• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Eu também sempre me deparei com essa questão: por que não escrever livros de médio entendimento para ampliar as coisas ao público? Eu mesmo, que sou advogado e considero que tenho bom poder de síntese para explicar Direito às crianças, já pensei em escrever material mais fácil de ser lido ao povo. Criei um grupo no Facebook chamado CEDUC, para discutir esses temas universalistas.

Até o momento, tenho me deparado com pessoas revoltadas e bélicas, e algumas precisando de ajuda. Enfim, gostaria  de escrever livros sobre a temática sob o cunho universalista,  mas creio que seria odiado pelo pessoal específico. O próprio Waldo disse que 'se a massa impensante gostar da conscienciologia, significaria retrocesso,pois a massa é ignorante' (não nesses termos), o que confirma que a intenção nunca foi abrir, mas fechar. 

 

Talvez seja um passo util para tirar o espiritualismo universal da religião e aproxima-lo da ciência. Tenho também certo receio de assédio e até de atrapalhar algo, pois realmente a maioria do planeta está em processo de reciclagem, talvez pela reurbanização. Em suma: não é trabalho fácil ser espiritualista nesse século XXI, creio que auge das consréus, mas isso é mérito nosso, e grande privilégio. 

 

O que acham: abrir ou fechar as famosas 'verpons'? ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, Ricardo Rachman disse:

O que acham: abrir ou fechar as famosas 'verpons'? ?

Defina "verpons", que diacho é isso?

17 horas atrás, Ricardo Rachman disse:

Enfim, gostaria  de escrever livros sobre a temática sob o cunho universalista,  mas creio que seria odiado pelo pessoal específico.

Odiado por quem e porquê?... Pelo pessoal da conscienciologia?... Não acredito nisso não... No máximo eles não gostariam da sua linha de pensamento e desaconselhariam a leitura do seu conteúdo. Mas mesmo que isso aconteça, e daí?... Tá com medo de quê?

Se você quer escrever seja lá o que for, escreva.

Receio de assédio? De atrapalhar algo?... Mas você vai escrever sobre o quê afinal de contas?... Manuais sobre como montar bombas??

Olha só... contanto que seja um conteúdo ético, não esteja incitando ódio e violência ou algo do gênero escreva o que você quiser. Não tenha medo, frescura, não fique de mimimi...

Receio de assédio ou de atrapalhar algo?... Tenha culhões, rapaz!!

Não fica pensando muito não, se você tem algo pra escrever que você acha que pode ser útil a alguém e que seja um conteúdo positivo, vá em frente pois na vida a gente tem que fazer o que acha certo, sem medo de errar. Se errar errou. Melhor errar tentando acertar do que nunca tentar e depois ficar se lamentando pelo tempo perdido. Se você não tentar, nunca vão saber se poderia dar certo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

tb não sabia mas creio ser isso:

 

Verpon

Definologia. A verpon é um acrônimo de Verdade Relativa de Ponta e implica na postura científica de pesquisa perene para melhorar as explicações dos fatos, sendo um conhecimento passível de refutação.

Sinonimologia: 1. Verdade científica. 2. Veracidade relativa. 3. Pesquisa de vanguarda.

Antonimologia: 1. Verdade absoluta conservadora (veracon). 2. Misticismo. 3. Tradicionalismo. 4. Dogma.

Intencionalidade. Pela Cosmoética o estudo das verpons promove desengano nas consciências com intencionalidade patológica.

 

fonte: conscienciopedia.org

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, bandeirapvh disse:

A verpon é um acrônimo de Verdade Relativa de Ponta e implica na postura científica de pesquisa perene para melhorar as explicações dos fatos, sendo um conhecimento passível de refutação.

Ok.

"Definologia"?... Isso pra mim, é uma definição... Esse pessoal da conscienciologia as vezes exagera heim?... Frescura do caramba!

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, Iogui disse:

Ok.

"Definologia"?... Isso pra mim, é uma definição... Esse pessoal da conscienciologia as vezes exagera heim?... Frescura do caramba!

Às vezes???? Eu diria que é a maior parte do tempo. É com cada palavrão!!! :wacko::blink:

:lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

A conscienciologia lida com conhecimento simples, nada acima do que lida o espirtiualismo em geral, mas para parecer mais profunda, mexe nas definições, no palavreado.Algum dia talvez eles descubram que caíram numa armadilha intelectualóide, similar a dos teólogos, exegetas, etc, e passem a se interessar pelo que importa. Até lá, ficam publicando mais e mais volumes de meras definições, como a tal enciclopédia de conscienciologia, que já tem vários volumes. Assim você mantém as pessoa distraídas com tecnicalidades e elas não percebem outras coisas.

Isso é bem comum no campo espiritual. No tempo de Jesus quem caía nessas armadilhas eram os Fariseus os "doutores da lei".

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.