• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
cyber2050

Alimentar os espiritos da casa

Recommended Posts

Bom, ja li em diversos relatos de viagem astral sobre encontro com espiritos na propria casa, muitas vezes eles se disfarçam de pessoas da familia e tal, há certas religiões e civilizações que faziam/fazem oferendas para esses seres e/ou os alimenta de alguma forma, por exemplo, a mitologia grega os chama de "Manes" acreditando que esses seres são espiritos de ancestrais e que eles podem até mesmo ajudar nos assuntos  da familia da casa 

Bom, para estar presente da mitologia grega e romana, pouca coisa essa assunto não é. Gostaria de saber se vocês acham saudável se relacionar com esses seres da casa e até mesmo realizar os rituais das religões grega e romana para com esses seres?

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites


cyber2050, cara... tenho medo de polemizar muito dando minhas opinioes aqui no forum, porque eu nao sou espirista, nem conscienciologo, e nem tenho a mesma visao dessas duas correntes (nem muito parecida), isso ja me coloca fora dos 90% aqui do forum rs. Mas minha intencao é só participar, sem querer polemizar, nem trazer nada que seja prejudicial a voce nem a nenhum ser, entao creio que minha resposta tem seu espaco aqui.

O culto aos antepassados, como é o nome disso que vc falou, existia sim nessas culturas e é recorrente ao longo da história das civilizacoes... desde nativos americanos a orientais. E me perdoe se incomodar a alguem, mas existe uma cultura de DESQUALIFICAR o contato que as outras pessoas fazem no mundo espírita, a meu ver. O contato do outro sempre é com obsessor, com espirito brincalhao, com ser inferior... e do medium do centro dele, ou do medium famoso, o dele é legitimo e inquestionável. Quando acho que nao seja bem assim.
Kardec mesmo no livro dos mediuns faz advertencias as pessoas que julgam os espíritos, para que tenham retidao. Que nao se achem donos da verdade.

Eu já fiz parte de uma ordem, e até hoje "trago comigo" os espiritos que me ajudavam lá na iniciacao... Sonho com eles, quando tenho lucidez suficiente converso, aprendo. E principalmente peco que me guiem. Se voce for pensar, o que é o adoracao da Igreja Católica por seus santos, se nao é uma forma de culto aos antepassados ? Mas agora, antecepassado ligados a igreja, a religiao, nao só a uma família. Mas nao deixam de ser pessoas das quais vc, em tese, está herdando algo.

Agora se é saudável comunicar com os espíritos, bem, qualquer vai dizer que é saudável vc comunicar com espiritos chamados "de luz", que almejam a evolucao e o bem de todos. Isso é bem obvio.

Mas e se for um espirito... nao tao na luz assim ainda rs.. bom. Pense o seguinte, o projetor quando sai nao costuma bater um papinho com os espiritos que estao na casa ? Claro que sim. Até pra saber quem está ali, e o que está fazendo ali. Entao, acho que tudo feito com responsabilidade, e buscando entender o que se está fazendo, é válido. Muita gente que nunca fez nada, e só leu um monte de livros com 200 páginas sendo que 150 eram de advertencias de pessoas que também nunca experimentaram muito... vai te dizer as mesmas coisas que leu. Que é perigoso, que nao faca isso, que nao faca aquilo... Algumas advertencias sao válidas. Mas voce conversando ou nao, contactando ou nao, os espiritos estao ali, e tendem a continuar fazendo o que foram fazer ali, seja lá o que for. Desde que vc esteja consciente do que está fazendo, tenha estudado a forma de fazer, e esteja firme no seu propósito... a espiritualidade é sua, e voce tem que ser livre pra explora-la como quiser, sem prejudicar a ninguem e com o bem comum em mente.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cristaldo

Perfeita resposta e devo dizer que concordo plenamente com a sua opinião.

Tenho algumas experiências pessoais semelhantes ao que foi descrito em seu tópico, ou seja, sobre pessoas que leram muitos livros, sabem muito na teoria, mas nunca tiveram nenhuma experiência pessoal com o mundo espiritual que possa ser considerada relevante. O que acontece é que a maioria me alertou para não tentar nada e principalmente, não tentar contato algum com qualquer consciência de outro plano.

Ainda bem que eu ignorei completamente. Claro, levei alguns belos sustos durante todo o processo, o que me acontece até hoje, mas os resultados valeram muito a pena.

Você pode ler mil livros, pode saber tudo na teoria, mas nada se compara a prática. :)

Abraços.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na prática, se você abrir a janela e sacudir um maço de dinheiro, vai atrair as piores amizades possíveis.Espíritos que precisam comidinha estão em mau estado, esse é o problema.

É  um assunto similar a cobrar ou nao por coisas da espiritualidade. Não é porque alguém cobra, que o que ele ensina não é positivo, porém, ao criar-se a exigência de não cobrar, fica mais fácil para a populaçao leiga separar o joio do trigo, já que as pessoas de boas intenções não vão deixar de trabalhar nisso só porque não ganham nada, mas os picaretas procurarão algum outro ganha pão. Da mesma forma espiritos, se você oferece fontes de energia densa, atrairá justamente aqueles ainda apegados a isso, mas se nao oferece nada disso, só terá ao seu lado aqueles que são seus verdadeiros colegas de convicção, sejam as suas conviçoes boas ou ruins, mas estarão com você porque vocês pensam da mesma maneira.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
 
 
E Cyber, não convém esquecer que  segundo a pessoa que escreveu o gênesis, a entidade que ela chamava de "deus" queira sacrifício de sangue, (veja o caso de Caim e Abel), o que coloca essa personagems do deus bíblico na mesma classe das entidades das religiões pagãs ou das encruzilhadas onde o pessoal de algumas religiões depositam galinhas assassinadas. E isso não mudou muito no tempo de Jesus, porque os vendilhões do templo de jerusalém vendiam animais para as macumbas do judaísmo, digo, para os "sacrifícios", que eram praxe naquela época em todas as religioes. Com o tempo isso foi substituído pelo uso do incenso, que é o material que simboliza o sacrifício material (mate´ria que é queimada e enviada para os espírtos), o que tem ainda a mesma finalidade, fornecer ectoplasma para as entidades necessitadas, vistas como "deus". Por isso alguns incensos se prestam mias para materializações, outros para limpeza, porque uns cedem ectoplasma, outros geram emissões que dissipam ectoplasma, Em outras religiões,  usa-se flores e frutas frescas, que são fontes de ectoplasma "limpo", para nao precisar mais mexer com sangue, que é mais de baixa sintonia mesmo, visando assim não atrair como ajudantes seres muito "baixo astral" . É um uso mais refinado, visando fornecer ectoplasma para algumas operações de maior densidade, como as de cura, que precisam formas mais materias de energias para surtirem um efeito mais rápido.
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu concordo com o que o Sandro disse, vc alimentar qualquer um pode te trazer mais problemas do que alegrias.

É igual aquele cachaceiro que fica pedindo 1 real todo dia a todo mundo pra tomar cachaça no bar da esquina. Ele pode inventar uma história cabulosa só pra te comover, pegar tua grana e ir lá encher a cara. Pra mim, dar grana pra uma pessoa dessas é a mesma coisa de jogar dinheiro fora.

E sem falar dakilo q hj vc ajuda uma pessoa, na outra semana aparecem cinco, na outra, 30 e assim vai...

Eu acho válido doar energia a quem realmente precisa, mas como saber? Eu, pelo menos, sozinha, não tenho como saber. Então o que eu faço é me colocar a disposição, todos os dias, a algum grupo que possa querer mhs energia pra ajudar terceiros em desdobramento. Se eles quiserem mh ajuda consciente ou me levar como peso morto, não me importo.

Mais eu já ouvi falar que em raras casas de candomblé cultuam-se mortos. Normalmente é alguém que pertenceu akele grupo no passado e agora fica sendo cultuado lá. Eu acho isso bem macabro, mas se tivesse a oportunidade de participar de um ritual onde pudesse ver, iria, rs.

E em outros, eles pegam alguma parte do corpo de alguem que morreu bem violentamente, por exemplo, baleado, e cultuam em uma lugar separado, longe dos orixás. Nem preciso dizer pra que eles fazem isso né

Edited by MichelleA
Complemento

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 10/03/2016 at 08:33, sandrofabres disse:

Na prática, se você abrir a janela e sacudir um maço de dinheiro, vai atrair as piores amizades possíveis.Espíritos que precisam comidinha estão em mau estado, esse é o problema.

É  um assunto similar a cobrar ou nao por coisas da espiritualidade. Não é porque alguém cobra, que o que ele ensina não é positivo, porém, ao criar-se a exigência de não cobrar, fica mais fácil para a populaçao leiga separar o joio do trigo, já que as pessoas de boas intenções não vão deixar de trabalhar nisso só porque não ganham nada, mas os picaretas procurarão algum outro ganha pão. Da mesma forma espiritos, se você oferece fontes de energia densa, atrairá justamente aqueles ainda apegados a isso, mas se nao oferece nada disso, só terá ao seu lado aqueles que são seus verdadeiros colegas de convicção, sejam as suas conviçoes boas ou ruins, mas estarão com você porque vocês pensam da mesma maneira.

Citar
,  usa-se flores e frutas frescas, que são fontes de ectoplasma "limpo", para nao precisar mais mexer com sangue, que é mais de baixa sintonia mesmo, visando assim não atrair como ajudantes seres muito "baixo astral" . É um uso mais refinado, visando fornecer ectoplasma para algumas operações de maior densidade, como as de cura, que precisam formas mais materias de energias para surtirem um efeito mais rápido.

 

@sandrofabres Pois o que você disse tem sentido pelo que eu pude entender, dentro da própria logica que me aprensentou, então uma pessoa que ao invés sacudir um "maço de dinheiro" (energia densa) dispor energia fontes de energias boas (aliás quais seriam as mais sutis possiveis além das orações e boas intenções? Objetos condutores de elementos da natureza [vela/fogo, musica, água, terra (traria elementais nesse caso?) ?)  

Porém o que o @Cristaldo é muito importante, pois também mostra os dois lados da moeda com base nas próprias experiencias dele.

Pois é claro que a pessoa pode preferir "ignorar" o mundo invisivel, mas não seira mais interessante haver uma interação não só deles para nós, mas de nós para eles? É claro que orações e boas intensões, onde mentais (provavelmente de configurações neutras?) são uma boa forma de criar uma ponte entre o mundo espiritual e o mundo da matéria, mas além disso talvez possa haver um campo de atuação muito maior que possam somar a atuação do plano espiritual benigno no nosso planeta. 

Deixo a minha resposta:

Sabem a "lei da atração", e as "coincidências", por suposição, basando-me no fato de que se há um mundo espiritual e se há energias/seres/consciências energéticas influenciando os humanos, pode-se assumir que o fenômeno de atração ( que parece não ser de todo TÉCNICO/MECÂNICO/MANUAL, ou seja, ninguém até hoje, que eu tenha visto, conseguiu explicar porque as vezes FUNCIONA e outras vezes não mesmo quando aplicado da mesma forma ) é o ato de algum mecanismo externo (seja um ser, consciência ou sistema externo humanoide ou não[ não foi verificado ainda]) utiliza-se da energia (da qual a mental a principio é de configuração a principio neutra, mas que pode assumir outros atributos [positivo, negativo] configurado pela intenção da consciência pensante, diferente das de fontes externas)  para RESPONDER/MUDAR ou INFLUÊNCIAR (resultando em comunicação espiritual, milagres, coincidências e/ou atração de produtos materiais ou espirituais seja de nível abstrato/textual/simbólico ou mesmo material/sólido?), o mundo/experiência DO(podem existir mundos paralelos?) humano/consciência (consciência que ofereceu a energia sendo dela própria (pensamentos, intenções,  o uso do som da voz/da fala) ou não (exemplo: o uso de um objeto que faz isso [ exemplo, condutores da natureza, rituais/programadores de mentes de fora para dentro, e/ou até mesmo ferramentas tecnológicas (emitem ondas ?) ]

Então não seria mais válido, sim, ser um humano consciênte e ATIVO e não PASSIVO, utilizar além das energias clássicas mecanicas do mundo material e a elétrica, também utilizar-se das energias/seres/sistema(s)/softwares do plano espiritual/invisivel/não-material? 

Pois se TODOS os elementos do plano espiritual são espiritos, humanos, seres, extraterrestres, sistemas, softwares, etc... Não é a questão, pois estamos aqui, nesse planeta contando com NOSSAS EXPERIENCIAS e não com doutrinas de livros, e com base NELA, a lógica VERDADEIRA para o mundo humano existe de principio antes mesmo do humano a desenvovler, já existe um principio verdadeiro, então, o que temos por exeperiencia é: Além dos fenômenos materiais visiveis, há os energéticos invisiveis (eletricidade por exemplo, ondas não visiveis aos olhos humanos por exemplo, e tudo que a ciência ainda estuda, estudou e não conheceu ainda). Com base nisso, se por exemplo, essas energias forem ESPIRITOS DE HUMANOS e que venham A QUERER ATRAPALHAR após o desencarne, desculpe mas QUAL A RAZÃO/LUCIDEZ/LÓGICA/MOTIVO/O QUE VOCê QUISER de Atrapalhar a evolução de um humano desencarnado pelos atos que ele fez DENTRO DAS CONDIÇÕES QUE FORAM DADAS (exemplo: um cientista tem culpa de utilizar-se da elitricidade mesmo não sabendo se ela tem consciência ou NÃO?)

 

Deixo aqui minhas resposta para o tema: "Alimentar os espiritos da casa" para quem busca COM SINCERIDADE o conhecimento, sem hipocrisias e sem fundamentos externos (kardecianos, yogianos e nem mesmo religiosos como cristãos (eu sou cristão, mas meus pré-conceitos não podem interferir da VERIFICAÇÃO da validade de algo ou não), não sei se está certa, por isso tem um monte de interrogação e ainda estou estudando e sempre perguntando para vocês, obrigado.

Esses "espiritos"/sistema/energias, respondem ao tipo de energias oferecidas, e cada sistema tem configurações especificas e responderão de forma especificas, iguais ou não

Agora se esse Sistema é DEUS,  parte de Deus, mecanismo de Deus, tecnologia de Deus, espiritou ou não, eu não sei ainda, mas para quem é cristão sabe, peça a Deus e vos será dado. Mas lembrem-se, qualquer ferramenta para ser utilizada PRECISA SER ESTUDADA e MUITO BEM, mas como se estuda algo? 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Espiritos que precisam comer etc, e andam no astral como se ainda estivessem "vivos" e presos a materia,  é porque geralmente ainda estão em um nivel de densidade muito alto por diversos motivos, o que não é bom, logo, continuar oferecendo esse tipo de coisa a eles acabaria sendo um incentivo para que eles se acomodassem nessa condição, o que não significa que seja ruim de relacionar com eles(você que deve avaliar um a um individualmente, da mesma forma que escolhe suas amizades ou convive com alguem debaixo do mesmo teto), sei la, eles são tipo pessoas vivas mesmo, só que muito mais intimas porque sabem tudo que você faz...sabem mais sobre você do que o seu melhor amigo rs

Share this post


Link to post
Share on other sites

@erickglock

Mas, se você dispor de energias sutis (exemplo: um copo de água, uma vela, ou tocar uma música, ou cantar ou rezar em voz alta(a voz é um instrumento que emite ondas) ou pensar tentnado imaginar e sentir boas energias e  dar um comando mental por exemplo: "essa energia é para o bem de algo (ex:planeta, projeto, etc..)"  É um ato de fé, vontade e compaixão no fim das contas, vai atrair coisas boas ? Agora para julgar o que é especificamente é atraído não seria pretensão do ego humano dos próprios medos e julgamentos?

Os gregos bem que podiam interpretar que estavam "Alimentando" os "espiritos", mas é questão de perspectiva cutural deles, o que é interessante é a validade dos resultados. O "Alimentar" pode ser uma forma de expressar daquela época pois não tinha outros termos, hoje temos a tecnologia e a ciência nos deu perspectivas sobre elas, Sabemos que as tecnologias precisam de uma força alimentadora.

Os espiritos eram vistos e são vistos nos relatos de projeção astral, mas só porque tem corpo humanóid não significa que é humano e carrega todos atributos humanos. Aliás, o qeu tem-se falado mais é que esses seres mudam de forma, tanto os elevados quanto os não elevados. Então humanos desencarnados não são necessariamente.

E outra, vamos pegar um outro exemplo, o que os clarividentes vêem quando a Ostia (objeto, condutor energético?) é consagradaa nas missas? Seres elevados por perto.

O que eu acho que confunde as pessoas quando analisam os gregos que faziam isso, é que esquecem que naquela época não existia tecnologias como celular, carro, uso da energia elétrica, então eles ficavam presos a um vocabulário muito limitado. E hoje em dia, tem certas culturas e/ou religiões que também utilizam vocabulários limitados devido a querer manter uma identidade cultural medieval e/ou mais antiga, querer manter a própria linguagem da cultura, daí mistura com preconceitos gerados pelo medo e ignorancia e distorce um tema que poderia ser mais estudado nas práticas espiritualistas benignas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 10/03/2016 at 12:02, MichelleA disse:

Mais eu já ouvi falar que em raras casas de candomblé cultuam-se mortos. Normalmente é alguém que pertenceu akele grupo no passado e agora fica sendo cultuado lá. Eu acho isso bem macabro, mas se tivesse a oportunidade de participar de um ritual onde pudesse ver, iria, rs.

Oi Michelle, em reuniões do culto aos ancestrais, pelo que eu sei, não é permitida a entrada de mulheres exceto as que sejam filhas de Oya (Iansã), então a menos que seja o seu caso talvez você não consiga achar um lugar que te permita participar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eita que lá vem assunto complexo e até polêmico...

Oferenda/Entregas/Amalás (como chamamos na Umbanda) se dá de maneira muito diferente na Umbanda e no Candomblé...e as pessoas em regra fazem uma baita confusão e misturam tudo.

No Candomblé se cultam Orixás...forças/energias da natureza...na Umbanda se cultuam Caboclos, Pretos-Velhos, Crianças, Boiadeiros, Povos Orientais, Ciganos, Baianos, Exús, Pomba-Giras, Marinheiros e por aí se vai...são seres que viveram aqui na Terra e que estão próximos de nós. 

A comida de santo feita numa roça Candomblé é outra coisa...tem dia certo, comida certa, ritualística, cantiga...cada orixá come diferente, varia o local de entrega e por aí se vai...e ainda tem a polêmica dos sacrifícios de animais que até já foi debatido aqui no fórum em outro tópico.

Na Umbanda a ritualística é mais simples...frutas, flores, velas, algumas comidas cozidas, charutos, bebidas...claro que para cada santo/entidade tem suas especificações, varia o tempero, o tipo de fruta, a cor das velas, a bebida ofertada...e segue o baile.

Fazemos entregas para cultuar, para pedir, para agradecer...os espíritos se utilizam daquela energia e a canalizam para os trabalhos.

Tem um livro bacana mas é do ponto de vista do Candomblé, eu li na adolescência, mas pra quem quer pesquisar mais, fica a dica: http://www.pallaseditora.com.br/produto/Santo_Tambem_Come/69/

Dentro das religiões de origens ou vertentes afro, as oferendas são necessárias, mas tem gente que exagera...lembro de um texto bem bacana que li esses tempos, não lembro a fonte, mas dizia assim:

Um grande Caboclo dirigente de um terreiro de Umbanda ao sempre se deparar com médiuns e assistência lhe perguntando sobre qual oferenda se deveria entregar no dia de determinado Orixá, resolveu então passar uma receita básica que pode ser utilizada para qualquer Orixá ou Entidade. Vamos a ela:

 

Material necessário:

·      01 pacote de amor, em pó, para que qualquer brisa possa espalhar entre as pessoas que estiverem perto ou longe de você;

·      01 pedaço (bem generoso) de fé, em estado rochoso, para que ela seja inabalável;

·      Algumas páginas de estudo doutrinário, para que você possa entender as intuições que recebe;

·      01 pacote de desejo de fazer caridade desinteressada, em retribuição, para não "desandar" a massa.

 

Modo de Preparo:

Junte tudo isto num alguidar feito com o barro da resignação e determinação e venha para o terreiro.

Coloque em frente ao Gongá e reze a seguinte prece:

 

"Pai, recebe esta humilde oferenda dada com a totalidade da minha alma e revigora o meu físico para que eu possa ser um perfeito veículo dos teus enviados. Amém."

- Pronto! Você acabou de fazer a maior oferenda que qualquer Orixá, Guia ou Entidade pode desejar ou precisar: Você se dispôs a ser um MÉDIUM!”

 

                    

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, cyber2050 disse:

@erickglock

Mas, se você dispor de energias sutis (exemplo: um copo de água, uma vela, ou tocar uma música, ou cantar ou rezar em voz alta(a voz é um instrumento que emite ondas) ou pensar tentnado imaginar e sentir boas energias e  dar um comando mental por exemplo: "essa energia é para o bem de algo (ex:planeta, projeto, etc..)"  É um ato de fé, vontade e compaixão no fim das contas, vai atrair coisas boas ? Agora para julgar o que é especificamente é atraído não seria pretensão do ego humano dos próprios medos e julgamentos?

Os gregos bem que podiam interpretar que estavam "Alimentando" os "espiritos", mas é questão de perspectiva cutural deles, o que é interessante é a validade dos resultados. O "Alimentar" pode ser uma forma de expressar daquela época pois não tinha outros termos, hoje temos a tecnologia e a ciência nos deu perspectivas sobre elas, Sabemos que as tecnologias precisam de uma força alimentadora.

Os espiritos eram vistos e são vistos nos relatos de projeção astral, mas só porque tem corpo humanóid não significa que é humano e carrega todos atributos humanos. Aliás, o qeu tem-se falado mais é que esses seres mudam de forma, tanto os elevados quanto os não elevados. Então humanos desencarnados não são necessariamente.

E outra, vamos pegar um outro exemplo, o que os clarividentes vêem quando a Ostia (objeto, condutor energético?) é consagradaa nas missas? Seres elevados por perto.

O que eu acho que confunde as pessoas quando analisam os gregos que faziam isso, é que esquecem que naquela época não existia tecnologias como celular, carro, uso da energia elétrica, então eles ficavam presos a um vocabulário muito limitado. E hoje em dia, tem certas culturas e/ou religiões que também utilizam vocabulários limitados devido a querer manter uma identidade cultural medieval e/ou mais antiga, querer manter a própria linguagem da cultura, daí mistura com preconceitos gerados pelo medo e ignorancia e distorce um tema que poderia ser mais estudado nas práticas espiritualistas benignas.

hahaha como foi dito "alimentar" pensei logo em comida , mas se for como vc diz é bem relativo mesmo kk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Material necessário:

·      01 pacote de amor, em pó, para que qualquer brisa possa espalhar entre as pessoas que estiverem perto ou longe de você;

·      01 pedaço (bem generoso) de fé, em estado rochoso, para que ela seja inabalável;

·      Algumas páginas de estudo doutrinário, para que você possa entender as intuições que recebe;

·      01 pacote de desejo de fazer caridade desinteressada, em retribuição, para não "desandar" a massa.

Conclusão: O que todo católico que tem fé em Deus e na intercessão dos Santos faz (ou que deveria fazer).

@Igomes muito útil essas informações, a semelhança de certas religiões. Obrigado pelas informações Igomes, legal esse relato.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, cyber2050 disse:

Conclusão: O que todo católico que tem fé em Deus e na intercessão dos Santos faz (ou que deveria fazer).

@Igomes muito útil essas informações, a semelhança de certas religiões. Obrigado pelas informações Igomes, legal esse relato.

Sim, isso mesmo...na verdade qualquer espiritualista deveria colocar isso em prática né? :P

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.