• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Hipnozzy

Segunda experiência depois de mais de três meses tentando.

Recommended Posts

Amigos do GVA, apesar de estar muito feliz eu não encontrei relevância suficiente de por aqui essa experiência pelo fato de não ter concluído a “descolagem” completa do corpo astral, só vou postar esse relato aqui porque uma amiga disse que é importante compartilhar com as pessoas porque talvez se encontrem passando por coisas parecidas.

Minha primeira experiência aconteceu há quase três meses atrás, de lá pra cá apesar de tentar muitas técnicas diferentes e fazer verdadeiros laboratórios de testes, acreditem desde iluminações diferenciadas no ambiente até referencia de leito através de bussola eu fiz, rsrs, não vinha acontecendo nada... Terminava as técnicas e apagava, às vezes a mente começava embaralhar ainda durante as técnicas, e as vezes passava a noite em claro tentando me concentrar e nada acontecia... Se eu não tivesse conseguido a primeira experiência tão forte como foi em outubro, talvez eu até já tivesse desistido de tentar.

Essa noite e fiz os exercícios físicos para as Glândulas Pineal e Pituitária (técnicas de Karran), tbm fiz aquela que vc tampa os ouvidos com o indicador e respirando só pelo nariz pondo atenção no zunido (apito) que é produzido pela Glândula Pineal. Em seguida fiz a técnica completa 3 do Saulo (até aí é o que venho fazendo durante semanas). Mas depois ao invés de continuar na técnica da gangorra, eu resolvi desligar o MP3Player, me deitei confortavelmente de BARRIGA PRA BAIXO e fiquei treinando o E.V. do jeito que o Sandro explicou aqui, tipo escaniando o corpo e tentando assimilar alguma sensação... Lucidamente durante esse exercício depois de um tempinho eu comecei a me sentir meio que na minha casa antes da reforma, não era exatamente a casa antes da reforma, mas passava a ideia que fosse, como acontece num sonho mesmo... mas eu estava tão lúcido que mesmo assim eu continuava com o exercício. O detalhe é que o corpo estava dormindo mesmo, eu tinha consciência disso, é aquele estágio “bêbado de sono” que eu estava quando recitei o mantra da outra vez, é a parte da coisa que eu nunca mais consegui fazer, mente dispersa e corpo sonolento, essa é a receita certeira.

Quando de repente o E.V. se instalou foi aquela coisa automática mesmo, eu ví que não foi eu que despertei ele com a técnica não, porque eu estava “escaniando” de vagar pra interpretar alguma sensação, o E.V. instalado dá a impressão que começa pelos ouvidos, ele vem de um jeito que parece uma reação dominó é muito rápido, e o mais legal é que eu comecei a sentir a “descolagem” logo que ele se instalou, eu não precisei imaginar nada, nem me esforçar pra nada dessa vez...

Só que o imbecil aqui começou a engolir seco, o coração tbm disparou duma maneira que não deu nem tempo de tentar reverter através da respiração... Perdi a experiência por causa disso, e eu to cansado de ler sobre as coisas que atrapalham: salivação, engolir seco, coceiras... Pior que eu sei de tudo isso, mas vocês imaginem minha situação eu durante três meses fazendo técnica e me esforçando pra isso... na hora que aconteceu foi difícil conter...

Eu estava deitado de bruços e o colchão estava no Chão, eu senti juntamente com o E.V. o desprendimento, os joelhos foram se dobrando e os braços também numa agradável sensação de flutuar (a sensação mais gostosa que eu já tive até agora). O que eu não consegui intender ainda é que pelo o que senti, e por estar no chão, me dá a impressão que eu devo ter afundado no chão, ou talvez flutuado a cima do corpo... isso eu não compreendi ainda...

Pela manhã senti outro E.V. mas não consegui prolonga-lo, mesmo assim fiquei muito feliz e satisfeito com a noite que passou.

Tem uma ultima coisa, pra pessoas que não tem tantas experiências constantes como é meu caso, o cérebro vai “impor” que aquilo não é real, mas é só uma pequena sensação porque nesses casos a lucidez é mais forte, ainda mais pra mim que o E.V. matinal está fresquinho na minha memória.

Amigos me desculpem pelo texto grande, mas eu quis que ele ficasse rico em detalhes, agradeço essas grandes pessoas que dividem aqui seus estudos e suas experiências, acreditem isso me ajudou muito, está ajudando e faz toda a diferença nessa busca em que estamos.

Desejo paciência praqueles que ainda não tiveram resultados, confiança e determinação que o dia vai chegar, o detalhe é estar pronto pra esse dia...

Paz e Luz a todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho o mesmo problema. Nas poucas oportunidades que senti o E.V. ou a catalepsia meu coração começou a disparar, o reflexo de engolir a saliva era algo desesperador e por causa desses pequenos contratempos perdi várias experiências... mas é assim mesmo essa é a fase em que temos que aprender a lidar com essas sensações e tentar entender de uma vez por todas que não vamos morrer caso não sentimos mais nosso corpo respirar ou até mesmo evitar a sensação de engolir a saliva.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this