• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
MichelleA

Arrepios e tremiliques involutários

Recommended Posts

Olá pessoal!

Eu estava pesquisando sobre estado vibracional aqui no site quando me surgiu essa dúvida. Vou tentar explicar.

Bom, em algum momento da nossa vida, acredito que todos já devam ter sentido isso. Sabe quando você sente como se tivesse levado um "choque" do nada? Você pode estar fazendo qualquer coisa. Lavando louça, estudando, conversando com alguém, vendo tv e cia. O corpo se arrepia e treme sozinho.

Esse "choque" que eu digo seria algo bem parecido com o e.v (pelo menos pra mim). Procurei o significado disso na net, mas não achei nada de relevante. Dizem que isso é quando sua energia muda, mas não achei nada na net que me confirmasse isso.

Pelo menos no meu caso, quando ocorre deu sentir isso é praticamente a mesma reação que tenho ao instaurar o e.v. Então poderiamos deduzir que esses "choques" seria uma espécie de e.v que todos nós temos involuntariamente?!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já tive essas experiência algumas vezes. Acho que é importante diferenciar que nem sempre pode ter uma relação com um e.v. Pode ser um simples espasmo corporal, um impulso do sistema nervoso basal. Tenho um amigo que bebe álcool em quantidades moderadas, e sempre aumenta a frequência desses choques generalizados quando existe álcool no sangue. O álcool tem forte ação no sistema basal, cerebelo, etc. Região que controla a coordenação motora e ajustes finos de movimento. Não estou dizendo que você beba, é uma explicação apenas.:-P

 Já me ocorreu que pode ser a captação de alguma onda de energia que passou e afetou o campo. Talvez um banho energético de um mentor. Pode ser também a resultante de um condicionamento a partir da prática diária do ev, criando um tipo de reflexo motor independente do controle consciente. São tantas explicações possíveis, difícil.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gente, o EV e uma ocorrencia energetica natural do corpo, acontece pelos motivos mais comums, sao os arrepios de febre, por exemplo. O waldo ate comenta que o jato frio do arcondicionado ajuda a aciona-lo, portanto, nao tem diferença nao entre essas ocorremcias comuns e o ev projetivo, o que muda é apenas a duraçao, a intensidade e o controle.

Leiam o projeciologia, aproveitem que agora tem em pdf e pesquisem por palavra,:

https://drive.google.com/file/d/0ByXGi2vq5-wseFJlSzZBRm9WMUE/view?usp=docslist_api

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Médium todos somos, mas não tenho mediunidade ostensiva Tgo.

Beber eu não bebo há mais de 1 ano, rs. Então ter relação com bebida alcolica não é meu caso, Rassol, rs. ACHO que na grande maioria das vezes é algo nosso mesmo, do nosso organismo. Claro que há casos como vc citou, mas na grande maioria dúvido que seja.

O exemplo que o Sandro citou tbm é bem corriqueiro. Assim como vc senti-lo após tomar um banho quente e mudar pra um ambiente mais frio. Já vi minha namorada ter uns 7 seguidos e eu, normal. Mas tbm já houve vezes que ela teve e eu tive, ela teve novamente e eu tive e ela ficou tendo mais algumas vzs e eu não mais.

 Se isso for realmente um e.v, fica muito mais fácil explicar pra alguém o que é. E aquela história do Waldo sobre os 20 e.vs diários se torna perfeitamente possível já que esse tipo de e.v da pra provocar e não demanda toda aquela concentração que precisamos ter para ter um e.v de projeção. :grin:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim @MichelleA, sempre tenho esses arrepios ao longo do dia, ou ao entrar em determinado ambiente. Acontecem de maneira involuntária ou não...posso produzi-los se quiser...mas acho bem diferente do EV. O Ev pelo menos pra mim, é muito mais forte, quase um choque.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais aí é que esta. Cada um é diferente. Comigo, por exemplo, os primeiros e.vs eram bem "violentos" (digo e.v que produzia pra tentar projeção) se assemelhando bastante com esses que surgem involuntariamente quanto a intensidade. Hoje em dia eles são bem mais sutis e mesmo assim consigo sair pra projeção. 

Pelo que to percebendo, eu sinto 3 tipos diferentes de e.v. Esses que são involuntários, os que são resultados do relaxamento do corpo e o da projeção. No astral ainda não tentei instaurar pra saber os sintomas no corpo físico.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O EV projetivo é mais forte. 

Os primeiros EVs projetivos sao muito fortes.

Depois de umas poucas projeçoes, os evs pronetivos ficam bem mais suaves, deixa.do de see aquela " Cadeira Eletrica na cama" para ser um pouco mais fraco do que  "choque de chuveiro", aquele que a gente sente a mao formigando quando abre o registro do chuveiro ( porque o joao-faz-tudo ligou o fio terra do chuveiro  no fase, ao inves de liga-lo no neutro, eheheh).

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
57 minutos atrás, sandrofabres disse:

Os primeiros EVs projetivos sao muito fortes.

(...)  aquela " Cadeira Eletrica na cama" (...)

Pois é, eu ainda estou nesta fase...eheheh, fora o efeito gangorra...vai não vai...vai não vai...eheheh e quando vai...eu apago.

O negócio é treinar...que uma hora vai certinho. ;-)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso mesmo. Meu e.v de projeção hoje é muito tranquilo. Da até pra identificar se realmente vou sair ou ser um e.v só pra melhorar a energia.

No início eu sentia muito os sintomas de pêndulo que se tornava uma "hélice de ventilador", tinha que me concentrar bem pra não enjoar e de inflamento. Tbm já senti o de afundamento do corpo (não gostei, achei que tinha caido da cama, rs) e um que parece que seu corpo esta em ondas (bm legal esse).

O que eu acho curioso é que comigo foi muito rápido. Lembro que dps q achei esse site, menos d 1 mês já havia conseguido me projetar. Acho curioso alguém que tenta há anos e não consegue nem sentir um e.v...

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu sinto arrepioes hora ou outra e as veses ao tocar numa pessoa simto maior choque como se tiver posto o dedo na tomada, do maior crito e falo voce ta dando choque ne. mas numca me perguntei o porque isso acontece nao. so agora vendo voceis falando. fiquei curiosa . em saber se tem auguma coisa aver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não, isso assim tão forte é coque por eletricidade estática. Dá até para ouvir o estalo se você prestar atenção, e se for noite, enxerga a faisca, similar à do acendedor automatico do fogão. Acontece em dias muito secos, com algumas pessoas isos é mais forte. No caso não é a outroa pessoa que dá choque, é você que acumulou eletricidade estática, caminhando em carpete, por exemplo, talvez você tenha pele seca, use muito roupa com tecido sintético, como poliester, então só de caminhar você acumular carga, e ao tocar em algo metálico, ou em alguma pessoas as vezes, descarrega isso de uma só vez, e sente como se ELA tivesse te dado um choque.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.