• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
hogiat

problema com mediunidade

Recommended Posts

Olá a todos!

Venho pedir a vossa ajuda para me ensinarem como eu posso desenvolver a minha mediunidade. Pois eu frequento o centro espirita bezerra de meneses e lá eu sou paciente do dr José Tavares. Acontece que de junho passado ate agora eu estou entrando em panico e com crises de ansiedade constantemente ao ponto de que eu não estou conseguindo fazer nada, e esses sintomas físicos em sua maioria começa no meu psicológico, surge esse pensamento e dele tenho a emoção nada agradável, quando eu consigo controlar meus  pensamentos isso some. O dr Tavares me falou que eu tenho a mediunidade forte e por isso eu estou passando por isso, preciso dizer também que quando pratico as técnicas de hermetismo que eu descrevi um pouco abaixo eu me sinto muito mau depois, me forçando a interromper, e, os passes que eu recebo no centro espirita, foi me passado 13 passes em corrente com 3 médiuns, nos primeiros eu sentia as energias e me sentia bem zem depois, mais agora que estou terminando não sinto nada, mais porque eu acho que isto se deve porque as energias estão mais equilibradas, o problema é que me sinto mau dias depois como se minhas ansiedade e panico piorasse. 

 

Um pouco sobre mim:

Comecei meus estudos esotéricos pelo satanismo em meados de 2008, porque naquele tempo de ignorância minha, para mim o lado esotérico era isso, abandonei meses depois porque sentia a presença de seres no meu quarto e as vezes chegava a ver umas sombras enormes de olhos vermelhos. Depois iniciei meu estudo no Hermetismo de Frans bardom ( o caminho do adepto ), onde fiquei 2 anos praticando os graus e buscando mais conhecimento nessa areá, as experiências mais gratificantes eu tive nesse tempo, como o segundo contato com o que eu acho ser o meu espirito, expanção da consciência, felicidade indescritível e uma verdadeira sensação de estar fora da terra, mais ao mesmo tempo unido com todos...Depois iniciei na bruxaria onde aprendi a ter um contato maior com a natureza e as egregoras. Depois o gnosticismo de samael aun weor onde aprendi a importância do feminino e da kundalini. Depois conheci esse blog onde passei um bom tempo praticando as técnicas e estudando sobre viajem astral, mais eu não consegui sair do corpo consciente. Agora voltei para o espiritismo, porque sinto vontade de ajudar as pessoas, voltei a frequentar o centro espirita que eu ia com minha mãe quando tinha 5 anos.

 

Também tenho sonhos apocalípticos desde pequeno, que quase semanalmente sonho com coisas ou situações que vão acontecer comigo no futuro; as vezes outras situações como tsunamis, guerras, muitas mortes, fumaça por todo lado, tudo destruído. premonições, Guerras espirituais que parecem coisa de filme de ficção com seres que parecem muito elevados. projeções involuntárias, quando to saindo ou entrando no corpo as vezes vejo espíritos no meu quarto ou em cima de mim...

 

Então, é isso, apesar de eu ter um pouco de conhecimento, achava eu que iria controlar a situação, só que não.

 

Paz a todos, Obrigado!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, acho que mediunidade você só desenvolve dentro dos grupos de médiuns mesmo, mas não sei. Sobre isso deixo a palavra aos médiuns. O que talvez esteja acontecendo no seu caso é que por ter começado pelo satanismo alguma entidade negativa deve ter se vinculado com você, e agora com medo de ser detectada pelos médiuns do seu grupo, ela entra em pânico as vezes e você sente isso como se fosse você.

É algo relativamente comum pelo que ja ouvi de outros mediuns.

Vai ser assim até que consigam desacoplar essa entidade de você, então isso passará.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se você já está frequentando um centro espírita, fale com eles e procure começar seu desenvolvimento mediúnico lá porque é muito arriscado desenvolver mediunidade sozinho por conta própria, principalmente se você já apresenta uma abertura maior para isso. Neste caso, é mais seguro fazer a coisa tendo algum suporte.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

ola, olha li sua historia e concordo com tudo que o @sandrofabres disse. Esse seu começo  pelo satanismo pode sim ter aberto umas portas bem "tortas" pra ti, e esse sintomas que vc tem , geralmente é obsessao. ( nao sou medium, mas fui kardecista por mais de uma decada)

Olha, eu faria assim: Ficaria num centro kardecista ate me livrar desse assedio, contaria lá pros responsaveis tudo que fiz ( no seu caso seu envolvimento com o satanismo) e depois de estar legal, refletiria...é isso mesmo que quero pra mim ? olha, é muito comum qquer um chegar em voce e falar que vc

"tem" que desenvolver sua mediunidade. Ledo engano. Voce nao tem que NADA. Nao faca nada obrigado! Voce pode ajudar  o proximo, ja que tem vontade, de varias outras maneiras... Vá cuidar dessa parte de assedio antes, amadureça certos pensamentos, reveja seus ideias, leia bastante coisa aqui no VGA, com certeza um dos melhores foruns sobre espiritualidade/ viagem astral que eu já encontrei, tem muita gente legal, sensata e experiente aqui. Enquanto voce nao tiver livre desse sintomas ( provavel obsessao) desaconselho que vc fique tentando tecnicas de viagem astral ou qquer coisa prática no campo da espiritualidade. Uma coisa de cada vez. Realmente esse campo é vasto e nao conseguimos dar conta de tudo. Eu mesmo dei uma "bloqueada" nas minhas saídas astrais, por que preciso por "minha casa interna" em ordem. REflita. Grande abraço! ;)

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou dar um tapa rapido no teclado pra te responder porque to fora de casa...

Não vou entrar em debate de satanismo, mas minha lingua ta coçando pra dizer.. rs.. que encosto você não pega só de pensar em satanismo, eu não sei com que vertente de idéias você entrou em contato, mas qualquer satanismo que não é teista é mera filosofia (que não deixa de ser ridicula rs), aqui a maioria vem de um fundo cristão (eu incluso) então acha que satanismo e quimbanda é matar galinha. Mas é fruto de uma revolta MUITO HONESTA as vezes o cara entrar nisso, porque o grande satã na verdade é a religião cristã instituicionalizada. Os quatro principe infernais, são as 4 religiões, e SIM nessa religiões onde você vai pegar mais encosto do que em qualquer filosofia materialista, niilista, anarquista, que pode ser torta na compreensão e nas motivações, mas é sinal de que você perceber que tem algo de muito errado com a forma como o ser humano encara a religião. Lugar bom de pegar encosto... também é igreja, centro espírita, loja maçônica, igreja gnóstica... encosto não quer saber de filosofia, encosto só enxerga o que você e ele tem em comum, se você carrega luz dentro de si, pisa até no inferno. Agora não adianta ir em igreja se os seus pensamentos são tóxicos.

Dito isso amigo, eu te convite a refletir, se o que te convenceram que é mediunidade é algo que te traz embaraço e incomodo... pense bem, você não se sentiu bem praticando técnicas de hermetismo ? Pois é, as técnicas de hermetismo são voltadas a te libertar da mente, do corpo, da dor... Seu psiquismo não vai te levar a nenhum lugar que preste se você não alcançar auto domínio. E é por isso que te sugeriram acompanhamento de outros médiuns, porque vai ser como um "grupo de apoio" de pessoas que já passaram por isso... mas não quer dizer que não tem pessoas desequilibradas e picaretas não. Honestamente, não acho que deva confiar seu caminho espiritual na mão de centro, templo, ordem nem igreja nenhuma.

A mediunidade te incomoda ? Fecha sua aura. Banho de sal grosso, banimentos, meditações, disciplina... ela não vai desaparecer, e nem você vai perder nenhum "dom" espiritual. É melhor que faça sozinho o trabalho de se colocar em equilibrio e no controle de suas emoções... mas se você achar que é demais, procure sim centro espírito ou centro de umbanda. Nesse ponto, como você tem sintomas mais forte pelo que descreve... a umbanda leva vantagem, porque tem técnicas de feitiçaria, plantas, banhos, que vão fazer o efeito de um remedio pra dor de cabeça, quer dizer, vão atacar o sintoma. Porque a causa é você que tem que cuidar.
Você me parece uma pessoa determinada, e plenamente capaz de colocar no eixo essa sua questão com a mediunidade.
Depois que resolver isso, ai sim você vai poder desenvolver mais o seu psiquismo como própria consequencia do seu trabalho espiritual. E melhor, porque você vai ser capaz de "aguentar o tranco". O problema não ta na mediunidade em si... minha opinião, ok?

Queria ter escrito melhor mas to fora de casa, me perdoe a correria... mas eu senti muita vontade de te responder com uma orientação diferente.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito obrigado cristaldo! e desculpa a demora a responder.

do tempo que eu fiz esse post ate hoje, aconteceu de que eu marquei uma consulta em um psiquiatra porque estava muito nervoso ultimamente, preocupações, correria do dia a dia, problemas e mais problemas, e não estava conseguindo resolver o problema só com meditação, estava ficando desesperado, não devia mais fiquei. Então fui no psiquiatra e ele disse que eu tinha crise do panico e passou 3 remédios tarja preta para mim tomar e não passou nem um exame, decidi não tomar nada e procurar outro medico.

Fui nesse outro medico que é cardiologista para ele ver também a dor que eu sentia no peito, não deu nada, exame de sangue também não deu nada, dai ele disse: você tem panico, e isso se trata com remédio. Saindo do medico comprei o remédio - Exodus, e decidi só toma-lo no outro dia, quarta feira passada, tomei o remédio pela manha 5mg e 2h depois eu estava viajando e mais 1h a frente eu tava rindo de tudo, me senti muito doido. a tarde me deu uma baita dor de cabeça e decidi não tomar mais esse remédio.

No dia seguinte quinta, tentei relaxar um pouco, peguei o carro e fui ate a casa da minha namorada, eu fiquei muito nervoso e ansioso e parecia que tudo que eu pensava de ruim se manifestava, as emoções ruins se manifestavam instantaneamente. Me tremi, fiquei tonto, deu enjoou, eu pensei que ia desmaiar. consegui chegar em casa. fiquei com um pavor de dirigir depois disso, porque antes eu controlava e nesse dia eu não consegui. dai beleza, no sábado acordei com uma crise de choro, acho que as angustias medo botei tudo pra fora, consegui dar umas voltas de tarde e a noite e me senti melhor, no domingo também chorei um pouco mais passou logo e já estava bem melhor que no sábado.

Ontem segunda já bem melhor que no domingo, dei uma boa volta por ai de bike  e foi show de bola. melhorei a minha alimentação novamente, comecei a fazer exercícios e voltei a meditar ontem. mais percebi uma coisa na minha cabeça depois de passar por isso tudo. Que eu preciso me limpar por dentro, tirar as coisas ruins que eu acumulei, agora eu estou tentando limpar meus pensamentos negativos, ou controlar os pensamentos de uma forma que eles não me afetem. Bom eu ainda não sei como eu vou fazer isso, mais eu estava no fundo do posso semana passada e estou quase saindo agora e vou continuar tentando.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, hogiat disse:

agora eu estou tentando limpar meus pensamentos negativos, ou controlar os pensamentos de uma forma que eles não me afetem

Acho que esse é um bom caminho. A prática de meditação também pode te ajudar nesse sentido. 

Outra coisa que pode te ajudar é fazer algum tipo de serviço desinteressado. Ou seja, procurar fazer coisas para ajudar os outros sem esperar nada em troca. Ajudar em alguma instituição de caridade, em casa aos familiares, conhecidos, etc. Não importa o quê. Pode ser uma coisa simples qualquer. Isso pode ajudar a manter a mente ocupada e elevar o nível mental enquanto, ao mesmo tempo, te muda a perspectiva para fora do centro do ego te ampliando a visão e percepção do mundo. É uma ótima terapia. Ajuda a equilibrar a balança, entende?

Share this post


Link to post
Share on other sites

@hogiatHogiat, você já tentou algo como acupuntura, homeopatia ou florais de bach?

Te pergunto, pq são tratamentos alternativos e de muita eficácia...pq vão atuar na causa e não no efeito.

Eu sou muito ansiosa, e sim...já tive uma crise de pânico há 03 anos atrás...nem sabia oq era aquilo direito, mas só quem passa por isso sabe como é assustador.

Naquela fase, eu optei por não fazer tratamento com alopáticos, por receio de me tornar dependente dessas drogas. Fiz tratamento espiritual num terreiro de Umbanda, no qual trabalho como médium até hoje. A acupuntura e os florais me ajudaram muito e sem efeitos colaterais.

Independente do motivo que lhe cause o desequilíbrio, (químico, emocional. espiritual) continue buscando ajuda, mantenha-se firme e tenha certeza de que tudo se resolve. Passei uma fase do cão por causa de mediunidade e sinceramente pensei que jamais sairia daquela fase...mas tudo passa meu amigo...tudo passa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado Igomes e Iogui, Eu realmente penso em ajudar os outros de alguma forma, mais eu não sei como, pretendo quando ficar melhor fazer isso. Tambem estou pensando em tudo isso que eu estou passando e quero me curar disso sem precisar de medicação e assim servir de exemplo e ajudar as pessoas que estão sofrendo disso e não sabem o que fazer.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 15/10/2016 at 10:10, Iogui disse:

Se você já está frequentando um centro espírita, fale com eles e procure começar seu desenvolvimento mediúnico lá porque é muito arriscado desenvolver mediunidade sozinho por conta própria, principalmente se você já apresenta uma abertura maior para isso. Neste caso, é mais seguro fazer a coisa tendo algum suporte.

 

Oi Iogui , 

Mas se a pessoa não tem religião nenhuma , não espírita ou umbandista ou etc ... não faz sentido ir numa casa espírita desenvolver a mediunidade e falar de jesus , por exemplo , seria hipocrisia né ... 

Me falaram que eu deveria desenvolver a minha mediunidade para ser canal ... mas não sou vocacionado a entrar em religião nenhuma ...

Desenvolver mediunidade com auxílio de mentor é saudável ?

 

Alguns afirman que não desenvolver é uma forma de ficar doente ... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Ashram disse:

 

Oi Iogui , 

Mas se a pessoa não tem religião nenhuma , não espírita ou umbandista ou etc ... não faz sentido ir numa casa espírita desenvolver a mediunidade e falar de jesus , por exemplo , seria hipocrisia né ... 

Me falaram que eu deveria desenvolver a minha mediunidade para ser canal ... mas não sou vocacionado a entrar em religião nenhuma ...

Desenvolver mediunidade com auxílio de mentor é saudável ?

 

Alguns afirman que não desenvolver é uma forma de ficar doente ... 

Se você prestar atenção no que o hogiat escreveu vai perceber que ele já está interessado em desenvolver sua mediunidade:

Em 14/10/2016 at 22:56, hogiat disse:

Venho pedir a vossa ajuda para me ensinarem como eu posso desenvolver a minha mediunidade.

E se continuar lendo com atenção verá que ele já estava frequentando uma casa espírita:

Em 14/10/2016 at 22:56, hogiat disse:

Pois eu frequento o centro espirita bezerra de meneses

Então minha resposta foi direcionada para ele no contexto em que ele já estava insserido.

Não é necessário ir a um centro espírita para desenvolver a mediunidade mas não é seguro tentar desenvolver sozinho por conta própria. 

Outra coisa, em tese, pela definição tecida pelo próprio Alan Kardec, espiritismo não é religião, embora, principalmente no Brasil, possua uma conotação religiosa muito forte.

De fato, ter mediunidade ostensiva e não fazer nada a respeito pode ser prejudicial a sua saude, veja o vídeo do próprio Saulo falando sobre isso:

Se você acredita que se encontra nessa situação e não quer entrar em nenhuma religião que te direcione nesse sentido nem buscar o espiritismo por conta de sua conotação religiosa, procure um grupo sério de estudo e desenvolvimento mediúnico que não seja religioso nem possua conotação espiritual. Fazer isso sozinho em casa, pode ser perigoso.

Se você quiser intender um pouco mais sobre o assunto, existem alguns tópicos neste fórum em que já discutimos bastante sobre isso, por exemplo:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

obrigado! esse vídeo do saulo sobre mediunidade ostensiva foi ótimo. Eu consegui superar a pânico e uns 90% da ansiedade impregnando meu subconsciente com pensamentos positivos e também utilizando o magnetismo quadripolar que franz bardon descreve no livro o caminho do adepto mais exercícios e alimentação. Mais agora me veio uma duvida, quais as formas de se trabalhar as energias ? se eu não quiser frequentar um centro espírita aonde ou onde eu vou ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, hogiat disse:

Mais agora me veio uma duvida, quais as formas de se trabalhar as energias ? se eu não quiser frequentar um centro espírita aonde ou onde eu vou ?

Desculpe atravessar a conversa....para te ensinar a  trabalhar energias existem lugares como o IIPC (que tem filiais no Brasil todo), o CEAEC (Foz do Iguaçu - ligado ao IIPC), o IPPB (Wagner Borges), o Laércio Fonseca (também ministra cursos e palestras), o Moisés Esagui - Centro de Estudos da Consciência (também ministra cursos e palestras).

Eu já fiz uns 4 cursos presenciais no IIPC e gostei bastante, eles também ministram palestras, sendo algumas pagas outras gratuitas e tem um conteúdo bem interessante.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado Igomes. Eu vou dar uma pesquisada maior sobre tudo isso, aqui na minha cidade não tem IIPC to vendo se tem como fazer online, tem uns cursos gratuitos lá também. Pelo que entendi, se o mediun ta la f...... com o emocional em zero qualquer forma de ajuda ao próximo funciona para ele movimentar as energias densas e ir trabalhando isso ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 19/01/2017 at 16:48, hogiat disse:

Mais agora me veio uma duvida, quais as formas de se trabalhar as energias ?

 

Em 19/01/2017 at 16:48, hogiat disse:

se eu não quiser frequentar um centro espírita aonde ou onde eu vou ?

Eu pessoalmente acho que um centro espírita é uma boa opção para desenvolver sua mediunidade (você não precisa ficar bitolado) mas existem outras opções como Umbanda e Candomblé, por exemplo. O problema, no caso desses últimos, é encontrar algum lugar que valha a pena e seja realmente sério.

Se você quer algo mais isento de religiosidade com uma pegada de estudo científico no estilo mais de parapsicologia, procure coisas como a conscienciologia (IIPC, IACworld) onde eles tratam a mediunidade dentro do tema "desenvolvimento do parapsiquismo" mas não sei se eles possuem algum curso específico para o desenvolvimento de uma pessoa com mediunidade ostensiva.

5 horas atrás, hogiat disse:

Pelo que entendi, se o mediun ta la f...... com o emocional em zero qualquer forma de ajuda ao próximo funciona para ele movimentar as energias densas e ir trabalhando isso ?

Ajudar ao próximo te ajuda a olhar um pouco pra fora e não ficar preso no próprio umbigo e isso é um ótimo antídoto contra o egoismo que é o mal que costuma estar como raiz em todos os outros males. Não apenas um médium se beneficia ao ajudar ao próximo mas mesmo aquele que não possui mediunidade ostensiva se beneficia. Você acaba cortando um pouco aquele ciclo vicioso de quem possui um problema e fica realimentando ele dentro de si mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito Obrigado, vocês estão me ajudando pra caramba.

Eu tava indo bem, muito bem, tinha superado a crise do pânico e ansiedade completamente, já faz quase 2 meses, estava tudo indo muito bem, dai nessa quinta que passou fui no banheiro e forcei a saída das fezes e me machuquei, saiu um pouco de sangue e eu fiquei desesperado quando vi aquilo no vaso, e desse desespero, fiquei chorando da sexta ate ontem domingo. me sentindo muito mau e culpado pq fui inventar de forçar.

parece ate uma coisa pq eu tava com o objetivo em mente de ajudar as pessoas e na sexta, minha namorada me chamou para uma doação de alimentos para pessoas carentes e eu queria ir, e aconteceu isso, mais mesmo com os choros, preocupação e desespero, fui lá e fiz a minha parte. 

o interessante é que durante a quinta e a sexta não tive sonhos, geralmente sonho todos os dias, sonhos bem lembrados, por assim dizer, do sábado para o domingo tive um sonho bem vivido, mais do domingo para a segunda foi meio fraco as lembranças. tipo lucidez caindo.

bom, desistir jamais, só não queria ir ao centro espírita, acho meio injusto uma coisa tão boa que é nosso poder interno estar trazendo coisas muitos ruins como me disseram, pelo que eu me lembro, quando fui no centro espírita nas ultimas vezes que eu fui atendido numa cabine e tal, que eu perguntei a médium como eu fazia para desenvolver a mediunidade, ela não me disse, ela me disse que quando eu precisasse voltasse lá, de 15 em 15 dias ou de 30 em 30...Ela me falou para eu fechar as portas da minha mente, não deixar certas coisas entrar.

eu fico em cima do muro, porque pra mim, deus esta em tudo em todos, em toda parte, então pq eu tenho que sair daqui ate lá se ele esta aqui comigo, enquanto que ao mesmo tempo, um sonho a algum tempo atrás, sonhei com bezerra de Menezes me convidando a trabalhar naquele centro espirita, conversamos em um jardim florido, e meio que sentado numa descida dava para ver a terra em baixo, em seguida ele se foi e veio outro ser, que me disse que era o meu guia e que seu nome era Daniel e que estaria comigo em que eu precisasse... e acordei.

 

um fato interessante de tudo isso que eu to passando de novembro pra cá, foi um "sonho" que tive quando era adolescente.

nesse sonho, estava eu andando em uma cidade medieval, com estilo meio grego, e nessa cidade não tinha ninguém, somente eu, e eu andava como se estivesse procurando alguma coisa totalmente despreocupado, e eu chegava em uma praça e quando chegava ao centro dela, tudo escurecia, só conseguia ver os meus pés e onde eles estavam em cima, então vi uma luz em cima como uma estrela e ela vinha descendo e aumentando de tamanho e quando essa luz se aproximou de mim tinha forma humanoide sem forma alguma no rosto, somente luz, esse ser que estava diante de mim, flutuando na escuridão me tocou com uma espada de luz e meu corpo foi vestido com uma armadura de prata, com vários símbolos, que não me lembro, depois me deu a espada, e voltou a subir para cima ate se tornar uma estrela naquele céu escuro, era ele a única estrela, então voltei a enxergar toda aquela cidade e em minha volta surgia bestas horrendas de todos os tamanhos, alguma enormes, e eu lutava contra todas, cortava ao meio uma por uma, e quando terminava aquela cidade estava toda manchada de sangue, então aquele ser voltou a descer, mais dessa vez não deixei de ver a cidade, e quando ele me tocou novamente acordei em meu quarto.

simbolizei a armadura como meu conhecimento e a espada como a utilização pratica dele, e as bestas como os problemas e dificuldades da vida, e como matei todos, vou sair vitorioso de tudo e qualquer coisa.

voltei a sonhar com esse ser antes do pânico ano passado, tava meio confuso e muitos problemas, minha lucidez abriu um pouco dentro de um sonho e chamei por ele, fui levado ate ele, o canto parecia um templo, mais não via direito. lá ele não apareceu de imediato, mais quando apareceu, com uma luz enorme, fria, e boa, radiava todas as cores do arco-íris, e quando perguntei o que devia fazer ele disse, "medite", sua voz parecia a voz de 1000 pessoas falando ao mesmo tempo e ao mesmo tempo com trombetas tocando em cada letra da palavra e meu corpo vibrou todo daquela palavra que ele disse...

simbolizei esse ser depois da segunda aparição como sendo o meu logos, eu mesmo.

 

vou praticar essa Mobilização Básica de Energias Estado Vibracional e posto as melhoras que senti.

estou praticando as técnicas do joseph murphy, são excelentes, funcionaram e funcionam pra caramba! grande parte da cura do pânico veio das técnicas que aprendi no livro dele.

ate logo!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

então, tava com meu emocional bem ruim hoje de manha, meio depressivo, mais, melhor do que ontem, e tava melhorando, fui ver o resultado do sisu e não passei por 5 pontos e desabei a chorar aqui. Então fui meditar. me senti melhor depois e fiz a pratica básica de mobilização de energias e agora estou me sentindo 10x melhor. :D.

então. obrigado a todos vocês mais uma vez.

vou postar esse video do Saulo que me deu um UP hoje.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amigos agora tenho quase certeza que existe algo me influenciando. porque quando estou fora de casa, me sinto bem, mais quando estou em casa sinto o clima meio pesado. e fico sendo bombardeado por pensamentos negativos. como eu tinha falado para vocês, eu tinha entrado em um estado depressivo, e sai do mesmo fazendo a mobilização básica das energias. foi necessário 2 dias e melhorei bastante. estou fazendo a mobilização 3 vezes por dia. 

ontem quando me senti melhor, estava sentindo muita vontade de me masturbar, mais pela primeira vez eu senti que algo estava me empurrando para isso a muitos anos, desde minha adolescência, fiz as movimentações antes de dormir, e acordei me sentindo bem, mais depois da mobilização das energias hoje pela manha, fiz uma meditação com a intenção de movimentar a minha energia sexual para outros chakaras. depois disso fiquei sendo bombardeado por pensamentos negativos.

quero pedir ajuda de vocês a encontrar tópicos sobre o assunto para eu estudar e a solução disso ? pois estou me sentindo imobilizado com isso, pois quero e preciso arrumar um emprego mais fico com um medo fora do normal, uma ansiedade fora do normal. como se eu tivesse que ficar trancado em casa direto.

obrigado senhores!

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, hogiat disse:

Amigos agora tenho quase certeza que existe algo me influenciando. porque quando estou fora de casa, me sinto bem, mais quando estou em casa sinto o clima meio pesado. e fico sendo bombardeado por pensamentos negativos. como eu tinha falado para vocês, eu tinha entrado em um estado depressivo, e sai do mesmo fazendo a mobilização básica das energias. foi necessário 2 dias e melhorei bastante. estou fazendo a mobilização 3 vezes por dia. 

ontem quando me senti melhor, estava sentindo muita vontade de me masturbar, mais pela primeira vez eu senti que algo estava me empurrando para isso a muitos anos, desde minha adolescência, fiz as movimentações antes de dormir, e acordei me sentindo bem, mais depois da mobilização das energias hoje pela manha, fiz uma meditação com a intenção de movimentar a minha energia sexual para outros chakaras. depois disso fiquei sendo bombardeado por pensamentos negativos.

quero pedir ajuda de vocês a encontrar tópicos sobre o assunto para eu estudar e a solução disso ? pois estou me sentindo imobilizado com isso, pois quero e preciso arrumar um emprego mais fico com um medo fora do normal, uma ansiedade fora do normal. como se eu tivesse que ficar trancado em casa direto.

obrigado senhores!

Leia esse tópico e, se possível, siga as dicas para limpesa do ambiente energético da sua caso (ou ao menos do quarto):

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hogiat,

Vou responder aqui, e não por MP, porque você não é o único neste fórum que relata esse tipo de problema, mas outros as vezes não se anima, a postar, então quero deixar minha sugestão pública aqui.

Posso estar redondamente enganado, mas pelo que me parece aqui, de tudo que reli agora,  você meio que sempre “pulou de galho em galho”.

Pessoas que agem assim em geral é porque não se sentem bem mesmo com o que estão fazendo, e quando brota algum desconforto partem para outra, achando que encontrarão a solução de seus problemas, e no início se empolgam, achando que “agora sim, finalmente...” para logo depois descobrir que tudo voltou a ser como antes, os problemas continuam e a pessoa tem que procurar outra tábua de salvação. Isso pode indicar um problema de ansiedade já bem mais antigo, ou mesmo uma mediunidade tentando aflorar já há muito tempo, e com o passar dos anos essas coisas pioram a menos que encontrem o canal certo através do qual se expressarem.

As vezes as raízes disso estão láááá...na infância, na relação com os pais na mais tenra idade, ou mesmo em algum momento da adolescência em que as coisas não saíram como a gente  supunha que deveriam ter saído. E aí essas coisas podem ficar cutucando, tentando outras formas de expressão, formar de virem para o consciente. Talvez se você encontrasse um profissional que trabalhe com regressão hipnótica pudesse achar algo que te auxiliasse.

Mas seja lá o que for, já deve formar seu perfil psicológico, pelo que me parece, então não creio que tenha uma “cura” para isso. Portanto, esta sequência:

“estou com o problema x----agora estou fazendo isso  funcionou legal---agora não funciona mais”

provavelmente sempre fará parte da sua vida. Logo, não perca tempo se empolgando com os sucessos, nem se deprimindo com os fracassos, apenas siga fazendo as coisas nas quais você viu um sentido, porque todas essas coisas produzem resultados muito lentos, que, no decorrer dos anos podem acumular frutos, independente de no momento resolverem ou não algum problema emergencial. Nossas energias raramente mudam de forma radical, e quando isso acontece, é porque já havia uma pressão interna muito forte, então algo age como gota d’água e muda tudo. Mas o desafio, nesses casos, é sobreviver a isso.

Foque em trabalhar por um na ou mais aquilo que mostrou algum resultado rápido no início, porque as vezes o “parar de funcionar” é interferência de quem quer que você pare de usar aquilo EXATAMENTE porque estava funcionando. RESISTÊNCIA em seguir fazendo o que funcionou no início pode ser parte da solução.

E esse lado emergencial, ligado ao pular de galho em galho, ligado a sensações de medo, podem ser um traço de personalidade extremamente ansiosa, ou mesmo algum início de problema mais grave, como esquizofrenia, que não pode deixar de ser considerado e pesquisado com médicos. Apesar de que, como todos acho que sabem, se for problema de mediunidade, o médico vai achar que é esquizofrenia.  Só que se for esquizofrenia e você achar que é só mediunidade, você estará em maus lençóis.

Te sugiro, em primeiro lugar, perceber como você é mesmo e lidar com isso com mais aceitação, que te permita rir um pouco de si mesmo, algo como pensar “olha só, cá estou eu alimentando medos bobos de novo,kkkk”. Se você conseguir adotar uma atitude mais descontraída com as experiências que surgem, e com seus próprios sentimentos em relação a elas creio que terá uma vida melhor, pelos anos que virão, porque é bem provável que nada disso suma. Não adianta pensar “eu queria ser menos estressado, menos ansioso, menos...” você não é como os outros ninguém é como outro, cada um de nós nasce com um certo “capital” psicológico, e tenso que lidar com isso, é nosso desafio de aprendizado, assim como quem nasce co uma perna mais curta, ou sem um membro. Aceite e faça o melhor que puder com aquilo que tem.

Mas te sugiro trabalhar em duas frentes, material e espiritual, sem achar que tem que optar por uma ou outra. Use as duas a seu favor, enquanto for possível ou necessário:

 

 -médicos e remédios, porque sem isso sua vida física, prática (estudo, trabalho, relação amorosa) provavelmente será prejudicada. Mesmo que a causa disso seja algum obsessor, CASO OS REMÉDIOS SEJAM CAPAZES  de eliminar esse desconforto e te permitir levar uma vida normal, tome-os, porque é sinal que eles estariam dificultando a vida do obssessor

 

- centro espírita, para ver se é mesmo mediunidade e trabalhar isso para que não precise mais de remédios, MAS APENAS SE ISSO DER RESULTADO.  Ou então para dar uma aliviada  na situação, com a moça do centro te sugeriu, no caso de serem obsessores .

 

Claro que não é porque um médico receitou um remédio que ele necessariamente te fará bem, essa área é muito especulativa, o médico depende de saber como você se sente para saber se precisa trocar para outro remédio (te digo isso porque um amigo meu passou anos tomando remédio anti-depressivo, diagnosticado como depressão, sem que nada se resolvesse, ate que outro médico concluiu que o mal dele não era depressão mas ansiedade, que é o oposto, e ao trocar o remédio,milagre, ele finalmente, após uns 12 anos de mal estar, voltou a se sentir normal.). Da mesma forma, nem todo centro espírita será igual ao outro, seja em eficácia, sejam em contatos internos. Você talvez precise pesquisar um pouco, mas não pense em passar uma semana num uma semana noutro, acho que deveria penar em algo como um ou dois anos num grupo, e se nada avançou, então tentar por um ou dois anos em outro. Descubra também se não tem casa de apometria na sua cidade: http://www.holuseditora.com.br/casas-apometricas/

 

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola amigo obrigado pelo resposta!

Não pulei de galho em galho, o conhecimento está ai e eu fui buscar, em cada um dos que eu citei passei anos estudando. Essa "viajem" me foi útil, aprendi muito, mais ainda é pouco, existe vários caminhos mais só uma porta..

Mais vim relatar como eu me livrei de tal situação, E antes que me diga que estou pulando de galho em galho, Juntei o conhecimento que aprendi aqui com o que aprendi no hermetismo. já faz mais de um ano que estudo aqui no gva... vamos lá:

Quando escrevi o primeiro comentário lá em cima, estava desesperado. Deixei me levar por problemas familiares e financeiros e cai no poço, tive uma crise do panico de novembro a dezembro. em janeiro por não está cuidando de minha mente tive uma especie de crise depressiva e novamente afundei....

como me livrei do panico e problemas com ansiedade:

1- Utilizei do magnetismo quadri-polar, ou seja, utilizava o magnetismo mental, para impregnar os 4 elementos; fogo, água, terra e ar, no meu corpo afim de eu ter o meu desejo realizado rapidamente; Dessa forma enquanto comia imaginava-me de tal forma, na água da pia ou no chuveiro também, a respiração consciente, e por ultimo o elemento fogo e é o subconsciente com o mesmo desejo nos 4.

2 - Utilizei o poder interior que todos nos temos, melhorei a minha técnica de impregnar o subconsciente e então o processo fluiu mais rápido

3 - Mobilização básica de energias, na qual ainda não tinha utilizado,

 

juntei as 3 e pronto, resolvido. Basicamente voltei ao normal, me sentindo tranquilo, bem e feliz, fazendo tudo que eu queria em 2 dias. Percebi que estava em desequilíbrio nos 3, Corpo, mente e energias, "obvio" . Voltei a ir ao centro espirita porque tinha parado de frequentar desde novembro por conta do panico e ansiedade. Lá o dr tavares me "ajeitou" e senti-me "normal" como eu deveria estar ou como eu me sentia lá na minha infância que era o meu objetivo. então agora estou mantendo esse equilíbrio e está tudo indo bem e tranquilo. No momento estou frequentando um grupo de estudo espirita para agregar mais, por indicação do dr tavares. Resumidamente é isso pessoal.

muito obrigado a todos vocês pela ajuda, :D

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
25 minutos atrás, hogiat disse:

Ola amigo obrigado pelo resposta!

Não pulei de galho em galho, o conhecimento está ai e eu fui buscar, em cada um dos que eu citei passei anos estudando. Essa "viajem" me foi útil, aprendi muito, mais ainda é pouco, existe vários caminhos mais só uma porta..

Mais vim relatar como eu me livrei de tal situação, E antes que me diga que estou pulando de galho em galho, Juntei o conhecimento que aprendi aqui com o que aprendi no hermetismo. já faz mais de um ano que estudo aqui no gva... vamos lá:

Quando escrevi o primeiro comentário lá em cima, estava desesperado. Deixei me levar por problemas familiares e financeiros e cai no poço, tive uma crise do panico de novembro a dezembro. em janeiro por não está cuidando de minha mente tive uma especie de crise depressiva e novamente afundei....

como me livrei do panico e problemas com ansiedade:

1- Utilizei do magnetismo quadri-polar, ou seja, utilizava o magnetismo mental, para impregnar os 4 elementos; fogo, água, terra e ar, no meu corpo afim de eu ter o meu desejo realizado rapidamente; Dessa forma enquanto comia imaginava-me de tal forma, na água da pia ou no chuveiro também, a respiração consciente, e por ultimo o elemento fogo e é o subconsciente com o mesmo desejo nos 4.

2 - Utilizei o poder interior que todos nos temos, melhorei a minha técnica de impregnar o subconsciente e então o processo fluiu mais rápido

3 - Mobilização básica de energias, na qual ainda não tinha utilizado,

 

juntei as 3 e pronto, resolvido. Basicamente voltei ao normal, me sentindo tranquilo, bem e feliz, fazendo tudo que eu queria em 2 dias. Percebi que estava em desequilíbrio nos 3, Corpo, mente e energias, "obvio" . Voltei a ir ao centro espirita porque tinha parado de frequentar desde novembro por conta do panico e ansiedade. Lá o dr tavares me "ajeitou" e senti-me "normal" como eu deveria estar ou como eu me sentia lá na minha infância que era o meu objetivo. então agora estou mantendo esse equilíbrio e está tudo indo bem e tranquilo. No momento estou frequentando um grupo de estudo espirita para agregar mais, por indicação do dr tavares. Resumidamente é isso pessoal.

muito obrigado a todos vocês pela ajuda, :D

 

 

Hogiat, sobre as influencias que sentia quando adentrava em sua casa, como resolveu isso ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.