• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Olá, já faz 4 meses que parei de fazer técnicas projetivas, porém hoje a noite involuntariamente tive dois E.V, além de outros que tive nos meses anteriores.

Este me chamou mais atenção pois percebi algo diferente, então vamos lá.

Estava no sofá assistindo uma TV com o propósito de tirar um cochilo, durante um tempo comecei a sentir o E.V intensamente, como sempre vem o medo e começo a tentar interromper o processo, sentia meu corpo desdobrar e parecia em alguns momentos ter visões de dois lugares (um sentimento de está em duas dimensões ao mesmo tempo, todavia no mesmo lugar), após isso perdi a lucidez e já estou no mesmo ambiente (como se eu estivesse acabado de acordar), contudo parecia um sonho, não tinha muita lucidez, estava mexendo no celular vendo vídeos de pessoas acariciando leopardos naturalmente (não tenho certeza disso pois é uma parte que me lembro muito pouco) e assistindo TV ao mesmo tempo.

Após alguns minutos minha mãe estava vindo para sala, não falou nada, apenas assistiu o vídeo no celular juntamente comigo e comecei a sentir o E.V novamente, mas dessa vez não tive medo pois minha mãe estava do meu lado e deixei rolar, perdendo toda lucidez.

Imediatamente acordo com uma sensação estranha que poderia ter sido um sonho ou projeção.

Então depois de muitas vezes acontecer isso percebi o seguinte, tenho o primeiro E.V normalmente e acordo em outro lugar ou dimensão, não sei explicar, durante este tempo que estou em outro lugar que não conseguia perceber pois é exatamente a mesma coisa, tenho outro E.V e acabo voltando para o lugar atual.

Demorei um tempo para perceber isso, da mesma maneira não consigo lembrar de levantar após ter o primeiro E.V, isso nunca vem na minha cabeça, pois é tudo automático.

Queria saber se com mais alguém acontece isso ou só eu que tenho esses E.V estranhos.

Isso tem alguma relação a mentores? Sinto que quer me dizer algo, pois em todos os E.V sinto muito medo e neste último em outro lugar como parecia ser uma cópia da minha mãe não tive medo. Me lembro também de um vidente me falar algo sobre isso no antigo fórum, mas como faz tempo, não sei mais quem foi.

Obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, a gente tem um EV de saída DO CORPO ASTRAL , e um EV de reentrada DO CORPO ASTRAL.

Talvez com um falso despertar no meio de tudo, ou algum sonho lúcido, para complicar, você tenha notado o EV de saída ou reentrada do corpo astral, quanto em sua mente você estava ocupada tendo uma experiencia de sonho, sonho  lúcido ou de "falso despertar" (também um tipo de sonho lúcido).

Exemplo: você pode estar sonhando, sem lucidez alguma, andando numa rua, e entao sente um EV e algo te puxando para trás mas não enxerga o que seja. É uma situação em que você estava sonhando (fantasia mental enquanto seu corpo astral estava apenas flutuando sobre o corpo físico), e então seu corpo astral é puxado e surge o EV, e você, sem interromper o sonho, nota o ev e o puxão para trás

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ultimamente notei que tenho maior facilidade de perceber o EV antes de acordar do que das outras formas. Na verdade, durante a vigília ainda não sou se quer capaz de sentir o percurso energético de maneira clara (no máximo tenho a sensação de formigamento nos plantares e na têmpora) e já cheguei a ficar em dúvida se estava realizando a técnica do modo correto. A sensação nítida mesmo tive somente em estado hipnagógico, antes de entrar na vigília, e ainda hoje é assim. 

O que pude constatar nessa situação é que o comando para mexer a energia de cima para baixo e vice versa é puro e simples, visto que sem muito esforço já dava pra "ver" a ativação ocorrendo.

Nesta palestra que o Saulo deu no IPPB, ele inclusive fala que é possível movimentar energia apenas pensando "pé-cabeça-pé-cabeça...", sendo possível chegar ao EV, já para o pessoal do IAC é preciso atenção a diversos atributos (quantidade, varredura, retilineidade da "onda" e velocidade, principalmente) para que se viabilize atingir o mesmo, o Waldo Viera, até onde sei, só fala em "vontade inquebrantável", sem maiores descrições da técnica. 

Gostaria de saber a opinião de vcs. O que sabem/pensam sobre o assunto (perdoem-me se estou no lugar errado para esclarecer essa questão, só quis pegar um gancho)?

Segue video da palestra do Saulo no IPPB em que ele fala sobre a movimentação energética (1:25:45).

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 horas atrás, sandrofabres disse:

Olha, a gente tem um EV de saída DO CORPO ASTRAL , e um EV de reentrada DO CORPO ASTRAL.

Talvez com um falso despertar no meio de tudo, ou algum sonho lúcido, para complicar, você tenha notado o EV de saída ou reentrada do corpo astral, quanto em sua mente você estava ocupada tendo uma experiencia de sonho, sonho  lúcido ou de "falso despertar" (também um tipo de sonho lúcido).

Exemplo: você pode estar sonhando, sem lucidez alguma, andando numa rua, e entao sente um EV e algo te puxando para trás mas não enxerga o que seja. É uma situação em que você estava sonhando (fantasia mental enquanto seu corpo astral estava apenas flutuando sobre o corpo físico), e então seu corpo astral é puxado e surge o EV, e você, sem interromper o sonho, nota o ev e o puxão para trás

Então existe o EV de entrada e saída? Comigo está acontecendo com muita frequência isso, praticamente todos os EV anteriores foram assim, sempre tenho 2, mas esqueço de levantar no primeiro para aproveitar, pois tenho quase certeza que após o primeiro EV já estou em outro lugar, porém como é tudo automático ainda acho que estou aqui e volto a dormir.  

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em termos de sensaçao podemos dizer que tem dois, porque o primeiro é un aceleraçao vibratória que vai permitir a separaçao entre os corpos. O segundo acontece porque o corpo astral saiu, absorveu energia do ambiente, e ao retornar, essa energia é absorcuda no sistema etérico, gerando uma "chuveirada energética". Nos dois casos sentimos como um formigamento eletrico. Mas em geral o de rertorno é mais suave, a menos que voce tenha tido uma projeçoa longa  de una 40 min ou mais. Nesse caso essa chuveirada e bem intensa. Entoa como sensação são 2 evs, mas tenho dúvidas se ao discutir terminologia,se esse de retorno poderia ser classificado de EV mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, sandrofabres disse:

Em termos de sensaçao podemos dizer que tem dois, porque o primeiro é un aceleraçao vibratória que vai permitir a separaçao entre os corpos. O segundo acontece porque o corpo astral saiu, absorveu energia do ambiente, e ao retornar, essa energia é absorcuda no sistema etérico, gerando uma "chuveirada energética". Nos dois casos sentimos como um formigamento eletrico. Mas em geral o de rertorno é mais suave, a menos que voce tenha tido uma projeçoa longa  de una 40 min ou mais. Nesse caso essa chuveirada e bem intensa. Entoa como sensação são 2 evs, mas tenho dúvidas se ao discutir terminologia,se esse de retorno poderia ser classificado de EV mesmo.

É possível a gente ter esses dois EV's e não perceber (recordar) e achar que nunca teve um EV?.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

ClaroSim, leia este tópico:

 

Mas o de retorno é mais fácil de perceber, só que voce tem que se condicionar para pretsar atençãopo ruqe é meio sutil. Tem gente que já acha absurdo eu dizer:

"quando acordar, sem abrir os olhos, você faz o seguinte..."

 

porque eles são condicionados a acordar e já abrir os olhos

"Acordar"é um processo lento:

- você está lá vivnedo seu sonho nítido

-então a imagem sofre uma oscilada/desfocada

- escurece tudo

- você sente a cama embaixo de você

- sente esse formigamento de corpo inteiro (Ev de retorno?)

- sente a primeira inspiração

 

Claro que entre todas essas etapas se passam uns 2 segundos apenas. Mesmo assim são etapas bem diferentes umas das outras, se você está atento você pega elas acontecendo. Se não está, não sente nada, apenas abre os olhos e pronto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, sandrofabres disse:

se você está atento você pega elas acontecendo. Se não está, não sente nada, apenas abre os olhos e pronto

É o meu caso. Tenho o sono meio pesado, quando eu durmo entro no modo "pedra".

Alguém aí consegue sentir o E.V estando desperto durante o dia após um  OLVE? Eu consigo sentir as energias enquanto produzo a oscilação mas tenho dúvidas se consigo estabelecer de fato E.V. nestas situações.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, sandrofabres disse:

Claro que entre todas essas etapas se passam uns 2 segundos apenas. Mesmo assim são etapas bem diferentes umas das outras, se você está atento você pega elas acontecendo. Se não está, não sente nada, apenas abre os olhos e pronto.

Deve ser o que está acontecendo comigo.

Vou procurar ficar mais atento nesses momentos.

Obrigado a vocês.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.