• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

oi galera da gva sofro de um mal muito comum afinal quem não conhecer alguem timido ? no meu caso é quase inçurportavel a vida desde pequeno tenho esse medo de me espreçar em publico muitas vezes na hora de apresentar um trabalho na sala de aula desejei que acontersece alguma tragedia tipo um meteoro ,um raio ou ate mesmo um louco bem armado que me matace ou pelomenos a plateia meu poblema é tao serio que muda ate meu jeito de andar de ante de outras pessoas. bom galera minha duvida é se isso possar ser um espirito me atrapalhando? ou algum ponto de energia travado? ou carma de outra vida? obrigado desde ja bom galera gostaria de dizer antes de tudo que o unico lugar que me sinto avontate para mim espreçar é aqui e nas aulas de capoeira a e desculpas pelos erros nunca fui um bom escritor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Jailson. Creio que muita gente já passou pelo que você está passando, inclusive eu. Eu já fui humilhada a tal ponto da sala toda (inclusive a professora) me vaiar quando cheguei um dia, isso na quarta série. Alguns colegas me batiam, outros me ignoravam na frente dos outros, enfim, sofri muito nos períodos escolares. Eu tinha muita vergonha de ir pra frente da classe também, quando chamavam meu nome (e eu torcia pra ninguém fazer isso) minha pressão arterial fazia meu pescoço querer explodir, eu ficava nervosa, sem ar, não falava direito, tremia etc mas depois com o tempo tudo isso foi passando, eu só precisava de um estímulo as vezes (não sei se seria bom falar o qual pois talvez você queira forçar a situação). Com o tempo fui me soltando, me abrindo mais, falando melhor em público e perdendo a timidez. Em 2008 fiz um curso de "Gestão de Pessoas e Comércio" (algo assim) e decidi mudar de vez. Pensei "não, não quero mais isso pra minha vida. Agora é a hora da entrevista e EU VOU SAIR MELHOR QUE OS OUTROS!" e quando a psicóloga perguntou quem queria ser o primeiro a se apresentar, eu na hora levantei a mão e com muito orgulho disse "EU". Falei muito abertamente, olhando nos olhos das pessoas e fazendo certos gestos para dar ênfase a certos pontos na conversação. E depois de um tempo no curso me tornei tão aberta ao público que nem tive esforços em me tornar líder da turma :D

Então meu amigo, isso talvez seja só uma fase, tudo passa, até a vida. Não se preocupe que tem muita gente tímida por ai, e por isso é sempre bom ter amigos que entendem isso e te dão uma forcinha quando você precisa *-*

PS: Só não conta pra ninguém que eu assisti muita palestra pra aprender a falar em público :hug

Share this post


Link to post
Share on other sites
bom galera minha duvida é se isso possar ser um espirito me atrapalhando? ou algum ponto de energia travado? ou carma de outra vida?

Nós estudamos tanto as energias, que dificilmente conseguimos nos encontrar nesse meio; preferindo ficar no canto, na retaguarda! Não encontramos as pessoas para que possamos empregar essas energias que tanto estudamos, e preferimos ficar na posição de defensiva!

Um dia nós acordamos e “vemos” que as pessoas não têm algumas “qualidades” que nós desenvolvemos ao logo dos estudos! Notamos que elas têm também uma espécie de séquito imaginário de pessoas que nelas acreditam, porém aquilo não demonstra ser hostil!

Elas estão de bem com a vida!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se você promete não forçar eu conto o que ME ajudou, não significa que você seja estimulado da mesma forma. Mas vamos ao que interessa.

Eu notei que as amizades de hoje em dia são muito fúteis, não se tem mais amigos pra ajudar quando estamos precisando. E eu nunca fui a melhor pessoa pra escolher amizades então sempre que necessitei de um amigo verdadeiro ninguém estava lá, só eram "amigos" enquanto fazíamos festa juntos.

Procure amigos que te façam feliz, que te apresentem pra mais gente que vem conversar com você e que te apresentem e puxem assunto e depois te apresentam à mais pessoas e assim vai. O importante é manter a mente fria, não pensar muito "ai o que eu vou falar, como que eu vou falar" etc, você é único e não nasceu pra agradar ninguém, todos somos diferentes e cada um tem que se aceitar como é, e aceitar os outros como eles são.

Se um amigo não me convida pra sair junto porque sou tímida, esse amigo não merece minha amizade. Se ele me apresenta pra mais pessoas e essas me incluem no "grupo" delas, fica fácil sair falando. E o mesmo se aplica na escola.

Se seus "amigos" riem de você, não são seus amigos (e você vai ver isso mais pra frente), se eles te ajudam a vomitar umas palavras na frente da classe, melhor. Claro que só pelo fato deles te ajudarem na frente da classe não quer dizer que sempre vão estar ali com você, mas é interessante tirar o máximo de proveito disso pra você ir se soltando mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Talvez, timidez seja uma característica +- comum de pessoas espiritualizadas. Eu me lembro na escola que também tinha maior medo de ir na frente, e até esquecia as vezes partes do que ia falar.

Eu me lembro que tinha um professora ridícula que humilhava os alunos, la na frente da sala de aula, acho que na 5a série.

Ela sempre que um aluno errava uma pergunta ou algum trabalho lá no quadro, ela vinha com aquela musiquinha:

"Fulano" não e mais aquele olha a cara dele. E a criançada cantava também e se divertia as custas do pobre coitado.

Eu tinha tanta raiva daquilo que resolvi dar o troco.

Me rasguei por dentro pra fazer isto.

Quando foi a minha vez, quando cantaram a musiquinha, dei uma de ator e agradeci, fazendo reverencia. Ninguém entendeu nada.

Eu agi como se estivesse gostando, e ai o pessoal não mi zoou, e ficaram calados, sem aquelas chacotas.

E o melhor de tudo a prof. a partir dai parou com aquilo. pra mim foi uma vitória.

Mas quero parabenizar a Toquinha pelo exemplo dela.

Só quero dizer mais uma coisa, nem por isto deixei de ser tímido.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas na verdade, acho que todos somos tímidos, em diversos graus. E também depende das circunstancias. Uns são 2% outros 50%, por exemplo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom Jailson, a Toquinha já falou bonito sobre o assunto mas quero dar alguns toque também.

Primeiramente pare com essa bobagem de achar que é assédio. O povo espiritualista tem a pira de achar que tudo que acontece na vida é assédio. Eu já fui assim mas hoje em dia levo muito mais em conta meus bloqueios pessoais e cuido com as justificativas. Timidez nada mais é do que o medo da reação alheia, a insegurança, etc.

Como vocês dois, já fui assim também, já passei por algumas situações horríveis e desconfortáveis e sempre fui muito tímido e trancado. Laringochacra no zero. A decisão partiu de mim mesmo, "-CHEGA DISSO!"

Porém só consegui essa liberdade depois da adolescência, fui perdendo a timidez conforme fui ganhando rebeldia, troquei o medo do próximo pelo foda-se o próximo, haha. Serviu bem na época. Eu camuflava o medo com ódio, era uma ferramenta apenas. Hoje em dia livrei-me do ódio (amém) e livrei-me de 90% da timidez. Ainda tenho dor de barriga e palpitação na hora de apresentar trabalhos. Mas o impulso pela busca de melhora é muito maior do que o medo.

Você pode até procurar formulas, mas é difícil. Cada pessoa tem seu modus operandi, o importante é você entender o que te da medo. O que lhe da medo? Quais são os pontos que você deve focar? Já leu algum livro de comunicação? Como falar bem, etc...

Existe uma questão da timidez que não é muito explicada. O fato é que a timidez é um grande egocentrismo. A pessoa fantasia que todo mundo está olhando para ela, prestando atenção nela. Isso gera duas situações: 1 - Você pira por que fica com medo e acha que todos estão te observando.

2 - A tensão energética gerada e suas ações atrapalhadas pelo medo farão que de fato as pessoas maldosas comecem a prestar atenção em você. Será alvo de roubo energético.

Porém são 5 idiotas observadores para 50 pessoas normais que não estão nem aí para quem é você ou o que você faz.

Meu conselho é:

largue mão de se importar com isso, ninguém está nem aí. Ande pelado numa cidade grande e vc verá que o povo nem olha pra você. Comece a levar a sério o assunto. Seja forte e firme. Você manda.

:)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso é totalmente normal.Acho que por sermos animais sociais, somos instintivamente vulneráveis a aceitação do grupo, e isso é reforçado pela família, depois escola, depois sociedade em geral.

Agora, em geral....só tem problemas de "adequação" ao grupo, gerando bullying por parte deles, quem tem alguma individualidade. A maioria das pessoas não tem, são pouco mais que macacos mesmo, e o que macacos e animais em geral fazem? Reagem dentro dos padrões da consciencia de sua espécie,reprimindo as diferenças, porcurando agir dentro das atitudes que refletem .

Agora....às vezes....o grupo está identificando algo que de fato o sujeito poderia crescer como sujeito se corrigisse, aperfeiçoando-se nesse convívio. Afinal, pouco importa o nível das pessoas ao nosso redor, nada podemos fazer nem sozinhos nem em grupo se não formos eficientes na relação grupal. Então, a gente tem que saber avaliar friamente quais hábitos poderiam/deveriam ser corrigidos ou aperfeiçoados para melhorar nossa eficiência nessas relações, SEM COM ISSO PERDER A PRÓPRIA INDENTIDADE.

Cada um precisa descobrir seu próprio limite, sua própria necessidade, como parece que a Toquinha fez.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, eu era muito tímido na infância e adolescência, sofria por isso, me ferrava sempre por não conseguir ter atitudes, tanto na questão namoradas quanto na questão "ser zuado", hoje denominado bullying, era até abusivo, penso eu ter algo cármico, sei lá. Conforme o tempo passou, isso também foi passando, hoje não me considero tímido, não de forma que me atrapalhe, sou meio quieto, mas converso normalmente com qualquer pessoa, mesmo desconhecidos, consigo argumentar numa sala de aula cheia e etc. Mas na época de jovem eu odiava minha situação, pqp kkkkkk. Como todos já escreveram, acho que é uma fase que vai passar, como normalmente ocorre com a maioria.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já sofri muito bullying. Se é algo cármico ou não, eu não sei, só sei que serviu para eu me auto conhecer e crescer como pessoa. Se tudo fosse perfeitinho na vida, ninguém procuraria melhorar/mudar e se eu não tivesse sofrido isto talvez o "acaso" não teria me trazido aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lendo o comentário do Thomaz,lembrei desse artigo que li ontem(é a mesma ideia,tirando a parte do ódio)

LIGUE O FODA-SE,E SEJA FELIZ

http://www.acidezmental.xpg.com.br/ligu ... J6rK80mc_t

Mas isso que o Thomaz falou é correto,a raiva,o ódio é um sentimento mais forte que a timidez-passividade..Ja vi em livros de psicologia falando sobre isso,mas é claro que você não vai ficar com raiva a vida toda,é temporário,é apenas uma ferramenta(Ja aconteceu comigo,de deixar de fazer uma coisa por timidez,e depois fiquei com tanta raiva de mim mesmo,e não importando mais com a timidez,fui lá e fiz o negócio :lol: )

A meditação ajuda também,por que ela limpa,cala a mente.

Já viu o filme Revolver?Aqui tem uma cena

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notei que a maioria aqui discorda de que a timidez possa ser causada por obsessores e talz, eu já acho possível.

Eu suspeitava de que minha timidez era causada por obsessores também, por que era muito estranho, tinha certos bloqueios mto estranhos.

Ai resolvi fazer um servidor pra "rebentar" com todo espirito obsessor que estivesse me prejudicando, e está dando certo, esses bloqueios diminuíram bastante e estão quase sumindo.

Ah e para fazer servidores, eu aprendi como se fazer no livro SS

Share this post


Link to post
Share on other sites

David, não foi dito que obsessores não causam timidez, o que foi dito é que na maioria dos casas a timidez é resultado não de obsessão, mas sim de traumas, de caracteristicas pessoais (inteligencia, imaginação), dentre outras.

O que falta dizer até agora, eu acho que é só uma coisa a mais sobre obsessão: ELES SÓ AGEM SE HOUVER UMA BRECHA!

Jailson, o importante é vc tentar resolver suas noias, seus medos, seus traumas. Se vc vencer seus medos nenhum espirito vai fazer vc ficar com medo, pq vc não sente mais, entendeu? O importante é resolver internamente. Dai o externo vai se resolver naturalmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
O que falta dizer até agora, eu acho que é só uma coisa a mais sobre obsessão: ELES SÓ AGEM SE HOUVER UMA BRECHA!

Jailson, o importante é vc tentar resolver suas noias, seus medos, seus traumas. Se vc vencer seus medos nenhum espirito vai fazer vc ficar com medo, pq vc não sente mais, entendeu? O importante é resolver internamente. Dai o externo vai se resolver naturalmente.

Acho que se eles estão fazendo vc ficar com medo, vão dificultar muito vc se livrar do medo.

Creio que tenha que tentar se livrar desses obsessores primeiro.

O que não impede que tente se livrar da timidez ao msm tempo, o que vc conseguir se livrar primeiro resultará em se livrar do segundo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

em primeiro lugar, ser timido não é anormal, outra coisa muito cuidado com o ser "normal" que a sociedade alienada diz que vc dever ser.... outra coisa considere a hipotese de um tratamento talvez uma psicoterapia e depois algum alternativo que também são excelentes por que vc pode ser timido mas vc precisa viver bem assim entende o que eu quero dizer??!! por isso questiono vc a tentar o tratamento e sabe porque pessoas timidas tendem a se isolar fechando em seu proprio mundo, não tem amigos nem vida social, isso sim é uma brecha pra obsessão é com toda certeza é porque o pensamento fica negativo se eu me isolo demais vira doença "depressão" e com ela vem a sindrome de panico o que é muito comum hoje, porque nos isolamos demasiadamente nos tempos de hoje. então amigo querido pense em todas as palavras legais que seus colegas aqui falaram, e quem sabe busque um tratamento, estou te dizendo isso porque eu mesma faço eu não era timida eu era isolada mesmo traumas de infancia hoje sou uma pessoa melhor e mais saudavel psiquicamente falando,, muitos beijos :hug

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.