• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Olá pessoal do GVA, tenho uma pequena duvida e espero que seja esclarecida, a um tempo que eu não estou conseguindo me projetar direito,
basicamente, entro em catalepsia, e parece que não saio com o corpo astral, por exemplo antigamente quando entrava em catalepsia, eu pensava no corpo astral e tudo ocorria praticamente automatico, eu sentia a saida, sentia meu corpo astral, estava bem lucido e tals, mas agora é estranho, eu não consigo sair, e fico imaginando um ponto da minha casa, normalmente meu quarto, quando percebo ja estou lá, não tem o momento da saida, ai minha visao fica metade projetada e metade no corpo nao da pra enchergar direito por conta disso, por exemplo fico vendo os meus travesseiros na cama, e eu andando pela sala ao mesmo tempo, ai eu foco apenas na sala a outra visão sai, mais fica se alternando entre as duas visoes, tipo eu volto pra catalepsia e depois pra projeção, creio que nao estou saindo com meu corpo astral? e estou com a lucides bem baixa nessas experiencias esta sendo bem chato, alguem poderia esclarecer essa minha duvida?

 

obrigado e boas projeções!

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Mauriciosassaki disse:

eu pensava no corpo astral e tudo ocorria praticamente automatico, eu sentia a saida, sentia meu corpo astral, estava bem lucido e tals, mas agora é estranho,

Pois é, isso muda com o tempo. Ach oque no início tem mis ajuda, depois tem que remar mais.

1 hora atrás, Mauriciosassaki disse:

e fico imaginando um ponto da minha casa, normalmente meu quarto, quando percebo ja estou lá, não tem o momento da saida,

Exatamente, é assim que funciona o alvo mental, não tem o momento da saída, exceto se voce focar num ponto dentro do quarto ainda, como explquei aqui. Aí voce nota todo o processo acontecendo, como mostro no desenho:

 

1 hora atrás, Mauriciosassaki disse:

ai minha visao fica metade projetada e metade no corpo nao da pra enchergar direito por conta disso, por exemplo fico vendo os meus travesseiros na cama, e eu andando pela sala ao mesmo tempo, ai eu foco apenas na sala a outra visão sai, mais fica se alternando entre as duas visoes,

Pode ser que voce tenha aberto os olhos do físico, e aí fica misturado mesmo. Por isso eu durmo usando mascara de dormir,  porque numa mesma tarde isso em aconteceu 3 vezes:

 

Ou essa visão da cama, pode ser da cópia etérica que ainda está acordada, aquela visao que abre mesmo estando com os olhos fechados. Nesse caso a mascara de dormimr não resolveria. Tente a máscara, para contornar esse tipo de problema, porque com percepções dos dois corpso ao mesmo tempo, nenhum dos dosi vai ficar real o suficiente. Mas se não resolver, a única saída que vejo é voltar ao corpo, fazer uns EVs e air de novo. Eu ja tive umas 3 ou 4 dessas, como voce descreve. Pareci que em corpo projetado estaav em controle remoto, eu estava com os dois acordados. Isso dá uma impressão de irrealidade ao que voce experimenta proejtado, o que não é desejável, mas não torna irreal o que voce vê. Aliás, uma das comprovações que tive, mas que não está relatada no meu tópico, foi justamnete numa dessas vezes. Eu sai do quarto atravessari a parede, com bastante dificuldade, e parei no telhado do vizinho. Tudo parecai difuso quae como miragem, e eu me sentia todo tepo aocrdado na cama. Tentei tocar na telhas, sentir a textura para aprofundar a fae, mas não funcionava. OLhei minhas mãos e nada, estava tudo ofuscado , então ali m e no telhado olho para ciam, vejo a lua, e as nuvesn passando, olho para outro lado e vejo um prédio logo em frente, e lá em cima uma caixa d'água dessas de fibra, azul.

Acabei voltando em seguida para o corpo, tive outras tentativas e nada .Naquela noite pareceu dar certo. ela manha, olhei pela janela do quarto, que tem grade, e vi um canto apenas do  tal predio, e nao vi caixa d'agua ali em cima. Só depois, observando por outro angulo, oi que pude enxergar a parte do predio que meu eu projetado observou ao ter ficado em cima do telhado do vizinho, e aí sim, a caixa dágua estava la.

Mas note, isso numa projeção com REALISMO QUASE ZERO. Se as coisas fossem como os céticos supõem, que o projetor acredita que a projeção é real só porque se deixa enganar pelo realismo dela  o mundo seria  simples de explicar, hehehh

 

É coo eu vivo repetido aqui: nunca ache que um sonho foi uma projeção só porque  foi colorido,  super nítido e pode lembrar de tudo. Isso são atributo da memória, nao da lucidez. Há sonhos super realistas e há projeçoes difusas,enfumaçadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pela resposta sandro, acabei de descobrir que estava fazendo uma tecnica usada e nem sabia, eu achei interessante o negocio do corpo mental e o corpo astral se juntar a ele, e a foto do outro post que tem uma imagem pela metade oval com o quarto era perfeitamente oque eu via, nessa mesma experiencia que tive esta noite, não sei se meu corpo astral conceguiu chegar no mental, porque quando me dei conta que consegui 'ir' pro corpo mental, eu sai correndo muito pouco lucido, como se fosse caindo num sono, segurando pra não ''dormir'' fui tentar atravessar a porta da minha sacada, e quando eu atravessei, eu meio que voltei pra visao do corpo, e tentei segurar aquela imagem da sacada e voltei denovo instantaneamente onde eu tinha parado, mas ai desta vez eu tentei abrir a porta pra evitar voltar de novo, parecia que eu estava bebado, tudo um pouco embaçado, como evitar isso? tem que fazer alguma tecnica? e então pulei de minha sacada, e começei a voar numa velocidade incrivel, passando por todos os locais turisticos do mundo e então indo para o espaço eu tava de costas deitado, voando, e então aquela sensão e visão de voar foi bem devagar virando minha cama novamente, e quando fui ver estava em catalepsia, sera que eu ainda estava fazendo isso só com o alvo imaginario por conta dessa lucidez baixa? ou meu corpo astral conseguiu se conectar? desculpe pelas inumeras perguntas :-D

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, Mauriciosassaki disse:

fui tentar atravessar a porta da minha sacada, e quando eu atravessei, eu meio que voltei pra visao do corpo

Sim, travessias DESESTABILIZAM sua permanência no plano em que você está. Tem que reestablecer sau conexão com ele após atravessar, As vezes voce está com tudo certo,  a visão boa, e o atravessar,fica com a visão desfocada, e se não corrigir isso rapidamente, em geral volta ao corpo em menos de 5 segundos. Tem que ORDENAR "mais clareza", olhar para suas mãos,   esfregá-las...mas as vezes, se não esta´bem estabelecido ANTES de atravessar, o simples fato de atravessar já te faz acordar no corpo antes de sair do outro lado. Uma coisa que ajuda muito é você já estar concentrado no que tem do otro lado da parede ou porta. Isso facilita a travessia e desestabiliza menos ou nem desestabiliza. Mas só funciona se você já sabe o que tem do oro lado né? Como o patio da sua casa, a rua em que mora, essas coisas.

19 minutos atrás, Mauriciosassaki disse:

e tentei segurar aquela imagem da sacada e voltei de novo instantaneamente onde eu tinha parado,

Exato, é assim mesmo que se faz, para nao perder tempo, porque sua consciência acorda no corpo, mas sua parte projetada está ala ainda, não é que tenha havido um "RETORNO", o que houve foi uma alternância de qual conciencia estava mais ativa em cada momento. Quando a do corpo fica mais ativa, você acredtia que votlou para o corpo, mas muitas vezes não é isso que acontece, então o primeiro recurso ao ter uma projeção interrompida é fazer  que fez, fixar na mente a ultima image vista enquanto projetado, e isso pode te conectar de novo com sua parte que AINDA ESTÁ LÁ. E as vezes você descobre que ela andou alguns metros a mai, mas só quando reencaixa você captura a memória do que ela fez enquanto voce esteve fora. É bem estranho quando isso acontece ehehehe.

24 minutos atrás, Mauriciosassaki disse:

parecia que eu estava bebado, tudo um pouco embaçado, como evitar isso? tem que fazer alguma tecnica?

Então, isso costuma ser lastro energético, pode fazer o EV estando projetado, que clareia tudo. Ou pode ORDENRAR mais clareza, forte, com convicção, enquanto olha para suas mãos e vai querendo que elas fiquem mais nítidas. Se nada resolver, quando voltar para o corpo faça uns EVs aé ficar vibrando bem, e sai novamente, que aí em geral estará tudo nítido. 

27 minutos atrás, Mauriciosassaki disse:

e começei a voar numa velocidade incrivel, passando por todos os locais turisticos do mundo

E estava vendo tudo embaçado ainda? Suseito que não, porque qQuando a gente consegeu voar com facilidade, o lastro que criava o embaçamento em geral já se foi.

28 minutos atrás, Mauriciosassaki disse:

e então aquela sensão e visão de voar foi bem devagar virando minha cama novamente, e quando fui ver estava em catalepsia, sera que eu ainda estava fazendo isso só com o alvo imaginario por conta dessa lucidez baixa? ou meu corpo astral conseguiu se conectar?

Pois é. Quando as coisas começam a ficar muito ágeis já complica para analisar, porque pode ter virado um sonho. Porque é isos que o pessoal cético tem extrema dificuldade de entender, a´te porque eles tem uma crença a defender então o raciocínio não funciona direito, mas em sonhos ninguém tem difculdade com coisa alguma, não tem visão embaçada, não tem vibrações, não tem as instabilidades projetivas DA PRIMEIRA ETAPA. Depois que você avança mais, e se livra do lastro , estará operando no corpo astral propriamente dito, e não naquele duplo que a gene cria para andar pelo quarto e casa. Então também não costuma ter dificuldades quando  proejção já avançou essas etapdas iniciais.

Então tanto no sonho, quanto nas etapas  já desenvolvidas da  projeção, não tem quase dificuldades, e aí que os conceitos de sonho lúcido e preojção ficam meio borrados. Mas nasqueles primeiros minutos não tem como confundir. Então uma dica interessante é o Waldo quem dá: o EV de retorno.

Se você de fato se afastou bem do corpo, ou se ficou um bom tempo fora, ao voltar sente uma chuveirada energetica, um formigamento que é tanto mais forte quanto mais tempo ficou fora ou mais longe você foi, porque ao sair do corpo, seu coro astral absorve energia do ambiente e isos é despejado de volta no coro etérico quando ele retorna, o que em geral te deixa estimulado, com difculdade de dormir de novo ,se foi algo mais ofrte.

Mas se você só acorda e não sente nada, nenhum ofrmigamento, então você não  deixou seu corpo, não absorveu energia do ambiente, e por isso, o retornar, não sente a chuveirada. Aí você conclui que  foi apenas sonho, fantasia cerebral mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.