• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Gabriel7

Evocação de Phul! Técnica para Viagem da Alma!

Recommended Posts

É bom começar com coisas básicas, como causar terremotos no Irã usando pantáculos de Saturno.

PQP Agora eu ri :mrgreen:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui tem uma breve descricao do que cada uma trata:

http://www.sabedoriaoculta.com/2012/02/ ... aropa.html

Mas quando voce le as tecnicas e ja tem alguma pratica com projecao, sabe que eles estao apenas "complicando" para manter sua mente focada na pratica.

Bem interessante essa yoga de naropa tem o exercicio Tumo, desde criança sou facinado por esse exercicio. Não só pelo motivo de derreter a neve ao redor do corpo e gerar muito calor mais pelo motivo desses monges praticantes do tumo voarem praticamente, tocando o solo de vez em quando para pegar impulso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vi um vídeo de um doido pelado no meio da neve meditando lá por uma meia hora :| epic wtf (mas a neve não derretia em volta dele)

Ainda acho melhor começar pelo básico e começar a desenhar seu pantáculo de Saturno e ver imagens do Irã pelo google earth.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Como invocar seres como esse Phul?

achei massa

tem algum tópico ensinando

desculpa não procurar, mas é q minha net ta mto ruim :(

Tenho um livro aqui, quer? Mas está em inglês.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sandro, irei ler isso agora! Mas já quero deixar o meu conhecido agradecimento; Obrigado.

Pessoal, considerando que o Gabriel abriu um precedente aqui apresentando uma tecnica de projecao mais voltada a percepcao do plano fisico, e que o Henzel demonstrou interesse nesse tipo de tecnica, vou postar aqui um trecho de um livro do Draja Mickaharic, que escaneeei e traduzi.

Retirei algumas frases apenas, que nao tinham relacao direta com o objetivo de projetores. O Draja ve a projecao da mesma maneira que eu e como podem ver no meu post de apresentacao aqui no GVA, eu sempre preferi manter o ofoc da proejcoa no plano fisico, pelso motivos que o Draja logo vai explicar no seu texto. Conheci esse autor apos deixar minha opiniao osbre um livro de pojecao astral no site da Amazon, e um leitor da Inglaterra achou minha abordagem parecida com a do Draja. Eu nunca antes tinha ouvido falar desse cara, que e' um ocultsta da Bosnia que vive nos EUA ha' decadas. Comprei o livro e, para minha surpresa, vi que ele pensava da mesma forma que eu, embora o programa de treino dele ganha o trofeu em termos de paciencia. Na primeira vez que tentei essa tecnica dele de sentar na cama, nao estava esperando que desse certo, mas deu certo na segunda sentada. De repente me vi sentaod na cama e olhando para o chao, e ao ver meu pes pensei:

"mas que diabos!?! Eu nao estava deitado?"

A surpresa me puxou de volta, ehehheh.

Entao , quem tentar isso, esteja preparado para um eventual sucesso rápido , e para a disciplina de monge que vai requerer para progredir nesse domínio .

Ate entao eu nunca tinha postado essa técnica aqui porque sempre senti que aqui no brasil o pessoal quer e viajar pelos planos , conversar com "mentores", prestar "assistência "....entao fiquei na minha, com minha visao mais voltada para o físico, e por ser mais focado nesse aspecto fisico que criei aquele topico sobre comprovaçao .

Mas ja que este topico do grabriel parece ter aberto essa brecha, vou deixar aqui entao o plano de treino do Draja:

...............................

TRECHO DO LIVRO:

MAGIC SIMPLIFIED- A SERIES OF PRACTICAL EXERCISES FOR DEVELOPING THE NEOPHYTE MAGICIAN.

Pg44-47; 70-75

(...)

As instruções a seguir vao parecer um grande tédio para aqueles que acreditam ter um talento natural para a projeção astral. No entanto, se forem seguidas com precisão, elas vão ensinar a qualquer um que dominou os exercícios anteriores a se projetar para fora de seus corpos físicos e, eventualmente, tornar-se bastante competentes em projetar seus corpos não físicos para o mundo físico real.

Mais uma vez, estas instruções pressupõem que os exercícios anteriores tenham sido dominados, e que o aluno tem a capacidade de relaxar completamente seu corpo físico, concentrar sua atenção, e manter sua mente em branco. Todas essas habilidades são necessárias para se projetar deliberadamente e conscientemente para fora do corpo físico, e deslocar-se no mundo físico.

Sua consciência é o que você pensa que é, não é o que você realmente é. Quando você se projeta para fora de seu corpo físico que você está projetando sua consciência, na forma de um corpo não-físico invisível. Algumas pessoas chamam isso de corpo astral, ou estelar. Vou me referir a ele como o corpo não-físico, que é uma melhor definição.

Seu corpo não-físico invisível terá muitas das características de seu corpo físico. As poucas pessoas que podem vê-lo ou senti-lo vão percebê-lo como se fosse o seu corpo físico em uma forma não- física. Seu corpo não-físico terá muitos dos sentidos físicos que você usa em seu corpo físico.

No entanto, na prática, essas características e sentidos que o seu físico e não-físico tem em comum serão consideravelmente diferentes em seu corpo não- físico . Antes de começar a se aventurar nos reinos não-físicos, ou plano astral, você deve primeiro se acostumar com essas diferenças. Para isso, basta dominar as muitas diferenças entre os reinos físicos e não-físicos.

Se você decidir não fazer isso, vai acabar emaranhado em algum dos muitas ciladas encantadoras e de glamour perturbador de reino não-físico. Cair em auto-ilusão é muito fácil no reino não-físico. Este é o maior perigo na projeção do corpo não-físico. Projetar-se para esta terra de sonhos e fantasia não tem nenhum valor real para ninguém. (...)

Os passos para a projeção astral são muito simples, mas conseguir realizar estes passos simples já é outra estória.

Primeiro, relaxe completamente enquanto está deitado em uma cama ou sofá. Relaxe seu corpo físico e acalme sua mente, fechando os olhos. Agora focalize sua atenção em seu corpo não-físico e o veja levantar-se para fora da casca física que é o seu corpo, sentando-se na beira da cama ou sofá em que você está relaxado.

Perceba que você pode ser totalmente bem sucedido nesta primeira vez que você tentar, ou não, mas seja como for, agora veja-se voltar para o seu corpo físico, e mais uma vez relaxar o corpo físico completamente. Agora sente-se novamente em seu corpo não-físico, e depois volte para o seu corpo físico mais uma vez. Durante tudo isso, tente perceber as sensações que podem estar presentes, mas mantenha os olhos fechados.

Faça isso várias vezes, não para simplesmente praticar isso como um exercício, mas para dominar a arte de sair e entrar em seu corpo físico. Isso também exige uma grande quantidade de prática repetitiva. É uma habilidade a aprender e você deve aprende-la bem.

Depois de ter feito isso, e saber que "algo" aconteceu, abra os olhos em seu corpo não-físico quando estiver sentado na beira da cama ou sofá em que seu corpo está deitado. Olhe ao seu redor. Você pode ver a sala em que está exatamente como ela é, ou você pode vê-la em um arranjo um pouco diferente. Lembre-se da sala, como você realmente sabe que ela é. Imponha o que você lembra desse lugar sobre quaisquer diferenças que você possa ver no quarto com os seus olhos não-físicos.

Agora feche o seu olhos de novo, e entre novamente no seu corpo físico. Em seguida, sente-se novamente, desta vez em seu corpo físico, e abra os olhos. Estude o quarto, notando as diferenças a partir do que você viu quando você estava em seu corpo não-físico. Coloque essas diferenças em sua mente, e tentar 'memorizar' a imagem que você vê da sala. Depois de ter a visão ou a imagem da sala memorizada, deite-se de novo, relaxe e sente-se em seu corpo não-físico. Abra os olhos do seu corpo não-físico e visualize o quarto, impondo a imagem que você lembra da aparência física da sala sobre quaisquer discrepâncias que você pode perceber com seus sentidos não-físicos.

Nunca é demais destacar para o novato em projeção o quanto é fácil para eles se perderem na fascínio do mundo não-físico. Após se perderem, eles verão provavelmente todos os tipos de belezas e maravilhas. Na maioria dos casos eles vão se tornar literalmente fascinados. Infelizmente isso muitas vezes leva o projetor a acreditar que ele têm alcançado grandes poderes. Na verdade, eles só se perderam na auto-ilusão. Eles terá se limitado , e a suas possibilidades de desenvolvimento, suas habilidades, restringindo-os, muitas vezes de forma permanente.

A única maneira de evitar esse engano, que é essencialmente auto-engano, é a prática de dominar a projeção do corpo não-físico no mundo físico. É por isso que você deve limitar sua prática da projeção de seu corpo não-física ao seu quarto por algum tempo. É extremamente necessário para você dominar a arte de projetar seu corpo não-físico no mundo físico. Então você tem que aprender a navegar o seu corpo não-físico no mundo físico se você quiser dominar a arte da projeção (...). A alternativa é tornar-se apenas um turista, alguém que é atraído para as paisagens bonitas e objetos cintilantes que irá apresentar-se a você, ao longo do tempo.

Por pelo menos um mês, você deve praticar projetando-se para fora de seu corpo físico, sentado na beira da cama e depois voltar a ele. Com cada projeção você também deve dominar a arte de ver o quarto em que você está se projetando, da forma como ele existe fisicamente. Com o tempo você vai descobrir que as pequenas mudanças e desvios da realidade física que você notava irão gradualmente desaparecer. Esta é uma indicação de progresso de sua parte, e ele vai lhe dizer que, depois de mais algumas sessões com o mesmos bons resultados você estará pronto para dar o próximo passo.

Cada criança humana aprende a andar primeiro aprendendo a engatinhar. É preciso uma grande quantidade de tempo para a criança progredir de rastejar para caminhar, e muito mais tempo para progredir de andar a correr, e depois a jogar futebol. (...)

Domine cada passo deste exercício e você terá sucesso. Pule para a conclusão, e você acabará por enganar a si mesmo, e, no fim, falhará.

Agora que você está pronto para fazer isso, projetar-se para fora de seu corpo, sentado na beira da cama, abra os olhos, e depois levante-se. Você deve estar ciente de que é provável que você caia no chão, ou suba um pouco em direção ao teto.

Seu corpo não-físico não é afetado tanto pela gravidade, ou por qualquer coisa que pareça sólida no mundo físico.

Se você achar que você não está em pé com firmeza no que você sabe ser o chão, focalize sua atenção em ficar firmemente no chão, assim como você estaria em um chão físico. Uma vez que você seja capaz de fazer isso, de um passo em direção à parede em frente a sua cama ou sofá, certificando-se de nem flutuar nem afundar no chão.

Isto é, em geral, muito mais complicado do que parece, então você vai ter que praticar por algum tempo. Continue trabalhando nisso, como aprender a andar em seu corpo não-físico, mantendo-se em superfícies físicas, é pelo menos tão difícil como foi aprender a andar em seu corpo físico. Pratique andar por um tempo, então reentre no seu corpo físico e se levante, e se mova ao redor da sala.

Você deve repetir este exercício por pelo menos algumas semanas até que o domine. Em seguida, continue por uma semana ou duas, para ter certeza de que você realmente dominou esta arte muito diferente.

Uma vez que você seja capaz de andar em torno de seu quarto, sem dificuldade, e tenha feito isso por três ou quatro semanas, você está pronto para a próxima etapa. Agora você vai deixar o seu quarto pela primeira vez. Comece pela projeção de seu corpo físico e vá andando até perto da porta do seu quarto. Agora, cuidadosamente, estenda o seu braço não-físico através da porta. Você deve levar algum tempo para assegurar-se de que pode fazer isso sem qualquer dificuldade.

Faça com um braço em primeiro lugar, e depois com o outro. Agora faça com as duas mãos. Quando você tiver certeza de que está pronto, basta atravessar a porta. Dê um passo para longe da porta, e olhe pra trás. Isso é para assegurar-se de que você não danificou nem a porta nem a si mesmo. Quando você percebe que passou através da porta com segurança, caminhe de volta pela porta mais uma vez.

Você acabou de demonstrar a si mesmo que objetos sólidos no mundo físico não são de todo sólidos no mundo não-físico. Eu sugiro que você pratique este exercício durante várias sessões de exercícios antes de ir mais longe.

Em seguida, olhar para fora de qualquer parede exterior em seu quarto. Olhe através da parede assim como você olharia através de uma janela aberta. Não fique preocupado com o que vê. Isto é só para demonstrar para você mesmo que é possível fazer isso. Sob nenhuma circunstância você deve tentar atravessar a parede. Basta olhar através dela. Movimentos mais difíceis virão mais tarde, uma vez que você esteja mais acostumados a se mover ao redor do mundo físico em seu corpo não-físico.

Depois de ter praticado este exercício várias vezes, você pode sair do seu quarto, passando pela porta, e caminhar pelo corredor, assegurando-se que você está andando no que você reconhece ser o chão físico. Você deve, então, continuar até a porta da frente de sua casa, mas não deixe a casa ainda. Em vez disso, vire-se e volte, impondo o que você sabe sobre a realidade física desee lugar, sobre quaisquer diferenças que perceba com seu corpo não físico.

Não é incomum encontrar portas extras, corredores estranhos, e outras coisas presentes no universo não-físico que não têm realidade física. Você deve aprender a simplesmente ignorar essas aparições, e estar ciente de o que está realmente presente fisicamente .

Até que você seja capaz de dominar a arte de projetar seu corpo não-físico no plano físico, você está em grave risco ao lidar com os reinos não-físicos.

Não é incomum encontrar pessoas, às vezes algumas que estão mortas há muito tempo, no universo não-físico. No momento, você deve simplesmente ignorá-los, apesar de que às vezes isso é muito difícil de fazer, especialmente se você está emocionalmente ligado a essas pessoas de alguma forma. Endureça o seu coração e ignore-os por enquanto, sabendo que no futuro você vai ser capaz de ter uma reunião real com aqueles que você pode ter perdido. Apressar as coisas neste momento acabará por levar a uma conclusão insatisfatória para o seu desenvolvimento final. Seja paciente e continue a ser determinado para ter sucesso nessa tarefa.

Continue trabalhando sobre estes exercícios, dominando a projeção de seu corpo não-físico em todos os quartos do edifício ou apartamento em que vive. Quanto mais prática tiver nisso, melhor será antes de dar o próximo passo. A impaciência conduz ao fracasso no final.

Uma das coisas que você vai aprender rapidamente é que você é invisível para quase todas as pessoas. Enquanto algumas pessoas serão capazes de vê-lo, a maioria das pessoas não pode. Olhe para as pessoas e veja se elas te vêem ou não. Se alguém vê você, deixe o quarto imediatamente. Você ainda não está preparado para lidar com aqueles que podem vê-lo .

Outra lição que aprenderá cedo é que você, aparentemente, não têm força física em seu corpo não-físico. Você deve continuar a projetar-se e a viajar pelo prédio em que vive, estando constantemente consciente da realidade física, e ignorando as imagens não físicas que constantemente se apresentam para você. Passe pelo menos um mês, ou melhor dois ou três meses neste exercício antes de ir mais longe. É importante que você domine isso antes de deixar o prédio em que você mora.

Uma vez que você acredite estar pronto para deixar o prédio em que more, primeiro permita-se a flutuar até o telhado do edifício. Em seguida, caminhe ao redor do telhado, olhando para a rua ou os objetos abaixo. Tome nota de qualquer coisa que você sabe que não está fisicamente presente. Perceba que estas coisas estão presentes apenas no universo não-físico, e não tem realidade física. Isto é muito importante, pois são estas imagens não-físicas que podem facilmente tornar-se distrações muito negativas para você.

Edifícios que antes estiveram presentes, cenas emocionais, e os itens a que fortes emoções estão ligados podem ser localizados no universo não-físico durante muitos anos depois de terem desaparecido fisicamente. É possível que alguém que está se projetando pelo universo não-físico veja essas coisas, e ao vê-los, acreditar na sua realidade. Essas percepções podem não só atrapalhar seu julgamento, mas pode fazer com que você tome decisões incorretas . Esta é apenas mais uma razão pela qual você deve primeiro aprender a dominar as sutis diferenças entre o universo físico e não-físico, antes de ir mais longe em suas explorações.

Você deve praticar flutuando para o telhado do seu prédio e observando a área em torno de você, diferenciando entre o real fisicamente e não-fisicamente real por algum tempo antes de ir mais longe. Há também várias outras coisas que você deve dominar antes que você esteja realmente pronto para ir para as ruas.

A prática produz o sucesso, e nessa arte, a comparação constante entre o que você sabe da realidade física e não-física é de extrema importância para a sua capacidade final em se tornar um mestre de ambos os reinos. Continue a trabalhar e praticar com o seu corpo não-físico, embora você possa agora restringir suas sessões de prática a três dias por semana, enquanto você vai para o exercício seguinte.

MAIS SOBRE O TRABALHO FORA DO CORPO

Uma vez que você já domine andar dentro do seu prédio, e cuidadosamente aprendeu do telhado de seu prédio as diferenças entre o cenário não-físico e o mundo físico que você pode ver, é hora de começar a ir para a rua em torno de sua vizinhança imediata.

Primeiro, devo avisá-lo que andar na rua, em seu corpo não-físico, não é uma experiência agradável. Entre outras coisas, você vai estar vendo muitas pessoas que não estão mais vivas, bem como ver aqueles que ainda estão vivos. Você também vai estar vendo cenas altamente carregadas de emoção, e "visões" de incidentes que são os pensamentos emocionalmente formados dos outros, ou estão emocionalmente carregados de incidentes que são de um passado antigo. Você pode até mesmo ver edifícios inteiros, bem como os seus ocupantes, que já não estão fisicamente presentes.

Portanto, antes de começar esta aventura, você deve saber mais detalhes sobre a verdadeira condição física de sua vizinhança imediata. Para fazer isso, saia do seu prédio em seu corpo físico, virando à direita na porta. Em seguida, caminhe em torno de seu bloco da cidade, fazendo uma curva à direita em cada canto. Observe de perto tanto os detalhes dos edifícios e sua aparência física da rua, em todos os detalhes. Se você domina os exercícios de visualização dados anteriormente, você terá pouca ou nenhuma dificuldade fazer isso. Este é o curso que você deve seguir para a sua primeira exploração não-físico do mundo físico. Esta simples caminhada ao redor do quarteirão da cidade em que você vive vai ser a sua introdução para aprender a discriminar entre o mundo do dia-a-dia de seu ambiente físico, e o mundo não-físico, que contém todos os tipos de fantasia e ilusão.

Mais tarde naquela noite, projete-se para fora de seu corpo físico, e deixe o prédio da maneira que você normalmente faz em seu corpo físico, ande em torno do bloco como fez anteriormente em seu corpo físico. A medida que você faz esta caminhada, imprima o que você sabe da realidade física sobre quaisquer distorções ou ilusões que possam apresentar-se a você. Faça apenas uma volta no quarteirão, e depois volte para a sua casa, como você faria em seu corpo físico, e, em seguida, entre em seu corpo físico.

Agora levante-se e lave o rosto, ou faça outra coisa que seja bastante normal. Você deve agora trazer-se de volta totalmente para o mundo físico. Eu sempre achei que lavar meu rosto com um pano quente tem esse efeito. Outras pessoas fazem outras tarefas familiares. O objetivo desta tarefa é romper qualquer conexão que ainda reste entre a realidade física e a realidade não-física em que você vive o seu dia-a-dia.

Este exercício deve ser repetido pelo menos três ou quatro vezes por semana durante o próximo mês ou dois. Não se desvie dele, pois você vai ver que enquanto a sua capacidade de imprimir cenas da realidade física sobre o mundo não-físico vai melhorar gradualmente, você também vai ser gradualmente exposto a mais cenas do mundo não físico, algumas das quais podem ser muito revoltantes, chocantes, ou mesmo muito nojentas. Essas cenas devem ser simplesmente ignoradas, nunca decida opor-se ativamente a elas.

Lutando contra demônios astrais dificilmente será sua tarefa, e caso decida fazê-lo, outros irão apresentar-se rapidamente para você. Literalmente, não há fim para as ilusões que podem envolvê-lo nestas explorações.

Eventualmente, as coisas vão se acalmar em suas caminhadas, e as cenas não-físicas que sob as quais você impôs a realidade física vão se estabilizar. Agora você vai ter de continuar com estes passeios, para ver se você pode encontrar qualquer coisa lá no universo não-físico da qual você pode ser capaz de fazer uso. Normalmente não há muito material útil presente, mas às vezes há. Basta continuar os passeios e manter a procura, para ver o que você pode ver. A medida que você continuar a fazer isso, você também irá desenvolver suas habilidades nesta área.

Neste ponto, a possibilidade de seus parentes falecidos aparecem para você se apresenta. Você deve fazer uma breve oração para que eles tenham paz, e seguir em frente. Não entre em conversação com eles. É inteiramente possível que essas pessoas aparentemente mortas sejam realmente fantasmas criados pela sua mente subconsciente. Neste momento, você não será capaz de diferenciar claramente entre a fantasia de sua própria projeção e a realidade de ver a sombra de um parente falecido. Um dia você será capaz de perceber a diferença, mas isso só virá com o tempo, a medida que você lentamente ganhar mais experiência em lidar com o mundo não-físico.

Você pode observar os fenômenos não-físicos que parecem mais estáveis, mas não se permita tornar-se atraído por eles, ou decidir que deve 'fazer’ algo sobre o que for que você possa ver. Basta observar , e após o seu regresso ao seu corpo físico, pensar sobre o porquê de tais fenômenos serem duradouros. Não é sua tarefa "limpar" todos os fenômenos não-físicos que decidiram ocupar um determinado espaço, por algum motivo próprio.

Às vezes você pode ver seres não-físicos, normalmente seres que parecem bem diferentes da forma humana, mas ocasionalmente você verá muito seres humanos que parecem “seres”. Ignore tudo isso, porque você não está preparado para lidar com qualquer um deles ainda. Você também pode ver outros viajantes astrais humanos, a maioria dos quais não estarão conscientes de que eles estão viajando em seus corpos não-físicos. Você deve ignorar estes também. Na maioria dos casos, estas serão as pessoas que estão dormindo confortavelmente, e não têm idéia de que estão projetando para fora de seus corpos físicos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vi um vídeo de um doido pelado no meio da neve meditando lá por uma meia hora :| epic wtf (mas a neve não derretia em volta dele)

Ainda acho melhor começar pelo básico e começar a desenhar seu pantáculo de Saturno e ver imagens do Irã pelo google earth.

98254.png

21651_tn.jpg

99ii.png

Esses são pantaculos de saturno?

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, me perguntaram agora ha pouco sobre um detalhe dessa tecnica do Draja, entao achei melhor esclarecer um ponto, para que nao gere a impressao errada. Vejam o que ele diz nesta parte, e atecnao para o que destaquei me negrito:

Agora focalize sua atenção em seu corpo não-físico e o veja levantar-se para fora da casca física que é o seu corpo, sentando-se na beira da cama ou sofá em que você está relaxado.

Perceba que você pode ser totalmente bem sucedido nesta primeira vez que você tentar, ou não, mas seja como for, agora veja-se voltar para o seu corpo físico, e mais uma vez relaxar o corpo físico completamente. Agora sente-se novamente em seu corpo não-físico, e depois volte para o seu corpo físico mais uma vez. Durante tudo isso, tente perceber as sensações que podem estar presentes, mas mantenha os olhos fechados.

Faça isso várias vezes, não para simplesmente praticar isso como um exercício, mas para dominar a arte de sair e entrar em seu corpo físico. Isso também exige uma grande quantidade de prática repetitiva. É uma habilidade a aprender e você deve aprende-la bem.

Depois de ter feito isso, e saber que "algo" aconteceu, abra os olhos em seu corpo não-físico quando estiver sentado na beira da cama ou sofá em que seu corpo está deitado

A impressao errada que pode surgir e' que voce esta apenas imaginando que esta sentando e observando o quarto....e depois todas as outas etapas que vem 9froa do quarto, na rua, etc...seriam so imaginacao.

NAO E IMAGINACAO. VOCE USA A IMAGINCAO PARA INDUZIR A PROJECAO. OU SEJA, VOCE VAI IMAGINAR SENTAR-SE E DEITAR-SE, SENTAR-SE E DEITAR-SE, SENTAR-SE E DEITAR-SE...NO INICIO NAO ESTARA FUNCIONANDO, SERA APENAS IMAGINACAO MESMO.

MAS ENTAO EM ALGUM MOMENTO, COMO ELE MESMO DIZ, VOCE VAI NOTAR QUE "ALGO ACONTECEU".....E AI VOCE ABRE OS OLHOS E SO ENTAO VAI OBSERVAR O QUE ESAT AO SEU REDOR, PARA PERCEBER AS DIFERENCAS.

ENQUANTO ESSE 'ALGO' NAO ACONTECE, VOCE ESTA SO IMAGINANDO.

DEPOIS QUE ESSE 'ALGO' ACONTECE....VOCE ESTARA PROJETADO, NAO HAVERA DUVIDAS QUANTO A ISSO.

NO MEU CASO, como achei que precisaria passar as proixmas horas fazendo isso, nao dei muita atencao ao detalhes, nem vi essa parte de 'fechar os olhos', eu ainda deitado visualizei o quarto todo, como se estivesse com a luz acesa, tudo normal, e me imaginei sentando e vendo os detalhes do quarto do ponto de vista de uma pessoa sentada, entao deitava de novo e repetia...so que deu certo na segunda sentada, me pegou totalmente de surpresa e acabei voltando abruptamente....

Entao talvez o melhor seja mesmo se manter de "visualizacao fechada" digamos assim, e so tentar ver algo quando sentir que algo aconteceu, porque ai voce pode se preparar para abrir a visao, ao invez de tomar um susto ao pegar-se repentinamente sentado em astral, que foi o que aconteceu no meu caso.

ENTAO, QUE FIQUE CLARO:

A IMAGINACAO ESTARA SENDO USADA APENAS PARA INDUZIR A SEPARACAO, A EXPERIENCIA APOS A SEPARACAO NAO E' IMAGINARIA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Viagem Espiritual (Soul Travel)

Publicado em 9 de maio de 2012 por Duende

Por E. A. Koeting

Traduzido por Andreas Noleto

Você já se sentiu cansado deste mundo? Como se ele houvesse se tornado chato ou previsível?

A projeção astral é a chave para encontrar seu verdadeiro lugar no Universo. Descubra como viajar para mundos espirituais e aprender segredos mágicos que quase ninguém sabe…

A Melhor Maneira de Obter Sucesso em Viagem Espiritual

E se você pudesse ir à qualquer lugar que quisesse, em um piscar de olhos? Onde você iria?

Você pode ir lá, agora. Você não tem que comprar passagem ou entrar em seu carro e dirigir.Tudo o que você tem que fazer é sentar em uma cadeira, ficar confortável, e viajar pelo mundo em um corpo espiritual.

Palavras como “Projeção Astral” e “Experiência Fora do Corpo” tem sido pupulares na cultura mística nos ultimos dez ou vinte anos, mas nada disso é novidade.

Na verdade os antigos profetas, feiticeiros e mestres espirituais praticavam e ensinavam vários métodos de viagem fora do corpo.

Eu estudei todos estes métodos. Tenho praticado todos estes métodos. Eu dissequei-os de dentro para fora, descobri o que funciona e o que não funciona, e desenvolvi um sistema garantido que funciona sempre.

Chamo este sistema de Viagem Espiritual (Soul Travel)

soul_travel_1a_265.png

Viagem Espiritual difere de Projeção Astral pois projeção astral somente o leva para o plano astral, que é apenas um dos incontáveis planos de existência espiritual.

Viagem Espiritual lhe permite viajar SEM LIMITES em qualquer plano ou estado que desejar.

Viagem espiritual difere de Experiência Fora do Corpo pois a Viagem Espiritual é completamente SOB SEU CONTROLE.

Você não precisa ter medo de não conseguir voltar ao corpo, ou de perder-se nos mundos etéreos. O sistema de Viagem Espiritual é sem falhas.

Então, como você pode viajar AGORA?

1. Quero que você olhe para cima fora desta página, para sua parede. Na verdade, eu quero que você olhe para a linha onde a parede se conecta com o teto.

Seus olhos automaticamente vão se focar naquele ponto, trazendo uma visão clara. Quero que relaxe sua mente, e relaxe seus olhos, e “puxe” um pouco para trás a profundidade da sua visão.

Você pode fazer isso imaginando que há uma folha de vidro ou plastico transparente à cerca de meio metro de distância daquele canto, separando você da junção da parede e teto. Finja que você está olhando para a folha transparente.

Sua profundidade de visão irá ajustar-se automaticamente, e a linha entre o teto e a parede vai borrar.

2. Mantenha o foco nesta folha transparente imaginária, e depois de apenas uns dois ou três minutos você vai começar a ver algo surpreendente:

O véu entre o mundo espiritual e o mundo físico vai ser levantado.

Primeiro, você verá o que chamo de “Chuva Estática”. Isto é basicamente como gotículas de chuva cintilante congeladas no ar na sua frente. Este fenômeno visual irá aumentar até que veja estática ao seu redor.

Você pode encontrar-se sentindo um pouco tonto, vertigem, ou fora de equilíbrio. Este é um sinal do seu sucesso! Suas ondas cerebrais estão se movendo da atividade consciente para uma espécie de super-consciência.

soul_travel_1b_265.png

3. É neste ponto que, enquanto você mantiver sua visão fora de foco e suas ondas cerebrais em estado Theta super-consciente, você será capaz de levantar-se para fora do corpo e andar pelo quarto.

Isto precisa ser feito em uma expiração/exalação. À medida que você exala o ar, mova-se para fora.

Assim que estiver fora de seu corpo, vá para aquele lugar que você queria ir.

4. Quando você voltar, faça novamente, e vá à algum lugar novo.

Você pode até mesmo ir além do mundo físico, em mundos espirituais. Você pode se juntar com anjos, demônios, mesmo os deuses.

Tudo o que você tem à fazer é sentar em uma cadeira, ficar confortável, e viajar por todo mundo, por todo o universo, ou além do espaço e do tempo, em um corpo espiritual.

Você pode começar a usar estes simples passos para Viagem Espiritual AGORA MESMO!

Erros que atrapalham uma Projeção Astral

Imagine por um momento que você está sentado em sua poltrona mais confortável. Os ombros e cotovelos caídos enquanto você relaxa. Seu queixo cai para o peito enquanto seu pescoço relaxa. Seu estômago se desata, as frustrações do dia fluindo para longe. Então você, também, começa a flutuar… Fora do seu corpo, longe de sua cadeira. Além do plano físico.

soul_travel_2a.png

ESTALO!

Antes mesmo de saber o que aconteceu, você está sentado. Ombros levantados até as orelhas. Olhos arregalados, vasculhando o quarto. Seu estômago tenso.

Bem vindo à primeira falha em experiências fora do corpo para a maioria das pessoas.

O segundo erro mais comum em projeção da consciência para fora do corpo é que as pessoas vão sentar em suas cadeiras, a testa enrugada de concentração, olhos fechados espremidos, palmas das mãos suando.

Focando. Concentrando. Visualizando.

E então, NADA.

Nenhuma dessas precisa ser a SUA experiência, no entanto.

Alguns macetes irão garantir que você seja capaz de decolar das restrições físicas sem esforço, graciosamente e, acima de tudo, com SUCESSO.

1. A maioria das pessoas que tentam Viagem Espiritual ou Projeção Astral realmente quer ter a experiência de deixar seus corpos.

Quero dizer, eles REALMENTE querem ter essa experiência.

Embora esse desejo intenso seja o que impulsiona as pessoas a agir, ele também cria uma enorme quantidade de tensão. Essa tensão cria uma espécie de “medo de palco” ou ansiedade de desempenho.

É como finalmente ser capaz de ir a um encontro com aquela pessoa que você sempre sonhou durante anos. Você está tão ansioso, quer tudo tão perfeito, que praticamente está garantindo que vai derramar seu copo de vinho sobre a mesa ou gaguejar incompreensivelmente.

Voltando aos amigos, pais ou irmãos com esse problema, qual é o conselho que eles dão sempre?

RELAXE, e seja você mesmo!

Olha, vamos ser honestos: nenhum de nós é perfeitinho, mestres espirituais 100 por cento do tempo. Eu não sou. Meus mentores não eram.

Então, quando me sento para a Viagem Espiritual, ou para realizar coisas miraculosas do gênero, lembro a mim mesmo: “RELAXE, e seja você mesmo”.

Acomode-se em sua cadeira, vá através de visualizações e imaginações sensoriais para levar seu corpo ao estado de relaxamento, e se divirta com a experiência. Diga a si mesmo:

“Eu estou me divertindo com isso”

Traga a sua mente para a sintonia Theta/Gamma que permite a manifestação do miraculoso, e tenha diversão com todo o processo. Não se preocupe tanto em sair do seu corpo.

Assim que você liberar a sua ansiedade, vai descobrir que você também libera a sua alma das correntes que a prendiam ao corpo. E vai descobrir quem é o seu Eu, é um ser de poder inimaginável e habilidades incríveis.

2. Qual é o outro conselho que nossos mentores podem nos dar antes desta tão temida primeira vez?

“Não se esqueça de respirar!”

É realmente surpreendente como muitas vezes nos esquecemos de respirar, ou pelo menos esquecemos o quão poderosa nossa respiração é.

Quando você sentir seus corpos sutis ativando e quando sentir o inconfundível “puxão” para fora de seu corpo físico, dê uma longa e lenta exalação. À medida que o ar deixa o corpo, sua consciência também o deixa.

O que é essencial nesse momento é que você use a sua inspiração para solidificar a sua presença FORA do seu corpo.

Você pode visualizar desta maneira: Sua exalação empurra-o para fora de seu corpo; Sua inspiração trás poder e luz para o seu eu espiritual fora do corpo.

Uma vez que você aprender a usar a respiração, você pode ir tão longe e tão alto quanto desejar!

5 Etapas Para Acessar os Planos Mágicos Superiores

Uma vez que você se educar em como acessar os três poderes divinos (divinação, evocação e viagem espiritual) através do e-book “Become a Living God”, você será capaz de projetar sua consciência para fora do corpo à vontade!

Assim, você pode visitar qualquer pessoa ou lugar em uma fração de segundo.

Você pode flutuar ao redor do mundo físico, obter informações, observando situações e pessoas, e ver o mundo como uma mosca na parede.

Mas, acredite, isso fica chato, e rápido.

Além das fronteiras do plano físico há uma realidade espiritual em camadas, onde demônios e anjos e espíritos colidem, onde milhares de deuses se misturam, e onde os viajantes como você podem ir para a realização de sua verdadeira identidade como um ser ILIMITADO.

Mas, como você chega lá?

Como você vai deste mundo de carne e substância aos multiplos reinos espirituais?

Aprenda Como Acessar Mundos de Possibilidades Ilimitadas

Vou dar 5 ótimas dicas que são garantidas para abrir essas portas para você. E, uma vez que você encontrou uma rachadura entre os mundos, a coisa toda vai se abrir.

1. Ache Um Portal

Existem portais entre os mundos, especificamente entre o plano físico e o plano astral, ao nosso redor. Alguns deles são “pontos fracos” naturais, onde o véu que separa o físico do espiritual é mais ou menos desgastado.

A maioria das pessoas já passou por esses portais uma ou duas vezes acidentalmente. Um certo lugar onde se sente frio, umidade, ou mesmo um vácuo, em contraste com o ambiente. E depois de alguns passos, suas sensações voltaram ao normal.

Outros locais podem ser mais quentes, ou mais pesados. Alguns lugares me fizeram sentir até que estava debaixo d’água.

Locais que são notoriamente “assombrados”, ou são marcos de ocorrência sobrenatural, tais como avistamento de OVNIs ou materializações espirituais, são pontos fracos onde as coisas de outras dimensões podem se esgueirar para o mundo físico.

Cemitérios muitas vezes são pontos fracos, especialmente os mais antigos.

Tudo o que você tem que fazer é se projetar para fora do corpo, viajar para a localização de um ponto fraco, e você verá o que muitas vezes aparece com um buraco entre os mundos, um ponto de luz brilhando através de um rasgo no tecido da nossa realidade. Viaje através da rachadura, e você se encontrará em uma realidade muito diferente de tudo que você poderia encontrar na terra.

No entanto, tenha cuidado ao fazê-lo em certos lugares, como cemitérios, pois o reino dos espíritos é imenso, e certas passagens conduzem para áreas específicas. E algumas dessas áreas podem ser bem assustadoras.

soul_travel_2b.png

2. Encontre um Guia

Enquanto viaja para fora do corpo, você pode notar que há pessoas presentes que te observam.

Ou você pode ver certos animais, espíritos, ou seres sobrenaturais que aparecem com mais frequência que outros, e então desaparecem.

Quando você se deparar com um ser que está em estado de projeção, inicie uma conversa com ele.

É realmente fácil assim.

Você será capaz de discernir muito rapidamente se é alguém em quem você pode confiar ou não. Se for, então você pode pedir-lhe que te mostre os Planos Superiores.

Isso muitas vezes leva a uma educação muito profunda sobre viagem espiritual, e sobre espiritualidade como um todo.

3. Siga Uma Estrela

Muito parecidos com os pontos fracos entre os mundos nesta Terra, os planetas, luas e estrelas são “Pontos Fortes”, objetos espiritualmente gravitacionais que podem atuar como Portais Astrais.

Pesquise as várias estrelas e planetas, e decida para qual deles gostaria de viajar.

Lembre-se que os antigos astrólogos sabiam o que estavam falando! Os significados das estrelas e dos planetas atribuídos pela astrologia lhe darão uma boa idéia da área dos mundos espirituais para onde cada estrela ou planeta irá levá-lo.

Em outras palavras, não vá voando para o Portal de Saturno à menos que você queira estar no proibido, o secreto, e muitas vezes o Escuro.

4. Cheque os Pontos de Referência

Uma questão que muitas pessoas tem é que eles são capazes de viajar para uma região da realidade espiritual uma vez, talvez mesmo acidentalmente, mas não conseguem voltar lá novamente.

Se isso acontecer, tudo o que têm a fazer é lembrar todos os pontos de referência específicos, objetos ou estruturas que você viu quando quando estava lá.

Mantendo essa imagem em sua mente quando se projeta, você verá que no instante em que deixar seu corpo, você não estará mais no quarto, mas estará de pé em frente ao objeto!

5. Faça Seu Próprio Caminho

“Quando não existe um caminho, FAÇA UM!”

Muitos grimórios dão imagens detalhadas de portais astrais e símbolos que podem ser usados para acessar partes específicas do plano astral.

Pesquise o portal e para onde ele o leva, se estiver confortável com isso, então vá!

Normalmente, tudo o que tem à fazer é inscrever o portal no chão abaixo de você, traga-o à vida através de rituais simples de consagração, e projete a sua consciência para fora do corpo quando estiver dentro do portal inscrito!

Sentindo Medo do Desconhecido? Minha Solução

Vou lhe dizer uma coisa que poucas pessoas sabem sobre mim:

Tenho medo de me perder.

Claro, ninguém gosta de se perder. Mas eu fico apavorado até mesmo só de pensar em me perder. Isso instantaneamente me dá um ataque de ansiedade. Fico com dificuldade de respirar, meu peito fica apertado, tenho vertigens.

Eu viajei pelos Estados Unidos, e voei pelo Oceano Atlântico para outros países. Eu posso entrar no meu carro e dirigir para lugares onde nunca estive antes. E toda vez, sem falha, se o mapa se desvia minimamente do que estou vendo na estrada, ou se os pontos de referência não são tão óbvios quanto eu esperava, o pânico se instala.

Depois de anos viajando, aprendi a controlar esse medo, respirar, pedir por informações, ou confirmar se estou no caminho certo. Mas o medo ainda está lá.

Eu poderia passar algum tempo falando sobre traumas de infância que talvez possam ter causado tal fobia, mas este artigo não é sobre isso.

Eu estava de mudança pra Green Bay (Wisconsin), muitos anos atrás. Eu era jovem, e sempre pareceu ter fogo sob meus pés, então eu poderia colocar todas as minhas coisas em duas malas e pular em um ônibus para qualquer destino adequado às minhas fantasias.

Comportamento estranho para quem tem pavor de ficar perdido, mas fui levado a explorar o mundo.

Conversando com um amigo em Green Bay que tinha ido me encontrar na rodoviária quando cheguei, confidenciei este medo à ele. E ele riu, supondo que eu só poderia estar brincando.

Eu não estava.

“Deixa eu ver se entendi direito”, disse ele, ainda rindo. “Você não tem problemas em sair fora do seu corpo, além do espaço e do tempo, através de labirintos astrais e paisagens etéreas, e isso não te incomoda? Mas, entrar em um ônibus e deixar o motorista te levar à apenas meio caminho através do EUA te deixa frenético?

Isso resume tudo.

Mas a conversa me fez pensar.

Porque os dois são tão diferentes? O que é único sobre Viagem Espiritual que faz isso parecer mais seguro para mim?

Ao considerar essas perguntas, cheguei à algumas boas respostas.

Estas podem ajudá-lo em suas próprias viagens através do espaço e do tempo, através de labirintos astrais e paisagens etéreas.

1. Seu corpo físico e seus corpos energéticos estão intrinsecamente conectados. A maioria das pessoas reconhece que essa ligação é através de um cordão de prata, unido ao plexo solar.

Um fato pouco conhecido é que seus chacras, ou centros de energia, também estão ligados ao seu corpo físico e seus correspondentes órgãos físicos.

Enquanto as conexões tanto através do cordão de prata quanto através dos chacras PODEM ser temporariamente removidas, para uma permitir uma maior liberdade em viagens. Isso normalmente não é feito até alguns anos de experiência em viagens espirituais, e fazer isso é um processo muito consciente e intencional.

Assim, com o cordão de prata e os chacras intactos, você automaticamente retorna ao corpo.

Isso seria como um sistema de GPS que instantaneamente transporta seu carro e passageiros de volta para a garagem se você se perder.

2. Além das conexões fisico-energéticas, o fato sólido e permanente é que, no momento, seu corpo é seu lar. É para onde naturalmente deseja retornar.

Eu tive alguns incidentes no meu tempo, quando fiquei fora do meu corpo por mais tempo do que o normal e comecei a temer que não fosse capaz de encontrá-lo novamente.

No entanto, mesmo no mais profundo estado de viagem espiritual, você ainda pode sentir seu corpo. Seu cérebro ainda está em seu corpo recebendo os dados que sua consciência incorpórea está contactando. Você ainda pode sentir estímulos e movimentos, embora eles vão estar no fundo da sua consciência, enquanto você está projetado.

Então, tudo o que você tem à fazer é abrir seus olhos, e estará em seu corpo!

Seria como bater seus calcanhares juntos para voltar para casa, não importa o quão longe tenha viajado!

fonte: http://becomealivinggod.com/soul-travel

http://www.divagacoes.org/viagem-espiritual-soul-travel/

Share this post


Link to post
Share on other sites
O E.A. usa uma técnica meio que idêntica a essa do tópico.

É só pra complementar o tópico já que também é viagem da alma! :mrgreen:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado jonathas, as técnicas passadas pela Phul e pelo Sandro são semelhantes em pontos ,decisivos, mas cada um tem uma particularidade. Mas realmente, muito interessante Phul dizer sobre viagem da alma e E.A.Koeting Usar praticamente o mesmo termo; Viagem Espiritual. Obrigado pelos posts.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o EA evoca muito, acho que alguns espíritos ensinaram coisas para ele também.

Mas me lembro de ter visto o termo viagem da alma em outros lugares também, talvez seja um termo mais ocultista.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando eu conseguir vou tentar ir no sol, depois para o centro da galaxia e depois procurar vida em outros planetas tipo starwars... dahora se existisse um yoda por esse universo afora!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gabriel, achei bastante interessante essa técnica obrigado por compartilha-la, me interessei bastante sobre esse assunto de evocação, sempre pensei se era possível evocar algum espirito.. mais não sei nada sobre isso, alguém poderia me instruir sobre como começar? :D

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabriel, achei bastante interessante essa técnica obrigado por compartilha-la, me interessei bastante sobre esse assunto de evocação, sempre pensei se era possível evocar algum espirito.. mais não sei nada sobre isso, alguém poderia me instruir sobre como começar? :D

O E.A. Koetting estará vendendo um Tomo de magia até dia 31 de deste mês...

Pode ter certeza que será o livro mais poderoso feito até hoje na Terra. Não estou puxando o saco dele também, mas o trabalho realmente ficou MUITO BOM.

Vai ser entregue para todos lugares do mundo também, mesmo vindo dos EUA.

Eu já comprei minha cópia. A entrega prevista é fevereiro/13

Share this post


Link to post
Share on other sites
Como invocar seres como esse Phul?

achei massa

tem algum tópico ensinando

desculpa não procurar, mas é q minha net ta mto ruim :(

Tenho um livro aqui, quer? Mas está em inglês.

Quero sim

I speak english ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
imdavid5000 disse:
Nitrous disse:
imdavid5000 disse:
Como invocar seres como esse Phul?

achei massa

tem algum tópico ensinando

desculpa não procurar, mas é q minha net ta mto ruim :(

Tenho um livro aqui, quer? Mas está em inglês.

Quero sim

I speak english ;)

Mc....

.....

........obviamente conta uma evocação de um demônio e explica indiretamente como fazer)

:mrgreen:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu fiz upload de 5 livros. Os livros foram scanneados e estão em pdf.

.Baneful Magick

.Evoking Eternity

.Works of Darkness

.Kingdoms of Flame :SRCE

.Book of Azazel: Grimoire of the damned

.The Spider and the Green Butterfly

 

Estes livros vão te deixar ocupado por um bom tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Me sinto criança vendo esses tópicos antigos... As coisas são mais complicadas e simples do aparentam ser! kkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.