Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

médium ou louco?


Recommended Posts

Depende muito do relato do paciente. Há pacientes com certas patologias que também sofrem o assédio espiritual de obsessores. E aí ele é tanto louco quanto um médium. Mas o paciente psiquiátrico que fica totalmente contido com a medicação psicotrópica, mais facilmente apresenta apenas a patologia. Jà o médium não. Precisa ir para um centro espírita para procurar equilíbrio, afastando a entidade que o assedia ou aprender a lidar com(desenvolver) a sua mediunidade.

Link to comment
Share on other sites

A mãe de uma amiga minha toma remédios pra depressão e uns tantos outros. Psiquiatra nenhum resolve. Ela tem fortes dores de cabeça, vê e se não me engano ouve coisas. Ela tinha marcado uma consulta num centro espírita, mas não falei mais com ela e tenho certeza que ela é medium. Pobrezinha tá sofrendo pois só a filha e mais umas duas pessoas acreditam ser algo além de físico :?

Link to comment
Share on other sites

A mãe de uma amiga minha toma remédios pra depressão e uns tantos outros. Psiquiatra nenhum resolve. Ela tem fortes dores de cabeça, vê e se não me engano ouve coisas. Ela tinha marcado uma consulta num centro espírita, mas não falei mais com ela e tenho certeza que ela é medium. Pobrezinha tá sofrendo pois só a filha e mais umas duas pessoas acreditam ser algo além de físico :?

Pois é, Toquinha! O difícil é quando vc. tem um paciente nas mãos e vê que ele vai muito além da patologia e não pode dizer a ele: "Vá para um centro espírita, pq teu problema é outro!". É muito complicado...a medicação não faz efeito e ele acha que a culpa é do profissional, quando na verdade, ou o profissional não acredita nessa hipótese ou ele acredita, mas não tem como falar para o paciente. E a pessoa fica dopada com medicamentos e continua vendo e ouvindo coisas. É mediunidade mesmo.

Link to comment
Share on other sites

oque acontece se um médium não trabalhar sua médiunidade?

Para uns não acontece nada, para outros, pode enlouquecer. Pq o médium que desenvolve sua habilidade, tem a capacidade de controlá-la. Se eu vou incorporar um espírito, eu não incorporo em qq lugar. Tenho habilidade de controlar a vontade do espírito de se manifestar (por exemplo). Se ouço, tenho a capacidade de discernir o evento e não achar que sou louca. E assim por diante...

Muitas pessoas enlouquecem, pq não sabem o que acontece com elas. Mas, quando sabem e procuram estudar e desenvolver suas habilidades, elas passam a ter equilíbrio na manifestação.

Link to comment
Share on other sites

Quando alguém bebe demais, abre-se uma porta para a entrada da influência de outras consciências, por isso muita gente não se lembra do que fez após beber muito, não sabe como chegou em casa etc, perde-se parte da consciência. O mesmo acontece com qualquer substância entorpecente, drogas, bebidas...

É isso aí!

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Na alquimia, ao separar os diversos extratos para preparar um elixir, o extrato alcoolico é chamado "espírito"...

E desde os rituais da antiguidade considerava que as pessoas incorporavam "espiritos" quanto tomavam algum produto alcoólico.

Parece que o alcool dilata um pouco o corpo etérico, o que em pequenas quantidade é bom, mas em casos de obsessão, doiminui a rede de defesa energetica.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...