Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Terror noturno


Recommended Posts

Amigos, não sei se alguém aqui tem filhos e já passou pelo que vou relatar...

Meu filho tem 10 meses, e faz uns 3 meses que sofre de terror noturno... Ele começa chorar desesperado... Eu acordo e tento acalma—lo, ele está de olhos fechados, como num transe profundo... Chora copiosamente, um choro sofrido, de soluçar... Passados alguns minutos ele abre os olhos, mas é como se estivesse em outro lugar, pois não me vê, não responde aos estímulos visuais, apenas grita cada vez que encosto nele, como se ele não soubesse de onde vem o toque...

Será que isso pode estar relacionado com algum tipo de visão de uma outra dimensão???

Link to comment
Share on other sites

Parece que sim Kaly, ele parece estar sonâmbulo, deve estar vendo só o astral, e quando você o toca, você para ele deve ser um fantasma in´visível, porque os outros ele deve estar vendo.  Se você lê inglês, no livro do Bruce sobre autodefesa psíquica tem um capítulo, o 8 , sobre problemas que crianças enfrentam com entidades, incluindo os terrores noturnos, e demais processos. Se não lê, incluí o livro em formato texto para voce poder copiar o texto  colar no google tradutor e pelo menos ter uma idéia do que diz.

 

 

Practical Psychic Self Defense Handbook, - Robert Bruce.doc

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Independente do que for, é importante ter consciência de que as crianças são extremamente sensíveis. Sentem emoções do ambiente, de quem as pega no colo e principalmente dos pais que possuem uma ligação energética muito forte com elas. Minha irmã faz parte de uma casa espiritualista, assim como eu, e me recordo de algumas orientações recebidas devido a perturbações noturnas com o filho dela.

A primeira era colocar um galho pequeno de arruda de baixo do travesseiro, a segunda uma tesoura de baixo do colchão, e a terceira era manter as proteções energéticas.

A arruda auxilia na transmutação de energias, a tesoura tem a função de "cortar" as negatividades... Serve mais como uma muleta psíquica. Já as proteções energéticas, como o próprio Sandro relatou... são bem interessantes.

Eu te aconselharia a orar para o teu filho na hora dele dormir, e no final desta oração visualizar uma esfera dourada ao redor dele no berço. Pode ser uma esfera, uma pirâmide, um cone... O mais importante é que tu acredite que esta proteção existe e que ela ficará atuando em torno da criança.

É importante refletir sobre teu estado emocional nestes últimos três meses, do teu marido também... Procurando descartar tudo que pode estar influenciando teu filho.

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

@sandrofabres leio inglês sim, obrigada, vou procurar o capítulo e estudar sobre isso...

@otavioavp foi depois que mudamos de casa que isso começou... Faço sempre uma limpeza energética no quarto antes de dormir, mas tem dias que estou mais cansada e acabo dormindo sem fazer, vou prestar atenção quando isso acontece, se fiz limpeza ou não, obrigada pelas dicas!!

@cyber2050 a médica só me disse que era terror noturno e com os anos passa sozinho... Pq a medicina convencional não tem uma explicação pro fenômeno... Dizem ser um tipo de sonambulismo... Mas eu vendo o que acontece com ele, sei que ele está vendo coisas, vejo o terror no rostinho dele...

Link to comment
Share on other sites

5 horas atrás, Kaly disse:

 

@otavioavp foi depois que mudamos de casa que isso começou... Faço sempre uma limpeza energética no quarto antes de dormir, mas tem dias que estou mais cansada e acabo dormindo sem fazer, vou prestar atenção quando isso acontece, se fiz limpeza ou não, obrigada pelas dicas!!

Olha, então recomendo realizar uma limpeza espiritual na casa inteira... Já que isso começou depois da mudança. Se não tinha ninguém morando é muito difícil que exista qualquer tipo de criação mental na casa, porém, muitas vezes permanecem espíritos ligados a aquele espaço... Tipo, aquele terreno era da pessoa que morreu e construíram uma casa no lugar...

Não sei se tens religião, ou se alguma te agrada para poder recomendar o procedimento mais adequado...

 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

É bem provável, pois já relatei até ao @sandrofabres uns fenômenos estranhos que acontecem aqui em casa... Chuveiro que liga sozinho, portas que abrem sozinhas, janelas tbm, e até o ar condicionado já ligou sozinho... Como eu já vi muita coisa, não tenho medo... Mas apenas percebi que tem algo por aqui...

Link to comment
Share on other sites

Então talvez seja o momento de realizar essa limpeza...

Vou te falar como eu realizaria... utilizando procedimentos encontrados em várias religiões...

1-Marca um horário com teu marido... Tenta marcar num horário próximo que o bebê vá dormir um tirar um cochilo diurno. Tipo... "A partir das 19:00 ficamos atentos até o fulano dormir".

2-Procura colocar uma música ambiente que te relaxe e que traga um clima de paz... Daí pode ser uma clássica, uma instrumental, ponto de umbanda, mantras, músicas de banimento(antiga religião)....Aproveitem uns minutos pra fechar os olhos e relaxar.

3-Realiza uma oração pedindo auxílio neste momento, rogando pela harmonia do lar...

4-Enche um copo de água e colocar umas 7 pitadas de sal grosso nele. Deixar no canto, atrás da porta de entrada da casa...

5-Queima dois incensos ao mesmo tempo, preferencialmente as duas pontas de cada um ao mesmo tempo pra sair mais fumaça...  Em casas de artigos religiosos tu acha... É um incenso mais grosso e curto, diferente daqueles fininhos que não tem nada de natural, tudo artificial. Acende eles e vai passando cômodo por cômodo da casa... Passando bem por cada canto, que é onde ficam mais energias acumuladas... Mentalizando que aquela fumaça do incenso vai transmutando qualquer energia mais densa...

6-Oração final, agradece o momento, pede com carinho que qualquer irmão que possa estar em perturbação naquele espaço possa receber o devido auxílio... E que toda negatividade que restou possa ser puxada para o copo com água.

7-Joga o copo com água no vaso e dá descarga.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Guest Honeymoon

Olá,

Sei que muitos não se agradam de médiuns espíritas no forum, mas a Márcia Fernandes gravou um programa na radio mundial falando sobre esse tema das crianças, onde ela relata os sintomas que você descreve em seu bebê.

E o Wagner Borges gravou outro, também pela radio mundial, só não consegui localizar o link ainda.

Minha vizinha tem um bebê que parece sofrer do mesmo mal, vou conversar com ela sobre essas dicas que vocês deram.

 

Link to comment
Share on other sites

@Caroline assisti o vídeo, mas ela não falou nada sobre terror noturno, ela fala sobre encostos e seus sintomas, mas meu filho não tem sintomas de encosto como ela descreve, pois ele não tem insônia, não tem nariz escorrendo e também nunca ficou doente... 

Coloquei aqui embaixo a descrição do que é o terror noturno pra quem não conhece o problema:

"O terror noturno ou pânico noturno (pavor nocturnus) é um distúrbio do sono, caracterizado por gritos durante o sono acompanhado do semblante de terror como se a pessoa estivesse vendo algo terrorífico durante o sono. Geralmente começa com manifestações comportamentais de intenso medo (ainda durante o sono) culminando em um despertar abrupto com um grito de pânico e respiração rápida.[1] O terror noturno habitualmente inicia durante a primeira parte do sono e dura cerca de 1 a 10 minutos. Assim como após sonhos normais é difícil recordar mais do que alguns poucos fragmentos do que se estava sonhando e caso a pessoa volte a dormir logo depois esse despertar pode ser esquecido junto com os sonhos quando ela voltar a dormir."

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

@Kaly minha filha tem 8 anos e as vezes tem sintoma semelhante,  fica falando dormindo, tem pesadelos....    minha esposa sempre faz uma oração forte, eu quando lembro faço uma limpeza energética....    já houve uma vez que tivemos uma projeção simultanea eu e minha esposa em que havia várias encostonildas na casa, e minha filha relatou tido pesadelos, por isso sempre fazemos uma oração e/ou limpeza energética,  postei esse relato aqui.... 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

@Silvio obrigada pelo relato... Realmente o terror noturno é um tipo de sonambulismo... A diferença é que ele acorda, mas continua não me vendo, eu falo com ele e ele não me enxerga... O coração fica acelerado, o corpo enrijece, ele se estica como se estivesse tentando se libertar de algo, grita muito e se debate... Se encosto nele é pior, pq ele entra em desespero pq não sabe o que está encostando nele, pois ele não me vê... Nas primeiras vezes eu não sabia do que se tratava, me desesperei e peguei no colo pra acalmar, foi pior... Agora já aprendi... Eu apenas canto pra ele, e ele se acalma e volta a dormir, soluçando, mas dorme... As crises tem diminuído, antes era 3 vezes por semana, agora o espaço aumentou pra uma crise a cada 15 dias em média... Estou tentando entender melhor o problema para ajudá-lo... Obrigada pela tua ajuda!!

Ps: com que idade a tua filha começou a ter isso?

Link to comment
Share on other sites

Só um detalhe: uma amiga aqui do fórum, já com 37 anos se não em engano,  me contou, em 2014, que quando ela tinha uns 5 anos, o pai dela a levou num centro de umbanda ou sei lá o que era, para fecharem a mediunidade dela, porque ela viva com dificuldade para dormir, assustada por algo. Ao que parece era esse mesmo tipo de caso. Então aqui no GVA ela ficou de muito papo comigo, sobre esse assuntos, por MP, começou a sentir coisas estranhas e tal...e pimba, reabriram a mediunidade dela. Foi aí que eu soube desse detalhe do que aconteceu com ela quando pequena, porque achei estranho ela abrir tanto do nada.

Mas também aí os problemas da infância voltaram como antes, e ela tinha dificuldades para dormir. Por sorte procurou um centro espírita, ali no primeiro dia já incorporou,   a mediunidade se manifestou totalmente (antes ela tinha frequentado mas nada acontecia, ficava só nos grupos de estudos, limitada à teoria apenas). Não sei se eal continua a trabalhar nisso, espero que sim. Mas o que quero dizer é que também tem que ficar ligado que esses terrores noturno podem ter mais a ver com a pessoa em si, (que no momento usa um corpo de bebê) do que com o local em si, então com os anso tem que ver como isso vai evoluir, ou se é algo apenas momentâneo, ligado à casa , energias recentes e tal.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

@Kaly não me lembro bem, acho que percebemos mais a partir dos 4- 5 anos, as vezes passa  tempos está td bem, de vez em quando volta um pouco...  mas não é frequente, a gente procura se vigiar ....    a gente fez uma viagem umas semana atrás tb, para um hotel fazenda, tive uma projeção meio sinistra lá e um sonho bem pesado...  qdo voltamos ela teve uns episódios, mas não é nada forte... 

 

acho que  é como o  @sandrofabres explicou, tem que ir observando como evolui,  eu acho que minha filha tem um pouco de mediunidade, deve ter puxado da minha esposa pq eu não tenho nada e minha esposa tinha os mesmos sintomas qdo era pequena... enfim...  vai observando aí e melhoras para sua filha

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Ola Kaly. Tenho uma filha e as vezes ela fica tensa, chora e acorda a noite. As crianças sao muitos sensiveis e elas pegam até as cargas  que nos temos dependendo de alguns dias. Como voce eh espirita, assim como eu, faça oraçao do anjo da guarda, dos mentores para aliviarem tanto voce e ao seu redor e diminuir esta tensão. E tambem vale levar a criança para benzer na igreja, ajuda muito, traz tranquilidade. 

Espero ter ajudado. Forte abraço 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Guest Honeymoon
Em 15/08/2016 at 11:09, Kaly disse:

@Caroline assisti o vídeo, mas ela não falou nada sobre terror noturno, ela fala sobre encostos e seus sintomas, mas meu filho não tem sintomas de encosto como ela descreve, pois ele não tem insônia, não tem nariz escorrendo e também nunca ficou doente... 

Coloquei aqui embaixo a descrição do que é o terror noturno pra quem não conhece o problema:

"O terror noturno ou pânico noturno (pavor nocturnus) é um distúrbio do sono, caracterizado por gritos durante o sono acompanhado do semblante de terror como se a pessoa estivesse vendo algo terrorífico durante o sono. Geralmente começa com manifestações comportamentais de intenso medo (ainda durante o sono) culminando em um despertar abrupto com um grito de pânico e respiração rápida.[1] O terror noturno habitualmente inicia durante a primeira parte do sono e dura cerca de 1 a 10 minutos. Assim como após sonhos normais é difícil recordar mais do que alguns poucos fragmentos do que se estava sonhando e caso a pessoa volte a dormir logo depois esse despertar pode ser esquecido junto com os sonhos quando ela voltar a dormir."

Sim, sim, não é exatamente sobre terror noturno, apenas uma possibilidade diferente de explicação.

Bom, achei o vídeo do Wagner Borges explorando mais possibilidades sobre o choro noturno dos bebês, também não é necessariamente sobre terror noturno.

 

Link to comment
Share on other sites

Voltando aqui pra relatar... Li o capítulo que Sandro me indicou, aonde ele fala sobre os terrores noturnos... 

Ontem, depois de quase um mês sem episódios de terror noturno, meu filho teve duas crises...

Resolvi fazer um teste, baseado na leitura, quando estava no meio da crise peguei meu filho no colo e levei para o banheiro, abri a torneira e coloquei suas mãos embaixo da água... A CRISE CESSOU IMEDIATAMENTE... 

Esperei alguns minutos, brinquei com ele, e voltamos pra cama... Meia hora depois, outra crise... Repeti o procedimento, novamente a crise cessou na hora, ele saiu do transe imediatamente...

Portanto, se alguém tiver com o mesmo problema, façam o teste... Lembrando que é pra terror noturno, não sonambulismo... Os sintomas são parecidos, mas são casos diferentes...

Edited by Kaly
Corrigi os erros de digitação por causa do corretor
Link to comment
Share on other sites

Eu já devo ter te falado, mas não tenho certeza.

Você faz o círculo de proteção (belilim + círculo) em torno do quarto, para tentar impedir essas entidades  de entrar no quarto? Porque se seu filho sai por aí em astral e lá em algum ponto encontra quem o ameace, não vai resolver, mas se são entidades que vem até o quarto, vai resolver. Ou use o belilim como canção de ninar, eheheh. Se ele se acalmar sem sair do transe, você vai saber que as entidades picaram a mula, eheheh. Mas aí é bom fazer o círculo em seguida, para impedi-los de voltar.

 

 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Não, eu não conhecia o belilim... Mas o círculo de luz eu faço sempre antes de dormir... Como eu ainda não tinha ido dormir, a crise aconteceu antes de eu fazer, pq sabe como é, mãe é sempre a última a ir dormir...

Eu acho engraçado essa coisa do círculo de luz ao redor da casa, pq minha avó sempre me fazia imaginar um círculo de luz ao redor da nossa casa sempre que saíamos... É algo que faço desde pequena... De onde ela tinha esse conhecimento eu não faço idéia.

Link to comment
Share on other sites

É que isso tem uns detalhes técnicos. Círculos de luz são mais frágeis, porque são apenas plasmagem mental, então se uma mente criou, outra mente pode dissipar. Dependendo de quem e o atacante, um simples circulos de luz não será barreira para ele. É por isso que você precisa sempre envolver terceiros ao produzir o círculo.

No círculo da gnose  pede-se ao Pai interno, que é mais ou menos similar a um "Eu superior", embora não seja bem isso. E quem traça é o "intercessor elemental", uma outra parte interna sua, que era usada quando encarnamos em formas inferiores à humana. Já outros círculos envolvem visualizações de arcanjos e tal...como o ritual menor de banimento do pentagrama.

Você pode não acreditar nisso, mas só  estou citando para você ver que é invocada a participação de algo mais do que apenas a sua mente, e é isso que dá proteção extra, coisa que um mero circulo de luz branca não dará. O que não impede que a pessoa pegue seu circulo de luz e recheie com mais algumas coisinhas, ehheh. O que importa é o resultado. Se em algum momento sentir que seu circulo de luz simples não protegeu, passe a testar fórmulas progressivamente mais complexas ,ate resolver.

Mas tem que ter cuidado é com o papo de uma turminha desinformada nessa área, que vão dizer que círculos de luz é muleta, que não barra espírito etc....porque fizeram seus próprios experimentos e viram que não barra....Se vai experimentar com coisas "meia boca" não pode se queixar dos resultados falhos né? agora se o cara testou tudo que há de "padrão", e não resolveu, aí sim pode abandonar dizendo que é muleta.

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Essa questão das plasmagens é bem interessante... Inclusive dá pra fazer algumas associações que ajudam na hora de se proteger... Por exemplo, se a pessoa tá numa sintonia boa, dá pra fazer proteções energéticas tranquilamente, círculo (esfera??) de luz, já que a vibração dela auxilia na manutenção desse campo... Quanto mais sutil, mais difícil o acesso por entidades, que via de regra, estão num padrão vibratório mais baixo.

Já quando a pessoa não tá numa vibe muito boa, e nem ela se convence de que as proteções vão funcionar, nesse caso é interessante usar outros elementos pra fortalecer o processo. Desde acender uma vela até fazer o beiiliim entre outros...

E claro, essa questão dos "terceiros" como o Sandro falou é importante... Por isso que o círculo de luz pode ser bastante eficiente, desde que seja realizado após uma oração, por exemplo... Isso reforça o processo. Na oração, em essência, não se invoca elemental algum, porém nela se estabelece sintonia muito grande com sua centelha divina, eu superior, eu crístico etc.. e a partir daí favorece a conexão com os amparadores espirituais que estarão em contato mais íntimo com a pessoa.

Não é questão de um ser melhor ou pior, vai do pensamento de cada um saber qual convém fazer.

Vou colar aqui a quarta lei da Apometria, que fala sobre os campos de força:

Enunciado:

Toda vez que mentalizamos a formação de uma barreira magnética, por meio de impulsos energéticos através de contagem, formar-se-ão campos-de-força de natureza magnética, circunscrevendo a região espacial visada na forma que o operador imaginou.

 

 

Técnica:

Mentalizamos fortemente uma barragem magnética e projetamos energias para sua concretização, através de contagem até sete. Há de se formar um campo-de-força simples, duplo ou triplo, e com freqüência diferentes - conforme desejarmos. A densidade desses campos é proporcional à força mental que os gerou. Costumamos empregar esta técnica para proteger ambientes de trabalho, e, principalmente, para contenção de espíritos rebeldes.

Os antigos egípcios eram peritos nessa técnica, pois seus campos-de-força duram até hoje, conforme temos verificado. Usavam-nos para proteção de túmulos, imantação de múmias e outros fins.

A forma do campo tem grande importância, pois os piramidais, mormente os tetraédricos (poliedros de quatro faces), têm tamanha capacidade de contenção que, uma vez colocados espíritos rebeldes no seu interior, eles não poderão sair – a menos que se lhes permita. Dentro desses campos, tais espíritos podem ser conduzidos para qualquer lugar, com toda a segurança e facilidade. Descobrimos que os ângulos diedros (ângulos retos das bases) das pirâmides têm propriedades especiais: dificilmente se rompem e, assim mesmo, por ação de energias que, via de regra, esses espíritos não possuem.

 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...