• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
sandrofabres

Chi Kung (Qi Gong)

Recommended Posts

Pessoal, uma das sugestões que quero deixar aqui é sobre o Chi Kung.

Vou copiar um texto aqui de um site sobre isso, para quem não conhece nada tem uma primeira noção, mas os materiais postados aqui são apenas para apresentar essas coisas, as pessoas deveriam pesqusiar mais sobre o tema que lhe interessar, já que o foco do GVA não é ensinar isso.

Chi Kung

O Chi Kung (QiGong) é uma prática terapêutica em que se realizam exercícios que combinam movimento suave e respiração controlada, e na qual a atenção e a visualização do praticante estão concentradas nas várias partes do corpo, de modo a alterar o fluxo de energia. Chi Kung significa literalmente “energia” (Chi ou Qi) e “habilidade, treino” (Kung ou Gong), ou seja, treino e desenvolvimento da energia (do corpo humano). Durante milénios, o Chi Kung foi conhecido por outros nomes – Dao Yin ou Nei Gong, entre outros – e estava frequentemente ligado à prática das artes marciais, de sistemas esotéricos de meditação e desenvolvimento espiritual e de sistemas de medicina preventiva.

Semelhante a outras práticas bioenergéticas ocidentais, o que diferencia o Chi Kung é que está profundamente ligado às teorias da Medicina Tradicional Chinesa, ou seja, utiliza a teoria dos meridianos e pontos de acupunctura, da circulação de energia e outros conceitos, para exercitar o corpo e a mente – aliás, do ponto de vista da Medicina Chinesa é impossível dissociar mente e corpo. Assim, quando um praticante está a fazer um exercício de Chi Kung está a manipular a energia do seu corpo de acordo com estes princípios.

O Chi Kung é um tipo holístico de exercício, muito diferente dos sistemas de exercício e ginástica modernos que apenas endereçam os componentes exteriores do nosso corpo, músculos e capacidade cardiovascular, muitas vezes correndo o risco de criar outros problemas (de articulações, postura, de esgotamento dos órgãos e assim por diante). No Chi Kung todos os sistemas do corpo são exercitados: os órgãos internos são suavemente massajados, as circulações de sangue e linfa são estimuladas, a capacidade respiratória é suavemente expandida e melhorada, as articulações são exercitadas de modo saudável, e assim por diante, ao mesmo tempo que o envolvimento mental do praticante representa um outro nível de exercício, com enormes benefícios a nível do relaxamento, da lateralidade do cérebro e da concentração. Todos estes benefícios fazem com que o Chi Kung seja um maravilhoso sistema de prevenção das doenças. Nalguns casos, e acompanhado por um instrutor competente de Chi Kung, o praticante poderá completar a sua prática com exercícios que tratem especificamente os seus problemas.

Para que o Chi Kung seja verdadeiramente eficiente na manutenção da saúde e no combate ao stress, deve, no entanto, ser praticado regularmente, de preferência todos os dias, para ir fortificando o corpo progressiva e suavemente. O praticante deve primeiro procurar aprender um sistema completo. Geralmente estes sistemas são constituídos por uma série de exercícios, cada um dos quais deve ser feito durante uma série de repetições. Uma vez que o praticante tenha atingido um grau de habilidade razoável com estes exercícios, poderá começar a explorar outros aspectos do Chi Kung.

Mestre Xuan Wu

Fonte: https://caminho-natural.org/chi-kung/

 

.........................

Dicas de livros:

166259_Ampliada.jpg

85-315-1124-0.jpg

Chi Gung. Autora: L. Carnie

Esses livros estão esgotados mas podem ser encontrados na

"estantevirtual".

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu espelhei este vídeo, para ficar mais fácil aprender, caso alguém queira experimentar praticar. Aprender por vídeos tem esse problrma, o cara vira para a direita, mas você tem que virar para a esquerda, porque eles não se lembrar de espelhar a imagem. Bom, eu fiz isso.

Algumas explicações, no entanto, se fazem necessárias:

 

- Respiração: no Chi Kung , em geral usa-se a respiração reversa, ou seja, ao inspirar contraia o abdômen, ao expirar, expanda o abdômem.

- Atenção: a atenção é mantida nos membros, no caso nos braços e mãos, mantendo um nível leve de contração neles, não muito para não bloquear a energia nem totalmente relaxado, porque alguma contração é necessária na zona alvo, para que a energia vá para lá. Eu sugeriria o seguinte: foque na AURA das mãos, tentado senti-la, e logo percebrá que sentirá energias nas palmas das mãos, depois sentindo em outras áreas também.. Sempre que faz movimentos de empurrar algo, imagina que está empurrando um objeto pesado. A idéia é que a energia obedeça sua intenção/imaginação, sendo mantida lá pelo foco e pela leve tensão usada.  O chi kung dinâmico, ou seja, que usa movimentos corporais, via estimular a energia dos membros, que é mais fácil, para depois essa energia ciruclar pelo tronco e órgãos, limpando canais, já que circulará com ais força do que o normal. É um princípio similar ao do exercício físico, porem o foco todo é mantido na questão das energias, não dos músculos.

- Começa-se com uma pausa, com tres respirações profundas, depois há diversas pausas em que também se faz essas 3 respirações, como verão no vídeo

O nome dessa rotina é Ba duan Jin, e há diversas versões, mas essa é exectuada por um monge shaolin, Shifu Yan Lei, da 34a geração, tal como ele aprendeu quando estava no mosteiro Shaolin. Há outras versões na internet, em geral modifiadas para pessoas com menos capacidade atletica poderem executar (é uma prática comum entre idosos na china, assim com o Tai Chi)

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sandro,

Já observei alguns bons videos de chi kung pelo Youtube (ruim é que não achei nenhum traduzido para português), mas creio que não há nada melhor do que o sistema presencial.

Destaquei um link sobre curso de formação em chi kung, pela sociedade brasileira de tai chi chuan, em São Paulo: 

http://www.sbtcc.org.br/cursos/formacao-em-chi-kung-serie-fundamental-para-energia-e-saude-sistema-tres-finais-de-semana

Eu não conheço o pessoal de lá, mas sei que o curso oferece um certificado se a pessoa objetivar instruir outras pessoas, parece interessante. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a pessoa tem centro de ensino na sua cidade, melhor. O que não pode é se paralisar, achando que não pode aprender nada porque não tem quem lhe ensine pessoalmente. Seria um desperdício de vida.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bons os vídeos Sandro.

Pergunto se há possibilidade de passar o link destes vídeos, pois fiz curso de Chi Kung e pretendia repassar esses vídeos para meus colegas como material complementar, mas não achei eles no Youtube.

Se envolver direitos autorais ou problemas similares deixa quieto, ou envie por MP.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, tem problema sim. Isso é um dvd que comprei e botei o link apenas aqui, não deixei visível no youtube exatamente para evitar problemas.  Mas quando voce clica ali para ver, vai aparecer o ícone do youtube, clique nele, para assistir no youtube, e aí pegue o link lá de cima e repasse para seus amigos. Ou baixe e depois compartilhe. Sempre é bom baixar, porque de uma hora para outra some, podem fechar minha conta se notarem algo com direitos autorais, e cada dvd desses sai mais de 300 reais, vai ficar difícil adquirir esse material. Até tem para baixar na internet, mas acho que sem as legendas em português.

Acho que até o final desta semana devo adicionar aqui mais 2 DVDs (3 partes), que são continuação desse que postei em 4 partes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok Sandro, entendi. Vou tentar baixá-lo.

Pode adicionar outros vídeos que serão muito bem aceitos!!! É bom ter outra visão do conteúdo, principalmente quando remete a circulação da energia pelas estruturas do corpo, como ossos, medula e tendões.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Você é fera, @sandrofabres! Salvando a página aqui pra depois estudar tudo. Muito obrigado por disponibilizar esses DVDs. Espero que não caia tão cedo! Tenho muito interesse no Chi Kung, mas sempre fico naquela de o que seria melhor: Mexer energia como na MBE para atingir o EV(Cima a baixo e vice versa) usando só a força da vontade ou utilizar as mãos juntamente... Tbm fico na duvida enquanto uso as mãos como num auto passe puxando energia de cima a baixo e vice versa como na tec completa 4 do saulo. Se eu foco minha energia nas mãos ou se dentro do corpo ou se os dois juntos.. Acho que ce entende o que quero dizer. Queria que vc pudesse elucidar um pouco sobre suas impressões sobre isso, a nível de curiosidade minha... Aliás até as próprias técnicas de MBE podem ser denominadas Chi Kung, pois é só uma questão de nomes, rótulos e idiomas já que Chi Kung basicamente significa Controle dasEnergias ou algo assim que indique movimento.. Enfim, valeuzão!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade as técniicas que movem energias sem usar movimentos corporias são Nei Kung. É algo que exige amis treino e sensibilidade. Eu nunca fui de sentir nada de energias usando apenas técnicas mentias, o que NAO É O MESMO QUE DIZER QUE EU NAO MOVO ENERGIAS. É um mito bem difundido a idéia de que se você não sente então é porque não está conseguindo fazer. FAZER é uma coisa, PERCEBER o que está fazendo é outra bem diferente. Qualquer um despeja energia em pessoas sensíveis  e eles sentem, ainda que quem emitiu não sinta nada saindo. Mas no Chi Kung eu sinto, acho que consequr mover maior quantidade de energia talvez, ou move energias mais densas, nao sei. Quanto a focar na mão ou dentro do corpo,  o chi kung usa apenas o foco na energia das maos, o resto acontece por si mesmo. Você não está no comando da energia, está apenas atento ao que sente. Já no Nei Kung você tenta induzir a energia a fazer o que você deseja. Mas sobre aquela técnica do Saulo caberia a ele responder. Eu, quando faço algo naquele estilo, foco em tudo, ou seja, primeiro procuro tentar sentir/ ativar o campo energético das mãos, e é com esse campo que faço a varredura no campo energético do corpo, como quem enfia a mao dentro d'agua para pegar alguma coisa. Ou seja, presto atençao ao membro que pega algo e tambem ao que ele tenta pegar. Sei que como faço funciona porque quando uso isso para estimular/limpar Chackras arroto bastante, o que costuma ser um sinal de que energias densas foram liberdas . Mas é como EU faço, não sei como o Saulo faz.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito obrigado por ter esse trabalho de comprar, ripar o DVD, fazer upload e dispobilizar. O material é muito interessante pois o cara é extremamente didático, e ainda dá uns toques de chinês rsrs valorizo muito porque to aprendendo mandarin (cantonês quem sabe um dia). Eu tenho aprendido umas técnicas de qigong pessoalmente, o problema era justamente que faltava assim um alcabolço teórico já que a pessoa conhece mais o lado prático, e não questionou muito as lições que recebeu... esse DVD tá dando uma clareada. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa é uma área na qual falta muita teoria me parece, é mais uma "arte de repetição" e por isso tem milhares de estilos, que na verdade poderiam quem sabe ser reduzidos a uma ou duas dezenas talvez . 

Para quem lê inglês vou deixar aqui duas sugestões, porque são as mais interessantes que encontrei até agora:

1) O livro desse chinês dos vídeos.  É puxadinho, li duas vezes e boiei, por isso comprei os dvds, para ver se ele simplificava um pouco. Melhorou, mas não chegou a ser a coisa mais simples do mundo, eheheh.

https://www.amazon.com/gp/aw/d/1886969507/ref=mp_s_a_1_1?ie=UTF8&qid=1474136705&sr=8-1&pi=AC_SX236_SY340_FMwebp_QL65&keywords=root+chinese+qigong

2) Ken Cohen. Bem menos complexo e menos profundo que o livro acima, mas dá uma visão mais panoramica dos estilos, listando se nao me engano 5 como sendo os fundamentais dos quais os demais parecem ter se desenvolvido( o livro ilustra os movimentos de todos os 5) e ainda sugere um esquema de aprendizado progressivo desses fundamentos. 

https://www.amazon.com/gp/aw/d/0345421094/ref=mp_s_a_1_1?ie=UTF8&qid=1474137296&sr=8-1&pi=SY200_QL40&keywords=ken+cohen+qigong&dpPl=1&dpID=51L8kkSjP4L&ref=plSrch

E para dicas de livros em português, vejam este outro tópico: 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 17/09/2016 at 16:16, sandrofabres disse:

Essa é uma área na qual falta muita teoria me parece, é mais uma "arte de repetição" e por isso tem milhares de estilos, que na verdade poderiam quem sabe ser reduzidos a uma ou duas dezenas talvez . 

 

Sandro, agradeço mais uma vez sua paciência e generosidade em compartilhar este conteúdo.

Na verdade esta repetição, como toda e qualquer prática, é para que o sujeito obtenha experiência e resultados. Se fizer só os movimentos mas estiver com a mente pensando nos afazeres diários, realmente não adianta nada. O mais importante acredito em qualquer prática inclusive o Chi Kung é a INTENÇÃO em realizá-lo, com mente serena incluindo a AUTO OBSERVAÇÃO, pois há algumas posturas meditativas também. Depois de um tempo praticando, adquiri uma sensibilidade maior nas mãos, pois sinto o calor passar pelas mãos chegando à ponta dos dedos.

No curso que tive também não houve muita teoria, inclusive o curso é baseado nos ensinamentos desse mestre Yang Jwing Ming, o qual você forneceu os vídeos. O que sei é historicamente falando, depois que Bodhidharma trouxe seu conhecimento da Índia para China, criando os livros "Clássico Cambio Muscular", basicamente o Chi Kung, que treina o Weidan (elixir externo) e o "Lavagem da Medula", acerca do Neidan elixir interno (este ensinamento do Neidan era mais díficil de ensinar, feito a portas fechadas, pois poucos alunos conseguiam entender), houve diversas linhagens sim, e por ser uma prática quase exclusivamente só feita na China, cocnordo com você, poderia ser reduzido a poucos estilos, pois não creio que perdeu sua essência ao se ramificar em várias linhagens. Apesar da Revolução Cultural de Mao Tse Tung ter atrapalhado o progresso da China nesta área, está voltando à tona este conhecimento, talvez surja mais uma alma caridosa que nem este mestre que possa trazer mais conhecimento benéfico para nós.

Enquanto isso vamos às práticas!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, rafael.assuncao disse:

Sandro, agradeço mais uma vez sua paciência e generosidade em compartilhar este conteúdo.

Na verdade esta repetição, como toda e qualquer prática, é para que o sujeito obtenha experiência e resultados. Se fizer só os movimentos mas estiver com a mente pensando nos afazeres diários, realmente não adianta nada. O mais importante acredito em qualquer prática inclusive o Chi Kung é a INTENÇÃO em realizá-lo, com mente serena incluindo a AUTO OBSERVAÇÃO, pois há algumas posturas meditativas também. Depois de um tempo praticando, adquiri uma sensibilidade maior nas mãos, pois sinto o calor passar pelas mãos chegando à ponta dos dedos.

Apesar da Revolução Cultural de Mao Tse Tung ter atrapalhado o progresso da China nesta área, está voltando à tona este conhecimento, talvez surja mais uma alma caridosa que nem este mestre que possa trazer mais conhecimento benéfico para nós.

Enquanto isso vamos às práticas!!!

Sim, ele é mais uma atividade que gera resultados sem necessitar conhecer a teoria, os resultados que você cita são os que a gente sente mesmo. Ja senti umas coisa até mais detalhadas uma vez,  a energia subindo, espiralando pelas pernas, enquanto estava fazendo uma simples postura estática:

57ccf7f9358f35b7e4879b77f22976a9.jpg

 

Mas o que eu digo que falta (eu estava no celular este fim de semana, então tentei não me estender) em termos de "teoria" é pessoas com sensibilidade suficiente para perceber o sistema energético completo, por onde fluem certas energias, quais canais são ativados, chackras, etc. Uma pessoa que perceba isso nitidamente conseguiria identificar sobreposições entre estilos, ( ou o efeito de  cada um dos esquemas de respiração, como os mostrados na imagem acima, do estilo Flying Phoenix) porque quando vê o cara está praticando 3 ou 4 estilos que servem todos os mesmo objetivo, porque ativam as mesmas coisas . Já vi muita discussão num fórum internacional  sobre ChiKung, tipo  "este é melhor que aquele", "este é muito básico", "este é inventado"....mas lendo atentamente parece que ninguém ali sabe do que está falando. Julgam pelo fato de sentirem mais ou menos a energia, ou porque repetiram algo da tradição. O que é "saber do que está falando"? É justamente saber o que a energia faz em cada estilo, de onde vem, para onde vai, como alterar isso mudando os movimentos, com determinados objetivos. Aparentemente todos os estilos fazem o básico, limpar canais, desenvolver sensibilidade e controle energético, aumentar o nível de energia total, deixar o sujeito mais centrado psicologicamene. Mas para isso qualquer estilo serve.

O que falta é base teórica suficiente para justificar "porque este e não aquele", ou porque "primeiro este, e só então aquele". Esse domìnio teórico é que parece não existir, porque não existe sensibilidade suficiente que permita detectar na prática a eficácia  propostas teóricas. O trabalho do Yang Jwing Ming ainda é mais acadêmico que sensitivo. Com exceção dos livros do Mantak Chia (como o  "Camisa de Ferro" e "Estrutura Interior do Tai Chi")  aspecto interior da energia não é abordado publicamente ou é desconhecido mesmo dos praticantes e instrutores.

Felizmente não é uma prática que NECESSITE essa teoria, porque sendo uma prática muito antiga, por tentativa e erro alguns estilos e suas aplicações já estão consagrados. Mas é aí que mora o X da questão: você só precisa confiar na tradição quando você não conhece como as coisas funcionam e portanto não convém arriscar mexer no que "não mata nem engorda" . Mas quando você nota o livro do Robert Bruce sobre energias nota que para elaborar aqueles exercícios a pessoa precisava ter sensibilidade para perceber o que funciona melhor para um chackra e não para outro, por exemplo. É esse conhecimento ,que permite fazer alguma reengenharia, que parece não existir, ou talvez esteja oculto das massas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, sandrofabres disse:

Sim, ele é mais uma atividade que gera ...

 

Ah sim, entendi, realmente não conheço ninguém que possua tal sensibilidade e possa descrever isto num livro, mas pelo que sei a tendência é alguns, oriundos da linhagem budista esconderem o jogo mesmo, inclusive o que disse sobre treinamento a portas fechadas, é que há a possibilidade do praticante do Nei Kung, por exemplo, adquirir pequenos poderes transcendentais, que sob poder de pessoas corruptas poderia ser usado para fins egoístas e mundanos.

Sei que já existe praticantes de magia negra que já causam muita confusão, e este poder seria um extra ou nova técnica, mas ao mesmo tempo não sei se uma pessoa negativa teria acesso à conteúdo espiritual de grande valor, por isso também acho que poderia ser mais divulgado, mas enfim, não vou divagar mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 08/03/2016 at 11:39, sandrofabres disse:

Pessoal, uma das sugestões que quero deixar aqui é sobre o Chi Kung.

Vou copiar um texto aqui de um site sobre isso, para quem não conhece nada tem uma primeira noção, mas os materiais postados aqui são apenas para apresentar essas coisas, as pessoas deveriam pesqusiar mais sobre o tema que lhe interessar, já que o foco do GVA não é ensinar isso.

eu acho o Chi Kung muito importante para quem está interessado em viagem astral. quem praticar Chi Kung está trabalhando com a energia do corpo e como estamos aprendendo a cultivar essa energia interna do corpo é claro que isso vai influenciar muito a viagem astral e principalmente o corpo astral.

é importante o pessoal do GVA focar um pouco nessa área de Meditação, Tai Chi, Chi Kung etc... essa energia interna é que vai garantir a nossa viagem astral.

 

powers9-11.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ely Britto - Iron Shirt Chi Kung 1 - Curso a distância

Você pode aprender em casa, as 8 posturas da Camisa de Ferro, prática milenar taoista, que pode mudar sua vida para sempre! Disponibilizo gratuitamente esse cursos à distancia realizado em 2002 para os querem multiplicar seu nível de energia vital (Chi) . Praticar esses exercícios durante 15 minutos todos os dias pela manhã assim que acordar. Visite nosso site www.healing-tao.com.br caso precise de mais informações. ATENÇAO - essa práticas precisam ser acopladas a Meditação do Sorriso Interno um audio que também está disponivel gratuitamente aqui. Faça a meditação pela manhã antes de praticar as posturas da camisa de ferro. IMPORTANTE seguir essa recomendação, assim se previne de multiplicar as energias das emoções negativas que todo ser humano guarda dentro de si. Emoções negativas podem ser transformadas por essa meditação e garantir que tenha uma energia limpa interna para ser multiplicada por esses exercicios taoista desse video. Meu e-mail para contato caso tenha duvidas; ely----CITAÇÕES COM ARROBA COLOCAM SUA POSTAGEM SOB MODERAÇÃO. EVITE USÁ-LAS------healing-tao.com.br ou pelo info----CITAÇÕES COM ARROBA COLOCAM SUA POSTAGEM SOB MODERAÇÃO. EVITE USÁ-LAS------healing-tao.com.br .

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Zhan Zhuang, um estilo de Chi Kung imóvel (lá no primeiro post, tem dois livros que indiquei. No livro da L. Carnie ela explica as diferenças entre o Chi Kung estático e o dinâmico). Tem livro em português sobre isso, em pdf: O Caminho da Energia [Lam Kam Chuen].pdf

Infelizmente o vídeo não tem legendas em português ,mas, é chin~es falando inglês né? Eles falam como se escreve, eheh, é bem mais fácil de entneder do que um falante nativo de inglês:

 

 

 

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu estava namorando este DVD novo já ha mais de um ano:

https://www.amazon.com/Neigong-Martial-Qigong-Internal-Power/dp/B00OBHYYCS/ref=sr_1_12?ie=UTF8&qid=1509462116&sr=8-12&keywords=nei+gong

Mas o preço estava muito salgado, porque o que não é livro tem 100% de imposto de importação sobre o preço total do "dvd+frete". Agora baixou quase metade e resolvi pegar antes que suba novamente. Só que não tem legendas em português, só em inglês.

Não tive tempo de assistir ainda, chegou na sexta, só deu para ripar, converter, dividir e agora estou upando em pedaços pequenos de uns 50 minutos cada. Segue o tema sobre energias, mas nesse o enfoque vai se direcionando, no final para aplicações em artes marciais. O último pedaço, a parte 7, é só mostrando a execução dos exercícios. Eu  ia eliminar essa parte, porque aqui para o GVA isos não interessa muito. Mas. como pode ter gente aqui que é praticante de arte marcial seria um crime eliminar justo essa parte, eehehe. Então vá lá. Acho que só vou terminar de upar as 7 partes amanhã. Quem gosta do tema baixe isso para si, nunca se sabe a hora que o ooyutbe vai deletar por alguma denúncia por direitos autorais. Para reduzir a chance isso, coloco sempre esses vídeos como não listado, só quem entra aqui pelo GVA tem o link. O índice do DVD está aqui: Neig Gong DVD.pdf

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now