• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

não conheço animais astrais mas acho que exista sim ^^

Sabe que eu nunca foi "atacado" por um obsessor generico. Ja entrei em lugares suspeitos e enventulamente encontrei algume que nao gostou que eu entrasse e tentou me tirar de la, mas nunca passei por isso de ser atacado por velhas, bruxas, transeuntes irados etc...Mas tem um Poodle Toy aqui perto que nao pode me ver que sempre gruda na minha perna (isso em astral ne. Nao sei se ele existe no fisico). Tem um lado da casa pelo qual eu saio, que tem que descer ate onde moram outras pessoas. Se eu desco por ali vem o maldito poodle e agarra da minha perna. Eu nao quero chuta-lo, mesmo em astral, e tenho que sair arrastando o caozinho por uns 10m. Da ultima vez resolvi sugar a energia dele pela minha perna mesmo, e entao ele me soltou...Fiquei pesnando se seria um caozinho mesmo, ou algum outro ser disfarcado de um animal inofensivo para nao tomar um "corretivo"....

De outra vez logo ao sair para a rua encontrei dois Pinchers morrom/preto, tipo mini-dobermans, bem brabinhos, daqueles que nao param de latir a ainda de dao ao trabalho de mostrar os dentes...enquanto tremem o corpinho fragil, ehehheheeh.

Aguentei e não brinquei ontem a noite. Em compensação tive um pesadelo horrível com minha irmã hehehe. Engraçado que se eu tivesse feito, teria "bons sonhos". Sandro, tem alguma ligação? Alguém ficou com raiva?

Vai ter que observarm ias ocorrencias, para julgar.

Mas olha o simbolismo; irma braba com voce? Irma e algume com quem a gente compartilha muito....assim com algume com quem voce estivesse compartilhando energias sexuais, seja pelo ato, seja por aquele el oque voce estabeleceu.

Voce tem duas fontes possiveis de interferencia externa na sua qeustoa energetica ataulamente: uma possivel relacao de troca com algum tipo de "parasita" (larva, incubus, desencarnado qualquer) e voce tem os elos que estabeleceu com aquela outra pessoa. Se dava para sentir no que a outra pensava, e obvio que agora sao duas cabecas, duas intencoes, interferindo nessa questoa, nao e so voce e sua energia sexual. Tem muita coisa misturada, tem que ir tentado fazer o que VOCE QUER, e ir observando como essas outras relacoes vao se comportar. Parecido com oque o Waldo Vieria fala sobre a TENEPES e o que pode acontecer se a pessoa para....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu achei que tivesse ligação pois eu decidi parar de brincar comigo mesma ontem. E o sonho era algo do tipo que minha irmã (9 anos) estava sendo refém de um cara parecido com meu tio, mas ele era muito malvado e tinha uns filhos preso com ele, como escravos (outras vítimas como eu talvez?), e eu decidi me libertar e fugir, até os filhos dele me ajudaram só que eu não lembrava que ele tinha controle da minha irmã e de algum modo eu sabia que se, eu fugisse (da masturbação eu acho) ele faria algo de ruim. Tanto que no final do sonho quando eu finalmente estava liberta daquele horror, ele saiu e disse "tudo bem, você quis sair, agora vou pegar sua irmã" e eu acordei.

Acho que alguém tá tentando fazer isso, me assustar, até porque pela segunda vez em 2 semanas eu sinto como se tivesse alguém ali comigo no meu quarto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pode ser...mas num caso assim tudo se resume a uma guerra de vontades. Se tem algo ligado a voce vao tentar produzir sonhos com sensacoes negativas,:medo, ansiedae, humilhacao publica, terror, porque tudo isso TAMBEM vai te fazer produzir energia que ele pode usar para se alimentar.

Ai eu lembro do pessoal que tem medo de se projetar: se voce esta projetado, consciente, e dificil sentir medo, voce desconfia da situacao. Ja num sonho, a gente cai direitinho nesses truques.

Quem tem medo de se projetar ja deve viver sendo amedrontado por esses caras, que so podem nos assustar se estamos insconcientes durante o sono, e fazem eles acreditarem que o perigo esta em se proejtar, quando na verdade o perigo esa em sonhar sem consciencia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aproveitando a deixa do choque simpático que a toquinha disse que ia dar...rsrsr

Eu estava refletindo sobre uma possibilidade, será que em vez de exteriorização para afastar...será que é possível fazer o indivíduo despertar, alguma lembrança positiva, mas especificamente?....partindo do princípio que para afastar, emitimos energias positivas e de autoproteção para nós, como consequência pode vir a despertar neles, lembranças positivas, já que mexe com eles essas energias. Meio que sua percepção deles ficam presa a baixas vibrações. Se por exemplo, emitir uma energia para ele lembrar uma energia acolhedora ou de boas lembranças que já havia sentido anteriormente, será que surge efeito, para quem as nega?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguns seres estão tanto tempo no ódio após o desencarne que não lembram nem quem foram, qual era sua família etc. Tentar mandar alguma memória boa acredito que não vai adiantar em nada :lol: E as vezes mandar boas vibrações nem sempre ajudam, temos que partir logo pro EV ou voltar pro corpo, ainda mais se estiverem em grupo.,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, acho que e no Senhores da escurdiao, ou no A marca da besta, que o Robson Pinheiro comenta que os mentores (de mais alto nivel do que aqueles com os uais ele trabalha usualmente) fizeram isso com oRasputin e outros, e resolveu a guerra que estava comecando.Nao sei se isso esta ao alcanc a gente, mas e algo a se pensar.

Particularmente eu nao emito energia boas quando sou atacado, nem pes no nisso, penso apenas em inutilizar o atacante, e ainda estou tentando regular a emissao para pelo menso poder falaz com eles e saber proqeu eles querem atacar, se eles foram mandados ali, se me conhecem e tal...mas geralemtne eles estao coupados demais passando mal, para poderem me responder. Ja reduzi.....reduzi.....reduzi....e ainda nao achei um nivel em que os caras fiquem paralizados mas nao totalemente fora de combate. Nao tenho intencai de machucar, mas uma vez que voce se sinta atacado, a reacao e automatica e e'dificil ser gentil. Eu pelo ,menos...mas estou progredindo, ehehehhe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei bem interessante já ter algo assim do tipo em livro, embora eu tenha colocado em palavras simples, é uma questão de compreender de forma bem profunda o outro ser, fora a questão de ter controle de suas energias para tao processo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Achei bem interessante já ter algo assim do tipo em livro, embora eu tenha colocado em palavras simples, é uma questão de compreender de forma bem profunda o outro ser, fora a questão de ter controle de suas energias para tao processo.

Mais abaixo esta o trecho do livro onde eu li isso, mas antes vou contra um “causo” aqui, para entenderem porque eu, particularmente, acredito que as obras do Robson Pinheiro narram eventos reais.

Como já comentei aqui algumas vezes, aja trabalhei num grupo de desobsessao, e a gente lidava com coisa muito similares a que lemos nos livros do Robson. Depois sai do grupo, em 2001, mas nunca me neguei ao trabalho, sempre gostei do que fazíamos , apenas não tenho muita paciência para convivência em grupos. Entao vira e mexe tinha e tenho lembranças de sonhos que envolvem tarefas como aquelas similares as que a gente fazia.

Num certo ano, que nao lembro agora qual foi, fiquei meio que obcecado com Nazistas+ magos negros+ lideres carismáticos. Comecei a comprar livros, biografias, estudos de psicologia, importar documentários (meu inglês não presta para inglês falado, so para ler, mas tive que me virar mesmo assim) sobre lideres religiosos que manipulavam os grupos, como o Jim Jones.

Essa fissura durou uns 6 meses...

Entao um dia acordo com lembranças de um “sonho”:

Eu andava num prédio, sabendo que estava invisível para quem transitava por ali, por estar em outra freqüência (?). Eu passeava em meio a eles, podia parar do lado, ouvir suas conversas, e não tiha como eles me perceberem, não precisava me disfarçar, porque não tinha como eles me verem. Porem, ao passar perto de um elevador, senti que quem vinha nele tinha “poder suficiente” (?)para me ver (?), e rapidamente, antes que o elevador parasse naquela andar e a porta abrisse, eu saltei por sobre a escada e sai do raio de visão da pessoa que sairia do elevador, exatamente como a gente faria no físico, para não ser visto. Eu sabia que eu não esta na mesma freqüência que ele, mas também sabia que ele tinha um raio de detecção bem maior...e sabia que “ele” não poderia me ver, porque se sentiria como se estivesse sendo tratado como criança, que precisa ser fiscalizado para ver se não esta “fazendo malcriação”. Eu sabia que ele se sentiria ultrajado, desrrespeitado, caso percebesse que estava sendo vigiado, e por isso me escondi, para que sua recuperação naquele lugar não fosse prejudicada pelo seu orgulho-próprio ao se ofender descobrindo que era mantido sob vigilancia.

Eu não tinha consciencia exata de quem ele era, mas pude sentir esse perfil psicológico e o cuidado necessário, bem como um perigo real na situação .

A porta do elevador abriu....e dele saiu um sujeito cujo rosto eu não vi, mas eu sabia que era o Rasputin. E ele saiu conduzindo uma senhora idosa numa cadeira de rodas, na verdade tratando-a como se ele fosse um enfermeiro menor num grande hospital. Ele saiu pelo corredor conduzindo a velha senhora, muito satisfeito na sua tarefa de simples serviçal, mas pelo aleta que senti ao passar pelo elevador antes que a porta abrisse, eu percebi que aquele sujeito estava em processo de recuperação psicológica prestando serviço assistencial. Era como se fosse um presidiário pagando pena prestando serviço num hospital. Foi essa a impressão que tive, e eu sabia que se ele descobrisse que era vigiado, poderia pirar e por sua própria recuperação em risco, devido ao seu orgulho.

Acordei achando isso uma maluquice completa, ate porque eu apenas sabia que Rasputin existiu na historia da Rússia, não sabia mais nada dele. Não entendi porque diabos minha mente buscou um personagem da historia para criar um sonho maluco desses, e alem disso, o Rasputin foi uma tremendo vilão. Entao ate comprei depois disso um filme russo sobre ele, e um documentário americano, para ver se eu entendia um pouco porque minha mente se virou para ele naquele sonho.

Bom, entendi que ele tinha todo o perfil de líder carismático, exatamente como os personagens que eu andava tentando entender nos ultimos meses, bem como tinha um perfil de psicopata a mago negro. Tinha tudo a ver com o que eu estava focando minha mente. Mas mesmo assim, porque ele e não Charles Manson, Hitler, ou outro maluco desses? Porque meu subcosnciente foi sacar um persongem obscuro que viveu antes da revolução russa, para criar um “sonho” desses?

Uns 6 a 8 meses após esse sonho, saiu o livro do Robson Pinheiro, SENHORES DA ESCURIDÃO, que narra eventos do astral noas quais o Raspustin surge como personagem central....

E olha como termina (aqui a gente volta ao tópico, falando sobre projetar energias que despertam memórias positivas) o conflito. Rasputin é chamado Grigori, porque esse era seu primeiro nome.

...............................

Chegavam de todos os lugares as estranhas e desfiguradas entidades. A aura dos representantes

do abismo parecia uma entidade que vivia e lançava seus tentáculos pelos caminhos por onde passava.

Agigantava - se o número dos enviados do poder das regiões inferiores da Terra. À frente dahorda de especialistas, misturados com espíritos de hierarquia inferior, Grigori e Apophis vinham sobre as vespas, estranhas máquinas desenvolvidas pela técnica do umbral, nos laboratórios do abismo. Como garras e reverberando entre as cores negra e vermelho car-

mim, sua aura se assemelhava à descarga de energia numa atmosfera primitiva. Com braços ou tentáculos que se esvaíam, parecia alcançar outros seres que comungavam do mesmo sistema de vida e valores. Avistaram o campo de força envolvendo a construção espiritual. Cintilavam à luz do luar as energias eletromagnéticas mantidas pelas vibrações dos trabalhadores dos dois lados da vida e pelas baterias de eletricidade instaladas pelos guardiões. Canalizadas e armazenadas pelos Imortais, energias oriundas do vento solar pareciam descer sobre o topo da forma piramidal da construção extrafísica. Grigori e Apophis nunca viram nada semelhante em suas investidas ao longo dos séculos.

- Será que os tais servidores do Cordeiro estão tão protegidos assim, como sugere a aparência deste lugar? - perguntavam-se entre si os dois seres que personificavam a política dos ditadores do abismo.

A falange composta por pais-velhos, guardiões e outros espíritos desconhecidos pelos dois comandantes das trevas estava de prontidão dentro dos limites do campo de proteção. Mais além, os médiuns desdobrados dedicavam-se a permanente oração.

Grigori deu o sinal, pois não queria que a conexão com os Imortais fosse intensificada. Não previra uma coisa muito simples: que os guardiões estariam com os trabalhadores e médiuns, ao seu lado no plano extrafísico. Teria de atacar agora. Mas já tinha certeza da vitória.

Quando a ordem foi dada, imaginando um confronto aberto entre os guardiões e suas fileiras de soldados da escuridão, espectros e sombras, Grigori também não esperava o que ocorreu a partir de então.

Zura subiu, levitando em meio aos fluidos sutis, dentro do campo de proteção que envolvia a casa espírita, deixando um rastro luminoso atrás de si. Ergueu os braços ao alto, abriu as mãos e, quando as baixou lentamente, o campo de defesa foi desativado, deixando a casa espírita aparentemente desprotegida. Grigori vacilou por alguns segundos, estupefato diante da atitude inusitada dos guardiões. Então era assim que defendiam o patrimônio dos Imortais? Ou estavam capitulando diante da marcha das forças do abismo? Após esse breve hiato em seus pensamentos, as legiões de seres luciferinos adentraram os limites vibracionais da casa espírita.

Imediatamente, Zura pairou sobre a construção espiritual e ergueu novamente os braços. Campos poderosíssimos foram erguidos em torno das hostes inimigas, e todos, inclusive Grigori, Apophis e Haber com seus especialistas, ficaram cativos.

Antes que esboçassem qualquer atitude defensiva ou ofensiva, iluminou-se por inteiro o ambiente espiritual, enquanto desciam do alto grupos de entidades iluminadas, envolvidas por uma música de procedência divina, como poucos espíritos, inclusive das hostes dos guardiões, já haviam presenciado. Orquestra invisível foi ouvida de repente, formando o pano de fundo para a coreografia sideral. A falange de seres da escuridão quedou-se diante da demonstração da arte superior.

Acuados pela beleza da imensidade, Grigori e Apophis não conseguiam tirar os olhos dos seres sublimes que bailavam sobre a construção espiritual. Esperavam que os guardiões utilizassem armas de eletricidade e campos de contenção de altíssima potência, mas eram outros os recursos que os inventivos guardiões empregavam. Ao mesmo tempo, na película energética interna que envolvia a construção astral, apareceram imagens. Era uma

das maravilhas da técnica sideral. O próprio campo de força era também uma espécie de tela etérica de grandes proporções. As imagens refletiam os sentimentos mais íntimos e de superior qualidade energética e espiritual dos espíritos perseguidores, dos senhores da guerra. Tais projeções eram na verdade reflexos do passado espiritual dos principais representantes da ciência do abismo.

Cada um deles, Grigori, Apophis, Haber e outros do alto escalão da política do submundo, seus aliados, viam refletidos na projeção os momentos de felicidade,

os sentimentos de amor ou os personagens que um dia participaram de suas vidas, mesmo em passado remoto. A maravilha da técnica tinha como objetivo fazer com que as tais entidades tivessem ao menos um lampejo dos sentimentos mais nobres que um dia experimentaram. E o efeito foi algo sobremodo inesperado.

Grigori e Apophis quedaram - se diante da manifestação da soberania dos guardiões e da sabedoria da política superior do Cordeiro. Sua memória espiritual foi estampada em todas as cores na tela do campo de forças estruturado em energias superiores. Enquanto isso, o coro de almas sublimes desfilava acompanhando o teatro das emoções, encenando uma coreografia de beleza inimaginável. De todas as maneiras, sob todos os ângulos, as entidades malévolas se sentiram abatidas. Os magos negros e muitos cientistas cobriram a retina espiritual de seus corpos semimateriais com seus mantos tecidos em matéria astral de intensa negritude, recusando-se de todas as formas a assistir ao quadro. No entanto, por mais que resistissem, não podiam ignorar as vibrações dulcíssimas da melodia sideral, que invadia as almas de todos ali, inclusive as suas. Urros e esgares, sons incompreensíveis de uma língua morta foram ouvidos e vistos revolucionando em torno dos seres procedentes das esferas de escuridão.

Quando os poderosos chefes da falange sinistra ameaçavam sair daquele estado alterado de consciência, quando ainda tateavam com o pensamento em meio à onda de emoções superiores despertadas pela coreografia divina, dois focos de luz foram avistados descendo do alto, num malabarismo inebriante, maravilhoso e de difícil descrição. Movimentavam-se em torno um do outro, como um par de cometas profusamente iluminados. Eram espíritos superiores em corpo mental, que desciam das regiões mais sublimes da atmosfera terrestre. Vieram adensando-se vibratoriamente, as duas almas redimidas, em compasso com os acordes da orquestra sideral e invisível. Envolveram Apophis e Grigori, retornando, com o fulgor de suas irradiações sublimes, às regiões impenetráveis da espiritualidade. Os dois, outrora poderosos representantes do abismo e de sua política, foram conduzidos pelos emissários do Alto, desfalecidos nos braços dos mensageiros divinos, a fim de prestar contas diante da suprema justiça, numa instância superior. Apophis e Grigori não suportaram tal exposição às emissões mentais das consciências superiores e a aparente fortaleza psíquica de que se

vangloriavam ruiu perante energias de tamanha superioridade moral. Dois dos mais lúcidos representantes do Espírito Verdade foram os mensageiros enviados para interferir nas pretensões dos povos do abismo.

A multidão de criaturas ficou estarrecida diante do ocorrido. Seus chefes mais poderosos foram arrebatados às regiões superiores.

...........................................................

Depois de ler isso o meu sonho pareceu fazer sentido: se o que o Robson escreveu foi real, não seria tão estranho supor que o Rasputin estivesse de fato em recuperação, e ao mesmo tempo, meu sonho tendo acontecido muitos meses antes do lançamento do livro, de certa forma confirma o livro, porque acho que nenhum subconsciente por mais maluco que fosse arrancaria um nome de vilão dos livros de historia, colocando-o numa situação de recuperação, por mera coincidência ne? Ou vocês já sonharam com o Drácula fazendo caridade? Ou Calígula ajudando velhinhas a atravessar a rua? E’ de se pensar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia turma.

Me abstenho de escrever muito, ainda mais pela preguiça, sem contar as explanações completas dos colegas. Resumindo, quando adolescente, ficava direto com tal fixação e etc... hoje, considero que está equilibrado, mesmo que hoje me encontre casado(fim da vida sexual kkkkkk). 1 vez ao dia seria normal? Não sei, mas não é algo que me preocupe muito mesmo. Abç.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E ai, blz.

Não costumo comentar nos tópicos, mas fuçando na internet um tempo atras vi um vídeo que pode te dar um ajuda em relação a masturbação.

Fala sobre o tantra, energia sexual, etc. Os videos desse cara são bem legais, aconselho ver todos se ainda não viu.

Fica o link.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bom dia turma.

Me abstenho de escrever muito, ainda mais pela preguiça, sem contar as explanações completas dos colegas. Resumindo, quando adolescente, ficava direto com tal fixação e etc... hoje, considero que está equilibrado, mesmo que hoje me encontre casado(fim da vida sexual kkkkkk). 1 vez ao dia seria normal? Não sei, mas não é algo que me preocupe muito mesmo. Abç.

1x ao dia? Tem casais que fazem 1x a cada 6 meses :lol: Mas claro, eles não ficam sem prazer. O homem se masturba (não sei a frequência) e a mulher também.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E ai, blz.

Não costumo comentar nos tópicos, mas fuçando na internet um tempo atras vi um vídeo que pode te dar um ajuda em relação a masturbação.

Fala sobre o tantra, energia sexual, etc. Os videos desse cara são bem legais, aconselho ver todos se ainda não viu.

Fica o link.

Obrigada! Vou olhar quando tiver mais tempo :hug

Share this post


Link to post
Share on other sites

toquinha, quase 1 vez por dia "singleplayer". "multiplayer" realmente tá nessa média padrão de casados que comentou. pois é. kkkkkk que cosa triste. é bom que obriga a ir fazer outras coisas, estudar e etc...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Puxa desculpa você não se referiu ao "modo" :lol:

Mas depende da necessidade. Tenho amigas que se masturbam 1x a cada 2 dias, 1x por semana ou até menos, mas tem as que brincam várias vezes ao dia. Varia muito do desejo. Quero descobrir porque tenho isso =/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Provavelmente apenas tedio toquinha. Nao sei qual e o eu caso, mas se a pessoa ainda nao trabalha, a cabeca fica meio que zanzeando, mesmo que seja estudante, porque acaba zanzeando para descansar dso estudos, e cabeca desocupada e oficina de....qualquer generico, ehehehe.

Ja quem passa o dia trabalhando, nas poucas horas de folga que sobram, vai ter que focar nas prioridades, entao nao pode ficar com a cabeca pensando bobagem, ou nao faz nada.

Entre as pessoas que eu conheci, considerando apenas as casadas, apenas as de baixo nivel cultural e cuja ocupacao era apenas trabalhar e' que faziam sexo diariamente.

O casal esta ali, apos o trabalho, nao tem mais nada pra fazer exceto ver TV....e a TV e' movida a sexo....

As outras, com nivel cultural mais elevado ( o que geralmente indica que mantem a cabeca ocupada, em boa parte do tempo livre, com cursos ou leituras, para fazer algo mais produtivo na sua vida ),tendem a fazer sexo 1 ou 2 vezes por semana apenas. Isso falando de pessoas com parceiro sexual ali, disponivel ao lado, mas em geral do mesmo nivel e tambe'm ocupado.

Masturbacao tem mais a ver com oportunidade + muito tempo isolado durante o dia + nada de mais interessante para fazer + estimulos internos e externos.

Mesmo uma pessoa que nao se preocupe nem um pouco com isso, se for atarefada, vai acabar perdendo esse habito, porque se a mente esta sempre cheia de afazeres nao da para pensar em funcoes fisiologicas, e sem pensar....nao surge estimulo.

Se voce nao trabalha, esta se preocupando a toa. E' como uma gordinha que passa o dia em casa, a geladeira da familia cheia de doces, e diz: " nossa, nao sei porque nao consigo evitar de pegar um docinho na geladeira! nao consigo fazer dieta! tem algo errado comigo".

Agora, se a pessoa trabalha e da umas fugidinhas do trabalho (ou se estuda e sai da sala de aula DURANTE AS AULAS) para comer um docinho ou se masturbar no banheiro, bom, nesse caso temos uma atividade fora de hora, fora de local, e que pode gerar interferencia perigosa na rotina de uma pessoa. Ai tem que se preocupar mesmo, nao pela masturbacao, nem pelo docinho em si (embora os doces sejam realmente perigosos) , mas porque poderia ser algum disturbio emocional que esta usando esse habito como zona de escape, poderia virar T.O.C, pode passar de se masturbar 6 vezes por dias para lavar as maos 20 vezes por dia....ai complica mesmo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sandro as vezes acho que você lê minha mente :lol:

Estou sem trabalhar e tá um tédio! :lol::lol::lol:

Mesmo baixando várias séries completas e comprando quase 40 jogos estou ficando maluca, sem saber o que fazer. Tive uns traumas de infância e parece que eles estão voltando, me impedindo de fazer as tarefas mais simples como sair de casa. Sem contar que, quando fico sem saber o que fazer (embora tenha muita coisa) começo a ter pensamento acelerado e a ficar maluca, literalmente (diagnóstico feito em 2008 na clinica psiquiátrica que fui internada = maníaca depressiva) . Mas não vejo isso como a causa principal de eu ter compulsão sexual (embora não tenho feito sexo há quase 3 anos). Mesmo quando eu trabalhava e estudava meu desejo era grande ainda, "brincava" duas a três vezes ao dia e ainda por cima ficava querendo mais :(

Segui o conselho de uma amiga e parece que estou me controlando bem. Também vou ler o material que você me passou, é só eu lembrar :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

A nossa sociedade valoriza o trabalho (“o trabalho dignifica o homem”) justamente porque trabalhando voe não tem tempo de resolver suas questões emocionais, logo, pode fugir de si mesmo sem culpa. Mas isso dura pouco, logo que voce se habitua, consegue fazer 2 coisas ao memso tempo: trabalhar e pensar nas suas questões emocionasi quando esta em casa. Entao terá que preencher esse tempo vago também, para continuar fugindo de si: voce terá que casar e ter filhos.

Já reparou como a sociedade desconfia de pessoas “solitárias”? É como se dissessem:

“Nossa, se eu não posso conviver com meus demônios sem ficar louco, como ele pode? Já sei, ele é louco e não sabe! Isso é um perigo! Pode resolver matar alguém algum dia! Eu ,pelo menos, me ocupo, assim meus demônios não podem encher minha cabeça de idéias malucas”

Mas um dia os filhos crescem, a aposentadoria chega....

E há programas de TV discutindo o que as pessoas deveriam fazer após se aposentarem.

Para mim isso é sintoma de uma civilização doente. Todos temos coisas internas a solucionar, mas quanto ais você protelar, mais complicado fica. Já reparou que nossos idosos são, em geral, doentes emocionais? São ranzinzas, ou completamente paranóicos, ou chorões.

Mas esquecemos que Robert Marinho, FHC, Lula, Brizola, Dalai-Lama, o Papa, e boa parte das pessoas que são líderes no mundo são idosos, e não são assim. Então ser velho não é sinônimo de ser um desequilibrado emocional. Acho que ou a gente tenta resolver nossas questões, ou a gente vai ter que se ocupar até morrer, para impedir que nossas loucuras internas rompam o dique da racionalidade.

Minha mãe tem 72 anos e apenas este ano ela reduziu sua carga de trabalho de 40h semanais para 20h. Ela é professora do ensino fundamental, entao imagine uma senhora de 71 anos trabalhando 40h durante a semana, ocupando sus noites e fins de semana preparando aulas, corrigindo provas e trabalhos, e ainda criando jogos para ensinar as crianças de forma mais divertida, criando bolhas nos dedos ( que já tem com artrite) ate sangrar, de tanto recortar cartolinas ,EVAs e outros materiais para criar tabuleiros, fichas, mapas tipo quebra-cabeças, enquanto suas colegas, de 30 anos, ainda não deixaram o mimeográfo e as aulas escritas. Minha mãe sempre foi ocupada, quando era dona de casa, e depois quando virou professora. Até nas férias dela eu ouço a frase “não tenho tempo” quando lhe passo um livro, ou uma série que eu acho que tem algo a acrescentar.

Ela ainda não sabe o que fará quando for obrigada, talvez por saúde, a finalmente parar.

Já eu sou muito introspectivo, apesar de gostar do meu trabalho, acho que ele me atrapalha, preferiria não trabalhar e ter meu tempo 100% dedicado a coisas pessoais: melhorar minhas habilidades no desenho, aprender finalmente a pintar a óleo (isso estou reservando para quando me aposentar), aprender um instrumento musical ( seu não precisasse trabalhar aprenderia piano), que precisa treino diário, e trabalhando nosso tempo livre é curto e precisa ser divido entre várias atividades, não rende....

Ter tempo livre é uma benção, mas para muita gente parece uma maldição! Acho que isso precisa ser repensado. Conviver com os outros é um desafio positivo, faz brotar nossas falhas, e assim podemos enxerga-las melhor e trabalhar sobre elas. Mas algumas coisas só podem ser observadas na solidão. Precisamos de ambos, fugir de um deles não é saudável e relacionar solidão com tristeza para mim não é opinião, é SINTOMA. Uma pessoa que pensa assim, que pessoas solitárias são tristes ou deprimidas, está apenas projetado sobre o outro suas próprias deficiências emocionais.

Agora....as vezes o fardo interno é grande, se ficar muito exposto a ele, pode “quebrar”. Nesses casos é bom “dividir para conquistar”” equilibrar horas ociosas com horas produtivas. Quem não trabalha deveria tentar aprender um hobby ou praticar um esporte.

Eu gosto do treino de força muito mais do que qualquer outra atividade física, mas correr é ótimo para pensar, porém você consegue “pensar com a mente relaxada” enquanto corre.

Outra coisa que mantém a mente da gente parada/focada/tranqüila é desenho/pintura. Desenho á algo mais exigente eu diria, porque qualquer traço errado fica muito óbvio, enquanto que a pintura perdoa mais os erros técnicos. Dá para pintar florzinhas, vasos, frutas, arquitetura real ou imaginada, paisagens, tudo sem compromisso de fidelidade ao real. Talvez fosse bom para você aprender o básico sobre isso, porque no futuro essa pode ser uma atividade que te permitirá horas ou dias de solidão tranqüila, caso essas coisas da infância voltem a perturbar, a medida que a idade for chegando (logo após os 30 anos surge um período de revisão, eu tive que me reconstruir todo, ehehheh, e dizem que após os 40 também, embora eu tenha 42 e ainda não tenha notado nada).

Convém ficar alerta para esses momentos e ter alguma carta na manga, como um hobby, para ajudar a administrar seus momentos consigo mesma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Verdade. Eu gosto de trabalhar (se o trabalho for algo que eu goste, claro) mas não gosto da maneira que a sociedade impõe certas coisas. Meu pai fala "vai trabalhar cedo, pra quando chegar na velhice poder se aposentar", ou seja, estude até crescer, trabalhe até envelhecer e se aposente até morrer, fique numa boa sem fazer nada. O que eu gostaria é de, estudar, ter um emprego "incomum" onde eu não tivesse que trabalhar tanto mas mesmo assim que rendesse bem, juntar um bom dinheiro pra quando eu me aposentar ter algo que eu goste pra fazer. O que não quero é trabalhar 8h me estressando no serviço, chegar em casa e ter que ver TV, dormir e voltar a mesma rotina todos os dias. O mundo ao meu ver renderia muito mais se não fossemos escravos das grandes corporações que além de empregar "zumbis", tem o apoio da mídia pra cada dia mais transformar a sociedade em "mortos funcionais", gente que come o que passa na televisão, assiste a programas cada dia mais fúteis (raro alguém assistir algo científico), e é constantemente influenciada pela mídia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Toquinha, estou vendo que todos querem te ajudar neste assunto.

Eu também e acho que o caminho a ser seguido e o do desapego. É uma atitude mental, vc deve colocar este assunto em segundo plano, se concentrar em outras coisas. E certo que de começo isto vai ser complicado pra vc. Mas precisa de VONTADE. Com o tempo vc vai conseguindo fazer prevalecer sua vontade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Toquinha, tenho um emprego excelente para você...rsrs Ser professora, com certeza não vai passar fome se pegar uma ou duas matriculas do estado e ainda vai ter muito tempo para estudar e fazer o que tem que fazer. Eu atualmente estudo matemática e sou formado em fisioterapia, atuei durante anos na área, mas sempre independente, como deixa meio sem tempo, se quiser sobreviver...optei por ser professor, por gostar dessa área e pelo exemplo dos meus amigos que tem tempo, para fazer suas coisas, olha que o básico é duas matriculas sobra sáb e domingo e 2 dias na semana...rsrs Só sei que nessa vida não vou ser levado pela maré...rsrs

Obs: sandro da uma lida na indicação de livro que eu deixei, recentemente, que é o livro do Moisés Esagüi, comprei o livro dele, realmente é interessante a parte dos chakras...rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Toquinha, tenho um emprego excelente para você...rsrs Ser professora,... se pegar uma ou duas matriculas do estado e ainda vai ter muito tempo para estudar e fazer o que tem que fazer.

Ha formas e formas de ser professor...

Sinceramente acho que qualquer professor que tenha uma carga horaria de mais de 20h vai sacrificar a qualidade do trabalho oferecido. E' possivel fazer, mas voce comeca a trabalhar "em serie", escolhendo nao fazer certas atividades porque voce vai ter muito trabalho em casa depois.

Creio que por isso a tradicao dos concursos semrpe foi de 20h, nao de 40h.

Mas com a queda dos salarios, as pessoas se orbrigam a pegar 40h para terem um minimo de condicoes financeiras, e ai a qualidade do trabalho descamba.

Obs: sandro da uma lida na indicação de livro que eu deixei, recentemente, que é o livro do Moisés Esagüi, comprei o livro dele, realmente é interessante a parte dos chakras...rsrs

Eu tenho esse livro, achei tao fraquinho....esperava mais do Moises. Mas como ele pretene escrever um livro so sobre chakras, poder ser que faca melhor no proximo.

Ele tem um curso em 11 videos no youtube, sobre imposicao de maos, e depois da introducao ela ocupa um video com cada chakra, e cada video ten uns 40 minutos. Comecei a assitir, mas ainda estou nos primeiros, introdutorios.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito, que intenção dele era criar realmente uma leitura leve, pois não é profunda suas colocações, o que é ideal para quem está começando...quanto a situação do professor, realmente posso ter colocado por um ponto de vista errado, já que estou na perspectiva de uma cidade do pólo petroquímico...rsrs O prefeito do Rj, está até querendo ou já conseguiu em votação em câmara, passar para 40 horas semanais com um salário de 3mil e alguma coisa, o que deixaria o professor mais tempo na escola e relativamente com um salário mais baixo...rsrs mas sempre existem as outras cidades com salários mais acessíveis...rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.