Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Dos olhos do Criador


CaioMartins
 Share

Recommended Posts

No fim de semana passado (21/02/2016) comecei a perceber algo estranho em mim, a sentir que algo estava fora do lugar, sentia uma saudade incontrolável de alguém/ algo que eu não conseguia descobrir.
Era uma tristeza que preenchia todo meu ser combinada a uma espécie de confusão que me deixava "surdo" às intuições do mundo espiritual. Procurei de todas as formas chegar em uma boa sintonia mas mesmo assim ainda algo me faltava.
Tenho três cachorros em casa e costumo soltá-los na rua para que eles possam brincar durante algumas horas, livres, correndo pelos terrenos perto de casa. Não fazia muito tempo que eu havia soltado eles naquele domingo, cerca de meia hora, e um temporal muito forte chegou enquanto eles ainda estavam soltos. Logo eu peguei meu guarda-chuva e fui buscá-los, preocupado que eles ficassem doentes. 
Assim que saí, dois dos meus cachorros entraram em casa logo que abri o portão, sem eu nem precisar chamá-los, enquanto o terceiro olhava para mim no meio daquele temporal pesado e corria feliz pelos terrenos ao redor. Eu chamava por ele, tentando em vão fazer a minha voz se sobrepor ao som do temporal. Às vezes ele me escutava e olhava na minha direção, outras ele nem ao menos reagia e continuava correndo feliz pela chuva. Sentia uma preocupação constante ao ve-lo feliz correndo pra todo lado enxarcado - e a saudade/ tristeza em mim se intensificou.

Já havia alguns dias que estava bloqueado e não conseguia ouvir as intuições que vinham do mundo espiritual, mas naquele momento eu voltei a ouvir, enquanto via meu cachorro correndo distante e feliz na chuva, ela me dizia assim:
"Assim como você sente vontade de correr até ele e mantê-lo seguro com você eu também sinto saudades de você enquanto você corre feliz pela vida"

No mesmo instante, ao ouvir essas palavras, uma felicidade imensa me preencheu, uma espécie de inspiração e alegria me fizeram deixar para trás todas aquelas sensações que me puxavam para baixo.

Durante a vida, em alguns momentos acabamos nos esquecendo daqueles que nos guardam enquanto estamos trilhando nossos caminhos aqui na Terra, com todos os acontecimentos que se interpõem o tempo inteiro nos tirando o foco - Mas eles continuam ali, sempre, sendo nosso porto seguro, nossos guias.
Lembrem-se daquele que nos protege, não importa qual seja o nome que ele possui na religião de cada um, mantenham-se em contato com ele, pois assim como temos necessidade de estarmos juntos ele também sente falta de nos ouvir, de saber que nos lembramos dele.


Muita paz e luz a todos nós.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...