• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Kenny

Problemas espirituais X Problemas mentais

Recommended Posts

Olá amigos, tudo bem?

Ultimamente tenho passado maus bocados por conta de problemas pessoais e gostaria de uma ajuda de vocês.

Eu vivia com uma pessoa que conhecia pela internet por muitos anos e acabamos ficando juntos muito rápido depois que nos conhecemos pessoalmente. Sou uma pessoa decidida do que quer na vida e nada mudou pra mim, não medindo esforços para trazê-la para perto de mim.

Bom, indo para a parte importante, tenho uma amiga/mentora/segunda mãe que é médium e já realizou trabalhos fantásticos por desencarnados durante toda sua vida.

Quando levei a pessoa que estava comigo para conhecê-la, ela ficou encantada e até perguntou quando a primeira de nossas filhas viria e tudo mais. Disse ainda para minha prima que finalmente eu tinha achado a pessoa certa, que não seria fácil mas que seríamos felizes juntos.

Um adendo importante é que essa amiga/mentora/segunda mãe NUNCA havia se manifestado sobre meus relacionamentos, nem para bem, nem para mal, e possui uma grande credibilidade nas coisas que fala.

Pouco mais de um mês depois, a pessoa que estava comigo fugiu para a cidade dela, dizendo que era insuportável ficar do meu lado e me acusou até mesmo de tentar sequestrá-la e fazê-la de refém dentro de nossa própria casa, que por um acaso divido com meus pais.

Todos que nos conhecem sabem que o que ela disse não faz o menor sentido, que viam ela feliz quando vinham aqui e sabiam que eu jamais faria qualquer coisa para machucá-la.

Pois bem, a minha credibilidade chega ao ponto dos próprios pais dela confiarem em mim e se desculparem por todo o papelão que ela aprontou, pois muito desgaste financeiro, sentimental e psicológico ocorreu com essa atitude irresponsável dela. A mãe dela inclusive me abraçou chorando dizendo que torce para que eu encontre alguém que me mereça, pois sou uma pessoa muito íntegra.

Chegando aos finalmentes: aos olhos de todos que viram a situação, ela é uma desequilibrada mental. Mas EU não quero acreditar nisso. Ambos temos conhecimento sobre espiritualidade e sabemos bem sobre o assunto e a impressão que eu tenho é que algo possa estar acompanhando ela e levando a fazer essas coisas horríveis que fez.

O que fazer? Meus amigos insistem que ela tem problemas mentais, que a atitude não é normal. Como posso fazê-los entender o que eu sinto ser a verdade, que o problema é espiritual e não mental? Como fazer ela também "acordar" e ver a realidade, e com isso parar de fugir de uma vida que ambos estavam comprometidos em viver juntos?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Apenas uma opiniao ok? Nao leve muito a serio o que vou dizer:

As vezes a pessoa carrega um obsessor antigo, com quem ela tem uma relacao muito forte, e o sujeito e' ciumento.

Eu soube de um caso, por uma amiga, em que o obsessor tetnou matar o marido de uma mulher, por ciumes dela.

A relacao entre obsessor e obsediado e' de natureza hipnotica: ela vai ver e concluir coisas que lhe parecerao logicas, mas que foram implantadas pelo obsessor.

Nao creio que voce possa competir com isso, se for esse o caso. Melhor seria talvez tentar aconselha-la a procurar algum grupo de desobsessao, para eles verem se de fato ela tem alguem ligado a ela. Se tiver, e ele puder ser demovido/removido, talvez entao ela sozinha possa ver sua propria irracionalidade.

Mas num caso assim creio que o relacionamento de voces deve ficar em segundo plano, ou seja, nao foque na questao que ela precisa investigar isso para que voces tenham uma vida juntos, mas que ela precisa checar isso pelo bem dela mesma, porque se tiver alguem assim atuando sobre ela, vai perturbar todos os relacionamentos que ela vier a ter.

Mas se ela resolver, e a cabecinha voltar ao normal, entao ela estara livre para reavaliar muita coisa, e no pacote de revisao pode repensar a atitude dela em relacao a voces.

Talvez na historia de vida dela ela ja tenha jogado fora outros bons relacionamentos devido a isso, e deve ter uma longa historia de os homesn semrpe tratarem ela de uma certa maneira, porem todos os casos podem ter sido fantasiosos, como o seu. So ela pode avaliar isso, e a importancia ou nao de procurar ajuda.

Mas repito: coloque o seu interesse nisso em ultimo plano, ou ela vai interpetar seu interesse em que ela procure ajuda como mais uma forma de voce tentar "dominar" ela, e ai' mesmo e que nao vai procurar nada, continuando presa a essa dominacao mental, CASO SEJA ESSA A CAUSA.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho, que aquele que mais conhece a moça é você, antes de tudo siga o seu coração.

==============================================================

http://www.tvcei.com/portal/doencas-da- ... 42100.html

Apenas posso aconselha-lo.

Consulte um terapeuta holistico de preferencia com saber espiritual.

Segunda, opção é dependendo do nivel de conhecimento dela, veja se ela não está alucinada ou desenvolvendo algum problema psiquico por mediunidade não trabalhada.

Terceiro, ache um centro espirita serio, de preferencia com tratamento intercessorio ou seja que devido a falta de "locomoção" ou "resposta mental" voce seja a ponte do tratamento espiritual da moça, mas é interessante ter em mente que se ela não quiser melhorar, dificilmente vai.

Reze muito por ela, peça toda noite e toda hora que a lembrança dela vim até você. Se revista do manto da caridade e do amor e leve até ela essas energias, combine com os familiares dela para tentar realizar preces no lar deles.

Quarto, faça uma consulta espiritual e veja se consegue um melhor direcionamento para seu problema.

mensagens-para-facebook-jesus-amigo.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Apenas uma opiniao ok? Nao leve muito a serio o que vou dizer:

As vezes a pessoa carrega um obsessor antigo, com quem ela tem uma relacao muito forte, e o sujeito e' ciumento.

Eu soube de um caso, por uma amiga, em que o obsessor tetnou matar o marido de uma mulher, por ciumes dela.

A relacao entre obsessor e obsediado e' de natureza hipnotica: ela vai ver e concluir coisas que lhe parecerao logicas, mas que foram implantadas pelo obsessor.

Nao creio que voce possa competir com isso, se for esse o caso. Melhor seria talvez tentar aconselha-la a procurar algum grupo de desobsessao, para eles verem se de fato ela tem alguem ligado a ela. Se tiver, e ele puder ser demovido/removido, talvez entao ela sozinha possa ver sua propria irracionalidade.

Mas num caso assim creio que o relacionamento de voces deve ficar em segundo plano, ou seja, nao foque na questao que ela precisa investigar isso para que voces tenham uma vida juntos, mas que ela precisa checar isso pelo bem dela mesma, porque se tiver alguem assim atuando sobre ela, vai perturbar todos os relacionamentos que ela vier a ter.

Mas se ela resolver, e a cabecinha voltar ao normal, entao ela estara livre para reavaliar muita coisa, e no pacote de revisao pode repensar a atitude dela em relacao a voces.

Talvez na historia de vida dela ela ja tenha jogado fora outros bons relacionamentos devido a isso, e deve ter uma longa historia de os homesn semrpe tratarem ela de uma certa maneira, porem todos os casos podem ter sido fantasiosos, como o seu. So ela pode avaliar isso, e a importancia ou nao de procurar ajuda.

Mas repito: coloque o seu interesse nisso em ultimo plano, ou ela vai interpetar seu interesse em que ela procure ajuda como mais uma forma de voce tentar "dominar" ela, e ai' mesmo e que nao vai procurar nada, continuando presa a essa dominacao mental, CASO SEJA ESSA A CAUSA.

Amigo, suas palavras foram um bálsamo para minha alma! Tudo se encaixa!

Quando ela fugiu, deixou praticamente tudo para trás e demoraram semanas para vir buscar tudo. Eu não sou um stalker nem nada, mas na ânsia de procurar algo que a tivesse motivado a fazer isso, achei um caderno na gaveta do computador que ela usava... e lá estava escrito coisas como se ela estivesse conversando com "alguém". Não um "querido diário" ou algo do tipo, mas alguém MESMO! Ela maldizia todos ali, seus familiares principalmente, e dizia que só poderia confiar "nele".

Poxa, é mais grave do que eu imaginava... tudo faz sentido agora... o problema é que ela não quer falar comigo de jeito nenhum. Fui rude? Claro que fui! Eu fui abandonado depois de gastar todas minha economias para dar conforto a ela e fazer todas as suas vontades! Eu vivia praticamente para agradá-la e mesmo assim, nada era o bastante e, qualquer coisa que não saísse como ela queria, ela dizia que EU queria tudo do meu jeito e que ela não conseguia nada.

Só tem um problema: a única pessoa próxima a ela que eu posso conversar é a mãe dela, mas a mãe dela é evangélica. Como posso falar de um obsessor com uma pessoa evangélica?

É triste... vejo uma pessoa que amo tanto agindo dessa maneira, e nem tem noção do que está fazendo... e não sei como ajudá-la! De qualquer maneira, consegui um pouco de "paz" agora, porque até agora, ninguém tinha entendido tão bem a situação como você entendeu e soube exatamente o que eu quis dizer como você soube.

Obrigado, amigo! Espero conseguir encontrar uma maneira de ajudá-la, mesmo que de longe... aceito sugestões de todos aqui, não me fecho a nenhuma possibilidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, se a mae dela gostava de voce, eu sugerira que tentasse descobrir como foram os outros relacionamentos dela antes de voce.

Se descobrir que ela sempre teve boa gente como namorados, mas que sempre achava pelo em ovo e jogava bons relacionamentos fora, pode tentar levar a conversa para influencia demoniaca, no sentido que entidades negativas estimulam paranoia e discordia entre os homens e essa poder ser a causa dos problemas nos outros relacionamentos dela.

A mae dela pode resolver levar em consideracao a hipotese, e pedir que ela va na igreja dela, ou inclui-la em algum "grupo de oracao" dentro da igreja dela. Entao, se descobrirem algo atuando nela, que vao chamar de demonio, claro, PODE SER que consigam tirar.

Tirando, se for uma experiencia legitima, ela pode se livrar disso....mas pode ficar totalemtne fanatica, por "gratidao a Jesus" e terminar de qualquer forma se mantendo afastada de voce, que talvez passara a ser visto como um "homem do mundo", mas ela pode achar seu caminho com alguem ja dentro da igreja.

O importante 'e que ela se livre disso, mas o resultado pode nao incluir voce na equacao.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu nem penso em mim mesmo fazendo parte da equação agora... eu só queria que ela ficasse bem, que ela se livrasse disso... como eu disse, ninguém entendeu a atitude ela, nem a família. A mãe dela disse que ela vive fugindo de tudo, faculdade, família... é um modus operandi comum pelo que ela falou.

Fico realmente triste com isso, pq quero o bem dela acima de tudo. Eu não sei se a mãe dela me ouviria e sei também que ela é bastante rebelde com relação a igrejas e tudo mais, pq foi "forçada" a ir quando era mais nova.

Será que, como nosso outro amigo disse acima, eu conseguiria fazer algo por ela entrando para algum grupo daqui mesmo de minha cidade?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, consegue.

Mas eu pessoalemtne acho preocupante atuar sobre outra pessoa assim pelas costas.

Vamos inverter: ja pensou se a historia fosse ao contrario e a mae dela resolvesse incluir o teu nome num grupo de oracao da igreja dela , para "te ajudar" ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não pensei em incluir o nome dela em um grupo de igreja e sim conversar com minha amiga que é médium e ver o que fazer. Não teriam estranhos envolvidos e seria unicamente para o bem dela, sem afetá-la socialmente falando.

E como você mesmo disse: se eu tentar falar com ela, pode pensar que estou tentando "controlá-la" ou coisa do tipo.

De qualquer forma, não ligo que passem meu nome para algum grupo de igreja rezar... se for para o bem, não vejo problemas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E' que as vezes a pessoa acha que e' para o seu bem, e acaba botando os "contatos espirituais" da igreja dela na sua cola.

Dependendo de quem sao REALMENTE esses contatos, nenhum bem resultaria disso, por melhores que sejam as intencoes de quem faz isso. Entao, como regra geral, nunca e' bo deixar um grupo desconhecido incluir a gente no seu foco de atencao.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E' que as vezes a pessoa acha que e' para o seu bem, e acaba botando os "contatos espirituais" da igreja dela na sua cola.

Dependendo de quem sao REALMENTE esses contatos, nenhum bem resultaria disso, por melhores que sejam as intencoes de quem faz isso. Entao, como regra geral, nunca e' bo deixar um grupo desconhecido incluir a gente no seu foco de atencao.

Sandro e que tal usar a "magia"? Digo, conheces aquele sistema de amuleto e talismã... Talvez se ele criar um objeto "protetor" e pedir para a mãe dar para a filha usar ... Mas, creio que se o Sandro não citou é porque não convém .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Numa familia onde tem evangelicos, eles acharaim que isso seria coisa do demo, ehehehe. Alem disso, se existe essa relacao dela com algum obsessor, como ele cita no caso do diario, essa uniao seria mais forte que outros elementos externos.

Uma coisa e' um sujeito do outro lado se invocar com voce, por algum motivo generico, outra bem diferente e' voces serem parceiros de longa data (essa entidade pode ser o amiguinho invisivel dela desde que ela era crianca, e portanto, de antes desta vida). Nao creio que metodos genericos, como objetos preparados magicamente, pudessem atuar num caso assim. Me parece que esse e' um caso em que a ruptura tem que partir da vitima, ou do proprio obsesosr, caso eel pudesse ser convencido de que sau influencia nao e positiva, porque a menos que essa entidade fosse aprisionada de onde nao pudesse sair por um bom tempo, qualquer outra atitude de defesa mais provisoria nao barraria a propria vitima de chama-lo de volta ao menor estresse psicologico, pois se sente segura na presenca dela.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kenny, li seu relato e tive a mesma conclusão que o Sandro, exceto na parte que diz respeito aos grupos de oração das igrejas e aos "contatos" espirituais dessas igrejas ficarem "na cola" de alguem.

Não podemos afirmar de certeza, mas é muito provavel que o caso seja tal e qual o sandro falou, um caso antigo de obssessão. Como vc mencionou um diario no qual ela falava com um tal "ele", parece haver mediunidade pelo meio, o que explica a mudança brusca de comportamento.

O diagnostico parece estar completo. Só falta o tratamento.

Vc disse que estava aberto a todas as propostas, e a minha proposta é ORAÇÃO. Vamos explicar como funciona então.

Em primeiro lugar, não existe nenhuma contra-indicaçãozinha sequer pra oração. Se vc tem a amizade da mãe dela e sevc gosta da garota... e se vc confia em Deus, vc poderia perfeitamente orar junto com a mãe dela pra o bem da moça. A mãe dela já deve ta orando... Acho que vc devia fazer o mesmo.

Tou recomendando isso pq tenho visto na minha familia o poder da oração. Resolve sim, dá resultado sim. Se vc tem um coração grato e humilde diante de Deus ele te ouve rapidinho e faz mesmo acontecer.

O que eu mais recomendo é a oração, mas essa ferramenta pode ser associada a quaisquer outras.Por exemplo, vc disse que tem uma guia ou mãe. Sendo ela da umbanda ou do espiritismo ou seja do que for, peça pra ela consultar as entidades pra explicarem pra vc como vc deve agir. As entidades vão te dar o diagnostico com mais certeza e podem tbm te dar um norte, uma estrategia a seguir.

Achei muito massa seu comportamento em dizer que podia ate não estar envolvido "na equação", mas que so queria ver a garota bem... Isso chama-se amor.

E colega, o amor é o BEM SUPREMO. Vc pode libertar essa moça! Corra atrás!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agradeço pelo apoio, meus amigos.

Estou fazendo minhas orações e procurarei lidar com isso da melhor maneira possível. Me dói não poder nem conversar com a pessoa, mas se em meu silêncio em relação a ela for capaz de ajudar mesmo assim, pra mim é o suficiente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom... voltei para dizer que vocês estavam certos...

Recentemente descobri que a pessoa teve ligações perigosas com "deuses" de baixo calão.

Eu não sou uma pessoa doutrinada espiritualmente falando então meu contato com os espíritos resume-se até então a apenas senti-los por perto.

Como o sentimento estava constante, resolvi procurar ajuda de quem sabe muito mais do que eu e, no final das contas, dois espíritos estavam tentando falar comigo e me avisar sobre a pessoa em questão.

No começo foram palavras separadas que eles disseram para a pessoa que fui visitar: pano vermelho, champagne, maço de cigarros intocado, 7 moedas e - para meu terror - sangue.

Os espíritos também disseram que esse material foi usado em um "ritual" e a pessoa que era próxima a mim fazia parte do mesmo, mas não souberam informar se ela era a pessoal principal ou coadjuvante do ritual.

O que quer que tenha sido feito, selou um contrato com um Exu (ainda palavra dos espíritos) e pelo que foi dito, ela não estava cumprindo com a parte dela no "contrato" e por isso nossa convivência foi miserável.

Eu tinha deixado passar pequenos detalhes da época de nossa convivência mas que começaram a fazer mais sentido depois disso tudo.

Mais ou menos uma semana depois que ela tinha vindo morar comigo, ela torceu o tornozelo de uma maneira quase impossível, descendo um degrau minúsculo entre a cozinha e sala. Era como se alguém tivesse apertado seu tornozelo para causar aquilo. Poucos dias depois, com o tornozelo já recuperado depois de eu realizar massagens diárias, ela quase torceu DE NOVO o tornozelo no MESMO lugar. Não estou falando de uma pessoa estúpida que vive caindo, tinha algo tentando machucá-la.

Somei isso a mais problemas de saúde que ocorreram: ela se sentia mal constantemente, tinha cólicas menstruais absurdamente fortes e chegou a ter até problema nos rims... isso tudo em menos de 2 meses.

Por fim tem as torneiras de casa, que ou vazavam ou estouravam a tubulação dentro da parede sem causa aparente.

Sabem a história de "tentar sequestrá-la" e fazê-la se sentir presa? Pois bem, esse medo todo que ela desenvolveu por mim também está ligado a esse ritual.

Ainda na primeira visita que fiz a essa pessoa que me informou tudo, fui informado pelos espíritos que preciso ir até um roncó para limpar o que foi deixado para trás, pois mesmo ela tendo ido embora, coisa pesada ficou comigo... e naquela noite eu senti de verdade que tinha mexido em um vespeiro.

Fiz uma limpeza com água e sal grosso em todos os cômodos da minha casa, mas não ajudou... acho que isso piorou, pois acordei no meio da noite sendo PISOTEADO pela entidade que ficou para trás em minha casa... as dores que senti no dia seguinte mal me deixaram trabalhar. Liguei para a pessoa que estava me ajudando e ela pediu para eu ter calma e que enviaria ajuda espiritual para minha casa... e consegui ter paz por mais duas noites, mesmo que despertando várias vezes a noite, preocupado.

Então, em uma quarta-feira, a coisa ficou pior: estava navegando na internet e em um site em comum, vi fotos recentes dela. Para entender melhor essa parte, cabe uma explicação: tenho uma prima que é como uma irmã para mim e esteve presente comigo ouvindo tudo que ouvi sobre o que contei aqui. Pois essa prima depois desse dia passou a sentir fortes dores de cabeça toda vez que via algo relacionado a minha ex-noiva. Inclusive, ela foi mandar um e-mail para a mesma e uma caixa que estava firmemente armazenada em um lugar atrás dela se esborrachou no chão sem que ninguém tocasse nela.

Pois bem, explicada essa parte, vamos lá: depois de ver as fotos recentes da minha ex-noiva, senti aquela ponta de tristeza e saudade e, antes de dormir, orei e desejei que um dia as coisas pudessem se acertar novamente... e dormi. Acordei por volta das 3 da manhã sendo CHUTADO nas costas, cabeça e pescoço pela entidade novamente, mas dessa vez consegui vislumbrá-lo rapidamente ao me virar, enquanto ele entrava em um dos quartos. Tentei me levantar mas sentia muita dor e tremia, muito frio também. Fui me arrastando até o banheiro sem conseguir me mexer direito pela tremedeira e com dificuldade consegui lavar o rosto, mas a dor e o frio não passavam. Eu estalava os dentes de tanto tremer... o problema é que estava fazendo 32º naquela madrugada.

Consegui alcançar um edredon e me deitei, cobrindo todo o corpo, mas percebi que o frio não ia passar daquela maneira. A única coisa que me ocorreu para tentar melhorar a situação, que já tinha certeza que não ia resolver fisicamente, foi rezar um Credo, a oração que por anos conheço como "poderosa". O fiz em voz alta e chorando, pois tudo doía e com a tremedeira a dor era mais forte.

Ao término da oração, finalmente a tremedeira foi amenizando e sobrou apenas a dor, mas consegui voltar a dormir.

Gostaria de saber se algum de vocês aqui já passou por algo semelhante e como lidar com um Exu, pois foi assim que os espíritos descreveram o responsável por tudo que afetou e afeta a mim e a minha ex-noiva. Ela não sabe que está sendo afetada, segundo os espíritos... está sendo manipulada totalmente por esse Exu e distorce a realidade que ela vê...

No momento preciso primeiro me defender... já faz mais de uma semana que ele não me incomoda diretamente mais, apesar de sentir dores constantes no pescoço e costas.

Conto com a ajuda de vocês, meus amigos.

PS: Não sinto medo. Sinto raiva por uma entidade como essa estar destruindo a minha vida apenas... e muitas saudades e vontade de ajudar minha ex-noiva.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No momento preciso primeiro me defender... já faz mais de uma semana que ele não me incomoda diretamente mais, apesar de sentir dores constantes no pescoço e costas.

Conto com a ajuda de vocês, meus amigos.

PS: Não sinto medo. Sinto raiva por uma entidade como essa estar destruindo a minha vida apenas... e muitas saudades e vontade de ajudar minha ex-noiva.

ficar estressado achando q tem um espírito perdendo tempo com vc tambem pode fazer vc ficar sentindo essas dores... sentir raiva só vai te levar pra frequências baixas onde espíritos pesados atuam... dizem q a arma mais poderosa q a gente tem é o amor, se é q podemos chamar de arma :D ...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nenhum Exu "roubou" minha ex-noiva. Sério, para que falar de maneira chula desse jeito? O assunto é sério, não é um caso de dor de cotovelo, colega. Se não poder falar com seriedade, para que vir "trollar" dese jeito?

Achei que esse grupo estava livre de pessoas desse tipo, mas vejo que estava errado... espero que pessoas inteligentes e que sabem dialogar, como as que comentaram nesse tópico antes, sejam a maioria por aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já havia lido um texto parecido, Nitrous. ;)

Mas obrigado por compartilhar mesmo assim. Sei bem a diferença ataque psíquico objetivo e distúrbio psíquico subjetivo e sei também que boa parte da confusão acontece porque a pessoa "se impressiona" ou "fica na expectativa" de que algo aconteça.

Em nenhum dos casos eu esperava alguma coisa, até mesmo porque não tenho medo de nada disso, então sei muito bem o que aconteceu comigo.

Quando pedi ajuda aqui no tópico foi para entender melhor com funcionam os "acordos", entre outras coisas relacionadas e não ajuda para me defender de algo. Essa parte eu já estou cuidando em conjunto com o grupo que faço parte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, esse assunto e' relativamente facil de resolver, mas pelas pessoas certas. Voce tem que procurar um grupo de umbanda (umbanda mesmo, branca, sem sacrificios de animais), ou um grupo de apometria.

Quando e' so um sujeito (entidade) contratado para te sacanear, eles desanimam apos uma boa surra. Mas quando e' um rixa pessoal, ai nao tem muito o que fazer.

Se essa estoria e verdade, se ela fez algum ritual, provavelmente para ficar com voce, te atrair, e depois nao pagou, e a entidade fez ela se afastar de voce, convenhamos, tudo foi devolvido aos seus devidos lugares, a justica foi feita. Pior seria se ela tivesse feito isso e pago direitinho, ai voce poderia passar o resto da vida (ou 7 anos) preso emocionalmente a uma pessoa que na verdade nunca te atraiu, voce estaria apenas sendo vitima de hipnose. Que bom que ela nao pagou fazendo a parte dela, isso te livra do maior problema.

Resta o menor problema: os vinculos com essas entidades.

Metodos de defesa dependem de quem os faz, infelizmente. Procure o pessoal dessa area, 'e melhor, mas pode experimentar queimando enxofre todos os dias. Isso voce compra em farmacia ou loja de produtos agricolas. Coloca numa colher de sopa e bota a colher sob a chama do fogao ate o enxofre incendiar como se fosse alcool. Entao sai pela casa toda defumando com aquela fumaca.

Cuidado, nao a inspire, enxofre e' toxico. Diz-se que o efeito do enxofre dura uma semana, entao voce poderia fazer isso so uma vez por semana. Eu faria todos os dias por um mes, e depois entao uma vez por semana. Esse e' um jeito "fisico" de se defender, que nao depende de sua capacidade de concentracao nem de suas energias.

Exu na verdade 'e um termo errado, as entidades que fazem isso sao os quiumbas, uma gentalha desencarnada alimentada a sangue e alcool, e eles sao quase tao fortes quanto um encarnado, ainda mais entre sexta e segunda feira, ou em epocas de feriadao, porque alem dos trabalhos com sangue que fazem para alimenta-los, ainda sugam energia dos bebados e drogados que enchem a cara no fins de semana. Por isso e dificil lidar com eles. Um encarnado pode sair para o mano a mano com eles, porque sempre temos mais energia que eles, mas tem que saber como fazer, entao nao e' uma coisa para voce testar.

Tente o enxofre diariamente e procure profissionais da area.

Quanto ao frio que voce sentiu ao acordar do ataque, "provavelmente" nao foi frio. Numa situacao dessas, quando a gente volta para o corpo, o corpo energetico ativa o EV, para se livrar o atacante ou se limpar da sujeira que ele deixou. Voce pode sentir fortes calafrios, arrepios, por todo o corpo, como se estivesse com uma febre altissima, mas 'e apenas sua mente lendo erradamente os sintomas de um forte EV. Uma vez, numa sitaucao dessas fiquei meia hora assim, mas como eu sabia do que se tratava, liguei a TV e fiz um cafezinho, esperando o EV desligar para eu poder voltar a dormir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sandro, meu caro, em primeiro lugar agradeço por conversar comigo no mesmo nível, sem piadinhas ou fazendo sátiras. É isso que busco nesse grupo, pessoas sérias para conversar.

Segundo: o acordo ou o que quer que foi feito não me envolveu... ao que me parece, foi algo feito envolvendo o ex-namorado dela. Eles viveram muitos anos juntos, mesmo sendo horrível a convivencia com ele, pelo que ela me falava. Se a convivencia era tão horrivel, pode ser q tenha algo a ver com esse acordo para terem permanecido juntos tanto tempo.

O fato de tudo ter acontecido e ainda estar acontecendo seria justamente pelo tal acordo não estar sendo cumprido ou algo do tipo. Os espíritos que falaram com a minha mentora não foram muito claros... citaram até o ato de dar whisky a um cachorro que foi feito...

Essa semana entrarei em contato com um amigo da umbanda, o pai dele parece que faz parte de um grupo forte aqui na região e verei de passar pelo roncó como foi dito.

Obrigado mais uma vez, Sandro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse tópico tem muita coisa interessante, mas acho que minhas emoções estão atrapalhando minhas defesas. Hoje fui acordado de madrugada de novo e meu pulso direito parecia ter sido prensado.

Pelo jeito vou ter que procurar o roncó antes do que eu imaginava.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Esse tópico tem muita coisa interessante, mas acho que minhas emoções estão atrapalhando minhas defesas. Hoje fui acordado de madrugada de novo e meu pulso direito parecia ter sido prensado.

Pelo jeito vou ter que procurar o roncó antes do que eu imaginava.

Não testou o enxofre ainda?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.