Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Comparação com Robert Monroe


Recommended Posts

Acho que aquilo é alguma particularidade do Monroe,ou de algum grupo pequeno, da mesma forma  como ficar paralisado em catalepsia é particularidade de uma ou outra pessoa apenas. Mas como sexo é um assunto que apesar de toda sacanagem generalizada que as pessaso praticam, elas ainda não são de falar sobre isso, a gente fica mesmo sem saber. Da minha parte o desejo sexual é até menor. Nunca vi tanta mulher pelada como vi quando comecei a me projetar, ehehe. Mas nunca dei a mínima. Acho que se fosse no físico não seria tão fácil ignorar não, eheheh.

E o Monroe era casado nessa época, não dá para usarem a desculpa de eram energias que não circulavam e precisavam  aliviar, bláblálá. Deve ser algo do chackra dele, ou das pessoas que passam por isso. Se voce usar técnicas para etimulação do chackras dessa regiao, o desejo sexual que brota é bem forte mesmo.

Link to comment
Share on other sites

Já me aconteceu perder algumas projeções por causa do sexo embora não seja habitual. Ainda há pouco tempo dirigi-me ao encontro de uma amiga durante a noite para a tentar tirar do corpo para ir-mos "dar uma voltinha" no astral. Não sei porquê, assim que me aproximei comecei a pensar em sexo e tudo virou uma espécie de sonho sem qualquer controlo.:?

Depois contei-lhe que tinha tentado mas não tinha conseguido. Não lhe disse foi o motivo pois tive vergonha. :pal: 

Link to comment
Share on other sites

Mas pelo menos esse tipo de situação tem uma explicação. O caso do Monroe era estranho, em algumas situações só botava o corpo astral para fora do físico, e já era tomado por um forte impulso sexual. :

Citar

As vibrações aparece-ram uns dois minutos após me deitar para dormir. Subi direto para fora do corpo através do método de “pensar”, e fui invadido pelo apelo sexual pela quarta vez seguida. Não consigo isolá-lo, não importa quanto eu tente. Desgostoso comigo mesmo, regressei ao físico (pg. 217 do pdf)

As vibrações vieram suavemente, e esperei até ficarem fortes, depois “pensei” em subir, e lá estava eu acima da cama novamente. Mais uma vez procurei uma fêmea pelo escritório todo. Como já havia ocorrido, toda vez em que eu tentava ir além do corpo físico três metros, a ideia de sexo me detinha. (pg.217)

Parecia haver uma relação direta entre o que eu interpretava como impulso sexual e essa “força” que me permitia dissociar-me do corpo físico. Seria isso um redirecionamento de tal impulso básico que na verdade eu sentia com as “vibrações”? (pg221)

 

Link to comment
Share on other sites

Pelo que li do Robert Monroe ele tinha poucos ou nenhuns conhecimentos sobre as doutrinas esotéricas. Pelo menos quando começou a projetar-se.

Se ele compreendesse melhor as energias, kundalini, etc. e praticasse alguns exercícios para harmonizar a energia sexual, talvez que aqueles problemas desaparecessem. 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...