• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
erickglock

Visita Inesperada, cara a cara com o terror

Recommended Posts

Boa tarde a todos,
Mesmo antes de eu ter a minha primeira projeção, esse foi o primeiro e certamente marcante contato consciente que eu tive com o plano extrafísico. De certa forma sempre acreditei na espiritualidade, porem, de uma forma muito simplista e ignorante, considerando que esse tipo de coisa eu só tomaria conhecimento, no dia do meu desencarne, quando na verdade a espiritualidade estava, sempre esteve e sempre estará em nossas vidas, a diferença é que alguns a ignoram, e outros sequer a percebem. Pois bem, esse acontecimento foi em meados de 2015, e a partir desse dia , eu nunca mais vi a vida da mesma forma, desde então venho estudando e pesquisando diversos fenômenos extrafisicos e aspectos morais, sociológicos e psicológicos da vida em geral, e aos poucos tentando entender o que aconteceu e o porque disto...

Contextualização:
Sempre tive uma vida muito organizada disciplinada e focada no meu futuro como pessoa, estudei, pratiquei esportes de alto desempenho e comecei minha carreira profissional muito cedo. Porem, mais para frente, durante alguns anos, senti a necessidade de viver coisas que ainda não tinha vivido enquanto adolescente, já que não tinha tempo para isso. Passei por um período de experiências onde levava uma vida fútil e afundada apenas em festas e bebidas e sem propósito algum. Me relacionei com pessoas também problematicas e em situações similares, basicamente foi um período de muito desequilíbrio e confusão.

Ápice:
O ápice da minha decadência foi em 2015, na época eu vivia um relacionamento profundamente desequilibrado repleto de brigas e agressões verbais(de ambos os lados), um relacionamento que frequentemente eu tentava sair(não havia um compromisso sério, mas certamente existia um laço, que na cabeça dela permitia cobranças), pois não achava saudável viver em contato com os sentimentos de posse, controle, ciumes e dominação da pessoa(eu tinha que ser DELA de qualquer jeito, e em todos os aspectos) mas não conseguia por diversos motivos, um deles é que a pessoa não aceitava o "fim" e ia atrás de mim, descobrindo sempre onde eu estava, e criando brigas, confusão e ameaçando qualquer outra menina que ousasse chegar perto de mim. Dona de um carisma e capacidade manipulação incríveis, ela se enraizava em todos os meus círculos sociais me cercando por todos os lados, passando uma imagem simpática e tendo sempre a sensibilização e colaboração das pessoas em pró de seus interesses, enquanto eu, passava por uma espécie de sofrimento silencioso, pois não conseguia me ver livre daquilo, estava com auto estima baixa, e me sentindo culpado por qualquer coisa que fazia(eu era frequentemente julgado e reprimido com moralismo e hipocrisia, sendo induzido que eu era uma pessoa suja, nojenta e imoral), e meus desabafos e "pedidos de ajuda" não condiziam com a imagem que ela introjetava nas pessoas do meio externo, fora que frequentemente ela denegria e inventava histórias para as pessoas a meu respeito ou contava contextualizando a seu próprio favor(normalmente todos fazem isso, mas a forma que ela fazia era muito distante do permitido pela ponderação e o bom senso). Outro ponto é que eu estava bebendo mais do que nunca, frequentemente passando mal e indo a lugares bem densos pesados, afim de fugir e esquecer um pouco dos problemas e me libertar da repressão que eu sofria ate então...Mais tarde fui demitido do meu emprego, e por fim fiquei doente duas vezes seguidas(uma vez foi gripe e febre, e outra foi zica vírus). Resumindo, eu estava doente, fugindo de uma pessoa que eu considerava um obsessor vivo(sentia como se essa pessoa drenasse minhas forças para me enfraquecer e exercer domínio total sobre mim e a minha vida), desempregado, bebendo mais do que nunca(com ressacas fortíssimas), estava neurótico e isolado(não podia confiar em mais ninguém pois todos tentavam ajudar ela a voltar comigo, inclusive contavam a ela coisas da minha vida etc) e basicamente trocando o dia pela noite(dormia 2, 3 horas da madrugada e as vezes não conseguia dormir de ansiedade...nunca passado por isso).

Relato:
Fazia por volta de 1 mês que estava em casa desempregado e com dificuldades em dormir, entretanto após ficar um tempo isolado dos meus círculos sociais, a ansiedade devagar foi passando e fui voltando a conseguir dormir, porém, volta e meia um fenômeno muito estranho vinha acontecendo, eu ia dormir la pras 1 ou 2 da manhã e derrepente acordava de madrugada, e esse evento vinha acompanhado de uma EXTREMA vontade de abrir os olhos e verificar o ambiente ao redor, pensava eu em minha cabeça: "Não vou ver nada como sempre, mas vou olhar porque não tenho medo"...E durante umas 2 semanas, alguns dias isso continuou acontecendo, eu acordava de madrugada, olhava o quarto, via apenas ele vazio e voltava a dormir. Até que houve um dia que eu dormi virado para a parede, e nesse dia aconteceu a mesma coisa após ir deitar, acordei de madrugada, e pensei: "droga denovo, mas que saco, vou olhar o quarto", e assim fiz me virei na cama e devagar abri os olhos, ENTRETANTO, dessa vez foi BEM DIFERENTE, para minha surpresa vi NITIDAMENTE que havia UMA MULHER ao lado da minha cama! Parada! Me observando fixamente! Com os braços encostados no corpo e as mãos cruzadas para frente! Era uma figura BEM AMEDRONTADORA, Tinha os olhos azuis esbranquiçados como se fosse cega, aparentava ter uns 50 - 60 anos, estava toda de branco, com uma espécie de vestido/roupão longo e tinha cabelos longos loiros e cacheados, por de trás dela conseguia ver o meu quarto em meio a escuridão, que alias estava BEM mais escuro do que o normal, parecia ser mais amplo, e não era exatamente quadrado como originalmente, estava com as dimensões deformadas e irregulares...meu coração disparou, eu senti um medo, um pavor absurdo ao ver aquela figura na minha frente dentro do meu quarto me encarando(quase tive um ataque, fiquei desesperado, É SÉRIO), e adivinhem o que eu fiz??? Peguei o cobertor me cobri até a cabeça me virando para o outro lado e rezei ate num pode mais, implorando para que alguma coisa me fizesse dormir e aquele momento acabasse logo! Minhas preces foram atendidas, dormi em questão de segundos depois...e em "segundos depois" me dei conta que já estava acordado novamente...e fiquei pensando comigo mesmo: "MEU DEUS, que pesadelo horrível! Será que isso foi real??"....Para minha surpresa quando abri os olhos eu estava todo suado DEBAIXO DA COBERTA, com o sol entrando pela janela, virado exatamente para o lado que eu havia virado e me coberto durante a madrugada! Eu parei por um segundo e pensei, eu não posso...não tenho como fingir que isso não aconteceu...preciso fazer algo a respeito. Desde então a minha vida nunca mais foi a mesma, eu comecei a estudar o assunto, parei de beber(não eu não havia bebido no dia), mudei minhas condutas e minha forma de conduzir minha vida, conheci pessoas novas, arrumei um emprego novo e cá estou, sempre aprendendo mais hahaha

Era algo mais o menos parecido com isso, só que bem pior:

loira.jpg

Os olhos dela eram como esses:

lente-cega.jpg

E o cabelo algo como isso:

cabelo.jpg

Conclusões e Possíveis hipoteses:
Pelas minhas lembranças, e estudos relacionados, existem algumas possibilidades que eu descarto, uma delas é a que eu acordei fora do corpo vendo o plano astral.. Se eu estivesse mesmo fora do corpo, acredito que não teria conseguido me cobrir no plano físico, ou seria puxado para o corpo após a descarga de adrenalina que eu tive. A segunda é uma possível materialização do espírito no meu quarto....porem pelo que eu sei, isso é um fenômeno muito raro e complexo, fora que aquele parecia ser uma "versão vibracional" diferente do meu quarto, acredito que aquele era meu quarto em outro plano. A hipótese mais palpável que tive ate agora, é que por algum motivo eu tenha aberto uma espécie de clarividência temporária por algum motivo, e através desta, eu tenha tido acesso a ver quem estava no meu quarto dentro daquele determinado plano vibracional... uma evidencia disso, é a escuridão excessiva oriunda do campo energético que envolve o corpo físico(geralmente quando se abre o olho após dormir, mesmo no escuro, a visão esta adaptada e funciona razoavelmente), e outra evidencia é o fato de que o lugar que eu vi, não era meu quarto, e sim um local parecido e equivalente. Agora, de fato isso me parece ter sido uma experiência patrocinada, considerando que nunca tive sensibilidade alguma a essas coisas, pelo menos não a esse nível(enxergar). O mistério nisso é entender o motivo disso ter acontecido.

Bem é isso.. se alguem tiver alguma opinião a respeito, por favor não deixe de se manifestar! Abraços!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, erickglock disse:

A hipótese mais palpável que tive ate agora, é que por algum motivo eu tenha aberto uma espécie de clarividência temporária por algum motivo, e através desta, eu tenha tido acesso a ver quem estava no meu quarto dentro daquele determinado plano vibracional..

Sim, parece o mais provável. Na verdade a visão astral costuma despertar um pouco antes que você deixe seu corpo, que já é uma segunda etapa. Por isso tem gente que fica em catalepsia, ali paralisado na cama, vendo mil e uma coisas estranhas, ainda que não tenha deixado o corpo.

Se você reparar aqui neste texto do Bruce, onde ele relata o "acidente", ele estava com a consciência etérica despra no corpo físico, e observa o seu proprio corporal astral voltando da projeção:

..........................

 

Mas é impossível saber o motivo para essas coisas. Em geral quem começa a se interessar por espiritualidade (ou retomar),o faz porque algo quebra o cotidiano para lembrá-lo desse outro lado. Então o que se conhece como explicação é que são situações CRIADAS ou então PERMITIDAS pelos mentores, para que aquela pessoa DESCUBRA ou então RETOME algum interesse nessa área. as vezes porque é sua programação, outras vezes porque O BICHO TÁ PEGANDO e tem que ver ao vivo e em cores para perceber o que está acontecendo. As vezes só muits anos depois voce vai olhar para tras e perceber uma linha lógica, que iniciou uma sequência de eventos na sua vida.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, sandrofabres disse:

Sim, parece o mais provável. Na verdade a visão astral costuma despertar um pouco antes que você deixe seu corpo, que já é uma segunda etapa. Por isso tem gente que fica em catalepsia, ali paralisado na cama, vendo mil e uma coisas estranhas, ainda que não tenha deixado o corpo.

Mas é impossível saber o motivo para essas coisas. Em geral quem começa a se interessar por espiritualidade (ou retomar),o faz porque algo quebra o cotidiano para lembrá-lo desse outro lado. Então o que se conhece como explicação é que são situações CRIADAS ou então PERMITIDAS pelos mentores, para que aquela pessoa DESCUBRA ou então RETOME algum interesse nessa área. as vezes porque é sua programação, outras vezes porque O BICHO TÁ PEGANDO e tem que ver ao vivo e em cores para perceber o que está acontecendo. As vezes só muits anos depois voce vai olhar para tras e perceber uma linha lógica, que iniciou uma sequência de eventos na sua vida.

 

 

É, eu acho as duas hióteses que você disse possiveis, e sim, provavelmente o bicho tava pegando sim haha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.