• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Guest

Projeção astral vs Reencarnação

Recommended Posts

1 hora atrás, sandrofabres disse:

É que ninguém perde a vida né? Só perdemos a encarnação, mas isso é inevitável.

Então a pessoa tem que pensar se está de fato interessada em protelar ao máximo o inevitável,usando qualquer recurso, questionável ou não, ou se prefere  sair na hora programada, na hora que uma peça essencial do seu corpo expirou a validade.

Acho que é uma questão pessoal mesmo, mas só acho que não podemos ignroar prós e contras, porque não faz sentido achar que a vida física  é a prioridade que justifica qualquer escolha, porque ela é a menor parcela do tempo que vivemos, nossa vida encarnada é um fragmento pequeno de nossa vida total.

Estou me referindo á encarnação mesmo. A questão não é essa, não se trata de protelar o inevitável ou não. A hora programada é só aquela em que não podemos mais evitar a morte mesmo. Enquanto existem recursos temos a obrigação de tentar manter e preservar este corpo com os meios disponíveis. Sinceramente não acredito que a transfusão de sangue seja um "recurso questionável". Na verdade vejo-o como um recurso extremamente válido.

Acredito até que, em determinadas situações, se pudermos salvar nossa vida por meio de uma transfusão e não o fizermos seremos parcialmente culpados pela morte, seriamos suicidas e arcaríamos com as consequências disto.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, alcidesjr disse:

Me corrija se estou pensando de forma errada, mas tudo oque acontece no físico não vem do plano etérico? 
Desta forma se eu compartilhar do meu sangue para outra pessoa que seja compatível ele não recebera a programação etérica daquela pessoa?

Meu sangue está impregnado de minhas energias e pode até ter sido modificado por elas. Se outra pessoa receber este sangue vai receber ele da forma que está e isso pode influenciar sua vida sim, supondo que eu tenha somatizado algum problema espiritual no meu sangue antes da transfusão. Mas, a partir do momento que o sangue estiver no corpo da outra pessoa, seu organismo passa a ter o controle de como irá modifica-lo ou não. 

Sabemos que ao coletar o sangue são feitos testes para evitar que sejam transmitidas doenças a quem recebe. O risco sempre existe, é claro. Mas ainda assim, é um meio válido. Tudo na vida tem seus riscos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, sandrofabres disse:

É que ninguém perde a vida né? Só perdemos a encarnação, mas isso é inevitável.

Então a pessoa tem que pensar se está de fato interessada em protelar ao máximo o inevitável,usando qualquer recurso, questionável ou não, ou se prefere  sair na hora programada, na hora que uma peça essencial do seu corpo expirou a validade.

Acho que é uma questão pessoal mesmo, mas só acho que não podemos ignroar prós e contras, porque não faz sentido achar que a vida física  é a prioridade que justifica qualquer escolha, porque ela é a menor parcela do tempo que vivemos, nossa vida encarnada é um fragmento pequeno de nossa vida total.

Vou no mesmo pensamento do Iogui
 

5 horas atrás, Iogui disse:

Sinceramente não acredito que a transfusão de sangue seja um "recurso questionável". Na verdade vejo-o como um recurso extremamente válido.

Acredito até que, em determinadas situações, se pudermos salvar nossa vida por meio de uma transfusão e não o fizermos seremos parcialmente culpados pela morte, seriamos suicidas e arcaríamos com as consequências disto.

Voltando ao exemplo da bicicleta, se eu caio perfuro minha barriga e tenho uma sangramento contínuo, é certo que qualquer pessoa não irá titubear em estancar o sangue ao invés de pensar, não este é meu destino e vou deixar o sangue jorrar e morrer por aqui. Mas no meio do caminho ele descobre que perdeu muito sangue e precisa de transfusão e ai? Vamos supor que o menino tem 5 anos de idade, o que aconteceu com ele, faço uma suposição aqui, não é por conta do karma dele. Mas isso seria um karma dos país? teriam eles que perder o filho? 

Penso também que, se a pessoa teve uma chance de curar através da doação de um órgão, sangue, ela de de fato já está pagando seu preço e tem uma nova chance para evoluir. Ao que se mostra as pessoas que superam certas situações acabam ajudando a evolução e propagando o bem em diversas maneiras. 


 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Iogui disse:

Meu sangue está impregnado de minhas energias e pode até ter sido modificado por elas. Se outra pessoa receber este sangue vai receber ele da forma que está e isso pode influenciar sua vida sim, supondo que eu tenha somatizado algum problema espiritual no meu sangue antes da transfusão. Mas, a partir do momento que o sangue estiver no corpo da outra pessoa, seu organismo passa a ter o controle de como irá modifica-lo ou não. 

Sabemos que ao coletar o sangue são feitos testes para evitar que sejam transmitidas doenças a quem recebe. O risco sempre existe, é claro. Mas ainda assim, é um meio válido. Tudo na vida tem seus riscos.

Opa eu escrevi isto aqui de forma errada. 

Me corrija se estou pensando de forma errada, mas tudo oque acontece no físico não vem do plano etérico? 
Desta forma se eu compartilhar do meu sangue para outra pessoa que seja compatível ele não recebera a programação etérica daquela pessoa?

 

O que eu quis dizer é, quando a pessoa compartilha o sangue, a pessoa que recebe irá empregar nele a sua programação etérica, anulando a programação da pessoa de origem. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em resposta a algum trecho do livro do Roger Paranhos, citado aqui:

http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17980-será-essa-a-chave-após-alcançar-o-transe/&do=findComment&comment=79726

Citar

 Desde minhas encarnações no antigo Egito, sempre tive um bloqueio com relação a essas serpentes, mesmo elas sendo representadas como símbolo de sabedoria nas escolas iniciáticas que tanto freqüentei.

Mais um???? Será que todo mundo foi iniciado no Egipto? É que só encontro iniciados, sacerdotes...até já encontrei um (pessoalmente) que foi faraó. E tinha bastantes seguidores. :-o 

Que é feito dos desgraçados que carregaram as pedras para construir as pirâmides????? Espero que não me tenham obrigado a fazer aquilo tudo sózinho.  :'(

P.S. Não sei porquê mas parece que hoje estou num "dia não". Será algum encosto????  :?

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Basta você pensar que até a segunda guerra mundial quantas grandes metrópoles exisitam? Paris, Londres, New York, sei lá...mas voc~e nota que hoje tem mais, a´te Singapura já virou cidade de gente rica.

Mas aí voce retrocede 12 mil anos...só tinha a atlantida de metrópole. Então via ter muito cara dizendo "ah, na minha encarnação na altantida"...grande coisa, todo mundo que fosse civilizado viva na atlantida, ehehehh.

Ou retrocede 4mil anos...quantas grnades metrópoles tinham? Tebas...talvez a China tivesse alguma grandecidade ali...

Então o cara dizer que foi iniciado no egito...e daí? quem não estava atolado na mise´ria cultural e consciencial devia morar no egito mesmo. O resto ainda vivia em cavernas, ou em tendas no deserto. No egito o sistema educacional era os "iniciados". A escola ensinava profissões, esses eram os iniciados. E aqueles que queria aprender algo mais, aí sim é que tinham acesso a esse algo mais. Segundo o Leadbeater, era possivel voce entrar e se formar nas escolas iniciaticas do egito, sem saber nada da parte dos "mistérios", porque isso só era ensinado a quem buscava algo a mais. E esse "a mais, eram as questoes de vida e morte, reencarnação ,projeção. Coisas simples.

Ser um iniciado significava apena ser um aluno.

A maioria das pessoas sequer se interessa por aprender temas espirituais hoje, quem s interessa por esses temas semrpe foi minoria. Mas...passadosalguns sécuos o que você tem?

São sempre as mesmas pessoas, sempre os mesmos personagens que vão reencarnando, investindo sempre nas mesmas buscas, enquanto os demais só querem comer e transar. Então é isso,, quando você vai ler memórias de alguém que hoje está tentando acordar os outros, esse cara está remando entre os mesmos grupos há vários milhares de anos. Você não pega, por regressão um tempo em que ele não estee envovdio nisso, porque esse tempo foi antes do planeta terra ser habitado, de tão demorados que são esses processos. Quem ajudou a carregrar pedras no egito, provavelente ainda carreg pedras hoje, não está ainda interessado nesses temas, ehhehe

Share this post


Link to post
Share on other sites
51 minutos atrás, sandrofabres disse:

Basta você pensar que até a segunda guerra mundial quantas grandes metrópoles exisitam? Paris, Londres, New York, sei lá...mas voc~e nota que hoje tem mais, a´te Singapura já virou cidade de gente rica.

Mas aí voce retrocede 12 mil anos...só tinha a atlantida de metrópole. Então via ter muito cara dizendo "ah, na minha encarnação na altantida"...grande coisa, todo mundo que fosse civilizado viva na atlantida, ehehehh.

Ou retrocede 4mil anos...quantas grnades metrópoles tinham? Tebas...talvez a China tivesse alguma grandecidade ali...

Então o cara dizer que foi iniciado no egito...e daí? quem não estava atolado na mise´ria cultural e consciencial devia morar no egito mesmo. O resto ainda vivia em cavernas, ou em tendas no deserto. No egito o sistema educacional era os "iniciados". A escola ensinava profissões, esses eram os iniciados. E aqueles que queria aprender algo mais, aí sim é que tinham acesso a esse algo mais. Segundo o Leadbeater, era possivel voce entrar e se formar nas escolas iniciaticas do egito, sem saber nada da parte dos "mistérios", porque isso só era ensinado a quem buscava algo a mais. E esse "a mais, eram as questoes de vida e morte, reencarnação ,projeção. Coisas simples.

Ser um iniciado significava apena ser um aluno.

A maioria das pessoas sequer se interessa por aprender temas espirituais hoje, quem s interessa por esses temas semrpe foi minoria. Mas...passadosalguns sécuos o que você tem?

São sempre as mesmas pessoas, sempre os mesmos personagens que vão reencarnando, investindo sempre nas mesmas buscas, enquanto os demais só querem comer e transar. Então é isso,, quando você vai ler memórias de alguém que hoje está tentando acordar os outros, esse cara está remando entre os mesmos grupos há vários milhares de anos. Você não pega, por regressão um tempo em que ele não estee envovdio nisso, porque esse tempo foi antes do planeta terra ser habitado, de tão demorados que são esses processos. Quem ajudou a carregrar pedras no egito, provavelente ainda carreg pedras hoje, não está ainda interessado nesses temas, ehhehe

Eu concordo que o conhecimento é algo assim. Não acredito que "caia do céu". Temos que nos esforçar embora isso signifique reencarnar diversas vezes. 

Mas é como digo: já encontrei diversa personagens que supostamente foram iniciados no Egipto. O último, se não está preso, deveria estar, nem que fosse no astral...

É ...hoje estou num estado de negação.

Sorry ....

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para dizer a verdade não acredito nesse "supostos" iniciados/sacerdotes do Egipto. Verdadeiros  iniciados não teriam necessidade de vir agora "proclamar" isso como se fosse algo a que tivessem direito, tipo estatuto.

Se alguém me aparece à frente a dizer: eu fui um faraó do egipto; só me apetece responder: eu carreguei pedra; toma lá uma pedrada. :R

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, albaman disse:

Para dizer a verdade não acredito nesse "supostos" iniciados/sacerdotes do Egipto. Verdadeiros  iniciados não teriam necessidade de vir agora "proclamar" isso como se fosse algo a que tivessem direito, tipo estatuto.

Se alguém me aparece à frente a dizer: eu fui um faraó do egipto; só me apetece responder: eu carreguei pedra; toma lá uma pedrada. :R

Meu amigo, tenha calma. Não há necessidade de dar pedradas em ninguém... Nunca há. ;-)

Share this post


Link to post
Share on other sites

@cyber2050 Tudo em paz meu amigo? Eu concordo com a idéia que o Sandro falou que alteracao no padrao de sono pode te dar uma projecao. Mas eu também fiz uma outra relacao da sua experiencia de estar dirigindo e se projetar. Bem por mais de uma vez já li matérias em jornais comuns e 2 revistas científicas, que citam estudos que fazem uma relacao entre sonhos lúcidos e jogar video games antes de dormir. E bem nesse caso, nao diria que se trata de uma chave pra atingir transes, mas eu acho que tem alguma coisa que liga na mente aí que ajuda. Pode ser o fato de deixar a mente focada ao extremo (que é uma espécie de transe por si só), ou mesmo o fato de estar com o corpo cansado enquanto a mente está ativa porém numa tarefa chata. Isso em magia é uma forma de gnose (outra palavra pra transe rs com pouca diferenca de significado, ou nenhuma). Por exemplo, a famosa Chave Menor de Salomao, tem nas suas evocacoes a gnose do cansaco (o sujeito prepara o ritual durante uma tarde toda, e num dado horario ele fica lá repetindo oracoes, invocacoes, chamados, repetindo, repetindo... cansa só de pensar rs)... isso pra mim nao é muito diferente de dirigir por horas (nao curto dirigir carro!) em termos de monotonia. O que eu quero dizer é... que quem ta fazendo uma tarefa monotona pra mente, mas que ao mesmo tempo tem que manter ela ativa tá treinando um transe. Assim como joga video game tá treinando um certo tipo de atencao extremamente focado. Se o cara for dormir logo em seguida de uma atividade assim, acho que ajuda sim na projecao, mas nao acho que chega ao ponto de ser definitivo. Consciencia e rememoracao ainda sao a chave.

 

On 13/6/2016 at 7:31 PM, sandrofabres said:

Você não pega, por regressão um tempo em que ele não estee envovdio nisso, porque esse tempo foi antes do planeta terra ser habitado, de tão demorados que são esses processos. Quem ajudou a carregrar pedras no egito, provavelente ainda carreg pedras hoje, não está ainda interessado nesses temas, ehhehe

Quem carregava pedra no Egito carregava porque era escravo, ou seja, se nao carregasse podia até morrer (e frequentemente morria mesmo carregando).
Quem carrega pedra hoje em dia, continua sendo escravo, mas tem chance de subir se quiser.
É um erro interpretar as culturas de antes olhando pros nossos valores morais (moral é costume, vale lembrar) de hoje.
E sobre o pessoal ser sempre o mesmo pode ser... Mas tem o fato de que a populacao mundial aumentou mais de 5x de 1800 pra cá, nas estimativas mais conservadoras!
Claro que os encarnacionistas costuraram a teoria pra dizer que tem almas vindo de outros planetas dos quais a gente ainda nao descobriu vida, entao hoje quem acredita em reecarnacao é meio que obrigado a acreditar em vida "humana" em outros planetas... ou que Deus produziu almas nos ultimos 100 anos !
O fato onde quero chegar é que... com esses dados aí, é meio complicado sim acreditar que tanta gente encarnou no Egito, a conta simplesmente nao fecha!
Nao fecho as portas da minha mente pra teoria reencarnatória, mas acho que ninguém tem idéia de como esse negócio funciona direito (se existir), e aí fica um jogo de desinformacao e frequentemente má fé. Ainda assim, frequentemente escuto que reecarnacao "explica muitas coisas"... pra mim ela nao explica nem a si mesma rs.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Quem carregava pedra no Egito carregava porque era escravo, ou seja, se nao carregasse podia até morrer (e frequentemente morria mesmo carregando).

Quem carrega pedra hoje em dia, continua sendo escravo, mas tem chance de subir se quiser.

Mas pelo que entendo,  isso não muda nada do que afirmei antes. . O que estou dizendo é nesse pouco tempo as pessoas não mudaram tanto seu nível interno, e por isso não variaram muito os papéis que exercem. Estou generalizando, obviamente há exceções.

E “Chances” são reguladas por muitas coisas, desde a ilusão capitalista, até carmas.  Se você olhar para os índices de crescimento da desigualdade no mundo capitalista atual, em que 62 pessoas ricas possuem juntas a  mesma quantidade de riqueza que os 3,6 bilhões mais pobres, vê que o discurso sobre  “oportunidades” do mundo atual são uma forma de mascarar como funciona  o sistema, em geral ainda baseado em castas que se protegem e estimulam mutamente, para que o bolo não se dissipe para fora dos grupos restritos.

Citar

Claro que os encarnacionistas costuraram a teoria pra dizer que tem almas vindo de outros planetas dos quais a gente ainda nao descobriu vida, entao hoje quem acredita em reecarnacao é meio que obrigado a acreditar em vida "humana" em outros planetas... ou que Deus produziu almas nos ultimos 100 anos !

(os negritos acima e abaixo são para relacionar sobre o que me refiro)

Não vejo por esse lado.

A “teoria” reencarnacionista, ao contrário da “uma vida +céu inferno”, vem da observação direta de um fenômeno bem concreto, que é existirem no mínimo MILHARES de pessoas que se lembram da alegada vida passada, e da confirmação de detalhes fornecidos e registrados(quem não conhece sobre isso leia a obra do Ian Stevenson) . Felizmente nos tempo modernos existe essa informação toda disponível, mas muita gente ainda tem mentalidade de idade média, achando que “ninguém sabe, ninguém nunca viu, ninguém nunca comprovou”.

Agora, o que nenhuma observação direta pode afirmar com muita segurança, é se esses casos representam exceção, regra, ou opção.

Quanto a vida em outros planetas, bom, o que reencarna é espírito, não corpo. Um gray encarnado na terra, e tem muitos ( eu mesmo já vi um, por clarividência, confirmado por mais 3 clarividentes presentes)  encarna em corpo humano ,passa a fazer parte da “humanidade”.  Não é uma "teoria".

A “Humanidade” não se limita a terráqueos, isso é algo que ainda precisa sim ser “costurado”, porque ainda se alimenta neste planeta a crença racista primitiva que quase chega a acreditar que o homem foi feito do barro da terra, logo, se veio de outro planeta, não é humano. Ora, isso é uma visão bem primitiva mesmo, qualquer um sabe que apenas o corpo físico é obrigatoriamente formado pelos constituintes do planeta (em tese o etérico e o astral também, mas isso só é “óbvio” em relação ao corpo físico)

Outra coisa é que ainda que a nossa ciência, primitiva como ainda é,   não tenha identificado vida FÍSICA  em outros planetas DO SISTEMA SOLAR, o fenômeno OVNI, também fartamente documentado , talvez a´te bem mais do que o fenômeno reencarnação,  não deixa muita dúvida sobre não estarmos sozinhos,  FISICAMENTE, e que há outras sociedade inteligentes, de forma humanóide, com desenvolvimento tecnológico superior ao nosso, que interage conosco. Isso é o básico do básico...daí a dizer que eles encarnam entre nós, como eu disse, as pessoas podem desconsiderar se preferirem, embora eu estaria mentindo deliberadamente se dissesse que “não se sabe” se isso é verdade. Simn, se sab, mas se você que lê isto não sabe, sinto muito.

Então eu não tenho problema algum em RECONHECER, ao invés de acreditar, que essa “costura” reflete sim um fenômeno real, e que a teoria básica precisaria ser adaptada, caso não contivesse e si, lá na origem,  a resposta sobre o crescimento populacional.

Eu nem me baseio nisso, ao contrário dos “espiritualistas ufólogos”. Pelo que sei, o conceito sobre reencarnação vem do hinduísmo, e eles também tem outros conceitos, como Mahavantara e Pralaya. Pralaya é a noite cósmica, quando tudo se recolhe num “Big crunch”, enquanto que Mahavantara é o dia cósmico, ou seja, o que surge com o  Big Bang, que é um processo de contínua expansão.

 Durante TODO O MAHAVANTARA a criação está acontecendo, não é algo estanque, como a versão bíblica, que considera que houve uma criação e pronto, nada mais surgiu.

Isso explica porque todos os dias novos espíritos estão brotando da “fonte”, e descendo para os “planos da forma”, encarnado onde sejam criadas condições planetárias no universo, em formas adaptadas a essas condições. Ou alguém, hoje em dia, seria tão ingênuo a ponto de ainda considerar a terra o centro e a razão única da manifestação espiritual no universo? Acho que não né? Pelo menos não aqui no GVA.

Então, não sei se precisa alguma “costura” como você falou, para explicar o aumento da população na terra. Pelo que eu entendo dessa visão milenar sobre Mahavantaras e pralayas, isso já faz parte da “equação”, do modelo original que prevê criação constante acontecendo enquanto durar o Mahavantara. Agora, se o cara for tão desinformado sobre esses temas a ponto de achar que o kardec inventou  o conceito de reencarnação , aí não é de admirar que ele ache que os espiritualistas estão adaptando a teoria para rebater críticas dos adversários. (já conheci dois sujeitos assim, aqui no meu trabalho, ehhehe)

Citar

O fato onde quero chegar é que... com esses dados aí, é meio complicado sim acreditar que tanta gente encarnou no Egito, a conta simplesmente nao fecha!
Nao fecho as portas da minha mente pra teoria reencarnatória, mas acho que ninguém tem idéia de como esse negócio funciona direito (se existir), e aí fica um jogo de desinformacao e frequentemente má fé. Ainda assim, frequentemente escuto que reecarnacao "explica muitas coisas"... pra mim ela nao explica nem a si mesma rs.

Bom, acho que já comentei boa parte na explicação anterior, mas faltou esses detalhes, que são fruto exclusivo do contexto da conversa que estamos tendo aqui, e não uma afirmação de caráter geral.

Ou seja, o colega levantou a questão bem velha e comum, de que "todo mundo" que alega lembrar de vida passada, alega ter sido iniciado do egito ou algo do gênero. Foi isso que motivou minha resposta a ele. Mas se você observa, não existe “todo mundo”. O problema surge porque pessoas que em geral se destacam no campo de tentar esclarecer os demais sobre espiritualidade, alegam isso. O que EU ESTOU DIZENDO é que essas pessoas que HOJE você vê se dedicando a isso, ao invés de viveram sua vida como o resto da humanidade, limitadas apenas em ganhar dinheiro, comer, e fazer sexo, se destacam nisso porque já fazem isso há alguns séculos, em geral milênios. E quem fazia essa função na antiguidade? Os iniciados das escolas de mistérios. Para o ocidente o foco foi o Egito.

Então é muito natural e esperado que “todo mundo” que hoje faz a funçao de esclarecer a humanidade, nas questões espirituais,  tenha sido iniciado no egito, e antes disso na atlântida. Eu diria que é quase inescapável. E alguns deles foram iniciados em todas as culturas em que encarnaram, porque isso é algo que quando se manifesta em você te faz procurar os demais que pensam igual, em cada grupo.

E os demais? Bom, voltando a questão dos Mahanvantaras, pela questão populacional como você descreve, a parte mais velha deve sim ter passado por lá, já os novatos não. Mas os novatos, que não estavam encarnados há 10 mil anos, são provavelmente MUITO NOVATOS, para quem até a idéia da  existência do espírito soa estranha. E o que fazem pessoas assim? Se ocupam em viver sua animalidade corporal ao máximo, vivem extasiadas pela variedade de prazeres que o planeta parece oferecer para eles. E aí se enredam mais e mais  em laços cármicos, e suas "oportunidades" que foram faladas lá em cima, ficam extremamente limitadas.

Então o que rola, normalmente, é que os que foram Grandes professores nas escolas do Egito, hoje estão fora do ciclo encarnatório, enquanto que os que eram iniciados de baixo escalão, mas que aprenderam sobre espiritualidade naquela época, hoje estão ensinando através de palestras, cursos, livros.. e quem naquela época nunca se interessou por nada disso, hoje em dia está apenas descobrindo essas coisas, ainda preso em ceticismos bobos, porque não tem internamente nenhum tipo de reverberação  anterior, furto da experiência de outras vidas,  que lhe dê condição de identificar alguma veracidade no que ele enxerga como apenas “diversas teorias conflitantes”.

 

Agora, por exemplo, o Laércio afirma que não tem ninguém mais aqui encarnado no planeta, do tempo da atlântida...segundo ele o cara tem umas 20 encarnações e deu parte para outra. Infelizmente isso não é confirmado pelo que algumas pessoas lembram, mas aí ele só pode alegar que O OUTRO está enganado, e quem olha isso e fora, não sabe como se posicionar, porque não crê nas memórias de quem lembra ter vivido naquela época, nem crê no modelo Projeto Terra do Laércio, em que ele explica tudo isso.

 

Bom, não tem remédio para isso.

Mas quando acharem que os espiritualistas não sabem do que falam, pesquise no google sobre os erros e contradições da ciência, há várias listas. Assim ,mesmo que você nunca descubra a verdade por trás das afirmações espiritualistas,  pelo menos não cairá naquela atitude infantil de querer rejeitar essa área toda por achar que ninguém sabe nada quando o tema é espiritualidade, enquanto que na ciência tudo é “seguro e comprovado”, eheheh.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

Interessante, porem imaginem-se agora em algum lugar distante do local aonde estão, imaginem-se fazendo algo diferente do que agora estão, imaginem-se conversando com alguém,e reflita sobre o que falam, olhe o ambiente imaginado  a sua volta, lembre do seu corpo físico,  pronto, agora lembre de tudo o que você fez enquanto estava imaginando, pois você acabou de realizar uma projeção astral. rs

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 hours ago, sandrofabres said:

O fato onde quero chegar é que... com esses dados aí, é meio complicado sim acreditar que tanta gente encarnou no Egito, a conta simplesmente nao fecha!

Lembrando um pequeno detalhe, naquela época não se vivia tanto quanto hoje, então as pessoas morriam jovens, não necessariamente todos os espíritos estavam encarnados ao mesmo tempo... Enquanto uns morriam, outros nasciam... A população encarnada era pequena, mas durava pouco tbm...

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 hours ago, Kaly said:

Enquanto uns morriam, outros nasciam... A população encarnada era pequena, mas durava pouco tbm...

O auge da civilizacao antiga no Egito podemos colocar que vai de uns 2000 AC até 30 DC, pra falar de um periodo pré cristao que é de onde sairam esses altos iniciados aí rs.
A populacao variou de 2 a 7 milhoes. Hoje estamos em algo em torno de 7000 milhoes. Num periodo de 2000 anos da pra ter 40 vidas de de 50 anos direto. Ou seja, da pra encaixar 280 milhoes de pessoas NO MÁXIMO nesse periodo, supondo também que ninguem repetiu encarnacao no egito antigo. Coloca aí que a maior parte da populacao vivia em aldeias, eram camponeses e era justamente esse pessoal que quebrava pedra rs... Nao sobra muito espaco para os grandes mestre do antigo egito ne? Quero dizer, numa estimativa altamente absurda 4% das pessoas encarnaram no egito, e desses ai 99% era de campones (ou seja, quebrador de pedra rs).

Meu ponto nao é só questao numérica que nao fecha, mas a questao que o pessoal gosta de reescrever a história (o meu pessoal também ! rs tá cheio de magos e magistas afirmando que suas tradicoes sao tradicoes orais milenares). Dificilmente tinha uma grande escola de mistérios no Egito como muita gente gosta de falar. É a nossa forma de querer entender outras épocas e outras culturas, sem olhar pra forma como pensavam as pessoas de verdade na época. Nao digo que eles nao entendiam e nem estudavam os mistérios, mas digo que o entendimento deles era muito diferente do nosso, impossivel de tracar um paralelo.

Tem muito é ego. Como tudo que envolve o ser humano.

@sandrofabres Vou te reponder também, mas tu dá mais trabalho e eu tenho que dormir. kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 hours ago, Kaly said:

Enquanto uns morriam, outros nasciam... A população encarnada era pequena, mas durava pouco tbm...

O auge da civilizacao antiga no Egito podemos colocar que vai de uns 2000 AC até 30 DC, pra falar de um periodo pré cristao que é de onde sairam esses altos iniciados aí rs.
A populacao variou de 2 a 7 milhoes. Hoje estamos em algo em torno de 7000 milhoes. Num periodo de 2000 anos da pra ter 40 vidas de de 50 anos direto. Ou seja, da pra encaixar 280 milhoes de pessoas NO MÁXIMO nesse periodo, supondo também que ninguem repetiu encarnacao no egito antigo. Coloca aí que a maior parte da populacao vivia em aldeias, eram camponeses e era justamente esse pessoal que quebrava pedra rs... Nao sobra muito espaco para os grandes mestre do antigo egito ne? Quero dizer, numa estimativa altamente absurda 4% das pessoas encarnaram no egito, e desses ai 99% era de campones (ou seja, quebrador de pedra rs).

Meu ponto nao é só questao numérica que nao fecha, mas a questao que o pessoal gosta de reescrever a história (o meu pessoal também ! rs tá cheio de magos e magistas afirmando que suas tradicoes sao tradicoes orais milenares). Dificilmente tinha uma grande escola de mistérios no Egito como muita gente gosta de falar. É a nossa forma de querer entender outras épocas e outras culturas, sem olhar pra forma como pensavam as pessoas de verdade na época. Nao digo que eles nao entendiam e nem estudavam os mistérios, mas digo que o entendimento deles era muito diferente do nosso, impossivel de tracar um paralelo.

Tem muito é ego. Como tudo que envolve o ser humano.

@sandrofabres Vou te reponder também, mas tu dá mais trabalho e eu tenho que dormir. kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Cristaldo said:

 Num periodo de 2000 anos da pra ter 40 vidas de de 50 anos
@sandrofabres

Me explica de onde vc tirou essa média de vida de 50 anos? Se os líderes no Egito tinham média de vida de 30, imagina a população pobre, escrava, sem acesso a nada... Refaz o cálculo aí ;)

http://veja.abril.com.br/ciencia/governantes-do-antigo-egito-sofriam-de-desnutricao-e-tinham-expectativa-de-vida-de-30-anos/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou deixar aqui um trechinho curto, escaneado do livro Historia Secreta da maçonaria, que fala um pouco do período do qual provavelmente os historiadores não conseguiriam achar nada mesmo. Ou será que tem  "comprovado" pelas especulações da História ou Arqueologia, anterior a 10.000 anos? Se alguém conhecer, poste aí. mas pelo que sei, quando a coisa ´muita antiga, a história vira fábulas sobre probabilidades. Até sobre Shakespeare, que vivem em 1500, as biografias são assim "deve ter estudado neste tipo de escola, deve ter crescido num tipo de cidade assim assim..."

História secreta da maçoaria (trecho).pdf

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 hours ago, Kaly said:

Refaz o cálculo aí

As estimativas de historiadores giram em torno de 40 anos mesmo, que é o que fala na noticia que voce citou também, só coloquei 50 pra arredondar os números, assim como coloquei a populacao no maximo pra ajudar quem quer acreditar nisso rs. Mas de todo jeito nao chegaria a 5% da populacao atual, meu objetivo era fazer uma estimativa, pra ficar claro que é meio absurdo o negócio.
 

8 hours ago, sandrofabres said:

escaneado do livro Historia Secreta da maçonaria, que fala um pouco do período do qual provavelmente os historiadores não conseguiriam achar nada mesmo

Exatamente Sandro, é desse tipo de reescrita "criativa" da história que to falando rs. Ordens maconicas, mágicas e até alguns religioes, buscam na idéia de afirmarem pertencer a "linhagens" de iniciados muuuito antigos pra afirmarem seu valor. E isso cola igual chiclete na cabeca de muita gente. Alias, que viagem esse texto.
A ultima vez que li algo tao "criativo" foi o Magickal Revival do Kenneth Grant, mas ele só vai até a Suméria. Esse dai vai lá na Atlantida e inunda as piramide rs.
Esse tipo de fantasia já me fascinou antes, mas hoje... eu entendo que é o ego de alguns gritando pra ser ouvido.

 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

E “Chances” são reguladas por muitas coisas, desde a ilusão capitalista, até carmas. 

Concordo, existe sim uma ilusao de liberdade no sistema capitalista, por isso disse que o cara que pedreiro hoje também é escravo (o que serve também pro engenheiro rs).
Mas quando disse oportunidade, só quis ressaltar que tem diferencas hoje. E nao me agrada a idéia que alguns espiritualistas nutrem de que se o cara nasce pobre é pq um "castigo" karmico, isso sim é uma baita idéia preconceituosa, e está implicita em muitas doutrinacoes.

 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

A “teoria” reencarnacionista, ao contrário da “uma vida +céu inferno”, vem da observação direta de um fenômeno bem concreto, que é existirem no mínimo MILHARES de pessoas que se lembram da alegada vida passada, e da confirmação de detalhes fornecidos e registrados(quem não conhece sobre isso leia a obra do Ian Stevenson)

Sim, eu mesmo tenho memórias estranhas de carrego desde crianca. Por exemplo, eu lembro da minha vida apartir da idade de uns 4, 5 anos por aí, nao lembro de nada de infancia antes disso hoje em dia, mas lembro de ter 4 anos e lembrar de imagens, e de mim, e de conversas anteriores a isso. Nem por isso eu atribuo a vidas passadas esse fenomeno, eu humildemente coloco na prateleira das coisas que nao sei explicar. Mesmo que MILHARES (o que nao é muito se pensar que somos BILHOES) tenham lembrancas "fantasma", nao comprova nenhuma teoria de vidas passadas. Serve de evidencia no maximo, pra quem quer olhar nessa direcao, que nao é a única direcao.
 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

Quanto a vida em outros planetas, bom, o que reencarna é espírito, não corpo.

Voce tomou o cuidado de nao dizer o "corpo astral", pq quem acredita em reencarnacao também diverge nesse ponto até onde sei. Espirito é um termo vago né. Pra mim pode ser o Eu Maior/SAG/Eu Superior e aí fica tranquilo eu dizer, pq vai concordar com o cara que chama de espirito o corpo astral. É uma teoria, porque é uma tentativa de explicar, o que nao se consegue explicar como base em observacoes apenas, é uma teoria incompleta inclusive.
 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

se veio de outro planeta, não é humano. Ora, isso é uma visão bem primitiva mesmo, qualquer um sabe que apenas o corpo físico é obrigatoriamente formado pelos constituintes do planeta

Sim, mas aí no mínimo é "outra humanidade". Dizer que nao é o humano vem do simples fato de que estamos tratando do conceito biológico de espécie. Se o cara sai de outro planeta e vem me visitar aqui, eu nao vou dizer que ele é um ser humano (na forma que conheco) pq ele é verde, baseado em silício e respira nitrogenio (algo assim rs).
E até pra dizer que é "outra humanidade" teriamos que bater um papo com esses seres e tracas paralelos entre nós e eles, ou vai dizer que sao humanos só pq sao inteligentes ? Nao tem a ver com preconceito, nem com homens vindo do barro.
 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

o fenômeno OVNI, também fartamente documentado , talvez a´te bem mais do que o fenômeno reencarnação,  não deixa muita dúvida sobre não estarmos sozinhos,  FISICAMENTE, e que há outras sociedade inteligentes, de forma humanóide, com desenvolvimento tecnológico superior ao nosso, que interage conosco.

Voce tá dando saltos muito grandes ! O fato de avistarmos OBEJTOS VOADORES NAO IDENTIFICADOS, nao significa que nao estamos sozinhos no universo fisicamente !!
Eu nao nego a hipótese Sandro, mas dai a dizer que comprova, voce já foi muito longe. Existem relatos de contatos (desculpa a ignorancia pq nao sei qual grau é oq rs) diretos, aqueles onde o cara troca idéia, viaja no disco voador, e aperta a mao do ET... Mas até discute-se INCLUSIVE AQUI, se sao contatos astrais ou nao. O proprio Laercio, se nao me engano, fala que TODOS esses contatos sao astrais ! Nao existe muita concordancia.

 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

daí a dizer que eles encarnam entre nós, como eu disse, as pessoas podem desconsiderar se preferirem, embora eu estaria mentindo deliberadamente se dissesse que “não se sabe” se isso é verdade. Simn, se sab, mas se você que lê isto não sabe, sinto muito.

É factível. Mas sao partes de uma estória que vai se costurando pra fazer uma linda teoria, onde tudo se encaixa.
 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

Pelo que sei, o conceito sobre reencarnação vem do hinduísmo, e eles também tem outros conceitos, como Mahavantara e Pralaya.

Sim, vem do hinduísmo, ou da forma como alguns interpretam o hinduísmo. Mas nós estamos no Ocidente, voce nao recebeu essa informacao do hinduísmo, nem as pessoas que acreditam nisso por aqui. A IMENSA MAIORIA (pra nao dizer todo mundo) que acredita nisso aí no Brasil, recebeu essa doutrinacao sobre reencarnacao de uma forma ou de outra, através de correntes ligadas ao espiritismo, logo ao Kardec sim ! Conheco pessoas que estudam Yoga aí no Brasil, e que se dedicam a viver como iogues, e que já viajaram pro oriente pra receber instrucao, enfim, tem toda bagagem cultural oriental, mas só conheco 2 assim rs. Lembro inclusive que quando eu era pivetinho e morava aí passava uma novela chamada "A Viagem", inspirada em obras do Xico Chavier, e recordo que houve outras novelas de cunho espirita no Brasil. E o Brasil é alias um país onde o Espiritismo realmente vingou. Nao to dizendo o seu caso especificamente (sei que voce nao aprendeu sobre reencarnacao na novela rsrs), mas quem tá aí no Brasil ta pegando conceito de Karma, Reencarnacao, e etc... do espiritismo!

E como sabemos bem, quando a gente observa com carinho, ve como DETURPAMOS (profanos eu diria até rs) certos conceitos orientais ao trazer eles pra cá acreditando entendermos. Muitos espiritas que já conversei (e nao espiritas também que fique claro!), acreditam que o Karma é algo como um sistema de pontos na caderna de Deus, ou pior, na caderneta dos senhore do Karma. Hehehe com eles me sinto como quando eu tirava nota ruim em Portugues, e tinha que mostrar o boletim pra minha mae, eu sabia que as paredes da casa iam vibrar com os gritos! rsrs
É uma visao infantil de Karma. Assim como alguns tem uma visao que o Karma é o "olho por olho, dente por dente" versao divina! Eu matei, entao vao me matar, ou matar alguem que eu amo PRA EU APRENDER ! Nao, nao funciona bem assim mesmo!

Se é assim com o Karma que é um conceito bem mais simples, IMAGINA COM A REENCARNACAO ! Que envolve uma história muito mais complicada.
Parafraseando Frater Thor ao falar do Paulo Coelho, que a prova da ignorancia das pessoas está em materializar coisas que sao metafísicas. Como uma virgem dando a luz.

 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

E os demais? Bom, voltando a questão dos Mahanvantaras, pela questão populacional como você descreve, a parte mais velha deve sim ter passado por lá, já os novatos não. Mas os novatos, que não estavam encarnados há 10 mil anos, são provavelmente MUITO NOVATOS, para quem até a idéia da  existência do espírito soa estranha.

Aí está um ponto em que muitos reencarnacionistas nao aceitam. Se voce aceita que tem almas novas, entao nao tem problemas mesmo.

E é nessa parte final que é a coisa fica feia pra mim, quer dizer, que a porca torce o rabo kkkk. Por que quem acredita em reencarnacao tem que ter uma visao tao obscura do homem, se o homem tem nele um potencial tao divino de evolucao. Quer dizer, o iniciado fica por seculos, milenios, dizendo as mesmas ladainhas, e os "novatos" ficam ciclos e ciclos comendo-cagando-transando-bebendo ?
Todo mundo passa por isso mesmo ? O ser humano é tao obtuso que ele precisa de milenios pra evoluir ?
Talvez a experiencia da vida física entao nao seja a melhor coisa pra alguem que só anda em círculos. Ele nao está apto a isso.
E ao perceber que anda em circulos entre as vidas, o cara de certa forma, escolhe continuar ? Ou ele é dragado pela energia na hora do sexo como já teorizamos aqui em outros posts ? Essa ultima idéia também é factível pra mim, mas nao é algo que vejo acontecendo rs, mas talvez eu que seja muito inexperiente nessa questao de magia sexual e tantra.

É isso que nao casa pra mim Sandro, essa forma de conceber a reencarnacao é humana demais pra mim. Assim como citei que a forma de conceber o Karma de alguns é infantil demais pra mim. Sempre digo por isso que nao é hipotese que nego, mas que nao é algo que aceito desse jeito que muita gente coloca aqui no GVA.

Vejo seres humanos que nao saem do lugar sim! Mas também vejo seres humanos que por opcao escolhem sair do mais baixo, e mirar no mais elevado, conseguindo saltos que pra muitos reencarnacionistas, o cara ia ter que nascer denovo e levar centenas de anos rs.

 

On 15/6/2016 at 10:35 AM, sandrofabres said:

Agora, por exemplo, o Laércio afirma que não tem ninguém mais aqui encarnado no planeta, do tempo da atlântida...segundo ele o cara tem umas 20 encarnações e deu parte para outra. Infelizmente isso não é confirmado pelo que algumas pessoas lembram,

Gracas a voce conheco os video do Laercio, e gostei muito de alguns rs... mas aquele modelo Terra dá até sono quando ele vem com aquele desenho rs. Do tempo de faculdade conheco muitos físicos... e muitos que gostam desses modelos redondinhos. O nosso universo tem mais coisa do que cabe naquele desenho, eu acredito que o "Projeto Terra" é maior que isso. E nao acredito em armas de raio laser astrais como ele fala também rsrs, nunca vi, e talvez até imagino os motivos pelos quais ele ve já que ele ve ET pra todo lado.

A questao nao é quem está certo ou errado, mas que só pq vc lembra... nao significa que voce esteve lá. Só pq vc supoe que era voce, ou tem a forte impressao de que era voce... nao significa que era. Só pq a sua lembranca confirma um fato... ela nao explica a vida, e a morte... alias nem quer dizer que ela toda seja uma reproducao de fatos reais.

(desculpem se saiu muito erro, escrevi picado na saída do trabalho rs)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, não vou nem citar, para não ficar confuso demais para quem lê, e porque é desnecessário, porque, exceto pelo seu “juízo estético” sobre o tema, no resto eu não discordo de nenhum dos pontos que você levantou

Só que a essência de tudo que você lista  é:

 “só porque tudo indica que algo vai numa dada direção, não quer dizer que aquilo, de fato, vá naquela direção”.

Eu concordo, e poderia acrescentar: “só porque eu estou aqui digitando isto, para responder a um tal Cristaldo, não quer dizer que eu esteja de fato digitando algo, ou que algum sujeito que usa o username Cristaldo ,exista, e tenha escrito algo que estou respondendo.

Como você mesmo admite, seria “redondinho demais”, “linda teoria onde tudo se encaixa”.

Portanto, a raiz da sua crítica se apoia justamente no que torna forte uma hipótese qualquer: sua capacidade de explicar os fenômenos que ela descreve.

O usual é consideramos uma hipótese falha quando ela tem muitas falhas, e não quando ela é “perfeita demais”. É como criticar um chocolate por ele ser saboroso demais, eheheh. Sua crítica não pode ser, portanto sobre a qualidade dessas hipóteses, mas sobre o  rumo que cada uma delas toma, que parece te desagradar por algum motivo. Ou porque todas elas parecem ter um rumo ordenado, e você preferiria que dissessem "não sabemos, ninguém sabe..." .Mas só você pode saber porque você preferiria algo assim. Preferências são "gosto", e "gosto não se discute", mas tem suas causas ,tudo tem.

Se você reler o que escreveu talvez note alguns padrões, mas em geral todo se baseia em “não pode ser assim, porque é ...X...demais”. E o que foi que você, do alto do seu estado de ser humano racional,  pré-definiu como sendo aceitável para o universo funcionar? Porque eu, por exemplo, acho que não faz o menor sentido (eu vivo usando esse exemplo, mas não sei se já usei no GVA) que o cérebro fique dentro de um carapaça protetora, o coração e pulmões também, mas os testículos fiquem perigosamente vulneráveis, "a deu dará",  se tem até lugarzinho para guardá-los. Aliás, eles já estavam lá, mas quando nascemos, pimba...desceram. Isso só pode ser uma piada de mau gosto! Porque até mesmo no caso do Superman ou Wolverine, se o cara mirar bem...bom, deixa pra lá, deu para entender né? Portanto, não adianta eu bater pé, as coisas são como são.

Mas como, afinal,  elas são?

Se elas DE FATO forem redondinhas, encaixadinhas, perfeitinhas, melhor, só mostra que vivemos num universo ordenado e não numa combinação instável e aleatória qualquer. Nesse caso, nossa capacidade de identificar corretamente essas características significam sabedoria e sucesso na empreitada humana em explicar o universo, e construímos (máquinas, cidades, teorias...) algo com isso. Mas se rejeitamos reconhecer essas características porque cismamos que tudo precisa ser caótico e incompleto, quando não é, isso seria loucura, e permaneceríamos de braços cruzados, sem tentar construir nada, porque afinal, cremo que não pode haver ordem possível

 

Mas se elas DE FATO não forem redondinhas, encaixadinhas... e tentamos encontrar ordem no caos que nos cerca, essa empreitada seria loucura, tudo que construíssemos não funcionaria, porque o caso do universo estaria presente em tudo que pertence a ele. Por outro lado, se elas de fato não forem redondinhas,   reconhecer o caos inerente seria sabedoria, e nos pouparia tempo que não gastaríamos tentando impor uma ordem no que nos cerca. Poderíamos apenas nos entregar a uma vida animal, esperando que algum buraco negro que pode surgir a qualquer momento, do nada, nos trague.  

 

Essas são opções extremas, tudo-ou-nada, e como entre o que as coisas são DE FATO e como as PERCEBEMOS existe uma distância impossível de SEQUER ESTIMAR, só nos resta tentar jogar com isso, tentar achar um meio termo, talvez pulando de uma para outra a todo momento...

Mas esses pulos são DECISÕES de gosto pessoal, estético, emocional, que nada tem a ver com  as hipóteses A ou B estar correta, porque SE QUESTIONAR BEM NO FUNDO, não temos como saber.

Tem a ver com o que , no fundo, estamos tentando alcançar, ou evitar.  Os materialistas, por exemplo, atribuem às teorias espiritualistas a necessidade de segurança, de dar um sentido a uma vida material que, para eles não tem sentido algum mesmo. Já os espiritualistas atribuem aos materialistas o desejo de não encarar as responsabilidades espirituais, altamente duradouras,  dos atos da vida física. (Eu especificamente ainda atribuo aos materialistas uma maior necessidade de segurança que os espiritualistas,  porque eles procuram se apegar ao material exatamente porque ele oferece uma segurança que o sutil na verdade nunca pode oferecer )

Da minha parte, quando estou em sociedade ( o GVA está incluído nisso por ser público e não saber qual o nível de compreensão das pessoas  com quem eu falo, o que me oibrga a ficar no nível médio)  eu prefiro a teorias capazes de explicar o que elas se propõem, quanto mais redondinha, mais provavelmente correta ela  é, a meu ver, como “hipótese de trabalho”.   Então, por exemplo, se no caso de OVNIS , naves estão sendo detectadas ( Força aérea brasileira, Francesa, Canadense, Russa, cidadãos...)

Seria como trocar dinheiro (pedaços de papel arbitrariamente valorizados, com os quais eu posso fazer coisas ) por pedaços de papel branco ( igualmente papel, mas com o qual nada posso fazer ), só porque o papel em branco não contém "arbitrariedades congênitas" e "respeita mais meu livre-arbítrio de olhar para ele e afirmar que ele vale  o que eu quiser....ehhhhe

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Po Sandro ta dizendo que eu sou um cara que tem gosto pelo caos ? kkkkkk

Nao é BEEEEMMM isso que eu quis dizer quando falei em ser uma modelo redondinho. Embora eu possa sim estar mais atraído por um tipo de idéia outro, voce também está (frequentemente o tipo contrário rs). Quando Agrippa fala em "Tres Livros de Filosofia Oculta" sobre como todas as coisas se originam dos 4 elementos (o que soa esquisito pra nós hoje, mas dá pra engolir se voce nao entender ao pé da letra) ele também cria uma teoria "redondinha". Inclusive ele fala sobre como certos animais (insetos rs) se originam de pedras quando chove !! Sim, porque na época que ele escreveu o livro a abiogenese era tida como um fato certo. Mas hey! A teoria dele é linda ! rs
Hoje eu posso descartar essa parte de pedras virando insetos, e posso nao entender ao pé da letra que tudo surge dos 4 elementos... e ainda assim a teoria dele fica legal, alias, fica até mais legal. É metáfora, uma das metáforas que nao vale a pena materializar (pra bater na mesma tecla).

Isso pra dizer de algo que já sabemos que é superado. Posso falar da Teoria das Cordas, que é a queridinha dos físico pois ela unifica todos o conhecimento de física moderna numa só teoria ! É linda teoria, redondinha, tudo funciona maravilhosamente... exceto pelo fato que ninguem consegue comprovar ela completamente, nem de criar um modelo matemático completo, muito menos a nível experimental. É uma linda teoria mas que só serve pra dizer como seria legal se as coisas fossem assim. Embora as coisas inclusive possam apontar estar nessa direcao... É bem possível que daqui a anos descubram que nao era bem pra lá que apontavam. E talvez olhem pra ela, como hoje nós olhamos pra idéia de insetos sendo formados através de pedras quando chove.

Por que é redondinho ? Por que alguem "costurou" pra que ficasse redondinho. Nosso entendimento do mundo é feito de partes que a gente sabe e lacunas. Seja na ciencia, seja na espiritualidade. Entao tanto na ciencia quanto na espiritualidade, teorias que explicam tudo... devem sempre ser vistas com desconfianca.
O problema é maior na espiritualidade, por que pessoas batem a cabeca no muro repetidamente por causa dessas teorias, criam fantasias em torno delas, até vivem em torno delas por querem explicar toda a sua vida apartir delas. Daí a idéia que voce que disse que materialistas dizem que espiritualistas buscam conforto... sim, crencas sao confortáveis, sejam materiais ou espirituais. Acreditar num modelo de Karma ou de Reencarnacao nos moldes que mais agradam a cada um, é um grande conforto, voce sempre vai sentir que a justica vai ser feito por que vc é muito bomzinho rs... e sempre vai sentir que tem chance de consertar suas cagadas. Ou que voce pode deixar pra aprender mais na proxima vida... afinal nessa nao dá pra aprender tudo mesmo. Ou que nós demoramos milenios pra melhorar mesmo... entao eu nao preciso me cobrar tanto.
Forcar esse tipo de crenca, como eu vejo muitas vezes as pessoas se forcando, mais atrapalha do que ajuda.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

- e sempre vai sentir que tem chance de consertar suas cagadas.

-Ou que voce pode deixar pra aprender mais na proxima vida... afinal nessa nao dá pra aprender tudo mesmo.

-Ou que nós demoramos milenios pra melhorar mesmo... entao eu nao preciso me cobrar tanto.

-Forcar esse tipo de crenca, como eu vejo muitas vezes as pessoas se forcando, mais atrapalha do que ajuda.


FORÇAR uma crença que, pela sua descriçao, se caracteriza pela FROUXIDAO, mais atrapalha que ajuda? Atrapalha o que? A crença do "só temos uma vida, e depois o juízo?", ehehehe.

Pelo que eu tinha entendido antes, do que você escreveu lá em cima, suas criticas em relação a visão ocidental do karma era exemplificado pela "dureza", pelo versão espírita do " olho por olho, dente por dente". Sério, eu vejo sempre rm muita gente ligada ao ocultismo o velho conflito adolescente de quem vem de uma doutrinaçao católica.

Por que " adolescente"? Porque nessa fase as crenças de nossos pais ainda estão muito fortes em nós, e para termos alguma identidade própria as vezes escolhemos o oposto máximo...mas não conseguimos deixar de pensar como eles, o que só vai acontecer com bem  mais anos de vida, e as vezes nunca acontece.

Como ,no fundo, muitos dos simpatizantes do ocultismo  já vieram do modelo católico de " céu & inferno ",  e isso foi transposto para o ocultismo, eles:

-ora se rebelam com tudo que cheire a velha crença que os amedrontou por séculos " deus está te olhando", e saem chutando o balde, desejando um grau de liberdade que é mais uma utopia do que uma realidade cotidiana;

-ora defendem esse mesmo  velho modelo contra esses "orientalismos invasores".

Estarei enxergando errado?

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Qual é o ponto dessa discussão?

É @sandrofabres defendendo a existência da reencarnação e @Cristaldo defendendo que reencarnação não existe? É isso?

Aliás... como pode alguém se definir como espiritualista e não ser reencarnacionista... isso é possível?

Esse não é um fórum espiritualista? A crença em projeção astral (e, portanto, em corpo astral) não pressupõe a sobrevivência do corpo astral apesar da falência do corpo físico?

Pra mim o conceito de reencarnação é totalmente compatível tanto no espiritismo como no hinduísmo, como na conscienciologia, como na cabala, como na teosofia, etc, etc... a despeito das diferenças de abordagem.

@Cristaldo, você não se diz índio?... Sempre pensei que as diferentes culturas indígenas acreditassem em reencarnação e até mesmo em metempsicose, não é o seu caso? Qual é a sua teoria então?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.