentro de mim que devo ir somente até o quinto dia até determinado horário da tarde. Senti isso muito forte e vou seguir a intuição, mas se por acaso o processo não tiver sido concluído, tem como saber ou devemos seguir a voz interior mesmo?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, quando bebi água eu senti MUITO NITIDO que tinha acabado já essa etapa. Mas como me considero casca grossa, não dei ouvidos, tomei bastante água para reidratar, e ia seguir até completar o processo, passando para 8 dias, para compensar. Acho que contei isso no releato. Mas os mentores confirmaram para meu amigo médium que aquela etapa estava pronta sim.

Infelizmente você tem que decidir sozinha, é sempre arriscado confiar em alguem nesse assunto, por mais que todo mundo recomende ter um cuidador etc.

Eu sou cabeça dura, faço o que quero e pronto, até o líder do daquele me ugrpo que é clarividnt,e sai em astral tranquilo tentou me convencer a não fazer dizendo que a jasmuheen só consegiu porque viva na asutralai que é outra vibração, enquanto que nós vivimaos numa das cidades mais poluídas, bláblábla´e que tinha o obessores (como nosso grupo trabalhava num sistema parecido com aquelas coisas narradas nos livros do Robson Pinheiro, dali para bem pior, obviamente angariávamos inimizades no umbral, ehhheheh) que poderiam aproveitar para atcar e mimimi....eu não dei nem bola fiz e pronto. Mas se eu fosse de dar ouvidos a outros, ainda mais a um sujeito que poderia ser considerado mestre por pessoas impressonáveis, eu não teria feito. Mas vivo sozinho, não saí de cada, tirei o telefone do gancho, fiquei eu comigo mesmo.

Se você vive com família já complica D-E-M-A-I-S!

Dar a outro ao poder de te dizer o que fazer ou não em assuntos espirituais é sempre arriscado, porque o outro pode estar sendo usado por seus adversários espirituais. Em assuntos espirituais você tem 100% da responsabilidade nas decisões, então é melhor pensar se está disposta a assuir esse risco, porque pessoas preocupadas com a sua segurança serão movidas pelo medo RACIONAL sobre  que você está fazendo, e pessoas te estimulando estarão movidas por uma crneça IRRACIONAL sobre algo que elas não tem como julgar, como ouvir sinais, porque esse é um processo PESSOAL, INTERNO, TODO REGULADO PELO LINK DE COMUNICAÇAO ENTRE VOCE E SEU "EU SUPERIOR", E A ISSO NEM MÉDIUNS NEM MENTORES  TEM ACESSO.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.