• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
sandrofabres

Posição do corpo influenciando na visão astral (autor: felipec)

Recommended Posts

Posição do corpo influenciando na visão astral

 
Hoje, estava sonhando que estava em um shopping center. Entrei no shopping, estava tocando uma musiquinha legal, tinha umas poltronas vazias lá. Eu resolvi me sentar na poltrona e ficar curtindo a música. Nesse momento, minha consciência astral acordou e eu percebi que estava projetado. No mesmo instante, todas as minhas percepções ficaram muito piores. Meu corpo ficou pesado e eu tive que fazer muito esforço pra me levantar da poltrona em que eu estava sentado, no tal shopping center. Fiz um esforço e fiquei de pé, tentei andar um pouco, e eu estava realmente muito pesado. Percebi também que minha visão ficou muito pior. Antes quando estava só sonhando, enxergava tudo. Depois, só enxergava pelo lado esquerdo do corpo. Comecei a jogar energia nos olhos, com as mãos, como se estivesse espirrando gotas de água com as mãos molhadas, ordenando que eles enxergassem, mas não funcionou. Decidi tentar outra coisa, coloquei as mãos no meu olho direito que não enxergava e com os dedos, puxei minhas pálpebras astrais, tentando abrí-las ao máximo, ordenando que queria enxergar. Quando fiz isso, comecei a enxergar meu quarto físico à partir da minha cama. Soltei as pálpebras e minha percepção voltou para o tal shopping onde estava. Fiquei confuso sem saber o que fazer para enxergar e ficar com o corpo mais leve. Em seguida, acordei no físico e notei que estava deitado sobre o lado direito, com o olho direito tampado no travesseiro. Talvez por isso só enxergava pelo lado esquerdo. Suspeito que não estava projetado em astral, mas sim apenas sonhando no corpo etérico, e por isso a posição do corpo influenciou na percepção. Talvez isso explique também a sensação de peso e a dificuldade em me levantar e me afastar da tal poltrona em que estava sentado no sonho.
Nessa horas, penso que o ideal seria se projetar mesmo de barriga pra cima, o difícil é não roncar nessa posição...rsrs
Também, essa dúvida de estar no corpo astral ou no etérico, é bem confuso....alguém já teve alguma experiencia parecida?

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • Citar

    Nesse momento, minha consciência astral acordou e eu percebi que estava projetado. No mesmo instante, todas as minhas percepções ficaram muito piores. Meu corpo ficou pesado e eu tive que fazer muito esforço pra me levantar da poltrona em que eu estava sentado, no tal shopping center. Fiz um esforço e fiquei de pé, tentei andar um pouco, e eu estava realmente muito pesado.

    Antes quando estava só sonhando, enxergava tudo. Depois, só enxergava pelo lado esquerdo do corpo

    Decidi tentar outra coisa, coloquei as mãos no meu olho direito que não enxergava e com os dedos, puxei minhas pálpebras astrais, tentando abrí-las ao máximo, ordenando que queria enxergar. Quando fiz isso, comecei a enxergar meu quarto físico à partir da minha cama. Soltei as pálpebras e minha percepção voltou para o tal shopping onde estava.

     

     

    sandrofabres
    Olha, acho que já contei aqui: já tive sonhos em que estava correndo, participando de maratonas, as vezes em montanhas, com outros competidores e tudo (eu nem pratico esporte de corrida, não sei de onde minha mente resolveu fazer dessas, e nao foi uma nem duas vezes foram várias) , ou então sonhando que precisava correr para pegar o ônibus, sei lá. Então corro 100m e minhas pernas ficam pesadas, como se eu estivesse com os músuclso tão cansados que poderia cair no chão, or falta de força nas pernas.
    Então paro de correr, e a foça volta, começo a tentar correr novamente, dou uns 5 passos e novamente as força se vai.

    Isso me intrigou por mais de um ano, até que um dia eu acordei e estava mexendo minhas pernas na cama, deitado de lado, e movendo as pernas como quem está correndo. Isso aconteceu de novo mais uma ou duas vezes.

    Então percebi que o que o Bruce fala parece ser a explicação para esse fenômeno de "sentir-se fraco, ou sentir-se pesado". Quando você está projetado uma das outras cópias acorda, a energia disponível para o corpo projetado fica escassa, e isso gera a fraqueza.

    Se você deixa seu corpo mas logo cai no chão fraco, em geral ao lado da cama, parece que tem 500kg em cima de você , é porque saiu em corpo astral quando o corpo ainda não tinha adormecido o suficiente. Basta voltar ao corpo, ficar mais 1 minutinho focando na respiração, por exemplo, que o corpo adormece mais, e aí você levanta em astral sem problemas.

    E quando você está projetado ou num sonho, tanto faz, e desperta a consciência, algo lá na cama fica semi-desperto também. Então mais comum é que um sonho que pode ter durado 1h, agora que voce despertou a cosnciência vai acabar em menos de 2 minutos., ou surge algum tipo de perturbação energética como essa.

    Porque... pense:

    se fosse somente sonho, e não um processo real, acontecendo, que envolve energias, não tinha porque dar esse tipo de "falha técnica".

    E também já relatei aqui como uma vez entrei em casa, projetado voltando de outro lugar, e encontrei um sujeito desencarnado na minha casa, e u sabia que era um "velho nazista". Como eu queria pegar o nome dele, me aproximei dele e ao mesmo tempo ativei meu corpo lá na cama.
    http://viagemastral.com/forum/discussion/comment/310/#Comment_310

    Essas e muitas outras projeções me levaram a suspeitar que muitas das vezes, estar projetado consciente implica estar semi-acordado,e por isso é um estado frágil de manter, e você sente isso quando levanta do corpo (projeção em consciência contínua). Eu pelo menos sempre consigo te uma idéia se preciso me apressar porque vai durar pouco ( a enorme maioria das vezes)

    Já em outras vezes não, acontece algo diferente.
    Um sonho, como eu disse, pode demorar bastante. Mas tem umas projeções estranhas, que duram muito também. Exceto em uma, que mantive durante fazendo EV de 1 em 1 minuto, por 90 minutos, todas as projeções "estranhamente duradouras" que tive foram as que eu não lembro como iniciaram, ou seja, não lembro qual processo usei para sair do corpo. Foram poucas, umas 10 até hoje. Pode ter sido "sonho lúcido", em que a consciência despertou no meio da atividade do sonho, ou não. Como não lembro como eu fui parar lá, não posso afirmar, mas lembro de estar em astral, sabendo que estou, analisando os seres que estavam a minha volta, andando pelo ambiente e lembro de SABER, enquanto estou ali, que não preciso me preocupar com manutenção da fase, porque está tudo bem estável.
    É como se eu sentisse que meu corpo está bem incapacitado e não vai me chamar tão cedo (da mesma forma como sinta, no outro tipo, que trei só 3 minutos, ousó 5 minutos, por exemplo)

    Inclusive na semana passada eu enchi o saco de ficar andando por um local que eu não entendia bem onde ficava, e quis voltar para o corpo, mas não conseguia.
    Eu sabia que bastaria flutuar até o teto e quando eu saísse no andar de cima, estaria no meu corpo, mas me faltava flutuação suficiente. Custei até conseguir retornar, e quando retornei, meu corpo estava MUITO sonolento, pregado mesmo, coisa rara em mim.

    Então, minha HIPÓTESE é que:

    - certos tipos de projeção, ainda mais naquelas em que você levanta conscientemente do corpo, são curtas e instáveis porque o corpo ainda está parcialmente acordado. O mesmo no caso de você despertar no meio de um sonho e ser esse peso ,ou ele durar pouco logo após você perceber que é sonho

    - já quando seu corpo apagou total, você está "preso" do lado de fora, pode seguir sonhando a vontade, ou projetado a vontade, porque não haverá conflitos energéticos que perturbem seu corpo projetado.

    E no seu caso, claro que por ter ficado parcialmente desperto, ao tentar abrir os olhos do corpo projetado, seu corpo físico reagiu abrindo também, e isso mostra como esse estado semi-acordado era responsável pelo peso corporal e dificuldade de visão.

    Não é por ser sonhou ou projeção, independente dessa distinção , que é difícil e fazer, o que parece gerar interferência na qualidade da experiência do corpo não-físico (seja apenas sonho ou corpo astral) é o corpo físico estar parcialmente deseperto. Se ele apagou bem, você está livre, se ele apagou pouco, você terá liberdade parcial, por pouco tempo.

    O bruce comneta no Astral dynamics qu a gente só consegue entrar ou sair do corpo nos momentos em que ele está transitando de estado, que quando ele apagou mesmo, ovcênão tem como reentrar, e aí , se a mente física/etérica comçar a sonhar, vai te roubar energia, e você permence em astral, mas sonambulo , e ao reentrar pode te perdido toda memória da experincia, ou misturar os fragmntos da proejção com o do sonho.
    ´É um fenômeno bem complexo e difícil de entender, porque tem várias coisas acontecendo ao mesmo tempo.
     
  •  
    felipec
     
     
    Faz sentido Sandro, pq quando tentei abrir o olho pra enxergar e comecei a ver meu quarto, fiquei na dúvida se meu corpo físico estava copiando o movimento, e fiquei com medo de acordar totalmente. É complicado mesmo, vários corpos diferentes, todos precisando de energia pra funcionar direito. Por isso posto esses relatos que tem a ver com consciência dividida, pra tentar entender melhor o que se passa.
     
     
  • Michelle
     
     
    Eh, eu tbm tenho observado isso.
    Ds vzs q simplesmente "acordei" no meio do sonho (percebi que estava projetada) a projeção dura um pouco mais e parece que a lucidez é melhor.
    Já quando eu passo por todo o processo e me sinto decolando do corpo, as vzs n dura nem 30s e vc já sou puxada. As vzs tbm dá pra sair d novo várias vzs. E as vzs tbm tenho essa sensação que vai durar pouco. Qd sinto isso, ou saio correndo ou tento de alguma forma me manter lá, mas n dá, rs.
    Ontem msm tive esse tipo de projeção. Saí várias vzs e sentia esse peso. Em uma delas tentei pular pra alcançar a laje e n conseguia. Consegui segurar no beiral e qd tentei subir, parece q tinha uma força mais forte que a gravidade lá. Fiz força mas acabei indo pro chão, rs.
    Será que isso tbm n pode ter a ver com a faixa de frequência q saímos?
     
  • Sim, segundo o Bruce, nas frequencias mais elevadas, que são as dos sonhos lúcidos também, tudo é mais estável, porque estamos no :

    - plano astral
    - usando o corpo astral

    Já nessas logo que a gente levanta do corpo, estamos em uma zona híbrida ainda, a zona rea1-time, e/ou ainda carregando um lastro energético , o que atrapalha, por isso demora um pouco para estabilizar, e se não establizamos logo a fase, a gente volta.

    Mas nessa demora....dá tempo de o corpo finalmente dormir né?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.