• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
sandrofabres

Ouija ou "brincadeira do copo" (autor: onírico )

Recommended Posts

 
 

 

  • Pesquise com a palavra " Ouija" aqui no fórum, já falamos sobre isso em pelo menos 2 tópicos.
  •  
    lgomes
    lgomes 

    Olha, se ficando quietinho...já periga sofrer interferência de seres indesejáveis, imagina "cutucando" invocando, mesmo que seja por um jogo...

    Eu prefiro ficar na minha...rsrsrrs
  •  
    O que sempre me intrigou nesse negocio de jogo Ouija, desculpem-me a pergunta tola, é: por que essa má fama toda? Obvio que isso seria pois historicamente está registrado diversos casos de obsessoes e poltergeists resultantes da ''brincadeirinha'' ponto,
    Mas, como assim? o que teria exatamente guardado uma 'inofensiva' tábua para gerar tantos transtornos assim?
  •  
    Confesso que estou tentado a comprar uma tábua dessas para fins de estudo. O que tem me segurado é todo esse papo de possessão e obsessões. O que queria saber exatamente é como é possível tudo isso? O simples fato se comunicar com essas entidades pode acarretar problemas mesmo eu não tendo nenhuma má intenção atrelada? Não seria uma forma de psicografia? E como assim, do nada, elas começariam a ter poderes que antes não tinham?

    Fico muito curioso. Alguém já tentou e poderia dar um relato?
  •  
    Ai tem todo esse papo de projeção astral e ouija não pode. Parece meio incoerente. O que ela tem de tão especial?

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • Acho que se vocês tivessem lido o anexo que postei no outro tópico, teriam entendido. Sem ler não tem como entender mesmo.
  •  
    Sandro, eu vi que você postou um livro sobre canalização espiritual, seria isso? Agora que vi que tinha só 22 páginas, vo dar uma lida.
  • Opções
    "É importante a compreensão do fato de que estas almas não possuem a capacidade de prejudicar os terráqueos quando estes evitam escutar seus conselhos e agir de acordo com suas informações. Os que estão neste nível só podem agir com palavras, e as palavras só são prejudiciais se o receptor se deixa influenciar ou age de acordo com elas. As idéias relativas a possessão, fantasmas, espíritos malignos e Diabo são oriundas de experiências com este nível. Muitas das coisas que são ditas sobre estes casos não passam de superstição. Estas superstições servem de munição para aqueles que desejam prejudicar os vivos. Aproveitam-
    se destas crenças para espalhar o medo e o terror. O grande erro é a crença no poder destes indivíduos — eles são qualquer coisa, menos poderosos. No entanto, a crença em seu poder  concede-lhes o controle através do medo."

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • Citar

    Muitas das coisas que são ditas sobre estes casos não passam de superstição

     

    Muitas não é sinônimos de todas. Quem é informado sobre essa área sabe que MUITOS casos de possessão tiveram, na sua origam, uma tábua ouija. Fazer o que? faz parte da história desses casos.
    Depois que tiverem lido, se quiserem postar trechos assim, para a gente debater, ok.

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • Bom, caso vocês leiam e não percebam, em linhas gerai o que acontece é que:

    obviamente o copo não se move sozinho, é VOCE QUEM MOVE, porém, sob ação da entidade.

    Então vejam, o mecanismo disso é que você CONVIDA para usar suas energias e seu corpo, entidades que você não sabe quem são.

    Necessariamente, entidades que andam na volta dos vivos estão em más condições, porque desencarnados que estão saudáveis habitam sua própria região do astral, não ficam perambulando pela zona física.

    Então na prática é como você você morasse num bairro cheio de marginais e doentes mentais , abrisse portas e janela da sua casa e gritasse:

    Ei, tem alguém aí me ouvindo que queira entrar na minha casa?

    Isso não se compara em nada com a projeção, pois na projeção você SAI DA SUA CASA mas ela fica fechada, você não a abriu para eles, você não os convidou a entrar.
    Você sai, faz o que quer fazer, e volta. Não há interação íntima. Além disso, quando você sai, sai numa faixa que se relaciona com o SEU NÍVEL interior. Mas quando você está no físico, tentando um contato desses, está no nível mais baixo, então só "capta" entidades que estão no nível mais baixo. Então NECESSARIAMENTE estará abrindo seu canal predominantemente para "sujeitos problemáticos", por isso os problemas são previsíveis.

    Resumidamente é isso, mas é bom ler o capitulo do livro para pegar a idéia geral.
  •  
     
    Obrigado pela explicação Sandro. Deu pra entender melhor.

    Vou dar uma freada na minha curiosidade por enquanto e estudar mais.
    Como não me projeto ainda fico ansioso por um contato astral, quero poder comprovar minhas crenças e "ouvir" o que os seres astrais (de qualidade) tem a dizer, aconselhar e etc. Esse seria meu objetivo principal.

    Vejo que a ouija seria uma forma fácil de provar o sobrenatural, mas se a consequência é atrair seres de baixa vibração então não seria vantajoso. Mas será que não é válida uma conexão para fins instrutivos, já que como no trecho que postei a autora fala que esses seres não tem poder sobre os vivos além de palavras?

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • "Mais adiante falaremos sobre possessão, mas deixemos bem claro que este fenômeno —da forma como é descrito— é uma ocorrência tão rara que, para todos os efeitos práticos, é como se não existisse. Pessoas sem propriedades mediúnicas não podem ser possuídas, e ninguém pode ser possuído contra sua própria vontade. Õs seres do Baixo Astral têm tanto poder para possuí-lo como o têm para realizar outras atividades no plano físico. São capazes de afetar a matéria apenas em certas circunstâncias, e somente quando usam a energia de indivíduos vivos. Assim como a energia dos médiuns pode ser usada para o transporte de objetos, também a energia de outras pessoas pode ser usada na produção dos fenômenos de poltergeist. O máximo que estas almas penadas são capazes de fazer é bater portas, balançar cadeiras de balanço, estalar o chão de casas e assim por diante. Não podem agarrar as pessoas, movê-las ou afetá-las fisicamente de nenhuma forma, embora algumas tentem fazê- lo através do pânico, na esperança de que esta sensação acarretará os resultados desejados (por exemplo, o abandono de uma casa “mal-as- sombrada”)."

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • Uma vez que você saiba dos riscos, toda escolha é válida. O que não pode é fazer essas coisas achando que são seguras ou só uma brincadeira.

    Sim é raríssimo. A maioria dos casos que se alega ser possessão nme isso é, mas já são graves o suficiente para perturbar qualquer um. Uma pessoa constantemente ouvindo vozes xingando ela, ou lhe dando ordens, não é possessão, e nem por isso é menos desagradável né?
    O que acontece é que surge um contato inicial (pelos relatos que já li, nunca fiz isso) , em geral amigável, para pegar confiança.
    Depois começam a sugerir coisas questionáveis, ou a fazer pequenas ameaças. É um período de testes, para tentarem gerar uma reação emocional no usuário, seja de curiosidade, amizade, ou medo. Qualquer uma dessas serve.
    Pense nesse tipo de contato como uma "amizade de internet". Assim como tem gente que se apaixona pro pessoas que nunca viu, só conversou pela internet, o caso da ouija tem um risco similar, mas com o agravante que a entidade estará SEMPRE abaixo do seu nível. Então é como se seu whasapp só sintonizasse a internet do presídio, não é uma boa né?
    Bom, depois de ter os primeiros contatos, as vezes começam pequenos fenômenos físicos, porque as entidades já conseguiram pegar um pouco da energia física da vítima, então conseguem produzir efeitos, que vão gerar mais reação emocional do que apenas mover o corpo né? Pequenos estalos, porta ou janelas abrindo ou fechando sozinhas, um ou outro objeto encontrado caído, fora do lugar. Sonhos estranhos..... Essa segunda fase, que na terminologia do fenômeno já seria "infestação", deve gerar mais energia pela vítima, porque gera medo, e então mais fenômenos. Aí a ouija já não é mais necesária, a entidade já terá meios de se comunicar com você mais eficiente,s porque ela não quer conversar, ela quer energia. Então COMUNICAR-SE, para ela é gerar medo. Tendo tido esse acesso inicial, ela já consegue fazer isso gerando fenômenos, não precisa mais que você use a tábua ouija.

    Obviamente se você for do tipo que não tem medo, tudo vai morrer na casca. Mas se vocêmora numa casa com mais gente, você pode não ter medo quando vê um objeto flutuando, mas outras pessoas da casa terão, então você não vai conseguir controlar isso.
    O risco é que esses fenômenos fiquem cada vez mai intensos o que gera desgaste emocional intenso, ninguém mais dorme na casa. É possessao? Não, mas e daí se você não consegue mais dormir, quanto tempo vai aguentar antes de ter um colapso nervoso e ser internado como doido?
    Não vai morrer por causa disso, mas pode se matar se achar que não aguenta essa guerra psicológica, que pode durar meses.

    Agora, muitas vezes não dá nada, porque s pessoas começa isso como brincadeira, quando surgem xingamento, palavrões ou ameaças, elas riem, acham divertido e perdem o interesse. Aí a coisa não cresce, e sempre dirão "ah, uma vez brinquei com isso, dizem que é o subconsciente, sei lá". Então sempre depende do encarnado, de como ele alimenta ou não essas entidades.
    É nesse sentido que se diz que essa entidades não tem poder algum. De fato não tem, mas não tem até você dar, e depois de dar, para retirar pode demorar.

    E mesmo o pessoal que lida com EVP (vozes paranromais em gravadores, rádios, etc. a transcomunicação instrumental) muitas vezes relatam fenômenos físicos acontecendo aleatoriamente em casa.

    0.jpg

    Conversei com um técnico em eletrônica que montou um SPIRICOM (procure no google sobre isso) a partir do projeto eletronico original.

    Demorou uns meses esperando que funcionasse, até que começou a captar as vozes, obter respostas e tal, depois vieram os fenômenos físicos em casa, depois dores e doença nos ossos, algo em geral relacionado ao desenvolvimento de mediunidade ostensiva.

    Ele me disse que foi a congressos da Sonia Rinaldi, que pesquisa isso no Brasil,e lá conversou com outros operadores, e todos meio que concluem o mesmo: que apesar de usarem equipamentos, as entidades de certa forma parecem usar a SUA energia para se comunicar.
    Por isso em geral demora um tempo até obter as primeiras comunicações, porque tem que estabelecer essa afinidade inicial.
    Depois as vezes a coisa vai ficando mais intensa, talvez dependendo se a pessoa já tem mediunidade de efeitos físicos latente ou não.

    Ele acabou desmontando o equipamento e parou com tudo. Mas lee é projetor e tal, faz lá as pesqusias dele com proejção, só não quis mais usar esses instrumentos para fazer a intermediação porque viu que estava entrando para o lado da mediunidade sem ter escolhido isso, então cortou os contatos.
  •  
    Valeu pela explicação Sandro!
  •  
    Esse papo me lembra o filme contato de 4º grau, tem umas imagens bem cabulosas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Demora. Por isos tem que cuidar para não ficar assim todos os dias, ou vira um hábito, depis um vício, e aí os caras colam em você mesmo, e a coisa vai ficando pior.

Um exemplo disso foi o caso apresentado no filme  O ENIGMA DO MAL , baseado no livro A ENTIDADE , que embroa não mostre no filme, a vítima dos ataques era uma pessoa depressiva, alcoólatra, ia deixando a casa toda às escuras, o clima foi pesando a´te que os ataques mais físicos começaram a ocorrer.

Aqui uma foto do caso real, o registro luminoso captado pelas cameras dos parapsicólogos que foram investigar o caso na casa da vítima (que aparece sentada na cama):

entity2.jpg

Só que ali ao vivo não era só um arco de luz, eheeheh. Eles estavam vendo um vulto naqueel canto mesmo, mas a câmera só pegou isso.

Então não convém dar bandeira com emoções negativas, ou depois pode ser complicado se livrar delas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.